(navigation image)
Home American Libraries | Canadian Libraries | Universal Library | Community Texts | Project Gutenberg | Children's Library | Biodiversity Heritage Library | Additional Collections
Search: Advanced Search
Anonymous User (login or join us)
Upload
See other formats

Full text of "Catálogo da importante e preciosissima livraria que pertenceu aos notaveis escritores e bibliófilos Condes de Azevedo e de Samodães, enriquecido de notas bibliográficas e noticias de varias ediCões de muitas das obras descritas"




":H' 



nf^ 



> 



■'f 



Ik 



> 








iàt?^- 



':m. 



'W^: 



^'^' 








«^-íSfr 




;^:<Kl-u*fe; 




í^tt&y^J. 



^^M: 



/ 



CATALOGO 

DA 

IMPORTANTE E PRECIOSÍSSIMA LIVRARIA 

Que pertenceu aos notáveis escritores e bibliófilos 

Condes de Azevedo e de Samodães 

Enriquecido de notas bibiiográficas e noticias de varias edições 

de muitas das obras descritas. 

E também de numerosos "fac-similes" de portadas, 

frontispicios, paginas, gravuras, registos de lugar e de data de impressão 

das mesmas obras, etc. 

REDIGIDO POR 

JOSÉ DOS SANTOS 

Com uma INTRODUÇÃO pelo erudito escritor e bibliófilo 

Sr. Anselmo Braamcamp Freire 



PRIMEIRA PARTE 

A-M 

Que ha de ser vendida em leilão no dia 23 de Maio próximo 

e dias seguintes, ás horas adiante indicadas, 

em local oportunamente anunciado 

SOB A DIRECÇÃO DE 

João Vicente da Silva Coelho 




M CM XXI 

TIP. DA EMjPRESA LITERÁRIA E TIPOGRÁFICA 

321, RUA DA BOAVISTA, 321 

PORTO 






1)-^ 



CATALOGO 

é 

:íA de AZEVJíDO-SAMODÃES 






Obras Bibliográficas e Literárias mais importantes compulsadas 
durante a elaboração do presente Catálogo 



Almirante— Bibliografia militar de Espafia. Madrid, 1876. In-S.o max. 

Azevedo Soares — Bibliografia nobiliarchica portvgveza. Braga, 1916, in-8.o gr. 

Barbier-Dictionnaire des ouvrages anonymes. Paris, 1S72-S9, iii-S.o gr., 5 vols, 

Barbosa Machado-Bibliotheca lusitana. Lisboa, 1745-52, in-fol., 4 vols. 

Barrantes- Catálogo razonado y critico... Madrid, 1S63, in-S.". 

Bernardes Branco— Portugal e os estrangeiros. Lisboa, 1879-95, in-8.o, gr., 5 vols. 

Boletim da Sociedade de Bibliophilos «Barbosa Machado». Lisboa, 1912-15, in-8.o, 3 vols. 

Braamcamp Freire-Vida e obras de Gil Vicente... Porio, 1919, in-4.o gr. 

Brunei- Manuel du libraire et de ramatenr de livres. Paris, 1860-89, S vols. 

Canto -Bibliotheca açoriana Açores, 1890-900, in-S.o, 2 vols. 

Colmeiro — La botânica y los botânicos de la península hispano-Iusitana. Madrid, 1S5S, in-S.o gr 

Consigliero Pedroso-Catálogo bibliographico das publicações relativas aos descobrimentos por- 
tugueses. Lisboa, 1912, in-8.o. 

Duplessis-Bibliogr.nphie parémiologique. Paris, 1847, in-8.o. 

Fernandes Tomás- Cartas bibliographicas. Coimbra, 1876-77, in-S.", 2 Series. 

Ferreira da Fonseca -Subsídios para um Diccionario de pseudónimos, iniciaes e obras anonymas 
de escritores portuguezes. Lisboa, 1896, in-S.o. 

Ficalho— Garcia da Orta e o seu tempo. Lisboa, 1886, in-8.o. 

Figanière- Bibliographia histórica porlugueza. Lisboa, 1850, in-S.o. 

Firmin-Didot-Catalogue des livres de M. Ambioise... Paris, 1878-84, 6 "-'s. 

Gallardo-Ensayo de una biblioteca espaiiola... Madrid, 1866-89, ■ ,4 vols. 

Garcia Peres— Cat.ilogo razonado, biográflco y bibliográ6co... Madrid, 1890, in-8.o. 

Garcia Rico- Biblioteca Hispânica. Catálogo de libros... Madrid, 1916, in-8.o. 

Garraux-Bibliographie Brésiliene (1500-1808). Paris, 1898, in-S.o gr. 

Gradas -A Imprensa em Goa nos séculos XVI, XVII, e XVIII. Nova-Goa, 1880, in-8.o. 

Heredia- Catalogue de la bibliotheque de M. Ricardo... Paris, 1891-91, in-4.o gr., 4 vols. 

Kugelmann-Histoire de rimprimerie en Portugal. Paris, 1867, in-S.o. 

Leclerc - Bibliotheque américaine. Paris, 1878-91, ín-8.o gr. e Supplemcnt (n.o 1 e 2). 

Martins de Carvalho— Diccionario bibliographico militar portuguez. Lisboa, 1891, in-S.o gr. 

Melchór Garcia -Catálogo paremilôgico. Madrid, 191S, in-S.o gr. 

Moniz-Catalogue de la bibliotheque de M. Fernando Palha. Lisbonnc, 1896, in-S.o gr., í vols. 

Morante-Catalogus librorum Doctoris D. Joach. Gomez de la Cortina... Matrit, 1854-62, in- 
S.o, S vols. ; e Suplementum, 1 vol. 

Nicolau António- Biblioteca Hispana vetus, et nova. Matrit, 17SS, in-fol., 4 vols. 

Paulilschke-Die Afrika-literatur in der zeit vont 1500 bis 1750 N. Ch. Wien, 1882, in-S.o. 

Pinto de Matos- Manual bibliographico portuguez. Porto, 1S7S, in-8.o. 

Ricardo Jorge-Francisco Rodrigues I.obo. Estudo biogr. e crit. Coimbra, 1920, inS.o gr. 

Rodrigues— Bibliotheca Brasilicuse. Cat.ilogo annolado. Rio de Janeiro, 1907, in-S.o gr. 

Sacramento Blake- Diccionario bibliogr. brazileiro. Rio de Janeiro, 1SS3-902, in-S.o, 7 vols. 

Salva y Mallen-Catálogo de la biblioteca de Salva. Valência, 1872, in-8.0 gr., 2 vols. 

Sanchez-Bibliografia zaragozana dei siglo XV. Madrid, 1908, in-4.o max. 

Serrano y Sanz-Apuntes para una biblioteca de escritoras espanolas desde el ano 1401 ai 1883 
Madrid, 1903-905, in-4.o gr., 2 vols. 

Silva (/«ocertcío)- Diccionario bibliographico portuguez. Lisboa, 1858-1920, in-S.o, 21 vols. 

Sousa Viterbo-O movimento typographico e litterario em Coimbra no século XVI. Coimbra. 
tl894, in-S.o. 

Fr. Bartolomeu Ferreira. O primeiro censor dos Lusíadas. Lisboa, 1891, in-8.0 gr. 

Teixeira de Melo- Catálogo da Exposição permanente dos cimelios da Bibliotheca Nacional 
Rio de Janeiro, 1885, in-8.0 gr. 

Ternaux- Bibliotheque américaine... Paris, 1837, in-8.0. 

Tito de Noronlia-A imprensa portugueza durante o século XVI. Porto, 1874, in-8.0. 

Ordenações do reino. Porto, 1873, in-4.o. 

Trindade -Catálogo da livraria... José Maria Nepomuceno. Lisboa, 1897, In-S.o. 

Viiiaza- Bibliografia espafiola de lenguas indígenas de América. Madrid, 1892, in-8.0 max. 

Vindel- Catálogos. Madrid, 1901-17, in-S.o, diversos vols. 

Xavier da Cunha -Impressões Deslandesianas. Lisboa, 1896, in-8.0, 2 vols. 



CATALOGO 



DA 



IMPORTANTE E PRECIOSÍSSIMA LIVRARIA 

Que pertenceu aos notáveis escritores e bibliófilos 

Condes de Azevedo e de Samodaes 

Enriquecido de notas bibliográficas e noticias de varias edições 

de muitas das obras descritas. 

E também de numerosos "fac-similes" de portadas, 

frontispicios, paginas, gravuras, registos de lugar e de data de impressão 

das mesmas obras, etc. 

REDIQIDO POR 

JOSÉ DOS SANTOS 

Com uma INTRODUÇÃO pelo erudito escritor e bibliófilo 

Sr. Anselmo Braamcamp Freire 



PRIMEIRA PARTE 
A-M 




M CM XXI 

TIP. DA EIiJPRESA LITERÁRIA E TIPOGRÁFICA 

331, RUA DA BOAVISTA, 321 

PORTO 




v.\ 



CONDIÇÕES DO LEILflO 

1. — Em todos os dias de leilão haverá exposição dos 
livros uma hora antes de começar a venda. 

2. — Pôde ser exigido signal de 20 7o quando os lo- 
tes arrematados não sejam pagos em seguida. 

3. — Depois de escudos 1$, não se admite lanço infe- 
rior a fio centavos. 

4. — Os lotes serão retirados nas 24 horas que segui- 
rem á arrematação. 

5. — No ultimo dia de leilão, serão novamente pos- 
tos em praça os lotes que não tiverem sido pagos. 

6. — Feita a adjudicação e entregues os lotes, não se 
admitem reclamações. 

7. — O arrematante pagará 10 °/„ sobre o preço da 
arrematação, 5 "/„ dos quais são para a Biblioteca Nacio- 
nal de Lisboa (Decreto n.° 7002). 



ADVERTÊNCIA 

O Içilão efeçfliar=se=ha aos dorningos, ás 13 horas, ç 
aos dias dç sernana, ás 20 horas, 
iiiiii iiiiiiiii iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii 

La VENTE aura lieu le 23 Mai prochain et jours 
suivants, sous la direction de Mr. João Vicente da Silva Coe- 
lho, Libraire, 27, Rua do Mundo, 29—LlSBONNE, Por- 
tugal. 

POUR LES COMMANDES 

Mr. João Vicente da Silva Coelho — Livraria, 27, 
Rua do Mundo, 29 — LISBONNE ; Mr. Manuel dos San- 
tos — Livraria, 13, Largo do Calhariz, 14 — LISBON- 
NE ; Mr. José dos Santos — Livraria Lusitana, Calçada 
do Combro, 131 — LISBONNE. Se chargent des com- 
missions par cette VENTE, des personnes qui voudront 
bien les leur confier en envoyant les commandes, acom- 
pagnées des prix de chaque lot. 



Voir les conditions 



Encomendas para Portugal 



Recebem-se nas seguintes condições : 
1/ Devem ser acompanhadas do preço por que se 
deve arrematar cada lote. 

2/ A comissão ó de 10 "/(, sobre o preço da arrema- 
tação dos lotes pedidos. 

3." Não se executam sem prévio pagamento, que 
pôde ser feito : 

1." Enviando, como sinal, a quantia equiva- 
lente a 50 °/o do total dos preços oferecidos. 

2.° Autorizando casa bancaria, ou pessoa esta- 
belecida em Lisboa, a satisfazer a importância das 
arrematações á apresentação das respectivas contas. 
4." Os lotes serão entregues á pessoa encarregada 
de os pagar, ou remetidos dii-ectamente, sendo as despe- 
zas por conta do comprador. 



Commandes poiír TÉfranger 



Les commandes seront executées dans les condi- 
tions suivantes : 

1^ Pris marque pour Tenchère de chaque lot. 

2^ Commission de 107o du montant de lots achetés. 

3^ Fraits et emballage par compte de Tacheteur. 

4^ Pour le payement immediat des lots : cheque ou 
ordre de crédit sur un banquier ou négociant de Lisbon- 
ne, pour le montant des prix marques, accompagnant 
les commandes. 



Já há muito ouvia falar na livraria do Conde de 
Azevedo como uma das melhores do país, não só pela ex- 
trema raridade de muitas das suas espécies bibliográfi- 
cas, como também pela escolha, cuidada e inteligente, 
que o distinto escritor empregou, ajudado em parte na 
aquisição de muitos dos seus livros por outro cultor das 
letras, Camilo Castelo Branco. Vejo agora, percorrendo, 
embora muito ao de leve, a primeira parte do magnífico 
Catálogo, que a fama adquirida pela opulenta e preciosa 
biblioteca era merecidamente justa. A admirável cole- 
cção de livros e folhetos bem revela o são critério, a pro- 
cura paciente e lúcida, e o bom gosto literário do apai- 
xonado bibliófilo e ilustre escritor portuense, que à orga- 
nização da sua biblioteca consagrou quási toda a sua 
vida. 

São realmente de maravilhar as peregrinas jóias li- 
terárias e bibliográficas profusamente reunidas nesta no- 
tabilíssima livraria, seguramente a mais rica de quantas 
teem vindo ao mercado há cinquenta anos a esta parte. 

Compreende obras relativas a todos os ramos do sa- 
ber humano, e entre elas destacam-se muitas das produ- 
ções literárias e scientíficas dos melhores poetas, prosa- 
dores e sábios, tanto nacionais como estrangeiros, dadas 
á luz pelos prelos de todo o mundo desde meado sé- 
culo XV até nossos dias, quer em edições simples e mo- 
destas, quer nas mais luxuosas e ornadas de primorosas 
gravuras. 

Há especialmente a notar, pelo seu merecimento e 
raridade, nas várias espécies e colecções que constituem 
a livraria, as seguintes : Crónicas monásticas e seculares ; 
Relações, Notícias e Memórias históricas, — destacando-se 



entre estas as relativas às nossas conquistas de Além- 
mar, as da Independência (1340), etc; as preciosas cole- 
cções de Autos da Fé (n.° 230); as dos Amadises de 
Gaula (n.° 128), a das Lettere annve deW índia, dei Giap- 
po7ie, delia Gina, etc. (n.» 1770); a parte Bibliográfica, 
Poética, etc, etc. E' também de altíssimo valor e apreço 
a importante colecção de obras, antigas e modernas, re- 
lativas à América, principalmente ao Brasil. 

Indicadas as diversas colecções genéricas contidas 
na livraria, chamarei ainda a atenção dos bibliófilos e 
amadores para os seguintes livros descritos no presente 
Catálogo, alguns dos quais são na verdade autênticas 
preciosidades bibliográficas e literárias : 

Tragedia da vingança . . . dei Rey Agamenon de Ai- 
res Vitoria, Porto, 1555 (n.° 54); Memorias diárias de la 
gverra dei Brasil de Albuquerque Coelho, Madrid, 1654 
(n.° 62); Kecopilação das cousas que convém guardar para 
curar e perseverar da peste por Tomás Alvares e Garcia 
de Salzedo (n.° 125); Artigo das Sisas, Lisboa, 1539 (n." 
210); Trovas do Bandarra, Nantes, 1644 (n.V277); Espe- 
lho de perfeyçam em língua portuguesa, e Livro das cons- 
tituições d; costumes de fr. Brás de Barros, respectiva- 
mente, Coimbra, 1533 e 1536 (n."' 330 e 331); Décadas 
da Ásia de João de Barros e Diogo do Couto, Lisboa e 
Madrid, 1552 a 1673 (n.° 335); Las mujeres illustres ãe 
João Boccacio, Zaragoza, 1494 (n.° 429) ; Cancionero gene- 
ral, Anveres, 1557 (n.° 565); Capitolos de Cortes. E leys, 
Lisboa, 1539 (n.° 580); Cartas que os padres da Compa- 
nhia de Jesus. . . escreverão do Japão, etc, Lisboa, 1570 



e 1598 (ii.°' 612 e 613) ; La discreta Galatea de Miguel de 
Cervantes, Lisboa, 1618 (n." 713); Compendio das chro- 
nicas da ,Ordem. . . do Carmo de fr. Simão Coelho, Lis- 
boa, 1572 (n.° 787); Constituições sinodaes do Bispado 
Dangra, Lisboa, 1560 (n.° 845); Constituições da jurisdi- 
çam ecclesiastica da Villa de Tomar, Lisboa, 1555 (?) (n.° 
868); Los veinte trimphos de Vasco Dias Tanco de Fre- 
jenal, impressão do século xvi (n." 1059) ; Statutos y 
constituyções dos. . . Cónegos azuys. . ., Lisboa, 1540 (n." 
1140); Arte de musica e canto dorgam do padre António 
Fernandes, Lisboa, 1626 (n." 1180). 

Terceira (á Sexta) parte da Chronica de Palmeirim 
de Inglaterra por Diogo Fernandes, Lisboa, 1604 (n.° 
1182); Arte de rezar as horas canónicas de Xisto Fi- 
gueira, Salamanca, 1521 (n." 1237); Romancero general 
de Pedro de Flores, Madrid, 1614 (n.° 1260); Imagem da 
virtude do padre António Franco, Coimbra e Évora, 
1714-19 (n." 1283); Ditos da freyra (Joana da Gama), 
Évora, 1575 (?) (n.° 1343); Aliuio de caminantes de Juan 
de Timoneda, Évora, 1575 (?) (n." 1343); Chronica de. . . 
Dom Emanvel por Damião de Góes, Lisboa, 1566-67 (n.* 
1397); Discursos sobre los comércios de las dos índias de 
Gomes Solis, 1622 (n." 1429); Jornada dos vassalos da 
coroa de Portugal, pelo padre Bartolomeu Guerreiro, 
Lisboa, 1625 (n.° 1472); Relaçam annval das cousas que 
fizeram... pelo Padre Fernão Guerreiro, Lisboa, 1603- 
611 (n.° 1474); Gesta proxime per Portugalenses l índia. 
Ethiopia..., Colónia, 1507 (n.o 1609); Começase a vida 
de... sam domingos por fr. Diogo de Lemos, Lisboa, 
1525 (n." 1745); Hystoria dos cercos. . . por Jorge de Le- 
mos (n." 1746); Las décadas de tito Uvio, Salamanca, 



1497 (n.° 1799); Este he o livro e legeda que falia de to- 
dollos feytos e payxões dos sãtos, Lisboa, 1513 (n." 1807); 
Historia da vida do Padre Francisco Xavier pelo padre 
João de Lucena, Lisboa, 1600 (n.» 1856); Doctrina de 
principios e fundame^itos de chrislandade por D. João de 
Melo, Lisboa, 1550 (?) (n." 2056) ; Memorial de cõfessores, 
Coimbra, 1531 (n.° 2064); Missale scd'm ritú e consuetu- 
dinem almce bracharensis, Lisboa, 1496 (n.° 2107); Mo- 
narchia Lvsitana, Lisboa, 1690-727 (n." 2115); Libro pri- 
mero dl espejo dei príncipe christiano pelo Dr. Francisco 
de Monçon, Lisboa, 1544 (n.° 2118). 

Lastimo a dispersão da biblioteca. Foi ela organi- 
zada pelo Conde de Azevedo, um bibliófilo distinto, que 
se não limitou a adquirir livros; em sua casa montou 
uma tipografia e de alguns dos seus mais preciosos volu- 
mes fez reproduções. Encontro mencionados por Inocên- 
cio a Ropica pnefma de João de Barros; mas de todos os 
seus serviços literários foi de certo o mais prestante o 
Elencho das variantes e diferenças que se encontravam na 
primeira parte da Chronica de D. Manuel de Damião de 
Góes. 

Fazia edições muito limitadas, mas disso não o 
posso eu arguir. Era o Conde de Azevedo, como eu tam- 
bém sou, da escola de Horácio. 

Odi profanum vulgus et arceo. 
Salitre, 1 de Março de 1921. 

A. Braamcamp Freire. 



ABREVIATURAS MAI5 UTILIZADAS E RESPECTIVAS 
CHAVES ELUCIDATIVAS 



Acail. fios Sc Acndemia das Sciencias. 

Acad. R. das Sc Academia Real das Sciencias. 

B. N. de L , 011 Bibl. Nac. de Lisb. . Biblioteca Nacional de Lisboa. 

Bibl. Mun. do Porto Biblioteca Municipal do Poi lo. 

liibl. d'Ajnda Biblioteca d'Ajiid;i. 

Bibl. da Acad das Sc Biblioteca da Academia das Sciencias. 

B. ou Br Brochado, Brochura. 

Cari Carlonado. 

Col., ou Coln Coluna. 

' Cols., ou (oliis Colunas. 

Ues Desenoadernado. 

Dr., ou dr Dnulor. 

K..oup;nc Encadernado. 

E. iperg.) Encadernação de pergaminho. 

n Folha. 

ir Folhas. 

Fr Frei. 

Iiiip Impn. nsa, Injprcssa. 

In-a^.o, In-':!.". In lfi.°, Inl-2.°, In 8.°, 

ln-4.<', In-fiil., ele Indica os vários formatos dos livros 

liuim Inumeradu. 

Inunis Inunieradas. 

Ms,, ou n;s Manuscrito, Manuscrita. 

Mss., ou niss Manuscritos, Manuscritas. 

OIT., ou Offic. Typ Oficina Tipográfica. 

P., ou P." •. . Padre. 

Pag., ou Pags Pagina, Paginas. 

Prel., ou Prels Preliminar, Preliminares. 

S. 1., n. d Sem logar de impressão, nem da la. 

Typ., ou Tip Tipografia. 

Vol., ou Vols Volume, Volumes. 

? No final de alguma data, período, ou 

logar de registo de paginas de qual- 
quer volume, é indicativo de que 
tal data, período ou numero de pa- 
ginas nos são de todo desconhecidas. 



CATÁLOGO DA LIVRARIA 



OUE PERTENCEU AOS 



Condes de Azevedo e de Samodães 



A 



1— Abarca (PefM--LOS REYES |1 DE ARAGON i| EN ANALES i! HISTÓRICOS, 
II DISTKIBVIDOS EN DOS PARTES: || AL REY N. SEXOR || EN SV CON- 
SEJO DE ARAGON: || POR EL PADRE || . . . H De la Companta dk Iksvs 
II ... I PRIMEIRA PARTE. |i (Logar de linha formada por diversas vinhe- 
tas tipográficas de ornamento) |1 CON PRIVILEGIO. |i 1| EN MA- 
DRID. En la Imprenta Imperial, \\ Ano de M. DC. LXXXII. — ln-fo\. 
de XX pags. (prels) iniims., 323 nums., além de mais II inuiiis., finais. 

As XX pags. prels. compreendem: frontispício - Dedicatória a D. Carlos II - rF,PI- 
LOaO DE LA OBRA«.-.i/C£A/CM DEL M. R. PADRE \\ Prouiiicial'.- Aproba- 
cions e iíce/iC/as- «PRIVILEGIO. -.FEE DE ERRATAS... - .TASSAS..-e «ÍN- 
DICE.. 

SEGVNDA PARTE \\ DE LOS ANALES |1 HISTÓRICOS || DE LOS 

REYES DE ARAGON l . . . \\ En Salamanca, Por LVCAS PEIIEZ, Im- 
pressor de la Vniversidad. \\ Afio M. DC. LXA'X/V. — In-fol. vi pags. 
(prels.) inums. e 418 nums. na frente, além de viri inums., finais —As 
duas Partes em dois vols E. 

As seis folhas prels. inums. inserem: frontispício. Dedicatória a D. Catalina de Ara- 
gon... -.ADVERTÊNCIA.. - «CENSVRA.. - «PRIVILEGIO.. - e .TASSA..; e as 
VIII finais: «ADICIONES, I! O EXPLICACIONES.. -«ÍNDICE DE AMBAS 1| PARTES 
DE LOS ANALES.>-e «FE DE ERRATAS DE ESTA SEGVNDA PARTE.. 

Obra importante para o estudo do assunto que versa. Estimada. Belo exemplar. 
Rara. 

2— Abélard & Héloise. — Lettres completes d'AbéIard et d'Héloise. Traduction 
nouvelle, précédée d'une préface par M. Gréard. Paris: Garwer Frères, s. 
d. In-8.* de iv-xrx-480 pags. E. 



Igr^^ 



liic 



3— Abrahamo Ecchellensi.— CHRONICON || ORIENTALE, || LATINITATE DO- 

NATUM II AB ABRAHAMO ECCHELLENSI || SYRO MARONITA E LI- ^ 1 âo 

BANO, II Linguarum Syriacae & Arabicae in alma Parisiensium Academia 



CATALOGO DA LIVRARIA 



II Professore Régio ac Interprete. || ACCESSIT SUPPLEMENTUM HIS- 
TORI.-E ORIENTALIS, || ab eodem concionnatum. || NOVA EDITIO. |1 
(Gravura em cobre, contendo o escudo d'armas de Luís xiv) |: PAKI- 

SIIS, II E TYPOGBAPHIA REGIA. \\ || M. DC. LXXXY. In-fol. 

gr. de xli pags. (prels.) inums. e 264 nunis. E. 

No fim, rematando o texto, o seguinte colofo.i: «PARISIIS, || E TYPOORAPHIA RE- 
GIA,!] CURANTEU Skbastiani MAnBE Cbamoist, II e jusctem Typographia: Directo- 
ra. II 11 M. DC. LX.XXV.. 

Livro interessante e muito estimado. Primorosa edição. Belo exemplar, salvo uma leve 
mancha d'agua na parte inferior das três primeiras e das ultimas folhas. - RARA. 

4— Abrantes [Madame la Duchesse d']. — Catherine ii, par... Paris, Diimont, 
1834. {Corbeil. impr. de Crété). In-S." de iv-.S05-ii pags. E. 

Estimada. Pouco vulgar. 

5 MÉMOIRES de Madame la Diicliesse d'Abrantès, ou souvenirs his- 

toriques sur Napoléon, la Révolution, le Directoire, le Consulat, I'Em- 
pire et la Reslauratioií. Seconde éiition. Paris, Mame... 1835. 
(No verso do anle-roslo: Paris.— Imp. de Cosson). In-8.", 11 vols. E. 

Interersantes e muito estimadas. Boa edição e excelente exemplar; ene. contempora- 
uea da impressão. - Pouco frequentes no mercado. 

6 ■ SCENES de Ia vie espagnole, par Madame d'Abrantès. Briichel- 



les, Ad. Wahlen,.. . 18.36. ln-8.° peq., 2 vols. de 255 e254 pags. E, 

Os frontispícios são embelez.ados com uma vinheta alegórica (comum nos dois). 

7-Abreu (Aleixo de).— TRATADO DE LAS i| SIETE ENFERMEDADES, |i de la 
inlUiiiiacion vniversal dei Higado, Ziibo, Pyloron, y Rinones, y de la obs- 
trucion, de la || Satiriasi, de la Terciana y febre maligna || y passion Hipo- 
oondriaca || Lleua otros-tres Tratados, dei mal de Loanda, dei Guzano, 

II y de las Fiientes y Sedalts. || Dirigido ai Reuerendissimo Seíior P. Fr. 
António de Solo || Mayor, Confessor de la Heal y Catliolica Magestade dei 

II Rey Don Philippe iiii. nuestro Senor. Hey de || las Espanas, y de Portu- 
gal. || Autor el Licenciado Alexo de Abreu, Medico dei mismo Senor,... 

\\ (Escudo d armas dos Soufo Maiores) \\ Com licencia de la S. Inquisicion 
Ordinário, <j dei Rey. \\ || En Li.shoa, por Pedro Craeshecck Im- 

prefuor dei Rey. Aíio 1C23. || «| A costa dei Autor. «1 Vendefe encafade [?) 

ln-4.° de xxiv IT. (prels.) inums, e 'iiS nuins. na frente. E. 

Compreendem as X.XIV ff. prels. s. n., além do front.: Licenías, Errata... Dedicatória, 
Discurso de la vida dei autor, Discvrsvs ex itlustrivin virorvin floribvs i 'rca Librí 
editioiíeni dcproiniitus. Qvaii dijicilc sit librvm comimiierc aduerte; Prologo altector. 
Seguem-se diversos Sonetos, Rcdondillias, Epigrama, ctc, eni louvor do autor, de 
Francisco Rodrigues Lobo (lútimo que fez em sua vida), de um Religioso, de Vascon- 
ccllos de Brito, de Augustin Manuel de Vasconcellos, de Dona Anna de 'Sancto 
Agustinlio, de um Religioso Domi.iico; e //idc.v e Advertência. Vem em seguida o 
Tratado, que ocupa 22S tf. nums. na frente, tendo a ultima: Epygramma ad Virgi- 
nem Mariam, um Hymnvs, etc. 

Com relação a este livro, diz Innoc. no seu Dic. Bibl., tomo 7.o, pag. 3S2, o seguinte: 
«Posto que publicado com o nome de seu auctor, Aleixo de Abreu, este curioso 
tratado vai aqui incluído como se fosse anonymo, por equivocação que não pude 
remediar a tempo. Possue em Setúbal um exemplar, (em Lisboa nenhum pude ver 



AZEVEDO -SAMODAES 



até hoje) o sr. clr. Domingos Garcia Peres, na sua numerosa e escolhida livraria; 
etc.» Relativamente ao Tratado do mal de Loanda diz o mesmo ilustre bibliografo, 
ter sido este autor o primeiro que de tal assunto escreveu. -Estimada. Bom exemplar. 
Multo raro. 

Abreu [António df)-Obras inéditas. ..—Veja-se: COELHO GASCU (An- 
tónio). — Conquista. . . 

-Abreu {Brás Luiz de). — Sol nascido no occidente e posto ao nascer do ,, 

sol. S. António portuguez. Luminar niayor no céo da Igreja entre os as- /S^f/ O O 

tros menores na esphera de Francisco. Epitome histórico e panegyrico de 
sua admirável Vida, prodigiosas acgões, que escreve e ofTerece á serenís- 
sima... família da Casa Real de Portugal.. . por mão do Rev.'"" António 
Tei,\eíra Alvares, do Conselho de Sua Magestade, etc. Braz Luiz de 
Abreu Cistagano, Familiar do S. OÍHcio. (Vinheta). Em Coimbra: Na 
officina de Joseph Antunes da Sylva... Annó de M.DCCXXV. In-folio de 
xxxu-502 pags. E. 



X' 



Estimada. Primeira edição. Frontispício impresso a preto e vermelho. Rara. 

9— Abreu (EdMarrto).— Orações académicas, pronunciadas na Sala Grande dos 
Actos da Universidade de Coimbra, a 27 de novembro de 1887. Lisboa: 
Imp. Nacional, 1888. In-S.» gr. de 45 pags. B. 

Abreu (Francisco rie).— Veja-se; SEVEBIM DE FARIA (MaMweíj— Rela- 
çam vniversal. .. 

10— Abreu (/. M. de).— Breves reflexões sobre a Resposta do senhor Roque _ 

Joaquim Fernandes Thomaz ás Duas palavras do relator da Conimissão '~^ .S> ^ 
da Faculdade de Filosofia. Coimbra: Tijp. do Observador: 1S50. In-S." 
de 27 pags. B. 

11— Abreu (Pedro Henriques de).— VIDA, E MARTYRK) || DA GLORIOSA || 
SANTA QVITERIA, || E DE SVAS OYTO IRMAÀS || TODAS NASCIDAS DE 
HVM PARTO, II Portuguezas, & Protomarlyres de ílespanha. 1| (l.ogar de r-'/^t^f•^ 

gravura alegórica, (hábil e primorosamente aburta a buril em chapa de 
cobre e assinada: João Gomes), figurando a santa, decapitada, tendo 
a cabeça nas mãos, á altura do colo, em acto de ser coroada por uns 
anjos, que suspendem a respectiva coroa por sobre a base do pescogo 
cortado a meio) 1| COM HUM DISCURSO il SOBRE A ANTIGA CIDADE 
DE CINANIA. II POR PEDRO HENRIQUEZ D'ABREU |i Reytor da Parochial, 
<Ô' Matriz Igreja de São Pedro de || Farinha Podre, Bispado de Coimbra. 
II II EM COIMBRA, il Na Officina de Manoel de Carvalho Im- 
pressor da Vniuers. An. 1651. In 4.° de xii ff. (prels.) inunis. e 324 
pags. nums. E. 

As XII folhas prels. compreendem: frontispício- .tI/C£AfC,/4S DO S. OFFICIO^-^Ll- 
CENCA DO ORDINÁRIO.^ -^LICENÇAS DO P/IC,0.. -Dedicatória «AOS RE- 
VERENDÍSSIMOS SEMHORES II Deaõ, Dignidades, & Cónegos, Cabido da || Santa 
See Cathedral deste Bispado de Coimbra Sede vacante, &c.»- «Prologo ao Leytor.» 
-Varias poesias {umas em português outras em latim) de diversos autores, em lou- 
vor da obra e de seu autor-e «INDE.X». 

Obra clássica e assas estimada. Muito rara. 



CATALOGO DA LIVRARIA 



!2 -Abreu do Mello (Awfe f/e).-AVlZOS H PÊRA O PAO,0 |1 OFFERECIDOS 1| 
A RODRIGO DF, || Sulaçar, & Moscoso. |1 POR LVIS DE AVREV DE i| Mello, 
Fidalgo da Casa de sua Magestale. . . || £.1í LISBOA \\ Na ofpcina 
CBAESBECKIANA \\ Anno de 1659. In-S." peq. de Lxxxviii-lU pags. E. 

O titulo que deixamos transcrito acha-se dentro de elegante porticulo gravado em madei- 
ra. A pag. IX prel. é ocupada por um outro porticulo de gravura também em ma- 
deira; e a XI por um escudo d'armas de Salazar Moscoso, (primorosa gravura a 
buril em chapa de metal: yoa«/;es Baptista faciebaf). Da pag. XIII á LX.XXVl de- 
corre (como dedicatória a Rodrigo de Salazar Moscoso) uma interessante notícia 
historico-genealogica da família do mesmo Salazar Moscoso. Obra clássica, estimada 
e muito rara. 

13-Abulcaoini Tarif Abentarique-LA YERDaDERA | HISTORIA DEL REY 
II DON RODRIGO: || EN LA oVAL SE TRATA LA CAVSA |1 principal de 
la perlida de Espana, y la conquista que || delia hizo Miramamolin 
Almançor, Rey que || fue dei Africa, y de las Arábias, y vida dei Rey 
Jacob Alnaançor. || Compuesta por el sábio Alcayde . . de nacion Arabe, 
y natural de Arábia Pétrea. il NVEVAMENTE TRADVZIDA DE LA || len- 
gua Arauiga por Miguel de Luna vexino de || Granada, Interprete dei Rey 
Don II Felipe nueslro senor. || (Legar de vinheta em macieira, figurando 
um combate ou ataque a uma cidade) |1 ES VALÊNCIA, || En casa de 
Pedro Patrício Mey junto a S. Martin. || MDC. VI. || A costa de Baltasar 
Simon mereaãer de libros. In 4." de 250 pags. 

SEGUNDA 11 P.iRTE DE !| LA IIISTOHlA . . (Peq. marca, do im- 



pressor?). EN VALÊNCIA. \\ |1 Por Fedro Patrício Mey M.DC.VI. 

In-i.» de it n'. inums. e 214 pags. nnins., além du viu inuins. finais, com a 
TABLA, e colofún final. 

Nas primeiras pags. da parte l.aha versos de vários autores em louvor da obra, ctc. 
O titulo no frontispício da primeira parte é impresso, a linhas alternadas, a preto e 
vermelho. Obra interessante a apreciada. Edição muito rara. Bom e.\emplar. 

14— Acácio (/lòe/y.-tlermano. Drama em 5 actos, em verso. (Junho a Se- 
tembro de 1885). Porto: Livr. Civilisação, de Ed. da Costa Santos .. . 
1886. (Lisboa: Tijp. Elseveriana). In-8.° gr. de 167-1 pag.-i. E. 

O autor é o falecido escritor .\bel Botelho. 

15 -Academia celebrada pelos ruligio.sos da Ordem Terceira de S. Fran- 
cisco, do convento de Nossa Senhora do Jesus, de Lisijoa, no dia da so- 
lemne inauguração da Estatua Equestre dei rey Dom Jo.sé i. Lisboa, nu 
Ofpc. Typ. 1775, in-fol. peq. E. 

Nas pags. prcls. vem uma Dedicatória ao Marques de Pombal, escrila por ^r. Ma- 
nuel do Cenáculo Vill,as-Boas. 

Academia dos luiinildcs, e ignorardes. ..—Veja so: SANTA BITA [.loa- 
quim de). 

16-ACADEMIA DOS SINGULARES DE 1 ISDOA, DEDICADAS A APOLI.O. 
PRIMEIRA PARTE. Anuo Gravura alegórica, alerta a buril) 1665. Lis- 



AZEVEDO -SAMODAES 



hoa... Sa Ofíic. de Henrique Valente de Oliveira .. In-4.° de viu fT. 
prels s. n. e 356 pags. nums. 

TOMO SEGUNDO. Lisboa. Com as licenças necessárias. Xa Im- 



pressão de António Craesheeck de Mello... Anno M. DC. LXVIII. In-4-" 
de VI (iniims.)-425 pags.— Js duas partes ou volumes. E. 

Compreendem composições (em prosa e verso) de numerosos sócios da Academia dos 
Singulares. Estimada. Primeira edição. RARA. 

17-Acciaiolo Florentino (Zenobio).- C.COí;TEKr.\ || IN HOC i| UPV 1| SCV || 
LO II • . • II CEVETVS EDITIO ECCLESIASTaE. 1| C[<-"ymPiodorus ecclesia- 
ten inseria noua traia- || tione interprete Zenobio Acciaiolo P'lorentino. 
II DAristeas de Ixxij leiíis heicae interpretatione || interprete Matthia Pal- 
merio Vincentino. || C-PAlilSlIS \' In officina Heiírici Stepha- \\ nieregione 
Scolaru II Decreto- || rum \\ • .' - ln-i.° de 66 pags. nums. na frente. B. 

A obra de Zenobio decorre de 11. 2 a 49 (frente); a de Mathia Palmerio, de 49 (verso) a 

66 (frente). 
No verso da 11. 6o (ultima), as:áTerrata nõnullis i locisex Excclesiastaae deprehesa: et in 

ollicina sedulo recognita. Recognita ex Aristea».-e o seguinte registo ou colofón 

tipográfico: 
ÍT Hec, superius annotata: compluribus i locis castiga- 1| ta inuenies / & vbi primu depre- 

hensa fuerant/ in ipsa ollicina ||ad lima reducta. Si qua vero alia mendosa occurre- 

rint ex lit- 1| teraru adiectiõe / omissione/ prepostero situ aut permutatione || cõtracta: 

ea facile suo quisq; ingenio dephendet / neq; quis ex/ipsis vnq a recta sententia 

aberrandi trahet occasionem. 
ÍT Ex ollicina Henrici Stephani. x.\vj. Martij. m.d.xij (1512). 
Bela edição, de priCttwoso labor tipográfico; impressa em papel de excelente qualidade. 

— Maito rara. 

18 — Achard {Améãée).—k túnica de Nesso. Versão de José Rodrigues da Cruz ,1/ ç~r^ 
e Ildefonso Corrêa. Porto: Livr. Progresso— Editora. 1874. (Imp. Fran- 
cesa e Nacional). In-8.° de 3tO-I pags., além de outras em branco. E. 



19— Acosta, 1.° (Christoval). —THACTADO Delas Drogas y medicinas de las 
índias Orientales con sus Plantas debuxados ai biuo por... medico y 
cirurgiano que las vio ocularmente. En el qual se verifica mucho de lo 
que escrivio el Doctor Garcia de Orta... EN BURGOS. Por Martin de 
Victoria impressor de Su Magestad. M. D. LXXÍIL Con Privilegio. In-i." 
de XXIV (inums.)-448-38 pags., não incluindo uma com o colofon e uma 
em branco, finais. E. 

As XXIV pags. prels. compreendem: trontispicio; visto de Pedro Çapata dei Marmol; 
Privilegio real para a impressão; Dedicatória á cidade de Burgos; Preambulo AL 
LECTOR.; «Prologo... ai curioso Lector>; Poesias de vários autores em louvor da 
obra, e «Tabla de los capítulos, e de «Los auctore.<= de que en este libro se haze 
mencion». 

iNo verso da folha .\VI (preliminar) vem o retr. do autor (gravura aberta em ma- 
deira). 

Obra muitissinio estimada. Edição primitiva; enriquecida de numerosas vinhetas aber- 
tas em madeira, reproduzindo muitas das plantas descritas no texto. 

Exemplar com diversas ff. manuscritas, das quais mencionaremos as três primeiras e as 
quatro ultimas do volume. -JWUITO RARA. 

20 Veja-se: OETA {Garcia da).— Histoire des drogves. . . 



M 



■T' 



CATALOGO DA LIVRARIA 



21— Acosta, 2,° (C/tmíouão).— Tratado em loor de las miigeres y la castldad, 
constância, silencio y iusticia, con otras muchas particularidades y va- 
rias historias. Autor... Venetia: 1592, por Giacomo Cometi. In-í." de 
]33 fí. nunis. na frente, e mais xii, fluais, inums. E. 

Obra muito apreciada. Exemplar carecido das primeiras quatro ff., incluindo o fron- 
tispício, que se encontra substituido por um outio, manuscrito. 

22-Acosta (José).— DE CHRISTO REVELATO |: LIBRI NOVEM || Simul que 
De Temporibus nouissimis 1| Lihri Qiiatnor. || (l^ogar de marca do impres- 
sor-aberla em madeira) || LraDVNl, \\ APVD \\ lOANNEM BAPTIS- 

TAM BVYSSON. \\ M. D. XCII. \\ |i CVM PRIVILEGIO. In-8.o 

peq. de viii (inums. )-654 pags., afora lii (inums.) com o aINDEX» e 4 em 
branco, finais. E. 

É livro estimado. Edição original. Bom exemplar. Muito rara. 

23 DE NATVHA || NOVI ORBIS || LIRRI DVO. || ET DE PROMVLGATIO- 

NE li EVANGELII. APVD II BÁRBAROS, II SIVE 11 DE PROCVRANDA lllN- 

DORVM SALVTE || Libri Sex. |1 AVTORE lOSEPIlO ACOSTA || pre/hy- 

tero /ocielalis Iesv. 1| (Marca emblema da Companhia de Jesus) l| SALA- 

MANTICJE. II Apud Gidllelmum Foquei, li i' M. D. LXXXIX. In-8.o 

peq. de vtii ff. (prels.) inums. e 040 pags. nums. E. 

As VIU folhas prels. inserem: titulo-dois Alvarás de privilegio régio para a im- 
pressão (o segundo é subscrito: «D.i- 1| da en Madrid a dos dias de el mes de dezie 
II bre de mil y quinientos y ochenta y ocho || anos. |1 YO ELREY. || Por mandado 
dei Rey nueftro senor. H hian Vazquez..) -Dedicatória a : .PHILIPPO ||SEUVNDO 
Hl-IISPANIARVM .\TQVE |l Indiarum Regi Ca- II tholico. || /OS£/'//KS ACOSTA]] 
salutem & foílicitatem D.y (datada no fim: Madriti decimoíertio Ka- \] lertdas Fe- 
bruarius. Aii:io\],falutis iiostrce.]\15S8).-e Licença oa visto de Aigidias Oonçalez 
Prouiiicialis.» 

Nas pags. 634 a 540 o «INDEX», que remata cora o seguinte cotofâ.i: «SALAMAN- 
TICTE. II Apud Quillelmun Foquei. || || M. D. LXXXVlll. 

Obra muitíssimo interessante e estimad.a. Primeira edição. Multo rara. (Salva, n.o 3260). 

24 HISTORIA l' NATVRAL || Y 1| MORAL DEI.AS ji ÍNDIAS, i| EN QVE 

SE TRATAN LAS COSAS H nolnbles dei cielo, y elementos, metales, plan- 
t^n^. ^ ^ ^''' ^ ''"'" " "^"'^^ delias: y los ritos, y ceremonias, leys, y |1 gouierno,. 
'i V guerras de los IndiDs. 1| Compup/ia por el Padre lo/eph de Aco/ta Reli- 
gio/o 11 de la Compania de le/us. H DIRIGIDA ALA SERENÍSSIMA || In- 
fanta Dona I/abella Clara Eugenia de Au/Iria. || (Vinheta-marca emble- 
mática da Companhia de .lesus, tendo no centro as iniciaes: I H S)\\ 
CON PHIVILEGIO. \\ Imprefío en Seiíilla en caía de Juan de Leon. II 
II Afio de 1590. In-l.o de 535 pags. nums. e xxxv (?) finais inumj. E. 

As pags. 1 e 2 constituem a H. de rosto; nas 3 e 4 o Privilegio de «EL REY.» («Dada 
en San Lorenço a veynte y quatro |1 dias de el mes de Mayo, de mil quinientos y 
ochenta y nueue H aiios. || .. . luan Vazquez.»; na 5 a Licença de || Gonçalo Dávila; 
na 6, a Approbacion (datada e subscrita: En .San Phelippe de Madrid a quatro de 
Mayo, de 15S9. |i Fr. Luys de Leon..; n.as 7 e 8, a Dedicatória: ^A LA SERENÍS- 
SIMA 11 Infanta Dona Ifabel Clara Eugenia \\ de Aujtria.> (datada e subscrita no 
lim: «En Seuillia primero de Março \i de 1590. Anos.\] ]\Iofeph de Acofta.'); 

nas 9 a 12, o ^Proemio ai Lector.'; e nas 13 a 535, o texto da obra propriamente 
dito. 



AZEVEDO -SAMODAES 



Na pag. I das linaes, por baL'co da curiosa marca do impressor (gravada em madeira), 
o seguinte cotofóti: «FVE IMPRESSO EN^^Sevilla eti cafa de luan de Leoiit jarito 
'.\ a tas Siete Rebueltas. \\ /590.» e nas resUntes a «TABLA i, DE LAS COSAS MAS 
PRIMCI llpales...= 

Obra muitíssimo interessante e estimada. Primeira edição. Exemplar com defeito no 
canto superior de fora das ultimas folhas e também falto da ultima (Tabla). 
Muita rara. 

25— Acursio das Neves (/osé;.— Gaitas de hnm portuguez aos seus concida- 
dãos sobre diferentes objectos de utilidade geral, e individual. Por José 
Acursio das Neves. Lisboa: Na Typ. de Simão Taddeo Ferreira. Anno 
de 1822. In-4.° de 216 pags.— Segwc-se; 

PETIÇÃO documentada, e dirigida a EI-Rei Nosso Senhor por José 



- >. 



U^"" 



Acursio das Neves. Lisboa: Na mesma Typ. Anno M.DCCCXXIU. In-4.° 

de 28 pags. — As 2 obras em um vol. E 

A primeisa obra tem a pag. 65 um novo front. com o titulo: Nova continuação das 
Cartas... RARAS. 

26 CONSIDERAÇÕES politicas, e comnierciais sobre os descobrimen- 
tos, e possessões dos portuguezes na Africa, e na Ásia. Lisboa, Na Imp. 
Regia. Anno 1830. In-S.» peq. de 420 pag. E. 

Apreciada e mui pouco vulgar. 

27 HISTORIA GERAL DA INVASÃO DOS FRANGEZES EM PORTUGAL, * 

E DA RESTAURAÇÃO D'ESTE REINO, ESCRITA POR... TOMO L (Es- S^ÔK ^ "^ 

cudo d'armas de Portugal). LISBOA: MDCCCX (c XL) Ka Officina de 
Simão Thaddeo Ferreira. Com licença da Mesa do Desembargo do Paço. 
In-8.° peq., 5 vols. de 343, 302, 373, 363 e 317 pags. E. 

Obra curiosa de bastante e merecimento para a tiistoria da Invasão de Portugal pelas hos- 
tes napoleónicas. -Muito apreciada e já pouco frequente no mercado. - 

28 M.^NIFESTO, em que o desembargador... expõe, e analysa os pro- / fr)^ ^' 

cedimentos contra elle praticados pelos ex-regentes do reino, e os seus "''^ 

fundamentos. Lisboa: MDCCCXXI. Na Offic. de Simão Thaddeo Fer- 
reira. In-i." de 72 pags. B. 

29 MEMORIA sobre alguns acontecimentos mais notareis da administra- 
ção da Real Fabrica das sedas desde o anno de 1810, e sobre os meios do 
seu restabelecimento. Dirigida á Corte do Rio de Janeiro, e ao Governo 
de Portugal no anno de 1819. Por... (escudo d'armas reais portuguesas). 
Lisboa: MDCCCXXI. Na Offic. de Simão Thaddeo Ferreira. In-4.'' de 44 
pag. B. 

A Memoria vem no fim datada: ^Lisboa 19 de julho de lS19r.- Interessante e estimada. 
Pouco frequente. 

30 NOÇÕES históricas, económicas e administrativas sobre a producção 

e manufactura das sedas em Portugal, e particularmente sobro a Real 
Fabrica do subúrbio do Rato, e suas annexas. L'sboa, Na Imp. Regia, 
1827. In-S." peq. de vii-40o-2 pags. E. 



CATALOGO DA LIVRARIA 



11.1 1" 



4i 



31 VAHIEDAnES, SOBRE OBJECTOS BELATIVOS AS ARTES, CUM- 

MERCIO, E MA-NU FACTURAS, C0\S1DER\DAS SEGUNDO OS PRINCÍ- 
PIOS DA ECONOMIA POLITICA. POR .. TOMO I. {Armas antigas do 
reino). LISBOA: NA IMPRESSÃO REGU. ANNO DE lS14-17.-Com 
Licença da Meza do Desembargo do Paço. 111-4.», 2 vols. de '293 e 3.So pags. B. 

Obra assas interessante relativamente aos assuntos de que fe ocupa. RARA. 

32- Adami Schall (P. Joannis). -Flisloiira narratio. De iriitio et progressu mis^ 
sionis Sooietatiá Jesus Apiid Chinenses, Ao praeserlim in Regi.i Pequinensi, 
Ek Litteiis R .. ex eadem Societale. . Collecla. Vienncp Áustria- Anno 
M.nC LXV. Typis Matha;nCosmorovij .. In-S." peq. de xil-267-I p igs. E. 

Muito interessante para o estudo acerca das missões na China. Enriquecida com unia 
gravura a buril (Joliatm Steger delia. - Maúrit : Laii; Scuíp. Vie-t.), contendo o retr. 
do autor, que se encontra trajando vestes orientaes. - RARA. 

33— ADELE et Théodorc, ou Lettres sur 1'édiicalion, contenant tous le.s prin- 
cipes relalifs aux trois diflórens plans d'édiicalion des Prinoes, des jeu- 
nes Personnes, & des Homes. A Paris, Lhes les Libraires Associes. M. 
DCC. LXXXVI. In-U." 3 tomos. E. 

34— ADMINISTRAÇÃO (A) de Sebastião .Jo/.é de C^irvalho e Mello, Conde de 
Oeiras, Marquez de Pombal... Traduzid.i do francez, por Innocencio de 
Pontes Athaide e Azevedo. Lisboa: Na Typ. Ltisitana... 1S41. In-8.o, 4 
tomos em 2 vols. E. 

Edição ilustrada com os retrs. do Marquês de Pombal, D. José 1 e D. Maria I, e 
com 5 litografia?, reproduzindo o suplicio infligido aos autorer do atentado contra 
aquele monarca. 

35— ADMIRABLES efeotos de l:i provi lencia sucedidos en la vida, e impe- 
rio de Leopoldo primeiro, invictissimo eniporador de romanos, rediizelos 
O ' íi Anales históricos la verdnd. En Amberes, por la vinda de Henrico Ver- 

dussen, Ano Í7.55. Infol. 3 vols. E. 

Enriquecido de numerosas gravuras a buril, impressas em separado. 

Adriani carãinalis S. Chrj/sognni .. — Veja-se: HADItlANUS. . . 

3G-Adricomio Delpho í' C/írís^/ano;. — TEIEATRVM || TERR/E SANCT/E |1 ET 
il BiBLICARVM II HISTORIARVM l| cúm labúlis geographicis aíre expres- 
sis. II AVTORE CttlilSTIANO |1 AORICHOMIO DELPHO. |1 COLONIJEAORI- 
PINJE II SVMPTIPVS THOM.E VON \\ COLLEN. BIBLIOPDEE IN 
PLA- II TEA LATA ANNO MDCCXXII. -h\.ío\. de artística portada ale- 
górica, VIII pags. (pieis.) inuins. e'J86nums., além de mais xxvi .nums . 
íinaes. E. 

o titulo acima transcrito acha-se dentro de elegante porlada alegórica, gravada a bu- 
ril em chapa de cobre. 

Obra interessantíssima, relativamente ao assunto que versa, e com uma planta de Jeru- 
salém e seus arredores, na qual se encontram reproduzidos todos os mais importan- 
tes monumentos e edilicios existentes na cidade e seus contornos, tudo gravado 
a buril em chapas de metal. 

Estimada. Bom exemplar. MUITO RARA. 



AZEVEDO -SAMODAES 



37— Aduarte (D. Diego, ).—JOUO PRIMEROil DK LA HISTOrUA DE LA |1 PRO- 
V1NCL\ PEL SANTO ROSÁRIO DE FILIPINAS, lAPON, Y CHINA, 1| DE 
LA SAGRADA ORDEN DE PREDICADORES. :| ESCRITA l| POR EL ILYS- 
TRISSIMO SENOR DON FRAY. . |! ...natural de la Imperial Ciudart de 
Zar.Tgoça, y Obispo || merelissimo dela Niieva Segóvia, il ANADIDA || POR 
EL MUY R, P. FRAY DOMINGO GONZALEZ, !1 Comisario dei Santo Ofi- 
cio, y Rpiiente dei CoUegio de || Santo Thomaz de Manila. 1| Sk Dedica. || A 
LA E.KCELENTISSIMA SEnORA DOnA MARIA IIENRIQVEZ DE i! Gu/.- 
iiian. Duquesa de Villa-Hermosa. . || . . . || Y SxVCA A LYZ DE ORDEN DE 
NVESTRO REVERENDÍSSIMO PADRE i Mae.stro Goneral Fr. António Cln- 
ohe El M. R. P. M. Fr. Pedro Martyr de Ruenacasa.. , Aiio {Escudo d'ar- 

nias da Oriem do Santo Rosário de Filipinas?) || || Con licencia: 

Kn Zarngoça, Por Domingo Gascox, Infançcn, hnpressor dei Santo :I 
Hospital, y General de i\'uestra S'iiora de Geacia. ATio 1693 In-tol. do 
vrii pags. (prels.) inums., 767 nurns., e mais 63 inums., finaes. 

Af VIU pags. prels. compreendem: frontispício (I e II) -Dedicatória: «A L.A |; EXCE- 
LENTÍSSIMA SENORA D. „ MARIA HENRIQVEZ DE QUZMAN.IIDVQVESA DE 
VILLA-HERMOSA.... (datada de .Zaragoça, y lulio à 2. de 1693) (III t\W)-APRO- 
BACION DEL R. P. Fr. FRANCISCO DE PAVLA, DE LA <i Sagrada Religiou 
de los Mmímos...^ (V e parte da VI)-.APROBACION DEL... Fr. Prudencio 
Ruiz...- (restante parte da V^)-■^APROBAC^O^f DE LOS MUV REVERENDOS 
PP. \\ Maestros Fr. luaii Fra :cisco de Hurtado... y Fr. luaii de Maya... (Parte 
da Vil)-. LICENCIA DE LA ORDEN.^ (restante parte da Vll)-.PROLOUO AL 
LETOR..-e •PROTESTACION DEL AVTOR.. (VIII). 

.Na 1." das 53 pags. inums. finaes o . ÍNDICE DE TODO LO CONTENIDO EN LOS 
DOS LI I, bros de esta Historia. > n . PROLOGO. >; e nas restan'es os ditos índices 
(DE LOS CAPITVLOS-INDICE SEGUNDO DE LOS ESPANOLES. -DE LOS 
NOMBRES, TITVLOS, DIONIDA ii des, e Conventos de todos los Religiosos mencio- 
nados.. ,^-e ÍNDICE QVARTO DE TODAS LAS |i cosas notables...»). 

Segunda edição da Primeira parte desta Crunica dos padres Dominicos, escrita por Er. 
Diego Aduarte e ampliada por Fr. Domingos Qonzalez. 

TOMO SEGUNDO 11 DEL\ HISTORIA. . , 1, ESCRITO |i POR EL M. R. 



P. Fr. RALTASAR DE SANTA CRVZ, |1 Catedrático de Prima en l.i Vni- 
versidade, y Colégio de Santo Tomas || de .Manila, Prior dei Convento de 
dicha Ciuilad, Rector dei Col gi > | Provincial de la Provinci;i, y Comissário 

il dei Santo Oficio. |1 SE DEDICA || AL ILVSTRISSIMO, Y REVERENDISS. 
SENOR II Don Fray Miguel Geronimo Fuenltuena. . || Y LA SAGA A LVZ 

II ... II Aíto (Escudo igual ao que vem no tomo i.°) 1693. || || Con 

licencia: En Zaragoça por PA.^íi^fAL Bveso, Impressor dei Reij X. .'>'. — In- 
fol. de VIII pags. (prels.) inimis. e 531 tiums., atóra uma branca final. 

As VIII pags. prels. inserem: titulo (I-a II está em branco) -Dedicatória: «AL ILVS- 
TRISSIMO... SENOR DON FRAV II Miguel Geronimo Fuenbuena...» (datada e 
subscrita: .Zaragoça, y Mayo à 12. de 1693. il ... l, /r. Pedro Mártir de Bueiui- 
casa, PricK.J (III e IV)- ^APROBACION DEL RR. P. Fr. FRANCISCO DE 
WPaula...' (V e VI)-'^APROBACION DE RR. P. M. Fr. MARTIN DEU Vera..., 
(Vll)-e «PROTESTACION DEL AVTOR.> (VIU). 

De pag. 503 em diante decorrem os vários índices. 

A impressão é a duas colns. por pag., .á excepção das pags. prels. 

O titulo no frontispício deste volume está emoldurado por cercadura formada de vi- 
nhetas tipográficas, simetricamente dispostas. 

Primeira edição da Segunda parte. 



10 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



•1 



//^' 



Obra importante e muito estimada ; de capital importância para os orientalistas, sobre- 
tudo pelos minuciosos e valiosíssimos Índices que apresenta. 

O autor da Segunda parte é dado por seus biógrafos como pessoa de notável erudi- 
ção e exemplares virtudes. -MUITO RARA. 

38 -Advertência || Que hum Mini/tro do P.inoepo || D. PEDRO |1 LHE FAZ 
SOBRE O ESTADO DO || Reyno de Portugal. || 1677. S. ind. de l, n. de d. {sé- 
culo XVIIj. In-4.0 de 2'3 pags., afora uma em branco, final. B. 

Não tem frontispício propriamente dito; o titulo acima transcrito vem no alto da pri- 
meira pag., encimando o texto. -Muito interessante e RARÍSSIMO. 

39 — Afan de Ribera Enrriquez (D. Fernando). — FABVLA || DE MYRRA 
II E/crita II Por el excellentis.simo Senor... |I . . . Marques || ds Tarifa. || 
3 ^ Dedicada ai Excellenti/s. Senor || D. LVIS DE ARAGON, I MONGADA || 
Príncipe de Paterno, i Duque de Monlalto. || Hecha dará la eAampa || Por 
D. Garcia de Salzedo Coronel... H (Logar de peq. vinheta tip. de orna- 
mento) II En Nápoles, Por Lazaro Scorigio. 1631. \\ II Con 

licenza de los Superiores.— in-i." dexxiv p;igs. fprels.) inums. e 53 riimis., 
não incluindo uma inum., final. B. 

• As XXIV pags. prels. compreendem: frontispicio (I e II)-Dedicatoria: «Al Excellen- 
tis. Seiior || DON LVIS I| DE ARAQON H I MONCAD.^.. (datada e subscrita no fim : 
cCaserta pri-|jmero de lulio lb3\.\\ El Marques de Tarifa.^) (Ill a V)- Prologo 
de: «D. GARCIA DE SALZEDO || CORONEL... AL LECTOR.^ (VII e VlIl)-Poe- 
sias de diversos autores em louvor da obra e de seu autor (em espanhol, latim, fran- 
cês e italiano) e um Soneto consagrado a D. Qarcia de Salzedo (IX a X.XIV). 

Eis os nomes que subscrevem as poesias de encómio á obra e a seu autor, insertas nas 
pags. prels.: D. Garcia Salzedo Coronel, D. Fernando Polomares, D. Sebastian de 
Acosta y Pereira, D. Mateo de Andrade, Vicenzo Zito, dr. Lorenzo Stellato, e 
Rapito. 

Todas as pags., incluindo o frontispicio e excluindo a 2.a pag. prel., que está em bran- 
co, são emolduradas por cercadura tipográfica. 

Muitíssimo apreciada. Bom exemplar. De bastante raridade. 

Affonso [Cardeal D.)— Ve]a-se: f%í gonotttitiçõca òo bispabo 
pcworct. .. i534. 

Affonso (Gaspar). — Relaçrio da viagem e successo qtie teve a nao S. Fran- 
cisco .. em 1596.— Veja-se: Gomes de Brito (Bernardo). 

40-Affonso de Miranda (BÍ030). — tllSTOREA || DA VID \ E MARTYRIO 
lido glorio/b saneio Thomas Arcebi/po, /e || nhor de Cantuaria... trela- 
ç, <' dada nouamen || te de Latim em lingoagé || Português jl Derigida ao lUus- 

f ^ ^ , tri/simo òs muy excelléte Prin- \\ cipe /enhor ho /enhor dõ Hérique Car- 

deal II ... M. D. LIIII. 

Este titulo acha-se dentro de portada composta de quatro vinhetas, gravadas em 
madeira, tendo a superior, no centro, o escudo d'armas de Portugal: No fim do 
texto da obra (pag. cccj) o seguinte registo tipográfico : 

Foy impressa a pre/ente || Btatorea ba viba 1/ ntctríoivto 

bo glorioso aat?ío =giBontaa 1| JlrccDisspo senBor be (áctníuci= 
ria, "g*rtiTtas be §»tgCa= |1 ícrra, tecjabo pev^ietuo bct \anta 
§ee apoftorica,... "Ifer ^loão i| JlCuarca imprimibor ba xnxi' 



AZEVEDO -SAMODÃES II 



xterribabe II be fâointfira. Jlcrttioitfi; aoo || bo^e btcto í>o mes òe 
il "Sloucmbro. || 24T. 5>. S. 3333.— In-4.'' de ivfl. prels. inums. e cccj 
(aliás 304) pags. não incluindo x folhas, finaes, inums. E. 

As IV ff. prels. compreendem: a I, n.i frente o titulo e portada já registados, e no 
verso o alvará do Cardeal írtfatte ; a II o ARQVMENTO DA \\ Obra' fegulnte; e 
as III e IV o Prolojo do autor da liiftorea. (Isto tudo impresfo com caracteres re- 
dondos, exceptuando o Alvará que é em itálico). 

Nas cccj (aliás 304, como já deixamos registado) pags. o texto da Hiftorea, que prin- 
cipia, na l.a pag., da seguinte forma: Começa ha vida y Payxão... (É todo 
impre.«so com formosos caracteres góticos). Vem por ultimo, nas X ff. finaes inums., 
a TAVOAD A \\ REPERTÓRIO DE TODO'\ho que Je contem nejta historia de 
faiicto Thomaí, por orde de A B C. (em tipo redondo e a duas colns. por pag.) 

A execução tipográfica é verdadeiramente primorosa, e a impressão acha-se embelezada 
com letras iniciaes e vinhetas de remate, tudo gravado em madeira sobre desenhos 
de fantasia. 

Exemplar com as quatro ff. prels. feitas á pena; mas a portada e as iniciaes estão hábil 
e exactissimamente desenhadas. -Estimada. RARÍSSIMA. 

41— Agostinlio (P. A^icoiaM). —>í< RELAC, AM ^ || (Legar de escudo d'armas / ^ 

de D. José de Melo, ladeado por duas linhas de peqs. vinhetas tipográfi- W6 M ^ 

cas de ornamento) i| SVMMARlA DA VI- 1| PA DO ILLVSTRISSIMO, El' ' 

REVÊ- II rendi/simo Senhor Dom Theolonio de 1 Rragãça, quarlo Arcebi/po 
de Euora. II «l Relatada por Ninokui Agostinho /eu Gapellão j; Cónego na 
CoUegiada Igreja de Ourem. || «[Dirigida ao Illii/tri/kimo {sic} Senhor Dom 
lose de Mello, Fi- !l lho do Marquez de Ferreira, Aíplimo Aroebi/"po de 
Euora II •] /mpre/so em Euora, com todas as licenças neceffarias [\ *] Na 
Officina de Franoíco Simões lmpre/'/or, & Liureiro || da Vniucrítdade 
deita cidade de Euora. Ann> de 1014. — ln-i.° peq. de li ff. (prels.) innms. 
e 04 niuiis. na frente. E, 

A primeira folha prel. constitue o írontispicio; e na U vêem as LICENÇ,AS (DO CON- 
SELHO- DO ORDINÁRIO... -DOS DESEMBARGADORES... DE LISBOA- 
e DO ORDINÁRIO da cidade de Euora. 

Das 94 ff. imediatas, a l.a insere a Dedicatória : AO ILLVSTRISSIMO \\ SENHOR DOM 
lOSE DE ]\ Mello... (abre com uma linda letra de desenho de fantasia); parte do 
verso da mesma 2.a fl. e toda a 3.a o PROLOGO AO LECTOR ; na. frente da 
4.a um EPIGRAMMA, e no verto um SONETO em português; na 5.a dois outros 
SONETOS : na frente da 6. a ainda outros SONETOS, e no verso da mesma fl. e frente 
da 7. a dois novos EPIOR.AMMAS em Latim (um em cada pag.); do verso da 7. a ao 
verso da 9.a, vem: GENEALOGIA DE DOM THEOT. l\ ....-e da lO.a em diante 
o texto da Relaçam svmmwíu, o qual consta de 21 capítulos, e é seguido de di- 
versas Pastoraes de D. Theotonio de Bragança. 

Clássica e estimada. Bom exemplar. MUITO RARA. 

42— Aguen {Laas d'). — Diclionnaire françuis-grec moderne, par. , . Revu, ^ *) ^ 

corrige etaugmenté. Paris: Maisonneuue Firves et l.eclarc. .. 1886. In-8.o 
de X-1V-93Í-I p''gs. E, 

43— Aguesseau. — Discours et aulres ouvrages de Monsieur le Chancelier 
d'Agnesseau. Amsterdam. M. DCC. LVI. In-S." peq. 2 vols. de ii-lxxij-187 
e n-328 pags. E. 

44— Aignan (M.). — Histoiíe du jury, par... Paris. Eijmeru, 1822. In-8.° de 
355 pags. E. 



12 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^í 



'/í 



45-Aimé-Martin (L.).-P\iin d'une biblioUièqiie universelle; eludes livres 

qui p^-uvenl servir à l'histoiie liUer^.ire el philosophique du genre 

C hi.main; si.ivi dn CATALOGUE des chbfs-dteuvie de toules les langues. 

l'ar. . Bvurelles. . . Haaman, Cattoir et C/ MDCGCXXXVII.-No verso 

do i.nle-rosto: Imp. de C.-J. De Mat. In 8° peq. de iv-482 pags. E. 

4ii-Aires (P. Francisco). - RETliATC) i UE ,i PfiVDENTES, 1; ESPELHO |l DE 
il IGNORANTES: 1| AOS PlUMElliOS ALlMEMTO il e/piritual de bons acer- 
tos, aos /egundos aví- |1 zo de Mis enganos. || Virgo (Logar de vinheta 
, Q (Mberta em madeira\ contendo a imagem da Virtiem da Conceigao) Pm- 

dêtijsima II PEU» PADRE FRANCISCO AYRES |1 Religio/o da Companhia 

de lESV. II li EM LISBOX. Com todas as licenças. \\ Na of(tcma 

de António Craesbeeck de Mello Impreí- I íor de S. ALTEZA. Anno 1664. 
In-S." peq. de xxiv (inums.)-o56 pags. E. 

Nas XXIV pags. prels. o seguinte texto: titulo- « LICENÇ.AS. •-. CARTA DEDI- 
CATÓRIA |1 AO ILLVSTRISSIMO SENHOR 'I SEBASTIAM CÉSAR H DE MENESES. 
WDIONISSIMO ARCEBISPO]] de /vz....- Prologo <.\0 LEITOR.- -e <WD/C£ 
II Dos Capitulas que tem || este liuro.y 

Clássico. Apreciado. Edição primitiva. RARA. 

A folha constituída pelas pags. 497 e 49S falia um pedacito no canto superior de fora, 
o qual levou algumas letras. 

47 THBATRO DOS TRIVMPllOS DIVINOS CONTRA OS DISPRIMORES 

HV.VIANOS, MORALIZADO AOS PREGADORES, proporcionado á via pur- 
gitiva, illuminativa, & unitiva ile hQa alma com Deos. DIVIDIDO EM 
gVATRO PARTES pello Padre FRANCISCO Ayres da Companhia de lESV. 
(Vinheta representando o Calvário) DEDICADO AS Supremas Mageslades 
lio Ceo, e da Terra. EM LISBOA Com as licenças necessárias. Por 
Paulo Craeshieck, anno IG.^S. In-4.'' de x 11'. prels. s. n., 600 pags. e inais 
X IT. s. n. para o ÍNDICE. E. 

Exemplar falto do frontispício. 

48— Aires de Azevedo {Diogo Manoel}. -Portugal illustrado pelo sexo femi- 

fino. Noticia histórica De muytus heroinas Porluguezas, que tlorescerào 

g h (" O **'" Virluile, Letras, e Armas. Tomo I. (único que se publicou). (Jue 

)tK escreve. . Lisboa Occidental, Na officina de Pedro Ferreira... Anno do 

Senhor M DCGXXXIY. Com todas as licenças necessárias. In-8." peq. de 

XLVi (inums.)-192 pags. E. 

Frontispício impresso, a linhas alternadas, a preto e vermelho. Interessante e estimada. 
Rara. 



Li' 



"í 



/ 



4'.)— Aires de Gouvèa (.4). — A reforma das cadeias em Portuti,al, com 
uma Resenha das principaes da Europa. Dissertação... de... Coimbra: 
Imp. da Universidade, 1860. In-S." gr. de 202-VIU-365 pags. E. 

50— Aires de Gouvèa Osório (Dr. José Frucluoso). — Sociedade Agrícola do 
Porto. Documentos, Relatório e notas relativas á Exposição d'Agricultma, 
realisada nos dias 12, 13 e 14 de julho de 4857... Collegidos pelo... 
Porto, Na Typ. de Sebastião José Pereira, 1807. In-8.° de 163 pags. e uma 
estampa (em fl. desdobrável). E. 




^íragedíaoa píngan* 

ça que foY feita fob2e a inojteccl iRey Sga* 

mer.oiTitágo» nouamerttc tirada ocièrego 

csn lingoagem : tronada poj Siirrique 

2lYrcô \>icto:iaXuio argumento t>c 

DC Scpboeles poeta ^rego. 

2Igo:a fegúda ve5 iinp^ef' 

ia 'z emendada 't»' 

nl^adída pello 

mcfmo2lu^ 

co:. 

+ 




«Fac-simile» (em tamanho nnliiral) ila obra descrita 
DO presente catalogo .sob o n." 54. 



(Pag. 13) 



AZEVEDO -SAMODÃES 13 



/*r. 



51-Aires do Casal (P. i»/anoeZ).— COROGRAFIA BRAZILICA, H OV \\ RELA- 
ÇÃO HISTOKIGO-GEOGRAFICA H DO ,1 HEÍNO DO BRAZIL || COMPOSTA 
Ê DEDICADA || A || SUA MAGESTADE |l FIDELÍSSIMA II POR ll HUM || 
presbítero SECULAR 1 DO J GRAN PRIORADO DO CRATO. H TOM. I. 
11 (Escudo ii'armas reais portuguesas) H líIO DE JANEIRO. 1! NA IM- 
PRESSÃO REGIA. \\.M. DUCC. XVII \\ || Com licença e Pnrileijio 

Ueat. In-4.0, 2 tomos de xa {inums.)-420 e iv-379-iv pags. E. 

As XII pags. prels. do volume I. o compreendem: trontispicio- Dedicatória a D. João 
VI (subscrita: O Padre Manoel Ayres do Cazaí)-Mv3vi régio para a impressão 
da obra- Vários registos de licença- .ÍNDICE H Do Conteúdo neste Tomo- -e «LISTA 
DOS SENHORES SUBSCRITORES.» Entre as pags. 402 e 403 ha 4 pags. inums. de 
«ERRATAS.. 

Obra importante para o estudo de coiiías brasílicas. Muito estimada. Primeira edição. 
Belo exemplar. Multo rara. 

5'2— Aladel (if.).— La médaille miraculeuse. Origine -Histoire—Difrusion— 
Resultais. Par,.. Éditlon revue et augmentée. Paris: Imprime par Pillet 
H Dumoulin, 1S78. In-8.° de viii-4Ui png-. E. 

Adornada com diversas estampas, sendo uma gravada a buril. 

í)3-Alamin (Fr. Félix de) — Impugnicion conlia el Taliinid de los judios, 
Alcoran dd Malioma, y contra los hereges, y Segunda Palie dela Reliiiion 
christiana, aposlolioa, calliolica, y romana. Dividese cn ( in^^o lf;itados:. .. ^ ^K 

Kii Madrid: Eu la Imprenta de Lorenço Francisco Mejado.i, Aiio de 
1727. In-4.° de .kxxii (iniinis.)-396 pags. E. 

54— Aires Vlctorla (Henrique). ^^ ^XAQtòux òa utiigan- 11 ffl . . . £,i5bíin, por 

©cniiiio !in II lljnrlnj, 1.")."^. ?^ /O Qi. 

{Do /ioHÍij/iiVio dawus, cm fulliu á purle, viiia exacta rcprodueuu foto ztiiciffrá- 

fira). 

10-4." de 24 foihis sem numeração mm cliatnadas no texto. 

Na frente da I.a follia o fronlispicio ou portada que damos reproduzida em «fac-simile-, 
e no verso uma espécie de dedicatória que, a encimar, traz os seguintes dizeres ; 

U (Tomcçn n írngc&in: Iic (Orrístcs tirnim 6e grrgo rni Komniut Iro- 
uníio por Ãtirrtgiif nijrrs uitlorin/nnliirnl 6o porto i íicrt- li gi6n n 
muij mngiiitirn fritliorn boitn uiolniitc bc SToiíorn || ^Irologo. q"= termina 

na face da 2 a folha, seguindo-se-lhe logo um parágrafo com a rubrica: ^ A IlIortC 
6C AgnmcilOlI. No verso desta mesma folha acha-se o (£ ÂrgilIllClltO 6n 
prcfrntC trngcíin, que é seguido peia lista OH nomenclatura dos f[_ JlItírlO- 

rutorcs II ,\ijo. (Orrftrs. íJilnbi-s. mec\]a. (Electra?) (Kljrifotrmis. Ptli- 
ti-ncr- lltrn. C-girto. (Tliminrs. (ff-tl)rn. C-rtns (tliminrs, ^ Ortijrn f(t« || 
6uns molI)rn'â rj luompnnljnuam ("rlrrlin. 

No alto da 3. a folha principia o texto da tragedia, que é em verso de sete silabas, re- 
dondilha maior, dispostos em decimas e a duas colunas por pagina. Divide-se em 
setescenas, a primeira das quais, í IlllC fc roíltflll. àl)0 e (OrcrtCô, começa pelo 
que diz o Ayo, e a ultima termina pelas mortes de (!MÍtl'imU'ftrfl e C-gÍftO, (pe- 
núltima tolha do opúsculo). A ultima lolha tem: ^ (fTOrtOCnilI ÒO OlttOr 1| 
nos ICCtOrrS, a qual compreende quatro estancias em oitava rima. Três vêem 
na frente da dita ultima folha e a quarta, seguida de uma outia em que o au- 



a, o 



14 CATÁLOGO DA UVRARIA 



tor declara o logar e a data em que efectuara e concluíra a versão da tragedia, 
e de registo da impressão. Destas duas derradeiras oitavas e do registo do logar, 
nome do impressor e data da impressão, damos o seguinte .fac-simile»: 

esterno tstnban/toâò fsbiobdr&m 
m sssi^aácianio acáài 

çoz dicd quis çoi em tal coi icUçam 
tomem cjcemplaem dic % vcram 
bo mof órflndc bcmquc beba om^ 
que fendo como efte/ em todo p^igo 
confluo â pe&ímit09/£ontino tubaram 

CB p:ef<nte ebtã/í&f dcab^Hla 
&e em noíTa Un^oagem/fe tradusô' 
quinje oe ntírço/ fem nada mentir 
na era oo {)arto/ oa vírgemTagrada 
t)e mú i; quinbcntoB / fem errar nada 
T trinta tfds/faíando verdade - \ 
m '^ojto/ qiic be roi»ynobK cidade 
tpoj Slnrríquc íçjcô roy trefladbdia. 

caqui fcncçc-a ZrdQcòk t>e ©ítftce tfrada 

t)e grego emlHwoa^^n l^rtugiieç t troua- 

da.foyimpidla namuf Bobtetfcmprelc^ 

cidade t)c Xí^ÊÍJoa per j©crm30 aa, 

Ibardoátt^JiéírôitxH^cyiionro 
(ênho^étcaboufe ao6.vf« 
, tias t)e1^oulbn> ^ 
<l2i^ittqtiinb^08 
tdncocntdt 
<íiieo anos. 

€Sim, 

Com referencia ao merecimento e origem da tragedia, e ainda á raridade da edição, ve- 
ja-se o Dic. Bibl. de Inocêncio, tomo 3.o, pags. 179 a 181; o opúsculo que o sr. 
Fiancisco Esteves Pereira publicou ha mezes sob o titulo: A vingança de Againe- 
lurn \, Tragedia de Anrique Ayres Viciaria <) Notas de Historia...; a reimpressão da 



AZEVEDO -SAMODÃES 15 



Tiagedia quê, por inducção e diligencia do mesmo sr. Esteves Pereira, a Academia 
das Sciencias fez ultimamente e que abaixo descrevemos; e ainda, o nosso trabalho 
bibliográíico em via de impressão; Bibliografia da Literatura Clássica Laso-Brasí- 
lica, tomo I, pags. SO a Q2. Isto além da Biblioteca Lusitana de Barbosa e das Me- 
morias para a historia da Typographia Portugueza do século XVI (pag. 119) de Ri- 
beiro dos Santos, etc. 
O exemplar que apresentamos é o ilnico conhecido presentemente, e o seu penúltimo 
possuidor — o Visconde de Azevedo-déra por êle, ha já dezenas de anos, a bo- 
nita quantia de 81SÍ000, verba esta relativamente importante para o tempo em que foi 
efectuada a transacção, mas assas insignificante para a época actual. Encontra-se em 
óptimo estado de conservação e pôde considerar-se uma preciosidade bibliográfica do 
maior apreço e valia, não sõ pela sua extrema raridade, mas ainda e sobretudo 
por a versão da tragédia ser considerada como um dos primeiros documentos 
para a historia e estudo dos nossos primeiros vagidos na literatura dramática. 



55 A vingança de Ag:imenori. Tiagedia de AiTÍ(jue.s Ayres Viutoria. 

Conforme a impressão de 1555 publicada por ordem da Academia das 
Sciencias de Lisboa por lYancisco Maria Esteves Pereira (Marca emblema 
da Academia das Sciencias). Imprana Nacional de Lisboa— 1918. In-8.° de 118 
paijs., afora uma com o registo da impressão e uma em branco, finaes. B. 

As pags. 1 a 4, constituem as folhas do ante-rosto e rosto; nas 5 e 6 vem um «Parecer sobre 
a publicação da tragédia «A vingança de Agamenon...» (subscritos pelos Académi- 
cos: F. Teixeira de Queiroz, David Lopes e Henrique Lopes de Mendonça, relator; 
na 7 umas palavras de grato reconhecimento do sr. Esteves Pereira ao Conde de 
Samodães (datadas de: «Lisboa, 28 de Junho de 1917.>); nas Q a 26 um interes- 
sante e substancioso «PROLOGO- do mesmo sr. Esteves Pereira; nas 27 a 113 a 
reprodução do texto inserto na segunda edição da tragédia de Aires Victoria, e nas 
115 a 118 as «VARIANTES DO PALEÓT1P0«. 

O registo tipográfico da impressão diz: «TERMINOU A IMPRESS.\0 11 Aos 20 de IWaio 
de mil novecentos e desoito |l NOS PRELOS DA '| IMPRENSA NACIONAL.. 

No alto do írontispicio a indicação: «ACADEMIA DAS SCIENCIAS DE LISBOA |1 
=== II MONUMENTOS II DA || LITERATURA DRAMÁTICA PORTUGUEZA |1 
II 11». 

5tí-Alardum. — Selectse Simili- 1| TVDINES SIVE COIJ.ATIONES. |1 Uim ex 

Bibliis síicris, tum ex veteru Cõmélariis, Per Alar- || dum Aemstelre- ?çff ^ 

damfl, Tomis || Iribus accuratius cõcionate, || plurimiã ad laUirae ad- || iu- 
iiienli veibi Dei |1 cúcion;itorib, |1 iiixtfi ac sori- |i ptiirsesíTcre ]| traclu- || tori- 
II bus . . Hiiony. in. Mattli.Cap. 18.. |1 fW PARISIIS II fW ApudAmbro- 
siiiin Girault in via \\ lacohcea, sub signo PelUcano || f-%í M. D XLIII. 
In-8.° peq. de xliv (inums. -bO'i fl'. E. 

Encadernação renascença; com a lombada restaurada. Pastas ornamentadas a frio. 



57— Alarte fVicencio) — Agricultura das vinhas, e tudo o que pertence a ellas 
até perfeito recolhimento do vinho, & da cepa, vides, folhas, & borras. 
Composto por... agricullor. Tirado tudo dos aulhores que rscreverac so- 
bre a iigiicultura. çj- Jas experiências que pode colher. (Peq. vinheta tip. 
de qrnamenlo). Lisboa. Na Offic. Real Deslandesiana. Anno M.DCGXIÍ. 
Com todas as licenças necessárias. In 8.° peq. de xiii (inums.)-2'24 p;igs. E. 

As XIII pags. prels. compreendem: frontispicio; «Dedicatória á Viigem N. Senhora»; 

Prologo «Ao Leytor"; «lndex.> e «Licenças.» (Do S. Otlicio-Do Ordinario-Do 

Paço.). 
Obra curiosa, relativamente ao asrunto de que trata. Primeira edição. Bom exeuii:lar. 

Rara. 



///■<• 



16 CATALOGO DA LIVRARIA 



h 



5S— Albani (Co. .lo. HiírouwjO --^^ibii de potestate Papae & Concelii secunda 
edilio. Lvyduni Apiid Ican. Torncesivm. et Gvl. Oazeiom M. I). l.VIU- 
Ciim Priuilegio fíegis. In -4/' de 1H8 p:igs., nfio incluindo .>.v (iniinis.) df> 
Index «REKVM AC VEKBO- || liVM INSIGNMOKV.M QV.-E || loto hoc opere 
sparsim conlini n- 1! lur, index locuple || lissimus.», e a fir.al com uma 
eiiriosu marea do impressor. E. 

As pags. 1 e 2 constituem a folha do frontispício; nas 3 a 5: «IO. ANOELVS || PAPIVS 
LE- il CTORIS.>; na 6 o -AD LECTOREM.»; na 7 as «Errata sic corrigito.», e 
.ERRATA IN ÍNDICE •; na 8 o -PRIVILEOE DV ROY.., e da 9 em diante o texto 
da obra. 

O titulo no frontispício encontra-se dentro de elegante e curiosa cercadura, gravada 
em madeira, sobre artístico desenho de fantasia; e a impressão é esmaltada de letras 
iniciaes ornadas de caprichoso.' arabescos, abertas em madeira. 

5ÍI— Alberghini Panormitano (Fr. .f«a»«ie).— Manvale qvalificatorvin sãctae In- 
qvisitionis, in qvo orania, qvap ad illvd Irilivnal, ac haeresvrn censvram, 
peiiinent, brevi metliodo addvcvnlvr., . Cvni Licenlia. CwsaraugnsUic, Tijpú 
Augustini Vences. Amio 1671. Xn-i." de vi (inums.) 172 pags., afora mais xx 
iiiimis., finais. K. 

O frontispiclo é adornado de tarja composta de pequenas vinhetas tipográficas de orna- 
mento, simétiicamente dispostas. 

(iO- Albuquerque (.1//'l)iiío de).— GonnneiiUirios do Grtinde Afonso Dalhoqver- 
qve, Capitam Cerai qve foy das índias Orientitrs, Pm tt nipodo muito po- 
ileroso lley dom Manuel, o primeiro desle nome. Noiíamerile emenda- 
liiis e acrescentados pelo menino auctor, loiíforme ,ks inforniac,-ões mais 
certas que agora teue. Vão repartidos em quatro pirles sefiimdo o li mpo 
dos aconlecimenlos do seus traliallios. (En-ndo d'annas:) Km Lifhoa. Com 
li:-cnçn iHífif.iso pur João de llarnira tmiireíanr dei Knj nnsm xenhur. Anuo 
de l.^Td. Com Prtvtlcyto Bfnl.—luU)]. de iv (iiuiins.) — 578 pags. E, 

Exemplar com o frontispício, folh.i prcl., e ff. 29-453-575-577 manuscritas, -Segunda edi- 
ção (a mais estimada). Muito rara. 

^' •' mesma obra: — Lisboa, na fírgia Ojfirina Ty^iografjhici. Anno mdcclxxiv 

(1774), in-8 4 tomos de vi-xliii-:í43, xii-285, xil-289 e xi-"2í)() pags. cm '2 
vol. E. 

Ornados como retrato de Afonso de Albuquerque (J. C. Siím escul/). Obisipii Typ. 
Res. Ali. I774) e com um mapa grav. a buril, em H. desdobrável. 



62- 



-Albuquorque Coelho (^«aríe de) — MliMOlilAS DI.MilAS || DE L\ GVEU- 
HA DEL BhAZIL... En Madrid... Aiio WÕ4. 
{Do (ronthjiicio damos, em fol/ia S'-pnrada, a exacta reprcdu((;ão fi lo-zincO'jrá- 

fh-a]. 

ln-8o (formato de 4." antigo) de viii IV. (prcls.) inums. e 287 nums. na 
fiente. E. 

As VIU folhas prels. compreendem: frontispiclo (1) ; Dedicatória a D. Felipe IV (da- 
tada e subscrita: .M.adrid 15 de Octubre de íbbi.W Marques de Ba íto, \\ Coude de 
Pernambuco.^ (frente da ti. II-o verso é branco); 'APROBACION DEL REVE- 
RENDÍSSIMO II P. Aguftiii de Caftro, de la Com/mnia de lefus D Predicador ik 



MEMORIAS DIÁRIAS 

DE LA GVERRA DEL BRASIL, 

PO./. piSCVRSO DE NVEVE 

Anos, EMPEÇANDO DESOfi EL 
DE M. DC. XXX. 

ESCRITAS 

POR DVARTE DE ALBVRQVERQVE COELLO,. 

Marques de Bafto, Cõncfè, i Senor de Pernamtíuco, i dela? 

ViUas de Olinda , San Frãncifco , Magdalena , Bucn-^Suceííc, 

VUlahermofa, i Igaracu, Gentil-hombredelaCamarade 

fu Mageftaa, i ac fu Confejo de Eílado; en cl 

de Portugal, 

A LA CATÓLICA MAGESTAD DEL REY 

DON FELIPE QVARTO. 




CON PRIVILEGIO. 



En Madrid, por DiegoDiazdeli Carrera.Imprefibr dei Reyoo^Ano 1654. 



aFac-simile» (em tamanho natural) da obra descrita 
no presente catalogo sob o n.° 62. 



(Pag. If,) 



AZEVEDO -SAMODÃES 17 



./'« Ma^eftad.* ((talada e subscrita : »Eti Efte Colégio de la Compania de lefus a 
21 de lulioyde Kil. \\ Asufti/i de Caftro.^ (frente da fl. III); '^Licencia dcl Ordi- 
nano.T> (^Dado en Ma- II drid a veinte y niieue de lulio de mil y feifcientosH y 
quarenta y quatro aíios. 1| LiV. Oabríeí\\de Aldaina. \\ Por (a mandado || ^n/-//,-í rfcí 
Vai \l Notário.^ (verso da mesma H. Ill); <^APROBACION DEL SENOR DON[\Oc- 
ro.-úino Mafcarenas, CavaUero, i Dífinidor || GciieraL de ia Orde/i de Calatrava. . . 
Prior deWOuimarãcs, i Obijpo electo de Leiria.^ (datada: «En Madrid a 2S de 
AgoTto de II 1644. || D. Geronimo Mafcarenas.^ (ti. IV e frente da V) ; "Sarna dei prí- 
uiiegio.t (datada : «En Madrid a veinte i !| nueve dias dei mes de lunio de mil i 
feifcientos;! i cinquenta i quatro anos. (verso da mesma II. V) ; «TASSA^ (datada e 
subscrita: -«en Madrid a fiete de " Octubre de mil i feilcientos || e cinquenta i 
quatro anos. ]! /v-a.'í«yi:o E Padaíia.^ (frente da VI) ; lERRATA.! e a seguinte decl.a- 
raç.ão :-Erte libro intitulado Memorias Diárias de la Guerra dei Erafil, (sic) |; con- 
cuerda y eftá impreffo conforme a fu ori-!!ginal, Madrid I. de Octubre de 1654. 
afios, Sic.''Lic. Carias Mareia '' de la /./rtia.» (verso da li. VI); e «PROLOGO.» 
(ti. VII e frente (o verso está em branco) da VIII). 

De folha 1 a 9 (frente) decorre uma «IMTRODVC!ON,|| i argumento delia»; e desde 
o verso da mesma folha Q até tinal o te:;to da obra propriamente dito, que é divi- 
dido em nove períodos anuaes (1630 a 1638), todos precedidos de um «ARGV- 
MENTO.. 

Na impress,ão .do texto foram empregados os caracteres redondos, e na dos Argumentos 
e notas marginaes os itálicos. 

Esta obra de Albuquerque Coelho é de muita importância para a historia do Brasil nos 
anos que vão de 1630 a 163S ; pois seu autor, como testemunha presencial e comba- 
tente, descreve mui veridicamente os bélicos sucessos que se derani durante o citado 
lapso de tempo, com os intrusos holandeses, quando tentaram apossar-se d'aquelc 
então nosso vasto e riquiseimo império colonial. 

São raríssimos e mui preciosos os exemplares ; além deste que agora é exposto á natu- 
ral avidez dos srs. Bibliófilos, apenas temos noticia de um outro,- que é o que faz 
parte da notável e riquíssima biblioteca que foi do Dr. José Carlos Rodrigues, e que 
vem descrito, sob o n.o 46, na sua excelente Bibllottteca Brasiliense - Cataioso aiiiio- 
tado dos Livros sobre o Brasil... Rio de Janeiro... 1907. Ai informa o ilustre ex- 
tlircctor do Jornal do Comercio, conhecido c importante diário fluminense, que o dito 
exemplar fora da Biblioteca do falecido estadista hespanhol Don A. Canovas dei 
Castilho, da qual tem o respectivo ex-libris, e lhe cuetara L. 40 em Madrid ; que a 
r.aridade dos exemplares provem da circunstancia de Albuquerque Coelho ser mal 
visto pelos hespanhoes, e que estes sempre foram contra a publica'vão das Memorias, 
chegando mesmo a destruir todos os exemplares que puderam achar ; e assim se tor- 
naram de extrema raridade. 

O nosso exemplar encontra-se em peifcitissimo estado de conservação, sendo porisso du- 
plamente valioso e estimável. 

63— Alcala y Herrera (Aljnso df).— Jai-dini anugifinuili jo de divinas Hores lusi- 
tanas, hespanholas, e latinas. Contem seis centos e oitenta & três Anagram- 
nias, em prosa, & verso, & seis Hymnos Clironologicos, Devidtse em 
seis opúsculos nas três Linguas. Consagrase Ao Supremo Conselho da San- 
eia & geral Inipiisição destes Heynos & Senliorios de Portugal. Autor 
Alonso de Alcala y Herrera natural da Inclyta Cidade de Lisboa. — /s<o 
tudo adentro de urna bunita portada grav. Na bafe o reyiito: — Cõ As licevças 
necps/arias em Lisboa na officina Cniesbeeckiana. Aiino Itirii. 111-4." de xxvilt 
(inums.)-274 pags., além de mais i inums., finais. K. 

Obra curiosa e muito apreciada. Inocêncio diz que foi o primeiro ensaio deste género 

que se compôs nas linguas hespanhola e portuguesa 
Trabalhosa execução tipográfica. -Exemplar falho das pags. \99 e 200, e de um peda- 

cito no canto superior de fora, nas 221 c 222; no mais perfeitamente conservado. - 

RARA. 

2 



A 



18 CATALOGO DA LIVRARIA 



/^* 



64 VÁRIOS II EFFETOS i| DE 1| AJIOR || EN CINCO NOVELAS || EXEMPLA- 
RES. H Y NVEVO ARTIFICIO DE ES- 1| creuir prosas, y versos, sin vna 
de las II oinco letras Vocales, exeluyendo || Vocal differente en cada No- 
uela. II AYTOn II ALONSO DE ALCALA j] y Herrera, residente y natural 

de II la inclyta ciudad d-; |1 Lisboa. || Dirigidas a diiiersas personas. || 

II A custa de Frãcisco da Costa mercader de hinos || En Lisboa. Con licencia. 
Por Mamiel da Silua, nn. Kiil. I11-8.0 peq. de xvi IT. prels. s. n. e liO 
nums. na frente. E. 

Nas pags. prels. ha abundantes poesias, cie vários autores, em louvor da obra e de seu 

autor. 
As Noaelas teeui os seguintes titulos : l."-Z.DS dos Soles de Toledo, sin la letra A.~ll.^- 

La Carroça cot las Danuis, sbi da letra /;. — III.a-£a Pérola de Portugal, siii la letra 

l. = lV.a-ta Peregriía Hermitana, sin la letra 0.=V.'-La Serra-ia de Sintra, si:i la 

letra V. (ali.is U). 
Muito apreciada. Primeira edição. Eelo exemplar. JWUITO RARA. 
Tem 2.a edição: Lisboa, por Francisco Villela, 1671. I11-8.0 

6.5-Alciato (/Inrfmi).— OMNIA AXDHEAE ALCIATI V. C. EMBLEMATA; Ciim 
commenlariis, qiiibus Kmtileinaliim omnium aperta origine, mens autho- 
ris explicatur. ^ obscura omnia dubiaque illustrantur. Per Clavdiv.m 
fi^ MlNOE.M Diiiionenseni. Postrema hac elitione in meliorê formam reda- 

Cla. . (Logar de marca gravada do impressor). PARIS, Apnã Tlieroiiymvm 
de Marnef, k Vidvum GnlieUni Cmielliit sn Pelicano mniiJe l>. Ihhirij. 15SS. 
In-8.° de xvi 'inunis )-717-i pags. E. 

o titulo no froiitispicio eiicontra-se dentro de alçado composto por quatro vinhetas 

combinadas (abertas em madeira). 
A ultima pag. (inum.) apresenta apenas, no centro, o registo tipognáfico : c PARISIIS, P 

ExCVDlillAT CíROLVS I^O- || GERIVS AnXO Du.MlKlH 1583 OcTAVU CaI.. '1 FKllKVflKlI. 

o texto é enriquecido com muitos e curiosos emblemas gravados em madeira. -Esti- 
mada. EDIÇÃO RARA. 

66 A mesma obra:... Ciim fácil &. compendiosa explicacioiíc, quà obs- 
cura illuslraiitiir, dubiaque omnia soluuntur, Per Clavdiuiii Mi, e em 
Diuiunensfní. Einsdem Alci:iti Vil.-i. (I.ogar de m.nrca grav.ida, do iin[ires- 
^ ° s(ir). Anlierpi.r, \\ Ex Officma P.anliuinmi Ballhisans Mnreli. .W. DC.XI.VIU. 
In-I2.° de o92 p.igs., alem do v de iniiex, uma de cMoju)!, uma com a 
marca do impressor e uma branca, finais. E. {Perg.) 

Formosa edição; enriquecida com numerosas gravurinhas emblemáticas, abertas em madeira. 
Aloindo Palmireno — Veja-se: Silca Almirevtja {.Manud Ignacio). 
Alcipe— Veja-se: Almeida Portugal Lorena e Lencastre {D- Leonor de). 
67-Alcobaça (fr. Briíiíirdo ííp).-3l pvi»fietx-rt pai-fc || 6o ttltVO be 

nita xpx. 

/ A"/ (f' ' '^^''^ titulo, impresso em duas linhas, acha-se a meio da frente da folha do rosto e é en- 

^ fK cimado por dois pequenos escudos d'armas : o escudo real de D. jo.ão II e o da 

rainha D. Leonor sua mulher. No fim o registo da impressão : 

glcnbd-fc 1)0 primcijro liiuo iiitituln&o 6n »t6n íic r^ul tm liitgitnflrm por- 
tugucs... (B foi rmpr fin mituij nobre ri;frmprr Irnl vi^n^r ôr íirbon... 
Vor Ij05 IjxU-rniios mrtftrcs pnrçrijroâ |Uiolrto 6c fnnniin. a- ynrrtijiit it 



14 



AZEVEDO -SAMODÃES 19 



Pfliauin. por mniiíin6ci &ii mut) ijlluâtrirrimc \'c\ú,s)v cl fcnljor ri Kri) 
ímit giobnm 1)0 ^rll^l^o. (l> ôn iiiinj r6rlnrr(i6n yniiiibn Hm íijiior fun mu- 
ll)rr. 3t louiior a flknin ar uoffo friilior jlirrii rpo a iiorfo Sf rrírmptor 
n., òa ftm iutrmrrnaa a friiHirr uirflrm iiinírr flloriorn fnuitn Itlnrin... 
(&-m o mino &o niifnmriito ao iiirto fnliiníor 6r pil x iiunlroçriitos a- 
iiouriiln t' riiiro. Jl rtiij. 6o iiirs br ngoflo. Iníul. gr de c/xa-rt» (.ilhis lOO), 
alóm do duas inums. 

^ frgimíin pnrtr òc nitn r^i. (Fronlispicio em idênticas oirciinstancias 

do da parte pre(\6denlc. No fim do volume o registo): -^rnlmfr lio fraubo 
liiiro intitttlnbo br oiíin br vifio... C- rmpffo rm n mmi nobre çibnbr br íir- 
bon prr... ^nno br mill lítrotrtos nourln x, rimo. n. uij. bios M mos br 
frlrmbro.—ln-fol. gr. de Jríruiii ÍT. numeradas na frente, á excepção das 
duas primeiros, que não apresentam numera(;ão, emhor.i dela firam par- 
te.— 2 vols. E. {perg). 

São as duas primeiras partes d'este precioso monumento da tipografia portugueca, consi- 
derado a primeira obra que em português se imprimiu, não só em Portugal mas 
também no estrangeiro. 

O lavõr tipográfico que a obra apresenta é verdadeiramente notável e primoroso, hon- 
rando sobremaneira os prelos que o executaram. Os caracteres empregados na 
impressão foram os denominados góticos ; e a composição é embelezada com nu- 
merosas e lindas letras iniciaes e com quatro cercaduras de artísticos desenhos de 
fantasia, além de uma curiosa gravura representando a tragedia do Calvário, ou- 
tra figurando D. João segundo, a rainha D. Leonor sua mulher e outros persona- 
gens orando ajoelhados, e ainda uns escudos e a marca dos impressores .Micoláo de 
Saxonia e Valentim de Moravia-tudo gravuras abertas em madeira. 

Ambos os volumes se encontram faltos de diversas folhas, afora outros defeitos em 
algumas das existentes. Ainda mesmo assim, são eles verdadeiramente preciosos 
e de muito apreço, e isto devido aos exemplares serem da mais extrema rari- 
dade. 

68-Aldama Ayala (/>. ./o.sr df).— Coniptiidio g. ogivifioO-esladislico lie fottugal 
y sus posesionos ullramarinag. fljeada lilstóiiea A los MCnnle<;iuiientos 
polilicos dei reino durante cl siglio xix. Por... Madrid, li.ip. de la vviãn 
de D. Anlonio Viíie.s... JS!J!'}. Iii-8.° gr de 639 l pags e um mapa em II. 
desdobrável. E. 

Gil — Aldrete {Bernardo). — Del origin y principio de la lengva castellana, ó 
[iomance que oy se vsa en Espana. Compveslo por e! Doclor... Ano 
(Logar do marca do impresí-or, gravada em madeira) 1014. Cun PriciUgto 
En Madrid por Mekhiur Sauchez... Ailo 1674. In-ful. de iv ff. (preis ) 
inums. e 89 nuins. na frente, não incluindo uma inuni., final. E. 

Obra estimada. Segunda edição. Pouco comum no mercado. 

70 VAIilASII ANTIGUEDADES [1 DE ESPAXA, AFHICA || Y OTUAS PHO- 

VINCIAS 1! Por el Doctor l^ernardo Aldrete !l Canonigo en la Saneia Iglesia 
II do Cordoua. 

Este titulo encoiitra-se no centro de arlistico porticulo ou alçado, primorosamente gra- 
vado a buril em chapa de metal : Pela parle inferior do mesmo, também aberto a 
buril, o seguinte registo tipográfico: 



í^-i' 



/í 



20 CATALOGO DA LIVRARIA 



%' 



oil) - 



li 



■) 



En Ambers, á costa de luan Hafreij, ciio ,V. VC. XlV.—ln-i.o áe xvi pngs. 
(prels.) inums. e 640 nums,, nSo incluindo lxxii iniims., finais. E. 

As XVI pags. prels. inserem: portada gravada (I e II) -Dedicatória: «AL ILLVSTRIS- 
SIMOIII REVERENDÍSSIMO ::SENOR:DON PEDRO „ DE CASTRO í I QUINO- 
NES !| ARCEBISPO II DE SEVILLA.. (datada no fim: «En '| Seuilla, veinte de 
Diziembre I^C.XIII.») (III a VIII)-«Inrcripcio para la Iglefia dei Sacro Monte de 
|ila ciudad de Granada.» (lV)-«Inrcripcion para el Monte lacro de la ciudade de 
Qranada II delante de la Iglefia en el camino.» (X)- Privilegio de EL REY.^ (subs- 
crito por «lorge de Touar.») (XI a Xlll)-Censuras e Licenças (da mesma pag. 
XIII á XVI). 

Nas primeiras LXXI pags. finaes inums. vem a «TABL.\=De las cofas noLables en 
efte II libro contenidas.» (impressa a duas colns. por pag.); e na LXXU o seguinte 
registo tipográfico: <ANTVERPI/E, || Typis GERARDI WOLSSCHATll, || ET í| 
HENRICI /ERT31I.I' Anno cb. bc. xiv.» 

Obra de merecimenlo e muito estimada. Bom e.vemplar. RARA. 

71 -ALEGAÇÃO de direito a favor do 111.™" e Ex.""» Senhor D. Joseph Mas- 

carentias, iMarqiiez de Gouvêa, mofdonio-iiior, Oppoente á Successão do 

Estado, 6 Casa de Aveiro. (Vinheta gravada em cobre: De liochifort fecit 

^ 1730). Lisboa, M. DCC. XLVIH. Na OffiC. de Joseph da Costa Coiwhra.. 

In-fol. de 274 pags. E. 

o titulo é impresso, a linhas alternadas, a preto e vermelho. 

E.xcelente execução fipográlica ; ornada com diversas vinhetas abertas a buril em chapas 

de cobre (cabeções, letras iniciaes e Horões de remate -algumas assinadas: Debric 

fecit.). 

7i2— Aleman C-Uaí/ieo.;.— PRIMIÍRA, Y SEIÍUNDA rARTEilDE GUZVIAN i| DE 
ALEAHACHE, li POR. . || DEDICADO || AL LICENCIADO DON JOSEPH 
RERMUDEZ, [1 .,. \\ En Madrid, cn la impienla de ta Cidle dela /i'/)co- |1 
intenda. Ãiio de 1723. Acosta de tos lUredoves de António de Keyes. 111-4." lie 
VIU pags. (prels.) inums. e 475 nums. (estas inipre.«sas a ouas colns. por 
pag.), ;,fóra mais v inurns. de TABLA (t:inibein a 2 colns.) e uma, finai, 
com: «DECLARACION PARA EL ENTEN- ;! dimienlo de esle Libro >• E. 

As VIU pags. prels. inums. compreendem: frontispício (I e II); Dedicatória «AL LI- 
CENCIADO D. Joseph Bermudez...> (III a VI) ; «LICENCIA.; ^FEE DE ERRA- 
TAS^, e «St/iM/l DE LA TASS.A^. (Vil), e Preambulo «AL DISCRETO LECTOR.. 
(VIU). 

Clássico hespanhol. Estim.ada. Boa ediç.ão. Frontispício tarjado.- RARA. 

73— Allen (Eduardo /lH<;i(f<o).— Noticia e descripi.-ão de uma moeda inédita 
cunhada pelos wisigodos na cidade do Porto, em fins do vi" século; 
e ultimamente descoberta pelo 111.™° Snr. Francisco José Amaral. Acom- 
panhadas de alguns apontamentos históricos e crilico-numismalicjs, i)bIo 
director do Museu do Porlo.^ Vorlu: Typ. de D. Anioi.i) Moldes, lSu'J. Iii- 
S." de iv-14 n pags. B. 

Opúsculo curioso e estini.ado. Pouco vulgar, 

7 í- ALFANDEGA PAPAL, laxas das suas partas cazuaes, redigidas pelo 
Ponlifii:e João xxii. Publicadas por Leão x, e agora commjiiladas; ou Ta- 
rifa pela tiiial su absolvem a dinheiío du contado, os parricidas, os inces- 
tuosos, os adtilteros, os veneficos, os perjuros, e toda adiasse de crimi- 



AZEVEDO -SAMODÃ ES 21 



nosos, Seguida da flor dos casos de consciência decididos pelos Jt siiilas. . . 
Liíboa: JSa Typ de J. A. Coimbra, iSoQ. In 8.° peq. de 147-36 pags. E. 

Interessante. Pouco vulgar. 

75— Al/ieri da Asti (IVí/oi-ío'. —Tragedie di... Fircnxe: Dai Torchi d-lla Stnm- 
parta Granducale .. ISll. In- 12." peq., 4 vols. de xil-28S, 24.", 241 e 312 
pags. li. 

O primeiro volume é adornado com o retr. de Alfieri. 

7tí — Alguns documentos do Archivo Nacional da Tone do Tombo acerca das 
navegatões e conquistas portuguezas. PubliL-ados por ordem do Governo 
de sua magestade fidelissima ao celebrar-se a coiiimemorarSo qtiadricen- 
tenaria do descobrimento da America. Lisboíi: Imp. Nacionul, ]89'J. In- foi. 
de XX-551-III pags. B. 

Ornado com grande numero de fac-similes de autógmfos, manuscritos, etc. 

77— Allemagne (U) et les Alliés devant la conscience chrélienne. Parit: Amel- 
le, 1915. In-8.0 iv-xii[400 iii pags. B. 

78-Alletz ('.V/r. A— L'Agronomie, ou Dictionnaire portalif dii cullivaleur, con- 
lenanl toutes les connoissances necessaires pour gouverner les Biens de 
Campagne, & les faire valoir ulilement; pour soutenir ses droils, conser- 
ver sa sanlé, Sc. rendre gracieuse Ia vie champêlre. , . A Tioue», Chez 
Pierre Machuel .. M. DCC.LXXX... In-S.o, 2 vols. de iv-xvi-472 e iv-464 
pags. E. 



leurs Décisions sur le Dogme ou la discipline, & les erreurs qiiMls on 
condamnées. . . A Parw, Chez La vnwe Didot . . M. DCC. LXXIU.. . ln-8.° 
de XSXII-621-II pags. E. 

Estimada. 

80-ALMANAK |i DAS || MUSAS, || OFFERECIDO || AO !| GÉNIO 1[ PORTUGUEZ. 
II PAUTE I (ii, 111 e iv) 11 (Logar de interessante vinheta, aberta a buril em 
chapa de cobre) H LISBOA: \\ Na Ofíicina de FIUPPEJOZÉ DE FRANÇA, || 
ANNO M. DCC. XCIII (os Ires primeiros volms., e M.DCC.XCIV, o í.'') 
II Cem licença da lieal Meza da Commissão Geral, sobre o Exame, c Censura 
dos Livroí. In-S." peq., 4 partes em igual numero de tomos de 142-1, 
ii-cxLir, 121-]ii e 1.53-111 pags., em 2 vols. E. 

Da segunda parte em diante saiu com o titulo de: NOVA COLECÇÃO... 

A segunda parte foi impressa na Offic. de António Qomes; e a IH e a IV, na de João 
António da Silva. 

A publicação, que é interessante e estimada, é uiais uma espécie de Cancioneiro ou 
Arquivo poético, do que propriamente um Almanaque, como do seu titulo se pôde 
depreender. As poesias, em vários metros de rima, vêem em grande parte subscri- 
tas por nomes arcádicos ou académicos. Na sua maioria, não mais forauí reim- 
. pressas. 

Os exemplares completos das quatro partes são muito estimados e raros. 



^í>í(^ 



'/©«=> 



7Q DICTIONNAIRE portalif des conciles, contenant une Somme de Tons ,^ 

les Conciles généraux, provinciaux & particuliers; le sujet de leur ténue; ^lyjc ^ *"* 



/<^,<< 



22 



CATALOGO DA LIVRARIA 



.O 



81-AlMANACII deli GOTHAIlPour l'année !1 1801. || 6. || cfte: C. W. EtUn- 
ijn: {ISUU a lOlõ). 

(Do frontUpicio deste volume para o ano de lt<Ot, damcs u fac-siriiile que 
segue): 



rALMANAC 




GOTHA, 



c^Z^J^&ãiA 



nae^r? 



In- 12." e in-8." pe(|., 114 anos oii Vdls. E. 

Importante colecção deste curioso e apreciadissimo Almanaque*; a uiais completa de 
quantas temos visto anunciadas em catálogos estrangeiros. 

Todos os volumes são enriquecidos com retratos das familias reinantes nos diversos 
paizes da Europa — entre os quais a de Portugal - e de numerosos titulares. Nos 
primeiros volumes ou anos ha ainda diversas gravuras reproduzindo vistas exterio- 
res de palácios reais, monumentos, costumes e trajes ; bandeiras dos diversos 
paizes, etc, etc. Todas as gravuras são abertas primorosamente a buril em cha- 
pas d*aço, e algumas impressas a cores. 

Também são muito interessantes e verdadeiramente artísticos os desenhos decorativos 
que embelezam as capas dos mesmos primeiros volumes. 

Colecção de muito apreço e valor, e que dificilmente se conseguiria reunir hoje em dia. 

82— ALMANACH de Portugal para 1855. Lhhoa: Imprensa Nacional, -iSòA. In-8.° 
de 703 pags. 

O inesmo: para 185(5. Ihi., na mesma iinpr., I85õ. In 8." gr. de 

CLxxvi-7áO pags.— iJuís iu/s. E. 

liiscitm artigos genealógicos. Estimados e pouco vulgares. 



AZEVEDO -SAMODÂES 23 



83— ALMANAK da Revista Universiil, para I8bl. Segunda edigão. Editor -Fii- 
beiro de Sá. Lisboa. Tijp. da Revista Universal . .. 1850. In-8.° peq. de 
xxxii-lo2 pags. E. 

Exemplar com linda encadernação de carneira vermelha, tendo as pastas ornadas com 
elegante cercadura e, no centro, com um brasão d'armas reais portuguesas, tudo 
impresso a oiro, 

y-i-ALMANACH FAMILIAR para Portugal e Brazil, publicado por Gualdo 
Valladares e Augusto Valladares, 1." anno. Braga: Typ. de A. D. da Sil- 
va... 1808. In 8." gr. com diversas ordens de numerarão de pags. E. 

Aluianach muito apreciável, inserindo selecta colaboração de muitos dos mais distintos 
escritores da época, entre os quais Camillo Castello Branco, com uma poesia, (pag. 
47), intitulada ; -y/í NÃO... Reproduz também vários trechos de clássicos anti- 
gos. Ilustrado com diversas gravuras e retratos, entre os quais um de Camões. 

85— Almas Santas {Fr. Miguel das). — Clamores feitos ao Ceo, suspiros dados 
na Terra Santa de Jerusalém; lagrimas, e tormentos com q., na Palestina, 
acabão as vidas os filhos do Seraphico P. S. Francisco, q residem n'aquel- 
les SS. lugares... Porto. Anno de 1139. In-8.° peq. de xxtt-314-5 pogs., 
afora o ante-rosto grav. E. 

É uma espécie de crónica da Ordem Franciscana na Palestina. - iWuito estimada. Pouco 
frequente no mercado. 

Almeida— (P. Ayres du). — Sermam do Aclo da Fee,.. em Coimbra,.. 
1094. — Veja-se: {Autos de Fé {SerruOei de]. 

8C— Almeida {Fr. Chrislovam df). — Historia do capuchinho escocez, Segnmla 
parte, Com hum Compendio da Primeira, Tirada de híía Relação q se 
imprimio em França... Aiithore... Lisboa: Na Ojfic. de Pedro Ferreira... 
an. n49. In-lS.» de VIII (inums.)-208 pags. E. 

Clássico muito apreciado. -Edição pouco vulgar. 

Almeida (Fr. Chrislovam de). — Sermam do Auto da Feo... de Lis- 
boa. . . 1660. — Veja-se : .Autos de Fé {Seniiões de). 

87— Almeida {D. Francisco áe). — Apparato para a disciplina e ritos eccle- 
siasticos de Portugal. Parte primeira. Na qual se trata da origem e fun- 
dação dos Patriarchados de Roma, Alexandria, e Antiochia, e se des- 
creve com especialidade o Patiiarchado do Occidente, raostranJo que as 
Igrejas de Hespanha lhe pertencião por direito particular; e por occasião 
desta matéria se dispulão bastantes questões pertencentes á Disciplina 
Ecclesiastica, curiosas, e não vulgares. Dedicado a el-Rey D. João v. Lis- 
boa Occidental, na Ofjic. de Joseph António da Sylva, Imp. da .\caã. Real, 
M.DCC.X.XXV— XXXVII. In-fol. 4 vol. E. 

Clássico. Estimada e pouco vulgar. Exemplar primorosamente encadernado com intei- 
ras de carneira fina ; lombada e pastas ornamentadas a oiro e com um escudo d'.ar- 
mas reais portuguesas (ex-Ubris de D. Maria I ?). 

88— Almeida (Gabriel de).—k vinha. Notas vitícolas e vinícolas. Ponta Del- Si^ X"" 
gadi'. lbS7. In-S." de 94 pags., afora 2 em branco, finais. B. 

Ilustrado com vinhetas inleicaladas no texto e com estampas impressas cm separado. 



-'/ '-• 



/s^r/^ 



U 



24 CATÁLOGO DA LlVRARtA 



11^^- 



■" O 



H<^ik 



k 



Almeida {Gregório de)— Veja-sa : Vasconcellos [P. João de). 

Almeida (P. Luiz df) — Veja-se : Cartas qve os padres. . da Companhia de Ies>is 
escreiter('io do lapão if- China. ., 

Almeida [P. Monoel de)— Xeja-se: Telles (P. ISalthasar). 

89— Almeida (P. Thcodoro de).— O Feliz independente do mundo e da for- 
tuna ou Aite de viver contente em qnaesquer trabalhos da vida, pelo... 
Segunda Kdição corregida por seu Autlior, e accrescenlada com hum Dis- 
curso preliminar, e Notas, e com Estampas. IMboti: Na licgia Offic. Tij- 
pografi:a. Anno M. DOC. LXXXVI. In-8.°, 3 vols. de xvi-Liv-338, 307 e iv- 
3i6 pags. E. 

Obra estimada. Ediç.ío preferível, por ser enriquecida com varias en-têteí, 25 lindas gra- 
vuras a buril (Gaspar Frois, M. Ltv. esc), vindo uma em frente do Discurso I'reli- 
minar e as restantes, uma a uma, á frente de cada um dos XXIV Livros, em que a 
obra é dividida. -Bom exemplar.- R.\ RA. 

90 Opascnlos sobre diversos assumptos. Por. . . T. A. C. O. I.ishoa. Na 

■ liegia Offic. Tijp. Anno M. DCC. XCVII. In-8.» peq. de 56 pags. 

A VID.i alegre do Filosofo Cbrislão, Composta pelo. . . Ibi., Na Offic. 

de Simão Thaddeo Ferreira,. . In 8.° peq. de vii-132 pags. 

ELOGIO da lllusti-issima, o Excel.™ Senhora D. Anna Xavier 

de Assis Mascarenhas, Baroneza de Alvito,... Pelo Padre... Lisboa. 
M.DCCCtU. Na Offic. de S. T. Ferrara. In-8.° peq. xxii-69 pags. E. 

91-Almeida de Vasconcellos {Dr. Cahriíl dp).— ALLEGAC.ÃO [1 Na qual se 
moftra por direito, por Breues dos|!Sumns Pontífices, por Aluarás dos 
íenhores \\ Reys, por fentenc;as em juizo conlécioío, por || confultas da 
meia da Coníciécia, pela Regra, li Eftatutos, & Deftinições da Ordem, & 
por ju- il raméto, como o dinheiro dos Ires quartos da [] Ordem de N. S. 
lESV Chrifio lenão pode |1 gaftar mais que nas obras, & fabrica do Con- 
II uento de Tom.ir, & calas luas, por ordé do || graõ Meltre, & o contrario 
he peccado mor- 1| tal, & perjuro, & ficarem os Caualleiros fem || a gr.iga 
de poder leftar, a qual foi |' dada com efla condição. || Pello Doutor Gabriel 
ã^Almeida de Vafeoncellos. S. iiid. de L ou d. de impr. (século XVII) In-fnl. de 
38 pags. B. 

Não tem frontispício propriamente dito : o titulo vem no alto da primeira pagina, enci- 
mando o texto. Este, que é impresso a duas colns. por pag., termina a meio da 
ultima p.ig., seguindo-se-lhe um florão (gravura em madeira) de remate. 

Interessante, relativamente ao assunto que %'ersa. MUITO RARO. 

92- Almeida e Araújo Corrêa de Lacerda (José. Maria de).—k. B. da Costa 
Cabral. Apontamentos históricos. Lisboa, Typ. Silva, iS44-4õ. In-S." gr. t 
tomos de 275 e 714 pags., em um vol. E. 

Ornada 'com o retrato de Costa Cabral (Litografia assinada : P. A. Ouglièl/ne). 

j! 93 Um papel politico. Hontem, Hoje, e Amanhã. Lisboa. Tijp. do Grátis.. . 

*'\ ^ 1842. ln-S.°, 3 opúsculos (1.», 2.» e 3." Parles) de ii-iii-20.->; 190 pags. No 

viesmo vchiine : 



AZEVEDO -SAMODÂES 25 



-Hontem, Hoje, e Amanhã visto pelo direito. Lisboa: Typ. da Gazeta 



dos Tribunae).. . 1848. la-8.° de 6i pags. 

—Reflexões de Gracco á Tullia. Tunes [Lisboa) : Tijp. de Amurai de 



Beg. . . anno da Egira 1244. In-8.° de 55 pags. — .4s quatro oh<-as em um rol. E. 

94- Almeida Garrett [A. J. di S. dí).— Ensaio sohre a supremacia do Papa, 
especialmente a respeito da Instituií^ao dos Bispos, [lor. . . impresso em 
Lima, em 1831 .. . Oflerecido na lingiia porlugueza.. . por A. J. da S. de 
A. Garrett. Porto. Typ. Commerdal Portuense. .. i843. In-8.o de 238 pags. K. 

Encadernadas juntamente, mais duas obras originaes do tradutor -Almeida Qarrett. 

9õ— Almeida Garrett {João Baptifla da Silva Leitão — Visconde de) — OBUAS. Li.t- 
boa. Imp, Nacional, e Porto, Tijp. Commcrcial, 1841-77. ln-8.° poí]. 24 vols. li. 

Boui exemplar. Na sua maioria primeiras edições. No 5.o vol. o retr. de (Jarrett. 

96 O ALFAGEME DE SANTAHEM OU A ESPADA DO CONDESTAVEL 

PELO AUCTOR DE CATÃO E AUTO DE GIL VICENTE. [Vinheta reprodu- 
zindo o montante do Condestavel) LISEOA: Na Imprensa Nacional. MDCCC 
XLU. In-S," de iv-148 pags. E. 

Apreciada. Primeira edição. RARA. 

97 CARTA de guia para eleitores, em que se tracta da opini3o pú- 



blica, das qualidades para deputado, e do modo de as conhecer. Lisboa. 
Na Typ. de Desiderio Marques Leão, 1826. In-8.° peq. de iv-21 pags. B. 

RARA. 

98 THEATRO H DE J. B. S. L. A. GARRETT. |1 || TOMO I. || LIS- 
BOA, 11 ANNO II. (1822). NA lilPIt. LIBERAL. || Itua Formosa N. 42. 
In-8.° peq. de villl32 pags. E. 

As pags. prels. íll a Vlll inserem uma espécie de preambulo : cA QUEM LER». Nas 

restantes pags. do volume vem inserto o texto da peça :-Catóo. 
Muito apreciada. Primeira edição. Belo exemplar. RARA. 



99- 



Lisboa: Na Imp. da Epocha, 1849. ln-8.° de 24 pags. E. 

101 D. Branca, || OU ll A CONQUISTA DO ALGARVE, || Obra posthuma 

de F. E. II ( Vinheta alegórica) || PARIS, ilE (sic) CASA DE J. P. AILLAVD, 

QUAI VOLTAIRE, N." il.\\ \\ MDCCCXXVI. In-8,o peq. de IV IT, 

prels. s. n. e 151 pags., afora uma em branco, final. E. 
■ Primeira edição. RARA. 



íy ^/'i O 



/^/' 



O ^ 






-O CHRONISTA. Semanário de politica, literatura, sciencias e artes. // K 
Lisboa: na Imp. do Portvyuez, i827. Com licença. In-8.o 2 tomos de 388-iv e 
290 -IV pags., além dos rostos. E. 

Muito estimado. Exemplar falto dos Índices e frontispícios.- MUITO RARO. 

100 DISCURSO do Sr. deputado pela Terceira... Na diseussSo da res- //^J 

posta ao discurso da coroa, pronunciado na sessão de 8 de fevereiro de /^9 ' 

1840. Lisboa: Na Imp. Nacional, 1840. In-S." de 35 pags. —Juntamente : 

" MEMORIA histórica de J. Xavier Mousinho da Silveira, por... 



(5 O 



26 CATALOGO DA LIVRARIA 



A^^- 



^' 



^h 



'Q •102 MEMORIA histórica do Conselheiro A- M. L. Vieira de Castro. ]As- 

bua: iVa Typ. de Jnsé Baptista Slorando, ISJH. In-8.° de 34 pr.gs. e relr. [i. 

103 — — PORTUGAL II N\ BALANÇA || DA EUROPA ; |1 DO QUE TEM SIDI) 
II ^ bo Cfite ova ííye coiiucm iser tia not>a ovbein be || coiscio 
bo"mttn&o cit>in,>i&c |i" I.UNDBES: || S. W. Sb\rrKi\ANCIí. || IfJ-J, 
PICCADIU.Y.i - \\ lt<3'J. (No verso do ante-roslo : — /iV/P/íKSSO /'O/í 
/{. GfíERNÍ.AW-, CHlCHESTEn-PLACh:, AViYCS CfiOSS.). In-8.° de XV- 
3;!8 pags. E. 

As XV pags. prels. compreendem: ante-rosto, frontispício, Dedicatória: <-A NAÇÃO 

PORTUOUEZA., e cPUOLOOO». 
Muito estimada. Primeira edição. Bom exemplar. RARA. 

104 O RETRATO DE YENUS, || POEM.A || POIÍ J. R. DA SILVA LEITÃO 

,^cr7 ||D'ALMEIDA GARRETT. || CO/.V/?/?A, II iV/í IMPRENSA DA UNH-Elt- 

SIDADE. II II^jVAO 1. (IS-Jl). In-8.° peq. de 15C pags., além de duas 

(faltam) de ADVERTÊNCIA, finais. E. 

Apreciada. Edição original. MUITO RARA. 



^A 



105— Almeida Macedo (ÍAtiz António de) — Factos memoráveis da Historia de 
Portugal, ou resumo da historia deste paiz, desde a antiguidade até nos- 
/O c' SOS dias... exlrahido de acreditados escritores... Lislioa: Na Typ. RoUan- 

ãiana. IS20. In-8." pcf]. de IV-335-VII pags. e 6 est. abertas a buril. E. 



MJ 



/c/^-^ 



/!■ 



9 



10(1- Almeida Moura Coutinho (Josi Jo^iiim d'}. — Aiialyse do Projecto para 
o estabelecimento politico do Heino-Unido do Portugal. Rr.izil e Algarves, 
por... Coimbra, Na Imp. da Universidade. 1821... In-i." de 16 pags. B. 

Pouco comuui no meicado. 

107 — Almeida Portugal e Lencastre (D. Leonor rf' — Marqiieza de Alorna). — 

--, Obras poéticas de D. Leonor d'Altneida Portugal Lorena e Lencastre, Mar- 

queza de Alorna, Condessa d'Assumar e d'Ooynliausen, conhecida entre os 

poetas porltiguezLS pelo noiue de Alcipe. Lifhoa. Na Imp. Nacional. ISlj. 

In-8.° gr., 6 tomos, em 8 vol. E.— fíetr. da aulunt. 

Estimada. Bom exemplar e bem encadernado. 

108 — Altmeyer (L J.) — Cours de philo.sophie do Lhistoire lait publiqnement 
à Puniversilé de Bruxelles, par... Brnxetles: Meline, Cmis et Comp.^, 
■IS-JU. In-S." gr. de IV-454 pags. E. 

Alva (D. Julião ri') — Veja-se : Condãvieões Synodaes do Bispado de Mi- 
randa... '1565. 

109— Alvares (P. Fcnnrisco).— go ^rcftc fotim íins iníiias. 

Estes dizeres em uma linha impressa a vermellio, na parte superior de curiosa estampa 
(aberta em madeira) que ocupa quasi toda a pagina e que é impressa a preto e 
vermelho. Figura a entrada, a cavalo, do famoso embaixador português na corte da 
Abisinia, precedido por dois soldados a pé e seguido por um cavaleiro com aniia- 
dura, montado no seu ginete c empunhando o estandarte das quinas. Por baixo da 
gravura, em quatro linhas, estes outros dizeres impressos, óra a vermelho, óra a 
preto): 



AZEVEDO -SAMODÃES 27 



ycriínôfrn infitniinfnm&ns tnrns aoyrcftr 11 3iiam /rrgiiitbi) uií 'í frrrnifu 
1)0 pnarr Ãlunrrj cnprlln &fl |?rij luiffo |1 Sxiiliar. Agora nounmnitc iniprfffo 
por mmiônbo í>o íito frnlior tiit rnCo íic £;ui5 Ij ítoÈrigurj liurriro íic fim 
nltfjn.— In-fol. de il ff. (prels.) inuins. e IStí niinis. na frente. E. 

A primeira folha prelihiinar compreende o frontispício; a segunda o : llrolOrtO rt ti 
^EIJ UOrfO fritlior, o qual começa pela formula : |tlUttO OltO ri UlllitO pOÒC- 

II rofo prtitrtpf . 

No alto da primeira folha numerada principia o texto da Relação, precedido pelos se- 
guintes dizeres ou subtítulo: COAIECASE HO TRATADOWdn entrada da terra 
do prefte loam. Compreende fflj CopitlllOâ e termina na frente da folha 121. No 
alto do verso da mesma folha 121 principia como que uma segunda parte, enci- 
mada pelos seguintes dizeres ou titulo: C" llOlUilir ÔÕi nilicn. (CoiltO-rc llffln 

pnrtt 1(0 rnminlio iiur fr II ff? í>n ttrm í" ílrrítr Sonin prrn yortiignl. 

Contem ir CnptíllloS e finda no verso da folha 136. 
As folhas finais inums. I a V inserem a TAVOADA, que abre, no alto da frente da 
primeira, pela seguinte epigrafe: (CollUfOfC llO tnUOO&n ÔOS rnpitUlOS || quf 
fí rOlltnn no liuro ÔO yrrftC |llinill, e remata, no verso da ultima, com o 
registo linalj_da impressão, que damos em reprodução ifac-simile>; 

bonra DC ocosioa glonofa oir* 

gt noflaínoza k acabou bo !iu ro ho '^ic^c 5oã oae tndios 

cniq fe conta rodos boe finos oae tcrrae/xooôtra» 

(097 come rctoe oellas/t oo qur paíTara na rtâie oe 

Dom t^odrtgooe Itmaque fo^poi mandado oe 

2»togo lopc3 De reqaeira que encam era $o* 

uernadozna tfidta:tdlTtoa6Cârca&t: 

p:efenre0 que bo ^eíle $oá man* 

douael-i^eynoífofenbot/cõ 

oucrae^oufaenotaueis q 

ba na cerra .' ^o qual 

viotefcreuco/bo 

padre f rácifco 

sluare5 ca* 

pellâ oei 

noíTo fenbot com muita Dilígencta zre rda' 

de^caboulenoânnoDacncarna^ain 

De nolío fííoí 5efu cbítftoa bog 

vince OOU0 Dtas De £iutub2o 

De miU qumbentog í 

quarenta an« 

no0. 

A folha VI e ultima do volume insere soinente, no centro da frente, a marca do im- 
pressor e livreiro Luis Rodrigues. 
Todas estas folhas compreendem 18 cadernos de impressão, dos quais o primeiro (ru- 



28 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^Çl" 



^i 



bricado: %, 31 ij) consta de 2 folhas; o ultimo (rubricado: §, S ÍÍ, 5iii e 
S iiij de 5, e os restantes (rubricados tó, S ij, ^ lij e tí iiij a 11, |í ij, |í 

iij e |l iiij), de 8 ff. cada um. 

O te.\to do verso das folhas é encimado pelos dizeres : ^-^ DO PRESTE lOAM 
%-^^ e o das frentes por estes outros, complementares d'aqueles: f^^ DAS ÍN- 
DIAS (^ \. Há porém a notar que é um tanto irregular esta disposição dos dizeres 
que ficam transcritos, pois que eles se acham por vezes invertidos e, ainda, por 
outras, uniformes no verso e nas frentes das folh.as. 

Primeira e mui bela edição desta célebre e curiosissima obra. Impressa com formosos 
caracteres góticos e com o texto ou composição tipogr.ilica embelezada de numero- 
sas e lindas letras iniciaes, abertas em madeira sobre caprichosoj e artísticos dese- 
nhos de fantasia. 

Exemplar com o frontispício, folha imediata e as 115 a 118 primorosamente imitadas á 
pena; mas, mesmo assim, precioso e de grande apreço, não só por as citadas imita- 
ções serem de execução muito exacta e perfeita, mas ainda por possuir a primi- 
tiva ultima folha do volume (a que insere a marca do impressor), que tem faltado 
em quasi todos os pouquíssimos exemplares que desde ha muitos anos teem apare- 
cido no mercado. 

ESTIMADA E MUITÍSSIMO RARA. 

110-Alvares (P. Jero>u/mo).—\10A DO BEATO LVJS GONZAGA, DA COM- 
PANHIA DE lESV, FILHO PRI.MOGEMTO DE FERNANDO Gonzaga, Prín- 
cipe do Império, Marquez de Castilhone, &c. Escrita pelo Padre Virgílio 
^ Cepàri da mesmo Compahia, ^ dedicado pelo Marquez dom Francisco 
Gonzaga, á Santidade do Papa Paulo Quinto. Trasladada de Italiano em 
Porluguoz, & ablireuiada pelo Padre leronymo AUiarez da mesma Com- 
jianhia. Doutor Tlieologo, natural da cidade de Euoia. (Seguem-se duas 
peq. vinhetas, lendo uma lio centro as iniciaes I H S, e o outra as iniciaes M 
A R entrelaçadas) Com as licenças necessárias. EM LISBOA : Im- 
presso por Pedro Crasbeeck. ANNO 1610. In-é." de XII tt. prels. s. n., 157 
nuins. na frente e mais II s. n. para o índice e novo registo da impressão. 
E. pcrg. 

O verso das ff. XII (prel.) e da ultima do vol. são completamente ocupados por uma marca 
da C. de Jesus (aberta em madeir.^), a qual tem no centro as iniciaes IHS e está 
dentro de tarja composta de 4 vinhetas tip. de ornamento. Além desta outras vi- 
nhetas se acham adornando linaes de diversos capítulos. 

O presente exemplar contém o retrato de Luiz Gonzaga (gravura primorosamente aber- 
ta a buril em chapa de metal) que falta na maioria dos exemplares que aparecem. 

Estimada. Belo exemplar. MUITO RARA. 

Alvares, 1." (P. iuiz).— Sermam. . . em o Acto da Fè. . . de Évora. . . 1G72 
— Yeja-se : Autos de Fé {SermOes de). 

Ill— Alvares, 2.o (P. Luiz].— Ceo de graça, inferno custozo... Evcra .. A'a 
Q <P OIJic. da Universidade. Anno de IGOV. fn-S." peq. de XVI-464-VII pags. E. 

Primeira edição. N.ão vulgar. 

112— Alvares (iWaimd). —Explicationes in-praecipuam parlem totius artis Em- 
manuelis Alvari... Quaj Syntaxim compleclitur, Novis curís in lucem 
edilae P. Josepho Suares... riyssipone. Pmío Micluuli^ Rodrijties... M. 
DCC. XLVIIL . . In-i." de 30i pags. E. 

As pags. 111 e 112 falta um pedaço da parle inferior. 



AZEVEDO -SAMODÃES 29 



lll3— Alvarez de Colmenar (D. Juan). — Ann;iles ii'Espagne et de Porlug.il, 
coiiteiKiiit tout ce qui s'est passe de plus imijoitant dans cts deiix 
Royaunics & dans les aiitres Parties de TEurope, de niême que dans les 
Indes Orientales & Oocidentales, depiiis l'clablissemenl de ces deux 
Miriiaichies jusqirà present. Avec l;i Description de tout ce qu'il y a do 
plus remarijuable en Espagne & en Portugal. Leur Etat Presciit, leurs 
ínterels, la forme du Gouvernement, Tétendue de leur Coiiimerce, &c. 
Le toul enrichi de Cartes Geographiques, de trois belles figures en Tail- 
le-douce. A Ainslerdam : Chez François VHonoré & Fils, 1741. In-4." gr. i 
vol. E. 

Obra interessante e muito estimada. Enriquecida com numerosas e belas gravuras a 
buril. Fronlispicios impressos a preto e a vermelho. Bom exemplar.- RARA. 

117— Alvarez de la Fuente (Fr. /o,'t-K— Succession pontificia, Epitonie liisto- 
rial (le las vidas, lieclios, y resoluciones de los sun)mos pontífices, desde 
San Pedro, priíner vicário de Ghri;,ti), hasta N. SS.°"> Padre Bencdicio 
XIII. Con la clironologia universal do los dias de sus clecciones, niucr- 
les, y sedes vacantes. DividiíJa en seis prrtes. Escrita por el... En 



S-j^r^ 



Alvares Cabral IPedvo). — Navfgação de. . — Veja-se: Colherão de no- 
ticias . , . 

Alvares da Cunha (^iiíohío).— Escola de Verdades .. — Yeja-se : Jiign- 
laris (P. J.uis). 

H3-Alvares da Silva {Jo/è Veiissimo). — Introduccão ou novo Código, ou 
Dissertação critica sobre a principal causi da obscurid:ide do nosso có- 
digo authenlieo, por. .. Lisboa: Na Regia Ofíii: Typ. M. DCC. LXXX. In 8 ° 
de VII-2C6-VI1I pags. E. 

114— Alvares d'Alnfiada (.4»dit!).— Tratado breve dos rios da Guiné de Cabo 
Verde, desde o lio do Canagá até aos baixos de SanfAnna &c. &c. Pelo 
CapitSo... 1594. Publicado por Diogo Kopkf. Porto: Tijp. Cummercial Por- 
tuense. iS41. In-8.° de IV XVI108-VII pags. e uni mapa, em folha desd. B. 

Interessante e muito estimada. -A edição primitiva, publicada sob o titulo de «.-íelação e 
descripç.ão da Quine...» foi impressa em Lisboa, por Miguel Rodrigues, 1733, 
in-4. o de IV-62 págs. É muito rara. 

4 15- Alvares d'Andrade (íhí:).— ADVERTÊNCIAS Esplriluaes para mais agra- 
dar a Deos nosso Senhor. Cõ hii e.xercicio mui proueitoso para despois , , — q 
da Sagrada Comunhão. Traduzido em lingoa Portugueza, & acrecéiado / - J 
por Luís Aluares d'Andrade natural de Lisboa, & impresso a sua cusla. ' 
Dedicado a Senhora D. Mariana Delancastre. Misteriu (vinheta .fjguramlo 
o Cálix do S.™" Sacramento) Fidei. EM LISBOA. Por António Aluarcz. Ano 
■1025. In-16.» de 28 ff. nums. na frente. E. 

A primeira folha é para o frontispício; na II as LICENÇAS; na III a Dedicatória «A 
SENHORA DONA MARIANA ALENCASTRE ; na frente da 4 o prologo .AO 
LECTOR»; na 5 uma gravura e uma Advertência ; e nas restantes o texto da obra. 
-Rar.i. 

No mesmo volume acham-sc encadernadas outras obras, de diversos autores. 



/M' 



30 CATALOGO DA LIVRARIA 



l&k 



ri,;:" 



•í 



c c 



^#> 



Madrid: En h liiiprcnta de Lorenç.j Frcmhro Mojitdns. ATio M. DCC. .Y.V/.Y. 
— DCC.V.VA7. In-8.° |.e(i., 8 vols. E. 

Eitimada. Excelente exemplar. 

118— Alvares do Oriente (Fernão rf'). — LvsíUuiím Imosformada. ComposUi. 
Por Fernrio cl'Alvarez do Oriento. Iiiiigi<i;i, ao Ilhistrissimo, & nniy Exce- 
lente Senhor, Dom Miguel de Menezes Marqiuz de Vilia Ueul, elo., 
ele (Logar de pequena vinheta). Com li:-et>ça Do Supremo Cavcellio da Sunta 
Inqui.iiçam, & do Orditiar.o, Imprefsa em Lisboa, fOr Luys Estupihmí. Amio 
rfe1607. ln-8.° peq., de vii-297 (aliás 305) IT., alem de uma com um soneto 
dedicado ao an^ tor. outra onde repete o registo do I. o d. da imp. e 
uma ultima com a divisa do impressor, grav. em madeira E. 

Exemplar com defeitos causados pela traça na parte inferior de algumas folhas, defeitos 
que se encontram remendados com papel vegetal.- Primeira edição. -MUITO RARA. 

119 A mesma obra; agora reimpressa, e revista com iiui indice da sua 

lingongeni por hum sócio da Academia... I.isbon : .\a Oiji. Typ. ÍTsj. In- 
8." de XVI-3oS-I pags. E. 

Entre as pags. ISO e ISl vem uma f. desd. que contem o Lnbcrinto. N.ão vulgar. 

I<i0- Alvares Pereira Pato Moniz |.AHno\—Agostinhoid.i, Põem i heroi-cumi- 
CO, em 9 cantos. I.ishuo: Nd Jmpressão de .1. N. KMcres c. Filho. Anno de 
1833. In-IG." dt) 119 pa^s. E. 

Estimado. Edição já pouco comum. 

121— Alvarez y Tejero (/>. /.kís /'rid/ciii-iu). — llfsifi.i hií>ti'iiii:a dei grau l.iipe- 
rio do Cliiiia. Ohra interessante, iiirií^si y enireteiiida por las uiuclitis 
noticias y mucio-os ditalles ipie conticno si)'ire est^í aidiguo im| orio, y 
lUil para cuantos gusten sahcr al^o du el con al^utja \erdud e preci,->ion. 
E.scrila y ptdilicada por... Mcdrid. Imp. de T. Forloncl . . . /.S'.i7. I11-8." de 
384 pags E. 

Trabalho curioso e estimado. Bom exemplar. Pouco vulg.ir no mercado. 

122 — Alves (.l//)Yrf,)). — Folhas d'hera. Com um prefacio de Joaquim de Ar.nijo. .. 
Porto: Typ. hlzfviriana. MUCCCLXXXVI. In-S.» gr. de Xl-yõ-ll pags. E. 

O Prefacio de Joaquim de Araújo (datado no lim : «Porto, agosto, 86) vem inserto nas 
pags. prels. V a XI). ' 



123— Alves de Sousa Ferreira (/io&erío).— A reliilniicrio dos operários. Estudo 
sobie a theoria dos sdarios n:i econoniia polilica e no socialismo -^ontoin- 
T ' poraneos, de. . Porto: Tijp. de .1. ./. da Sdmi Teixeira, 1880. Iri-S" du 

V11-H28 pags E. 

1'^'*— Alves Martins— O Nove de Oiiluliro, ou Fireves considerogões sobre .1 
^ ultima guerra civil 1'or um J.ibcral. Po^to.- Tip. da fíevisln, /iSj.9. In-8.° 

(pS^' de lOB pngs. E. 

Encadernada juntamente, a seguinte obra: ^OS DOUS DIAS d'Outubro ou a Historia 
da prerogativa'. Por D. Jo.io d' Azevedo... Porto: Typ. Commcrcial. 1848. In-S.o 
de 142-1 pags. 



2í 



AZEVEDO -SAMODÃES 31 



125— Alvares & Salzedo {Thomns—, Garcia de), -f^ íiECOPILA |i C,AM.. . Lix- 

lo, (sic) por iUrcox Borges, , . Aiino de M.IKLXXX. 
{Do fronlispicio doritos a e.rarta reprodução foto-zincogrúlica que síjue): 

f*?RECOPILA 

C AM DAS COVSAS 

Q_.V E CONVÉM GVARDARSE' 

Nomododepreferuar aCidadcdeLixboa. Eosíaos,& ; 

curar os que cftcucrcm enfermos de Pcftc. Feita pcUos " 

DoftorcsjThomas Aluares, &Garcia de Salzedo, vczi- 

nhosde Seuilla, & Médicos do Screnifsimo Rcy 

dePoriugal , Dom Scbaftiam Primeiro, 

noíío Senhor , & dirigida 

às. A. 

CFoi mandado imprimir cíh fegunda imprefsáo ', pcf 

mandado da Cidade deLixboa,rcndoVcrcadorci,05Se 

nhores Manoel Tcllcz Barreto,&: António Dagama, & 

Francifcodc Saa, & Fernão de Pina .Prouedor mor da 

Saúde, & Ba (liáo de Lucena Dazcuedo, Procura- 

dorda Cidade, ôc Gafgar Rodrigucz, & Luys - 

Franco, & Francifco Rodriguez, ÔC 

António Nobre, Prouedorcs 

' dos Mcftcres. 

Vií^apellos Deputadosdo Sãdlo Officio.' 

1^ ImprcíTocm Lixbo.por Marcos Borges, Im- 

prcíTor dei Rcy noíTo Senhor. 

AnnodeM.D-LXXX. 

In-i.° de ."iS folhas inums., ou sejam oito cadernos de impressão (com 4 IT. 
cada), riiliricados : A S (á primeira folha dèsle primeiro cadeino per- 
tencia a rubrica A, porem não a apresenta) a H, 11. -J. E. 



A 



i-ií s- 



5^Í' 



32 CATALOGO DA LIVRARIA 



Na frente da folha 1 o titulo acima reproduzido; no verso da mesma (1. e em toda 
a 2 a Dedicatória (.Carta a S. A.»): ^^ Serenissimo, muy alto y muy pode- il roso 
Senhor» (datada e subscrita no fim: «...cn Lixboa, a 13 Dagosto de 1569. Annos. 
II Criados de V. A. que sus Reales pies y manos besan. |1 El Doctor Thomas Alua- 
rez. Doctor Garcia de Salze- , do Coron<-l •); na frente e parte (3 linhas de texto) 
da 4 o Prologo ou Preambulo: «Al Lector»; da restante parte da mesma fl. 4 até 
parte (4 linhas) da frente 7 : « lí A ordem que se deu do que convinha ao geral í-i 
II da Cidade pêra preseruaçam & cura desta || cnlirmidade de Peste»; da restante 
parte da folha 7 até metade da 9 :« li A ordem que se ha de ter com os enfermos . 
pobres, assi em as casas da saúde como cm ;, as particulares » ; da restante metade 
da 9 até á frente da 16 : » Regimento preseruativo contra ho mal da peste. í-i » ; 
do verso da 16 até á frente da 30; «MODO CURATIVO» ; no verso da mesma 
H. 30 uma bservação dos auctores, e nas ff. 31 e 32: • íi As determinações das 
duuidas que se proposeram 1| ante ho Doctor António Diaz Vereador & || Prouédor 
(aliás Procur.ador) mõr da saúde». 
Segunda edição i?i i deste precioso opúsculo (a primeira, publicada sob o titulo de 
Tractado ou regimento para perseverar da peste, é de « Coimbra, por António de 
Mariz, 1569» 4.o) ; não vista por Inocêncio, nem por Brito Aranha, seu ilustre con- 
tinuador. Este ultimo bibliógrafo, registando-a, diz que dela possuía um exemplar " 
o conselheiro Jorge César de Figanière e que consta de um 4.o de 29 folhas sem 
numeração. Quanto ao numero de folhas, diremos que houve decerto lapso na con- 
tagem, pois que elas são 30 e não 29, como o ilustre bibliógrafo e escritor registou. 
O texto da Dedicatória remata com uma espécie de escudo partido em pala : No pri- 
meiro plano as cinco chagas de Cristo gotejando sangue; no segundo uma cruz al- 
çada, feita de tosco tronco de arvore. Além deste escudo o livro apresenta ainda 
diversas letras iniciaes, abert.as em madeira sobre desenhos de caprichosa fantasia. 
Este tratado é um dos primeiros que em português se escreveu ácêrca da peste, sua pre- 
servação e cura, e porisso muitíssimo presado para as colecções de ob;-as relativas 
ás sciencias médicas. A edição é, como se depreende de tudo que acima deixamos 
exposto, verdadeiramente preciosa e da MAIOR RARIDADE; actualmente nem consta 
que algum outro exemplar d'éla exista aqui ou acolá. 
Ao natural merecimento do exemplar que apresentamos, acresce ainda o estar enrique- 
cido com quatro folhas de valiosos aditamentos nuinuscritos, cuja caligrafia é do 
século XVU ; isto além de duas outras folhas contendo notas, também mss., con- 
temporâneas da edição e relativas ao assunto versado no livro. 

126— Alves Mendes — ITAI.IA |1 || KUT.lDAlilO DO VI.A.IANTE || POIt || 

ANTÓNIO ALVES MENDES DA SILVA lilBEIliO \\ Cónego da Sc do Pfirlo 

11 II PORTO II II iS7S. — No verso do ante-rosto: — TIT. DE 

MAXOEI. JOSÉ PEfíEIRA.. . In-S." de VI-LXVI'i7o III pags. B. 

127-Amadis de Gaula.— Aventuras dei invenciblo caballero andante Ainadi.s 
de Gania, reimpreso literalmente segiin el teslo de H mas apreciulile 
edicion : dividido en cuatro tomos para mayor comodidad, y enritiiio- 
cido con sesent:» y dos laminas litoi^rafiad; s. Jomo 1.° Parle 1." Madrid: 
18,18. Tiiiprenln a Cargo de M. Pila. cnIU de los fiemcdios, número 10. In-l.", 
4 lemos de II-1V-23I, 11-181, 1I-2U'J e I1-.31Í pags. em 2 vols. E. 

As 62 litografias que adornam esta cdiç.ão s.ão impressas em separado. Bom exemplar. RARA. 



1 Pinto de Matos, no seu Atat. bibl. portuguez, a pag. IS, descreve uma edição pu- 
blicada em Lisboa no mesmo ano da que é dada como primeira, e da qual ha, diz aquele 
bibliógrafo, um exemplar na Biblioteca Municipal do Porto. Essa edição saiu já coni o 
tituli : Rccopiíaçam das coasas que convém guardar no modo de preservar a cidade de Lis- 
boa, e os seus (sic), e curar os que estiverem enfermos de peste. Feita pelos Doctorcs... 
Feito por mãdado do Doctor Aiito.tio Dias Provedor da cidade de Lisboa. Impresso em 
Lisboa em casa de Francisco Corrêa. Anno de 1569. 4.o de 22 folhas inumerarias. 

Estes dizeres acham-se dentro de portada giavada em madeira. 



AZEVEDO -SAMODÂES 33 



128— Amadis de Gavle.— Pn»!s, Anvcrs e hjon [varias lipograftas) Í56(J a liJtõ. 
In-1'2.", in-8.0 e in-4.°. 24 Livros ou partes em 18 vols. E. [desiguais). 

Dos 24 Livros que, em francês, compreende esta apreciada obra, uma das mais notá- 
veis que, no género, se escreveram em tempos idos, damos, em seguida, uma mui 
exacta e minuciosa descrição. Ei-la : 

LE PREMIER LI- 1| VRE D'AMADIS DE GAV- |[ LE,. . . A PARIS.. . 



iõ60. 
(Do (voiúifpicio damos o facsiniile foto- sinccgrá fico que seijue) : 

LE. PREMIER LI- 

VRE D'AMADIS DE GaV- 

LE, niS EN FRANCOYS PAR. LE 

Seigneur dcs EíTars Nicolasde Herberay ,Com- 

, miíTaice ordinaite de l*ardllerie du R07 , 8C 

Licutenaoc co icelle.es pau U gouueroe- 

ment de Picârdie,de monfieur de Brif- 

íãc , Ch eualiet de I'ordre , grand 

maiíirc Sc Capicaic e general 

d'icelle artillerje. 

^cuerdo Obtido. 




Aucc priuilege du Roy. 
^ P ^ R l S. 

Ptfr 'Ejiienne QrouRcau Libraurc iuré dcatowrttnt ta 
V Urueaeuue noftre DameiíenfeigMC • 

funt lean Bdptiíic 
I _5 6 o. 

Iti-S.o peq. de VIII tV. (prels.) iniiins. e CGLXVII nuiiis. na fretito, além de 
uma em branco, final. 

As VIII folhas prels. compreendem: frontispicio- .. E.XTRAIT DU PRIVILEOE.. -So- 
neto de: -AÍELLIN DE SAINT OELAYS AV SEIQNEVR DES ESSARS N. DE 
HER- I beray, traducteur du premicr Mure d' A- 1] madis de Oaule». - uma Decima, 



34 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



epigrafada: «MICHEL LE CLERC SEIGNEVR ;| DE MAISONS. |1 Aux Lecteurs>.- 
outra Decima: «ANTOINE MACAVLT SECRE- \\ taire & valet de chambre du 
Roy. II AVX LECTEVRS..-.EPISTRE. dedicatória: .A' TRÊS HAVT ET TRESIL- 
LVSTRE I! PRINCE CHARLES DVC D'ORLEANb !| d'Angoulesme, seconde filz du 
Roy. II Nicolas de Herberay Seigneur de |1 Essars, treshumble Salut».-«PROLOOVE 
DE L'AVTEVR ESPA- gnol d'Amadis traduit en Françoyf.-e: «ENSVIT LA 
TABLE DV PRE- II mier liure d'Amadis de Gaule-. 

O texto deste Primeiro Livro é enriquecido com interessantes gravurinhas, abertas em 
madeira e intercaladas no mesmo texto. 

A vinheta que embeleza o frontispicio é, decerto, a marca gravada do impressor, ou 
antes, do livreiro Estienne Groulleau. 

O verso da ultima folha do volume trás apenas uma poesia, encimada pela epigrafe : 
« LE PETIT A.MOEVLV AVX DAMES FRANCOYSES. || DIZUIN. » 

LE SECONDE LI-||VnE D'AMADIS DE 11 GAVLE : 11 Mis en Fian- 



gois par le Seigneur des Essars Nicolas || Herberay. . . |] Acverdo Olvido. 
11 SRCV (síf) (.Marca do impressor) TAMINI. ll EN ANV^EIiS, \\ Par Gxiilau- 
me Sikius. imprimevr \\ du Roy\\VANM.D.LXXII. — In-8.» gr. de II ff. 
(prels.) inums. e 139 nums. na frente. 

As II folhas prels. são para o frontispicio (I) e índice (II), epigrafado «EN SVYT 

LA TABLE DV SECOND LIVRE D'AMADIS DE QAVLE.. 
O texto é impresso a duas colns. por página e adornado de curiosas gravuras, de 

desenho bastante correcto e bem executadas em madeira. 

LE TROISIEMK LI-|1VRE D'AMAD1S DE 1| G.4VLE: 1| ... \\ EN 

ANVEliS,\\ParGuillaume Silvius, imprimeur\\du fíoij \ L'AN M.D.LXXII. 

— In-8.0 gr. de II IT. f^prels.) iniiins. e 151 nums. na frente. 

Na frente da folha I j^rel. o titulo, e no verso duas oitavas: a primeira epigrafada; 
.MATVRIN BEHEV BAILLY DE || OLNAVDAN AV SEIONEVR DES ES- li sars, 
sur le suject d'Amadis i; de Oaule-; a segunda: «Luy uiesme au Lecteur». Na II 
a: "ENSVYT LA TABLE DV H TROISIESME LIVRE D'AMA- |; DIS DE OAVLE.. 

Texto também impresso a duas colns. por pag. e enriquecido de gravuras em ma- 
deira, intercaladas. 

LE QVATRIE'iME 1,1- |1 VRE D'AMADIS DE 1! GAVLE: || ... 1| Ibi., 



par le méme iniprin.eur. LAN M.D.LXXIII.—ln-i° de IV IT. (prels.) inums. 

e 74 nums. na frente. 

As IV folhas prels. inserem: frontispício- ^ENSVIT LA TABLE DV QVA- 1| TRIES- 
ME LIVRE D'AMADIS DE QAVLE..-Duas Decinus, com a epigrafe: «VN AMY 
DV SEIGNEVR DES ES- 1! SARS, SVR LE SVIECT DES || quatre liures d'Amadis 
de Gaule..-Uma outra decima e uma duodécima (DO VZAINi, encimadas pelos dize- 
res: «LOYS DE MASVRES SECRETAIRE ;| DE MONSIEVR LE CARDI- « nal de 
Lorrai>.-Um •/!« Lecteiiri.-e uma quadra <Au Seigneur des EssarS'. (estas duas 
ultimas peças são em reprodução fac-símile dos autógrafos). 

Impressão igualmente a duas colns. por pág. e adornada com diversas gravuras. 

LE C1NCQVIE'ME Ll- 11 VHE D'AMAD1S DE || Gavle || ... |1 (Marca 

do impressor Plantin, com n divisa: «CUNSTANCIA. LABOR») || A ANVERS, 
II De Vlmprimerie de ChrUtophle Planiin, au Compas d'or \\ M. D.LXI\\ 
AvEC PniviLEGE DV Roí.— In 8.° gr. de IV ff. (prels.) inum. e 80 nums na 
frente. 

As IV folhas prels. compreendem: titulo-Dcdicatoria: tAV TRESCHRETIEN ROI DE 
FRANGE, jt Francois premiek db cb nom || Nicolas de Herberay, I'vn des Commis- 
saires 11 ordinaires de son Artillerie. ' baise les mains de saU Majesté.i- Varias poe- 
sias, a saber: .VN AMI DV SEIONEVR DES^iEssar, avs lecievíís || d'Amadis. |i 




«Fac-simile» do frontispício do sétimo Livro do *Amadis de Gaule» 

(Pag. 35) 



AZEVEDO -SAMODÃES 35 



Vers Alexandnn3>. - "ENVOI SV3 LES LIVRES il D'AM»m5 pík Clavdb na i; 
Marle SiGNEVR DE ! Vavgiení. (duas oitavas rimal-«AV LECTEVR, HVITAIX». 
-.MATHVRIN BEHV BAILLY de Gexavdem, H AVS LECTEVRS . (uma duo- 
décima)-. AV LECTEVR, DIZELM». iDecima>.-e -LA TABLE DV CINQVIEME 
LIVRE il d'Amadis de GAVLEf. 
O texto desta quinta parte é igualmente impresso a duas coluns. por pag. e enri- 
quecido de curiosas gravuras, intercaladas. 

LE SIXIESME LI- 11 VRE D'AMADIS DE || GAVLE: |i . . \\: EN AN- 

VERS,\\Par GuiUaume Silvius, imprimeur \ du Roij\\L'AS M.D.LXXII 
In-8.0 gr. de IV ÍT. (prels.) inuras. e 172 pags. nums. 

As IV folhas prels. inserem: frontispício- «f^jís/z-e de CAuieun -uma Decima: •K 

THomere d'Amadis» e outra: «Aux Lectcurs, Salut-.-e: «ENSVYT LA TABLE DV 

SlXI-liESME LIVRE D'AMADIS DE QAVLE». 
O titulo contem a marca do impressor e acha-se dentro de cercadura igual á que 

adorna os frontispícios dos Livros 2. o, 3.0 e 4.o. Texto impresso a duas colns. 

por pág. e enriquecido com diversas gravuras abertas em madeira. 

■ — LE SETTIEME LI- || VRE DXMADIS DE || Gavle |i ... li .-1 AN- 



VERS... M.D.LXl... 

[Do fronlispicio Aamos, em ft. aparte, a exacta reprodução foto- zincográ fica). 
In-8."* gr. de IV ff. (prels.) inums. e 82 nums. na frente. 

A primeira fl. prel. é para o frontispício; na frente da II uma oitava, epigrafada: «VN 
AMI DV SIQMEVR DES ESSARS, : AV LECTEVR., e um Soneto: -LE PEl IT 
ANOEVI.M, SVS LE ' PROPÔS PRECEDENT. i: Sonnet.»; e no verso da II e em toda 
a III e IV: -LA TABLE DV SETTIEME LIVRE ; d'Amadis de Gavle». 

No verso da ultima folha fa 82| o seguinte co/o/á.í ; «A ANVERS, J De l'1mprimíri« 
DB Cristophle !' Plaxtin : i^e qvatriéme iovr de Novembrf, !| M. d. LX». 

O titulo vem dentro de elegante alçado formado por quatro vinhetas de curioso dese- 
nho de fantasia; e o texto, impresso a duas colns. por pagina, é enriquecido com 
diversas gravuras, intercaladas. 

LE HV1TIE'ME LI- 11 VRE D'AMADIS DE || GAVLE : II ... i\ Ei\ 

ANVERS. II Par Ouillamne Silviui, imprimeur || du lioij. L'Ay M.D. LXXIII). 
— In-8.° gr. de IV ff. (prels ) inunis. e 249 nums. na frente, além de 
uma inum., final. 

As IV folhas prels. compreendem: a I o titulo; na frente da II uma Dedicatória, 
epigrafada: .A MON SEIGMEVR II DE MONMORANCY CHAVALIER DE L'OR- ': 
dre da Roy, Connestable ^ grand Maistre de France, le Seigneur j des Essars 
baise les mains de sã magriiftcence ^7* ;, Seigneuríe.* ; e do verso da mesma folha 
II até final da IV: -LA TABLE DV HVITIESME ;; liure d'Amadis de Gaule.» 

Na ultima pag. do volume (a inumerada) um Soneto, com a epigrafe -■ L'ANOEVIM 
ATOVS ZELA- , TEVRS DE LA VEMCEMENT ET DE- '! coration de la langue 
Françoise, sur le contenu dans le Huities- me d'Amadis. " SON.\ET.. 

O frontispício é adornado coni a marca do impressor e embelezado com cercadura igual á 
que vem nas partes impressas pelo impressor Silvius ; e o texto disposto em duas 
colunas por pag. e adornado com varias gravuras em madeira, intercaladas. 

■ LE NEVFIE'ME LI- || VRE D'AMADIS DE H GAVLE: || Auquel sonl 



contenuz les gestes de dom Florísel de Niquee, sunommé le Cheua- 
lier de la Bergere, li qui fut filz d'Amadis de Grece káe la belle Ni- || 
quee. Ensemble de deux autres filz & filie engen- || diez insciemment 
par iceliiy Amadis, en Texcel- H lento royne Zahara de Caucase, & rendu 



36 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



meillour j| Fi-ançoys que par cy deuanl par C. Colei Cham- || pcnois || 
NEC SOftTE NEC MORTE 1] SCRV (marca do impressor Silvius) TAMl- 
M. II ES ANVERS, II Par Guillaume SiMus, imprimeur \\ du Jioy. || L'AN 
M.D.LXXII.—lnS.' gr. de IV IT. (prels.) inums. e 285 pags. nums., 
além de Ires em branco, finais. 

A I.a folha prel. é para o frontispicio ; na 11 uma Dedicatória: -A MONSEIQNEVR 
lAN DE BRl-llNON, SEIQNEVR DE VILHENES, CONSEIL- li ler du Roy eii 
sa Court de Parlcraent a Paris 1| Cl. Colet s.., e nas III e IV a : «ENSVYT LA 
TABLE DES íl CHAPITRES CONTENVS EN CE PRE- 1' SENT LIVRE.. 

O frontispicio é adornado com a mesma cercadura que embeleza os rostos dos volumes 
impressos pelo impressor Silvius, já descritos; e o texto, também enriquecido de 
gravuras, vem disposto em duas colns. por pagina. 

LE DIXIESME U- || VRE D'AMADIS DE || GAVLE: || Auquel (con- 



Uniiant les haultz faitz d'armes, & || proiièsses admirables de Florisel 
de Niquée, & des iniiincibles Anaxates, & la pucelle Alaslraxerce || sa 
sieur) est traité de la fiirieuse guerre, qui fui enlre les Princes Gau- 
lois & Crecz poiír le recou- 1| nremenl de la belle Helene d'ApoIonie. 
El des aiientiires estranges, qui suruindrent durant ce i| temps. || En- 
vie d'8Nvie en vie. II SCRV (marca do impressor Silvius) TAMINI. || 
EN ANVERS, \\ Par Guillaume SilviuK, imprimeur \\ du Roji || VAht M. 
D LXXni.— ln-i." de IV fí. (prels.) inums. e 189 pags. nums., afora 
uma em branco, final. 

As IV folhas prels. inserem: a I o frontispicio; a II e frente da III uma Dedicató- 
ria: «A TRESILLVSTRE PRINCESSE M.\-;Damc Margiicritc de Fraace, sorut 
vniqae da tresclircstici Roy Hciry deuxiesinc de ce itom, Duchcsse de Bcrry^, 
e no verso da mesma folha III e toda a IV: «LA TABLE DV DIXIESME 1 Mure 
d'Amadis de Q.iule». 

O titulo acha-sc emoldurado pela cercadura já mencionada; e o texto é também im- 
presso a duas colns. por pag. e adornado com diversas gravuras em madeira, in- 
tercaladas. 

L'ONZIESME LI- I! VRE D'AMAD1S DE || GAVLE : || Continuant les 

enlreprises cheualereuses & auen- || lures estranges, tan de luy que 
des Princes de son || sang: ou reluisenl principaleinenl les hauts failz 

||i1'armes de Rogel de Grece, & ceux d'Agesilan de || Colchos, an long 
pourclias de Tamour de Diane, || la plus belle Princesse du monde. 

II . . II Ibi., ibi, pelo mesmo impressor. || L'AN M. D. LXXlII. - In-S.» 
gr. de IV folhas íprels.) inums. e 219 pags. nums., além de uma em 
branco, final. 

Das IV folhas prels. a 1 é para o frontispicio; a frente da II para uma Dedicatória: 
.A TRÊS ILLVSTRE DAME DIANE DE POI- H TIER3 DVCHESSE DE VALEN- 
TINOIS. (subscrita no fim: -Vostre trahumble seniitcurW I. O. P.^j, e o verso da 
mesma II e toda a III e IV, a: -ENSVYT LA TABLE DES n CHAPITRES CON- 
TENVS EN CE PRE- 11 SENT LIVRE». 

O titulo é emoldurado pela cercadura precedentemente mencionada, e o texto impresso a 
duas colns. por pag. e enriquecido de varias gravuras em madeira, intercaladas. 



LE DOUZIEME Li || VRE D'AMAD1S DE GAVLE, |1 TRADVTI XOV- 

VELLEMENT||D'ESPAGNOL EN ERAN- || GOIS, || Contenant quelle fiu 
prindrent les loyalles aniours || d'Agesilan de Colchos, & de la Prin- 
cesse Diane || & par quel moyen la Royne Sidonie se remaise, a- 1| prés 



AZEVEDO -SAMODÂES 37 



aiioir longiiemenl pourchessô la moit rie dom || Florisel de Niquee. 
auec plusieurs eslranges ;iuen- || tures non moins recicaliiies que sin- 
gulieres, & in- || genieiíses siir toiítes celles qui ont este traitees les H 
liures precedents. Traduit d'Espagnol en Finn- 1| çois par G. Aut>ert de 
Poiliers. II SCRV (marca do impressor Silvius) TAMINI. 1| EN ANVERS^ 
\\ Par Guillaume Silvius, imp>imeur\\du Roy \\ L'ÂN. M.D.LXXl[I.—\n- 
4.° de IV fV. (prols.) inums. e 355 pags. mmis., além de VI inums. e 
lima branco, finais. 

Na frente da I.a folha pi-el. o titulo; na II a Dedicatória: -A TRESHAVTE ET 
TRESILLV- iSTRE DAME MADAME DIANE DE VOU ■ tiers, Ducliesse de Va- 
len.ti/iois.\,a. Aubert de Poitiersr; e nas III e IV um: . DISCOVRS DE G. 
AVBERT SVR :| SA TRADVCTION DV DOVZIESME LI- 1! ure d'Amadis de 
Qaule. ||AV LEVTEVR .. 

O titulo é emoldurado pela cercadura já mencionada, e o texto acha-se impresso a 
duas colns. por pag. e adornado, no começo, com uma gravura. As VI pags. finais 
inums. inserem: .LA TABLE DES CHAPITRES [; CONTENVS EM CE PRESENT 
II LIVRE». 

LE TREZIEME LI- 1| VRE D'AMAD1S DE GAVl.E, IJTKADVIT NOV- 

VELLEMENT II D'ESPAGNOL EN FRAN-||ÇOIS, PAR I. G. P. 1| # II 
Traitlant les hauls fails d'armes du gentil Chena- || lier Sylvbs de la 
Selue filz de TEmpereur Ama || dis de Grece, & de la Reyne de Thebes 
Finistee : llauec les auentiires eslranges d'armes & d'amours || de Ro- 
gel de Grece, Agesilan de Colcos & aulres, || auenues siir Tentreprise 
& cours de la guerre du || grand Roy Balthazar de Russie, contre les 
Chre- II stiens. Et apres, les mariages de Diane, Leonide || & autres. || 
Adressé a Madame la Confesse de Relz. \\ SGRV (Marca do impressor Sil- 
vius) TAiMINI. II EN ANVERS, || Par Guillaume Silvius, imprimeur ]\ du 
Roy. II LAN M.D.LXXn.—ln-S.° gr. de IV tr. (prels.) inums. e 159 pags. 
nums., afora IV inums. e uma em branco, finais. 

As IV folhas prels. inserem: titulo (acha-se emoldurado pela cercadura já citada) - 
«EPISTRE. Dedicatória: «A L'ILLVSTRE ET VERTVEV- 1| SE DAME CATE- 
RINE DEIJCLEREMONT CONTE3SE : DE RETZ . (datada e subscrita no fim : 
«Paris: ce iour Sainct lan Baptiste. 1571. || Envie d'bnvik euvíe. ]\ Vostre tres- 
humble seruiteur laques Ookory Parisien. " Lk SoLirAiRB •) - « PREFACE AVX 
LECTEVRS,.-e um Soneto: < AV SEIQNEVR I. OOHORY SVR SA VERSION 
DV 13. D'AMADIS.. 

Nas IV pags. finais inums. decorre a: .TABLE DES CHAPI- 1; TRÊS DV TREZIE- 
ME II liure d'Amadis de |: Oaule ». 

O texto inserto nas 159 pags. e a Table é impresso a duas colns. por pag. Aquele 
contem, intercaladas, algumas gravuras em madeira. 

LE II QVATORZIE.VIE || LIVRE D'AMADIS || UE GAVLE, || Trailant 



des gestes & genereux faieis d'Armes & || d'Amours de plusieurs grands 
Princes & Sei- || gneurs specielement du trtspreux & gentil || Prince 
Don Silues de la Selue, filz de l'Empe- |1 reur Am-adis de Grece, & de 
la Reyne Finistee 1| de Thebes. \\ Nonvellemeni mis en François parWAN- 
TOINE TYRON. || (Peq. vinhela tipográfica de ornamento) || A ANVERS, 
\\ Chez lean Waesherghe, sur le cemetiere nostre Dome,\\a 1'Esiu de Flan- 
dres, au marche à toiles. \\ lr<74. \\ A\EC PRIVILEGE DV ROY. — In-8.° 
gr. de ÍV ÍT. (prels.) inums., 107 nums. na frente e uma inum , tra- 
zendo apenas, na frente, um colofón. 



38 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Na frente da l.a folha prel. o titulo, que ce encontra dentro de alçado ou portada 
igual á que vem no frontispício do Sétimo Livro (veja-se a reprodução que dele 
damos); no verso o « L'EXTRAIT DV |1 PRIVILEOE" (Datado e subscrito: . Doii- 
né à II Bruxelles, le 2. d'Octubre. 1571. Sousigné j! I. De Witte »); na frente e em 
parte do verso da II a Dedicatória: « AV TRES-SAGE, TRES-VERTVEVX, 1| ET 
DISCRET S. MONs. Philippiís RomcbJIA. T. desire salut 8< felicite., (subscrita. 
« Vosíre tres-humble seruiteur\\A. T.»; na restante parte do verso da mesma ti. U. 
tEstiame de Walcoiirt aii. Traditcteiir de ce Liure,\] SONET-; e nas lU e IV a. 
.S'ENSVIT LA TABLE UV QVATORZIEME || LIVRE D'AMADIS DE QAVLE.' 

A Table e o texto da obra propriamente dito é disposto a duas colns. por pag. Inter- 
caladas no texto encontram-se diversas e curiosas gravuras em madeira. 

O colofóii final, que est.á entre duas vinhetas de ornamento tipográfico, diz textualmente 
assim : Imprime à Anuers chez lean VVaesberghe, \\ sur le cemetiere nostre Dtime à 
1'tscu de\\ Flandres, aii murche' à toiles. \\ M.D.LXXIIII.^ 

LE QVINZIEME LIVRE || D'AMADIS || DE GAVLE. || Traiclant les 



haiilts fnits d'armes & .iinours loyalles, des || vaillants & inuincibles 
Clieualieis Don Splieramondi || de Grece, is. Amadis d'Astre: Sí les 
estranges auentures 1| iiiises á flii, lant par eus, que par maints autres 
Chaua- |i liers de la Grece. |1 Nouuellemeiít mia en François par Antoine 
Tyron. \\ (Marca do impressor, tendo eiu volta (lados lateraes e parte 
superior) a seguinte di\isa: «GANDORE— PIETATE — & CONCÓRDIA») 
II Â AxrEUS, II Chez Henry Heyndricx, au cemiliere nostre-Dame ]| a la fleur 
de Lis. 1577. Auec Priuilege.- In-8.' gr. de II ÍT. (prels.) inums. e 82 
nums. na frente. 

Aprimeirafolha'prel.é para o frontispício; a II, para a: «TABLE DES CHAPITRES DV || 
QVINZIEME LIVRE D'AMADIS |1 DE QAVLE.. 

Tanto a Table como o texto deste Livro são impressos a duas colns. por pagina. Este 
é adornado com algumas gravuras abertas tm madeira, as quais se encontram inter- 
caladas. 

No fim, em remate, o seguinte registo tipográfico : Vidit legit V. Eman. P/tiíip 
Trontesius, \\ Canoti. Antuerpieiísis. \\ De l'Imprimerie de Qiles van den Rade ». 

O titulo no frontispício acha-se dentro de moldura impressa com vinhetas tipográficas 
de ornamento, simetricamente dispostas. 

LE SEIZIESME LIVRE || D'AMADIS || DE GA VLE. . A LION... ir,l8. 

{Do frontispício damos, emfl. áparle, a reprodiiçuo fotozincogriifica). 
Im-12.' de 845 pags., n5o incluindo uma em branco, final. 

Na pag. 1 o titulo acima reproduzido; na 2 o >.Extraict du priuilege du Roy». (-Domie 
à II Paris le treziesme iour d'Auril l'aii de grace mil\\ ciaq cens soi.xant dixsept. Sig/ie', 
II Par le Conseil. |1 TESTV,); na? 3 a 6 a Dedicatoire: ^A NOBLE ET VER- |1 TVEVX 
SEIQNEVR II CHARLES CAPON, i| Seigneur d'Ambe- |i rieu 8<c.» (d.alada e subscritas 
'A Lyoiíce 25. io,ir\\ de lanuier 1578. \\ Vostre treshumble seruiteur Gabriel || Chappuy: 
Tourangeau.); e da 7 em diante o texto do Livro 16,o propriamente dito. 

LK DIXSEPTIE- || ME LIVliE D'A- il MADISDE |1 GAVLE. || Continuant 

à traiter des amours, gestes ^ || faieis heroiques des illustres ^ 
vertueux Prin- |l ees Sferamond <& Amadis d'Aslre : ensemble de || 
plusieurs autres giãds Seigneur.s y denômez, par |1 le plaisant <Ô- proíi- 
table di.scours d'vne histoiíe || belle entre les plus belles qui ont prcedée, 
come cha|| cun pouria facllenõt iuger par la lecture d'icelle. || (Interes- 
sante marca do impressor, aberta em madeira). || A LYON, ]| PAR 



LE SEI2IESME 

LIVRE D'AMADIS 



D B 



G A ■V l E, 



Tmitant des amoitri , gtííti tS^ fitiãs hertiqufs 
«íej illuUrei (y ftnuetix Princei SfeTamoi>A 
& ^madii tl'./lSirt : p^trfthli de flttfienrs a%. 
três grands Seirnnersy flent/nmírj par le fiai. 
fam CT" profitable difctttrt d'yne hifíeire beUe 
entxe les plus tf Bei <jiii ont precedi, címe chacua 
p.)t!rT» fatilement mger ptrU ledur* d'_MI*- 




^ L T O N; 

PAU PRANÇO.ys Dl SI EA. 

Auet priuiíegedu Roy. 

«Fac-simile» (em tamanho exacto) do rosto 
do sexto Livro do i.Amaáii de Gauleti 

(Pag. 38) 



AZEVEDO -SAMODÃES 39 



ESTIENNE MICHEL. \\ |1 157S. \\ Auec priuiUge du Roy. — ln-n." de 

XVI tf. (prels.) inums. e 440 riums. na frente. 

Na frente (o verso está em branco) da l.a folha prel. o titulo ; na II e verso da III a 
Dedicatória : «A MONSEIGNEVR, || LE COMTE DE TILLIE- 11 RES, DE L'ANCIEM- 
^E 11 ^ tres-iwble maisO!i\\íle Carrougas.^ (subfcrita: ■^Vostre trcs-hainble <^ tres- 
afe- II ction/té seruiteur, Qabríel CImppuys.'); no verso da mesma H. uma ^DIZAINE-, 
(Decima); na frente da IV um «S0AW£7"«; do verso da mesma ti. IV até á frente da 
XV a: .S'ENSVIT LAHTABLE DV DIX- 11 SEPTIESME LIVRE H d'Amadis de 
Qaiile » ; e no verso da mesma il. XV e frente da XVI (o verso desta ultima H. está 
em branco) o « Extralct du prluilege du Roy». 

No verso da ultima folha do vol., rematando o te.>:to, vem o seguinte registo tipográ- 
fico : 'Imprime á Lyori ,i7a/-il ESTIENNE H BRIONOL. || 1578.. 

LE DIXHVI-I! CTIESME LIVHE || L)'AMADIS DE || GAA'LE. (Este ti- 



tulo vem no alto da pag. 9, encimando o texto deste 18." Livro, d'onde o 
copiamos, visto no presente exemplar faltar o fiontispicio e tiS três follias 
imediatas— prels.). Lyon, par EstUnne Michel? 157... ln-l'2.° VlII pags. 
(prels.) inums. e 999 nums., afora xviii inums. e uma em branco, finais. 

As XVIII pags. inums. finais inserem a: .TABLE DE CE l, DI.XHVICTIESME |1 LIVRE.. 

LE il DIXNEVFIESME || LIVRE D'AMADIS || DE GAVLE, 1| Traictant 

des amours, gestas & faicts he- || roiques de plusieiírs illustres &. magna- 

II nimes princes, nepueux d'Amadis de||Gaule; & faisant mention de 
plusieurs |I autres grands Seigneurs, par le plaisant || & profitable dis- 
cours dVne liistoire bel- 1| le & agreable stir toutes les precedentes. i| Tra- 
ãuit d'Espaqnol en langue Franç.oise, par \\ IaCQVeS CHARLOT, Champenon. 

II (Marca do impressor, aberta em madeira) |i A LYON, \\ POVR LOYS 

CLOQVEMIX. II II 158L I| Âuec priuilege du Roy.—\n-n.° de XVI fí* 

(prels.) inums. e 445 nums. na frente. 

Na frente da l.a folha prel. o titulo, e no verso o -EXTRAICT DV PRIVI- 1| LEGE DV 
ROY.. (datado de Paris, ano 1530); nas ff. II, III e frente da IV uma <EPISTRE> : 
.AV LECTEVR, II IACQVES CHARLOT || CHAMPENOI3, '1 SALVT.; e do verso da 
mesma fl. IV até á XVI a: «TABLE DES HSOMMAIRES ET H CHAPITRES DE || ce 
Liure^. 

O verso da folha 445 traz somente, no centro, o seguinte Colofán do impressor : <Acheué 
dMmprimer, le || deuxiesme lanvier, |1 1581. |1 Par Estienne Brignol». 

— — -LE II VISGTIESME ET || PENVLTIME LIVRE D'A- || MADIS DE 



GAVLE, II Troittant des amours, gestes & faicts he- 1| roiques de plusieurs 
illustres & vertueux |i princes de la race & souche diidict Amadis, || 
ensemble de plusieurs autres grands Sei- 1| gneurs, par Tagreable &. vtile 
discours d'v- 1| ne histoire aussi belle & plaisante que Ton || sçouroit voir. 
II Ms d'Hespagnol en François par Gabriel || Chappvys, Taurangeau.\\ 

(Marca do impressor) || ^ LrOi^, || POVR LOYS CLOQVEMIX. || || 

Vú^^.W Auec priuilege ãu Roy.~ln-\'Í,.° de XVI IT. (prels.) inums. e 384 
nums. na frente. 

A l.i folha prel. é para o rosto (na frente o titulo; o verso está em branco); nas ff. II, 
III e frente (o verso está em branco) da IV a « EPÍSTRE» Dedicatória : tA NOBLE 
ET VER-llTVEVXSEIGNEVRl|OVILLAVMEllGella, Salut & felicite... (Datada e 
subscrita : "De Lyon. ce 20, iour de\\ Nouembre 1580. ',\ Vostre tres-humble & affectio- 
II né seruiteur, Chappuys.»); nas V a XIV a : «TABLE DES H CHAPITRES DV H VIN- 
QTIESME ET 1| penultime Uute |1 d' Amadis de \\ Qaule> ; na XV o «Extraict du Pri- 



40 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



uilege II du Roy» (datado de Paris, 1580, e subscrito: "Par le CoiiseU,\\VORTIN.,; e 
na XVI uma «Ode. (subscrita com as iniciais: T. A. D. E.). 
No verfo da ultima folha do volume o colofón : .Imprime à Lyon, H Par Estiene Bri- 
gnol. !1 758;». 

-LE 11 VINGT VNIESMEjlET DERNlEt^l LlVIiE H D'AMADIS DE 



G AVLE, II Contenant la íln & mort d'iceliiy ; le.s t| merueilleux faieis d'arnies 
& anionrs de |1 phisieiírs grands & notables Princes de son 1| sang, & les 
iliuers & estranges eíTecMs d'vn 'i. amour chaste & lionneste: d'oú, en fin, 
ion peiíl recneillir grand fniict, plaisir & con- 1| tentement. |i Trarfuící 
iVHespagnol en François. II (Marca do impressor) H A LYON, \\ POVR LUYS 

CLOQUÈiMIN II II 1581. 1| Auec Priuilef/e áu Roy.—ln-Kl." de XVI 11'. 

(prels.) inums. e 448 muns. na frente (o verso da ultima está todo em 
branco). 

As XVI ff. prels inserem: titulo - Dedicatória : <A NOBLE ET VER-1|tvbvx Srignevr 
II Nicolas Spina, Salut & \\ felicite.» (datada e subscrita no fim: *De Lyon ce ving- ]] 
tiesme iour de Feuríer, 15SI. || Vostre treshumble Ç7- affectioné setiiiteur \\ Oabrieí 
CImppuys, Tourangeau.')- TABLE DV VINOT- ',{ uniesme ^ deniier liure d'A-\\ 
inadis de Oaule.--e o: «Extraict du Priuilege ^1 du roy.» (>Donne' à Pa- \ ris k 
huic tiesme iour de luiltet, l'an inil'\ cinq cens qiiatre vingís. Signé\\ Par le Conseil, li 
fORTIN. ) 

No fim, rematando o texto, o seguinte registo tipográfico: «Acheué d'imprimer le 20 de 
IIFeurier 1581». 

LE II VINGT ET || DEVXIESME LIVRE || D'AMADIS DE Gavle. H TR AI- 



TANT les HAVTS FAITS ||d'Armes, Amours & verlus noinpareilles, || 
auec les estranges Auentures niises à sin l] lant par les Princes illustres 
yssus de la no- 1| ble niaisoii D'amadis, quautres vaillans || Clievaliers, en 
la quesle & pourchas de la || deliurance des deuxieunes Princes Sasiraman 

II & Hercules d'Astre. H Hifioire non encores veue en noslre langue, || 
mais au reste belle entre les pliis belles qui || oiit precede, ^ d'vn dis- 
cours non moins 1| plaisant que profitable : comme eh icun il pourra facile- 
mentiugfr parlalecture d'ieella, Ij faict d'Espagnol en François. |1 A PARIS. 

\\ Ches Olwif.R de VjitENNES, Libraire\\ rue iainct lacques u la Vicloire, 

II II M DH.XV. II Auec priuilege du lloy.-ln-S." de XXVI pags. (prels.) 

inums. 6 857 nunis., além de uma em bran^io, IX inums. e uma outra em 

branco, finais. 

As pags. prels. I e II constituem a folha do ante-rosto, que é alegórico e primorosa- 
mente gravado a buril (veja-se a reprodução que d'ele damos em folha separada); na 
III o titulo acima transcrito; na IV um «SONNET || SVR L'EXCELLENCE H DES 
HISTOIRESll d'Amadis., (subscrito com as inici;iis : M. M. //.); nas V e VI a De- 
dicatória «AV ROY.. (subscrita: Vostre três hiimbte subject\\ <^ seruiteur, C. Ri- 
GAL-D.); nas VII a XXV o : .PREF.\CE i| AV LECTEVR, EN ll laquelle est preuuee 
1'insigne vtilité || des belles & recrealiues ;| Hisfoires, || du vaillant Amadis de Gavie, 
Jcontre tous Aristarques 6: control- 1| leurs importuns.»; na XXVI o <Extf»ict du 
priuilege du Rov (subscrito: Pkkrochf.l.», e uma declaração relativa ao privilegio. 

As IX pags. finais inserem a .TABLE || DES GHAPITRES || CONTENANT LES 1| HIS- 
TOIRES CONTENVES H en ce vingt & deuxiesme liure f, d'Amadis de Caule.. 

LE II VINGT ET II TROISIESME H LIVRE D' AMADIS U deGaULK || GON- 

TINVANT A TRAITEH \\ dos Amours, gestes & faicts Heroiques i| de plu- 
sieurs illustres & vertueux Prin- || ces descendus de la race du grand 




Ante-rosto dos Ires últimos Livros (2!2.**, 23. <• e 24.») da obra «Amadis 
de Gaule», descrita sob o n.° 128.— O original mede 117x95 mm. 



(Pag. 40) 



AZEVEDO -SAMODÃES 41 



A-||madis: & notamment du vaillant || Fiilgenm, fils de Hogel de Grece 
& de II l:i líeiíie Florelle. || Discoiirs non moins plaisant que profitable, 1| 
conima chacun pourra facilement iiig.^r |1 par la leclure, fait d'Rspa- 
gnol en François. || A PARIS. \\ Chez Olivier ue Vji/ennes, Libraire \\ rue 

minct lacques a la Vicioire. \\ || M. DC. XV. \\ Auec priuilege du Roy. 

In-S.o lie Vlll pags. (prels ) inums. e. 920 niinis., afõia MI inunis., Ti- 
iiais. 

A? XII pags. prels. compreendem: ante-rosto (gravado) (1 e II)-frontispicio (111 e IV) 
-Dedicatória: -A LA ROVNE |1 MERF. DV H Rov. (subscrita: Madame, \\Vostre 
tres-humble subject ^ \\seruiteur, O. RoniNoi... (V a \l\\)-e 'Extraict du priui- 
lege du Roy- (subscrito : Pkbrochel.) 

Nas .XII pags. inums. finais vem a .TABLEUDV VINOT ET '1 TROISIESME LIVRE 1| 
D'AMADIS DE Gavle.. 

LE VISGT II QVATRIE'- 1| ME ET DERNIER || LIVRE D'AMADIS |r 

DK GWLE. II .. II ^ PARIS, 1! (Pelo mesmo impressor Vriretincíi] \\ || 

M. DC. XV. II Auec Priuilege du Roy.-\a-8." de VIII pags. (prels.) inums. 
e 853 nums., n3o incluindo uma com t Extraict du priuilege du Roy». 
(subscrito: Perrochel), IV em branco e XVÍ inums., finais. 

As VIII pags. prels. são para o seguinte: as 1 e II constituem a folha do antc-roslo 
(gravado); as III e IV o frontispício; nas V e VI a Dedicatória: -A TRES-IL- 
LVSTRE, II TRES-EXCELLENTE, TRES-VERTVEVSE PRINCESSE, |1 Madame 
Louyse de Lorraine, || de Quyse, Princesse de Conty.» (subscrita ; «Madame, || Vostre 
tres-humble & II tres-obeissant seruiteur. ]| O. D. V.>); na VII uma quadra, com a epi- 
grafe : «AV LECTEVRi; a VIII está em branco. 

As XVI pags. inums. finais inserem a «TABLE DESH CHAPITRES CON- |;tenus en ce 
liure.i 

Como adorno apresenta o texto dos volumes diversos cabeções decorativos, alguns tio- 
rõcs de remate e varias letras iniciais, abertas em madeira sobre caprichosos dese- 
nhos de fantasia. 

Colecção verdadeiramente preciosa deste famoso romance de cavalaria andante (1), 
universalmente conhecido, pois que ha centenas de anos se encontra traduzido 
(parcial ou inteiramente) em todas as línguas cultas. É uma das mais completas 
de entre as pouquíssimas que desde ha muito tempo teem aparecido á venda no 
estrangeiro; nesta somente o volume que compreende o Livro 18. o da obra tem 
falta do frontispício e das três folhas imediatas (prels.). A colecção que fez parte 
da opulenta e riquíssima Biblioteca de Ricardo Heredia, leiloada em Paris em 
1892, continha aijenas os Livros I a .X e XXII a XXIV! 

O facto deste notável e apaixonado coleccionador de livros -bibliófilo distinto e in- 
cansável entre os mais distinctos e incansáveis de todos os tempos -não haver 
conseguido reunir um exemplar completo, demonstia bem a extrema raridade da 
obra e quanto se torna hoje difícil, senão impossível, formar outra colecção idên- 
tica á que apresentamos. 

Se no estrangeiro, onde estas espécies abundam, se torna quasi defeso aos srs. Bi- 
bliófilos encontrar uma colecção como esta, ou os elementos precisos para a for- 
mar, em Portugal, onde de todo escasseiam, é isso completamente impossível. A 
corroborar esta nossa asserção está o facto de não haver, que nos conste, no- 
ticia de qualquer colecção exposta á venda entre nos em época recente ou remota. 



(1) A paternidade dos quatro primeiros Livros é, como se sabe, atribuída ao nosso 
Vasco de Lobeira, natural do Porto. O original, pelo que se diz ter sido feita a versão 
castelhana, -impressa pela primeira vez em Çaragoça, em 1508, -couservou-se na livra- 
ria dos Duques de Aveiro até 1755, desaparecendo então, ao que parece, por efeito do cala- 
mitoso terramoto do l.o de novembro. 



42 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



í^ 



/M 



'^no 



iJ. 



Parece-nos até que nenhum exemplar possue ainda qualquer biblioteca publica 
ou particular do nosso paiz. 

Concluindo esta nossa descripção, e simplesmente para acentuarmos a raridade da obr», 
acrescentaremos ainda que, se o presente exemplar não é o único existente em Por- 
tugal, é pelo menos o único de que temos noticia. 

JÓIA LITERÁRIA E BIBLIOGRÁFICA DO MAIOR VALOR E APREÇO.-DA MAIS 
EXTREMA RARIDADE. 

129-Amadis de Gaula.-I QUATTllO LlBlil jl Dl AMADIS Dl tiAVLA, || Que 
si racconia a pieno rHistoria de' siioi || slrenui, e valorosi gesli. 1| Coa vna 
vaga varielà di altre slr.ine aiuien- || tiíre; Iradolli di lingiia Spagnuola || 
in la nostra Italiana. |1 Nuouameiíte da molti errori corretli, iV ristampali. 
^ II (Interessante marca do impressor, aberta em madeira) |1 In Venetja, 

Apresso AVco/ó ]] Eeuúccqva. M. D. LX. In-8.° peq. de VIU IT. (prels.) 
iniims. e 640 iiums. na frente, repetindo-se no fim do verso desta ultima o 
colofon do impressor. K. 

Na frente da primeira folha prel. o titulo; a II está em branco; e nas III a VIU 
vem a «TAVOLA DEI CAPITOLI DEL PRl- || MO (2.o, 3.o e 4. o) LIBRO Dl AMA- 
DIS DI GAVLA.» 

É muito estimada esta tradução italiana dos quatros primeiros livros da obra (os de 
paternidade atribuída ao nosso Vasco de Lobeira). Magnifica edição ; impressa com 
belos caracteres itálicos, á excepção dos Índices do livro L» e 2.", que são com 
redondos. Exemplar perfeitíssimo. MUITO RARO. 

130-Alvia de Castro (D. Fernando). || PANEGERICO Ij GENEALÓGICO || Y 
MORAL. II DEL EXCELENT."" DVQUE || DE || RARGELOS. jj {Escudo com as 
antiga» armas do reino) || POlí DON FERNANDO ALVIA || de Castro, 
Cauallero de Ia Orden de Ca- || lalraua, y Veedor General de la gen- || te 

de guerra, y presídios deslos || Ueynos de Portugal. || ji En Lishoa. 

Com todas as licenças necessárias. IJ Por Pedro Crasbeeck Impressor dei fícy. 
Aiio 16S8. In-4.0 de IV 11. inums. e 68 nums. na frente. E. perg. 

Apreciada e RARA. 

íii TRADVCION II DEL || COMPENDIO 1! ITALIANO DE L\ |i VIUA DEL 

SANTO II FRANCISCO || XAVIER |i IIEGHA POR DON FERNAN H do Aluia 
de Cíiftro, Cauallero de la |j Drden de Calalrava, Veedor ge- i| neral de I.i 
gente de guer- |l ra, y prefidios de los |1 Reynos de Por- ;| tngal. || DIRIGIDA 

AL MISMO II Santo. || Con licencia de los Superiores. |] || En Lisboa, Por 

Pedro raesbeck, ano 16.30. In-S.» peq. de VIII fT. (prels) inums. e 93 nums. 
pela frente, não incluindo duas inums., íinacs, com a Tabla de los Capi- 
tulas. E. 

Ma primeira folha prel. (frente) e titulo; na II e III as -LICENÇAS.; na r''a Dedi- 
catória: «AL S. FRANCISCO li Xavier Apoltol nuebo H dei Oriental>; na V as 
«ADVERTÊNCIAS»; na frente da VI um novo titulo, onde se lè o registo : «En 
Roma : Por herederos de Bartolomc Zaneto, aiio 022. ]\ Com licencia de los Siiperio- 
res»r no verso da mesma VI, as licenças da edição impressa em Roma; e n.ãs VII 
e VIII um Al denoto Lector. 

É tratado interessante não só para o estudo biográfico do famoso Apostolo das índias, 
como ainda para a historia d.as missões Orientaes. 

Muito estimada. Bom exemplar desta excelente e muito rara edição lisbonense. 

Amador Pafricio — Veja-se : Cardoso de Azevedo (Martim). 



AZEVEDO - SAMODÃES 43 



/<^ 



Amador Patrício de Lisboa — Veja-su : Frein' {Lrawisco Joté). — Memo- 
rias das priíicipaes providencias. . . 

•132— Amaral {Amarilio Amcirilis ãu). — Acasos da forluna, oii Livro de sortes 
divertidas, em (pie, por virtude d-i dois dados, vem cada hum no conheci- 
mento do estado, riquezas, heranças, amizades, fortunas, ííc. que lerá, 
e oulras muitas, e galantes Sorfes annunciodas no principio da mesma 
Obra. . . Pur... lÀshoa: M. DCCCII. Na Impr. >>lli''- de António Rodrigues tla- 
Viardo... In-8.° peq. de lV-155 pags. E. 

Livro curioso e pouco vulgar. 

Amaral [Mekhor Estado do], — Tratado das batalhas, e successos do Galeão 
Sanliiigo com os Olandezes, em 1G02... — Veja-se : Gomes de fírilo. 

133— Amaral {António Caetano do).— Memori is para a historia da vida do ve- 
nerável arcebispo de Braga D. Fr. Caetano Brandão. Lisboa: Na Imp. 
Regia, 1818. In-i.", 2 vol. de IV-461-1 e 631 pags., e retrato de Fr. Caetano 
Brandão, no 1.° vol. E. 

Foram publicadas anónimas. Pouco vulgares no mercado. 

134— Amaral (P. M. Francisco d') — Primeiro tomo dos Sermoens do P. M. ^ ^Jí õ ^ 

Francisco d'Amaral da Comp.* de lesu, R."'" do CoUegio de Braga, lente ^ C^/T? 

q. foy de Prima de Theologii em Lisboa, ate. Dedicado a S. Ignacio 
Fundador da mesma Comp.* — Com fodas as licenças. Er>i Braga, por Gonçalo 
de Basto. An. 1641. In-fol. de V (T. s. n , incluindo o front., e 556 pags. E. 

Interessante portada alegórica, gravada a buril em chapa de cobre (Augusto Suar. 
FLorian. fecít.), representando o P. Amaral a entregar um livro a uni dos três discí- 
pulos ajoelhados a seus pés. 

Clássico muito estimado. - Edição única. Rara. Bom exemplar. 

135- Amaral Ribeiro (A. M. do). — Noticia descriptiva da muito nobre e an- 
tiga villa de Barcelos. 2 " edicção correcta e aiigmentada. Barcellos: Editor ^V/S^^ 
—E. R. de SáVianna. 1867. In-S." peq. de XIX-lSiJ pags. e uni mapa ^H 
estatístico (em 11. desdobrável). E. 

.No verso do aiite-rosto o registo : Typ. BarccUerise ; nas pags. prels. V e VI algu- 
mas palavras do Editor .AO LEITOR., e nas VII a XIX «DUAS PALAVRAS 
D'INTRODUCÇ.\0 (DA l.a ED1CÇ.\0) (datadas no fim: • Barcellos, 13 de Julho 
de 1867). 

Interessante e estimada. Pouco vulgar. 

13tí-Amato (Joanne Carolo). — FRUCTUS || MIÍDICIN.E, i| EX VARIIS GALENI 
II Locis dtícerpli : || Authore il ... |1 .Monistrolensi, Doctore Medico || Mon- 
tisserrati, 1| Editio altera auctior, innomerisque || locis correctior || (I.ogar 
de vinheta, figurando um serafim) j| LUGDUNl, [| Typis HuaoNis De- 

NOUALLY.W \\M.BC.LXXXl.\\De Licentia Superiorwn. In-l:á.° de 

XXIV (intims.) 202 pags., alím de mais XIV (inums.) com o «INDEX 
UERVM ET VERBORVM.. . « E. 
, Tratado, no género, bastante curioso e estimado. Edição rara. 

137-Amato Lusitano.-CV- 1| RATIONVM MEDI- 1| CINALIVM, jl CENTVRLE II. ^OJ^ 

PRIORES, li Quibus proemiltituv Commentatio de introitu || mediei ad 



/r/í- 



44 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



O 



/^ 



/ 



aegrolantem, de Crifi, ^ |! Jiebiis Decreloriis, H Cam Índice renim me- 
inor.ibiliurn II copiolifliino. ii (Marca do impressor, ladeada pela divisa : 
« IN YlKTVTlí— ET FORTVNA. ■>) || LVGDVNl, \\ Apud Guhelmum fíoídllium. 

\\ fab ículo Veneto, \\ \\ -1567. In-12.'' de 685 pags. niims. e XLV 

innms., afora V em branco, finais. E. [perg.]. 

As pags. 1 e 2 constituem a folha de rosto: nas 3 e 4 a Dedicatória: «COSMO ME- 
, DICI THVSCO- : RVM PRINCIPI CLA- RISSIMO !| |1 Doctor Amatus Medicus, 
Phyfi-iicus Lulitanus S. D..; nas 5 a 58 o : .INTROITVS ME-'\DICt AD 
AiQROTANTEM, simulq ; digressio de Crísi, ^ dicbiis '\ decretorijs, qui artein 
medica ex- 1' erceiít, ^j' pro fatatc psgrotantinm i/i coílegiu defcen-du^U, longe 
utiUjsima,,,AMATO LVSITANO MEDICO AVCTORE ' ; nas 50 a 414 o texto 
da Centúria prima; nas 425 a 685 o da Cent. II (que remata com a data: Rontrr 
lulia íertlo Pnt. Max. vigente, primo Aprilis, M. D. LI. <) 

As XLV pagf . linais inums. inserem: as I a VII: CVRATIONES ;, PER ORDINEM || CON- 
TEMT/E IN "Prima Centúrias as VIII a XV: «CVRATIONES SECVN- " DAE 
CENTVRIAE ., e as XVI a XLV o : . INDEX RERVM 1 MEMORABILIVM, ;: QVAE 
IN HOC LI-l|bello continentur .. 

Tratado medicinal também muito apreciado. Edição não mencionada por Barbosa. 
Raríssima. 

138 Cnrationum me- || dieinalium. || CENTVRIAE DVAE, || QVINTA 

ET SEXTA, li In qiiarum vitima Curalione, continetur ;i Colloquium eru- 

/C ditifsimum : in quo do- 1] ctilsime dispuralur, & agitur de curan- 1| dis 

" '' capitis VLilneribus: II Cum índice omnium curationuin, quae ipfis Cen- 

II turijs continentur omnia nunc primum H in lucem aedita. |1 (Marca do 

impressor, ladeada pela divisa: «IN VIRTVTE,— ETFORTVNA.») || LVGDNl 

II Apud GuUelimim fíouilUim. \\ Stib ícxUo Veneto. \\ || i5ffJ.— In-ll» de 

647 pags. mims., e XXXIIl inums, finais. E. 

As pags. 1 e 2 constituem a folha do frontispício; nas 3 a 7 uma espécie de Dedi" 
caloria: «D. lOSEPHO ]] NASSINIO, ji HE-ll BRAE, VIRO NON |1 minus illuPtri, 
quam li íapienti, li AMATVS MEDICES, [; S. P. D. .. (datada no fim : - Thessalonica, 
Calend. Decemb. |j anui à creatione numdi 5320.»). 

As XXXIIl pags. finais inums. inserem: as I a III uma peça, epigrafada: Amati 
lufiuraiidum (datada no lim ; Thefralonice H datum, anno !| 5319.»;; as IV a XIX 
um : . CATALOOVS CV- || RATIONVM CENTV- || riae quinta?.. ; e as XX a XXXIIl 
o .INDEX RERVM fcitu dignarum, qua: in Quin- 1; ta & Sexta Centuriis " repe- 
riuntur». 

Tratado medicinal muito apreciado. Edição mais antiga do que qualquer das duas 
citadas por Barbosa, que são as de- Venetiis, 1566, e da de Lugduni, 1580. - 
Multo rara. 

139— Ameno {Francisco tm';).— Diccionario exegetico, qtie declara a genuína, 
e própria significação dos vocábulos da lingiia portugueza, adoptados 
unicamente pelos Sábios da Naçaõ, dado ao publico por hum anonymo. Lia- 
boa: Na OIJic. Patr. de Francisco Luiz Ameno. M.DCC.LXXX... In-S." peq. de 
VII-311 pags. E. 

140- Amor de Deos {Fr. Martinho do). — Escola de Penitencia, caminho de 
perfeií;au, estrada segura para a vida eterna. Chronica da santa província 
r- de S. António da regular, e estreita observância da Ordem do seráfico 

Ç,' patriarca S. Francisco, No Instituto Capucho neste Reyno de Portugal- 

01 '^°'™ I (único que se publicou)... Por seu autor... (Vinheta tipo- 

gráfica de ornamento). I.idoa Occidental, Na Offic. doe Herdaros de An- 




AZEVEDO - SAMODA ES 45 



tonio Pedroso Galram. M.DCCXL. Com todas as liíenças tiecessarias. Infol. 
de LII pags. (prels.) inums. e 870 mims., além de uma (inuni.) com a 
«PROTESTAÇAM DO AUTHOR» e uma era brauco, finais. E. 

Crónica estimada. Belo exemplar; com a sua primitiva encadernação, inteira de car- 
neira. -Rara. 

141 — Amorim Vianna {Pidro). — Defeza do racionalismo ou analyse da fó, 
por... Porto:— Typ. de F. G. da Fonseca. 18(16. In-8.° de 364 pags. E. 

Amorim [Fr. Gaspar dt).— Sermão em o Avto da Fee.., do Goa... i635. 
— Veja-se: Autos de Fé {Sermões de). 

142 — Anacreonte. — As Odes de Anacreonte de Teos paraphraseadas por 

Francisco Manoel Gomes da Silveira Malhaõ. Lisboa.- Na Imp. Regia. /■7'jf m r\ 

.471)10 M.DCCC.ir. Por Ordem Superior, ln-8.» peq. de XII-82 pags. E. /O/ 

— — As we.ínxis;— Traduzidas em porluguez : Por A. T. M. (António 
Teixeira de .Magalhães). Lisboa: .\a [mpr. U^gia. Anno 1810. C>m Ikençi. 
Tn-S." peq. de 118 pags. E. 

Anchieta (P. Josephus de) — Veja-se : Colteirãu de noticias para a liislo- 
ria...; e Vasconcellos (P. Simão de). — (^hronica da Companhia de Je- 
sus. .. 

14,{— Ancillon {Frédcric).—T)ii juste milieu ou du rapprochement des extrè 
mes dans les opinions ; Iraduit de rallomand De... par M.""^ Ia Ba- 
ronne de S. Bruxelles, 1837. In-S.", 2 vols. do IV-XXVlII-Y-430-1 e 
1V-:í83-1I pags. E. 

i4(— Andrade (.4íitowio d"). — RELATIONK ;i DEI, NOVO SC.OPKIMENTO i| / 

DEI. GRaN gata 10. OVEFiO ji UEGNO Dl TIBET || Falto d.al P. António di ^ fi O^ ^ ^ 
Andrade II Portoghefa delia Compagnia j; di Gieíu 1'anno |! 1624. jj (Viiihe- 
t i-marca emblemática da Comp." de Jesus) || IN ROMA, \\ Appreífo 

France/co Corhelletti. \\ MDCXXVII. \\ || Con Licenza de' í)'t</;ei-ion — 

In-8." peq. de 11-40 pags. B. 

As II pags. prels. (inums.) inserem: titulo (I) e Licenças (U). 

O texto vem no fim datado e subscrito; «Di Agra , S. di Nouembro I62i. ", António 

d' Andrade." 
Relaçãosinha muito interessante, dividida em três capitulos. epigrafados: ^Cauato da 

vim lettera deWiftesso ai P. \ Prouinciale di Qoa.n - •.Quello che auiieitie quando 

partim-^mo delia Cittn.--'Dslle Qualitâ de' Pacfi di Tibet, e de gVhabitan- 

tatori di gueili.» — Muito rara. 

liõ-Andrade {Francisco dp). — CHRONICA || DO MVITO AL- 1| TO E MVITO 
PODERO- II SO REY DESTES REYNOS DE || Portugal dom João o 111. 
deslo nome. || DIRIGIDA HA G. R. M. DEL || Rey dom Felipe o III. deste 
nome nosso Senhor. Ij Composta por Francisco d'Andrada 1| do seu Con- 
se- II lho, & seu Cronista mór. || Anno (Escudo d'armas reais portuguesas) 
W1;í.\\ \\ COM PRIVILEGIO. \, Impressa em Lisboa com as licen- 
ças necessárias., por \\ .Jorge Rodrigues. \\ Hii custa do Author, Vendesse na 
rua nova em casa de Francisco \\ Lopez liureiro. \\ >x( Taxada na mesa do Paço 
a UOO reis empapei, vp — In-fol. peq. de X.K IV. (prels.) inums. e 113-134- 
131-15Õ nums. na frente, era dois vols. E. 



r^^' 



46 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



fjvL 



0^ 



^l\o 



As XX folhas prels. compreendem : frontispício (ornado de cercadura nas margens) - 
LICENÇAS. - FORMA DO PRIVILEGIO. - Dedicatória: AO MVITO ALTO, E\\ 
MVITO PODEROSO REV DOM FILIPE O TERCEIRO... -e TAB0.4DA. 

Crónica muitissimo estimada. Primeira edição. Exemplar um tanto medíocre: mancliado 
de humidade na parte inferior das folhas, e com peqs. cortes de traça em algumas 
d'elas, atingindo por vezes o te.\to com prejuízo de varias letras. -Muito rar». 

I45.A A mesma obra: — Coimbra: Na Real Offic. da Universidade. Anno 

de MDCCLXXXVl (1796). In-4.o, 4 vols. de VIII-XV-385, IY-XIX-5G5, 
Q D 1V-XX452 e IV-XXV]I-5*2 pags. E. 

Edição j.i pouco frequente no mercado. Bom exemplar. 

140 Obras. Lisboa: Tijp. de F. I. Pinheiro, 1852. In-8.° peq. de VIlI-716- 

I pags. E. 

Compreendem, além da vida do autor, o Primeiro cerco de Diu. 

Chronica de... Jorge Castrioto. . . — Veja-se : Coronica dei E.^for- 

çado Príncipe . . . 

147— Andrade {.José Ignucio de). — Cartas escriptas da índia e da Cidna 
nos annos de 1815 a 183.^, por... a sua mulher D. Maria Gertrudes de 
Andrade. Segunda edição. Lisboa: Na Imp. Nacional. MDCCCXLVL In- 
8.° gr., 2 tomos de XII (T. prels. s. n.e 283-11 pngs. o I.", , e V IT. prels. s. 
n. e 2U9-XXII pags , o 2.°, em um vol. E. 

Ornados com o retr. do autor, de sua mulher, e de muitos outros vultos orientais e na- 
cionais, entre os quais 2 de Domingos António de Sequeira (Dias da Costa lith. - 
Litli. da Iinp." Nal). 

Muito apreciada. Bom exemplar. 



M^' 




148— Andrade {José Maria de). — K:deidóscopo. Lislwa: IKfír,. liNo verso do 
ante-roslo: Tijp- de J. G. de Sousa Neves). In-S.» de IV-'.'EiO-XII pngs. E. 
Curioso. Publicado anónimo. 

14'J— Andrade (Lucas de). — MANU.\L || DAS CEREMONIAS |] DA MISSA 
SOLEMNE |i DE TRÊS PADRES, E DAS 1! Miflas dos defuntos, & das 
que ftí II deuem guardar nas horas Canónicas, que fe canlão Iblemne- 
,_ mente, & das || prociíToês folemnes em que fe || leuar o SS Sacra- 

^ mento. || POR LVCAS DE ANDRADE || CapellSo Del Rey, & Prior da 

Egreja de N. S. |l dos Anjos .Malris da Villa de Villa Verde. || DEDICADf> 
AO CLERO II defte Arcebifpado de Lisboa. Ij Anno (Logar de peq. vi- 
nheta, figurando o cálix da Eucarestia) de 1652 \\ Com todas as li- 
cenças neceffarias. \\ Em Lisb. por Ant. Ah. Impr. Del R. N. S. In-S." 
peq. de IV folhas (prels.) inums. e 43 nums. na frente, além de uma 
(inum.) para: «S. PATHIS EPHRAEM SYRI PIA, || ET IIVMILIS AD 
DEVM. II ORATiO» (a qual tem começado no verso da 11. 4!?). 

As IV folhas prels. compreendem: frontispício (1)- ^LICENÇAS-. (II)- .. DEDICATO- 

RIA.> ao Clero. (Ill e IV). 
Encadernada juntamente, a seguinte obra do mesmo autor : 

MANVALJIDAS CEREMONIAS jl DO OFFICIO SOLEMNE || DA SE- 
MANA SANGTA. II COMEÇANDO DE DOMINGO DE RAMOS, |! té a me- 
nhãa de Paíchoa da Relurreição. H E COMO SE ANDE FAZER, ONDE 
II ouuer poucos Sacerdotes, ou hum fó. H CONFORME AO MISSAL RO- 



AZEVEDO -SAMODÃES 47 



<L/<^- 



MANO. il POR LVCAS DE ANDRADE CA1'EÍ,LaM || Del Rey, & Prior da 
Igreja de N. S. dos Anjos, !1 Malriz da Villa de Villa Verde. || DEDICADO 
II AO SERENÍSSIMO S. U. AFFONSO || INFANTE DE PORTVGAL |1 
Anno de (Legar de vinhela igual á que vem no fronl. da obra prece- 
dente) 1653. II Com todas us licenças neceffarias. \\ Em Lisb. por Ant. Alz 
Impr. Del Rey N. S. In-S." peq. de XVI (iniims.)-206 pags. — ^í duas 
obras em um vol. E. 

Nas XVI pags. prels. iiiums. o seguinte texto: titulo (I-a II é branca) - «LICENÇAS.» 
(III e IV)~Dedicatoria: «AO SERENÍSSIMO i; Senhor Dom Affonso H de Portugal.» 
(datada e subscrita no fim : ^Lisboa 20. de '} Feuereiro de 1653. || Lucas d' Andrade.») 
(V a XI)-. PROLOGO.» (XII a XIV)-e: . Oratio S. Ephraem. ex tom. pag. 247.. 
(XV e XVI). 

As pags. são ocupadas por musica -espécie de cantochão. 

São obras estimadas ; em edições primitivas e bastante raras no mercado. 

150- Obras. .. Lisboa: em varias typ-, 1654-71. ln-4.'' E. 

Contem : Acções Episeopaes, & Primlegios dos Bispos— Theosobla, ou 
culto que se deue a Deos, com as cerimonias que se deuem guardar 
no Ciioro no Officio Diuino — Illustrações aos Manuaes da Missa sq- 
lêne, òé do Ofiicio sole le da Semana Sania, com hum discurso Eucha- 
ristico. — Eucharlsterion, ou de Alleluya, com hua defensão do dis- 
curso Eucliaristico. — Breve relaçam do qve socedeo ilespois da morte 
da Serenissima Senliora Dona loanna Infante de Portugal. Por... Em 
Lisboa. Por António Aluarez... Itíoi. In-4.° de X ff. s. n. 

EsLas obras são todas publicad,as soltas, mas, coleccionadas, foi-lhes apenso um front. 
com titulo geral; o qual é de impiessão contemporânea. As Acções episcopaes são 
adornadas com uma estampa alegórica, e as restantes obras com vinhetas nos front. 
Tudo aberto a buril em chapas de cobre. Obras apreciadas e raras. 

151— Andrade de Figueiredo {Manoel de) — Nova escola paia aprender a 
ler, escrever e contar. Lisboa. Na offic. de Bernardo da Costa de Carva- 
lho, s. d. (licenças 1722). In-fol. peq. de ante-rosto grav. e com as ar- 
mas de Portugal, retrato do aulor, XVl-156 pags. e 45 estampas grav. E. 

As 45 estampas são abertas a buril e reproduzem delicados c artísticos trabalhos mui ha- 
bilmente desenhados á pena. Estimada. Rara. 

'52— Andrade Ferreira {José Maria de). — Reinado e ultinios momentos de 

D. Pedro V, por... Terceira edição, correcta e augmentada com uma /p^ ^ ^ 

Carta do próprio punho do rei finado, e mais documentos importan- 
tes. Lisboa: Livr. de Ant. Maria Pereira, 1862. {Typ. Universal}. In-S." 
de 116 pags. E. 

Acompanhada do retr. de D. Pedro V (gravura a buril por Souza.) 

133- Andrews (Guilherme Eusébio). — Exame critico e histórico do livro 
dos Martyres de Fox, em que se mostrão os erros, falsidades, e exag- 
gerações daquella obra fraudulenta .. Traduzida do inglez. Lisboa: Na 
Typ. de Bulhões. Anno de 1S28. In-4.o de VIII-5â7-IV pags. E. 
Obra ornada com diversas vinhetas abertas em madeira. 

154— Anecdotas do ministério do Marques de Pombal e Conde dOeiras /C-Jr^ ^ ' 

Sebastião José de Carvalho, sobre o reinado de D. José 1.° rei de Por- 



/M^° 



^ 



48 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^r 



11*^' 



s 



i^ 



tiigal. Traduzidas da nova edi(;ão franceza... Porto: 1802. Pereira da 
Silva (Typ. de F. P. d'A^evedo). In 8." ptq. 2 tomos de XV-22tlV, e 
197 pags. E. 
•155— Angleterre (L') comparée á la France sons les rappoils Conslilulion- 
nels, Légaux, Judiciaires, Religieux, Comnierciaiix, Indnslriels, Kis- 
caux, Scientifiques, Malériels, ele. Par un Ancien Avocat... Paris- 
Çourcier, lnõl. In-S." de lV-lV-420 pags. E. 

Anjos (Fr. José dos). — Serm3o no Auto publico da Fé. . . de Coimbra . . . 
1727. — Veja-se : Autos de Fé {Sermões de). 

lo6— Anjos (Frei Lttis íos). —Jardini de Portvgal era qve se dá noticia de 
alc^úas Saneias, & outras niolheres illuslres em virtude, as quais nas- 
cerão, ou viuerfio, ou estão sepultadas neste Reino, & suas cõquislas. 
Recopilado novamente de vários, ^ granes Autores, pello Padre Dou- 
tor... Religioso, Ó" Chronisla da Ordem de nosso Pacire saneio Agos- 
tinho, natural da Cidade do Porto. Contem boa liç.To peva molhcre.s. 
exemplos pêra Pregadores, moliuos pêra deuotos, & pêra os amigos de 
historias nniyto antigas, & modernas. Anno (Vinheta com o retr. de S. 
Agostinho) tOiB. Imi}resso em Coiíitbra com todas os licenças tiece.isarias, Ent 
casa de Nicolao Carualho Impressor dei Eey. la-4.° de viii ff. prels, s. n. 
62i pags. 6 mais 5 IT. de Catalogo e Erratas. E. 
Clássica e muito estimada. RARA. 

157-Anjos [Fr. Manuel rfos). -HISTORIA |1 VMVERSAL, |1 EM QVE SE DES- 
CIIEVEM OS (I Impérios, Wonaruhias, Reynos, & Prouincias l! do mundo, 
cora muitas confas nota- l! ueis, que ha nello. 1| COPI.\DA DE DIVERSOS 
AVTHORES, Chroniftas approuados, Cr aulhenticos Geograplios. |I A FRAN- 
CISCO CABIiAÍ. SENHOR il da caía de Belmonte, i; (Escudo d'armas do 
mesmo— gravura em chapa de metal, assinada: J.o Gom.) i PELO PADRE 
FR. MANOEL DOS ANIOS |1 Religioío da Terceira Ordem de S. Fr.ncifco. 
II EM COIMBRA NA Officina de Manuel Dias. 1625.— In-i ° áa XXIV (innms.) 
502 pags. E. 

As XXIV pags. prelà. iriums. compreendem: frontispicio (I e Il-ésta em branco) -• A/- 
CENÇAS.' (III e IV).- Dedicatória : «A FRANCISCO 'I CABRAL SENHOR DA 
CASA 'IDE BELMONTE.» (V a VIII). -..PROLOGO AO LEITOR.- (IX a XIII).- 
Varias poesias em louvor da obra e de seu autor, a saber : = DO LICENCIADO 
FRANCISCO 11 Leitão ao Autltor em Metaphora da ferra da \\ Eftretla, pátria de 
/l;n*os II SONETO RETROGRADO.^-. DO P. FR. ANTÓNIO DA ENCARNAÇAM 
WReligiofo da mefma proulicla ao Autltor. WSO^^ETO.' - Do iiiejmo Religioío ao 
Autkor.\\DECílA\S., (XIV a XVIU).- « COMPENDIO DOS CAPITVLOS 11 defta 
obra. (Liuro I. Da Europa- Liaro II. Em que Se trata de Afia. I Liuro III. De 
Africa.) (XIX a XXIII). -e -ERRATAS. (XXIV). 

O Capitulo U da Segunda parte trata «Das Ilhas de Luzon ou rilippinas, » cidade de 
Manilha, fegundo a defcreveram Fr. Marcos Herreira, & outros». 

Obra de valor e muito apreciada. CLíssica. -Edição tida como primeira. Muito rara. 
Bom exemplar. 

Anjos {Fr. Manuel rfos). —Sermão... no Avio da Fee.,. do Euoia... 
1629. — Veja-se : .liiíos de Fé (Sermões de). 

^0 lo8-Annaes n DA || SOCIEDADE PRO.MOTORA || DA jj INDUSTRIA. || 

'l ' I' PRlMEiUO ANNO. I II (Peq. vinheta alegórica) i! LISBOA : |[ NA 



t^' 



AZEVEDO - SAMODÃES 49 



i 



íl(' 



IMPRENSA NACIONAL. \\ AN NO lsi''í:jj. ]ni.°, 4 nrios em igual lui- 
mero de vols , de 293-Í2, 288-VI, 3'J9-IV e 459 pags. E. 

Publicação muito interessante e estimada. Enriquecida com diversas gravuras, abertas a 
buril. Colecção completa, compreendendo 4S Cadernos ou números (12 para cada 
ano). Belo exemplar. -Rara. 

lo9— Annaes das sciencias e letras, publicados deiíaixo dos auspícios //)^ ^ '-^ 

da Academia Real das Sciencias. Sciencias nioraes e politicas, e hellas / '^i) 

letlras. Lisboa, 1857-58. In 4.°, 2 vols. (19 nums.) de VIII-764 o 576 
pags. E. 

Colecção completa de tudo quanio se publicou. Alguns nums. completamente esgotados. 

160-ANNAES MARÍTIMOS E COLONIAES. PUBLICAÇÃO MENSAL. Redi- ^ fl-1^ ^^ 

gida soba direC(;ao da ASSOtlAÇ.Vt) MARÍTIMA E COLONIAL... LIS- 2i ■ 
BOA: NA IMPRENSA NACIONAL. 1840-16. In-S." gr., b series em igual 
numero de volumes. E. 

Publicaç.io muito interessante e apreciada. Reproduz vários inéditos dos séculos XVI e 
XVII, relativos aos nossos domínios ultramarinos. Adornada com diversos mapas, 
plantas de cidades e magnificas litografias, tudo impresso aparte,. em ff. desdobrá- 
veis e simples. Compreende as partes oficial e não oficial. Exemplar completo de 
tudo quanto saiu. -Já pouco frequente no mercado. 

16Í-ANNIVERSARIO (O) DO PASSAMENTO II DE 11 LUÍS DE CAMÕES || NO 
ANNO DE I8Í)2. |1 || AO NOBRE CONDE DE SAMOD.\ES, I! PRESI- 
DENTE DA SOCIEDADE NACIONAL CAMONEANA, 11 ... il (Estes dizeres 
acham-se dentro de arlistico alijado de coniposirão tipográfica com peqs. 
vinhetas de ornamento. Na base do mesmo alçado o registo): — P0fl7'0 || 
TYPOGRAPHIA ÇENTRAL\\ il, RVA DAS FLORES, IS\\ ls9->. [x\-i.° do 
40 pags. B. 

Consta de uma Dedicaloria : <AO ILL.mo F, EX.mo Snr. !l CONDE DE SAMODÃES.. 
(subscrita: O Editor) (pags. 5 e 6) ; -MOTIVOS D'ESTA PUBLICAÇÃO» (7 a 9) ; 
-DISCURSOU QUE TENCIONAVA PRONUNCIAR O PRESIDENTE DA II SOCIE- 
DADE NACIONAL CAMONEANA,!! CONDE DE SAMODÃES II... NO DIA lU DE 
JUNHO DE 1892.... (12 a 18) ; e poesias de diversos escritores, a saber: A. F. 
d'Araujo e Silva, Ernesto Vianna, A. Moreira Cabral, e Joaquim de Araújo. 

Primorosa edição. Tiragem limitada a 36 exemplares, sendo 12 em papel Japão, 12 em 
Whatman e igual numero em linho português. Este é o n.o 1 dos da primeira ti- 
ragem (Japão)- Muito raro. 

102 Outro exemplar. ^. {ylCfí ^ ^ 

E' o n.o 13 da tiiagem geral e o primeiro da em papel Whatman. ' 

Annes Bandarra (Goirafo)— Veja-se Bandarra. 

163— Annotações à enormíssima sentença que .sobre o stipposlo crime de 

lesa mageslade de primeira cabeça foi proferida na cidade do Porto no dia " ■ l!> 

21 d'Agosto de 1829. Pelo Autor da Injusta Acc'amaçaiii do Infante D. Mi- 
guel. Pariz : Na Ti/p. de J. Tastu, ISSO. In-8.° de 93 pags. E. 

Annunciação [D. Diogo da)— Sermam do Auto da Fé... de Lisboa... 
1705... — Veja-se: Autos de Fé (Sermões de). 

Sermam do Auto da Fé... de Évora .. 1710. —Veja-se : Autos de 

Fé [Sermões de). 



50 CATALOGO DA LIVRARIA 



^oS 



3íi' 



5^ 



164-ANNVAE || LITTERAE 1| SO::iETATIS !| lESV !l ANNI M.D.XCVI, |1 Ad 

Tiitres, & iM-aUes eiasdem || Societatis. || (Logar de marca emblemática 

"(pL,^ da companhia de .lesiis, tendo no centro as iniciais / fl S) || NAPOLI, 

Ex Typographia TarquiniJ Longi. IfíOÕ. \\ II SVPERIORVM PER- 

MISSV. In-S." peq. de 1063 pags. nums. e XLI inums., finais. E. 

Volume preciosíssimo para a historia dos jesuítas, não só na Europa como também na Ásia 
Oriente, America, etc. Compreende Cartas ou noticias enviadas dos Colégios jesuiti- 
cos existentes nos seguintes paize? e provincias ultramarinas : Aguitania, Arago- 
nia, Áustria, Belgium, Bélica, Castela, Francite frasmentum, Oermania superior, 
Ilidia, Lugdaiteisis, Lusitânia, Mexicana, Mediolanensis, Perunium (Peni) Pliilipi- 
iicr insalíF, Polónia, Rlieia-ta, Romana, Sardi.iia, Sicilia, ToLetaria e Veneta. 

Nas 17 pags. inums. linais decorre o seguinte texto: «INUEX PROVINCIARVM. » - 
«Errata sic corrigenda.»- «Errata alia cognitu faciliora.» 

Edição de belíssimo labor tipográfico; impressa com pequenos mas mui nitidos caracte. 
res itálicos ou Aldinos. Embelezada com letras iniciais, cabeções tipográficos e flo- 
rões de remate, tudo aberto em madeira sobre desenhos de fantasia. -Exemplar em 
perfeito estado. Raríssimo. 

105— Annuaire de la pairie el de la noblessa de France et des maisons son- 
veraineíí de TEuropo, publiô S'jus la direclion de M. Borel d'Hauterive. 
Année 18i3. Paris., s. d. In 8.» de X v11I-VI1I-;í86-II pSgs. E. 

Ilustrado com diversas estampas, impressas em separado. 

IG6 Annuaire d.; la pairie et de la noblesse de France et des mnisons 
^^ O souveraines de TEurope, publié seus la direclion de M. Borel d'Hau- 

terive... 1841. benxiraie année. P^ris. S. d. In-8.° de X.*C-o36 pags. E. 

Enriquecido com diversas estampas contendo brasões, gravadas a buril em chapas 
d'aço. 



f- O 



l 



li 



¥: 



ItJ" - Annuario d.i Sociedade Nacional Gamoneana. 1.» .Anno— 1881. Porto: 
Snciedadc Niicional Cainoneuita, Editora. 1881. ln-4.o de 317-I[ pags. B. 

168 - Annunciação [D. Francisco da). — Gollecgaõ das pastoraes, e leys, que 
o llBV."'" l'. Geral reformador. .. Ordenou para esta Congregação de Có- 
negos l(--i;iilares Latyranenses dos Keynos de Portugal, em virtude dos 
polerjs de Capitulo Geral, e dd t)do3 os mais que a 8ô Apostólica lhe 
tem comniettidj Coimbra M DCJ.LVIII. No Rial Mosteiro de Santa Cruz. 
Co'i\ todas as licençis necessárias. ln-i.° de 23Õ p igs. E. 
Estimada. Edição muito rara. 

169 Consulta iMyslico-.Mor.d SoLre o Habito de certas religiozas da Or- 
dem de S. Clara Urbanas, na qual se trata da uniformidade, singularidade, 
O Publicidade, Uniões, Divizões, Amizades particulares, Escândalos, & Ou- 
tras couz is, que deve, ou naõ duve haver entre os membros de huma 
Commiini'iade liegular. Escrita Pflo Padre Doutor... Coimbra: No Real 
Coilegio das Artes da Companhia de ,/esiis. Anno de M.DCC-XVI. In-i." de 
XVI IT. prels. s. n. e 295 pags. E. 

Apreciada e pouco vulgar. 

170 Vindicias da virtude, escarmento de virtuosos, nos públicos cas- 
tigos dos hypocritas dado pelo Tribunal do Santo OfBcio, Primeira parte 



AZEVEDO -SAMODÃES 51 



divilida em dois tomos. . . Lisbon Oriental, Na Offic. Fen-eyriana, M.DCCXXV. 
In-8.' peq., 3 vols. de XLVIII o09-I, XVI-6Í6 e XXIÍI-53Õ-1 pags. E. 

171— Annunciaçâo Justiniano (Diogo (ia\ — PRATICAS, || QUE NOS DOUS /Ç:í^ ry O 

ACTOS DE COHTES IIQUE II ELlíEY N. S. || Mandou convocar, & se ce- / 7f> 
lebráraõ na Cidade de || Lisboa em o 1. & 4. de Dezembro de 1f'97. II 
FEZ II O ILLUSTllISSIMO, E REVERENDÍSSIMO SENHOR || DOM DIOGO 
II DA ANNUNCIAÇÂO JUSTINIANO, || Arcehifpo de Cranganor; do 
Confelho de || Sua Mageftade, &c. || (Escudo d'ai-mas leais porlu^íue- 
zas) II i/SBO^, II .Vrt Officina de MIGUEL DESLANDES, \\ Impreílor de 
Sua Muge/íade. \\ Com ioda» as licençux necpf farias. Anno de 1697. ln-4.* 
de 19 pags., além de uma em branco, flnnl. B. 

As pags. I e 2 (inums.) constituem a íolha de rosto ; e as 3 a 19 inserem o texto da Pra- 
tica. No alto da pag. 3 uma vinheta de cabeção, a qual tem no centro o escudo 
d'armas portuguesas; e no fim da 19 uma outra vinheta representando um vaso com 
Hôres.- Multo rara. 



r/^'^ 



^^^6 O 



172— Anti-Catastrophe (A), Historia d'i:i-Uei D. AfTonso VI do Porlugal. 
Publicada Por Gamillo Aurelliano lia Silva e Souza. Porto: Typ. da Rua 
Formosa n.o 343. 1845. ln-8.o de XXVI-7I3 pngs. E. 

Muito apreciada e POUCO VULGAR. 

173-ANTIQVITA- II TVM VAHiV-||RVM AVTO- II RES i| Quorum catalogum 
se- II quens continet pn- || gella. || (Logar de marca do impressor) || APVD 
SEB. GRY- II PHIVM LVGD. || M D.LU. (1552). In-l^." de 887 pags. E. 

Volume curiosíssimo pelo grande numero de autores antigos que nele se acham repre- 
sentados por seus c.critos, a saber: Myrsili Lesbius, M. Porcius Catonis, Archilochi 
de Temporibus, Berosi, Manethonis, Metasthenis, Xenophontis, Q. Fabius, C. Sem- 
pronius, Philonis, C. Julius Solini, Pomponius Melíe, Pomponius Laíti, P. Victoris, 
L. Fenestela?. 

Primorosa e formosíssima edição. Muito para. 

174— Antonil (/iHrfre J««o). — CULTUIÍA E OPULÊNCIA || DO RiíAZlL, POR 

SUAS DROGAS E MINAS, || COM VARIAS NOIICnS CURIOSAS DO MO- ^ . 

DO DE FAZER O ASSUCIAR; || PLANTAR E BENIFIi;iAR O TABACO; ^ tS C>9t '^ 

TIRAR OURO DAS .MINAS, E || DESCUliRlR AS DA ['RATA, E DOS 
GRANDES EMOLU.MENTOS Q[]F. \\ EST\ CONQUISTA DA AMERICA 
MERIDIONAL DA' AO REINO DE||PORTUG\L COM ESIES, F. OUTROS 
GÉNEROS E CONTRATOS RE\ES; || Obra de André João Anlonil, || 
OFFERE';ll»A AOS QUE DKSE,I.\0 VE1{ GLORIFICADO NOS ALTARES 
II AO VENERAREL {sic) l'ADRE JOSÉ ANCHIETA, || Sacerdote da Com- 
panhia de Jezus, II Missionário Apostólico, e no\o Thaumalurgo do Bra- 
zil. II IMPRESSO EM LISBOA, || NA OFFICINA REAL DESLANDERINA 
COM AS LICENÇ.\S NECESSÁRIAS. !| NO ANNO DE 1711. || NOVAMEN- 
TE REIMPRESSO NO RIO DE JANEIRO \\ ^■"~ \\ VENDE SE l\ EM 

CASA DE SOUZA E COMP., II BUA DOS LATOEIROS, N." tíO || || 

1837. (No verso do ante-rosto : — TYP. IMP. E CONST. DE J. VIL- 
LENEUVE E COMP., || BUA D'OUVIDOR.). In 8." de VII-214 pags. E. 

Nas pags. prels. V a VII um Preambulo d'.0 EDITOR |i AO PUBLICO., (datado e 
subscrito no fim: »Rio, l.o de Agosto de 1S37. l| O EDITOR.> 



52 CATALOGO DA LIVRARIA 



/ 



Obra muitissimo interessante e estimada. Edição já bastante rara no mercado. Bom 
exemplar. 
175-Antonio {D. Prior ,U Crato). -¥.\\lM\'Lk\>. || EPISTOL/K, QV^ || An- 
TONii I. PoRTVGALLi.K, & Algarbiofum Regis noiíiine ad || SancliíTimuni 
Patreni Gregorium 1| XllI. dicitur eíle mílTa, Lusitano H lermone conf- 
' ^ cripta, opera tamen || & indiiltria Octauij Siliiij, eqiiitis || Romani latinitate 

^ ^ '^' donata, & in ii Incem edita, ac lacobo de Men- 1| doca, Hilpano equiti de- 

dicati. li M (Vinheta lipognifica de ornamento) L || [S. ind. de l. ou de d- 
de impr.— século A"F/).— In-S.» peq. de 79 pngs. nnms., além de uma em 
branco, três innnis. e outra em branco, finais. E. 

As pags. 1 e 2 (inums., pois que a num. so começa a aparecer da 3 em diante) cons- 
tituem a folha de frontispício ; nas 3 e 4 : .OCTAVIVSl] SILVIVS ILLVSTRl VI-IIRO 
UcoBo DE Mendo- i|çA, S. P. D.»; nas. 5 a 79 o texto da Carta; e nas três 
ultimas inums.: .EXEMPLAR'] LITERARVM QVAS SVM- 11 mvs Pontifex Grk- 
GORivs 11x111. ad Henricum Portugaliia!!! Regem mitit fuper legitimi- B tate Antonij, 
Iníãtis Lu-1 douici (ilij nunc eriã 'I Portugallia: Regis, || huius nominisi,! primi. || CHA- 
RISSIMO IN CHRISTOW filio nostro Hc-iriío PortuaaUiif gr Al- '\ garbioram Regi 
Illiístri Saruta- Ro-'imai'e Ecclsfiae Cardiímli arc-\\gorius Papa. XIII.' (No fim: 
• Datam Roma' apud Saneiam Petrum ;i Jab amilo Pifcatoris Die 7. Scptembris 
1379.\\Po:it!ficatiis itojtri anuo. S. ][ Io. Bap. Canobius.»). 

No frontispício, a seguinte nota firmada á pena : -.-1 Carta foi datada in Ruão em 15S3. 

Opúsculo interessante e muito apreciável. Raríssimo. 



res qui ab uctaviani Augusii aevo aa anni 
t /^n. O ^ Auctore D. Nioolao António, Hispaleiíil, &i 

/ / ^ Bayerio. Valentino, &c. qui et prologum, & 



17t) -António (lYicolou). — Bibliotheca hispana vetus sive hispani scripto- 
res qui ab Octaviani Augusli aevo ad annum Christi md. tloruerunt. 

&C. Curante Francisco Perezio 
Auctoris vitie epitomem. & 
nótulas adiecit. Tomus jjrimus. , (Vinheta alegórica com o escudo d armas 
reaes de Hispanha [Raf. Ximeno lo inv. ;/ dib. — Mariano Brandi lo ijrabój, 
a qual se repete nos seguintes tomos). Matrili -Ipi/á ]'iduam et heredes JJ. 
Joachiini Ibarroe Reggi (,>uandain Ti/pographi MDCCLXXXVllí. In-fol. do 
iv-xxvir otiG-viii pags. 

2'onius secundas ab anno M. ad MU. — Ibi, pelo mesmo impressor, 

MDCCLXxxiii. lii-fol. de IV 467-xxiv pngs. 

Blbllotheca hispana nova sive hispanorum scriplorum qui ali anuo 

M.D. ad MDGCL\x.\iv floruere notilia. Auclore D. Nioolao António... 
Nunc primnm prodit recognita emendata acla ab ipso auclore Tomus 
primus. Matriti Apud Joachimum de Ibarra Tgp. Kegium. MUCCI.XXXIII. 
In-fol. de xii (s. n.) xxiii-830 pags. 

Tomus secundos. Ibi, pelo mesmo inpr. iiDCCLXXXViu. In-fol. de 

lv-669-1 pags.— iofe de 4 vol. E. 

Obra bibliográfica verdadeiramente monumental c muitissimo estimada dos bibliófilos. 
Belo exemplar. 

O volume primeiro é enriquecido com duas belas gravuras a buril : a primeira reproduz 
um magnifico retrato de Carlos III (R. Ximeiíc iiiv.-F. Selma iac.j ; 3. segunda, 
o do autor da obra (Fcrd. Selma delitt. et scutp.). Além destas gravuras, apresenta 
ainda o primeiro volume (e também os restantes) diversas en-têtes e vinhetas deco- 
rativas, gravadas primorosamente a buril pelos mesmos artistas. 

Belo exemplar; e com encadernação antiga. -Rara. 



AZEVEDO - SAMODÁES 53 



178— APLAUSOS 11 ACADÉMICOS || p rellaçaõ do íelice successo || da cele- 
bre vietoria do Ameixial. || OFERECIDOS || Ao Excelentíssimo Senhor || 
Dom Sancho Manoel II Condo de villaflor, || Pello Secretario da Acade- 
mia [\ dos Generosos, || e Académico Ambicioso. 

Este titulo acha-fe no centro de elegante e mui artística portada (gravada a buril cm 
chapa de metal) : Por baixo da mesma portada o seguinte registo : 

Em Amsterdam em casa de Jacob vás Velsen. Ano de 1673. In-i." de, 
além da referida portada, XXIV (inums j-384;-236 pags. E. 

As XXII pags. prels. compreendem: Dedicatória: .AL EXCELLF.NTISSIMO SENHOR |1 
DOM SANCHO II MANOEL II COA^Df ^T SENHOR DE VILLAFLOR...' (datada 
e snbscrita: «Guarde Deos a pelToa de VEx.a Lisboa 16. lide Septembro de 1C71... 
O k-aih\z\o{' o \\ Secretario da Academia dos Gencrofos.») (I a XIV)- ..ELOGIOS |1 /Io 
Senhor Dom António Alvares da Cunha, \\ Senhor de Tabíia ^ct. Autor da Rella- 
çaõ da\\ Campanha de Portugal...^ -<Do muito Reverendo Pndre]' Frey Jerónimo 
Vahia\]k Magestade dei Rey Dom Affonso || Sexto approvando a Rellaçaõ da || Cam- 
panha de Portugal.» (datada e subscrita: Lisboa no Mosteiro do Príncipe de todos 
os Patriarchas, ^ Pay de todos os Monges de S. Bento, 30 de lulho \\ de 1663. || ^"r. 
Jerónimo Vahia.» (11. XV) -Um Soneto «De Manoel Frade de Carrecre. '—oairo ^Do 
Cândido.' (frente da ti. XVI)-um 3. o: «De Manoel Nogueira de Souza.'-e um 4.o: 
<Do Capitão D. Miguel de Barrias.' (verso da mesma II. XVI) -.- PROLOGO || AL 
II LECTOR. • (subscrito no lim com as iniciaes : D. M. D. B.) (é em verso e ocupa a 
11. XVII, frente e parte do verso da XVllí)-^Al Curioso, (uma quadra inserta na 
restante parte do verso da mesma ti. XVUI). 

No verso da folha do frontispício, vem: ^ Al retrato do excelentissimo Sehor\\ Don SAN- 
CHO MANUEL, II Conde de Villallor, &c. || SONETO || Del Cap. Don MIGUEL DE 
BARRIOS.» 

Depag. 1 a 76 decorre o texto da relação da: ••CAMPANHA DE PORTUGAL]] PELLA 
PROVÍNCIA DO II ALEMTEJO, H Na Primavera do anno 1663. gover- l| nando as Ar- 
mas daquella Província l| O EXCELLENTISSIMO SENHOR l| D. SANCHO MANOEL 
II CONDE DE VILLAFLOR.» ; de 77 a 94 uma interessante . LISTA DO QUE 
CONTINHA O EXERCITO CASTELHANO.' e outra ^ DO QUE CONTINHA O 
EXERCITO PORTUG UES.> -Na. pag. 95 um Labyrinto enfis Lufitanorum vejti- 
gia feliciter rexit.> ; e da 97 em diante numerosas compofições (em prosa e verso) 
de vários autores, em latim, hespanhol e português. 

As 236 pags. finais são precedidas de um titulo que diz: ^ APLAUSOS |! ACADÉMICOS. 
II Oração Panegírica fl Na cellebridade do Certamen. |1 (Emblema) |1 Pello Académico 
Saudozo.» 

Além do mencionado, o volume insere vários emblemas, um ^Labyrinto : Enigma: So- 
iieto : Encomiástico, Acro j' tico, Anagrammatico : em ]| vinte e oito Anagramas rign- 
rofos. He cada circulo hum verjo, cada \\ ver j'o dous Anagramas...' (consagrado 



António de Fadua f.s',) — Opor.i omnia... — Voja-se : Assis (S. Francis- 
co de). 

177— Antunes Monteiro (P. João) — lUlai.aõ liisturica, e jiiridica da Fun- 
dação dos Congregados de nossa Senhora da Assumpção na Corte, e /jf l) ^ 
Cidade de Listoa Occidénlal, e das contro\eisias, que se excitaõ enlre 
esla Congregação, e a Parochia de Saõ Nicolao. Oflerucida á Soberana, e 
Angustissima Rainha Nossa Senhora, e Padroeira da dita Igreja. Pelo 
Seu Prior .loão Antunes Monteiro. (Vinheta). Lisboa Oriental. Anno de 
3ÍDCCXXXIK Com todas as licenças necessárias. In-fol. de x. IT, prels. s. 
n. e 328 pags. nums. E. 

O frontispício é impresso a preto e vermelho. Livro muito estimado para a colecção das 
Crónicas das Ordens monásticas. Belo exemplar. Raro. 



//.^^c 



54 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



M" 



6 



r//^ 



AO SENHOR CONDE DE VILLAFLORj; uma gravura tendo no alto um peq 
retr. de Don Sancho Manuel? e, pela parte superior, o titulo: «PALÁCIO DE LA 
SABIDURIA II Fuiidafe eit el Aplaufo que le dirige ai Exceleiítifsimo Serlor'] DON 
SANCHO MANVEL, Conde y Seriar de Viílaflor |i EL CAPITAN DON MIGUEL 
DE BARRIOS.' (pag. 209). A isto tudo accresce ainda uma outra gravura a buri' 
(impressa em separado e colocada em seguida á ti. do frontispício), que figura o 
Conde de Villatior montado no seu ginete e em acção de comando em momento de 
combate. 
É obra curiosíssima e muito estimada. Primorosa edição (única publicada), impressa em 
papel de excelente qualidade. Belo exemplar. Muito rara. 

17'.)- APOYOS ,1 DRLA VERD.^D || Cn'\LANA || CONTRA I! Ias obieciones 
(ie vna juftificacion, || que lo hizo eii nombre dei Rey || ('atholico con- 
tra ef.a II Pronincia. || CON LO.S CARGOS, QVE IMVSTA- || menle fe le 
inipufieion, por vnos papeies vointes. || y detergos a ellos. || (Logar 
de escudo d'arinas reais portuguesas) || Com todax as licenças necejfariut. 
II Em Lisboa. Por Jorge fíodrigues. Anno de 1642. In4.* de 56 pags. 
inunis. B. 

Na 1." pag. o titulo, que se encontra emoldurado por tarja composta de peqs. vinhetas tipo- 
gráficas de ornamento, simetricamente dispostas; a 2. a está em branco ; na 3. a a Dedi. 
catoria «A || FRANCISCO DE LVCENA COMMENDADOR DA H Ordem de Cbrifto. . . • 
(datada e subscrita: Lisboa, \\ aos 17. de Janeiro de 1642. ^J- o II. da Restauração de 
II Portugal. 11 Lourenço de Queiroz.., -o Editor) ; na 4.a as Licenças, e da 5.a era diante 
o texto da obra propriamente dito. 

.Na ultima pag., rematando o texto, esfoutro registo tipográfico: Com todas as licenças 
iiecefsarias.]]Em Lisboa por lorge Rodriguez. Anno de 1641. lj/1 cufta de Lou- 
renço de Queirós Liurelro do\\Ej'tado de Bragança.'. 

Curioso. Belo exemplar. MUITO RARO. 

180 - Applausos Académicos da Universidade de Coimbra. A Ei-Fey N, S. 
Q o ^'' ^0^0 IH. {No ílm): Conimbríce. Superiorum permísso, Expensio Vni- 

uersitatis, Ti/pis Diduci Gome.t de Loureiro. Anno DoniinilQiii. In-4.0 de XI- 
123 ff. e mais 4, desdobráveis, enlre as ff. 07 e 68. E. 

Além das pags. e tolhas registadas, o vol. contem uma artística portada ou frontispício 
(grav. a buril por José de Avelar) encimado pelas armas do reino e adornado de 
diversas figuras; no centro o rotrato de D. João IV. O texto consta de poesias em 
latim, portuguez, italiano e hespanhol. Estimada e não vulgar. 



a» 



M 



ISl- Apresentação I Fr. Liii- d;).— \"\r\a e moity do Padre Fr. Estevão da 
Purificacãd, Helitíioso da Ordem de N. .Senhora do Carmo da Pro- 
uincia de Portugal. Diri};ida a D. Lvyza Coulinha (sic) Condeca do Sabu- 
^íú. (Escudo d'armas da ordem de N. S. do Carmo. — Por baixo): — Em Lisboa 
com licença dn S. Inquisição, Ordinário lè Paço. Por Pedro Craesheeck . . . 
Anno 1(521. lii-4.° de xvi-3bõ pags., afora 3 de índice. E. 
Exemplar com as primeiras e ultimas paginas concertadas. 

188— Apresentação (Fr. Manuel da).— O Breviário explicado, assim o Ro- 
^ mano, como o Seráfico, Com as suas respectivas Rubricas, traduzidas 

em Portuguez. . . Por. . . Lisboa : Na Regia Offic. Ti/p. Anno MDCCLXXVIl 
In-8.« peq. de tí09-I pags. E. 

183— Aquino (Fr. Thomaz áe).— Elogios dos reverendíssimos padres DP. 

jy I Abbades Gemes da Congregarão Benedictina do reyno de Portugal e 

Principado do Brazii. Que oíTerece ao R.™» P. p. Geral Fn. João Raptista 



AZEVEDO -SAMODÃES 55 



da Gama cx Geral Beneiiclino &;c. &c. sen autor o P Porto: Na offic. 

de Francisco Mendes Liinn. m.dcc.lxvij. Iii-4.° de XXXII-465 pags. E. l // ^ 

M O O 
184— Aracoeli [P. Francisco rfe).- . Norma viva de religiosas. Tratado his- //^ 
lorico, e paiiegyrico, em que se descreve a vida, e acQõens da serva 
de Deos a madre Leocadia da Conceicam, Religiosa no rocoleto Mos- 
teyro da Madre de Deos de Monchique. Lisboa Na Offic de Miguel Ma- 
nescal... Anno de I70S. In 4.° de XXIV (inums.)-17l-III pHgs. E. 

185-Aranda (Jiwn rf?).— l.VG.VRES 1| COMVNES DE CON- || CEPTOS, Dl- j, 

CHOS, Y II Sentencias en diuer.sos matérias. il GOMPVESTO POR EL ^!^9^ ^ ^ 

LICEN- II ciado luaii de Aranda, vezino de !aen. || DiniGinO AL DOGTOIí 

PEDRO GVTlE- II rrez, de la Ordnn, y Gaualieria de Alcântara,... || ^r^o 

(Logar de marca do impressor (a mesma que vem no frontispício da 

edição original do frontispício da 1." p;iile do D. Quixote), gravada em 

madeira) tfilS. \\ CON LICENCIA. || EN MADRID, Por lunn de la Cuesta. 

II [I A costa de António Itodrigue: mercader de lihros. In-4.'' de lY IT. 

(prels.) inums. e 206 nuras. na frente, não incluindo IV inums. íinnis, 
com a TABLA. E. 

As IV ff. prels. inserem: frontispício (1) - T/lSS/l.; Fe' de Erratas.; APROVACION., e 
LICENCIA. (II)-. DEL LICENCIADO IVAN. |1 dei Salto Aranda, 11 SONETO.; «SO- 
NETO (aliás duas oitavas) DEL MISMO»,- </)£D/C/irO/?M..> (subscrita : Diego 
Vazquez). (Ill)-e PROLOGO AL\\Lector> (IV). 

É obra, no género, muito interessante e estimada. -Boa edição (2.a, ou 3. a?). E.vemplar 
com o frontispício reforçado e carecido das duas derradeiras folhas (Tabla), ten- 
do-as porém manuscritas. -Rara. 

186— Aranha (TAomas). — POESIAS || COMPOSTAS || NA VNIVERSIOADE DE 

IIGOIMBUA NA GGCNSIAÕ DA || feliciflima, & miligrofa acclamaçaõ, 

& Co- II roacão d'el Rei noílo Senhor Dom loaõ o i| quarto de Portugal, 

que fe não otfere- 1| ceraõ no Certamen Poético, que || na dita Vniverfí- 

dade ouve || ne.Ti andão no I| livro dos íens || applaufos. || EM LISBOA 

II II Com todas as licenças necef farias. || Na Ojficina de Lourenço 

de Anveres. || Anno de Itii."?. — ln-i.° de 32 pags. B. 

As poesias constam de : Canções, Sonetos, Decimas, e Romances. 

O penúltimo Soneto é encimado pela epigrafe : «SONETO 1| à hu Quadro da adoração dos 
Sonetos \\ Reis Ma^yos, que el Rei N. S. mã- \\ dou fazer à lofeph do\\ Avellar.t; e 
o ultimo : «SONETO || A morte da Marque f a de \\ ViUareal, que falte- \\ ceo no Cou- 
ueiito II de Celtas de \\ Coimbra.* 

Em remate do texto vem a seguinte declaração: «Taixão eftas Poezias em 30. reis Lis- 
boa 28. de Fevereiro 11 de 1645. 1| Coelho Ribeiro». 

Publicada anónima. Apreciada. Muito rara. 

Aranha (Frei Jouo)— Sermão .. — Veja-se : Relação das exeqrias... 

Aratoris Cardinalis HISTORIA APOSTÓLICA.. — Veja-so : BAfíBOSA 
(Aires), 

187— Araújo (P. .4«ío«!í)). — Definiçoens moraes muy uteys e proveytosas 

Para curas. Confessores, & Penitentes. Recopilado pelo Lecenciado /;íL Q Q 

Domingo Maneyro das obras do Doctor Ghristovam de Agnirre. Tra- 
duzido do Castelhano em Portuguez pelo... Acrefcentado com todos 
os cafos refervados aos Bifpados deite Reyno de Portugal... Lisboa: 



<ro^^ 



56 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



'J 



i^^ 



líL 



Na Offic. de João Galvão . . Anno m.dc.lxxxi- In-S." peq. de VII-389-1II 
pags. E. 
188— Araújo {Joaquim de).— Xo casamento lie D. JoSo V. (Reimpressão de uni 
I ri V opúsculo de José de Oliveira e Sousa). {Marca da tipografia). Génova: 

1 (L Tipografia R. Instituto Sordomuti, 1902. In-8.° de 11-14 pags. B. 

As pags. 3 a 5 inserem uma ADVERTÊNCIA do editor, datada e subscrita : «Génova, 1 

de Janeiro 1902 |i Joaquim de Araújo. 
Tiragem limitada. Exemplar com oferta autografa do editor ao Conde de Samodães. 

189-Araujo de Castro {Ma>,„el rf.). -COMEDIA || FAMOSA, INTITVLADA, || LA 
^ MAIOR HAZAXA DE POHTVGAL. li DEDICADA A LA MVI ALTA, !1 ínclita, 

Q Ciitholica, y Sorenilsima Sefiora D. || Lviza Heyna de Portugal. [1 COM- 

PVESTA POR EL LICENCIADO || Manuel de Araújo de Caftro, natural 
de la Villa de Monçon || Ribera dei Mii"io, y Itector de la Igleíia de S. 
Pedro de || Merusa Arçobilpado de nraya. Anno Dni (Escudo d'armas reais 
portuguesas) de 164õ. || Com todas as licenças necejsarias. \\ Em Lisb. por 
António Aluares ImpreUor dei Reij N. \\ A custa de loão Leite Pereira Li- 
ureiro, <& em fua cofa fe vende. In-i." de IV (inums,) -381 pags., afora uma 
branca final. B. 

As IV pags. prels. inums. compreendem; frontispício (I e II) -« DEDICATÓRIA. || MVI 

ínclita, E sereníssima S. ||D. Lv.za Rainha de Portugal., {datada e subscrita; 

iMonçaõ 20. de Mar- \\ço de 1642. II ... 11 Manoel de Araújo de Caftro ) - e *LICEN- 

CAS.y 
Na ultima pag., por baixo da marca do impressor, o seguinte registo: «EM LISBOA |1 

Com todas as licenças iiecef farias. \\ Por António Aluarez ImprelTor Del-HRey 

noffo senhor. Anno U de 1545.. 
Apreciada. Bom exemplar. Muito rara. 

190— Araújo e Silva {Manuel Cesário d').— O Hospital de S. José, e annexos em 
^ 1853. Opúsculo por... Lisboa. Typ. da Imprensa .. Í853. In-8.o de lll-I 

pags. E. 



i 



i' 



191— Ardizone Spínola {D. -l níoMio).— Cordel triplicado de amor a Christo 
O Jesu Sacramentado, Ao Encuberto de Portugal nacido, A seu Reyno 

restaurado, lançado em três livros de sernioens, da felis aclamaçam d'el 
Rey Dom Joam IV... Lisboa. Na Imp. de António Craesbeech de Mello, Im- 
pressor da Casa Real. Anno de 1680. In-4.'' de lx.\x-7.3G-I08. [Num. er- 
rada.) pags., contendo as ultimas os Índices. E. 

É ornado com os retratos do príncipe D. Pedro, D. João IV (em duplicado) e do auctor 
(em acção de ministrar a comunhão aos naturais da índia), e com duas arvores ge- 
nealógicas. Tudo grav. em chapas de metal. Esta obra foi proibida pelv. Edital da 
Meza Censória de 6 de Março de 1775. Estimada e muito rara. 

l9-2-Ardouin-Dumazet.— Le 12.e corps d'armée et les Man(Kuvres de 1886. 
Avec douze croquis de la marche des opérations, et une photographie 
des officiers étrangers. ,1 Paris... Baudoin é Lie, s. d. In-8.'' de 308-1 
pags. E. 

Areda (P. Diogo de)— SermSo. . . No Acto da Fí... de Goa... 1644.— 
Veja-.se : Aulox de fé {Sermões). 



i 



AZEVEDO -SAMODÃES 57 



^S%oo 



193— Arevalo (/'«msíího).— Hyiiino lia hispânica ad cantus, latilinitatis. me- 

Irique leges levocala, et aiicla. Piaemittiliir disseitatio De Hymnis Eocle- / ,. 

siasticis corumciue correctione, atque óptima constitiitione. Accedit Ap- / K '^ ^ 
pendix. I. De festo conversionis (Jollioniin in^tiluendo. II. Breviarii 
quignoniani fata. III. Censura Hymnorvni Sanlolii Victoiini. . . Avctore. . 
Somce : e Ti/p. Salomoniana ad Divi Ignatii cPl^cc xxxri. In-4.° de XVI- 
469- II pags. E. 

As pags. prels. V a XIV inserem a Dedicatória ao : lllustríssimo, et Reveieiídissimo 

Clero Hispano. 
Obra interessante, formosa edição. Frontispício impresso a prelo e vermelho. Belo 

exemplar. RARA. 

194-Argote de Molina (GoH;:n?o). — Xoble/a dei Andalii/.ia. Al católico Don 
Philipe N. S. liey de las Espanas... Gonzalo Aigote de Molina dedico 
y ofi-ecio esla historia. En Seitilla por Fernando Diaz. Ano. l.JUS. In-fol. de 
\ ft'. (prels.) iniinis. e 348 nunis. na frente E. 

Obra enriquecida com numerosos escudos (gravados em madeira) intercalados no texto. 
No verso da ultima 11.. rematando o texto, o colofóti íinal e a marca do impressor. 
Estimada. Exemplar falto do fronlispicio e das cijico f(. imediatas (prels.). — MUITO 
RARA. 

Discurso.. — Veja-se : Crohicas,. . 

193— Argus {Cornelio).—Ó progresso moderno e o compadre calnrra ou uma //^ i"^ ^ 

palestra ao cahir da tarde por... (Segunda edigão correcta e augmen- 
lada)... Editor: José Frucluoso da Fonseca, [s. d.). In-8.° de 1-26 pags. E. 

Árias Montanus (flenío).— Veja-se : BIBLIA SACRA. Ântuerpi, 1569-72. 

196-Arias Perez (Pedro). — PRIMAVERA, || Y FLOR DE || LOS MEIORES 

ROMAN- 11 ees que han falido, aora nueva- || mente en efia Corte, re- , xr 
co-||gidos de vários [| Poetas. || PUR EL LICENCIADO || Pedro Árias So)^ Ct ô 
Perez. II DIRIGIDO AL M.VESTRO || Tirfo de Molina. || Con todas las li- 
cencias necefsarias. || || Em Lisboa. Por Matlheus Pinheiro. \\ Anno 

M.DC.XXVI. In 8 o peq. de VIII folhas (jirels ) inums. e 110-14 nums. 
na frente. E. 

A folha I (prel.) é para o frontispício; na 11 as «LICENÇAS»; na III a Dedicatória : 
■AL MAESTRO TIRSO \\ de Molina.-; na IV e frente da V o '^Prologo ai Letor.; 
no verso da V uma decima «DEL P.\DRE F RAY || PLacido de Aguilar, Procurador 
II Mayor dei conuento de nueltra [\ Sefíora de la Merced de Madrid, ai Autor»; e 
nas VI a VIII a TABLA DE LOS RO-|| mances, letras, y otras cofasUqiie contiene 
este Ro- 1| mancero». 

As ultimas 14 folhas do volume compreendem a: SEGUNDA H PARTE DE LA PRI- || 
MAVERA DE RO- H MANCES.> 

Esta ediç.ão é uma das mais raras de quantas se fizeram d'este pequeno mas muito inte- 
ressante e apreciado Romanceiro. Salva cit.a-a (por vel-a mencionada por Brunet no 
Manuel dii libraire), mas n<ão conseguiu vêl-a. Este ilustre biblióíilo e bibliografo, 
que possuía exemplares de edições anteriores e posteriores .á que apresentamos, não 
menciona, em qualquer delas, a «Segunda parte^, que a nossa contem!— Bom 
exemplar. RARÍSSIMA. 

197-Arlosto (M. /.orfoDico). — ORLANDO FVRIOSO || Dl. .. || ornato di varie 

fiiéure, con ai- 1| cune stanze. || ET ClNnVE CANTI D'VN NVO- 1| uo libro <,-j^ © o 

dei Hiedesinio nuouaraente || aggiunti, & ricorretli. j| CON ALGVNE AL- 



58 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



/((í>- 



âl' 



ll^ 



(/^ 



jd. 



Lf:GORlE, II & nul fiae una breiíe espo^it oae. || ET TAVOLA Dl TVTTO |i 
1! .inello, cho null"op.-i-a [| si conlierio. || GOX PIíIVILElíIO. (Este titulo 
no alio do froiilispicio, ri-nlro de porUculo gravad) em madeira : Na base 
do mesmo): /zV VINEGIA APPRESSO G.\BE1EL\\ GIOLITO DEFElt- 
RARl\\ MDL. \a-'^.°Aii :-iOO pius. niims nafieiítee XXVIH inums., finais E. 

As ultimas XXVIII pr.gs. compreendera: .ESP03ITI0NE Dl TVrTIHI VOCABOLI... 
(Com frontispicio próprio, o qual tem no verso um retr. de Ariosto, gravura em 
madeira); ..TAVOLA Dl TVTTE LE |1 COSE NELL'OPERA CON- H TENVTE....; e 
um novo registo tipográílco acompanhado da marca do impressor (gravada em ma- 
deira). 

Esplendida edi';ão, impressa a duas coluna» por pag. e enriquecida com numerosas e 
interessantes gravuras em madeira, intercaladas no texto.— Muito rara. 

198 Orlando Furioso, An Heroic Põem, Translated & Gompress d inio .i 

,<3> connecte;! narrat v(! from t^ie Ilalian of Ludovico Ariosto, Hy John lloole. 

r.omplete in ona Volume. I.ondon : Pahlished bi/ Sentchei-ã ((■ f.ettsi-mon. . . 
ISlii. In-r2.° de fcont. yr.ivado e VII-.^jG,") piígs. C. 

No fim o colofâí: -Whittingham & Rowland, P.'inters, Gjs.vell Street, London.» 
O frontispicio gravado e uma gravura de ante-ro5to est.ão assinadas: Angélica Kauffmart 
R. A. dei. -John Romaiey scutpt.» 

■199 Roland furieiíx ; traiiiolinn nouvelle. aveo une Intruduclion 

^ et des notes par C. Hippsau. Paris: Gn-nier Frères, 1S76. ln-8.°, "2 vols. 

de IV-XVIl-496 e IV-558 pngs. E. 

200— O Aristarco portugjez. Revista anmial de critica litteraria — l." Anno 
—1268. Coimbra: Iiiip. da Unioersidade, 1868. In-8.° dn IV-Í>05 pags. E. 
Depag. 15 a 26 decorre um artigo de critica ás obras que Cimillo Castello Branco publi- 
cou n' aquele ano, artigo esse intitulado: CAMILLO CASTELLO BRANCO, e divi- 
dido em VI capítulos. -Único ano que se publicou. RARO. 

201 — Arlstophanes. — Comoediae undecim, grieee et latine, ex codd. mss. 
emenditae : Guni sclioliis antiquis, inter quae scholia in lysistralam ex 
''' O God. Vessano nunc primiim in Incem prodeiint. .\cccdunt notae viro- 

rum doctornm in omnes comiedias ; i'iter quas nunc primum eduntiif 
Isaici Casauboni in Equitos ; illustriss. E/.e.-h. Spa'ihumii in três prio- 
res; et r.ichaidi Beiítleji in duas priores, comielias oh-iervaliones, 
Omnia coUegit. . . Ladol|ilHis Kuslerus.. (Vinheta figurando um cavalo 
ala lo, gravada en ■•.obre). Excunum Aiii.ttelodufnt : Siiinptihiis TlionuK 
Fritsch . . A. MDCCX. In foi. de X1I-XXVI11-580-324-LIII pags. E. 

Edição muito apreciada; primorosamente executada e contendo os textos grego e latino. 
Muito bem impressa em papel de linho de excelente qualidade. -Rara. 

202 — Aristóteles— Aristotelis de reprehê !| fionibus Sophistarum. |] Liber unus. 
II NIGOLAO GBOVGHIO || Rhotomagenlsi interprete. 1| (Logar de marca do 
'■ '' Impressor: um dragão enroscado em um tronco darvore espetado no chão 

do qual se desenrola um fitilho em que se lê a divisa: SALVS VIT/E) 
II CONIMBRICA-j. II Apuã loannem Barreriítm: ^ loannem \\ AluarezW M. 
D. XLIX. In-4.° do 101 pags , afora uma de Errata sic emenda, e uma 
folha que tem aper.as, no centro da f.ice, um colofàn final. E. 

Na 2.a pag. (verso da folha de frontispicio), a declaração: ^ Nicoiaus Grouchius \ otriíu- 
bus in Rcgiiim Lufítaniiv Gymnafsio stu(iiofis\^PirUoj'ophiír anditoribus. S. P.* (no 
lim datada: ^Conimbricte, ex régio gymnafio. X. Cal. Augujt. \\ M: D. XL1X.>). 



AZEVEDO - SAMODAES 



59 



o Colofói final, diz textualmente assim: « Excussum fuit iioc o- '! pus iWelchioris Bc- 
leaje diligentia, ac i; impínTis in gratiã literarum. n Excuiebait loaiies Bcrrerius <^ 
loa lús Alua- \\ rus Typographi Repj. \\ Aiiw. M. D. XLIX. \\ Meiíje Septemb.' 

Formosa eiiçiú ;. primorosamente impressa com caracteres aldinos, ou itálicos, excepto 
nas Erratas, que c com redondos. . 

Belo exemplar, enriquecido "de valiosas notas manusaitas (caligrafia do século XVI ou 
-WH), firmadas á pena na malhem de algumas das paginas.- RARÍSSIMO. 

203-|]^ ^rlc pnrn liii-it rõfrffnr.. tiiirijas... mil n. Ç. rruij (lõíT). 

{Do fro iliapicifj il::»ios a exacta reprodução que ^--gur. : 




carícpara bien 

cõfeífar./iecbo po: vn 
ocuotordigiôfooclâ 

mo.Ugoiaoenueuo 
coircgido Remedado 




(Fac-simile de tamaiiho igual oo oriíjinalj 

In-S." peq. d ; rrr IT. niims. tia ft-enle, ã excepção das três primeiras, pois 
a numeragão si principia a aparecer da iitj em diante. K. 

Na frente da primeira folha o titulo ou portada reproduzida acima; no verso da mesma 
ti.l, foi. II e frente da III, a: f£ õTnbln Slos flipitulOS II roíItCllíaoS rUCl 
prrfflltr triUlnan. ; no verso da mesma fol. iij e na iiij, o: CE VrolílU'' 

vrinifru fo= 1[ brc In níiairiõ I-' ronTriuii 6cl \nt- i' rriitc trnitiràn q rs 



J^DJ^OCD 



60 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



ilItitU- li InílO ^ríC \>a bini 1| rjllfrrfni".; na fui. U e frente da Uj. um 
prologo, encimado pela epigrafe: f£ CollliriUrt fl VlVOlogCI || Ôfl lllirtOV ítfrtC 

IrniJnfto. IltrÍ!Ú6ii nl iilluftir friuir r ^llu ÃUniln 6f nrniuiu: 6iiiiiirriiiui 
nrailjirpíi 6rln in i| fifliif l•i^l^na íii- (fnnuun"'!: Inií" ífl "H") 'i"» ''ln''- 
11 flinuiffimo II ij por rflí imnj puantirn Inun- imii í(i-- H miiiSo vrij Iic 

ffifpnfln.; do verso da mesma í'Ol. UJ. até final do verso da Uttj., uma 

C. ©vírtírinn luuij fnlu || imitir pava ntrnrr n rompuitfiíiiT ij iniitriftíit 
/L ;ui- II nrr Irnor .i triiinv bi-líin )SI imiílun: i| 6fln íiiiiiiinl uí- l flninn 

JJVrpnrntiUn pnrn Mril fi<llfl')Tlir.; e da foi. ir até finai o texto do tratado 
propriamente dito, o qual é encimado peloí seguintes dizeres: ^£ ttíillltffn fl 

Irnlnio || o nrtf pnrn liini rofrffnr. 

o tratado compreende Irij (Pn^litllll''S, dos quais o ultimo é assim intitulado- 

C (""iHutul. Uij. ("}iu' lõilinic u lunltn to- 1| 6o fftc Inirtníto mm fvor- 
tarioit mmj proiiírliofo. 

No fim do verso da ultima folha, couio que em remate, o seguinte colofóii: 

Q ^ae tntp2e(ro enia miip noble % m^õ leal 

cíudad oe Burgof racabofe a. rmíj 

oías oel mee oc Setiíb:c,afío 

oelfmo:oemik.i©. 

A impressão, muito primorosa, t executada com caracteres góticos de quatro tamanhos; 
e o texto, que é enriquecido de abundantes notas e citações marginais, esmaltado 
com lindas letras iniciais de desenhos de fantasia e quasi todas adornadas de figuri" 
nhãs ou imagens de santos. São em estilo gótico e abertas em madeira. 

O volume compreende quinze cadernos de oito folhas, rubricados, no pé das primeiras 
quatro ff. de cada um deles : (l íj (a primeira folha não apresenta a rubrica íl que 
lhe competia), « itl, 1» «tij a p, P ij, \f íij, V itíj. Note-se porem que não ha 
caderno rubricado com a consoante J. 

Livrinho muito apreciável e não citado pelos bibliógrafos. No « Catalogue de la biblio- 
thèque de M. Ricardo Herediaj, tomo 3.°, pag. 269, é que, sob o n.o 35S6, vem des- 
crito um exemplar de uma edição publicada sem indicação de Jogar, nem de d,ata da 
impressão, mas que parece haver sido impressa durante o primeiro quartel do sé- 
culo XVI. 

Os exemplares são, como se depreende do que deixamos exposto, de EXTREMA 
RARIDADE. Salva não possuia nenhum, nem sequer, ao que parece, teve conheci- 
mento da obra. Este nosso acha-se perfeitamente conservado, pelo que é de muito 
apreço e valor. 

204-Arnaud-CEUVFtES |! DE j| CAHNAUD. 1| CONTENANT |1 ZÉNOTHEMIS, 

(-'QÍL^ BAZILE, LOREZZO. H |1 TOME PREMIER. || || AVEG KIGUKES. 

^ ' M PARIS II Chez LAPORTE, Ubraire, rue Christine || ^ |1 M. DCC. 

CXr. In-8.°. 12 vols. E. 

Estimadas. iWagnifica edição; enriquecida com lindas eri-têtes e cuis-de-lampe,'e com 

abundantes gravuras impressas em separado, tudo primorosamente gravado a buril 

em chapas d' aço (C. Eiseii del.-N. De Lauiwy sculp., umas; outras: C. P. Maril- 

Ucr inv. 1774 -L. 1. Mesquelier se; etc). 

Belo exemplar; com encadernação inteira de carneira, contemporânea da edição.- RARA 

/2ti5-Arraiz (Fr. ^OTador)- DIÁLOGOS |1 DE || DO.\I FREY || AMADOR AR- 
fpC- RAIZ II Bifpo de Portalegre : || REVISTOS, E AGRESCENTADOS !| peto mel'- 

/ -/ mo Autor nefia segunda iinprefsão || (Vinheta em forma de escudo, 

tendo no centro o brasão d'annas de D. Jorge d'AtaideVj 1| £".« COIMBRA. 



AZEVEDO -SAMODÂES Ôl 



/(o O 



II Na Officina de DIOGO GOMKZ LO VREYRO Impreííor \\ da Vniueil idade. 

II Com licença do Siincfo Ojfcio & Ordinário, 11 & Priuilegio Real ;i 

II Amw do Senhor de M.DCiUI. Iii-fol. peq. de -XXIl folhas (prels.) inums. 
e 346 nums. na frenie, com duas colns. de impressão por pag. E. 

As XXII folhas prels. inserem: titulo {impresso a preto e a vermelho) {l)-tLICENÇAS'. 
(frente da II) - Dedicatória : -.AO BISPO DOM GEORQE DE ATAÍDE :; Cômen- 
datario perpetuo do IMofteyro d'AIcobaça.. . || O Bifpo de Portalegre. |1 Dom Frey 
.amador Arrais. iS.» (Datada uo tim : .. Do CoUe^io de No fja\\ Senhora do Carmo 
de Coimbra, a 20 de Mayo de 1600.') (verso da ti. II e frente da III). -« PROLOGO || 
AO LEYTOR.» (verso da III e frente da IV),- .INDEX GERAL li DOS DIÁLOGOS. 
(X) (verso da H. IV).- ./A^D£A-11 DOS C.\PITULOS i; QVE SE CONTEM EM 1| c/te 
Diálogos.' (S 3. IX).- = r.4B0.4D/i:iDAS PRINCl- H P.A.1S COVSAS DESTES 'j DIÁ- 
LOGOS». (XI até parte da XVU).-. INDEX LOCORVM H S.ÍCR/E' SCRIPTVR.^f-W 
gu-v i;i lioc libro obitor exiilicaiitiir.-' (da restante parte da ti. XVII até á XXlI). 

Clássico, muito apreciado. Segunda ediç.ão, a mais completa e por isso a mais estima- 
da. -MUITO RARA. 

206 -ARREST ', DES INQUISITEIIRS, II OItDlN AIRE, ET DEPUTES II UE LA || S.TE . <?/ ^ ^ 

INQCISITIUX, II CONTRE LE PERE |i GARRIEI. MALAGRID, 1| JESUITE, Lú c^ //>> C3 O 
dans TAcltí |1 public de Foi, céléliré á 1! Liíbonne le 20 Seplt-mlire 17G1. || 
TiMdiiit lur rimprimé Portugas. H (Vinlieta lip. de ornnmento) || .4 LIS- 

BONNE II Chez AxTolKE RoDUiavEs G.iliiardo, ij me S int Benoít \\ || 

t7in. In-S." peq. de 123-25 pags. E. 
Muito interessante e estimada. RARA. 

^07— Artigos das Sisas novamente emendados por mandado DelRei Nosso Se- 
iilior, Nova Edirão, a que se ajunlão as l.eis posteriores sobre esla niatc- 
ria. Lighoa: Na Offic. de .Joaquim Rodrigues WAndrade. Aiino IslU... Ili--i.° 
de -270 (alias 269) pags., afora uma em branco, liiial. E. 

208-Ascenção (íV. Gaspar rf')---SERMAM || QVE PKEUOV U || PADRE FREV 
(i.^SPAK DAS- 1 cenrão da Ordem dos Pregadores na |[ Sé da Raliia de to- 
dos os Santos II na cidade do Saluador. ]l Na primeira Missa que se disso, 
tiuando II se durão as primeiras gi'a(;.as publicas, i! entrada a- Cidade pela 
vitoria ai- || car.çada dos Olandeses a 5 || de Mayo de 1(325. || (Logar de 
duas vinhetas paralelamente dispostas; a prim'-ira representa a tragedia 
do Calvário; a segunda reproduz o escudo d'ariTias reais portuguesas) ;' 
Com (ts licenças necessários Por Geraldo da Vinha- {s. d. — 16:ifj?). ln-l.° de 
8 folhas inums. b. 

Na frente da primeira folha o titulo transcrito acima, e no verso as « Licenças^ para a 
impressão ; nas ff. 2 a 7 e frente da 8 o te.^cto do Sermão. O verso da mesma H. S está 
em branco. 
As margens do frontispício achara-se embelezadas com tarja impressa com peqs. vinhe- 
tas tipográficas, simetricamente dispostas. 
Devido ao acto que comemora, esta prédica é verdadeiramente notável e de muito apreço. 
-Belo exemplar (por aparar). RARÍSSIMA. 

20'J— Ascensão e Oliveira (António d') — Elogio fimebre, ípie, nas annuaes exé- 
quias de... D. Pedro IV, Duque de Braginr.i, celebradas na Real Capela /ft í? 
do Nossa Senhora da Lapa, da cidade do Porto, no dia "li de setembro de 
1856. Recitou. . . Porto, Na Tijp. de Sebastião José Pereira. IS.jd. In-S." de 
21 pags. E. 

Encadernados juntamente, ha outros opúsculos, sendo alguns também relativos a D. ['e- 
dro IV. 



dM 



62 



CATALOGO DA LIVRARIA 



210— artigos ím;-. rijfna... (f-m Jislion p lirrmfi. St hrmjuiíi nlfimi... (i:)l'i). 

(Do frontUpicio tlamcK n reprodurdo f:ic-siniilc- qiip segue): 




S)l'(íc9 rcgnos cmpnmio* per anroíioaoc í pzpiiílfijío 
x>z\\jcf noflb fenboí. <í tdi;caoo8 a DU5cnto6 rcaes. -í-'- 

(O oriíjinal mede l'.l-> X lfJ2) 

In-fol. peq. de fronlispicio, I.XIII Jol. numeradas na frenle (á exceifio da 
primeira, que está inunieiada, pois a numeração só ooiiiei;a a divisar-se 
da 11 em diante) e três inums., finais. E. 



AZEVEDO - SAMODAES 



63 



O (exlo dos ^rtilUH' SdS SlJSilS começa logo no alio da frente da pi-imeira folha (a 
imediata ao fiontispicio), dentro de curiosa cercadura formada por diversas vinhetas 
tiposrilicas de ornamento, na seguinte conformidade: 




C^Cucpajué ocms.roloofl po: líi 



po:liuc«. 

CC<in que tooa coufa^^oíçcmpjaoaj prtn/ 
pípa-.trocapaou cfcambaDa.afoíapanuoj 
jioaiouío:? pjataipflguéoelyiaooue foi 
003 po2 líura. f. bo cõp;aPc>?^bti iiiT bo vé/ 
•ofciojoutro.^iloinroeBOOiíefolooapot 
TuífãTDequantaspejcsaooitae coiífaefo 

-^Ik ,y ífontcno, fmiooala6coufa6:Qaluocni 

^^^B^ ofaloequcbamocpagarpcimpoífçáçin 
oliura&po: alqueni mata nem. 





iQual ar ttjguo maeamooiq fc fõpia fegfíoo fc é 
cllccoiubcfõcík DcclarafáÁnapartc dcbpo" 
folocspoíliuraffpagiié como fcmpjcle pago» 
f .que Pf tooa couf* q foi ccnipiaoa ou rcmoi// 
oa em rótbia tc rintcreaes briros pague oc fylalooiís rc aes 
bramrOô.fo rítnoipoibuií rf ai. bramro -z ocop?apo:|oun"o 
rcalbrãco-ztambépopjccormq fo;c autliapasascciííaeq 
ío.'an rrocaoascírtmbaoae pague poll3c!taguuA.<aff PO 
maiecomo DO mcacreqtii: nem oe fj^ía DC pc> reara bmV. e£na 
partcoo falem qfccomibc|gp8i5ucancoliiira9po?'9lqucr. 
•Hçcrcaocflomipamoa qticfcpagiicmDe5liuraspo:alqi)CT: 
remo íeorue pagar t6oza ao tempo picfcntc paga a refpdro 
oamoeDaqco7r)aqu9PO0Pitoarragofo}' frito ffgúPoaor 
flararamqucfcocpoysfo íobreello.pcrquemomia pagar 
Df (yía ao oitag prj Iiuras poí alqucr qt;c íon» oa mor oa aa 
ccireotc trco pjctos mmoe 005 ToIpod ®o quar 9 niíoainoa 
cJil^cpaguemímaignomiDntroíycfbamosarfrraDowo 




(.Vo orijixal, que v.cde 240x140»'^^, a prmeira Unha do texto é iniprtssa 

a vermelho). 

e terminam na frente da uliima por duas declarações que dizem textualmente 
assim : 



64 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



®§ íiuflís nrtijgos forniu tõçrrtníor. vu-r imi nnsynv Iri- 1| giin rsa-iun ios 
lomtus cõ bioiío pnr; lõtnímr ^fl iri) iiii i sou sriilun- rõ os propiin;; q 
rstniii lu-stn fnu-iiín ^^■ urilui n || urrlm. (í- par q toiío sr nssii urnstri» 
)j fllrs o notifttnnuis p |1 fstn prrsrutf n5snun6rt p nos; ojc noite Sins 
írn iiirs aoiitiiliro ftf qiii ;l iiljrnlos ^■ oiijc nuos. 

H(Om ntoiíio ímlmcijín »í rõ6iiljo ífl rnj nosso scnljor a |i sru lomtoSor 
iiioor fnço snbcr n quntos rstf iiuni nlunrn^uirrm (\v aiogo fi-rnnífj li- 
iirciro mornSor r rstn rianíc ll me foij npsrulnao Ijuli nlunrn »o &ito 
snar cm ij me mn \\ 6n q mõíc ftnr o trrslníio íos nrtigos iins sisns 
no íitto aiogo frrnnírj por quto nuin por bíiii q file fru-ssr mil liiiros 
bos ai II íoí nrtijgoí. f-mrõprimeto ao qunl mõanao eu mõaei) trellnanr 
os II aitos nrtijgos ao liitro q nnan permite mi) nrsln fnienan. /í forn 
per II ineu mnuanao tõçcrtnaos p aiogiiopnneí rontnaor rô gnspnr tri- 
guo II íscriuií aos nítos segiiiiao me p seu nssijnnao foi( çertitirnao. 
JJofe o II notetiro nssij peste meu nísquiiao feqto em lirbon n nnue Oins 
aoutu piro. Çioguo pnne; Ijo fr; ae mil x qniuljeutos x mije nuos. 

No verso da mesma folha LXIII, parte superior da pagina, o registo tipográfico de lo- 
gar, nome do impressor e data da impressão que reproduzimos foto-zincográfica- 
mente : 

Cf o:om empmiooe 00 duos artqgoe oae fy^^e. £m lixbóa g ber 
niã.©ckempo6alcmãacullaiocrpcfaDooítoDio0uofernáoe5fô 
'ibícuilcgíoDcI rcf nolToícnboz. ccmil i quiiibcnt087OO3f ánoea 
qQjtro oiaa oe feucreiro. 

(o oriíjinal mede l'/X /.VJ""") 
As Ires folhas com qiic remata o volume inserem a : « ÍT^IKDASA §(00 A^- 

A impressão é toda feita com belos caracteres góticos, embelezada com numerosas le- 
tras iniciais de desenhos caprichosos e de fantasia (também em estilo gótico). 

A gravura e os dizeres insertos no rosto do livro, por qualquer defeito ou dcterior.ação 
que porventura houvesse na parte em branco da folha primitiva do exemplar, foram 
recortados e colados em nova folha em branco, de fabrico seiscentista. 

Primeira e RARÍSSIMA edição d'(06 nrtigOS ans SlJSnS, não citada por Barbosa 
nem vista por Inocêncio. Este ultimo bibliografo descreve apenas a segunda edição, 
impressa, tambcm com caracteres góticos, em JisllOO, por (fíeriUniU (fjníbnrbO, 
1542, ^ ^5 subsquentes. Quanto á primitiva, diz somente :-= Parece que a pri- 
meira fora feita em 1512, e o sr. Bertrand (I) se recorda de haver visto ha muitos 
annos um exemplar com Cita data.» 

Ribeiro dos Santos, nas suas Memorias da Typ. Port., pag. 117, rejista a edição origi- 
nal, mas d.á-a, erradamente, como impressa em 151S ! 

De tudo que deixamos exposto resalta, pois, de uma forma evidente e positiva, a cxlra- 
ordinaria raridade da edição e o quanio c precioso o exemplar que temos o prazer de 
apresentar á natural avidez dos srs. colccionadores de raridades bibliográficas, ou, 
ainda, desta espécie de livros. 



(1) O antigo livreiro lisbonense, e então proprietário da conhecid? livraria do 
Chiado (rua Garrett) que ainda hoje conserva o seu nome, e que Inocêncio cita a pro- 
pósito de lhe haver mostrado o exemplar da segunda edição da obra, pelo qual tirara a 
descrição que da mesma edição dá no seu Dic. bibl., tomo VIII, l.o do Suplemento. 



AZEVEDO -SAMODAES 



Õ5 



211 — Assis (S. Francisco rfe).— Saiicli Francisci, Assisiatis minorvm patiiarchae; 
nec nori S. Anionii Padvani ei\sdem ordinis, Opi ra oinnia, postillis illvs- 
trat;), expositione Mystica in saciam Scripluraiii nu>.qiiam impressa, & ia 
eamdem Concórdia Morali, locupletata. Opera & labore H. P. luannis de la 
Haye... Adiecla vlrivsqve sancti vita elogia. Gvrii imlicibvs amplissimis, 
prime rervm memorabiliiim : altero sacrse Scriplurse. (Logar de vinheta 
com escudo ri'arinas riais fiancesas, tendo no alio, em um fitilho, a di- 
visa :SPES ME A DEVS— gravura primorosamente aberta a buril). Pari- 
siis, Apnd Carolvm Rovillard . ■ M. DC. XLl .. la-fol. de LXXXII-IIXVI- 
-XXXIY-II e de 97 a 7'J2-XCIV pags., além de outras (inums.) intercala- 
das. E. 

As obras de S. António de Pádua têem froiUispicio próprio e decorrem de pag. XXXIV- 
-11-97 a 792. 

Excelente edição; com o titulo geral impresso, a lintias alternadas, a preto e verme- 
lho. Belo exemplar, com a primitiva capa de pergaminho. 

212— Assumpção (Fe. Tost' íf(() — llymnologii sacra em sfis partes iguíilmentc 
dividida:... Seu author . . /-ísJon Occidental M. DCC. XXXVlII {n 1749). 
In-4 o, 3 vols. de XI,Vl-49ol; XXXll-:^86-I e VlIl-498 pags. E. 
Estimada. Bom exemplar e bem encadernado. 

213 Martyrologinm Aiigiistiniannm in Ires partes aequaliter Distribfitimri 

in quo siimma laliludine, & ;uniilitiidin'í innumeraláles, & quasi super 
arenam multiplicati Sancli, Beali, et Vi ratáles. Qiii in Augusliniana lieli- 
gione cluruerunt, per singules totios Anni dies referunlur; Addilis, ad 
illorum elegia melius iiitc'ligi nda, vaslissimis Cõmenlariis. Pars Prima 
(etSecunda) ..Opera, studie, et labore inexplic.itáli Mag. P... UUixxipone, 
El Tijp. P:ijheirieti,ii .. Ân>io l/i3. o 1.", e Ihl , E.c Tijp. Dominici Ilodrí- 
gues.Anno MDCCXLIX,0 '2.'> \nro\.'i vols. de XL-3tí51Il e XXXlI-tíHG 
pags. E. 

21i— Assumpção Brandão {Fr. Matheiís A/) — Vieira justificado, ou Carta apo- 
logética a favor do insigne orador Padre António Vieira, contra hutn urilico 
moderno, por. .. (Escudo d'arm .s r^ais portugue-as). lAsbon: Na Imiir. 
Regia- Anno ISIS... In-S." peq. de 61 pags. B. 
Estimado. Raro. 

215— O amigo dos Portugueses Lisboa: Na Imp. Regia. 1830. In-l.°, 4 

nunis. em um vol. B. 

Tem junto: Defeza do Amijo dos Portiiguezes. 

216 Reflexão sobro a conspiraçiío descoberta, e castigada em Lisboa 

no anno de 1817. Por Hum verdadeiro amigo da pátria. ÍAshoa'- Na hnp. 
Regia. Anno 1817. Ií:-8 » peq. de V[-lo2 pags. 

Segunda edição. Tem junto: O Homem; ou Oi limites da razão: Te,ifa/ií'a JHosoJica de 
José Agostinho de Macedo. Lisboa: Na Imp. Regia. Anio de 1815. In-S. o peq. de 
182 pags. 

217 Resposta á Analyse criíi^a dos redactores do investigador. Num. 



LXXXV (e LXXXVl e LXXXVIl^ contia as lietiexões sobre a conspiragrio 
de I8i7. Lisboa: Na Imp. Regia. .Anno 1818. In-8.°, 3 partes de 98, 86 e 161 
pags. em um vol. E. 



^ 



O o 



õ o 



J 






66 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



*; 



i íí>f- 



//, 



/( 



218— At (ff. P) — Lo vrai et lo faux en matiòre d'aalorité et de liberte d'après 
'C la doclrine du syllabus; Par. .. Toiírs.- Cattier, Éditeiir, 1874. In-S." 2 vols. 

de XVl-oO-2 e IV 530 pags. E. 

219-Ataíde [D. Jorge de). — ^ BEGYI.AE CANCELLARIAE. |1 SANCTISSIMI 
DOMlNI NOSTlil PII Dl- \\ uina proiiidentia Paj ae Quinli, eiusq; Motus pro- 
pij, BuUae, & alia decre || ta: necnõ folieis recodatioiíis (sic) Pauli Quarti, 
poltpromidgalioncm i| Sacrofjncti Triientini Concilij edita. || (Logar de 
gravura em forma de medalliTo, tendo no centro, em forma de escudo, 
uma cruz encimada por mitra de bispo, e em volla os dizeres: lABSIT, 
MIHI, GI.ORlAlil. NlSl. IN. CIWCE. UOMINI.) ll Per Reiíerendifá. Patrem, 
&Illultrils. Dominnm t). Georgium D'attaide || Epilcopnni Vifeniem appro- 
bata. II fV Excufíii per Emanudem loannis Typog)'npht'i Epuerendiís. Do- 
mini II E/Àícopi Vifeí «« eadem Vrbe. Anno Incarnaiionis Dominical lõlO. 
In-^i.° lie IV ff. (preis ) in:inis e cixxvj niims. na frente. E. 

Nas IV folhas prols. o seguinte texto: titulo (frente da I) -Prologo ou palavras pream- 
bulares : « $-^^ Emanuel loannes Typographus '}, Cândido Lectori> (verso da mesma ti. 
l)-e » II INDEX CAPITVM IN HOC LI- || bro contentorum, per breuis ille quidem, 
fed qui facile lectorem deducat |1 ad fingularum materiorum inuentione, in quo qui- 
dem propofi- II tus numerus...» (fl. I a IV). 

A tReguls Cancell.ariíe. vai de H. j a xx (frente), decorrendo da mesma II. XX (verso) cm 
diante: .Motus Proprij .-{. ^ RESERVATIO MENSIVM || Apol'toIicorum. || ■] ET 
ALTERNATIVA PRO jl Epifcopis rePidentibus. »). 

Na frente da 11. liiij vem uma gravura em madeira, figurando S. Francisco na ocasião 
de ser atingido pelas cinco chagas de Christo. 

Excelente edição visiense e primorosamente impressa; adornada com algumas letras ini- 
ciais, gravadas em madeira sobre desenhos de fantasia. 

Estimada. Belo exemplar. Multo rara. 

220— Aucourf e Padilha [Pedro Norberto rfe).— Carla, em que so mostra falsa a 
Prufecia Do Terremolo d.i Novembro de 175.i. (Vinlieta tip. de orna- 
mento). Lisboa, Na Offi. Palr. de Francisco Luiz Ameno. M. DUC. LVl. Com 
as Vcoiças necessárias. In-4.° de 16 pngs. B. 

A carta vem no fiui subscrita com o pseudónimo: Epiciireo /U£í.va'irfn,it7.- Interessante 
e rara. 

221 Memorias da Serenissima Senliora D. Isabel Lniza Josefa, que foy 

jurada Princeza destes Reynos de Portugal. Oílerecidas á Mageslade de 
el-RevD. João V nosso Senhor. Lisboa' Nu Offic. de Francisco da Sylva, 
Anno de MDCCLVIII (1758). In 8.o de XXXIl-S^? pags. E. 

Estampa alegórica com o retr. da princeza e vinhetas grav. por Debrié. Belo er.einp. 

222 Memorias históricas, geográficas e politicas observadas dj Paris 

" a Lisboa. Lisboa: Na Offic. de Ignacio Rodrigues. 1746. ln-8.» de XL-323-4 

pags. E. 

Front. impresso a preto é encarnado. Adornada com varias vinhetas alegóricas, e com 
uma gravura contendo o retrato de D. António, assinada : OlWarius Cor. dei. et 
Sciilp. /Z-/-/.. -Apreciada e pouco vulgar. 

223-Audibert (Jo3c/)A).— L' Ar t de faire les vins d'imilation : Madère, Málaga, 
j /( ç, '' ^^^- Vermouth, Bilter, Sirops, inftisions, liqueurs, avec les vins de raisins 

" secs et autres, par... Marseille : Doucat, 1882. In-S." de IV-303 pags. E. 



O 



AZEVEDO -SAMODÃES 67 



224-Augustinus (S. .líírfii!,»)-LAS CONFES- |1 SIONES DE S. AVGVSTIN, |: _, 

Iraduzidas de Latin en Roman-||ce Caftellano: por el padre í: Maeítro -^ - "^ 

fiay Sehaítian || Toscano, de la or- 1| den dcS. Augufun. || .Logar de marca 
de impressor— aberta em madeira) || EN ANVERS \\ En cnfa de Martin 
Nticio !i M. D. LV. Con Preiíitegio Imperial. Iii-1'i.* peq. de 227 ff. nums- 
na frente, e uma inum., final, com um «Al Leclor». E. 

Na frente da foltia I o titulo, e no verso o Privilegio Real, ' subscripto í Facuwes' ; 
nas folhas II, III, IV e frente da V a Dedicatória (Prologo) : ^ Ala muy iluftre Se. 
|! nora doiia Leonor Mafcareiias, !; aya dei muy poderofo Príncipe \\ de Efpatia don 
Philipe, y dcl Sere- ;' niffimo Infante don Carlos fu , hijo, fray Sebaftian Tof- 1[ cano 
derfea todo bien, |1 y Salud. (datada no fim: « Defta Tu ca 1| fa de Tanto Auguftin de 
II Salamanca a quin- ze de Henero \\ de 1551 ') ; no verso da mesma fl. V um : «Soneto 
de Benedic- [\ to Árias Montaio ai diui- .i ,io Aagufiino-»; e nas restantes ff. o texto da 
obra propriamente dito. 

Obra e tradução muito estimadas. Edição primitiva. Exemplar com três picos de traça, 
mas em nada prejudicando a leitura.- Muito rara. 

225 Les confessions de., évéque d'Hlppone. Texte lalin et français. y(/ S~^ 

Tradiiction de M. Léonce da Saporta Nouvelle édilion, revue et corrigée. 
Paris, Ro>jer, 1844. Iii-8.° de IV-449-n pags. E. 

Nas pags. 1 a S uma iNotice surS. Augustin Aurile, Évéque d'Hiponne.. 

226 D. AV- II RELII AV- 1| gnslini Hippoiíê || sisepis;opi cõ- 1| fesslonum , 

li- II bri (rede- |! cim. l| PARlSllS, \\ Apud luannê Ruelliu, via \' ad Diuu la- \~^ ^^ 

cohu, sub signe !| Caudce \\ 1540 In -li" de 208 ff. nums. na frente. E. 

Na ultima pag., rematando o texto, o seguinte registo tipográlico : ^ Typis e.wusum 

Parisiis, apud Ioa'i- || nem RueW.um sub signo ,1 Caiidae Vulpi.nr. |i 1540. 
O titulo encontra-se dentro de artística portada ou alçado, formado por quatro vinhetas -, 

tipográficas, gravadas em madeira. -RARA. ExempUir carecido das ff. 129 a 136. /' 

227 Medltationes Soliloquia et .Manuale. .. Venetiis, MDCrvlI. Inii." 

de 367-XVI pags. E. 

O frontispício é gravado a buril. 

228-AVGVSTISSIMO 1| HISPANIARVM || PniNCIt>I | RECENSNATO || B lllia- 
lari Carolo tiominice || Plielippi hoc nomine III. Liilitaniae Regls |! Filio expe- 
ctatilsiiiio li Nalalitinm Libelliim dedicat Ac.idemii Conimbricenfis. !| IVSSV 
FRANCISCI DE BRITTO E MENE- !| ZES íi Confilijs Catholicae Majeslatis. 
^ eiufdem ;i Academiae Recloris || (Escudo d'armas poi tuguesas, enci- 
mado por viseira e dr.igão) |1 CONIMBRICE'}, SVPERIORVM PERMISSV. 

! II Typi.i, (C- Expenfis Didaci Gomez de Louveyro Acade \\ mia Typo- 

graphi. Anno DTd 1630. In-4.'' de II If. prels iniims , 84 nums na frente o 
mais VI innms., finais. E. 

As II folhas prels. inums. compreendem: frontispício (1) e -.Licenças» e Vistos. 

As VI ff. inums. finais inserem: «OENETHLIACVM :: PHILIPPO DlXIT|iR. P. Lucas 

Vellofo e Societate ' lESV, facrarum literarum |; Proferior. || In Collegio Conimbri- 

cenfe.» 
O texto da obra propriamente dito consta de ura SERM.\0 Que pregou o Padre Mef- 

tre Frey Ior"ge Pinheiro...» (ff. nums. I e XI), e diversas poesias em louvor do 

Príncipe, em latim, italiano, hespanhol, francês e português; a maioria delas são 

porém as escritas em nosso idioma. 
Estimada e mnito rara. AUgnilico exemplar. 



M 



68 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



■a 



(9 



229- AUTO DE BONS CONSELHOS, 1 traduzido por hum Anonymo. S. 
CP ind. de L, n. de d. da impressão, {século XVII ou XVlll). In-i." de 8 pags. B. 

O opúsculo não apresenta frontispício propriamente dito; e o titulo acima transcrito, que 
é encimado por duas vinhetas figurando dois interlocutores falando, vem na primei- 
ra pag. por sobre o começo do texto. No fim uma vinlieta ou llorão de remate. 
Estimado. Multo raro. 

230-AUTOS DE FÉ (Sermões de). 

Coimbra.— Sermões pregados em Autos de Fé realizados em Coimbra 
desde o anno de 1612 até o de 1727. Lote de 19 opúsculos. 

De todos os mencionados no Diccionario Bibliographico, artigo Autos de Fé, faltam ape- 
nas os de 1618 (o pregado por Manoel de Lemos), 1620, 1706 e 171S. 

Évora.— Sermões prég^idos era Autos de Fé realizados em Évora desde 
o anno de 1615 alé o de 1710. Lote de H opúsculos. 

De todos 03 mencionados no Diccioimrío Bibliographko, artigo Autos de Fé, faltam 
apenas os de 1615, 1629 e 1649. 

Goa.— Sermões pregados em Aiilos de Fé reaiizalos em Goa desde o 
anno de 1612 até o de 1672. Lote de 4 opúsculos. 

De todos os mencionados no Dkclo.iirío Biblio^rapliico, artigo Autos de Fé, faltam 
somente os dos anos de 1612 e 1621. 

Lisboa.— Sermões prcgudos em Autos de Fé realizados em Lisboa desde 
o nnno de 1621 alé o de 1749. Lote de 20 opúsculos. 

De todos os mencionados no Diccioiiario BibliograpJttco, artigo Autcs de Fé, faltam os 
dos anos de 1706, 1714, 1718, 1720, 1746 e 1743. 

Thomar.— Sermão pregado no Auto de Fé realizado em Thomar no anno 
de 16.21, 

Este Sermão, que falta na colecção, dá-o Inocendio como pregado em Lisboa! 

Colecção interessantíssima e muito apreciável, não só devido á curiosidade que o as- 
sunto versado nas prédicas oferece, mas ainda por estar quasi completa de todos os 
Sermões que, no género, foram publicados. 

Encadernados juntamente com os Sermões pregados em Goa acliam-se estes outi'os dois 
em castelhano : 

SERMON PHEDI- |i GADO A LA PVBLICACION DEL EDI- 1| cto de 

nuestra Saneia Fe, que en la Sanla Iglesia Gole- || gial, y Matriz do li Ciu- 
dade de Vbe ta se hizo, dando 1| principio á la visita que el senor Litêciado 
don Miguel Ximentz 1'alomino Inqnisi- Ij dor du Cordoua hizo en ella. || 
DOMINGO VEYNTE V VNO UE (3G- |1 tubre de mil y seyscienlos y doze 
anos. 11 POR EL DOCTOR DE TORRES, Y SAL- 1| lo Canonigo Magislral de 
la dioha Iglesia, y natural de Seuilla. H Dirigido à Don Sancho Dauila y To- 
ledo, Obispo de laen, || dei Cõsejo de su Magestad. (Logar de seu escudo 
d'armas— aberto em madeira). 6'. ind. de I. nem de data de impressão {Ubeda, 
1612?). ln-4.0 de 31 IT. inums. 

— ^— MARIA lESVS lOSEPH || (vinheta) |1 SERMON PREDICADO li (POR 
ORDEN DELCONSElOllSVPREMO DE LA SANTA Y GENERAL |1 Inqui.si- 
cion) en el Auto de Fé, que celebro el Santo Tiiim [ nal de Toledo, en la 
Corte de la Mageslad Católica, el Rey li Don Felipe III, nuestro Senor: pa- 



AZEVEDO -SAMODÃES 69 



ra castigar Ia inso- ;; lencia heretical de Benito Fener C;ila!aii. || wzlno 
de Campo Redondo: a 21 de Rnero, de 1624. li DeJicaio ai Sanii-simo Sa- 
cramento dei Altar. | Por el Uenerendo Padre Maestro Fray ("hristoual de 
II Torres... Con lice»c'a: En Madrid. Por Lwjs Sanchez... In- 4.° de II tT. 
innms. e 29 nums. na frente. 

ESPÉCIE BIBLIOGRÁFICA MUITO PRESADA DOS BIBLIÓflLOS E QUE RARA- 
MENTE APARECE NO MERCADO. 

231-AVTOS DO LEVANTAMENTO, E IVBAMEXTU, QVE POll OS tjUANDES, 

TITVLOS SECVLAIíES, E F.oclesiasticos, & Pessoas que se acharão pre- . / /. 

sentes, se fez a el Rey Dom lOAiM o IV^. nosso Senhor, na Coroa, & Se- <]/ ^ ^ '~' 
nhorio destes Reynos, & do qne tile fez ás mesmas pessoas na Cidade de 
Lisboa, em os quinze dias do mes de Dezembro do Anno de 1640. E DA 
RATIFIC,AM DO IVRAMENTO, QVE OS IRES Estados destes F.eynos fize- 
ram a el Rey N. S. D. lOAM o IV deste nome & do luramenlo. Preito, & 
Menagem, que os mesmos Ires Estados lizerão ao Serenissmio Príncipe D. 
TIIEODOSIO N. S. em a Cidade de Lisboa em os 28 dias do mes de Janeiro 
do anno de 1641 . E' D AS CORTES, QVE FEZ AOS TRÊS ESTADOS DO Reyno 
el Rey D. lOAM o IV. deste nome ?í. S. na mesma Cidade Lisboa em os 29. 
do dito mes de Janeiro do mesmo anno de 16il. Anno de (Escudo com 
as antigas armas reais portnguguezas] 1641... Impressos em Lisboa. 
Por António Aluarez, Impressor dei Rey N. S. In-fol. de XI IV. s. n. para o 
Avto do Levantamento e Juramento. . .; XI para o Avto da Retificaram , . ., e 
IV para o Avto das Cortes. , . B. 

Este exemplar leni, além do descrito, uma folha desdobrável com a planta da sala das 
sessões (a qual falta na maioria dos que aparecem), e as seguintes curiosas gravuras 
que não pertencem á edição : uma gravura com varias figuras alegóricas, .nos lados 
lateraes; com o retr. de D. João IV, no centro e com escudo d'armas reais portu- 
guesas, na base (gravura a buril em chapa de cobre, século XVII) ; uma gravura 
tendo na parte superior um dragão (Portugal) em luta com um leão (Hespanha), es- 
tando este já subjugado por aquele, e na inferior quatro insígnias portuguesas (e 
escudo d'armas reais, a insígnia de D. João II (Qvia Pelicani), a cruz da Ordem de 
Cristo (In hoc signo vincis) e Insígnia de D. Manuel I (esfera armilar) (gravura a 
buril em chapa de metal, século XVII) ; uma gravura reproduzindo uma sessão das 
Cortes dos Três Estados, na qual se vêem todas as pessoas que a ela assistiram, 
entre as quais, no primeiro plano, D. João IV no momento de sua coroação (gravura 
a buril e contemporânea do acto que reproduz) ; uma gravura com o retr. de D. Fe- 
lipe I (assinada: Rousseau-do século XV^IIl), e, finalmente, uma outra com o retr. 
de D. Manoel I (assinada: /?o«ssen«- século .XVIII). 

Exemplar precioso e, de certo, único em tais condições ; e porisso muito valioso e de 
alto apreço. 

2.32 — Auxlron (Z)').— Príncipes de tout guvernement, oii examen des causes de ^ 5^<^ 

la splendeur ou de la foiblesse de tout État considere en hii-même, & in- 
dépendamment des inueurs. .4 Paris, Herissant Ftls. M DCC.LXVL In-12.'', 
2 vols. de LXXX-213 e IV-314 pags. E. 



233-Aveiro (Fr. Pantaleão rfe).- (^ ITINERÁRIO f%í !: DA TERRA SANCTA, 

E SUAS PAR |I TIGVLARIDADES, COMPOSTO 1| POR FREY PANTALIAÕ |! JjLrí^O 

DAVEIRO. I! (Escudo d'arnjas de D. Miguel de Lencastre, Arcebispo de 
Lisboa — impresso a preto e vermelho) 1| Dirigido ao lUustrissimo, Zx Reue- 
rendissimo senhor Dom || Miguel de Castro digníssimo .arcebispo de \\ Lis- 



/^><< 



70 CATALOGO DA LIVRARIA 



6Í 



'l 



boa Molropolitano. || Com licença & priuilegio Real por des Annos. || Em 
Lisboa em casa de Simão Lope:. i| Taxado em pafel a trezentos reis. || 
MDLXXXSIH. {1693). In-i.» peq de IV fí. (prels.) iniims. e 26i nums. na 
frente. E. 

Na frente da folha I (prel.) o titulo (impresso a preto e vermelho), e no verso as Li- 
cenças e Aprovações, -unia das quais de Fr. Bartolomeu dos Mártires; na frente da 
H o Alvará ou Privilegio real (spero de seixas o fez em,, Lixboa a xxij. de Mayo, de 
mil D. L. xxxxiij») ; no verso da mesma H. 11 e frente da III a Dedicatória; 'Ao 
ÍUustrissimo e Reuercndissimo senhor Dom Mi-\\guel de Castro... >; e no verso da 
mesma ti. lU e toda a IV uma espécie de Preambulo ou Prologo: «AOS DEVOTOS 
E DEIESOSOS DE II VISITAR TERRA SANTA, E OS 1 lugares delia... > 

Do verso da H. 200 em diante decorre a f%^ TAVOADA f^ || DOS CAPITVLOS 
DESTE ITINE-lIRARIO. ,.> 

Clássico muitissimo estimado, um dos melhores da nossa lingua. Edição original. Exem. 
piar com .is IV ff. prels. e as ultimas 17 do vol. impressas mais modernamente 
(na ofticina particular do Visconde de Azevedo). O titulo acha-se tão primoro.sa- 
mente desenhado e conforme ao reproduzido, que dá a ilusão de ser o próprio da 
edição. 

Salvo as particularidades apontadas, é bom exemplar. -RARÍSSIMA. 

234 Oatra edição (6 «;:. .. OFFERECIDO !! A || lESU CRUCIFICADO. |1 

(Logar de vinheta reproduzindo a tragedia do Calvário) |1 LISBO.A OCCI- 
DENTAL, II iVíi Officina de .iNTOXW FEDROZO G.iLRAM \\ 1| Anno 

de 1732. II Com todas as licenças necessárias. || . . . In-i.° de VIII (inunis )- 
5'27 pags. (da 522 em diante o INDEX). E. 

As VIII pags. prels. compreendem: frontispício- «PROLOGO , /lOS DEVOTOS, E. 

DESEJOSOS DEWvisitar a Terra Saiia...>-e «LICENÇAS». 
Edição já rara. Bom exemplar. 

235-Avellar Brotero {Dr. Félix áe). —Compendio de botânica, ou Noçoens Ele- 
Q ô> mentares desta Sciencia, segundo os melhores escritores modernos, expos- 

tas na lingua portugueza. Paris. Paulo Martins. M.DCC.LXXXVlU. In-S.", 
2 vol. de LXXVI^Tl e 411-IV pags. e diversas estampas com flg. E. 

Estimado e já pouco vulgar no mercado. 

236— Ávila IJulian rfê).— Vida de Santa Teresa de Jesus, por el maestro. . . Obra 
inédita, anotada y adicionada por Don Vicente de la Fuente... Madrid.- 
Impr. de D. .Antoivo Peres Duhrull... 1881. In-P." de II-XXIV-392-I pags. E. 

237- AVISI 1 PAKTICVLAlil DELL'1-NDIE Dl PORTVGALLO ; Nuouan êle hauti 
quesfanno dei 1557. àM\ H. Pa- i| dri delia Compagnia de lESV, done 
s'iià in- II fornialione, delle gran cole che fi fanno || per aumento delia 

.. , lanta fede <& \\ cõuerlione de qtielle genti |1 infideli à Chrifto M. || Signore. 
II (Vinhett gravada em madeira, a qual tem no centro as iniciaes / // S, e 
em volla, quatro serafins e, entre eles, dividida por silabas, a legenda; 
SOCI—ETAS—lE—SV.)\\Roi>ice in cedibus Societaiis lESV\\anno Uomint 
1557. ln-12.0 de 48 íi; inums. E. 

Volumesinho interessante e preciosíssimo. Compreende Cartas do Brasil, Goa, Cochim, 
Malaca, Caulano, Malucas, Moçambique, Ormuz, etc, subscritas pelos missionários; 
Henricus Henriques, Soverale, Alfonso de Castro, Melchior Carneira, Oonzalo Ro- 
drigues Rodrigues, Dr. Torres (Provincial português), Francesco Perez, Pedro Cor- 
rêa, P. Ignacio, António de Quadros, .\ntonio Heredia, etc. -RARÍSSIMO. 



Ó-SO^, 



AZEVEDO -SAMODÃES "íí 



í-fo^ 



Q 



238-AVISI i! (DIVERSI) PARTICOLARI DALL'1XDIE ] di Porlogullo, riceuuli 
dallanno 1551. || sino ai 1558. dalli Reuerendi padri y delia compagnia di 
GIESV. II DOVES'L\TEiNDEI)KLLI PAESI. || delle genti.&costumi loro, &la 
grande con- 1| uersione di molli popoli, che anno 1| ric-einito il lume deli» 
sania fede, || & religione Chcisliana. |1 Tradotti nuouaiiienle dalla língua 
Spagniiola nelia lUiliuna. i| Marca do impres=oi-? — tendo em \olla (lados 
Iater.ii-4 e parte superior) a seguinte divisa : QVAL PIV FEttMO— E' IL MIO 
FOGLIO— E' ILMIO PRESAGIO») || Colpriuilegio dei Sommo Pontefice, & dM'l- 
lUf II strissimo Senato Veiielo per amii XV (No fim do volume: «In Venelia 
per Michele Tramezzino ;i M D LXV) — In-8.° peq. do VIU ff (prels.) inunis. 
294 nums. na frente e duas em branco, finais. E. 

As VIII folhas prels. compreendem: frontispicio- Licença ou Privilegio de «PIVS PAPA 
llll».- Licença, subscrita por Carolus Berengus Duc. -Dedicatória «ALL' ECCE- 
LENTISSIMA ET |! ILLVSTRISSIMA SIQNORA, || LA SlQNORA VITTORIA U FAR- 
NESE DALLA ROVERE, !i DVCHESSA D'VRBINO . (subscrita: ^MichelU Tra- 
mezzino »)-s ■■ TAVOLA DELE COSE CHE SI ; contengono iii questo libro-'. 

Volume precioso : Insere Cartas enviadas das Missões do Brasil (Pernambuco, S. Sal- 
vadoie. Espirito Santo, S. Vicente, etc), índia (Goa, Cochim, etc), Ethiopia, Japão, 
China, etc. Dos muitos nomes de padres que subscrevem estac curiosíssimas missivas, 
citaremos: Manuel da Nóbrega, Manuel de Morales, Baltasar Nunes, Christoval 
Ribeiro, Melchior Gonzalez, António Gomez, S. Francisco Xavier, Francisco Perez' 
Fernando Mendez, António de Quadros, Enriquez delia Costa, Pietro Corrêa, Am- 
brósio Pêra, Luis Frois, Duarte da Silva, Baltasar Cago, Oonzalo da Silveira, etc. 

239-AVISI DELL'1NDIA (NVOVI || ) H DE REVERENDI PA- || DRI DELLA COM- 
PAGNIA I! DI GIESV. II r.lCEVVTI QVEST'ANNO || MD L X X. || (Marca-em- 
blema da Companhia de Jesus; aberta em madeira e tendo no centro as 
iniciaes 1 H S, e em volta d'uma espécie de resplendor : « SOCIETAS NO- 
MINIS lESV) II IN ROMA. || Per gli Heredi di António Blado. \\ Con licencia 
de luperiori. In-S:» peq. de II fT. (prels.) inuns. c 45 nums. na frente. E. 

As duas folhas prels. compreendem: frontispicio e uma espécie de Preambulo: cLO 
STAMPATORE \\ AI LETTORI .. 

Este pequeno mas precioso volume compreende cartas enviadas de Goa, Malaca, Ter- 
nate, Salvatore di Coulan, Onor, Cochin e Ilha da Madeira; subscritas pelos se- 
guintes missionários : Organtino da Brescia, Cristoforo d'Acosta, Luigi de Gouvea, 
Emanuel Tesseira, Nicola Nugnez, Pietro Mascaregnas, Sebastião Fernandes, Martino 
da Silva, Qirolamo Ruiz, e Pietro Diaz. 

Muito apreciável pelas curiosíssimas noticias que as miesivas oferecem dos sucessos 
ocorridos nas missões e logares de onde são escritas. — RARÍSSIMA. 

240— Ayguals de Izco (D. ireíicesWo). — Maria,a filha de um jornaleiío. Novella 
histórica original de... Traducijão. Porto: Na Typ. de Faria Guimarães, 
1848. In-8.°, 2 vols. de 420-1 e 368 pags., em um tomo E. 
Edição ilustrada com diversas estampas, impressas em separado. 

Aylla (Joiepha) — Veja-se : EstaMos da Vnirersidade de Coimbra, ed. de 1653. 

Ayres— Veja-se: Aires. 

241— Azais (ff.).- Des compensations dans les destines humaines, Par... Cin- 

quième édition revue avec soin sur un exemplaire annoté par Tauteur, ^^ '} O 

précédée d'une notice sur sa vie et ses ouvrages, et ornée de son por- 
trait. Pariu, Didot Frères, 1853. In-8.° de IV-XLVIII-528 pags. E. 
O retrato do autor é impresso em separado. 



,^í!âl(o <■ 



/<"■ 



72 CATÁLOGO DA LIVRARIA 






f-O 



/l 



o 



c- 



H.-i 



O 



242— Azeredo ■Fi-anc'seo âe) — Piín-iaios. Estudo Iheorico e pialico. Porto: Typ. 
de Am. Jo^é da SUva Teixeira, 1S95 In-S." gr. de 1\-I92-I pULjS. E. 
Estudo acompanhado de 11 estampas, impressas aparte. 

243— Azeredo Teixeira d'Aguiar Francisco d').— Os brazões e os liltilos. Injns- 
tii.a .10 nuvo iiiiposto sobre t-llos, creado pela carta de lei de 15 de julho 
de 1887 e seu regulamento. Porto: Typ. da Palavra 1887. In-S." de 40 
pags. R. 

244 Discurso pronunciado na sessão do Congresso dos oradores e es- 

criplores caiiiolicns, na noile de 3 de janeiro de 1872, pelo Conde de Sa- 
modães. .. Porto: Na Typ. de Manoel José Pereira, 1S72. In-8.° de Bi -3 
pags. E. 

Encadernadas juntamente ha v.arias outras obras, entre elas a seguinte: ^ESBOÇO bio- 
graphico de Carlos Mikoszewski, Ex-membro do Governo Nacional Provisório da Po- 
lónia... Porto: Typ. Commercial, 1865.» ln-8.o de 47 pags. e retr. 

'245 Sstndo acerca da Franc-maçnnaria, pelo Exo.'"" Snr. Bispo dOr- 

léai.s. Traduzido da língua frani^eza, por... e Precedido de um breve An- 
telogjo do tiaductor. Purto: Livraria Internacional de Ernesto Chardron... 
1875. In-8.° de II XX-98 pags. E. 

Encadernada juntamente, a seguinte obra: «O AM 7'6'/?.íi/SvMO ou dogmatismo applicado 
á sciencia, por Roberto Guilherme Woodhouse. /*/, ibi, 1S75.» In-S.o de 80 pags. 

246 Noções elementares .sobre a cultura das amoreiras e creaç3o dos 

bithos de seda, para servir de guia aos sericullores. Compostas por... 
Conde de Samodães. Porto: Typ. do Jornal do Porto... 1865. In-S." peq. 
de 124 pags. E. 

247 O sétimo centenário de Santo António no Congresso Catliolico Inler- 

^ nacional de Lisboa. Memoria sobre o ilecimo quarto assumpto proposto ao 

// ^ ^ Congresso —MeidS de moralisar as Fabricas, por... Porto: Tijp. da Peai 

' Offic. de S. José, 1895. In-8.° de 102 pags. B. 

248 O viuvo. Pvrto — 1907. Composto e impresso »« Typ. CaihoHca de Fon- 

y ^ T' *■' seca <f- FHho.. . ln-8.o de 75 pags. E. 

249— Azevedo (Abel d').— O Direito Usual ao alcance de todos. Organizado 
f^ ^ Cy por... Lisboa: Bertrand, 1907. In-8.° de \lb pags. E. 

250— Azevedo ÍD. João t/c).— Quadro politico, histórico e biogrnphico do Par- 
lamento de 1842, por Um Eremita da Serra d'Arga. Lisboa: Typ. de Ma- 
noel de J. Coelho . . 1845. In-8.o de io6. E. 



C- f 



í--k 



O o 



ò 



ik"^' 



IK '''' 



Encadernada juntamente: 'UM PAPEL POt/r/CO. Hontem, hoje c amanhã», '.por D. 
José Maria de Almeida Correia de Lacerda), e outros opúsculos do mesmo autor. 

2õl— Azevedo (Juão Eaphael <i').— Historia de Nossa Senhora de Lourdes, 
por. . . Porto: Tijp. da Offic. de S. José. . . 1895. In-S.» de 500 pags. E. 

252— Azevedo (D. Joaquim rfe).— Breve noticia das Ordens Religiosas, junta 
dos melhores Auihores e das Letras Aposloliias. Lisboa. Na Ofiic. de Si- 
mão Thaddeo Ferreira. .Anno M.DCc.xc. In-8.° peq de .\xlil-a92 pt-gs. E. — 
Estimada e não vulgar. 



AZEVEDO -SAMODÃES 73 



branlo, & que lie enferniidaie mortal, não só para os meninos, mas tam- 
bém para os de maior idade, cõ todos os sinaes pira se conliecer, (^ os 
mais experimêtados, CT* selectos remédios [ ara se curar. O segvndo, da 
mais breve, e experiment ida curação das bexigas, ^ Sarampaõ. O ter- 
ceiro, de qvanto proveito seiam os pos purgatiuos de ouro preparado, cu- 
jas excellencins, ^ qualidailes se veraõ com as grandes experiências que 
por muitos & diversos Médicos se fi/erão com os ditos pós. Lisboa, Na 
Offic. de Joam da Costa, m.dc.lxxx (1680). In4.o de VlI-278 pa^s. Doií 
tols. E. 

ObiM estimada. Primeira edição. A estampa que adorna a l.a parte é aberta a buril em 
cliapa de cobre e está assinada : António P."'. (Falta neste exemplar). -MUITO 
RARA. 

255— Azevedo (Visconde de).—Uisaurso pronunciado na Asseinblô.i dos orado- 
res e escriptores calholicos, em sessão publica de 1 de jmeiro de 1872, 
pelo ., Porlo : Jacintho A. P. da Silva... ISTJ. In-8.° de 3t pags. E. 

No mesmo volume os seguintes tr.ibalhos literários: RESPEITOSA resposta ao elo- 
quente discurso pronunciado pelo... visconde de Azevedo, no dia l.o de janeiro de 
1872... por Um Velho Liberai. Porto, 1872. In-S.o de 40 p^gs.-CONTRA resposta 
dada ao VeLko Liberal, pelo Visconde d* Azevedo. Porto: Chardron. .. (Typ. da '■Pa- 
lavraf), s. d. In-S.o, 79-11 pa.gs. — ALGUMAS observações sobre a carta que acerca 
das conjere:icias do Casino escreveu o sr. .Mexandrc Herculano... pelo... Porto: 
Typ. da Palavrar-, 1873. ln-8 o de 49-U pags. 

256 Distrações métricas do Visconde de Aze\edo. Por este dedicadas 

ao seu particular amigo o snr. José Gomes Monteiro. Porto. Typ. Particu- 
lar do V. de Azevedo, I8G8. In-S." gr. de v-27-1 pags. E. 

Tiragem limitada a 50 exemplares, destinados só a brindes. Estimada. RAS.\. 

257— Azevedo Coutinho.— Bom Jesus do Monte. (lísboço liistórico descriptivo.) 
Com prefacio do erudito prof'ssor. . . Snr. Dr. Pereira Caldas. Braga: Livr. 
Central., de Laurindo Costa, 1S99. In-S." de XVI-!82 II pngs. B. 

Com uma fotogravura reproduzindo uma vista panorâmica do Bom Jesus. 

258— Azevedo Fortes (Manoel rfu). - Lógica racional, Geométrica, e analilica, 
obra utilíssima, e absolutamente necessária para entrar em qualquer 



^^'^ 



253 Epitome da historia poitugueza, por... Lisboa: Na Offic. de Simão 

Thaddeo Ferreira. Anno de m.dcc.lxxix. In-8 ° poq. de IV-319 pags. E. 

254— Azevedo {Fr. Manoel de).— Correcção do abvsos introdvzidos contra o ^ O ^ n r 

verdadeiro methodo da medicina. Em Ires tratados. O primeiro: Uo grande d-^-^ *- 

proveito, que a todos faz o exercício; & de quanto proví itosas são as 
purgas no principio das enfermidades. O segvndo : De como convém as 
sangrias dos pés. primeiro que a dos braços, n.is enfermidades que co- 
metem cabeça, 'Ô' coração. (> terceiro. Do conliecimento, Ct" curaçío da 
febre maligna, com os remédios mais iiarticulares CT" experimentados para 
melhor se curar; &c. Pelo Dovtor... Lisboa. Cmi todas as licenças necessárias. 
Na Ofjic. de Diogo Soares de Bulhoens. Anno 166S In-4.o de XIV fl". prels» s. 
n." e 467 p:igs., alem de 16 tT. s. n. com o Index, e uma estampa com a 
imagem da Virgem do Carmo. 

//. Parte. Em três tratados O primeiro, da fascir.aç im, olho ou qve- 



s-o 



/Í7f "- 



74 CATALOGO DA LIVRARIA 



scienci;), etc , ele. Lisboa. Na Offic. de José Aníoitio Fhites, 174Í. lu-ful. de 
xxxa 151-270-224 p'gs. 

Exemplar falho do retrato do infante D. António. 

259- Azevedo Lusitano (Emanueie (?e).— Fasti Antoniani. Libris VI. corupi» 
/, hensi... Vtnetiig, MCCLXXXl. T[/pis Cvleli Sebas/iani. SuperiuViiiii permissu. 

In-S" de 6'i-19-2 pags. E. 



\ 



,£A^' 



í'l^ 



No frontispício uma peq. gravura reproduzindo uma parte exterior da basílica de Santo 
António em Pádua; á frente do mesmo front. uma segunda gravura a buril, impressa 
aparte, e entre as pags. 44 e 45 uma outra gravura a buril representando o apa- 
recimento da Virgem ao Santo. 
, Poema estimado. Edição pouco comum. 

Azevedo (/•>. Mi jucl de) — Vi'ja se : Fragoso {Fr. Pedro). 

260— Azevedo Tojal (Pedro rfe).— Carlos reduzido, Inglaterra illuslrada. Poema 

^ heróico. Lisboa. Na Ofíic. de António Pedroso Galram. Anno de 1716. In-i." 

de anle-rosto alegórico com um escudo real do reino e VIII 108-8 pags. E. 

Azeredo Teixeira de Aguiar (Francisco de).— Vc-ja-se : Heliiager [Francisco)^ 

261— Aznar Cardona 'Pedro). — Expvlsion ivslificada de los morisccsespanoles, 
Y suma de las excellencias Cliristianas de nuestro lUy Don Folipe el Ca- 
C? thollco Tercero deste nombie. Diuidida en dos partes. Couipuesla por... 

JSn Huesca, por Pedro Cabatre, Ano 1612. In-8.o peq. de VIII (inums.)-158 
ÍT., além de VII (inums.) finaes com a Tahla. E. 

Estimada. Front. tarjado. As primeiras ff. falta um pcdacito no canto superior de fora. 

262— Azpilcueta Navarro [Harlin de).— 'Jk CoM.MKNTO i| EN KOMAXCE AMA 
II nera de repeticion latina y scholastica de Iiiri- || stas, sobre el capi- 
tulo Quando, de cõsecrationc || dist. piima. Cõpusto por el doslor... 
II ... II Enel qual |! derayz se trata dela oracion, horas canónicas y || olroã 
officios diuino';, y quando, como y porq || se han de di/.ir en el choro y 
fiiera dei.,. || f%? CONlMBRICAE. ^\i Nonas Octo. M.D. XLV. In-i." 
de VI ÍT. (ptels.) inunis., 600 pags , e mais 22 íT. inums, finais. E. 

As Vi ff. prels. compreendem: frontispício, e Dedicatória f^^ A LA MUY ALTA 
f^ \\Y MUY PODEROSA REYNA \\ Dona Cataliiia la prímera deste nõinbre, 
Portugal, De \\ los Al^arues, de aqiiêde y nllende, Ocet. Martin de Az- \\ pilcueta 
Nauarro, Gratia diui.ia, para gloria soberana, \\ temporal y eterna le desjea.,- dedi- 
catória que começa logo no alto da ti. do frontispício. 

As XXII ff. finais inserem: a l.a uma Dedicatória: Ç-^ NOBILÍSSIMO f%-^ ;\ viro, 
eidemq júris vtriasq doctori \\ celcberrinw Domino meo. D. H Remigio a Ooili. Archi- 
diaco- 11 no Pompilonensi, admodã H reuercndo loltannes a \\ lAurcmiçar:. \\ S. P. D. \\ 
\^^ ;-e as restantes: Tabla o reportório en el qual .c. signijica capitulo .n. nu- 
mero. \\y p. pagina. 

O título no frontispício, impresso a preto e vermelho, encontra-se dentro de artís- 
tico alçado, tendo no centro da parte superior o escudo d'armas reais portuguesas 
(veja-se Catalogo da Livraria Bertrand, n.o 332). 

Com referencia ao mérito e extrema raridade deste livro tstimavel a vários respeitos, ve- 
ja-se o opúsculo que ácérca do autor e da obra publicou ultimamente, em Coimbra, 
o Dr. Teixeira de Carvalho. 

O exemplar que expomos á venda encontra-se em perfeito estado de conservarão. -RA- 

Rissmo. - 



S'/, 



C^' 



AZEVEDO -SAMODAES 



75 



2t)3-Azpilcueta Navarro ÍMuriiníle).—'ÍAfUiú}... Oaoia, l.')71 

f 







w 



capítulo vc^ntc Y 

acho delas ãddicíonesdd Manual 
de CÔfeíTorer.drf-Dodor Mar- 
tin de Azpilcueta Nauarrc, 
anadido porei miímo 
autor. 
Corifutabía* 

Jmpzcíío en euoia 

en caía de Andrcsde Burgos. 

Con licencia dos (ênores 
Inquiridores* 

M7« 







.f^^/ 



o ^ 



(O onyinal mede lõHxllU m/m) 

In-i." de 8fi IT. nums. na frenle, e XVI inums., para a TABLA DE LO CONTE- 
NlbOENESTE li Capitulo xxviij, a qual teiulo piiacipiado no verso da 11. 
86, r. mala com o seguinte registo : 

— FVE IMPRESSO EN \\ Euora em ca/a de Andres \\ de Burgos cauallero de 
II cofa dei Cardenal in- Wfanie cn dezKbre || de- lõ71. E. (perg.) 

No verso da folha do frontispício vem :i A.vrobncióz de fia obra q '\ i>or maidado 
dei muy alto ^ cafiolico Rey dõ\\ PUilipe fac vlfta y examltada en Madrid, (da- 
tada e subscrita: Feclia ei Ma- \[ drid. 15. de Abril de 1569. 1| Fray Alonfo de Oroz- 
co.). Por baixo a seguinte declaração: Dejpues defto aos .20. dias de Hebrero\\ 
defti ano de fetsnta e vno, fue moftra- ii do efte libro ai muy magriijico fenor 



ItÒ CATÁLOGO DA LIVRARIA 



i/' 



\\el feitor lice.içiado Diego Mendez de Vafco.-iceíos, iiíjuifidor c-i efte Arço\, bis- 
pado de Euora, y dio licencia que !', fe impríiniefje. 
A impressão foi executada com caracteres redondos : O texto da Tabla i disposto a duas 
columnas por pagina. Cotas marginais. Belo exemplar. RARÍSSIMA. 

264 Martini AB AZ 1| ptlriu-tn Itminrrí íiirís- H rísiilti ín trrs ic ;nu'- fi nítc*- 

J _ ^ lin íiístíiirtúnirs ! pusUfrion-s iinii- mnitinij. : . T >í< ii Ãiirrliis rst fu rnlrr 

O ih libn' II Uiniplrlíssiimis ill^«• : aoiiiiiilirirr. || EX OFHCINA lOllANNIS AL- 

II VaRI et IOHANMS BAHUErii. || ANNO. M.D.XLll. (i"u flintiii tt nríiiílf- 
gúT. In-fol. de XII (innnis.)-3i6 p.-igs., nicm de XXXV iiiiinis., o uma em 
bfiinco, finais. E. 

As XII pags. prels. inums. compreendem : titulo (está dentro de curioso alçado ou por- 
tada gravada em madeira, o qual tem na parte superior o escudo d'armas de Portugal, 
e na inferior o brasão de D. Francisco de Navarra Roncisvallis ?)-> ^ \ ORDO CA- 
PITVL. & §§. INTERPRETATIONEII DONATORVM.. {Il-verso da folha do fron- 
tispício)-, f^ VERE I.MCLYTO SERE-H NISSIMO QUE lOHANNI EIVS |; NO- 
MINIS TERTIO LVSITANORVM || ...» (III a V)-.|]^ ^í) niiaítOfr!» «lltílHirS : 
nUt II autorem Salamanticas. Tholosae, vel Cathnrci audi- 1; uerunt iura Pontifícia in- 
terpretantê.. (VI a IX)- Outra Dedicatória: «^ JlIlIStrtSSÍIlIi) UÍro nr rriIC- 
ríôííSÍlItO 11 Patri & domino nico (sic). D. Francisco a Nauarra Roncisvallis i; priori 
& Episcopo Ciuitatensi electo Martinus ab 1| Azpilcueta Nauarrus ciusdeq Rõcis vallis 
llCanonicus Commendatarius. |1 S. P. D.. (X e Xl)-<f^ NEQVID PER HVMA. 
NAM TVPOORAPHORii |1 incuriam h;e sitescandide lector paucas medas opera ami- 
coru colle- !! ctas ipsorum iocis per sequentia castigabis: scito tamcn bulam nos 'i a 
bule Greeca você deriuare.» (XII). 

Nas primeiras XXXIV pags. finais e parte (cinco linhas) da XXXV decorre o : «COM- 
MENTARIIS INDEX. 1| f^ CONTENTORVM IN H HIS COMMENTARIIS INDEX.» 
e na restante parte da mesma pag. XXXV um 'f-^^ AD LECTOREM», e o se- 
guinte colofãti final :-.f^ IN NOBILI LVSITANORVM CONIM- f-^ ,, BRl- 
CANA ACADE.MIA. lOHANES i| Aluarus, & lohannes Barrij typographi cxcudebant. 
: Anno. M. D. XLII. quarto kalendas Angustas. (""'-' li ^ ^"^ ' 

Na impressão foram utilisados caracteres redondos e góticos : aqueles no texto da 
obra propriamente dita; estes nos títulos dos capítulos e nas notas marginais. 

Como ornamento vêem numerosas letras iniciais ^e capítulos, abertas em madeira, 
sobre desenhos de fantasia. 

Obra estimada. Belo exemplar. Multo rara. 

265- Relectio .g. in Le- 1| iiilico íah cap. Quis aliquando. de ji pienit. dilt. 

I. qiia? de armo iol eleo, [j & iohelea indulgeiítia principaliter |! agens, totam 
J] r> indulèientiarum metliiíam exhaiirit: exponetq ; quinque || E-xtrauag. de 
"S O ^Vl poenit. &. remiir. cum || miiilanim nouarum relolutionu de- i] cifione, & 

'^ ' veterum relulutione ; vsiii i| quotidiano acconiodata. 1| (Juae liabila fuit in 

inclyla l.ufitaniae Conliirica, | per Martinum ab Azpilcueta lureconfullQ || 
Nauarrum, íacrae Mililiae ordinis bea || lae Marias Koncuevallis Com- 1| men- 
datarium. || ^J || M.D.L.Xij Cal- Decemh. \\ Contenta in ea rerfa pagella in- 
dicai. In-S." peq. de XVI (inuins.)-338 pags., afora mais XXXVI inums., fi- 
nais. 

As pags. prels. inums. compreendem; frontispício (pag. 1) — índice (II)-« DILECTO 
FILIO MAR- II tino de -Azpilcueta decretorum Do- H ctorí Primariam Cathedram inris 
callnonici in vniuerfitate ftudij Conim- IJ bricen. actum regent. |1 /'/IKZ.KS PAPA. 
III. (datada e subscrita no lim : Datis Romãs apad ]', fanctum Petru fub a:mulo 
Pifcatoris dic \\ S. larmarij. M.D.XLIII. Pontifi- |i catus iwftri ãiio nono. L. de 
roz-í-ís.)- Dedicatória: Screnifsimae prín'\ClPI PORTVGALIAE \\ Infa.ttí Maria; 



AZEVEDO -SAMODÂES 77 



Martíiias ab Azpikueta'iNauarrus (anctum lESV CHri'\stí Spirítum perpctutim 
ex-\\ optat.T (Vil a XlV)-e prologo «Ad lectoreui.- (XV e XVI). 
As primeiras XXXV pags. iiiums. finais inserem o -INDEX LOCVPLES VBI ;; N. no- 
table. p. paginam &. n. \\ numeru cieTignat.» ; e a XXXVI o Privilegio cio Cardeal 
D, Henrique, e o seguinte registo tipográfico :-<CO/V/AÍB/?/C/£' l| /oa/z/íís Barrerius 
^ loaines aluaras \\ t;'pograp/ii Regij exciídeba-it. ',, Sepíimo Id. Noucb'\M. D 

i. ^.- 

Encadernadas juntamente, estas duas outivas obras: 

Relectio cap. Ita ji qooriindani. rte liidaeis, in qiia de re- !! bus ad 

Sarracenos deferri [irohitii- 1| tis, & cenfuiis ob id latis non fegni- [[ ter dif- 
piitalur. cõpoíita & proriú:iata || in Ínclita Conimbritéfi Academia, [] per 
MAFíTINVM ab Azpilcueta iure- || coníultum Navarrum, primari(H fiinctio- 
II iiis gymnaflam, qui ante duodecim !| annos fiierat einfíé funclitnis || in 
proeclarif-ima Sal- || manticeifi. |i <§}► |! f'rui'egiu>n fequens payella con- 

tmet WCOSISBRlCAE. l \\ M.D L. I i 8.° peq. de XXIV (inums.— 

as duas ultimas ain branco)-239-I pags. 

Nas XXIV pags. prels. o seguinte texto : titulo (I) - Bula do papa Paulus III (datada e sub- 
scrita : <-Datis Rom:e apud Tanctu Petrli fub annule ;; pifcatoris ;] die. viii. lanuarii. 
M. D. XLVIII. Pontificatus ;, noftri anno nono. 1, i. de Torres.' (11) - Dedicatória : 
ERVDITISSIMO VIRO AIA-Wgifíro Svmoíi Roderico prceposito focietatis IE-\, 
SV ii PortugaWíe rcgie, traifmari.iisq ; rs-\ gio.iibus citra l-idiam Regi... (III a 
Vn)-'ORN.iT!SSlMO VIRO ,1 focietatis lESV fodali, Utegerrimo\\Ioaií:U ab Az- 
picuelta Martl.tus • Salvador ab Azpicueta .S. \\ P. IN lESV CHHI !í STO. D,. (VIII) 
-e .INDEX.. {IX a XXII). 

Na ultima pag. (inum.) do volume o Privilegio do Cardeal D. Henrique, e o seguinte 
eolofát:-COMMBR!C/E\\ íoaTtes Ba'-reriti^^ loãies Aluaras \\ typographi Regij 

excadeba ít :\\Septimo cale td. Noaembr.\, ' M. D. Z.. 'I ;^^ 

COXTROVER- II SIA DE iNECESSARlA 1 BESIDENCIA PElíSttNAU 

EPIS- li copoiQ & alionini inferioriã IV.ftoium, 'i'ridenti !: cxplicata per fra- 
trem Barlliolomeum Car- ]! ranzari de Miranda infiituti beali Do- |! tninici 
Hifpaniae Provincialem. || ;Logar de m.-trca do impressor— gravada em ma- 
deira) I SAL^íAy,llCÁE. II Excudehat Andreos de Purtoiíavijs. \, M D.Í.. In- 
8." peq. de 87 IV. rurns. na frente, afora uma final (iiium.), contendo ape- 
nas, no centro da frente, o colnfón: « SaLMANTICAE I Excudebat Andreas 
de Portonanis. || M D.L.n — As três ohras em um rolume. E. 



Apreciadas. Edições primitiv.as. Belos e.\emplares. Muito raras. 

26(j— Azurara [Gomes Eannes de). — Chronica do descolirimento e conquista de 

Guiné esciita por mandado de el Hei D. AlTonso V, sob a direcção scien- ,// 

tiflca e. segundo as instiucgões do illustre infante D. Henrique; fielmente 
lra.slaladi do manuscrito original contemporâneo, que se conserva na Bi- 
bliollieca I{eal de Paris, e da ia pela primeira vez á luz por diligencia do 
Visconde da Carreira ; precedida de uma introducç.ão, e illuslra Ja com 
algumas notas pelo Visconde de Santarém ; e seguida d'uin glossário das 
palavras c phrases antiquadas e obsoletas {por J. J. Raquete). Puris, por 
J. P. Aillaiid. Na Offic. Tijp. de Fain e Thunot. 18il. In-8.' de XXV pags. 
prels., uma 11. branca, 2 com os «fac-similes)' da primeira e ultima ff. do 
Ms. original ; 474 pags. com a Chronica (de pag. 465 a 474 decorre o GLOS- 
SÁRIO das palavras obsoletas), e uma, final, com as Erratas. E. 



oJ( O^ 



CATALOGO DA LIVRARIA 



c4 



D 



é-í^ 



qht "" 



Excelente edição, ilustrada com o retrato do infante D. Henrique, tirado em separado. 
Muito estimada. Ponco vulgar. 

— — Chronica de D. João I. . .— Vcjase : Lopes {Fernão). 



B 

267— Bacallar y Sanna (D. Ticcníf).— Muiiarohia hebn a. Escrita por .. Mar- 
quês de San Phelipe. Se^iunda edicion. Corregida de muchos enorcs... 
O ^ITio (Marca do impref-sor) í7^3-50. En Madrid: ror Gabrvl RiJmirez... 

In-4.°, 2 lonios de YlIl-Ue-XVIlI e 384-VI pags. E. 

Estimada. Bom exemplar. 

268- Bacelar (íV. /Iji/rriiío)— DEFENSA KVANGrLICA DE LA COt^N ■\C.r()N, Y 
PAHENTESCO DE NVESTRO GLOIilOSO AI'OSTOL, y vn:co r.,tron de Es- 
pana Santiago el mayor. .. COMPUESTA POH EL PADRE.. . Corrtgi la en 
'^ (y esta segunda impression por il mismo Autor, y ai"iadidosa!gunos milagres 

que suscedieron a Peregrinos, y ti fundamento de truer conchas cn los 
sombreros quando hazen esla lioiuaria a Santiago Dedicada ai mismo 
Apostol Santiago Zeliedeo, . . (Logar de gravura com as imagens da Vir- 
gem e do Apostolo Santiago). CO.V TOnAS LAS IJCENCIAS iY/ÍCí.'C',.4- 
RIÂS. Impresso en Coimbra. Por iV/íii'fi<i Curnalho. Ano i631. ln-4.° de Ifil 
pags., além de uma (imnuerada) com as EllIíAiAS DESTE THATADO. E. 
{pcrg.). 

As IV pags. prels. compreendem: frontispício, Vistos e « LICENC,AS«. Nas pags. nums. 
1 e 2 a Dedicatória «AL GLORIOSO Apostol Santiago el mayor»; da 3 até parte 
da 7 diversas Aprovações; na restante parte da 7 e na 8 a «LICENCIA DEL Or- 
dinário»; e da nove em diante a obra propriamente dita. 

Estimada. Ediçíio portuguesa muito rara. líom exemplar. 

269— Baena (/iíioi ^//'oíiso df).— El Caricioiíeio. (Siglo XV). Aliora por primera 
ç. O' ves dado á luz, con notas y fouifiilaiits. Madud, Iwjj. de la Puilicidad. .. 

1851. In-S.° max. de Lxxxvii-73:! ) r^gs. E. 

Acompanhado de dois «fac-similes» de igual numero de pags. do ms. original, impressos 
a cores, em ff. aparte (desdobráveis). Muito estimado; já pouco frequente no mer- 
cado. 



270-Baena Parada {D. Juan df)— EPITOME || DE LA VIDA, II Y HEGllOS || 
DE DON SEBASTIAN DEZIMO SEXTO || líey de Portugal, y Vnico deste 
Norabre. Jornadas que liizo II à las Conquislas de Africa y fu muerte deí- 
graciada. Con || Difcuifos Elcolasticos, Políticos, Ililloriales, y Mo. ales, de- 
duzidos de la mefma Hilloria. f DIRIGIDO A LA SERENÍSSIMA REYNA I| 
de los Angeles, MARIA SANTÍSSIMA Seuora nueftra, !! con Titulo de la 
SOLEDAD. II POR EL LICENCIADO || D. JVAN DE BAENA PARADA. 1| Pres- 
bytero. Natural de la Coronada Villa de Madrid. || (Escudo d'armas, aber- 
to em madeira) || Com Puivjlegio. Em Maiiuid: Por Anionio Gonf;alez de 
lieijes. 1! .4/-io de MDCLXXXXII. ln-4.» de XX ff. (prels.) inums., 210 pags. 
nimis, além XIV finais inums., inserindo o ÍNDICE DE LOS CAPITVLOS |1 
COSAS MEMORABLES DEL EPITOME 11 ...» E. 



AZEVEDO -SAMODÃES 79 



As XX folhas prels. compreendem: froiitispicio- Dedicatória : «A LA SOBERANA 
VIRGEM MARIA, || REYNA DE CIELO, Y TIERRA, r CON EL TITVLO DE LA 
SOLEDAD.. 11 <C£A'SK«.4 DEL MVY REVERENDO]] P. Er. Andrès de Bue/i- 
tíía...»-«Suma dei Privilegio». -«Fee de erratas-. --Suma de la Taesa.- Poesias 
em louvor do autor e da obra, a saber: De Dot Pedro Frauisco Laiiiii Segredo... 
i; SONETO». -«£)£■/. MISMO. \\ LYR.^^S-.-DE VN AFICIONADO ]\ dei .Autor cri su 
Elogio. "SONETO^- de D. Ysidro de Burgos Mantilha (um Soneto e uma Decima) 
-EN ELOGIO DEL ASSVNTO, '\ de Dot luatt Munoz. . . ]] ROMANCE HEROVCO. 
-EN ELOGIO DEL AVTOR, li de D. Pedro de Zayas, || SONETO»-«OrRO DEL 
iM/S/lí O, :; SONETO»- .ÍNDICE DE LOS AVTORES, QVE con fus Doctrinas cali- 
fican la verdad de las 1 queftiones que fe tratan en , este Epitome--e «PROLOGO». 

A Dedicatória é encimada por uma gravura em madeira (toscamente gravada), contendo 
a imagem da Virgem da Soledad. 

De pagina 189 a 210 decorre: .CRONOLOGIA :| DE LOS REYS DE PORTUGAL, !| 
DESDE SU PRINCIPIO, HASTA ,; el ario de 1665.. 

Obra importante e de muito valor hiítorico ; desconhecida a Salva. Estimada. Belo 
exemplar. Uuito rara. 

271— Baker r/!0'?i(i.s).—Traité de rincei-lituile des Sciences, Tradtiit de l'An- "t^ -^ 

alois. (fiar Berger). .4 Paris-, C/ifr Pierre Meqvehii . . . <l- Juajues Pijct. . . 
M.DCC XIV. Iri-1-2.0 de .XXIIl 307IV pat:s. E. 

272— Baibi {Adrien}. —Kssai stalisUque siir le Royaniiie de Portugal el d"Al- 
garve, cotiipaic uux auti'es étals Jo riiiirope, et suivi 'rim Coup d"ipil 
siir Tétat actuei des scieiíces, des letlres et des btaux arls parnii les por- 
tiigais des deux hémisphòres. Dédié ã sa Mageslé très-fidèle, l':ir... Pu- 
rU, Cliez fíey el Ciíwier, Lih aires... ÍS2'2. (No verso do ante-roslo: Impr. 
de CuSíon). In-S.", 2 vo!s. de lij-4S0 e IV-á72-ccclxxviij pags. E. 

As lij pags. prels. do volume I inserem: antc-rosto, frontispício. Dedicatória (dat.ida : 
«Paris, 22 septembre 1322»), «Discours préliminaire-, c "Tableau synoplique des 
articles...»; e as ccclxxviij pags. finais do tomo II o «Appendix à la Géographie 
littéraire». 

Estimada. Bom exemplar. Pouco vulgar no mercado. 



273- 



Mo, 



Varietés politioo-stalistiques sur la monarchie porlugaise ; Dédices /^' ~. 



à JI. le B:iion Alexandre de Hiiinboldl . . . Parií, lley et Graiier... 1822. 
—No verso do ante-rosto:— /7h;j)-. de Coísoh. . ln-8.° de XV-232-1 pags. e 
YIl fl'. desdobráveis. E. 

Balercio Scutarino (Aímco).— Coronica do Jorge Ci&trioto. . .— Veja-se : 

Coronica. . . 

Ballesteros [Dun F()-)ií!í?do). — Comedia Eiifrosiria . — Veja-se: Ferreira àe 

Wiifoucellos {.Jorge} . 

274— Baimés {.Jaciiues], ~Le protestantisme compare au cjHiolicisme dans ses ^^ ij' 

rapports avec la civilisation européonne, par. . . Sixiènie édilion, revue el 
corrigée avec soin, et angmcnléts d'iuie Inlroduclion par A. de Blanche- 
lUffin. Paris: Augvsíe Vaton, 1860. Ia 8.", 3 vols. de IV-X-ll', lV-132 e 
IV-501 pags E. 

Orne d'un magnifique portrait grave sur acier. 

275 Mélanges religieux, philosophkpies, politiques et liltéraires, de... 

Tradnits de IVspagnol, avec une inlroluction, Par J. HareiUe. Paris, Ti- 
ufs, IS.JJ. ln-8.°, 3 vols. de LYIII-39B, V-410 e lV-424 pags. E. 



^A^ 



80 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



f /-) ^ 27(3 Filosofia fundamental, por Don .. Barcelona. Imp. dei Diário de 

^_j~l Barcelona, tSoO. In-8.", 4 tomos em dois vols. E. 



tio4^" 



^ 277— Bandarra [Gouçalo .1/ííus\-TR()VAS. . . NASTES... il.DC.XXXXÍIII. 

[Do froiit'spie'o damos a f.cocla reprodvção folo-zinco jrúfica que seyvt): 



TROVAS 

D O 

BANDARRA, 

<yípuradas e impreffaíypor ordem dê 
hftffí grande Senhor de Portugt^l, 

OfFcreçidasaosvetdadeirosPortuguefes, 
dcvocos do Encubecto. 




EM NANTES. 

Por GvilLELMO Oí MONWIER.. 

Imprefíor dei Rcy. 
M. DC. XXXXllH. 

ln-8.° peq. de \'I1I pags. (prcls.) iniinis , 53 nums., uma em branco, III inuma. 
8 uma outra em branco, finais. E. 

As VIII pags. prels. compreendem: írontispicio (I e 11 -esta em branco), e uma espécie 
cie Prologo, encimado peia epigrafe: «AOS VERDADEIROS || PORTVQVEZES, DE- 
VOTOS !| DO ENCVBERTO* (III a VIII). 

Nas três pags. inums. que se seguem ás 53 nums. vem uma interessante advertência 
acerca de OoiíçaUeaniies Baiularra e de suas Trovas, a qual é encimada pela epi- 
grafe: «A QVEM LER.. 




Encadernarão iJo livro descrito ro Catalogo sob o n." Í77. 



(Pag. 80) 



AZEVEDO - SAMODÃES 81 



As Trovas do Bandarra, que são precedidas de uma iDedicatorta do Autlior a Dom 
Jaão\\de Portugal Bispo da Ooarda-> (pags. 1 a 4 e duas linhas da 5), dividem-se 
como que em 5 capitulos. São êles : 

SENTE BANDARRA \\ as maldades de míido, e particularmente \\ as de Portu- 
gal (versos 1 a 16, que correm da pag. 5 a parte da 9). 

SONHO PRIMEIRO QVEí\ Finge, amodo Pastoril.^ (versos 17 a 67, - pags. O 
a 27). 

PROGNOSTICA O AVTORW os males de Portugal, Canta suas \\ glorias com a 
Acclamação do Rey Encuberto. (versos 68 a 81,- pags. 27 a 33). 
INTRODVS O AVTOR- Poeticamente doux Judeus, que uem\\buscar o Pastor 
Mor, hum, chama-\\do Fraim, e outro, Dão ; e achão Fer-\\nando ouelhelro 
oparta. (versos 82 a 12S,-pags. 33 a 55). 

REPOSTA DO BANDARRA || aalgaãs perguntas que lhe JizeraâW e da reposta 
delias se conhece \\ quais forão. (versos 129 a 1 59. - pags. 55 a 53 (aliás 63). 

A espécie de Prologo inserto nas pags. prels. Ill a VIII é como que uma análise cri- 
tica em que seu autor (por certo o grande Senhor de Portugal, que apurou e orde- 
nou a impressão das Trovas) pretende demonstrar a verdadeira significação de 
muitas das trovas do famoso sapateiro de Trancoso. 

O volume compreende 9 cadeinos de quatro folhas cada, e um (o ultimo) de duas. O 1.» 
está rubricado : ã 2 (a H. que constitue o frontispício não apresenta a rubrica i 
que lhe competia); os oito imediatos: A, A 2 3. H, H 2, t o ultimo: ã. 

A edição é excelentemente impressa, e apesar de haver sido executada no estrangeiro 
não se lhe encontram gralhas tipográficas. O exemplar, que está primorosamente es- 
pelhado,- pelo que apresenta o formato de 4.° grande, -tem duas gravuras a buril 
em chapas de metal, que não fazem parte da edição nem da obra: A primeira repro- 
duz o escudo d'armas de Portugal, encimado por viseira, coroa ducal e cabeça de 
dragão alado, é o mesmo do ante-rosto da edição da obra do P. António de Vas- 
QC\nQc\os--Anacephaleoses id est, suma capita actorum Regum Lusitaniae, impressa 
em Antuérpia, por Pedro e João Belleros, no ano 1624; a segunda, uma espécie de 
escudète, também encimado por coroa real e tendo no centro os escudos d'arma£ de 
D. João V e de D. Mariana de Áustria, sua mulher. 

O exemplar tem ainda a valorisá-lo uma rica encadernação inteira de carneira fina; as 
pastas mui hábil e elegantemente decoradas de larga cercadura a ouro, impressa, 
pouco a pouco, com variados ferros de artísticos e caprichosos desenhos, consti- 
tuindo tudo um lindo e admirável conjunto. No centro das mesmas pastas, por so- 
bre o respectivo manto de arminho encimado por coroa real, os mesmos escudos de 
D. João V e de D. Mariana de Áustria, reproduzidos na gravura apensa ao volume 
e a que acima nos referimos. As folhas estão douradas nos cortes. 

O facto do exemplar conter a citada gravura e de na encadernação se encontrarem os dois 
mencionados escudos dos reais consortes, leva-nos a crer que êle devia ter sido per- 
tença da Biblioteca particular dos monarcas citados. 

Tendo em vista a extrema raridade dos exemplares desta edição (ignoramos até onde 
exista outro) e ainda as valiosas e interessantes particularidades que deixamos apon- 
tadas, é fácil de concluir que o presente exemplar é verdadeiramente precioso c 
portanto de altíssimo valor. 

278 Trovas do Bandarra, natural da Villa de Trancoso, apuradas, e 

impressas por ordem de um grande senhor de Portugal, OíTerecidas aos 
verdadeiros Tortugnezes devotos do Encuberto. Nova edição. A que se 
ajuntâo mais algumas nunca até ao presente impressas. Barcelona: M. 
DCCCIX. In-8.° de 8.3 pags-, atóra uma em branco, final. E. 

Edição estimada e também já rara. Bom exemplar. 

Encadernada juntamente :-COZ.i£CÇ/ÍO de Profecias contendo profecias achadas n"u81 
convento do Minho ; seguidas das do Bandarra e do celebre Pimentel, que tinta 
nomeada adquiriu no Brazil. Tendo todas relação aos successos presentes e até 
1900. Editor F. J. da Purificação. Porto: Typ. de J. L. de Sousa... 1849. In-S.o de 
16 pags. ; vindo na 2.a uma Advertência do editor. 

6 



o%t. 



c<^ 



tvl,- 



82 CATALOGO DA LIV RARIA 

279— Bandeira Monteiro Subágua {.4)i/c»)ío)— Refugio dos porluguezes, por... 
Lisboa: Na Imp. Regia. Annu 1830. Com Licença. ln-i.° de 36 pags. E. 

Encadernadar juntamente ha varias outras obras de diversos autores, das quais cita- 
remos as seguintes: <Poesias de António de Villasboas e Sampaio... AUTO da 
lavradora de Ayro,... e Saudades do tejo, e de Lisboa,.,»-«/4/raro Gonçalves o 
Magriço e os doze de Inglaterra, drama histórico... Por Jacinto Heliodoro de Fa- 
ria Aguiar de Loureiro...» ; etc. 
Banos de Velasco (Juan). — Historia pontifical... — Veja-se : I He scae {Gon- 
çalo de). 

280-Baptista (Fr. Gív^orio)- COMPLETAS \\ DA VIDA DE CHRIS- || TO CAN- 
TADAS A II HARPA DA CRVZ |1 POR ELLE MESMO. || COMPOSTAS PELLO 
P. M... II Monge da Congregação do Patriarclia || S. fíento em Portugal... 
li Com difcursos predicaueis pêra as tardes da Quarefina, |! & pêra as 
Fefias da Cruz, de NoíTa Senhora, & do || gloriofo S. João Euangeliíla. \\ 
Dirigidas ao Reuerendissimo P. Fr. António dos Reis. . . || EM LISBOA. \\ 
Com licença do Sancto Officio, Ordinário, & Paço \\ Por Pedro (Jraesheeck Im- 
preffor dei fíey. Anno Í623 \\ A cu/'ta de Thonie do Valle >nercador de livros. 
In-á." de Vlll IT. (prels.) inums. e 133 niinis. na frente, além de uma com 
a ProtestaçSo do autor e 18 de In lices, inums., finais. E. 

As Vlll folhas prels. compreendem: frontispício- ■ Approvac.am do... Padre Frey 
Martinho da Apresentação... >-«Z./C£A^Ç/15>.- Dedicatória 'Ao Reverendíssimo Pa- 
dre Frey António dos Reis...- «PROLOGO Ao Lector. -e um Soneto do Padre Fr. 
Agostinho da Graça; umas Decimas do Licenciado Qeronimo da Silva d' Azevedo, e 
mais dois Sonetos: um do Padre Fiey Bernaido de Braga, e outro do Padre Frey 
António de Caruajal,-tudo em louvor do autor e da obra. 

Clássico muito apreciado, mesmo no estrangeiro, como o contirmam as traduções caste- 
lhana e italiana que de suas obras se fizeram. Multo raro. 

Baptista (Joíep/i)- — SAM lOAM || BAPTISTA. ..— VeJL-se : Lopes Calral 

[Fr. António). 

Baptista de Castro— (Jouo)—Vpjase : Castro. 

281 — Baptista á'Esio —{João] —Judeo coneerso) — Consolarjam cliristaã, e Ivz para 
^-"2? o povo hehreo. Sobre os psalmos do real propheta Dauid, que propheti- 

zou dos mj sterios altíssimos, que auia de obrar o Sancto Rey Messias na 
redépção do género humano: cc hum discvrso mtiy denoto sobre o Psid- 
mo Beati immaculati. Declarados no sentido literal, por... Dedicada ao. .. 
Senhor D. Theodosio.., Com licença. Em Lisboa. Na offic. de Pedro Craes- 
heecJ:. 1616. In-4.° de x ff. prils. s. n., 105 num. na frente e 1 iniim. de 
Tabooda. E. 

Nas folhas prels. cncontr.im-se versos de Frawisco Naiiez Avilla, António Ooinez de. 
Oliveira, Pauto Gonçalves de Andrade, Pedro Dias de Paiva, Manoel .Machado da 
Matta, João Pinto Delgado e Jeronymo Freire Sarrão, sendo uns em louvor do au- 
ctor e outros do Duque de Bragança D. Theodosio. No verso da ti. X vem uma 
grande vinheta com a imagem de Christo, aberta em madeira ; além de outras 
vinhetas no texto. As primeiras e as ultimas ff. estão manuscritas. -Rara. 

-282 — l>IALOGO Eí^TRE DISGIPVLO, E MESTRE CATECHIZANTE. Onde 

se resoluem todas as duuidas que os ludeos Obstinados costnmão fazer 

C <^ contra a verdade da Fé Catholica ; Com efficacissiraas razões, assi dos Pro- 

phetas santos, como de seus mesmos Rabbinos. Dedicada ji S. C. R. Ma- 



AZEVEDO -SAMODÃES 83 



gestade dei Rey Philippe IIIl das Espanhas. Traduzido mui fielmente da 
Escriptura, & Ratbinos. Por loam Baptista d'Es>te. (Antigas armas do reino). 
Com íícença do santo oflicio, Ordinário, & dei Rey. — EN LISBOA, Por Ge- 
raldo da Vinha, .inno 1621. Com Privdegio /?tní. In-4.° de IV ff. prels. inum. 
(para: front., uma Dedicatória ao rei e outra Ao Prudente Leitor); 190 
nums. na frente, para a obra, e III inums., finais, para a TAVOADA... 
E. perg. 

No ifirn da face da ultima H. vem o seguinte registo: Acabouse de imprimir este liuro 
com todas as licenças necessárias, em vinte & cinco de Mayo, na era de 1621. poi 
Geraldo da Vinha. 

Belo exemplar d'esta obra apreciada e RARA. 

Baptista Feo /'Jouo^— Veja-se : Fco. , 

Baptista Lavanha {João) — Vejase: Lavanha. 

283-BAPTISTERIO i! E CEREMONIAL || DOS || SACliAMENTOS U DA SANCTA 

II MADRE IGREIA i| ROMANA. ,! EMENDADO, E ACRECENTADO i! EM >t(^ S~^ 

MVITAS COVSAS, NESTA || vitima impreflaõ : conforme o Cathecismo || & 
Ritual Romano. || Com todas as licenças neceffarias. || EM LISBOA. \\ Na 
Officina de António Aluarez Im- || prellor Delfíeij N. S. M.DC.I.V. \\ A ciifta 
de loão ^íiíarf: de Leão, Impreffor de liuros. ln-4.° de IV ff. (prels ) inums. 
e 78 nums. na frente. E. 

As IV ff. prels. compreendem: frontispício- «LICENC.AS.» -. TABOADA |t DAS COV- 
. SAS CONTEVDAS [| NESTE BAPTISTÉRIO, E CEREMONIAS || dos Sacramentos da 

Sancta Madre Igreja || Romana» -e «Exorcirmo contra quaefquer animaes que dani- 

fi- II cão os frutos da terra». 
Todo o texto, incluindo os dizeres do frontispício, é impresso, a linhas alternadas, a 

preto e vermelho. 
Exemplar com a margem lateral de fora defeituosa. -Edição muito rara. , 

284— Barante ('iW. De). -Questions conslitulionnelles, par. . . PaWs: Masson .. rh -^ > 

MDCCCXLIX. In-S.ode 175-11 pags. E. 

285 Tableau de la littéralure française au dix-huitième siècle, par... ^ J~ G 

Paris: Charpentier, 1845. In-8.o de IV-ItOl pags. E. 

286— Barata {.intonio i^ratic/sco)— Cancioneiro Portuguez || Por F. |1 A. Barata |1 /Y i^ €^(P 
(Peg. vinheta lyp.) || CODIBRA \\ IMPRENSA LITTERARIA || 1866— In-8.» 
peq. de XXIlI-ÍI-204 pags. B. 

Na capa acresce mais, depois do nome do autor, estes dizeres : COM UM JUÍZO 
CRITICOU DO SENHORW THOMAZ RIBEIRO (ocupa as pags. XI a XXIII prels.) 
-Estimado. Primeira edição. Já rara. 

Encadernadas juntamente, mais duas obras poéticas. Uma delas é a seguinte; El-YSA- 
BETHA triunfante, poema heróico latino, em dois Cantos, de Fr. Jeronymo Vahia, 
trasladado em versos soltos Por J.-A.-C.-H. Paris. Na Typ. de Paul Renoaard, 
mi. In-8.0 de VIlI-136 pags. 

287 O Manaeliaho de Évora. Romance histórico (1637), por... Com- ?<2/ J~ O 

hra: Imprensa Litleraria, 1873. In-8.° de VIU-BOO pags. E. ^ ^ 

Nas pags. prels. V a VIII vem uma Dedicatória do autor ao seu amigo dr. Rodrigo 
Augusto Cerqueira Veloso. 

- O Rancho da Carqueja. Tentativa de romance histórico, baseado //^l^^~ '~ 

nos acontecimentos académicos do século passado, por. . . Coimbra: Imp. 
Litleraria, i864. In-S," de XI-195-1 pags. E. 



288- 



84 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



b+ 



^I il-. 



O 'O 289 tJm duelo nas sombras ou D. Francisco Manoel de Mello. Romance 

histórico. (1630). Lkhoa: Lucas & Fi'lw— Editores. . . lS75. (Typ. da Biblio- 
theca Vnivei-sal). In-S." de 284-111 pags. E. 

Barata (A. F.).— Veja-se : Leoni [Francisco Erarislo). 

290-Barbosa (-líns).— AR.\T0R1S CARDINALIS HISTORIA APOSTÓLICA 
CVM It Cõmentariis Arii Barbosa lusitani : Salamanticas . . . M.DXVI. 



b O 



(Do frontispício damos a exacta reprodução foto-zineográfica qiie segue): 

ARAT0R1SCARDINALI5HIST0R1A APOSTÓLICA CVM 

Cõiufiitar lis Arii Barbjfst lufitani: 



Ex prluílcgío príndpum 
Nequ is in Hifpania uendat aut et* 
cudatfinearíiluflTupermKTu uc. 
THcopbílus ad Lcíítorcd.njua Comenta tJone 
Arii Luíicani Prarcíptorls íul. 

Prúnitó In undofò quLwjuIidare ucla profundo cft 

Aufastát ignotas follldurcuias: 
Natura íngcnlo uiclt.náç aítra fircut9 

Subdidit império cjcrula cfifta fuo; 
Tcrruit haud iliu m Coeluai u ndic;: & undi^ pontua 

At^fuoafjpciítutcrrarcrj<aaprocul. , •.• 

Arduus haud ílUdcdma: tumor obftítítondx „ v 

HaudbrcoSaí&íyrtcsJcyancaiucpctrae. 
Quín rapcrct folís patuJt quod pifcibus xquor< 

Anbianaud£ndi:lauspriorucraiíuit' 
Quí minus cccc ualetrcui Lufitania orlgo cfti 

Cuígr3;conomengr7:cÍ3cixladcÍtí •.• •.» •«• 

Publica diraifitprsdoraaudaínanfi •.» 

BarboíkcelebrisdSiílilogqiulrl. •.• .•. ♦.• 

Dcfeniíítcrras:flurtusq;ingrc(rusAr3ror 

DoftctuosifiuítusSruadafairadotnat. ••• ».• •.• •.• 
Acnioccurrcbatpiccacaliginccoclú: 

Horreb3ntq;icrímon1lraprofundaciarts« ••• ••♦ V 

Omnia fellci curíli o.-igrr.uk;íi; undas 

íncaílascpdocc: fíidere primusaqias» ».• ••• 

Monftratí<ringenioquodnu!!v3scâíi»t^.^r3 'o' '.* '.' 

Id troníire qucai qua saóonepísra 

TcloSi - •,• •,• 

In-fol. de cl (lEO) folhas numeradas na frente. E. 

Na frente da primeira folha (parte superion os dizei-es reproduzidos acima, e no verso: 

- «Arii Barbosae Lusitani Cármen in sacru poema Aratoris.> ; na ti. ii, frente e parte 

do verso da iii o preambulo : «Arii Barbosse Lusitani ad iuuenes studiosos || bonar 

literar praefatio in primu cõmetariu. > ; na restante parte do verso da mesma fl. iii 

e em parte da iiii o: « Proloquia in opus Aratoris qua: graeci uocant prologomeni : 



AZEVEDO -SAMODÃES S5 



iii quibus de uita & poemate ipso non niuil.» ; da reJanfe parte da iiii ate parte 
da frente da cl (150) o texto da obra e do Comentário-. Na restante parte da frente 
e no verso da mesma li. et, quatro poesias em louvor e encómio de Árias Barbosa. e 
do seu Comentário. Em remate de tudo, vem o seguinte registo tipográlico : - «Im- 
pressum Salmantic^ in sedibus loan-Hnis de Porris Mense Aprili M.DXVI.» 

Estes Comentários do nosso erudito Aires Barbosa aos dois livros da Historia Apostó- 
lica de Aratoris (ou Arator) são tidos como de grande erudição e, por isso, em muita 
consideração e estima. 

Edição primitiva, e parece que única. Bom exemplar. Raríssima. 

Barata (Fr. Domingos^.— Sermão (io Acto da Fé... de Coimbra... 1699. 
—\'ei)a,-se: Autos de Fé (Sermões de). 

291— Barbe [Ahhé £.) -Cours ólémentaire de Philosophie, à Tusage des éta- 
blissements d'é(iucation, rHistoire de la Philosophie ; Par... Paris, Le- 
coffre et C'e, Í6V52. In-8.° de VIII-784 pags. E. 

292-Barbosa MgosdnÃo).— DICTIONARIVM || LVSITANICO LATINVM || IVSTA ..y 

SERIEM ALPHABETICAM || OPTIMIS, PROTISQ. DOCTISSIMORV.VI 1| Au- ^/A ^ ^ 

ctorum testímonijs perutili quandam H expositione locupletatun, || CVM 
copiosíssimo LATINI SERMONIS || índice, necnon libello vno aliquarum 
Regionum.Ciuitatum 1| Oppidorum, Fluuiorum, Monlium, & Locorum, qui- 
bus, II veteres vti solebant. Omnia in studiosae iuuen- ;| lutis gratiam, & 
vsum collecta || Per Augustinum Barbosam Lusilanum. |1 Ad Illustrissimum 
D. D. F. Prudentium de Sandoual Tudenseni Episcopum 1| Philippi Hispa- 
niarum Regis Cathollci Historiographum || ( Vinheta aberta em madeira, con- 
tendo as iniciais : I H S.) || Gum Priuilegio Régio, facultate Superiorum 

II II Bracharse \\ Sub signo lESU supra duabus Fortunis. \\ Tijpis, & ex- 

pensis Fructuosi Lande Basto. MDCXL (1611). TtLcado a reis em pa- 

pel. In-fol. peq. de XL ff. prels s. n., 1208 colunas (2 por pags.), uma f. 
de Regislrvm e mais lo pags. com 2 colunas de impressão cada. E. 

Nas fl. prels. traz versos em louvor do autor e da obra, de : Satvaíoris a Costa d' Al- 
mada, Didaci Avimaraiio Golias e Simonis Vaz Barbosa. O front. é impresso a preto 
e vermelho. -Exemplar falto da ultima folha. Apreciada e muito rara. 

293 Thesanras locorum communiuni Jurisprodentia; ex axiomatibus X"ã^ Õ O 

Augustini Barbosae, et analectis .lo. Oltonis Taboris, aliorunque concina- 
tus. Coloniw Allobrogiim, Sumptibus Marci-Michaelis Bovsquete à: Sociorum. 
M.DCC.XXVn. In-fol. 2 vol. E. 

Barbosa (Dwaríí)— Livro de. . . — Veja-se: Collecção de noticias. . , 

294— Barbosa (D. /osc)— Archiathenaeum Lusitanum, sive Regale Collegium yf^ » '^ 

Collimbriense . . . Ulyssippone, Josephi Antonii á Sijlva, 1733. In-4.° de XXXVI- 
280-1 pags. E. 

Esplendida edição, de perfeitíssima execução tipográfica. Enriquecida e embelezada 
com lindas letras iniciais, cabeções alegóricos e Horões de remate, tudo primoro- 
samente gravado a buril em chapas de metal (G. F. L. Debric inv. et sculp. aii" 
1733). 

Exemplar de tiragem especial, em papel de superior qualidade e grande formato ; bem 
encadernado. - Nesta espécie muito raro. 



295 Breve narrac,aõ da admirável vida, e prodigiosa morte do B. Pe- 
dro Neglez, eremita, natural de Lisboa, Traduzido de Latim em Portuguez 
em beneficio da pátria por . . Clérigo Regular. Dedicada ao Senhor Joaõ 



4i- 



8Õ catXlogo da livraria 



^ei^^ 



^ih"^^ 



Vok 



OT? 



Alvares da Costa., . (Peq. vinheta tip. de ornamento). Lnhoa Occidental, 
Na Ojjic. de Manod Fernandes di Costa. . . Anno i738. In-8.» peq. de XXXIX 
(inums.)-141 pags., afora Ires em branco, finais. E. 

As XXXIX pags. prels. inserem: titulo- Dedicatória.- «A Quem quizer ler H Prologo [| 
do Traductor»-e « Licenças >. (Do Santo Officio-Do Ordinário- Do Paço). 

A frente do frontispicio vem uma gravura a buril em chapa de cobre (Bern. Fr. Bo. ex. 
Lx" 1738), contendo a imagem do Santo. -Estimada e rara. 

296 Catalogo chronologico, histórico, genealógico, e critico das Rai- 
nhas de Portugal, e seus filhos. Lisboa. Na Offic. de Joseph António da Syl- 
va. 17i7. In-4.° gr. de xxx.491 pags. E. 

Ornado com os escudos das rainhas, desde D. Thereza até D. Maria Anna d'Austria, 
esposa de D. João V. Muito estimada. Belo exemplar. Não vulgar. 

297 . Elogio de D. Pedro Balthezar de Almeida de Lencastro Commen- 

dador da Ordem de Christo, OITerecido ao Excellentissimo Senhor princi- 
pal Lancastro, por... Clérigo Regular (Vinhet-i com a figura da Fama). 

Lisboa Occidental: Na Ofjlcina de António Isidoro da Fonseca, Com todas 

as licenças necessárias. Anno M.DCC.XLI. In-4.o de XVI (inums.)-56 pags. E. 

As XVI pags. prels. compreendem: frontispicio- Dedicatória -e « Licenças >. {Do Santo 
OlBcio-Do Ordinario-Do Paço). 

Magnifica edição, impressa em excelente papel de linho e adoinada com uma bela gra- 
vura a buril (O. F. L. Debrie scutptor Regias dei. et sculp. 1741), contendo o retr. 
(busto) de Dom Pedro de Almeida de Lancastro. 

Belo exemplar, de tiragem especial em papel de superior qualidade ; com linda ene. 
de couro vermelho, a qual tem as pastas ornamentadas de largas cercaduras im- 
pressas a oiro. -Nestas especiais condições, muito apreciável e raro. 

298 HISTORIA DA FUNDAÇÃO DO REAL CONVENTO DO S. CHRISTO 

Das Religiosas Capuchinhas Francezas, VIDAS DAS SUAS FUNDADO- 
RAS, e de algumas Religiosas insignes em virtudes, Escrita por voto AO 
MESMO SENHOR CRUCIFICADO POR D. JOSEPH BARBOSA. .. LISBOA : 
(15) Na Officina de FRANCISCO LUIZ AMESO,... M. BCG. XLVIII... 
ln-4.'> de VIU ÍT. prels s. n. e 477 pags. E. perg. 

Adornada com uma gravura representando Cristo na cruz, e duas outras: a l.icom 
o retr. da Reverenda Madre Maria de Santo Aleixo..., e a 2.a com o da Reverenda 
Madre Cecilia de S. Francisco. Ambas estão assinadas: Francçus Vieira detineavit- 
Micel Le Bouteux sculpsit. 1749 wíatis suw 67. Apreciada. Bom exemplar. RARA. 



SA 



299 Memorias do Collegio Real de S. Paulo da Universidade de Coim- 

C <~^ bra, e dos eoUegiaes, e porcionistas, OíTerecidas a.. . D. João o V. Por. . . 

S. ind. de l., n. de d. da tmpr. (172 . .) In-fol. de VIlI-426 pags. E. 

As VIIII pags. prels. inserem: titulo -Dedicatória a D. João V-Proemio, ou Pream- 
bulo: .A QUEM LER.. 
O texto da obra propriamente dito abre com uma c INTRODUCÇAÕ». 
Separata das «Memorias da Academia Real da Historia Portuguesa» ?- Multo rara. 

Vida de S. Vicente. ._Veja-se: SANTÍSSIMO SACRAMENTO 

(Fr. João de). 

« 

300— Barbosa Canaes de Figueiredo CasJello-Branco (José)— Estudos biogra- 
phicos ou noticia das pessoas retratadas nos quadros históricos perten- 




AZEVEDO 'SAMODÃES 87 



// 



O O 



gò-/(<=' 



centesá Bibliotheca Nacional de Lisboa. Lisboa, Imp. Nacional, \S5i. In-4 o 
de LXXvi-317-ll pags. E. 

Trabalho interessante e estimado. Pouco frequente. 
301 — Barbosa de Carvalho (Trislam) — Peregiinaçam chrislã, que contem hum 
epilogo das obras de Deos N. S. desde a creaçam dos Anjos, do Mundo, 
do iiomem, da vida, Pay.\ão, e morte do Redemptor, e da Virgem Senhora 
nossa, Com a predestinaçam, e sinaes dos predestinados, alé a Triun- 
fante, e Celestial Cidade de Jerusalém. OíTerecida ao... Senhor Nuno da 
Cunha e Ataide... Composta pelo Bacharel... Natural de Condeyxa, e 
novamente emendada nesta ultima impressão. (Vinheta-marca do impres- 
sor) 11 Lisboa: Na Ofíic. de Pedro Ferreira. . . Anno M.DCCXLIV. . . In-4.° de 
XXII (inums.)-532 pags. E. 

Livro clássico e estimado. Segunda edição (a 1.» é também de Lisboa, por Gonçalo da 
Vinha, 1620, in-8.o). Os exemplares são raa)s no mercado. 

302— Barbosa du Bocage (Manuel Maria rfe^— Poesias, colligidas em nova e 
completa edição dispostas e annotadas por I. F. da Silva, e precedidas de 
um estudo biographico e litterario sobre o poeta, escripto por L. A. Re- 
bello da Silva. Lisboa. Typ. de A. J. F. Lopes, 1853. In-8.o, 6 vol. E. 

Excelente edição e a mais estimada de quantas se teem feito das obras do insigne poeta 
setubalense. O volume 1.° é adornado com o retrato de Bocage. -Já rara. 

303-Barbosa Homem (/'edro)— DISCVRSOS |1 DE LA IVRIDl- H CA, Y VER- __ 
DADERA II RAZON DE ESTADO, FORMA- 11 dos fobre la vida, y acciones ^ ^/ 
dei Rey don luan el |1 IL de buena memoria, Rey de Portugal, lia- || mado 
vulgarmente el Príncipe |1 Perfecto. || CONTRA MACHAVELO, Y || Bodino, 
y los demas políticos de nueftros 1| tiempos, fus fequazes. H PBIMERA 
PARTE. 11 DIRIGIDA A LA CATOLKl'^ MAGE-!|stad dei Rey Felipe IIII, 
de las Efpaiias, 1| nuestro fenor. |1 Autor Pedro Barbofa Homem, lurifcon- 
fulto Portu- 11 guês, y Real Magil"trado. :| (Logar de peq. vinheta tipográ- 
fica de ornamento) |1 '\ Ímpre/To en Coimbra con Iodas las licencias ne- 

ce/Yarias || En la imprenta de Nicolau Carvalho, impre/Tor dei Rey. (16-26). 
In-4.=' de XII fT. (prels.) inums. e H.S4 nums. na frente, além de uma em 
branco, .36 de INDEX ALPHABETICO DE LAS P\LABRAS, Y SENTEN- 
- CIAS MAS NOTABLES, QVE EN ESTE libro le contienen.», e duas com : 
«PARA LA GENTE OCVPADA«, e: (^ PARA TODOS. fW) ». E. 

As XII folhas prels. compreendem: ante-rosto (escudo d'armas de Portugal, encimado 
por viseira e cabeça de dragão alado)- frontispício- Licenças e Aprovações -Dedi- 
catória : . A LA CATÓLICA MAQESTAD DEL REY DON FElipe IIII. . (Datada de: 
. Coimbra á 22 de Agofto de 162(). )-. fROLOGO, O APOLOGIA ai iecíor.»- Ou- 
tra dedicatória: «A DOM AFONSO FVRTADO DE Medoça. Arceoirpo, & feiior de 
Braga...»- ! Licencia dei Ordinário de Coimbra. > (Datada e subscrita: Coimbtal2 
de Agofto, de 626. - Bernardo da Fonseca Sarayua.»). 
Livro importante e muito estimado. Magnifica edição (única publicada). Belo exemplar. 

Bastante rara. 
No verso da folha do ante-rosto, a seguinte e curiosa nota a respeito do autor e da sua 
obra. :- Pedro Barbosa Homem, o primeiro jurisconsulto do seu tempo, foi solicitado 
por Filippe 2." de Hespanlia p" escretrer acerca dos direitos de Castella d coroa por- 
tugueza. Recuzou-se heroicamente, alegando que os direitos eram todos da Casa dt 
Bragança. Não obstante, dedica a Filippe IV este livro .' 

304— Barboza Leão (Dr. José)— Elementos de gramática pQrtugueza, pelo... 
Porlo: Ttp. de Ant. José da Stlva TeLreira, 1886. In-8.°de XIV-260-I pags. E. 



O 



^ s- 



O 



m 



CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^ ^ 805- Barbosa Machado (Diogo) — BIBLIOTHECA II LUSITANA... LISBOA... 

Ji (Do jroniispicio do primeiro volume dmnos a reprodução foto-zincográlica que 

tegue) : 

BIBLIOTHECA 

LUSITANA 

Hiftonca, (.litica, c Cronológica. 

NA QUAL SE COMPREHENDE A NOTICIA DOS AUTHO 
re> Porruguczcs , c dav Obra? , que rompiiferaó dcfdc o lempo 
da promulgação da Lcv da Gra(;a acc o tempo prczente. 
■ O f F E R h C 1 D A 

À AUGUSTA MAGESTADE 

D- JOÀÒ V. 

NOSSO SENHOR 

DIOGO "b^^ARBOSA 

MACHADO 

IJIy/fpcneti/t ylíliadt lU Pjirochal l^rt/j <U Santo Adrião de Srvir , t Aíadt- 
mm do Numtro dt Aítdtmi* Real 

TOMO I 




LISBOA OCCmENTAL 

Na OÉBciM de ANTÓNIO ISIDORO DA FONSECA 



Aono de M "TT CC XXXVl 

Com Iodai lu licfnfas nectjjariai. 
(O original mede 330xl8'2mM) 
In-fol. de LXXX pags, (prels.) inums. e 767 nums., além de uma em 
branco, final. 



AZEVEDO - SAMODÃES 89 



As LXXX pags. prels. inserem: ante-rosto (com os seguintes dizeres dispostos em duas 
linlias: «BIBLIOTHECA ;i LUSITANA) (pags. I e II) ; frontispício (III e IV-naquela 
o titulo acima reproduzido; esta em branco); Dedicatória a D. João V (V a X) — 
«PROLOQOi, A BIBLIOTHECA II LUSITANA. (XI a XXXIV) ; .LICENÇAS |1 DO 
SANTO OFFICIO.. (CENSURA DO M. R. P. M. Fr. ANTÓNIO DO SACRA- 
MENTO \l da Ordem dos Pregadores... (XXXV e XXXVI), e CENSURA DO M. R. 
P. D. CAETANO DE QOUVE A, \\ Clérigo Regular... ^-ãmh^s datadas de Lisboa, 
1739 (XXXVII e XXXVIII); <DO ORDINÁRIO.. (CENSURA DO MUITO R. P. M. 
Fr. AGOSTINHO DE'\S. Boaveatura. . .>-datíáí de Lisboa, 1739 (XXXIV a XLl); 
e -DO PAÇO. {CENSURA DO VISCONDE DA ASSECA, DO CONSELHO DE\\ 
Sua Mageftade, e Académico de numero da Academia Reali - á^tída. de -«Lisboa 
Occidental 7. de Dezembro de 1739. (XLII) -«CARTA |! DO : ILLUSTRISSIMO SE- 
NHOR ! CONDE DO VIMIOSO» -datada de 2. de Abril de 1741. (XLIII e XLIV); 
Numerosas poesias (umas em português e outras em latim) em homenagem á obra e a 
seu autor (Epigramas, Sonetos, Odes, Elogios e Romances), subscritas pelos seguin- 
tes autores: Conde de Vimioso (Epigrama em latim e Soneto em português), Fran- 
cisco de Pina, e de iVlelIo (Soneto cm português), João Manoel de Mello (Romance 
endecasylabo em português), Tliomas Caetano do Bem (Ode e Epigrama em la- 
tira), O. S. M. D. D. P. (Elogiam em latim), Manoel Pereira da Costa (Romance 
IL. quadras em verso alexandrino, em português, acompanhado da versão latina por 
D. J. B. C. R.), D. Joachim de Santa Anna (Romance em português), Brás José Re- 
bello Leite (Romance), e Estacio de .Mmeida (poesia em latim) (Tudo inserto de 
pag. XLV a LXXVII).- Novas Licenças (DO SANTO OFFICIO-DO ORDINARIO- 
DO PAÇO), datadas de Lisboa, Dezembro de 1741. (LXXVIII); e «ERRATAS 
EMEiNDADAS. (LXXl.X-a L.XX.X em branco). Todo o texto das pags. preliminares 
é composto a toda a largura das mesmas, e o da obra propriamente dita é a duas 
colunas por pagina. 

A parte artística que embeleza este primeiro Tomo consiste no seguinte: dois cabeções 
decorativos (o primeiro, a encimar a Dedicatória a D. João V, é de desenho que 
se harmonisa com a ideia que determimou a mesma Dedicatória; o segundo, no alto 
da primeira pagina numerada, encimando o texto da obra, é de desenho com moti- 
vos inspirados no assunto versado pela mesma obra); duas lindas letras iniciais fi- 
guradas, a primeira na Dedicatória, e a segunda no texto da obra ; e uma magni- 
fica gravura de pag. inteira (impressa em separado) mostrando Diogo Barbosa Ma- 
chado, na sua biblioteca, sentado junto a uma mesa e segurando com a mão es- 
querda um dos volumes da sua obra, o qual, aberto, descansa sobre a perna es- 
querda do ilustre bibliógrafo. Na parte inferior da gravura o escudo d'armas do 
erudito abade de Sever. 

Os dois cabeções estão assinados : O. F. Debrie sculp.^ Regias iiivenit et sculp. 1741); 
as duas letras iniciaes: Debrie Jeclt, e a gravura com o retrato: Kelber pinxit.-S. 
H. Thomassin Sculp. 

— TOMO II. (A mesmu gravurinha que vem no frontispício do tomo I, 



e que ainda se repete nos III e IV) || LISBOA: \\ Na 0\]kiaa de IGNACIO 
BOLBlGUESl] WAnno de M. D. CC. XLVII. \\ Com todas as licen- 
ças wece.ísanas. In-fol. de IV pags. iniims. e 926 nums., afora uma inum. de 
EIíRATAS EMENDADAS e uma em branco, finais. 

As IV pags. prels. inums. são para o ante-rosto e rosto. 

O texto deste volume, que abre com uma letra inicial ornamental (Debrie f. i746), é 

também encimado pelo cabeção decorativo que está sobranceiro ao texto do tomo 

1, cabeção que se vê ainda nos tomos III e IV. 

TOMO in\\ (Gravurinha) |1 LISBOA: \\ Na Ofíkina de IGNACIO RO- 

DBIGUES. II I Amo de M.DCC.LÍI. || Com todas as licenças necef farias. 

In-fol. de IV patís. prels. inums. e 798 nums., não incluindo uma inum. 
de ERRATAS E.MENDADAS e uma em branco, finais. 



90 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



As IV pags. prels. compreendem ; as duas primeiras o ante-rosto, e as duas restantes o 

frontispício. 
No alto da l.a pag., encimando o texto, o cabeção decorativo já mencionado; e abrindo 

o mesmo texto, um artístico L ornamental (Debrie f.). 

TOMO IV. II QUE CONSTA DE MUITOS AUTHORES NOVAMENTE 



^ií 



II coUocados na Bibliotheca, e de outros illuslrados, e eineniados, im- 
pressos II nos Ires Tomos precedentes || (Gravurinha) [j LISBOA, \\ Na Ojfi- 
cina Patriarcal de FRANCISCO LLIS AMENO. i\ — || M. DCC. LIX. 

II Com as licençaí neceffurias. In-fol. de VIJI pags. (prels.) iniims. a 721 
nums., não contando uma em branco, três inums. e uma outra ein branco, 
finais. - Os quatro volumes E. 

.\s VIII pags. inums. compreendem: ante-rosto (I e II); írontispicío (111 e IV); e 
«ADVERTÊNCIA 11 AO LEITOR (V a Vll-a VIII está em branco); as 721 nums., 
o seguinte texto: Suplemento (Letras A í V) (pags. 1 a 274); «INDE.X 1. 1| DOS NO- 
MES DOS AUTHORES, II DOS QUAES OS NOVAMENTE ADDICIONADOSW 
lie f te quarto Tomo fe notaõ com efte j'iiial, e com efte ^^ aqueltes de que || fe 
fez memoria no primei^-o, jegundo, e terceiro Tomo, em \\ que fahem correctos, e 
augmentados. (275 a 329); INDEX II. 1| DOS 1| APPELIDOS DOS AUTHORES. (330 
a 3S0); .INDEX III. 1| DAS H PÁTRIAS DOS AUTHORES.. (Dividido por Cidades, 
Villas e Concelhos, Aldeias, Lugares, e Freguezias ; Ilhas, Africa, Ásia, America, e 
ainda: .Authores dos quaes se ignora a Pátria) (38! a 449) ; «INDEX IV. II DOS AU- 
THORES PROFESSORES 1| DE ORDENS RELIGIOSAS. (450 a 477) ; «INDEX V. Ij 
DE AUTHORES QUE POSSUIRÃO DIGNIDADES ' ECCLESIASTICAS. (478 a 
482)-. INDEX VI.llDE AUTHORES, QUE POSSUIRÃO DIGNIDADES || SECULA- 
RES. (483 a 487) ; e «INDEX VII. || DAS MATÉRIAS, EM QUE ESCREVERÃO \\ os 
Authores, distribuídas nas seguintes Classes. (488 a 721); e, finalmente, as três ulti- 
mas inums.: .CORRECÇÃO 11 DOS ERROS DO AUTHOR, E IMPRESSÃO \\ inclui, 
dos nos quatro Tomos da Bibliotlieca Lusitana'. 

O texto das pags. prels. é composto a toda a largura das mesmas pags. ; o das 721 
pags. imediatas, a duas colns., e o das três inums, finais, a seis colns. 

No alto da primeira das 721 pags. nums. o cabeção decorativo já utilizado, em idênticas 
circunstancias, nos três tomos precedentes ; e abrindo o texto da mesma pag., uma 
linda letra inicial (A) ornamental (Debrie fecit.) 

Obra realmente preciosa, reveladora de enorme erudição e justamente tida por um verdadeiro 
monumento biográfico e bibliográfico ; a primeira sem duvida que, no género, se im- 
primiu e publicou em Portugal ; fonte abundantíssima de curiosas noticias não sõ 
relativas aos nossos antigos escritores e seus trabalhos literários, mas também a 
muitas outros assuntos concernentes á nossa história civil, eclesiástica, militar, 
etc; ainda hoje insubstituível por conter a relação de imensas obras que seus au- 
tores, embora portugueses, compuseram em latim e em vários outros idiomas e 
ainda por dar noticia d'aquelas que até agora se tecíu conservado inéditas, e que 
não achamos descritas nem citadas em outros tratados similares posteriormente es- 
critos e dados á luz da publicidade. 

A edição, de grande esmero tipográfico, é impressa em magnifico papel de linho e enri- 
quecida com as gravuras acima mencionadas. É hoje EXTREMAMENTE RARA no 
mercado. O exemplar que apresentamos está em perfeito estado de conser> ição. 

306 Memorias para a fiistoria de Portugal, que comprehendem o go- 

verno dei Rey D. Sebastião, único em nome, e decimo sexlo entre os Mo- 
Q^ narchas Porluguezes: Do anno de 1554, até o anno de 1561. Dedicadas a 

El-Rey D. João V... Escritas por Diogo Barbosa Machado .. Tomo I. 
(Vinheta., que se repete nos seguintes tomos). Hsboa Occidental. Na Offic. 
de Joseph António da Silva... M. DCC. XXX. VI. In-fol. de xxni fl'. 
inums,, xv-vi-656-2 pags., ante-rosto alegórico grav. e retr. de D. Sebastião. 



AZEVEDO -SAMODÃES 91 



Tomo II. 76. Na mesma Typ. M.DCC.XXX.VIl. In-ful. de viu IT. inums. 
e 813-1 pags. 

Tomo III. 76., ih., M.DCC.XLVII. In-fol. de vi fT. inums. e 654 pags. 

Tomo IV. Ibd , ibid., M.DCC.LI. In-fol. de vnt IT. s. n. e 460 pags.— 
Segue-se com nova numeração: * 

RELAÇÃO da primeira jornada, que fez a Africa no anno de 1574. O 
Serenissimo Rey D. Sebastião, escjrllapelo mesmo Principo. De 63-ipags. 
comprehendendo de pag. .5.5 em diante; 

TESTAMENTO Del Rey D. Sebastião.— í vols. E. 

Contem, além do descripto, diversas vinhetas por Debrie. Obra muito apreciada. Pouco 
vulgar. 

307— Barbosa Machado (Ignacio). —Faslos politicos, e militares da antiga, e 
nova Lusitânia em que se descrevem as acçõens memoráveis, que na paz, 
6 na guerra obrarão os porluguezes nas quatro partes do mundo. Lisboa, 
Na Ofjic. de Ignacio Rodrigitez, •1745. In-fol. de lxxxvii-7I1-3 pags. E. 

Obra muito interessante, na qual, por efemérides, são registados e descritos os mais 
assinalados feitos que os portugueses obraram em todas as partes do mundo. -De 
muito interesse também para a historia brasileira. 

O texto é esmaltado com diversos cabeções decorativos, gravados a buril por Debrié.— 
Estimada e pouco vulgar. — Tomo I e único que se publicou. 

308 Historia critico-chronologica da instituiçam da festa, procissam, e 



/Os(o^ 



Historia critico-chronologica da instituiçam da festa, procissam, e h/ /J i- "^ 

officio do Corpo Saiitissimo de Ghristo no Venerável Sacramento da Eucha- ■^^h-r- "^ 
ristia. e das eracas e nrivIleBinsi. nne ns rnmanns PnnMfic.es c.c\nrpAcm7\ n ' 



í-i 



o cj 



ristia, e das graças, e privilégios, que os romanos Pontifices concederão .i 
esta grande, e devotíssima Solemnidade. Mostra-se a sua verdadeira ori- 
gem, e antiguidade, &c. Lisboa. Na offic. Palr. de Franchco Iaííz Ameno. 
MDCCLIX. In-fol. de xiv-216 pags. E. 

Clássico muito apreciado.- Excelente edição (única publicada). Belo exemplar. -Rara. 

309 NOTICIA ! DA ENTRADA PUBLICA ||.Que fez na Corte de Paris 

ern 18. de Agofio de 1715. || O EXCELLENTISSI.MO SENHOR || D. LUÍS 
MANOEL II DA CAMAliA i| CONDE DA HIBEYRA GRANDE ] DO CONCE- 
LHO DEI. REY i\OSSO SENHOR .. 1! ... || Embay- || xador Extraordinário 
à Mage-ltaie Chriftianiílima ! DE LUÍS XIV. il O GRANDE !; (Vinheta tipo- 
gráfica de ornamento) 1| LISBOA. \\ Na Ofíicina de JOSEPH LOPES FER- 
REIRA, Impre/T<jr \\ da Rainha nuíf.t Senhora. \\ || M.DCC.XVI. í Com 

todas as licenças neceffavias. In-l.o de 14 pags., afora duas em branco, fi- 
nais. B. 

Relação interessante. Muito estimada e rara. 

310 Vindicias apologéticas e criticas, contra o Prologo Anticritioo que 

escreveo o P. D. Lourengo Justiniano da Annunciaçam. . . Impugnando a 

dissertaçam e Appendix dos fastos políticos e militares da Lusitânia ; Mos- Q^ç/ Ç'~^c 

trão-se os Erros Palmares, em que cahio o P. Francisco de Santa Maria, 

no seo Anno Histórico, Diário Portuguez ; Compostas pelo doutor. .. (Logar 

de artística vinheta tip. de ornamento). Em Paris, Na Ofíicina de Francisco 

Ambrósio Didot. M.DCC.LX. Com licença do Superior. In-fol. gr. de 421 

pags. E. 

Interessante e muito estimada. Excelente edição. Belo exemplar. Bastante RARA. 



92 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



311— Barcellos (Fr. Francisco de).— Salutiferae 1! CRYCIS TRIVM-||phus in 
Ghristi Dei Opt. Max. || Gloriam, el ad Chrifiianae mé- H lis folalium, Per 
^ (-'/ O ^ quedam reli- || giofú D. Hieronymi Carmine, || et firudi, pio tamem ex- 

- "^ preflus. II 155;í. (Na frente da ultima fl. do volume o seguinte registo ti- 

pográfico) :- ÈAX' l'Dí:B.4]Vr || mNlMBRlC.K lOANNES \\ Barrerius, d- 
luanne» Aluarus Tij \\ pographi Regij. Amw /'nlu \\ tts no/mv Milelfimo \\ Qitin- 
quage/y. || III xv. Kakndas Mias. \[ ^^ || . In-8.» peq. de X IT. (prels.) 
inums., 286 pags. nnms. e uma folha final, (jue apresenta apenas, na 
frente, o registo acima transcrito. E. 

As X folhas prels. inserem : titulo (encimado por uma cruz, e tudo dentro de portada 
formada por qua«ro vinhetas de ornamento tipográfico (abertas em madeira), sendo 
a da margem lateral de fora dividida em três parles, cada uma com sua imagem de 
santo) — Licença ou visto de Fr. Hieronymus ab Azãbuja (Fr. Jerónimo de Azambuja) 
(datada de M.D.LIl.)-«EPlSTOLA ;; AVTHORIS AD EPIS II copum Lirienfem. |1 
PRAESTANTÍSS/MO \\ Domino Blafio primo Lirieris H vrbis Episcopó, Frater Fran- 
II cifeus Barcelenfis.il S. D.= -«Ad eundem epis- 1| copum Lmenfem.^ EPIGRAMA' - 
«Annotationes II frreues in omne opus» — uma pequena declaração; e, em remate, a 
marca dos impressores (um dragão alado enroscado em um tronco d'arvore de que 
se desenrola um fitilho com a legenda: SALVS VITE). 
O registo final também remata com uma vinheta de ornamento tipográfico. 
A impressão é executada com caracteres itálicos, á excepção da Licença, títulos das varias 

peças que enchem as ff. prels. e do registo final. 
Autor assas erudito e muito enaltecido por Barbosa. Primeira e única edição. Multo 
para. 

Barcellos (D. Pedro— Conde de) — Veja-se : Pedro (/).). 

312-0 BARDO, JORNAL DE POESIAS INÉDITAS.— REDACTORES, A. P. C— 
'O F. X. DE NOVAES. Nova edi(,-ão. {Vinheta tip.) PORTO: EDITOR, FRAN- 

CrsCO GOMES DA FONSECA.— í8U-hl. In-8.° gr. 2anos ou vols. de 11-384 
e IV-200 pags. R. 

O front. do 2.o ano, em vez dos dois nomes dos redactores que vêem no primeiro, traz 

somente: REDACTOR, F. X. DE NOVAES. 
Publicação, no género, muito interessante e apreciada. Compreende poesias dos me- 
lhores escritores portuguêíes contemporâneos, dos quais citaremos Camillo Castello 
Branco. 
Edição tida como primeira. Exemplar falto das ultimas oito pags. do 2.o ano. -Multo 
rara. 

.. 313— Baret (í?«g(''He). — Hisloire de la littérature espagnole depuis ses origines 

^^ ^ Iss plus reculées jusqu'a nos jours, par... Paris ^ Dezebry, F.d Tandou et 

(■'^ , 18G3. In-B." de XV-602-I pags. E. 



O a> 



•H- 



314— Barni (Jm/ís). -Napoléon ler et son liistorien M. Tliiers, par... Paris: 
Germer Baillière, 18(19. In-S." de XVI-370-I pags. E. 

315— Baron (Brueys et PaZarraí). —(Euvres de... Nouvelle édition. Paris. 
Boudoiiin Frères... M DCCC XXVIII. In-12.° de 334 pags. E. 

316 — Barradas (JUaiioeZ).— Relação da viagem e successo que tiverào as nãos 
Águia, e Garça... 1530. — Veja se : Gomes de Brito {Bernardo). 

317— Barreira {Fr. Isidoro deA— HISTORIA |1 DA *IDA, E MAR- i! TVRIO DA 

Mí^ (? ■ GLORIOSA VIRGEM j] Santa Eria, Portugiieza nossa, Freyra da Ordem || 

do Patriarcha Sam Rento, natural de Nabancia, que hoje lie a notauel 
Villa de Thomar || em o Reyno de Portugal. Ij A relação de fua milagrola 



AZEVEDO - SAMODÂES 93 



s-nfí-^ 



íepiiltura, feyta por mSos |1 dos Anjos dentro das agoas do rio Tejo, || onde 
eltà íeu Santo Corpo, y AGOBA NOVAMENTE COMPOSTA li pello Padie 
Meltre. . . 11 (Vinheta com a imagem da santa) |1 EM LISBOA. || Com. todas 
as licenças ^ approvaçues necef farias. \\ Por Antono Alvarez. Anno 
1018. In-4." de VIII ff. (prels.) inums., 79 nums. na frente e mais VI 

inums. finais. B. 

• 

Nas ff. prels. e finais ha poesias de diversos autores em louvor da obra e de Santa Iria. 

A ultima folha do volume traz apenas, na frente, a marca do impressor (aberta em ma- 
deira e com a seguinte divisa : DEMO.NSTRA iWIHl VIAS TVAS DOIWINE), seguida 
pelo j-egisto: «EM LISBOA. || Cum todas as licenças necef farias. \\ Por António 
Aluarez. Anno. |i 1618.^ 

Clássica e muito estimada. Primeira edição. Exemplar com a oitava fl. prel. manuscrita. 
— Muito raro. 

318 REGRA !| DO NOSSO GLO- jj RIOSO PADRE S. BENTO jj 

Abbade, ConfeíTor, & Patriarcha |! de todas as lieligiões || Dada aos 
fYeyres da Ordsm do NoíTo Senhor Jesu Crifto, ^ traduzi- 11 do de 
Latim em Português, na forma que primeyra foy approvada, H ^ confir- 
mada pelos Summos Pontífices, quando a |j mefma Ordem fe reformou. 1! 
Agora segunda vez imprelf a, por mandado do. . . :| . . . Fr. Jofeph de .Melo 
II iLogar de vinheta figurando uma t;ruz) || EM COIMBRA, || Com todas as 
licenças neceffarias. Na Otticina de JOSEPH FERHEYRA. . . || ... Anno 
de 170.5.— In 4.°de XII fT. (prels.) inums. e 56 nums. nt frente E. 

As XII ff. prels. inserem: tituIo-«Licenças'.- Dedicatória «Ao Reverendiffimo padre 
IWeftre Frey André Pacheco Dom Prior do Cõvfto de Thoniar... »- Outra : -A toda 
jagrada Religião, Freyres da Ordem de CA/í/ío.. .«-«Taboada alphabetica das . 
coufas principaes. ..«-«Lugares da divina Efcriptura^. --Tãboida. dos Cipilulos que 
nefta Tanta Regra le contem" - «Summa das letras Apoftolicas. . .' 

Clássico.— IVluito apreciada. Segunda edição (a l.a é também de Lisboa, 1623, e consti- 
tuem um 4.0 de XII-56 ff.). Bastante rara. E.vcelente exemplar. 

» 

319 Tractado das siijnificaçoens das plantas, flores, e fivctos que se //^~^ I 

referem na Sagrada Escriptura. Tiradas do diuinas, ^ humanas letras Uy ^ O C> 

cõ suas breues considerações pello Paire Frey Isidoro de Barreira, reli- 
gioso da Sagrada Ordem de Chrlsto. {Cruz da Ordem de Christo dentro da tar- 
ja em oval). Com todas as licenças necessárias. Em Lisboa. Por Pedro 
Craesbeeck. Impressor dei Rey. Anuo 1623. In 4." de Vlll ff. ptels. inums. 
õOí pags, e X ti. mais inums., ins..rindo: Sacice Scnptvra' loca..., e no 
verso da ultima a Errata. E. 

Estimada, hrontispicio com ligeiros defeitos, no mais bom exemplar. Primeira edição. 
Muito rara. 

32r A mesma obra -.—Lisboa: AVi Ofpc. de Manoel Lopes Ferreijra, & 697 ^ 

à sua custa. M. DC. XC. VIII. (1698). In-á." de VIII-527 pags. E. 

Edição também mui pouco vulgar no mercado. 

321 — Barreiros (G(7s;)ar). — Chorographia de algvns Ivgares que stam em hum 
caminho, que fez Gaspar Barreiros ó anno de M.D.XXXXVI, começado na 
cidade de Badajoz em Cástelia, até á de Milam em Itália, cõ algSas outras 
obras, cujo catalogo vai scripto com os nomes dos dictos lugares, na fo- 
lha seguinte. {Brasão d'armas) *\ Impresso em Coimbra por loã Aluarez, impres- 



#^^ 



^2 



94 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



sor da Vniuersidade, & por mandado do doctor Lopo de Barros do desembargo d'el-rei 
nosso senhor, & cónego na Sé d'Euora. mdlxi. ^ Vendense à dous tostões em papel. 
In-4.'' de xn 2i7-l ff. — Seguemee estes outros tratados: 

Censvras de Gaspar Barreiros sobre qvatro liiiros inliluhidos em 

M. Porlio Catam de Originibus, em Beroso Chaldaeo, em Manelhon Egy- 
pH% & em Q. Fábio Piotor Romano. {Esfera armilar). Em Coimbra. % Per 
loam Aluarez. . . Anno de mdlxj. 10-4." de 55 ff. s. n. e uma em branco. 

— Commentarivs de Ophyra regione apvd divinam scripturam cõ- 



memorala, Vnde Salomoni ludaeorum regi inolyto, ingens, auri, argenli, 
gemmarum, eboris, aliarumq; rerura copia apportabatur. Gaspar Vaireiio 
Lusitano aulore. {Antujai armas do reino). Conimbricae. •] Por loannem Aluarií 
Typographum ftegiií.. . mdlxi ln-4.» de 28 ff. inums. 

Oarsias Menesivs eborensis praesul, qnum Liisitaniae regis iní-lyti 

legatiis... (.-Is mesmas armas que na parle anterior), Conimbricae Apud loãnem 
Aluarum... mdlxi. In-4.° de 14 ff. inums. —As quatro partes em um vo- 
lume. E. 

Livro curioso pelas interessantes noticias arqueológicas, históricas, etc. que oferece ; 
elogiosamente citado por D. Francisco Manuel de Melo em uma das suas cem Car- 
tas familiares. Clássico. Muito estimado e raro. 

322— Barrara y Leirado (D. Cayeiano Alberto de io/— Catalogo bibliográfico 
.^ y biográfico dei Teatro antigo espafiol, desde sus origenes hasta mediados 

dei siglo XVIll, por.. . Madrid, Impr. y Estereot. de M. Bivadeneyra , . . 
1860. In-S." gr. de XIIÍ-724-in pagi5. E. 

Trabalho bio-bibliografico muito interessante e valioso. 

323-Barroto (FrawcíACo).— ADVERTÊNCIAS |! AOS PAIiOCHOS, |1 E SACERDO- 
TES II DO BISPADO DO.ll ALGARVE. || Feitas pelo IlluftrilTimo, & R.""" Se- 
'^^ rihor || DO.Vl FRANCISCO BARRETO, jl Bifpo do dito Bispado, & Reyno ,' do 

Algarve do Conlelho || de Sua Alteza. |! (Vinhela tipográfica de ornamento) 

i; LISBOA ! I! NA OFFICINA BE JOAM GALRAM. \\ ANNO. 

M.DC.LXXVH. In-4.0 .le XIV ff. (prels.) inums. e 351 nums., não in- 
cluindo uma em branco, final. E. 

As XIV pags. prels. inserem: ante-rosto e fronlispicio (1 a IV)-.APROVAÇAM DO R. 
PADRE II Meftre Fr. Ignacio da Cofta» (V)-. LICENÇAS. (VI e Vll-a VIU esta 
em branco)-e .INDEX 1| DAS ADVERTÊNCIAS. (IX a XIV). 

O titulo no frontispício é impresso, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. 

Clássico. Obra apreciada. Magnifica edição. Multo rara. 

Barreto (D. Francisco . — \eia-sa : Constituições synodats do hisnaio do 
Algarve... 1674. 

324— Barroto Folo (José Ftcíormo).— Dom Miguel, ses aventures scandaleu- 
^ ses, ses crimes et son usurpation. Trad. par J, B. Mesnard. Paris Imp. de 

^ Decotirchant, 1833. In 8." dj XV-312 pags. e ret. de D. Miguel. E. 

Publicada anónima. O retr. de D. Miguel c em primorosa gravura a buril, assinada: 
Giraldon Babinet direx. -Pouco vulgar. 

Barreto Feio (J. 7.)— Veja-se; Vicente (Gil).— Ohx&aáQ... 



ioí" 



/è'/? ^' 



AZEVEDO -SAMODÂES 95 



325-Barroto Fuzeiro (.Vuno). — VIDA II UA |l GLORIOSA VIRGEM MADRE || 

SANTA THEREZA || DE JESVS, || FVNDADORA, E REFORMADORA || DE || /^'^ ^ 

CARMELITAS DESCALC.AS, E li Defoalcos, || DEDICADA 1| A VIRGEM || 
NOSSA SENHORA DA ENCARNAC.AM || POR || NUNO DARRETTO FU- 
ZEIRO. II EU LISBOA, II Com lodosas licenças necejfarim. \\ (Linha de peque- 
nas vinhetas tip. de ornamento, simetricamente dispostas) || Na Officina de 
FRANCISCO VILLELLA. \\ Anno de 1691. In-foL de XII piígs. (prels.) 
inums., 432 (aliás 431) nums. e uma em branco e X inums. finais, com 
o INDEX DAS MATÉRIAS E PARÁGRAFOS. E. 

As XII pags. prels. compreendem: ante-rosto, frontispício (I a IV) -Dedicatória á Vir- 
gem da Encarnação (V e VI) -•.PROLOGO» (VII)- «LICENC.AS. (DO SANTO 
OFFICIO-DO PAC,0) (IX e X)-e «ERRATAS» (XI e XII). 

O texto da obra (pags. I a 432) t todo impresso a duas colns. por pagina. 

Clássico. Muito apreciada. Belo exemplar. Rara. 



326- 



-Vida de Sam João Evangelista. Dedicada a... Rainha a Senhora /O /ti S' 

Dona Liiisa Maria, Francis<ía, Joseph, Margarida, Hyaoinla, Manoela de 
Gusman el bueno. Por... (Vinheta tip. de ornamento). Lisboa. Sa Ojjicina 
de Joaõ Galraô. Com todas as licenças necessárias. Anuo de itíí<2. In 4. o de 
VIII ÍT. (prels.) inums. e 332 pags. E 
.\s VIII folhas prels. compreendem: frontispício; «SATISFAÇAM H AOS QUE LEREM.; 

«CENSURAS. ; .LICENÇAS« ; e «ERRATAS.. -Estimada. Óptimo exemplar. Muito 

rara. 
327-Barros (^ío««o). — PERLA DE LOS || PROVÉRBIOS ji MORALES DE /9fC S' 

ALONSn||DE BARROS, CRIADO lidei Rey nueflro |! íenor. || DIRIGIDOS /f /'l 

AL REVEREN- 1| difsiino fenor don Garcia de Loiyfa Giron || .\r(.obiípo de 
Toledo, Primado de || las Rfpanas, y dei conlejo de Efiado dei lUy nue- j| 

ftro ftífior. II ATxo (£(£(£ í^^í'- II IMPRESSOS EM LISBOA, \\ || 

Com todas as licenros necef farias. \\ Por Jorge fíodriguez. In-8.o peq. de XII 
IT. prels. inums. e 54 nunjs. na frente, além de uma inum., inserindo ape- 
nas uma grav. em madeira, a qual traz no centro o registo final da impr. E. 

As XII folhas prels. compreendem: frontispicio-«LICEN'C,AS.-«Aprouaçam»-Seis 
quadras «DE LOPE DE ;i VEGA CARPIO : AL AVTOR. --ELOGIO EN||ALA- 
BANZA DE LOS ;| Prouerbios que ha efcrito Alô- ii fo de Barros.... por Hernando 
de II Soto...»-. PROLOGO II DE MATEO ALEMAN ;i criado dei Rey nueCtro 11 feiior, 
ai Letor.-e Dedicatória: «AL REVE-|| RENDISSIMO SE-||iíor don Garcia de 
Loayfa Oi- 11 ron.... 

O registo final da impressão, diz assim: ^IMPRESSO em Lisboa com\\as licenças iie- 
11 cejsarlas, por || lorge Rodri- 1| guês ano 1617 . 

Estimada. Bom e.xemplar. Edição muito rara. 

328 PROVÉRBIOS '1 MORALES, || HERACLITO. i| DE...COX- || cordados 

por el Maestro Bartolome 1 Ximenez Patoií. |] ... || (Vinheta-emblema da 
('omp.^ de Jesus) || Con todas las licencias necessárias. \' || EN LIS- 
BOA. II Por Pedro Craesbeeck. Afio 1611. \\ A cosia de Tome de Valle Mer- 
cader de hbros. In-4.° de X ff. (prels ) inums., 78 nums. na frente e duas 
inums. finais. E. 

.apreciada. Edição muito rara. Exemplar com as folhas 2 a 7 imitadas á pena. 

329 -Barros (Andrc de). — Vida do Apostólico Padre António Vieyra da Compa- 
nhia de Jesus, chamado por antonomásia o Grande : acclamado no mundo 
por Príncipe dos Oradores Evangélicos, Pregador Incomparável dos Au- 



0<^ 



(M 



o <: 



96 



CATALOGO DA LIVRARIA 



/_^S-0^' 



guslissimos Reys de Portugal, Varão es ;larecido em Virtudes, e Letras 
Divinas, e Humanas ; Restaurador das Missões do Maranhão, e Pará. De- 
dicada ao Sereníssimo Senlior Infante D. António pelo P. André de Barros 
da Companhia de Jesus. Lisboa: Na nora Ojftcina Sylviana MDCCXLVI. In- 
fol. de XlII ÍT. inums. e 686 pags. E. 

O front. é impr. a preto e vermelho. -Obra estimada; e excelente execução tipográ- 
fica; adornada com o retrato do P. António Vieira (Carulos Grandi Sçiilp. Home 
Scup. Perm) e diversas vinhetas ornamentais. Bom exemplar. NSo vulgar. 

' CP 330-Barros [Fr. Brás rfe).— erfprlljo ir prrfnjrnm...— fniirtn-ffni? (Coimbra), 
1Õ33, {Do frontispício damos, em tamanho exacto, o fac-simile '/«e seque] : 




;fpelbo oe perfej^cam 
em bnguoa poUuguee. 

In4.o peq. de III folhas (prels.) inums. e CLXXXX nums. na frente, E, 



AZEVEDO -SAMODÃES 97 



Na frente da juimeira folha prel. o frontispício acima reproduzido cni fac-similc ; c 
do verso da mesma H. até parte do verso (a restante parte está em branco) da ter- 
ceira, uma: f^fc* ff-piftuln pr£il)fminl íir fn-ij tírns Ij fm&r fjirrmiimiv. no 
uimjto ffl•llU•^;^•i^^1 / /t imiiflifrimn priuripc íõ |iiinm tnrnini |: St-rtr 
iiomr: |ínj ôr Voitiifliil, tr. (datada nofim:3i' fiiuctn Otrii;. Vi, br 
iiouriiibro. 15i3o.). 

No alto da primeira das 170 follias numeradas (inumerada, pois que a numeração sú co- 
meça a divisar-se da II em diante), estes dizeres : 

(Coiuffnfrí o í iiufl tljn- II iiiaSí ífvtUlc ií vfifnjrnm : rpnrta ycr « 
rfUírõ&n. V- frfj íicnriíiri' íjinp yrí- |I uiiifinl ba oríicm aos iiiriiorcs 
nu n pxo= : uiiiiin br (''oloiiin. lUimiiiiriitr imprimi- 11 bo t tirnbn s In- 
lim í lingiion viutiiijuri» : \\ ;: tiiurrinp rrsrntrs bo mírrtrijro br fnintn 
Cnij br roimbrn... 

A estes dizeres segue-se logo o texto da obra, o qual é dividido em quatro Livros, todos 
precedidos de um pequeno Prologo. O Prologo do Livro primeiro é encimado pelo 
seguinte titulo, que vem por baixo daquele outro geral transcrito acima : 

A gnifii br iinfrn l"ruliin- írlu rljri- \, Ito i n rlnuibnS rrirrtinl bo pnbir 
■1/ a íõ- !| miiiirani ba fpiritii fmutu : frin rom uns 1| tobos. Ãiitrii. 

Este prologo ocupa toda a dita II. I e três linhas da II. Na linha imediata começa, pclu 

titulo do capitulo primeiro (f%í pn prrfcttn mortitimtnm bn 1| robiçn bus 
roíifns írmpornrs. i ('■npitolo primnjrci.), o texto do primeiro iivro, que 

contem l"it (CapitUlOS e decorre ate ao verso da folha X-XXV, onde remata com a 
declaração : 

ííiirrr í pi-iiiirijrn liurci r n iiii"' li 'H' bitu bn urrbabrijrn !| mnrtítiin- 
vnm.:. 

Mo alto da folha XXXVI {esti inumerada) principia o f^* í.1rnli3go bíi rriUIllbH l| 
liurO b» rrprillO br IJfrirnm., que vai até parte do verso da n.XXTjíV^^, 
scguindo-se-lhe logo, da restante parte em diante, o texto do mencionado Livro se- 
gundo, que compreende xij Capítulos e que finda, na frente da II. Í^Ji' (inum.). 
pelos dizeres ; 

f^ fíiirrr o frouiibn liiuo rm o iiiinl bn prrírijtn |1 uibn nrtiiin l)r '' 
bito.:. 

O verso desta folha IJED^ está em branco, e no alto da LXV (também inumerada) 
tem inicio o : 

f*? Jturo trnrijni lí ^^ \\ Irnrtn bn uibn rõtft:lntiiin rfunl || ílrnlogo 

consta do Prologo mencionado (frente c quasí lodo verso da dita 11. £ JU) c de fll 
CnpttlllnS e termina no verso da II. CÍSU pela usital declaração: 

f currr o irrcnirn liiira \\ r o iiiuil bn iiibn aitf ; plntiiin l>iritiirtl lic j| 
bito. 

No alto da folha €|A"U5 : 

(Çoiitrín o prologo rm o || qunrtii liiivo bn uibo íolur rlTriuinl t loii- ] 
trmpintiun. 

que decorre até parte do verso (seis linhas) da 11. <C£^y???< c ao qual se segue logo 
o dos U (Cnp, que o Livro quarto contém (o ultimo designado (C it. Ultillio). 



98 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Finda na frente da ff. CLXXXX, onde também, como remate, vem o seguinte refiiste 
tipográfico : 

3lmpjímí3ííc per os coríe.;ncs t)c fanaa 

iCruyem oanno^ encarnaram 

"DC noflfo knbot ?cfu cbníío. 

i5H.Snnofarot>arc 

fo2inaçamr>owo 

mocílefjo* 

(o orijinal mede 91""" de largo) 

O verso desta derradeira folha é ocupado por uma gravura (aberta em madeira) em que 
vem reproduzido o Carneiro pascal. (Veja-se a reprodução que dela damos no verso 
da capa do presente catálogo). 

O volume compreende um caderno de três ff. (as prels.), rubricado: ^ i)> *í* "j í 
e 25 de oito ff. cada, rubricados: «, tt ij, li iij, a iiij a ?, ? U, ? iif, 5 iiij, e 
um, fitia!, de seis ff., rubricado: '1', ^' U» ^' ÍU» X' i*ll* Não existem porem c.i- 
dernos rubricados com as consoantes ) e U. 

Tradução muito apreciada da obra que em latim escrevera Fr. Henrique de Harpliio, e 
por seu tradutor dedicada a D. João III. O original latino foi pela Inquisição de 
Hefpanha proibido de circular nesse Paiz. 

A impressão, nmito bela, e executada com grossos e formosos caracteres góticos, é 
esmaltada com letras iniciais de artísticos e caprichosos desenhos de fantasia, aber- 
tas em madeira. 

No alto das pags. vem a indicação dos livros e capítulos que as mesmas pags. ínscreui, 
' como seja, por exemplo: verso das ff. :rw CiurO ^trilllfljrí ^^; frente das 

mesmas: f%í CnpttOlci pitlllCljro ^"5; etc. 

.^s abreviaturas que o texto apresenta em abundância são por vezes caprichosas, mas 
sempre de fácil compreensão. 

Os exemplares desta notável edição, devida aos famosos prelos do mosteiro de Santa 
Cruz de Coimbra, são verdadeiramente PRECIOSOS E DA MAIOR RARIDADE; 
nem se conhecem mais que uu? quatro ou cinco dos que porventura existam, e esses 
mesmo, já, ao presente, quasi todos arquivados e retidos nas nossas Bibliotecas 
Publicas. 

Descrevem a obra, consagrando-lhe elogiosas referencias, entre outros: Barbosa Machado 
Inocêncio, Pinto de Matos e, mais recentemente, Sousa Viterbo, no seu interes- 
sante e curioso estudo- O movimento typographico e litterarío em Coimbra no Sé- 
culo XV. publicado n'«0 Instituto^, revista scientifica e litteraria», impressa na mesma 
cidade, volume XL, Terceira serie, n.o 9 e seguintes. 

3.^1-Barros {Fr. Brás de). — Ç-%í LIVRO || DAS CONSTI- |l tiiycões & coftumes 
^ /pÁO^ II . . Coimbra, i536. 

[T)n fronlispicio danws, em folhn ópirte, a exida reprodução foto-zineoijráficn : 
In-I.o pgq (jç LXXI tT. nums. na frente e seis inums., finais, E. 

Na frente (o verso está em branco) da primeira folha o frontispício reproduzido acima 
em «fac-simil>; na H. II. o « PROHEMIO.., e da III em diante o texto da obra 
propriamente dito, o qual é encimado, no alto da mesma 11. III, pelos seguintes di- 



zeres : 



ARGVMENTO. |1 O PRESENTE LIVRO SE DIVIDE || em três partes. 
A primeira, trata da claufura, || lilencio. A- oEBcios. A íeguiida, das 




(iFac-simile» (tamanho natural) do frontispício da obra descrita 
sob o n." 331. 

(Pag. 98) 



AZEVEDO -SAMODÃES 99 



ceremonias. || A terceyra, das vifitações geraes & especiaes, & das 
cul- II pas & penitencias. 

A PRIMEIRA PARTE compreende a descrição de XXU. Costumes e decorre desde a 
folha 1 até á frente da XIX, sendo o verso desta ultima apenas ocupado, no centro, 
pela seguinte declaração : 

SEGUESSE A SEGUNDA PARTE H EM QUE SE TRAGTA DAS || CE- 
RIMONIAS. 

A SEQVNDA PARTE consta da inumeração de XXX Costumes e vai de II. XX a XXXXIX, 
no verso da qual remata com a declaração : 

SEGVESE A TERCEYRA PARTE || EM QVE SE TRATA DAS VI- 1| SN 
TACOENS GERAES E || ESPECIAES E DASUCVLPAS E PENI- |! 
TENCIAS. 

E a TERCEIRA PARTE, a enumeração de XIIII Costumes, insertos de folha L até LXXl, 
onde termina, a meio da frente, com o clássico FINIS. Na restante parte da frente 
da folha (o verso está em branco) o seguinte registo do logar e data da im- 
pressão : 

f[ AgloriJÍ: Icunor ilotodo podcrofodcos, ic fer- 

mofurjdcnolTJrcíij^^ijm: imprimialTco pic 

fentc liuro per os Canónicos rcgrátcsdo 

lUOf ftcyrodc finai Cruz da cidade Je 

Coimbra : cmo annodc nolTi 

rcdcmpcam, 

í íz6 

ícdarcformacamdodito 

moíftíyro,anno 

VA. 

(O original mede 87'" "> de largo) 

As seis folhas inums. finais que se seguem inserem a Regra de Santo Agostinho. O text«, 
que ?bre com uma linda letra inicial A, primorosamente gravada a buril e na qual se 
vé o santo Bispo escrevendo a sua Regra, é encimado pelos seguintes diíeres, dis- 
postos em quatro linhas : 

COMEÇASSE A REGRA DE li NOSSO PADRE SAN H CTO AVGVSTI- 
NHp II BISPO. 

c techa com o trivial remate :-DEO GRATIAS. 

A impressão, primorosissimamente executada, foi efectuada com mui nitidos cariteres 
redondos, á excepção das abundantes e por vezes bem extensas notas e citações mar- 
ginais (em latim) que o texto contém, que são em itálico. 

O volume compreende desoito cadernos de quatro ff. cada: o 1." rubricado: u ii (a pri- 
meira fl. a que pertencia a rubrica A não a apresenta), a iii, a iUi ; os 2.o ao 15.o: 
b, b Ur b iic 3. r, r í7, r kV, e o 18. o : /, / ii) \ e um de seis (as finais inums.), nr- 
bricado : A^ A ii, A iii, A iiii. 

O texto é embelezado com numerosas letras iniciais (algumas figuradas) de lindos c ca- 
prichosos desenhos de fantasia, abeitae (algumas muito hábil c primorosamente) e« 
madeira. 



fof^i'' 



í'c 



100 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

Livro de elevado apreço e estima. Terceira edição (a I.'"" é de 1532 e a 2.a, de 1534, c am- 
bas impressas no mosteiro de Santa Cruz), quasi desconhecida e, até agora, so citada 
e mui sumariamente descrita pelos srs. Brito Aranha (Dic. bibl. tomo XIII, paj. 307, 
onde a dá como segunda.') e Sousa Viterbo (estudo citado acima). 

E.xemplar perfeilissimo e ainda hoje único conhecido. Foi por êle que aqueles dois ilus- 
tres escritores e hibliógrafos puderam dar noticia desta PRECIOS.^ E RARÍSSIMA 
ÍDIÇÃO. 

332— Barros, l." [João ric). — Clironica do Emperador Claniinindo, donde os reis 
de Portugal descendem, tirada da lingua ungara em a nossa portu- 
'C gueza... por... E agora novamente acrescentada com a vida deste Es- 

criptor. Quinta impressão, fielmente impressa sem mudanija da sna antiga 
linguagem. Lisboti: .Vu Oljic. de Joaõ António da Sijlva. .. 1791. In-8 ° peq., 3 
vols. de XV-LXXV-342-1V.491-VI e 291-V pags. E. 

Edição já pouco comum d'esta obra de João de Barros, impressa pela primeira vez em 
Coimbra, por João da Barreira, 1520; e segunda vez, Ibi., pelo mesmo impressor, 
1550, também in-íol. (São raríssimos os e.\emplares de qualquer destas du.as edições)- 

333 Compilação de varias obras do insijíne portuguez Jotio de Barros. . . 

Impressas em l.ishoa en caza de Luiz Hodrigiiez Livreiro d'El-iey, pelos 
annos de 1539, e 154-0. K agora reimpressas em l)eneficio píiblico pelos 
Monges da Real Carluclia de N. S. da Escada do Ceo. (Vinheta). Lisboa. I\'a 
^ C^ O^ic. de Jofr da Silva S'aznretli. Anno >i7)t'C/..V.V.VT' (1785). In-S." peq. de 
XXII-340-3 pags. — Errata para servir de appendix a Compilação, etc. etc. 
Publicado por igual motivo pelo A. (Joaquim Ignacio de Freitas — vulgo o 
Freilasiv.^) do Svpplemenio e Errntii á Desciipção do fíiino de Portugal por I). 
N. do Leão, reimpressa cm Lisboa,- 178."). etc. Coimbra. Na fíeal Jmpr. da 
UnivcTíídadc, 1830. 1m-8." iieq. de 16 pag. 

Aa duas folhas de Erratas estão manuscritas. 

334 — Compilação . . . Contém a Ropica pnefma, e o Dialogo com dous fi- 

liios seils sobre preceitos moraes. Serve de segunda parle á compila- 
ção . . Feita esta reimpressão por diligencias e cuidado do Visconde de 
Azevedo. Porto: Liipr. em caía do Vi.icotidc de Azevedo, MDCCCLXIX {IStiOj. 
lti-8.0 peq. de Vlll-391 pags. — Lote de 3 tomos em "2 vols. E. 

\ Compilação compreende os seguintes tratados: Cartinha, Qrammatica da lingua por- 
tagueza- Dialogo em louvor da nossa linguagem e Dialogo da Viciosa V<^rgonha. 
Muito apreciadas. Fiaras. 

335 fV* -^sin ar... íislum... m.u.lij r itl. D. ^iij. 

(r>o frontisiino, que mede 220 X. 1S9 "'"\ damos, aparte, o facsimile folo-zin- 
ÚOC (^^ 0^ . cográfico): 

In foi. de 11 IT. (prels.) iruims. e 128 nums. na frente (o verso da ultima 
está todo em branco). 

Na frente da primeira das duas ft. prel. o titulo acima reproduzido ; o verso da mesma 
folha está em branco e na segunda vem a : ] W fflUIOflíllt ílT príltlCirít ílt- 
ni6n íin Ãfin 6r gíUim ir finrrOS. ^-^, a qual. impressa a duas colunas 
por pagina, remata com a declaração: CE AlflllHS UiliOS Sll illiprrrrniH 'l"' 

uniii iTfftn &rtnan/ im fíguii- 1| òa os ii)»ontnrrmos: vortimí nmbns ft Ijam 
lic inroriunin- cm || liii uolutuf (jur fnjrrrm nltiivn compnffn&n. 




fectO0 que oe Jâo^tugucfee ft5c« 

ramno ocícobimamt 

cofiquífta 009 ma* 



v,^ í.i>í5o3:a.nn?iií.iK5unbo 
fliinoDe.ni.v.U(. ' 

«Fac-simila» do frontispício da primeira Década da Ásia de João de Barros, 
descrita sob o n." 335. O original mede SSOxISOmm. (Pag. lOO) 



AZEVEDO -SAMODÃES 101 



Es(» Primeira Década compreende um 1'rologo e dez Livros. O Prologo decorre na 
foi. 3 e frente (o verso esl.á em branco) da 33 e traz esta epigrafe: T"%' 

íírologo íl CE '^i' miiijtn poSfrufo 'i- ('■lirirtiniiirrimc primipr !! fl rri) 
Pam 3anm nnfro rniljtii-, Síftc iioiiir o tcrrfira iir yurtugíil: || ílrolufln 
6r 3cinm ^c ânrros cm na primctrns iiiintro Çrfn&ns I! íin fun ^fin, 
íos feitos iiiir 06 Vortugiirsfs tiurnui lui M- ;; cobrinirnto t roíiiiuirtn 

^0S mnrrs r^ tfrrns 6i> oririltr. ; o Livro primeiro, inserto de fo. '■> ã frente 
da 21, compreende XVI Capitulos e abre com os seguintes dizeres ou titulo: ) %' 

Ãlin òc Jíimii 6r Ôarros : ftos frifos iiiir os n ílortugncros fiuTiim iici 
^frrcl^lrtm^ll- \\ to x toimiifto bo6 miur» .% J trrrns So tOrtriitr., a que 

se seguem os do capitulo primeiro, que dizem assim: CL (Í^OpitltlO prtinftro, 

romo 05 mouros utcrnm tomor C-rpnnlia : | t brpois niic portutial foij 
intttulabo rm rripio, os rrijí írllf ' os Imtçnrnm nlrm unir, oiibr os 
foroiii íoiiquiftnr, nfíi) uns 1; portes br Africo loiíio nos bc Afio : /í,' <i 
rniifa bo titulo brftn I rírriptiirn.; o t-%í íiuro fcguníio...: rm quf fr 
rontrm o que fr nrljn fcr frito cm tempo brl rcij bom Afonfo, o (luinto 

bfftr nomr rm ílortugnl. contem dois capitulos e decorre desde o verso da 

íol. 21 até ao verso da 2o; o 5"%^ £iuro tcrrriro...: rm qur fe rontrm o 
gur fr nrijn frito rm trmpo brl rrij bom 3onm o frgunbo. tem doze Capí- 
tulos e vai de foi. 24 a ;>!•; o f*»* íiuro guarto... rm gur fr rontrm 
romo n Jnbin fog brfrubrrto prr mnnbnbo brl rrg bom Itlnuurl irftr 

nomr o primriro br |JortUgnl. compreende doze Capítulos que decorrem de 

foi. 4(1 até á frente da Õ4 ; o Ç-%í Çturo guinto... HO gnfll fr routrm 
o gur ílrbrnlunrrj (f lUirnl frt iio niiito br guiiilirntos, g brftr rçgno 
pnrtio rom Ijun groffn nrmnbo, 1 o g fr> ioõ bn lloua no anuo frguin- 
te i>e guinljrtos t iju, rom ontrn br guntro unos., contem dez Capítulos e 

vai desde o verso da mesma f Ol. .J4 até.\.")7; o f%? ÇiUrO SrrtO... mi gur fr 

rontrm o gur fri o Almirnntr bom ilnfcobn (Ramo, rom Ijua nrmabo, 
"g o nmio ir guinijrntos /t bous pnrtio brftr rrinoparnn Jnbtn. tem sete 
Capitulos e vai dcíol. .j8 (aií.is (iS) a 77;o5-%í £iuro frptimo... rontrm o 
n gurrrn gur fr rontrm n gurrrn g o C.nmorij br Cnlrrnt por noffn 
rnufn fri a rlrrij br Cocijij, x o gur os noffos, li$rrâ niffo. Cnffg ns 
nrmnbas g brftr rnjno pnrtirâ os nnnos br guinljrtos /f trrs, Xí guntro 
rnpitnrs morrs Afonfo Çnlbognrrgur, f nuifro Çnlliogurrgur, António 

br ônlbmtljn /L fOpO 5onrrí., tem onze Capitulo» e abrange as foi. 7S a 90 ; 

o f%í £iuro octnuo... rm gur fr rontrm o gur fr? bom f ronrifco Çnl- 
mrgba gur o oiino br guinijrntos i< rinro rlrrg bom itlnnurl manbou 
a Jnbin prrn In rrfibir por «'apitam grrnl, o gunl brpois fog intilu- 

InbO por iUrorrg brlln., lem dez Capítulos e vai de fOv íll a Kl-"); u ^ 

Jiuro nono... rm gur fr rontrm o gur fn Som frnncirro Çnlmcybn br- 
pois gur rntrou nn iiibin tr tim bo nnno br gninljrtos x ringuo, gur 
brftr rrgno pnrtio, no gunl trmpo ja frruin rom titulo br uifo rrg., tem 

seis Capitulos e vai de fol. KK) a 117; e, finalmente, o ^ £ÍUro brrimo... 

rm gur fr rontrm o funbnmrHto bn fortnlrw br Sofnln x partr bns 
roufns gur fr? o uifo rrg bom f rnnrifro, o nnno br guinijrntos r fris, 

tem seis Capitulos e decorre de íol. IIN a 12H. 



102 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



f%^ gfgunba drcn&rt iia ^Ua... 



íDo fronltspicio riamos a e.vatta reprodiimo folo-zincognifica que segue): 

;by$cgunda Dccada oa Wiz De Jcâ ^ 

oc 2Ôarroe oos fcitoe que os 

]âo:ruQuerc6fí3eram no 

Of fcobhmêto i cõqui 

lia 009 mareei ccr* 

' ra0ooo:íencc» 



X.írboaaoc.rriití.t)is T>e 



(O oníjiiiiil mede -^lõx iál""") 
lii-ffil. íle II folli. s (prels.) iiiMiiis. e 143 nums. na frente. 

Ni Ireiítf (o verso está em brinco) da primeira follia prel. o lilulo que ilciitanios re^ 
proauzido em fac-simile ; e na frente e verso da II a (E ffHUOnÔn iiS Capitu- 
la» ia $t(|uniia tierain. 



AZEVEDO -SAMODÃES 1Q3 



A Década segunda compreende, como a precedente, um ÍJrcUigí e dez Liuros. O 
^raUigCl vem inserto na frente da fol. 5l o íilirC prillltiro compreende sete 
Capítulos, dos quais o primeiro é encimado pela epigrafe : \L (""HpitllUl priínrtro, 

(íoiitci ffriftnm 6a <!"uiil|a pnilin 6rrtc rciiiui cô Ijiiu iinirin nrimiín \una 
a 3ii6in : rm liin riHuinliin Àfoiiro Çnllniiiiirriiiic «luc ijit por in |1 pttnm 
mór 6initvn, iiiic niiin 6c nu6rtr iin róftn 6n Arnbin : /í a s\i\c tijhnm lu» 

6frriltirÍllUMitil 6il jUlrt Úim £iilirrilf0., e contém sete Capitulos que decorrem 
desde o verso da ííl. 2 até á frente da 1,'> ; o ''r Çtlllli IrgUllôO...: ÍIU i^ Tf 

fontrtit as roíifns qitr Afoiíro pal6oniifiiiiu' fn nn ciiii(|iiirta ôí ri'i|tií 
6i' (OrmuílK «ffil outras or.c iirltc triiipn o uilfi-rfi fr; iia Du6ia tr 

6fJJ0Íâ 6a morlr 6e Ffll filIlO 60111 fOlirniÇO., tem nove Capitulo», iiísertos 
desde o verso da f Ol- 1-' até á frente da ■'iO ', o f%í £ÍUro ícrmjrO...; flll II 

|r roíitr romo ooirorfi) õõfraittifro Çnlmcqôa bfriinratiju a ariimôa 6o 
Sol6am 6o Cniru: i o iiinií que fr; te o iiintarciii na ngiin6a 6r Sal6anijn 

IIÍII60 para rftr rrillO., compreende de/. CapKuiús que vão desde o verso da f Ol. 

;iO a 47; oCIC''"'-'' iliiorto... cm niic fc contem o que fc fc! iiaiiuclins 
pnrtfs o primeiro ana s[ Àfoiífo Dnlboiíucniiie foi) capitã gírnl 1 junicr- 

na6or 6a pn6ia. tem seis Capituios que correm de fol. 48 a ÕS ; o CE í turo 

iiuinto...: 110 iiiial fc contem o que fc fe; naqnellas partes no tempo nur 

Afonfo ÇalliOilUérillie foi) ilOUfrua6or fta ^llôia., dez Capitulos que decorrem 

de foi. .jít a 77; o ^ f iuro ferto...: no qnal fe contem a tomn6n 6o reino 
6e Itlnliícn /j, o mais í\ Àfonfo Ilallioqueri)ue fej nos nnnos onjf /i 

6oje., tem dez Capitulos, insertos de f Ol. 7N a !I7; o CE £ÍUrO JcptimO...: 

6epoiriine Àfoiífo Çalboiíuerii partio 6e Ijblnlácn te ctrnr no trtriro 6o 

mnr |lOÍrO., tem dez Capitulos que correm de f Ol. tlS a 111; o f%í JiUrO 

octnuo...: rm q l'e contem o que Àfonfo Çalboquerquc fej ôrpois qur 
partio 6a 3n6ia pnra o mar lloiro té tornar a elln., consta de seis Capí- 
tulos, insertos de fol. \Vi a itíd; o f%í £iuro uouo... em quf ff rontriii 
o que fej em |tlalnrn ícpois que Àfonfo Çnlliuqucrquc fc tjfo bella : -x 
o ([ rllf fej na Dn6ia o nnno 6e quatorie te fe partir pnrn ©rmuj., tem 

sete Capitulos, que estão insertos de f Ol. 1'21 a loO; e, finalmente, o CL £ilir0 

6ecinui...: em que fe cotem o que Ãfoufo ÇoHioquerquE fíj nn 5n6in ,i 
no reino ie (Ormin té o fen falecimento., tem ouo capítulos, que vão de fol. 
131 a 143. 

Estas duas primeiras Décadas são magniticamente impies^as com belos e grossos cara- 
cteres góticos, á excepção da 3raUon6a, que é com tipo mais miúdo. A impressão 
é embelezada com lindas letras iniciais de interessantes e capriciíosos desenhos de 
fantasia, abertas em madeira. 

O volume da Década primeira consta de um caderno de duas folhas (as prels.) não ru- 
brirado, e de desasseis de oito folhas cada, rubricados de A j, Oij, Q iij, O iiij, O 
a fl ii 1 '!• '1 ''i» 1 'i'j> 1 "•> e o da Década segunda, também de um caderno 
de duas folhas, não rubricado, e de desoito de oito ff. cada, rubricados de ^ j, 
^ ij, ^ iij, ^ iiij, ^ U a § j, 5 tj, S iij, a iiij a U. Ha porem a notar 
que em nenhum dos volumes existe caderno rubricado coma consoante 3. 

As folhas em que se encontra inserto o texto da obra propriamente dito, trazem ao alt* 
as seguintes indicações: £ÍUrO primeiro, (frente das ff.) e: Jo primeira ôf- 
ea6n. (verso das mesmas folhas). 



104 



CATALOGO DA LIVRAPIA 



. TERCEIRA II década da Alia de. . LISBOA... M.D.LXHl. 

(D" froiilixpiciu ã'tmos n c.rada reprodumo folo-zincográfica que segue): 




TERCEIRA 

década dâ Afia de 
loam de Barros: 




(O original mirie 1'7:?XÍ6'Ú''"»') 

Infol. peq. de VIU folhas (prels.) iiiumeradas e 2t>6 numerada.s na frente. 

'^' nD^,'^'Í!^ ""'"■ ™'"P"<="'tem: írontispicio (I-o verso está em bra.ico) ; 'L^ 

vnin? c' ^-J' * '^ " ""'""^ ""^ ^-° '"'" d^ta está em braneo); ea: .^ 

<« vr v',!*; ^ '^""^ ""* «Piíulos que le contem nefta obra || he .1 feguinte.' 

(ff. V I e Vil e frente da VIU -o verso <l'esta está em branco). 



AZEVEDO -SAMODÂ ES 105 



N'o alto da frente da primeira folha numerada o titulo geral e o do Capitulo primeiro. 
Dizem assim: «TERCEIRA DÉCADA n da Afia de loam de Barros, 1| dos feitos que 
os Portuguefes fizeram Uno desfcobrimento & conquirtaH do? mares & terras |] do 
Oriente. 11 f^'! 

•j Capitólio primeiro. Como cl Rey dom Manuel mandou por ij capitam geral (^ 
nouernador da índia Lopo Soárez Dal- j bergaria em Ima armada do treze nãos : o 
qual partio deftCureyno o wíno de quiiihetos ^ quinze. E do que fez depois'} 
que partio, ^ afsi na índia com fua cltegdda.' Este livro primeiro, que, como 
acontece com os Livros primeiros das Décadas antecedentes, nào apresenta titulo 
especial, contem .X Capítulos, que decorrem até folha 24. Na H. 25 tem principio o: 
«Liuro legudo da terceira década!! da Afia... !l ...: em |! que í'e contem o que fez 
Lopo Soárez Dalbergaria que per el Rey dom Manuel gouernou & conquiftou aquel- 
las partes por tempo '! de três annos.» Consta de IX Capítulos, que íindam na frente 
da Eo. 55. No verso desta mesma folha, começa o Liuro terceiro... !! ...: em que 
Te contem parte das coufas: que nelle fizeram, em qu.ãto Dio- ' go Lõpez de Se- 
queira gouernou aquellas partes.» S.ão X Capítulos, que vão até á frente da 11. 84 ; 
começando no verso desta mesma tí. o -"Liuro quarto... .,.: em II que Te contem 
parte das coufas que fe nelle Hzeram em quan- !| to Diogo Lopez de Sequeira go- 
uernou aquellas partes.» Tem X Capítulos, que lindam na frente da ti. IIS; se- 
guindo-se-lhe no verso da mesma 11, o t Liuro quinto... '! ...: em que fe contem 
parte das coufas que fe nelle fizeram em quanto Dí- !! ogo López de Sequeira go- 
uernou aquellas partes.» Compreende .X Capítulos, dos quais o ultimo finda na 
frente da H. 155. No verso desta ti. tem começo o: • Liuro fexto... !!...: emllque 
fe contem as coufas que fe nelle fizeram até o fim do tempo que !1 Diogo Lõpez de 
Sequeira gouernou aquellas parles.» Tem .X Capítulos, que abrangem até 11. 178. 
Na fl. 179 principia o: .^ LIVRO SEPTIMO ^ |1 Da terceyra Década da Afia... 
!!...: em que fe contem parte das coufas que l'e fizeram !| em quanto gouernou dom 
Duarte]! de Meneies. II 5"^». Em XI Capítulos, que decorrem até fl. 306. Na li" 
307 começa o: «^ LIVRO OCTAVO. ^ H ... |i ... Em que fe contem parte das 
coufas q fe fizera em quanto go- ,, uernou dom Duarte de Menefes. Consta de X 
Capítulos, dos quais o ultimo termina na frente da fl. 227 ; no verso da mesma II. 
tem inicio o: «^ LIVRO NOVENO. !^ 1| ... i, ... Em q || fe contem as coutas q 
fe nella fizer-ã em quanto :, o almirante conde da Vedigueira foy víl'o||rey naquellas 
partes. E affy do tempo |1 que dom .\nrique de iVlenefes |; as gouernou». Contem X 
Capítulos que correm até It. 250. Na II. 251 principia o : <^ LIVRO DECIMO. 
J< II ... 11 ... Emllque fe contem parle das coufas que fe nella !i fizeram em quanto 
dom Anrique de II Menefes nelle gouernou.- Contem X Capítulos, dos quais o ul- 
timo termina na frente da fl. 26fi. 

Coino que em remate do texto deste derradeiro Capitulo, vem o seguinte regÍFto tipo- 
gráfico : 

'Foy imprefsa a prefente obra cm Lixboa, por loam de Barreira \\ imprejsor del- 
Rey nofso fenhor. Acabou fe aos\\xviiJ. dias do mes de Agofto. De\\M.D.LXIII.> 

E.xceptuando a Tauoada, que é impressa a duas colunas, todo o texto inserto no vo- 
lume é impresso a toda a laigura das paginas. 

O texto da obra propriamente dito foi impresso com tipo redondo, e os títulos dos Ca- 
pítulos com itálico. A impressão é esmaltada com letras iniciaes abertas em madeira 
sobre caprichosos e interessantes de.«enhos. Alguns destes desenhos são de simples 
fantasia; porém outros reproduzem factos ou sucessos relatados na historia antiga, 
e ainda figurinhas de personagens que viveram em tempos distantes. 

.\a numeração que as folhas apresentam no*am-se diversos erros tipográficos, sendo de 
todos o mais notável aquele em que a numeração salta de 199 para 300. Este erro 
prosegue até á folha 335, altura em que, havendo sido notado, foi corrigido, reto- 
mando-se a ordem de numeração primitiva. Porém, caso curioso, essa primitiva or- 
dem foi retomada com o numero 227, e não com o 226, que era o numero que real - 
mente competia I 

O volume compreende um caderno de quatro ff. sem rubrica alguma; um outro, tam- 



106 



CATALOGO DA LIVRARIA 



bem de quatro ff., riibricacio ; >í' ij, >x< '*f. *í< "O 1 e trinta e dois de oito tf. 
cada, dos quais 23 rubricados de A J, A ij, A iij, A iiij, n Z j, Z ij, Z iij, Z Uij ; 
e nove A j, A ij, A iij, A iiij a / j, I ij. I iij, 1 iiij. 
Nas referidas rubricas não foram porém einjiregadas as consoantes J q U. 

QVARTA DÉCADA i I>A ÁSIA... Ew Madrid... M. DC. XV. 

[Do (yoníiífii-ic i!i<))ii)x a i i lu-li: upymlrrãu fn'A;-:i :c^iiráprii ipic íi.jki' : 




(O original virar 210x JS':""") 

In-fol. de, além da portada que fica ieproilu/,id;;. XXXII jjags. (prels.) 
inums, e 711 nums., e ainda uma em branco, final. 



AZEVEDO -SAMODÃES 107 



>lsL I.a pag. prel. um titulo impresso, que passamos a transcrever textuatmeiíle : «QVARTA 
DRCADA I! DA i ÁSIA ! DE lOÃO DE BARROS. DEDICADA ' A ELREI DOM 
PHILIPPE II. II NOSSO SENHOR. : REFORMADA ACCRESCENTADA E ILI.VS- 
TRADAICOM NOT-^S Ij E TABOAS QEOORAPHICAS POR lOÃO BAPTISTA 
LAVANH.íV); na III (a II está em branco) as «CENSVR.^S. (três; a primeira subs- 
crita F. Francisco de lefiis ; a segunda El Doctor Ccílria, e a terceira Pêro de Va- 
lência ; todas datadas de Madrid, lOU) ; na IV, a ';TASS.\» (subscrita : luan Gallo 
de Andrada), as ERRATAS e 'Erratas de las A^í/.ys (subscritas : El Lice.iciado 
Mareia de la Liana) e a ■^Summa dos Privilégios* (hum dcjpachado por loão Gallo 
de Andrada. . . a xv. de Novembro de 1611. E o outro defpacliado por Francifco 
Pereira de Betencor... a 14. de Maio de 16J5. aãos^j ; na \' a Dedicatória: «A EL 
REI NOSSO SENHOR . (Datada e subscrita: .De Madrid xxiiij. de lunho de 
MDCXV. ;, loão Baptifta Lavanha^) nas Vil e VIII (a VI está em branco) uma espécie 
de Proemio, com a epigrafe: ^JOÃO BAPTISTA LAV.\- : NHA, AOS QVE LEREM 
ESTA II QVARTA DÉCADA.; nas IX a XIV : . APPOLOQIA DE lOÃO DE BAR- 
ROS, 11 EM LVCiAR DE ; PROLOGO ; nas XV a XIX (o verso desta está em branco) 
o «índice li DAS COVSAS MAIS NOTÁVEIS " DAS NOTAS-, o qual remata com 
este outro registo tipográlico : 
«EM MADRID, .MDCXV. ii „ Por .\nibal Ealorli-. 

Esta Qvarta Década compreende também, como as três ijreccdcntes, dez Livros- O pri- 
meiro, que vai de pag. 1 a Õ2, compreende XVIII Capítulos e é encimado pelos se- 
guintes dizeres: -LIVRO PRIMEIRO DA QVARTA DÉCADA ,, DA ÁSIA, DE 
lOÁO DE BARROS. '! Governava a Índia Lopo Vaz de Sampaio»; o segundo, de 
pag. 63 a 130, tem X.X Capítulos precedidos de igual titulo, á excepção dos dizeres 
indicativos do livro 1'Rl.MEIRO, que agora é SEGV.NDO ; o terceiro, de pag. 131 a 
192, XLX Capítulos, dos quais o primeiro é encimado por titulo geral conforme ao 
dos dois livros precedentes, á excepção dos dizeres indicativos de livro PRIMEI- 
RO, ou SEQVNDO, que agora são- TERCEIRO, e também destes outros que se 
lêem naqueles : ^Governava a Índia Lopo Vaz de Sampaio», - que neste e nos 
restantes sete livros passam a ser: -Governava a índia .Nuno da Cunha». O quarto, 
de pag. 193 a 272, contem XXVII Capítulos; o quinto, de pag. 273 a 320 (aliás 
324), XVI Capítulos; o sexto, de pag. 325 a 408, XXVI Capítulos; o sétimo, de pag. 
409 a 488, XXII Capítulos; o oitavo, de pag. 489 a 553, .XVI Capítulos; o nono, de 
pag. 555 a 032, XVI Capítulos, e o decimo e ultimo, de pag. 633 a 711, X.XII Ca- 
pítulos. 

A execução tipográlica é muito nítida e verdadeiramente primorosa. Na impressão foram 
utilizados elegantes caracteres redondos, á excepção dos títulos dos capítulos e das 
abundantes e por vezes extensíssimas notas marginaes, que são impressas com tipo 
itálico. Como ornamento ha diversos cabeções decorativos e numerosas letras ini- 
ciais, tudo aberto em madeira sobre artísticos e caprichosos desenhos de fantasia. 

O titulo impresso acha-se dentro de moldura formada por dois filetes paralelamente dis- 
postos. 

Os índices são impressos a três colunas, c o restante texto a toda a largin'a das pa- 
ginas. 

O te-to é enriquecido com três curiosos mapas primorosa e mui habilmente abertos .". 
buril em chapa de cobre (Diogo de Astor FeciO- O primeiro compreende a «DES- 
CRIPÇÃO DA ILHA DE lAOA (vem colocado entre as pags. 38 e 39); o segundo 
a .DE5CRIPÇÃO 11 DO REINO DE , GVZARATE», e o terceiro a .DESCRI P(;.\0 
fi DO REINO II DE BENGALLA». 

Em continuação a estas quatro Décadas de Barros seguem-se as depois compostas por 

Diogo do Couto, as quais, por serem um complemento d'aquelas, aqui juntamos ç 

descrevemos. 
Relativamente á circunstancia da primeira Década deste ultimo cronista ter também, 

como a ultima do seu antecessor, o título de Década qvarta, dá Inocêncio, no seu 

Dic. bibl., a seguinte elucidativa nota : 

• Esta Década tomou a numeração de quarta, por ser continuação feita sobre a ter- 
ceira que João de Barros deixara impressa em sua vida. Passados annos porém (no 



108 



CATALOGO DA LIVRARIA 



de 1615) veio a iiuprimir-se a Década quarta do mesmo Barros, que por morte deste 
ficara manuscripta e informe, em poder da sua viuva... D'esta sorte temos pois 
duas Décadas quartas, cada uma de seu auctor, e que posto se refiram a um mesmo 
tempo, são difterentes entre si». 

— DÉCADA QVARTA DA ÁSIA... EM LISBOA... M.DCll. 



(Iln froHÍi!<picio daiito^ a cxiiin reprodurãn folo-sincográfica (pie sei/tie): 

DÉCADA QVARTA 

DA ÁSIA, 

DOS FEll os QVE os PORTVGVESES Fí. 

ZERAM NACONQ^VISrAEOeSCOBRlMENTO 

dastcrras.Sí mires do Oftentcicni cjuartco goucrna- 

(aóaladtaLopo VizdclamPa/o.&í piítcdo 

tempo de Nuno da Cunha. 

Compota l>cr mandado do muito rathelico e imtnciKe/ Afo' 

narcha Jt EJ^anha àom Filipe T{^(/ Jt 'Pertuyél 

ofttmeirodefientme, 

POR DIOGO DO COVTO CHRONISTAE 

^ guarda mor ditorrc do combo do cftado da iaáii. 




E M L I S B O A. 

ln>prcflo por Pedro Crasbtcck,noCollcgiod« 
fan:oAgo(ljnho. AnnoMJDClL 

(O original, mede í2'J x i36''"'") 

In-tol. pecj. de XII fí. (prels) iiiuins. e 207 nunis. na frente, afora uma ern 
liranco, final. 

Nas XII folhas prels. o seguinte texto: titulo, reproduzido acima (frente da II. I); .CARTA 
DE SVA MA-llOESTADE PÊRA DIOGO DO COVTO 1| Chronifta tk guarda mór 
da Torre do Tombo do erta- 11 do da Índia». («Efcrita em Lisboa! a vinte & oito de 



AZEVEDO -SAMODÃES 109 



Feuereií-o de 595. • REY..) (verso da mesma ti. I); 'Licença do Padre Reuedor> 
(Fraiuifco Pereira); -^Licença da meja geral da S. luquifiçãO' ; ^Licetifa da Ordl- 
imriot (frente da ti. II); Privilegio real (verso da mesma ti. U); Dedicatória: 'AO IN- 
VICTISSIMO MO- ,1 NARCHA D'ESPANHA DOM FELIPE u Rey de Portugal o 
primeiro defte nome. !| EPISTOLA». (Dat.ida e subscrita: «Dett»- cidade de Goa a 
II vinte de Nouembro de 1597. annos. Diogo do Couto-) (III a \0; Três Sonetos, a 
saber: A EL REV NOSSO SE- H XHOR DOM FELIPE... que mandou fazer !; efta 
obra. i; SONETO- (frente da VI)-.A DIOGO DO COVTO CHRO-ilnifta defta iiif- 
toria da índia. || SONETO. -^A MES.MA HISTORIA. :, Soneto» (verso da mesma H. 
VI; íTABOADA DA ; QUARTA DÉCADA... (if . VII a \l e frente da XII); e .ERRA- 
TAS- (verso da mesma H. XII). 
O texto da Taboada c o da Qvarta Década é impresso a duas colns., e o restante do 
volume (prels.) a toda a largura das paginas. 

. DÉCADA QVINTA. .. |1 DOS FEITOS QVE OS POKTVGVESES Fl- 

II zernn no delcoliriíiiento dos mares, &. eonqiiifta rias terras " do Oriente : 
em quanto goiíernnraõ a índia Nuno da |i Cimlia, dom Garcia de Noronha, 
dom Eíteuaõ '', da (iama, & Martim Afonso de Sonfa. il ... ;■ (Escudo d'ar- 
mas reais portuguesas) || Com IkenQU do íny.rcmo confelhu da janta gy- yeral 
Inqnij'ição,\\^ do Ordinário, ^ Paço.\\Ibi., pelo mesmo vtipressor. Avno 

I<ji2. 11 II Com privilegio real. ^ taxado a coalnjcentos reií em papel. 

In-fol peq. de XII (a ultima está em branco) IT. (prels.) inunis. e 230 nums. 
na frente. 

As .XII ff. prels. compreendem: frontispício (I); '•Approuaçaõ do Reuedor^ e rUcençaS' 
(frente da H. II); .CARTA DEL REY NOSSO "SENHOR DOM FELIPPE.... (a 
mesma que vem inserta na Década precedente -verso da mesma B. II); «CART.V 
DEL REY NOSSO 'I SENHOR DOM FELIPE O SEGVNDO DE- |1 fte nome, para o 
melmo Diogo do Couto. . .- (.El'cri- 1[ ta em Lisboa a dez de Feuereiro de 602- 11 REY») 
(frente da il. III i; ^Priaileglo d'Elrey nofSo Senhor* (verso da mesma ti. III); 
e «TABOADA DA QVINTA 1! DÉCADA DA HISTORIA DA INDIA> (ff. IV a XI). 

No verso da folha do rosto, um retrato de Diogo do Couto, bem gravado em madeira. 

O texto da Taboada e o da Década s.ão impressos a duas colns. por pag., e as restan- 
tes peças insertas nas ff. prels. do volume, a toda a Largura das paginas. 

DÉCADA SEXTA .. || DOS FEITOS. ..: em quanto gouernaram a 

índia Dofii || João de Caslro, Garcia de S;i, .lorge ("ahral, |! & Dorn Afonlo de 
Noronha.!! ... || (Escudo d'arnias reais de Portugal) .. II /W., pelo mesmo 
impieisor. Anno i(rl2. || . . . Infol. peq. de frontispício e ?3fi ff. nums. na 
frente. 

Relativamente a esta se.\ta Década, deve-se registar o facto de quasi todos os exempla- 
res aparecem faltos do frontispício ! Que este chegou a imprimir-se, não resta a 
menor duvida, pois que quatro ou cinco exemplares se conhecem que o teeui. Houva 
decerto supressão, talvez motivada por também se ter eliminado qualquer texto ou 
Dedicatória inserta em folhas prels. que, junto com o frontispício, se houvessem 
imprimido. Se realmente assim sucedeu, essas folhas prels. foram por completo des- 
truídas, visto que não aparecem em nenhum dos exemplares até hoje conhecidos. 
O nosso exemplar possue, do mencionado e raro frontispício, uma excelente reprodução 
foto-zincográfica. 

DÉCADA SÉTIMA... |j DOS FEITOS... : em quanto gouernaraô a 

índia dom Pedro .Malcarenlias. '| Francitco Barrreto, dom Conflantino, o 
Conde de Re- 1| dondo dom Francifcp Coutinho, & loão \\ de Mendoga ... 
(I lEíiCUdo d'armas reais de Portugal) |1 .. . \\ Ihi., pelo mesmo impressor- 
.^nno IGIG. || Com Priíiilegio Real. Vendefe na rua nona em vafa de Mateus 
de Motos. In-fol. peq. de X ff. íprels.) inunis. e 247 nums. na frente, afora 
uma em branco, final. 



110 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



N.i frente da folha I prel. o titulo, e no verso o mesmo retrato de Diogo do Couto que 
vem no verso da H. do front. da Década V: na frente da II, a •Approuaçaõ da 
Reufdor» e as ^Licenças*; no verso da mesma íl. II e na frente da 111, as duas já 
citadas Cartas dos monarcas D. Felipe I e D. Felipe 11 ; no verso da mesma II. Ill, 
o ^Príuilegio de sua Magestado («...Francifco Ferreira o fez em Lisboa a 22. de 
Março de 1602. Pêro da Cofta o fez efcreuer. || REY>); na frente da IV, uma Carta : 
*Ao muito Catholíco ^7* poderofo Monarca d*Ei'paiika, ^j' Rey de Portugal dom 
Felipe o fegundo de/te nome^ (datada e subscrita no tim : *Da Indi.i, f^ delta cidade 
de Goa a féis de Novembro de 1603. |1 annos. || Diogo do Coutos); e no verso desta 
mesma ti. iV e nas V a X, a .TABOAD.^D.\ SETIiVlA il DÉCADA DA ISTORIV DA 

índia». 

E.\ceptuando o texto da Taboada e da Década VU, que é dispotto a duas colns., todas 
as mais peças insertas no volume são impressas a toda a largura das paginas. 

DÉCADA OVTAVA... t| DOS FEITOS...: ciu qiiíinto uoiiernarão 



.1 II índia Dom AntSo de Noronha, & Dom || Luis de Ataíde. |i POR || . .. || 
(Logar de maroa dos impressores) || LISBOA. || A custa de IO AM BA 

COSTA, CÊ- DIOGO SOAREZ [\ \\ M.DC.LXXIIl. < Cm todas os li- 

iwnças necessariís. In-fol. peq. de IV fT. (prels.) iniinis. e 247 pag^,. tiums., 
além de uma em branco, final. 

Na frente (o verso está em br.inco) da folha I (prel.) o titulo; jia 11 uma Dedicatória; 
•AO EXCELLENTISSIMO SENHOR |; D. lOAM MASCARENHAS j, IVlarqucz de 
Fronteira... (subscrita no (im: «De V. Excellencia que Deos guarde || 

., ,^ - L -ij - ^ loAM Da CnsTA ; 

Os menores, t-' ma.s humildes criados g^, DiocoSoarez; 

na frente e parte do verso da III o •■ PROLOGO i AO LEITOR» ; na restante parte 
do verso da mesma H. III o •; PROTESTO » dos impressores ; e na IV. as « LI- 
CENÇAS.. 
O texto das peças prels. é impresso a toda a largura das paginas; co restante do 
volume a duas colns. por pagina. 

CINCO LIVROS ! HA DiXADA POZE || DA I1IST01!I.\ DMNDIAH 

rOF{ [ DIOC.O DO COVTO \\ Cronista ^t liii.uda niór da Torre do ;i Tombo do 
Estado da índia. |i Tiralo- a luz pelio i.i pilão M."' Fn de Villa Real Ca- 
valleiro || fidalgo da casa do serenissimo Dom lOÃO IV, Rey de |! Porlugaj 
nosso senhor. Residente na (;oitd de l'ari/. || e Cônsul da Na(;ão Portuguesa 
nos l| Reynos de Fran^;:i [[ (Vinhola tipográfica ornamenta!, de artístico de- 
senho) li Com Hcenra e Privi'egio. '■ EM PARIZ. |! || Anno M.DG.XLV. 

—In-fol. peq. de XVI p: gs ípie;?.') iniin-.s., 248 nnms. e mais VI inuiiii., 
finais.— .4o todo 10 t-ols. E. 

Na primeira pag. prel. o titulo; a II esl.i i;ui branco ; nas III 3 VIII, a Dedicatória; cEXC- 
LENTISSIMO fsiVV 11 SENHOR I' DOM V.\SCO LVIS || DA GAMA jj CONDE DA VI- 
DIOVEIRA.il ALMIRANTE DA 1ND1A.|:.... (datada e subscrita : Guarde nosso 
senhor a pessoa c estado de V. Ex. \\ Pariz a 26 de Abril 1645. \\ Criado de V. Ex. | 
O Capitão Manuel Frz de Vilb ReaU); nas pags. IX e X, o Prologo ao: «LECTOR» ; 
na XI as ^Licenças; na XII o ^Preuilepo d'Elrey nosso SenUon; na .Xlll; tCarta d'El. 
rey nosso Senhor, pcra Dio^o do Couto. . .>-n3. XIV; 'Carta d'elrey nosso Senhor, 
pêra Diogo do Couto... (São as duas Cartas dos monarcas D. Filipe I e D. Filipe 
II, já insertas nas Décadas precedentes) ; na XV: «O Capitão H MIOVEL BOTELHO 
DE CARVALHO... |1 A Diogo do Couto na Década 12, que escreveo, |1 do primeiro 
governo do Conde .Minirante ; D. Francisco da Gama sendo ,: Visorrey. H SONETO . 

As VI pags. finais inuiiis. inserem a - TABOADA || DOS CINCO LIVROS \\ DA DÉCADA 
DOZE.... 

O texto inserto nas pags. prels. é impresso a toda a largura das mesmas paginas, e 
o das restantes pags. do volume a duas colunar por pagina. 

Colecção COMPLETA E PRECIOSÍSSIMA de todas as Décadas de João de Barros e 
de Diogo do Couto publicadas, ORIGINALMENTE, nos séculos XVI e XVII. 



AZEVEDO - SAMODÃES 1 1 1 



Estas Décadas dos dois famosos e clássicos cronistas portugueses, escritas com profunda 
erudição e num estilo elegante e vernáculo, são, como é sabido, as fontes primor, 
diaes a que se tem recorrido e ainda servem para a historia dos descobrimentos, con- 
quistas, administração e altos feitos de nossos maiores em terras do Oriente desde 
fins do século XV até melados do XVII. 

Exemplares optimamente conservados, salvo umas pequenas recomposições na margem 
de algumas folhas das duas primeiras Décadas; os frontispícios da terceira e sexta 
Décadas são em reprodução foto-zincogrâfica, primorosamente executada. 

COLECÇÃO importantíssima, de muito apreço e valor, e cuja APARI. 

ÇÃO, ASSIM COMPLETA E NAS SUAS PRIMITIVAS EDIÇÕES, DIFICILMENTE 
SE REPETIRA NO MERCADO. 

336 Década primeira da Ásia de João de Barros. Dos feitos qve os por- 

tvguezes fezeião no descobrimento & conquista dos mares & terras do 
Oriente. Dirigida ao Stnado da Gamara desta cidade de Lisboa. (Encudo 
com as armas de Purtugal, o qual se repete na 5?." e 3.^ Década). Em Lisboa. 
Com todas as liienças necessárias, impressa por Jorge Rodriçiiiez. .\nno de 1098. 
Aa custa de António Gcmçaluez mercador de livros. In-fol. de VII II. (prtls.) 
iiiums. e 208 nnm. na frente. 

Década segvnda da \s];i. Ito-; feitos, ele. . . ■/'</., pelo meswo impres- 
sor. .4)1110 de 16-28. In-4.° de V fl'. (prels.) iniini. e 238 num. na fiente. 

Década terceira da Ásia. Dos feitos, etc... Ibi, ibi. lfJ2(l. In-fol. ih: 

X If. (prtls.l inuni<. e 3í52 num. na frenle. (No verso desta ultima 11. : f%í 
.[í-abtuse de f-%? |; imprimir a primeira, ' /eyriída e terceira Década ria || .isin 
de João de Barres, a trinta de Ma;/o, do anno de mil \\ .leisceiílos c6 rinleoitv. 
Em Licitou, por Jorge Rodrigues \\ *•* || ** || »). 

Década qvarta da Ásia de João de B Tros. Dedicada a el-Rei Dum 

rhilippe II, nosso senhor. Roforiri.ida accrescentada e illvstrada com no- 
tas e taboas geographicas por Jofio Baptista Ijavaiiha. (Este front. c prece- 
dido d'uma elegante portada oUegoricn. primorosamente gravada a buril, tendo u 
titulo no centro, c por baixo do mesmo).- — Em Madrid na Impressão Real, 
M.DC.XV. In-fol. de portod.i, front., IX fT. (prels.) innms.. 711 pags. e 
mais VI ff. inums com 2 índices. — No fim: Em Madrid, M.DC XV. Pur 
Annibal Fnborli. — O rol. tem oinda mais !J carias (ni mapas geor/rnphiros, 
grav. a buril e impressos em separado. Encoiitram-se a pags. 39, 273 e 555. 

As três primeiras Décadas são da segunda edição, denominada do Senado ; e a 4.a c da 
edição primitiva. Este exemplar da quarta Década possue, como se disse acima, os 
3 mapas abertos a buril e tirados áparle, que faltam em quasi todos os exempla- 
res que aparecem no mercado. Belo exemplar. MUITO RARA. 

337 DA ÁSIA li DE 11 JOÃO DE BARROS H E DE || DIOGO DO COUTOU 

SOVA í:/)/(;.401ÍOFFERECIDA|1 A SUA MAGESTADE II D. MARIA I. 1! /Ç/^9t.O(D 

RAINHA FIDELÍSSIMA |1 &c. &c. & •. || (Escudo d'armns rrais portugue- / O ^ / 

sns) II LKBOA 1| Na Regia Officina rri-oGit.n-icA \\ANNO MDCCLXXVIII. 
(a MDCCLXXXVIIl). \\ Com Licença da P,cal Meza Ctnsona, e Privilegio Ficai. 
In-S.» peq., 24 vols. E. 

Primeira edição colectiva de tod.is as décadas de Barros c de Couto ; pois n'ela veeui 
pela primeira vez impressas a Década decima e a undécima. A impressão é muito 
uitida, mas infelizmente o texto não corresponde á beleza do lavor tipográfico, pois 
não gosa a fama dos mais correctos. 

.\ Década undécima aqui publicada, que é um <suprimento- da de Diogo do Couto, que 
SC perdera e que jamais pôde ser encontrada, consta de um resumo dos «Feitos, que 



112 



CATALOGO DA LIVRARIA 



/oi'^ 



(o 00. 



o 



os Portuguezes fizeram iio descobrimento dos mares, e conquistas das terras do 
Oriente, Em quanto governaram a índia Manoel de Sousa Coutinho, e iMathias de 
Alboquerque.» 

Os volumes I a S compreendem as Décadas de João de Barros; o 9, a Vida do mesmo 
cronista por Manoel Severim de Faria, e o índice geral das quatro Décadas da sua 
Ásia; os 10 a 23, a Vida de Diogo do Couto e as suas Décadas ; o 24 e, finalmente, 
ultimo, o «índice geral das Décadas de Couto.» 

O tomo primeiro é adornado com os retratos de João de Barros e do Infante D. Hen- 
rique (G. T. Atacliado s.), e com um mapa (em H. desdobrável) ; os tomos 2.o, 7.0 
e S.o, com nm outro mapa cada um (estes três mapas, primorosamente abertos a bu- 
ril, são reproduções dos que vêem na edição primitiva da Dccada qvarta), e o 9.o, 
com o relr. de Diogo do Couto (Sià>a Deliu.- Frois sculp.). 

338 Fanegyricos iio grande João de n.-irrci. Fielmente reimpressos con- 
forme :» sua antiga lií giiagern — nnno 1533. Por Joaquim Francisco Mon- 
teiro de (Jaiiiijos Coelho e Soiza. Lhhoa. Nii Ojfic. de António Gomes, 1701.- 
ln-8.» peq. de V-3á()-l pags. E. 

Estimada e pouco vulgar. 

339-Barros, 2.° [Dr. .hãn dr).— (r-fprllin íir (injaStis... Vortii, l.")4il. 

{Do frcntnpkio {que neste eremplm- r de cújÀ'i primorosa e hdlitmcnte feita à 
pena) dtimog a ei-ncla reprodiuuo (jue seyue) ■' 








tó^^ 










f'm<^íTi:í(f<[^)V(c^c^mt(íffí:ct]{ui:uáfy% 






<v\; i, 'c"inf<-ff3rfofnao«f«TÍirotrí mniirtuti^ ^ 

I i-ldsc nccflanar. pa cafsfidcp.tf laitsrnw I 

' OS! PrqíítoficíbscctfrocáfaincropafírrnrJl 

(?f<(çá tsff rtnçoof vcc.Foijamfff côDofto 'a 

pelo Bocto: "^oÁ orEarr'a.£icji;iJ.i6oa< | 



In-4.' 



( o original mede iSl x í'J'i"™) 
de IV IT. (pieis.) inimieradas e Ixxiiij numeradas na frente. K. 



AZEVEDO - SAMODAES 



ÍÍ3 



As IV folhas prcls. inserem o seguinte texto : na frente da I o titulo reproduzido acima 
em «fac-simile» ; no verso da mesma ti. I e grande parte da frente da II, o 
' lj.í)rilfllll'(l.», que é encimado pelos seguintes dizeres ou Dedicatória: «^0 

ifrfitilTimn íJriíiniif aUuftrilTimn Sciilun- 1| o fniliov anfníitr Çnm (?u- 
riiliic ÀiçcbilVn 1, fõr [[ Sn mui miliiiun (Tiôníic S tínign : yrimns íins 
Ci5)>nitlins || ba Doutnr gnniii ir iSorros : Ijitmil&c fcruiaor íc- 1| §. 

D. §.» (Datado e subscrito no fim: «. . . ôll ffiiíiníir 6il ^ortCl |1 n .ITlj. 8 
fnifrírí S .p.g.rl. nims, o pactor gOÍÍ S luUTCiS » ; na restante parte da 
frente da mesma H. 11, toda a III e na frente e parte do verso da IV, a " \X. Jlltro- 
&U(ã /t in"lnrn(Õ ao pfct liliro pfni os ll-rtíll-rs.» ; e na restante parte do 
verso da mesma 11. IV o indue e titulos das quatro partes em que a obra^é divididat 
o qual rem.ata com a declaração: ^ (Eoilttçn O trnrtnílil. ►!< 

Em seguida vem o texto das quatro partes da obra, o qual ocupa as ff. j a Iffj. 

A lJr''lIl''rn pnrtf , que decorre de H. j a Tf} e que apresenta o seguinte rosto : 



Ijaciçíillll 













nV'> iERDECEPiTME^-- 
ortíe ír: fado.&n aqual ffpc í 




li 





(O original mede ISO X 105 mm.) 
compreende unrproemio (em que o autor, começando por citar Marco Túlio, 'expõem 
como que o .artíumento de seu tratado) e XI illIJÕCS, ou Capítulos, a saber . 

CE ilnjom piinirijrn por rnufn íms || rnrflflâ bo iiintrimonio.» — CE i5c- 
jão. ij. yor rmifn &115 tíHj^s ri, br fun || marte, íírntnfr nq 611 niimr bo 
pmj. 1/ br nl- 11 gíis nut mntarom \cn& ^í\]íú.« — Cl\c}(\m.iu\. tontrn 

8 



114 



CATALOGO DA LIVRARIA 



ti ffinfnmfiita. por ffr |1 rfpciif iic rcnli^om. O? rõtl;é nlgCíns rou 1| fns n 
q o mnrian l)c íluignbn.i) — CE 'Qimr'" r""!" rõ'in " luntrimonin. \\vov 
n fiuiiilrjn Sns iiuill|i'i'f5.'' — CE ií"!*'"- "• Por ani^a 6n jmõrtmtfin 
íins imill)nrs.') — CE§fftn rrjom fiin&nmfiitnl roíttrn ns || mcilljcrrs 
ijiic tintn an iiuiitiiicfiit.» — CE|ín?íiii -uiti- lõiitm n inntiiiinniiíi : || 
por iiã uiiicr roíii n ^aiiltrrn.» — CEl^njõ iloiimn rontrn o iiintrimo- 
iiio : por ns. II tntijns a, iiinnljns &n6 moUjtrrs.» — CElírjn -í- poln 
llobrrjit. Iloriiín. ^ Jírlliitr. — CE i5í?õ M- rõtrn o iiintrimoitio. por 
rnufn |! ia iiuUlicr pobrr oii |5ifn.» — CE|ín5õ .rif- l» finnl cõtrn o ma- 
trimonio. » Este ultimo capitulo remata assim: o. . . ©IKOméílomr |1 §rnllOr 
mil «fjrs n ^ofru mfrçr. acTtc Snlnmnrn. |! ^ .rij. iit gnnnjro. |1 
.p.p.rrjj-.t ; e coma declaração: « íim 6ii |1rtmn)ra pnrtc 6rftr liuro. > 

A SrgUll6n pnrlf corre de fol.vrij a vrVU, tem o rosto que passamos a reprodu- 
zir em «fac-simile» : 



^ folutn fíçíiimiert Siijuíonitm Sítinícm 





Scguclfc a fcgnnoa parte 

©eílesraccado.fmaciialhoaiitoi 

irujytea /tJndamcntoacsuiiinErçel 
I cnrc.'íp2ov«tofo.ir neí effá rfofe) s 

r^arree. 





(O original mede 162 X 130 mm.) 



uma espécie de argumento e íij JÍCJÕrS, ou Capítulos: CEiíffÕ .f por porlC 

iio mntrimonio. || por fc prrprfunr Ijo Ijomcm. — CE 15f?nm fciiuim por 
porte ôo tnrométo II por rniirn lic iiiirm o orSriuni. — IJojom .iij. por 
tnufn 6n fllorin nj nirgrin íio (ffnrnmcnto. — CEíQuiutn í?n?nm prlo (ítn- 



AZEVEDO -SAMODÃES 115 



rnmcín. q Ijc II ÍJcifrgiiir iu< iioffciô ^iitriinfrnaos. — CElíf?"- »■ fúiin- 
métd. pov rfiiiiir (16 moacnuia. — d Sritii lU'>nm por pnrtc ôo mntri- 
iimnúi : 'I yor rniifrt 6n (>")fcn'((iiii. — CElífMim .uij. polo rufn j mêtn. 
pur iiuifii bn liiinn. || ^n niiiijnír íii iiiuil «iiui Ií tiiitn liiirtuliuiiictr. 
— CElíf!'! .«iii- por pnrtí ^o infiimOto. pur rrl>ci)tí. — CIlícjn .ir. 
por fcr o rnfníiiftn cfauor i>a |lrpiililirn. — CE Kf!« -r- PfHo "tntri- 
iiioiiio. por mu II fn ^n niii6n in mollicr no iiuniío. — CElifíft -li- poi' 
piutc ^o inlnme ' to. por rrlpcito bn yolinn. — CE Kfjn -rij- 1 fiiinl 

pCllO rnfn- n nirilto por ff niitiU o prrrnílO. a rem.ltar este capiluio, a de- 

ciaraç.io: AtiUmpr n Ilrium^n ;;nrtr 

A Terceira parte abrange as fol. tTíU) a Iviij, é encimada pelo titulo de que da- 
mos a seguinte exacta reproduçiío : 

€(11 íi qual bo íhirosparrículanneníe refpo 
dcâcs ©oseftinilamcncos aileg^ídoo corra 
o 4^ri1monto,£rep2oUii t oeílrue todoa 
oB ofroe fimd5n!cneo6 1 ]\r,5cô oâdascó^ 
tracUí.l^conrraiiB dl^olbcrcs. t amofrfj. 
De quanta pcifcycam t ^ixelíençííi fqam 
£t!VHitamrc maíe muitas couíae inuF P^<3» 
«cytofaaaoô bafado». 

e consta de doze llfSpOStnS e lírprOUnçÕfS, ou Capítulos : CE i^CPíffl -X 

Ikprouiifnm roíilrn o primei- h ro fiiuíinnirto íins Corgos ^o Itlotriíiio- 

uio.— CEKrpurtfl nijo Srfluí»o funíinmcto Sn mor |! te Sos fijll)os. íTrn- 
itoFc niiiii 6rt ynririifin l| i íic i^ mniiftrn bnifmos fnitir fun mortr. — 
CE llrporto ^' rcpuníõ bo (Ttrttijro funSnmi-to i| &n frrui&õ. ffnulnrfc 
nniii &05 Ciumfs. it romo || fcprr o Cnfnmrto ijc frõro /^ òt to6n íi- 
licríiníic — CEl>i'Pi'nçn fio (ijitnrto fuuSnmrto ia Bimplcin. I, ^roíinfc 
romo ns molljrrrs fõ tn linbilrs t- tn |j fnlirSorns romo os lioiiirs. ri. 
Jifft nlgiís ©rrplos. — CEKcpoltn no (Qiiiiilo fiiiibnmruto &n Jinõiir- 
tniirin. /t |j piinfri- ntiiiij romo fnm mui tirmrij iin urrtuôc /; no bc 

II ns iiioll)crrs. — CEi^cpunçn 1 lírpíftn roíttra o Scrto fimSnmfto H 
ia 3itroiitinnirt. (OiiSc fr pun fcrí mrnos rõtiiirtrs os Ijomrs iiiic ns 
moUicrrs. x romo por riilpn i«ír \\ ijomfs fr rnufo n 6ns mollirrts.— 
CElícpiinçn So Srptimo fuínmrto Sn Sif || rorSin q" fr ff Hf nitrt o mn- 
ribo ri abultcro.— CElírpiinçn bo (Ortnuo fubnmrto. ffi-nrlnfc || nqui 
bc miiitns pciins bos Àbiilttros. — CE lírpiioín bo lloiio fíibnmcnto g 
foi rôt ns moUjc ;! rrs. c q fc pun rcrr"" mnis %, mnijorre ns incljns 
bos Ijo- 1! mís nj ft roHfubc íobolos fubnmcutos roulrnijros. — CE Kc- 



116 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



puaçõ bo .r. fuíiniiuto òa viir?n t' aorfn t- urlliirc — Cllícprounçõ 
/■sivj í>ti .rj. rimíniiiriitc : rontrn « rnrnmcnto.— C[|!n'«nçjt l^ rrportn 
rõtrn o tíiinl fuaniufto. fiste fecha com a declaração : ^mlm it (Trrmjrd 
paxtt. 

A CJimrln pnrtr, e ultima, vai de ÍOl. l»iiii a IVfj, abre pelo seguinte titulo, que 
reproduzimos cm •fac-simile> : 




€ final oeítc sracwdo Cmaqual ff po? ©o)e.occl.írí 
coce 1 Tlcaii£(íroa queferrciucraiipoiM cine og ísHi 
mrntoc fcfaçambcm t afeiirtçooe Dfoo t Djoeícfiní© 
t p:oiieícooo^£af;ancce. 

fO orígiiiítl mede 112 X Í3 mrn.) 
e contém uma espécie de Argumento e doze Capítulos, intitulados : \L fitOnOC 

rõunttctf . — CE |íil"i'5« "i^ gniiif. — (Qtic rrjii fnnõ.— CQiif iiã tfaljn 
niljos, - CE llirgi-m. - ^l< itlollin- llirn ^L - Cl ItloUicr ignnl. - fcr- 
iiiofíi citfftnmftc. — CEVutftf. - CE ^^^^ cíifíumfs. — CEilr;iul)n co- 

llljrrtílxl. — CE ilnilt ffj'l rõ pnrnita. o texto deste ultimo capitulo remata, uo 

fim do verso da folha, com o clássico : ÇíO gmílflS. 
A ÍOl. Irrtj (por engano numerada Irriitj) e ultima, insere seis oitavas (três ocupam 

a frente da H., e três o verso) em homenagem do Dr. João de Barros e do seu 

tratado. 
São encimadas, no alto da frente da fol-, pela seguinte epigrafe: CE 8" JtCÍCiO&O 

|on iiffScj iiirSiro t Itmiior- 1 íio niitnr ri M obra fru mui fnmtlinr 

ninigo., e rematam com o seguinte registo tipográfico: 

fcf oy ipmído cite rr^ítádo n^ ttiuí nobicxf^^ 
Icalí:ícl9cleoo:^o2toa:j:t':oía>'oomc>í:>fcôro 
flnooo nacímétoónoííofôíjbíí rí^o i^.m.t .o. 
«,í:f8no8tfoy^cabadopoi53gfcooía3%auc<> 

A impressão, toda executada com caracteres góticos, é embelezada com letras iniciais 
de caprichosa fantasia, (gravura em madeira). 

No sistema da pontuação notam-sc somente as figuras de pontos finais e dois pintos. 

O volume compreende um caderno de quatro folhas (as prels .) não rubricado, e nove de 
oito, rubricados de fl t j (á primeira ff. deste caderno pertencia a rubrica flji po- 
rem não a apresenta), ít ttj, fl tiij a t j, i tt, i tij, i titj. 

È verdadeiramente curioso e muitíssimo apreciado pelos bibliófilos este tratado dò Dr. 
Jo.ão de Barros. Os exemplares são de EXTREMA RARIDADE, a ponto de só ha« 
ver noticia de dois : o que existe na Biblioteca Nacional de Lisboa, e que aliás se 
encontra falho da ultima folha, isto é, daquela em que vêem os versos do licenciado 
João Mendes inaltecendo a obra e o seu autor, e mais o registo da impressão; e o 
que apresentamos agora, que possue a folha que o primeiro não tem, mas que re- 



AZEVEDO - SAMODÃES 117 



produz á pena (e com admirável perfeição) a folha xviij e o frontispicio. No mais 
pôde considerar-se um belíssimo exemplar, e por isso de uiuito apreço e estima. 
Por êle foi feita a reimpressão que o sr. Tito de Noronha, de acordo com o 
sr. Moreira Cabral, distinto bibliófilo portuense, levou a efeito, no Porto, em fins 
do terceiro quartel do século passado, a qual saiu com o titulo : 

3'iO Espelho de casados. 2.* edição, conforme a de 1540. Publicada por 

Tilo de Noronha e António Cabral. Porto, Imp. Porliigueza. MDCCCLXXIV Ç ^T^ O O 

(1874). In-4.° de Vllf ff. (prels.) com a noticia sobre o auc.lor etc, que não faz ' 

parte da primeira edirão ; folha com a copia dos dizeres do front. da ed'Ç('io pri- 
mitiva: (Espelho de Casados Em o qual se disputa copiosamente quam ex- 
cellente proveitoso e necessareo seja o casamento e se metem muitas Sentevçai. 
£c.) ; IV-LXI ff. com o texto da obra, e mais 3 inums., de Índice. E. 

Tiragem em papel de linho, apenas de 210 exemplares. -Muito estimada. RARA. 

'.341— Barros {Miguel de-Jtideu português?).— CORO DE LAS MUSAS |1 dirigido 

II Al Excellentiflimo Seilor || DON FRANCISCO DE MELO, || Cavallero de la ///^ ^ ^ 

Ordem de Crifto. . . || . . . || ... Embaxador extraor- || dinario à la Mageftad / ' 

de la Grau Bretafia || Carlos Segundo 27*0. ]| Por el Capitan i| Don Miguel de 
Barrios. || Con licencia de los Superiores. || EN AMSTERDAM || De la imprenta 
de Juan Luis de Pas, Impreí/or \\ e Mercador de libros. || Afio de 1672. In-12.° 
de XLIl pags. (prels.) inums. e P48 nums. E. 

As XLII pags. prels. inserem : titulo (1) - 'MELODIA ACROSTICHA» (com o nome 
DON FRANCISCO DEMELO) (ID-^OLOSSA IAUSEA,\\ Al Exceleníif finto Senor 
II DON FRANCISCO DE MELO i| .... (18 oitavas) (IH a IX)-«/l/. QUE LEYERE 
II Por culpa de la Ef tampai (uma decima), e: Erratas» (X)-<ELOQIOS |i /!/ Capi- 
tan Don Miguel de Barrias, \\y á fu CORO DE LAS MUSAS.y .De un iluftre in- 
genio de Lisboa. |1 SONETO. -</li AUTOR V A SU OBRA. \\ Del Sargento Mayor 
Don Nicola lide Oliveira y FuUanall ..« |1 SONETO. -c.4í AUTOR VA SU OBRA. 
II Decimas. |1 De Dona Ifabel Corrêa» - 'Del Almirante Don Jayme Orteuclo Lopez 
II Coronel...» (um Soneto) - «£)i; Juan Alonfo dei Campo». (Soneto)-«Z)e Don Ma- 
nuel de Pinto y Ribera'> (Soneto) -«Dfi Juan de Faria» (Soneto) - «/!/ Coro de las 
Musas, y Mu fica de Apolo \\ Por Don António dei Caftillio» (Soneto) - « De Don 
Jofeph Milano. (decima)— CORO MUSEO, H/)»/- fu Autor el Capitan\\DOH MI- 
GUEL DE BARRIOS, i A fu Excelentiffimo Mecenas |1 DON FRANCISCO de 
MELLO, &c.-uma poesia em latim de Nicolaus de Oliuer O Fullana, e um SONETO 
de Don Miguel de Barrios. (pags. XI a XX)-«INDICE. (XXI e XXII)-.RfC£iO Y 
ALIENTO\\áe\ Autor, || £« la publicacion defta obra, y defenfa de\\la Poefia, 
para advertência dei Uctor» (PROLOGO AL LECTOR) (XXIII a XL)-e ^EL AU. 
TORWA SU LIBRO» (onze quadras) (MI e XLIl). 

Obra muitissimo estimada. 

Magnifica edição (a original), excelentemente executada e impressa. Enriquecida com um 
belo retrato de D. Francisco Manuel de Melo, primorosamente gravado a buril tm 
chapa de cobre. Este retriíto acha-se dentro de um oval e tem em volta a legenda: 
«DOM FRANCISCUS DE MELLO SERENIS. PORTUGALI^E REOIS AD QENE- 
RALES FOEDERATI BELOII ORDINES LEOATUS EXTRAORD. MDCLXVIIL. 
Pela parte inferior do oval o escudo d'armas deste nosso erudito escritor e diplomata. 

Muito rara. — Belo exemplar. 

342-Barruel (/tòèi-). — Mémoires pour servir a THistoire du Jacobinisme, S^ ^^ 
Par... A Hamburg, Chez P. Fauche, Lihraire. 1803. ln-8.«, 5 vols. E. 



Estimada. Bom exemplar. 



343 



—Questão nacional sobre a aulhoridade, e direitos do povo em ? ç^ â <P 

o governo : ou Exposição, e demonstração dos verdadeiros princípios ^ 



li 8 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



f^^' 



tí^^r^ 



acerca da soberania, publicada em Paris em 1791 por seu digno author. . . 
Traduzida do francez, em 1821, por Luiz Gaspar Alves Martins... Lisboa: 
Na Imp. R:gi.a. In 4.° de CCXXVIlt-IV-157 pags. E. 

344— Bartho (£.).— liaison de ma foi religiense, par M. TAbbé... Paris: Sar- 
C lit... ISSO. In-8.« de XlX-477-1 pags. E. 

345— Barthèlemy {J. J.]. — Voyage du jeune Anaoharsis en (!i-oce, vers le 
milieu di quatrième siòcle de TÍCre vulgaire; par .. Paris, Desrez, 
M DCCC XXXIX. In 8.o gr. de XXXll-765 pags. E. 



/^ 



f 



Ih 



/ffO 



'f, 



34G— Basílio Sanctoro (^uan).— Prado espiritval. Recopilado de avtores anti- 
gvos claríssimos, y santos doctores, por el Doctor. . . Aor.i nvevamente 
O ^ anadido de mvchas, y diuersas Flores de Saiilos, por el niismo Autor... 

Primeira, y Segvnda Parte. ^4/10 (Marca do impressor) 1074. Con Licencia. 
En Madrid, por .indre Garcia... In-fol. de X pag.^. ([uels.) inums., 326 
nums. na frente e XVIII ínums., finais , de TARLA. K. 

Titulo impresso, a linhas alternadas, a preto e a vermelho, e emoldurado por cercadura 
constituída de peqs. vinhetas tipográficas, simetricamente dispostas. 

347- Bastide (louis).— Vie religíeuse et politique de Talleyrand-Périgord 
27 prince de Bénévent, depuis sa naíssance jusqu'a sa mort. Par... Paris. 

Faure tt Compagnie, 1S3S. In-S." gr. de 479 pags. E. 
Adornada com o retr. de Talleyrand (Lith. Garoitsse). 

348— Baunard (^6í)e).— Histoire de Madame Barat, fondatrice de la Sociélé du 
— O Sacré-Cceur de Jesus, par... Paris: Poussielgue Fréres, 1870. In-8.°, t 

' vols. de XXIV-568 e IV-668 pags. E. 

Ilustrada com uma bela gravura a buril contendo o retr. de Madame Barat, e com uma 
estampa reproduzindo a imagem de Cristo. 

Bavia (Luís de). — Historia pontifical. . . — Veja-se: lllescas [Gonçalo de). 

.349-Bearro Iberno {D. Philippo Osít^euano).— HISTORIí) ll CATOLIC.E || IBER- 
NLE COM- I PENDIVM. |1 DOMINO PHILIPPO AVSTRIACO IIII. |1 Hifpania- 
rum, Indiarum, aliorum regnornm, alque inul||tarum ditlonum regi Ca- 
tholico, monaroIiacKque || polenlifsimo dicatum. || A D. Philippo OfuUeuano 
Bearro Iberno i| (Escudo d'arnias reais hespanholas, tendo no centro as de 

Portugal) jl Cmn faeidlate S. hiqmfitionis, Ordinarij, (^ regis. \\ || My- 

Itppone excv/'um à Pelro Crathecckio régio || U/pografho anno Domine IG-l. 
ln-4." de IV ff. (pieis.) iiuiins. e 283 nums. na frente, não incluindo uma 
inum , final. E. 

As IV folhas prels. compreendem: frontispício (ornado de elegante t.irja) ; .LICENC,AS» 
(uma em Latim (subscrita por F. Antonius a Cofíceptioné) e as restantes em portu- 
guês) ; e Dedicatória: -DOMINO PHILIPPO H AVSTRIACO IIII. Hirpaniáruru, In- 
diarum, aliorum :,regnorum... ;: PHILIPPVS 05VLLEVANV3. (subscrita: .PhiHppus 
OroUeuanos»). 

Livro curioso e apreciado. Excelente edição. Multo rara. Bom exemplar. 

350 — Beautnarchaís. — Théatre de. . . Précédé d'une Notice sur sa vie et ses 
ouvrages, par P. Augier. Pans., Firmtn Didot Fréres... 1840. In-8.°deXX- 
t? CP 577-pags. E. 

Ilustrado de uma gravura coui o retrato de C d» Beaumarcliais, aberta a buril. 



< 



AZEVEDO -SAMODÃES llO 



/;<- 



Ci 



líS-o 



351 — Beaumont & Tocqueville {Gustaoe de — Alfxit de), — Syslèine pénitenciaire ^ c — ^ 

aiix Étals-Unis et son opplication en France ; suivi d'iin y^ppendice sur les ' 

colonies pénnles et de Notes siatistiqiies ; Par MM... Paris. Gosselin, 
MDCCÇXLV. In-S.» de IV-446 pags. E. 

352— Beaure (.4.)- — L^ Déniocratie conteniporaine, par.. Le Príncipe éleolif 
et le Droit divin.— Les diíTcrenles formes de Gouveinement. — Le Souve- 
rainelé.— L'instruction publique. — L'organisation mililaire. — La Religion. 
— La .kistice.— L'linpòt.— Le Travail et le Capital. — La Guerre. — L'Actua- 
lité. Paris: Calman Lévy... 1S76. In-8.° gr. de IV-332-I pags. E. 

353 — Beccaria — Des délit et des peines, Par.. . Tradiiit de l'italien Par J. A. 
S. Coliin de Plancy, Avec les observations et les notes de divers comen- 
lateurs ; précédé d'une notioe sur Beccaria, et orno de son portrait. A Pa- 
ris, Chez Dondeij-Dupré Pere et Fih... M DCCC XXIIL In-8.° de XLIlI-4a7 
pags. E. 

o retr. de Beccaria (Déssiné par Chaíselat - 1823- Oravé par Fauchery) é impresso 
em separado. 

354 — Bóchard (Ferdinnnd'^. — La conimune, Téglise el Tétat dans leurs rapports ^ J 

avec les classes laborieuses, par... Deuxléme édilion, augmentée d'un 
Appendice. Paris: tiiraud el Dagiieau... 1851. In-8.° de lX-XVIII-335 
pags. E. 

355 -Beja (Aprigius d^). — Son commentaire de 1'Apocalypse, Écrit sous 
Theudis, Koi des Wisigotlis (531-o48). Publié pour la preniière fois 
D'Aprés le manuscrit unique de TUniversité de Copeniiague, par Dom Ma- 
rius Férotin... Avec deux planches en photogravure. Paris: Atplionse Pi- 
cará, Libraire... 1900. In-8.» gr. de XXIV-90 pags., além de uma outra 
com o registo da impressão e uma em branco, finais. B. 

As pags. prels. V a XXIV inserem um interessante e elucidativo «PREFACE». 

O registo final da impressão, reza assim: Valence.-Imprimerie VaUnctionoise.-1900. 

No alto do frontispicio a seguinte indicação: BIBLIOTHÈQUE PATROLOOIQUEW 

PUBLIÉE PXRHUlvssb CHEVAUER\\I. 
As duas fotogravuras, impressas em separado, era papel couchí, reproduzem duas pags. 

do ms. original de Aprigius de Beja. 

35tí— Belém (Fr. Jeronymo de). — Chronica Seraficsi da Santa Província dos Al- . 

garves, da Regular Observância do nosso Seráfico Padre S. Francisco, em /'/y /)^ '~' ^ 

que se trata de sua Origem, Progressos e Fundações de seus Conventos. ' ^ 
Parle primeira, que comprehende a sua separação da Província de Portu- 
gal, com as Fundações de cinco Conventos de Frades, e hum Mosteiro de 
Freiras. Oflerecida á Sempre Augusta Magestade do Fidelíssimo Rey D. 
João V. Pelo Padre Fr. Jeronymo de Belém, Pregador Jubilado, Examina- 
dor das Ordens Militares... e Ciironista da mesma Província. {Vinheta). 
Lisboa: Na Ofíic. de Ignacio Rodrigues. .Ánno de MDCCL. Com todas as iicen. 
çaí necessárias. In-fol. de IX ff. innms. e CCLXXI.\-286-l pags. — Segue-se jvnto: 
— Descuidos do escudo impenetrável. Dada á luz no anno proximé passado 
de 1749, com o nome supposto de Anastácio Pnsym Manfredo... Ibi, Na 
Offic. de Joseph da Gosta. Coimbra. MDCCL.— Ue 54 pags. Tem no fim da in- 
trodução da 1." obra uma estampa alegórica grav. a buril. 



ó-^^ 



«Cs 



120 CATÁLOGO DA UVRAPIA 



A 



>i 



o 



-Parte seganda,50n'erecida á Sempre Aiigusla Magestade do Fide- 



lissiiiio Rey D. José I//ii.*A'o 3íos/firo áf ^S. Vkenie de Fora, Camará Real 
de Sua Magestade Fidelissima. MDCCLIII. In-fol. de XXXII-905 pags., in- 
cluindo o índice. 

Parte terceira, em que se trata da origem, fundacam, e progres- 



sos do Real Mosteiro da Madre de Deos de Xabregas, ooni as vidis de seus 
Régios Fundadores, a Senhora Dona Leonor, mullier do Senlior D. João 
o II, e o nosso Patrono, o Sereníssimo Rey D. João III. Compreliende jun- 
tamente as vidas dns Fundadoras, e mais Religiosas, que nelle llorecêraõ 
em virtudes, com grande credito desta Casa, e das mais illuslres de Por- 
tugal. OlTerecida (ao mesmo rei). Ibi, mesma imprs..^ MDCCÍ.V. In-fol. de 
XXXI- 763 pags., incluso o índice. (Se^we-se);— Snpplemento á Terceira 
parte da Ctironica Seráfica. .. Tratase de algumas Religiosas, que nelle 
falleceraõ com opinião de virtuosas; humas. que falláraõ na Clironica, e 
outras, que accescèraõ de novo... Dado á luz por António de Pádua Bu- 
Ihoens. Ibi., ibi., MDCCI.VIl.—De XI-94 pags. 

Farte quarta. OlTerecida (ao mesmo rei). Ibt, ibi. MBCCLVllI. 

In-fol. de XXX11-G36 pags., incluindo o índice. Lote de 4 rol E. 

Vinheta com o retr. de D. José (grav. por Debrié), na 3.a ti. dos 3 ullimos vols. Barbosa 
e Inocêncio não tiveram conhecimento do opúsculo— Descuidos da Escudo, apenso 
no fim do tomo I. -Multo apreciada e rara. Bom exemplar. 

OLIVENÇA ILLUSTRADA PELA VIDA, E MORTE DA Grande Serva 



c? «c' de Deos MAHIA DA CRUZ... LISBOA, Na Ojfie. de MIGUEL MANESCAL 

DA COSTA... Anno M.BCC.XLVll. In-i." de XX ÍT. prels. inum.-i. e 
LXXXVIlI-aT.T pags. E. pcrg. 

Adornada com uma gravura alegórica contendo o reti'. de Maria da Cruz (assinada : 
FXFAE). Pouco vulg.ir. 

338 Palestra da penitencia sen lo corifeo, author, e Mestre o milagroso 

Deus menino, o seu legitimo Snlistitulo o Patriarcha dos Pobres... S. 
Francisco de Assis... Lisboa Occidental. Na Offic. de António Isidr. da Fon- 
seca. Amo M. DCC. XXXVl... In-S." peq. de XXXII-400 pags. E. 

Ilustrada com duas gravuras alegóricas (a primeira está assinada: Fr.'" X." Fr.' A. Fcs ; 
a 2.a : M. F.). 

3r.9-Bellarniino (/íõèí/ío). — INSTITVTIOXES || LINGV/E HEBRAIC.E, || EX 
ÓPTIMO QVOQVE AVCTORK COM.ECT.E, Et ad quantam maximam fieri 
potnil breuitatem, per- || fpi -iiitalein, aíque ordinem reuocata?; vn.'i cum 
exer- II citatione Gramática in Píalmum xxxiii. || ROBERTO BELLAFíMlNO 
II Politi.ino Sociotatis lusv A\ ctore. || Acceílit in ha noua editione cummo- 
dior Imgularum rerum || cl iriórque distincto. || (Marca gravada, tendo no 
centro as Iniciaes emblemáticas da Companhia de Jesus: I H S) \\Ax- 
TVEnrLJS, II Ex Officjna Plãxt/xiaxa. || Apnfl Víduain, cC- loannem Mo- 
rdam. II M. D. XCVI. II Cíioi íiralia & ptiuilegio. In-8.o peq. do 197 
pags., além de uma (inum.) com o Priuilegio para a impressão, uma com 
a marca gravada do impressor e Irt s cm branco, fluais. E. 
Obra estimada. Esplendida edição. Muito rara. 



AZEVEDO -SAMODÃES 121 



Encadernada juntamente, a seguinte obra ;- PRIMA 11 OR.-ECC |, LINOV^E |i RUDl- 
MENTA : 11 (Peq. vinhenta tip. de ornamento) 1 ... |l(Marca do impressor) 1| il^O- 
DVNI, ii Apud Clavdivm Mokillox,... '\ M.DC.XXI. In-4.o 

Também estimada e multo rara. 

31)0 -Bellegarde [Abhé de). — Arle de conhecer os homens, líscripta em francez / jC C? 3> 

pelo.. . e Traduzida na Lingua Poilugiieza i)or Ambrósio Antunes. Lisboa : ' 

JSa Typ. Ximesiana. Anno M.DCCLXXXIX. . . In-S.» peq. de XYI-23(I-YI1 
pags. R. 



301— Bem (Tliomas Caietano rfo). — Ilhistrissimo nc pracclarissimo domino Nó- 
nio Alvares Pereira de Melio. CASTBEIDOS Libros V. D. V. C. ThomasCaie- 
tanus do Bem, . . Ulysiipone Octidenlali, Enudehal Antonias Isidorus da Fon- 
seca... M.DCC. XXXIX... ln-4.0 de XLM12 pags., alóm de uma 11. de 
EURATA e uma em branco, finais. E. 



Muito apreciadas. Boa edição. A pag. 10 é toda ocupada pelo retr. de Pietro Bombo 
(gravura em madeira). Exemplar carecido das pags. 7, S, 17 e IS. 

30.")— Benolt {D. P).—La cite antÍLhrélienne au XIX' siôcle,... I. Las Erreurs 
modernes. Paris: Palme, ISSõ. In-8.°, 2 vols. do XV1I-51I pags. e uma fo- 
lha desd., o i.°, tí IV-667-H1 pags., e uma 11. desd., o 2.°. E. 



/4-i 



As XLI pags. prels. inserem: titulo- Dedicatória- Preambulo ao «LECTORl»-e «FA- 
CULTAS. (Licenças). -Poema raro. 

362 Memorias Históricas Ghronologicas da Sagrada Religião dos Cleri- y^ ^ C /o 

rigos Regulares em Portugal, e suas Conquistas na índia Oriental, escri- 
tas por D. Thomaz Caetano do Bem, Clérigo Regular, Mestre Jubilado em 
Sagr.ada Theologia... e Chronista da Real Casa de Bragança. Tomo I. 
{Escudo d'armas do reino). Lisboa. Nn Regia Offic. Typ. Anno MDCCXÇII. 
In-fol. de IV ff. inums. e LVII-507 pags., incluso e Inde.e. 

Tomo II. {Escudo). Ri., na mesma itnpressão. Anno MDCCXCIV. In- 

fol. de XXXI-I-XXXV1I1-41G (aliás 418) pags. Lote de -2 rol. E. 

No íim do 1.0 volume vem apensa uma folha, a qual tem no alto uma cruz, e por bai.KO 
desta os seguintes dizeres : — Bens esuirituncs, que aícanção os trinãos, e Irmãs 
aggregados d Religião dos Clérigos Regulares, etc. . . Coimbra. Na Ojjic. de Fran- 
cisco de Otíveyra Anno mdccxl. 

O volume l.o é enriquecido com um magifico reti'. do autor da obra, primorosamente 
aberto a buril em chapa de aço. Segundo Innocencio, tirai'am-se d'esta obra apenas 
500 exemp]ai'es. Muito apreciada para a colecção das Crónicas monásticas. Malto 
vara. Bom exemplar. 



j)çéÇ^c:> 



303 Noticia provia da collecção dos concílios celebrados pela Igreja 

Lusitana, e mais pertencentes em suas Conquistas. Lisboa. Na Ofíic. d-' Mi- 
guel Manescal da Costa, 1757. In-é." de XXIV-160 pags. E. 

3Gi — Bembo (Pieíro).— Rime di M. Pietro Bembo, tratte dal próprio original 
di hi: Alie qvalli s'e'aggivnta vna tauola di tuttc lo defincnze sotto le 
Icttere uocali infieme e co' uersi interi. Con ogni accvratezza correlte & Aj' _. 

riuediile per Thomaso Precacchi. (Marca do impressor, grav.ada em ma- / ' 

doira), la Veni-<jia Appreiso Gabriel Giolito de' Ferrari. M D LXlllI. In- 12." 
peq. de 143 pags. E. 



^ 



O O 



122 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



366— Béranger (P. /. rfe)— CEuvres completes ile... Nouvelle édiUon. Paris: 
^Á O ^ Charnentier, Wi3. Iii-8 °, 2 tomos de lV-360 e lV-364 pags. Em um vol. E. 

Avec le portrait de Béranger, grave sur bois d'après Cliarlet. 



/í- 



Ço^ 



O ^ 



/4 



V C^' 



ih 



o ep 



14 



^Ooi 



367— Béraud (P. 3/.)-— Étude sur Tidéa de Dieu dans le spiritiialisme mo- 
derne, par. . Pdris; Reinwatd et C'<' , iS7õ. In-8." de Vll-'»17 pags. E. 

,^68-Berganza (Fr. Franrsro r?,'' —ANTIGUIDADES || DR ESPANA, || PROPU- 
G.SAUASII EN LAS .NOl IlíI A> || KE SUS REYES, |1 Y CUNDES DE CAS- 
TILLA LA VIEJA:||EN IA HISTORIA APOLOGÉTICA 1| DE RODRIGO 
DIAS DE niVAU, II DlCtlO || EL CII) CAMPEADOR : |1 Y EN LA CORONICA 
11 DEL REAL MONASTK.HFO || DE SAN PEDRO DE CARDENA. |! PARTE 
PRIMEBA II COMPUESTA II POR EL R. P. M. Fr. FRANCISCO DE BER- 
GANZA. II Predicador General de la Religion de || San Benito. || CON LICEN- 
CIA. II «»co:«n II EjV MADlílD; Por Fratichm dei Hierro. ATio M.DCC.XIX- 
In-fol. de XXIV {iriums.)-õ84 pigs., afora XXIII (inums.) finais, de ÍNDICE 
DE LAS COSAS MAS NOTAIILF.S ... 

— — PARTE SEGUNDA .. \\ CON LICENCIA i| EN MADRID: Por 



Frandíco dei Hierro. ATio M.D.GCXXI. In-fol. de XXIV (inums. )-692 pags. 
além de mais XIV (innms ) ilo ÍNDICE. . .. — As duas partes em dois rols. E. 

O titulo acha-se, em ambos os frontispícios, dentro de moldura composta de pequenas 

vinhetas tipográficas de ornamento. 
Obra importante e de bastante valor histórico. Estimada. JWuito rara. 

3G9 Ferretas convencido, con critico desengano, en el Tribunal de los 

Doctos, con los chroniconcs corregidos, que escrebieron el rey Don 
Alonso III. Dicho El Magno. Sampire Obispo de Astorga. Pelagio Obispo 
de Oviedo. Isidoro Obispo Placense. El Anonymo Iriense. Por... En Ma- 
drid: En la Imprenta de Francisco de Hierro Ailo de 1799. In-4.° de XLIV- 
491-XII pags. E. 

370— Bergier {Abbé). — Dictionnaire de tliéologie, pari... Édition enrichie de 
notes extraites des plus célebres apologistas de la religion, Par MS"" 
Gousset... Augmentée d'articles nouveaux, par Mgr Doney... el précé- 
dée dn plan de théologie, manuscrit autographe de Bergier. Paris : Leroux 
el Jmtby... M D CCCLIV. ln-8.°, 6 vols. E. 

371-Borlitz (M. 2).).— Svensk bok. lierlia. . 1911. In 8." de VIU 180 pags. E. 

C O No lote mais três obras da mesma colecção: Den Danske Del-Magyer Rész-e a outra 

em russo. 

Bermudez (João). — Breve rela>;ão da embaixada... — Veja-se: ColUcnio de 
opúsculos reimpressos . . . 



372— Bernardes [Diogo].— O LYMA, || DE DIOGO BERNARDEZ : |1 EM O QVAL 
SE CONTEM AS || Suas Eglog:is, & Carias. |l Derigido por elle ao ExccUento 
/~, O Prin- II cipe, & Serenifsimo Se^ilior ]| Dom Aluaro D'alieiii- || Cafiro, i| Du- 

que D'aiieyro. &c. |1 (Vinheta em forma de medalha, tendo em volta os di- 
zeres : «NOSSA SRA. DA VITORIA») y Foy /m/)'c//o em Litbon, em cafa de 
Simão II Lopez Mercador de Liuros : \\ Com licença da Saneia In<juiJ'ii;uo. \\ Anno 



AZEVEDO -SAMODAES 



123 



(h Senhor lõ9õ.\\ . lii-i." de IV ti. (prels.) iniiiiis. o 173 nums. na 

frente. E. 

As IV folhas prels. compreendem: titulo (frente da I); «Enformação do Padre Heuedor»; 
"Licença da Mefa Geral da || Sancta Inquifição-, e «Licença da Mefa do Paço. (verso 
da mesma H. I) ; .CARTA DEDICATORL\. (II); -SO.METO " Do Padre Frey Agof- 
tinho da Cruz, |: ao Autor [eu Irnmo. (frente da III): «TABOADA DO QVE H contém 
ho prelente Liuro. (verso da H, III e frente da IV-o verso desta está em branco). 

Clássico muito estimado. -Primeira edição. RARISSIUA. 

373 O LYMA |i DE i| DIOGO || BERNARDES. || DEDICADO || AO ILLVS- ^0^ '^ '^ 

TTilSSIMO, 11 & Reuerêiifsiino Senhor 1| Uum loaõ da Sylua Ga- || pellão 

Mor de fua 1| Mageftade, || òcc. || Com as licenças necejfarias \\ || EM 

LISBOA. Por Lourenço Crasbeeck Impre/for || dcWey. Anno 1633. In-24.° de 
IV ÍT. (prels.) inums. e 127 nums. pela frente, além de uma em branco, 
final. E. 

As IV folhas prels. compreendem: frontispício (I); f-LicençaS' (U) ; Dedicatória cAO : 
ILLVSTRISSIMO, IIE REVERENDISSIIVIO SENHOR H Dom loaõ daSylua.... (da- 
tada e subscrita no fim : ^Lisboa II. '] Feuereiro 1633. II Lourenço Craesbeeck.) (III) ; 
e .TABOADA» (IV). 

Formosa ediç.ão ; e que, devido ao seu minúsculo formato é de muito cómodo manu- 
sear. Muito presada dos bibliófilos. Belo exemplar ; com boa encadernação in- 
teira de couro da Rússia, tendo a lombada e pastas ornamentadas a oiro. -RA- 
RÍSSIMA. 

;í74 o Lyma de. .. Em o qual se contém as suas Eglogas, e Cartas. .. Clr\ ^~ ^ 

Lisboa: Na Offic. de António Vicente da Siha. Anno de MDCCLXI. [1761).., 
ln-12 de VI IT. inums. e 275-1 pags. E. 
Edição apreciada e já RARA. 



6~A^- 



o 



/// 



cj «o 



375 .-1 meswn . — Nova edição. Ihi. Na Typ. Rollandiana. 1820. Inl2 de 

XI-'275 pags. E. 
876 Rimas vaiias, Flores do Lima. . . Lisboa. Por Manuel de Lyra. Anno ^ ^^ O O 

J59e. ln-8.0 peq. de VIU fí'. (prels ) inums. e 181 nums. na frente. E. • ' 

As VIII ff. prels. compreendem: frontispício ; «TABOADA DOS SONETOS. ; e «ER- 
RATAS.. 
Edição raríssima. E.\emplar falto de frontispicio e da folha final (tem-n'as mss.). 

377 Rimas varias, flores do Lima. Compostas por. . Lisboa: Na Offic. 

de Miguel Rodrigues... M.DCC.LXX. Io 12 de VII ff. s. n. e 222-1 pags. 
Ene. 

378 VARIAS RIMAS H AO BOM lESVS, || E A H VIRGEM GLORIOSA 

SVA II M.^V, E A S-ANGTOS \\ PARTICVLARES || Com oiUras mais de honesta 

Ç3- II proKM<o/a Zií<íO. II DIRIGIDAS AO MESMO II lESVS, SENHOR E SAL- Ç^/OJif'^'^ 

VA- II DOR NOSSO || Por Dioguo Bemardez. \\ (Peq. gravura representando ' / 

a tragé3dla do Calvário) 1| Com licença da S. Lnquifição. \\ EM LISBOA || Em 

eafa de Simão Lopez. M.D.XGlllI.— In-i." peq. de IV 11'. (prels.) inums. e 

108 nums. na frente. E. 

As IV folhas prels. compreendem: titulo (frente da H. 1); «LICENÇ.A. (quatro, sendo a 
primeira subscrita por F. Bartolomeu Ferreira.— verso da mesma ti. I); «TABOADA 
DO QVE' CONTEM O PRESENTE ^1 liuro por ordem do ABC. (ff. II, III e frente 
da IV); e: «SONETO |; DEDICATORIO» (verso da mesma 11. IV). 
O texto consta de Sonetos, Elegias, Epigramas, Estancias, Endeixas, Sextinas, Eglogas 
Oda, Trovas e motes glosadas, e Canções. 



124 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



6Í~ 



Obra muitisiima estiuuda. Primeira edição, excelentemente impressa. Todas as poesias 
que o volume contém, incluindo o Soneto Dedicatorio, são impressas com caracteres 
itálicos, e o restante texto, com redondos. — Exemplar defeituoso no canto inferior 
de fora (sem atingir o texto) e com a ultima folha manuscrita.- RARÍSSIMA. 

379 Varias rimas ao Bom Jesus, e á Virgem Gloriosa sua Mãe, e a San- 

Q C^ tos particulares: Com outras mais de honesta, e proveitosa liç<ão. .. Lis- 

boa ■■ Na o(flc. ãe Miguel Rodrigues. .. M.DCCLXX. In-12 de VI IT. inums. 

o 182 pMo:'s. E. 

380-Bernardes (P. Manuel)— Eslimulo pr.Uico Para seguir o bem, e fugir o 
g-,S> mal. Exemplos selectos das virtudes, e vicios; lllustrados com relle- 

xoens... Pelo... Lisboa Occidental, Na Offic. de António Pedrozo Galram. 
MDCCXXX. In 4." de Xll-479 pags. E. 
Apreciada. Primeira edição. RARA. 

381- hnz, e calor. Obra espiritiul. P.ua os que Iratão do exercício de 

O virtudes, & caminho de Perfeyi;r\o, Dividida em duas partes... Escrita 
pelo I'. Manoel Bernardez.. . L<shoa, Na Offic. de Miguel Deslandes . . . Anno 
M.DC.XCVL In-i.» de XX-584-II-XIV pags. E. 
Muito apreciada. Primeira ediçáo, RARA. 
382 Nova Floresta, ou Sylva de vários apophthegmas, ditos sentencio- 



jld' 



^0 



í 



co 



ciosos espirituaes, e moraes, com rellexoens, em que o útil da doutrina 
se acompanha com o vario da erudição, assim Divina, como humana: Of- 
ferecida, e dedicada á Soberana mãy da divino graça Maria Santíssima 
Senhora Nossa pelo Padre Manoel Beinardes da Congregação do Oratório. 
Primeiro tomo. {Vinheta com a marca da mesma Congregação, a qual se re- 
pete nos seguintes tomos). Lisboa. Na Ofiicina de Valentim da Costa Deslan- 
des, Impressor de Sua Magestade. Com todas as licenças necessárias, e Previle- 
gio Real, Anno MDCCVL In-4.° de VIII ÍT. prels. inums. e 496 pags. (No 
fim a marca da Comp. de Jesus). 

' SEGUNDO TOMO. Ibi, pelo mesmo impressor. An. 1708. In-4.'' de IV- 

412 pags. 

TERCEYBO TOMO. Ibi, Na Offic. Real Deslandesiana. Anno MDCCXL 

10-4." de IV-534 pags.— i\^o/«i uma vinheta, tendo no centro as armas de Por 
iugal. 

QUARTO TOMO. Ibi, Na Offic. de Joseph António da S\ilra. Anno de 

MDCCXXVL In-4.» de VI ff. preís. s. n. e 550 pags. 

QUINTO TOMO. Ibi, pelo mesmo impressor. MDCCXXVIII. In-i.» do 

VIlI-556 pags. — No fim a mesma vinheta anteriormente citada, alíiii de outras 
no texto dos vols. — Loie de 5 vols. E. 

Muito estimada. Todos os volumes são da primeira edição. RARA. 

383 SBRMOENS E PHATICAS DO P. MANOEL BERNABDEZ Da Con- 
gregação do Oratório. PRIMEYfiA PARTE. DEDICADA A SOBERANA 
RAINHA DO CEO, E TERRA MARIA SS. OBRA POSTHUMA, Dada á es- 
tamp'» por hum Padre da mesma Congregação. (Vinheta representando 
um M, coroado). LISBOA, Na Officina DESLANl>ESL\NA.—M. DCXI. Com 
todas as licenças necessárias. In-4.° de VIII if. prels. inums. e 48:j pags. 
a 2 cols. 



^^^tf ciixES ms aliquib bfdoâo inbt 4^ 
^^^^^íbct octtspaclo »ÍÍCTuptaitiê qa pea 
^k^,^J pcbif íc cc«paU moleftía »fiatium ab 
ptefes nequeo f fiequgmeg oucíú etútúld dct?^ 
cjuob Vêl miic^i &c íõmpno f raubans ?n Aocct 
b^tictpere Bno? *ptet3etiee non íinam oaorum 
lib; ergo t»mptac ib potifiTimú aggcébí q6 íc 
pe smmu pulfauit «loqut loibeUcet altcíbt iau 
bib^vnrginísmanefupiUa icóe ewãgeUtat 
qiuía csfetête bmcs ánuaattoms dtinet ^if 
tDtia<9b q6 fanp op9 Sàdcbú «et íi nuUa futf 
e^9 mê ^fíntib^ beíimte íucs ncc^e l^vet 
fikeiTitas vcgeat tcl I7nlita9 m^ueat «búta 
tnc ep ^oc nó impebiat * qao ab qq; ipStu ne 
cefTatia min? pat? tuctriat <i »5 aebtttpt eos 
&bete 5uati • fi ptopt^ie beuõciont (atiJUãáo 
fy ^hcigit omc!ia ptna btati betnatbi fup fu 

Jug c âgel9 gabzid a bco t wría^ga 
^ (uniom wã;acgt^ ãb vÃinc befpólatã t^ 
CO oii nome cot tof c|;^ *bfc temo baaib*ct no 
tucn ygioia matgU »éiiii& fibt.wliitt giãg<^ 

aFac-simile» da frente da primeira folha (rosto do volume) da 
obra descrita sob o n.o 386. O original mede 142 X 85°". 

(Pag. 125) 



AZEVEDO - SAMODÃES 125 



. . . SEGUNDA PAIíTE. DEDICADA Á Soberana Rainha do Ceo, c terra 

MAHIA santíssima. (Peq. vinheta U/p.) LISBOA, Na Officina de ANTÓ- 
NIO RODRIGUES GALHARDO —Anno de M. DCC. LXlL Com todas as li- 
cenças necessárias. In-i.° de II IT. s. n. e 500 pags. a 2 cqIs.— Lote de 2 
vols. E. 

Muito apreciados. Belo exemplar. RARA. 

384 Os últimos fins do homem, salvação, e condenação eterna. Tratado ^ €>/\^^ 

espiritual. Dividido em dous livros, hshoa Occidental. Na Offic. de Joseph 
António da Si/lva- MDCCXXVIIL (n 4.° de XII-SG? pags. E. 
Muito apreciada. Primeira edição. RARA. 

38") Vários tratados. TOMO I. L'shoa, na Offic. de António Rodrigues Ga- o ^ ^yC O O 

Ihardo. Anno de M.DCC LXIl. In-4." de VI1I-61Õ pags. "^ 

TOMO II. Ibi.: Na Ojfic.de Miguel Mancscal da Costa,... Anno M.DCC 

LXII. In 4.» de IV-550-V pags.— Loíe de 2 vols. E. 

O I.o vol. compreende as seguintes obras: Meditações dos prí^icipacs mistérios da V 
Alaria... -Direcção para ter os nove dias de Exercícios espirituacs ; o 2.o estas 
outr.is : Pão partido em pequeninos para os Pequeninos da Casa de Deos-Pão par- 
tido em pequeninos, ou Pão mystico do Sa'itissimo Sacramento- Armas de Castidade- 
Eslas obras haviam já sido impressas em edições próprias ; porem a presente edição 
colectiva é muito mais estimada. Já bastante rara no mercado. Belo exemplar. 

386-BERNARDUS (S.) -Jncipit pfoç^' M\ Cntbi fitpcr cJiHtniíerto 

Mi fita cft ainucfifò línlnicC. / / o9y O * 

(Da primeira pag.,que serve de rosto, damos em folha aparte, a exacta repro- '' 

diição] 
A meio do verso da ultima follia, como que a rematar o texto, estes di- 
zeres : 

^ptiauc omelic beati lt>cttiatbi abba 
Ci8 fup cuá^dto nTÍffud é ãgíl? ^bvíel 

In-4.° de 82 folhas sem numeração nem chamadas no texto. E. 

Não vem indicados o logar nem a data da impressão ; mas supomos que esta foi exe- 
cutada entre os anos de 1465 a 1475. 

O volume compreende quatro cadernos de oito folhas cada um, sem qualquer assinatura. 

A impressão, de admirável nitidez, é feita em papel de linho, muito encorpado e de 
excelente fabrico. 

O texto, que é de redacção antiquíssima, apresentando numerosíssimas abreviaturas, 
foi, depois de impresso, como que completado á pena : as letras iniciais dos pará- 
grafos são pintadas á mão; um.is a tinta azul, outras a vermelha; assim como os 
sinais de períodos e os sublinhados marcados a tinta desta ultima côr; etc. 

A composição tipográlica é a 26 linhas por pagina, á exceção da primeira que conta so- 
mente 24, e da ultima que tem apenas 15. 

Como se pode verificar do ífac-similC' da primeira pag. acima inserto, o titulo acha-se 
disposto em duas linhas, o Prologo em 15, e o titulo que precede o texto do tratado 
propriamente dito, também em duas lính.as e desta forma: 

it»x-tp omcfiict pwrt Pcaíi Pcrititvbi fitp cv> 
angefio wiffita efí angcrus galJrict 

Ediç.ão primorosamente impressa de que não tiveram noticia Ch. Brunet, o sábio autor 
do Manuel da Libraire... e a P. Deschamps e G. Bunet, continuadores desse gran- 
dioso monumento de bibliografia universal. 



126 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



O estado de conservação do exemplar é simplesmente admirável ; parece que a obra fui 

recentemente cxecntada e não ha quatro séculos e meio! 
INCU.VABULO PRECIOSO, DE iVlUlTO AI'REÇO E DA MAIOR RARIDADE. 
Juntamente, na mesma encadernação, cncontra-se esta outra jóia dos prelos primitivos . 

-|incipit rciiitrc pafloi-al' \í>vc \\ ç\cxij, pape. 




(Da frente da prinuira folha — roa/o rfn Urro - danio.i a e.rac'a repr.Mliirnn 
que segue) ■■ 

ttorg^apc ^}ofyãmm AxmKm 
Tp H^m IJ^âuctienlcm V>2o{oçcus* 

;tio7a\is titvc tnc põhctií 

-iijgcrc bdíccfccbo volmffis 

^bcní^a Fratcr cariílltíic • 

Rtcg t^wmíltttia ttititõnc bc^ 

frcÇcbís *íKuc nc quibíi^rõã íôuia cc 
víbcati<^;pritis libti llilo cyprimosS 
co:çí» jgtaucbníc omnc q^ pentcvt <X 
%c qui vcicsitihxcàutstíon c^-pctfeat* «i 
c|Uí 'mcÁiítc c^pcctjt ; abcptum fe elSí 
^tttncfcat inÍ4abrtpatlsifa vero bifpíi 
tatõnc líber íftc bíftinguíl: j»t ab ices- 
toris fui aítn 02 brn atisaífcgati o !iib| 
quafi q mbuf bam paííibus grabútur 
Jíi^m cii vey:» iicccíHtas cypofát pcíi 
faubú valbc cftrab cuímen quifcg rcgt 
mms quaítt^v vcttiatratcg ab í^oc n^ 
t^ pcrwmícns »qualíter vmat «i bcnc 
Wlciísrqualítcr boccat»<Jt tct^lcbo á 
ecíis ttiFirmítatc fuarti quotibíc qii.iTíi 
ta cdnBberattonc cognofcat • nc aui; 

((; oriíjiiud ineãe -íó'.S X S3""" ) 
(Na frente da ultima folha, um pouco acima do meio da pagina e a fechtir 
o texto da obra, os seguintes dizeres) : 



AZEVEDO -SAMODÃES 127 




€yptíá(r Itt>ct tcgufe paftoraf g re 

{Sem indicação de lognr, nem ds duia da impre.isão). In-á." de 152 tT. tem 
num., nem ch'imad;is no texto, oom 24 linhas de composi(,'rio por p.iginn. 
— As duas obraa em um volume. Iv 

O volume consta de 19 cadernos sem qualquer rubrica, de oito foitias cada um. 
Na primeira folha o ^''fofoi^ltS que remata no verso da II. com o titulo do pri- 
meiro capitulo da Regra, disposto em duas linhas : 

riunt rtitbccittt iScip. j. 

e nas restantes o te.xto da rCflUlf, que contem fxitij tóiip. 

As letras iniciais dos Capítulos, em caprichosas linhas de fantasia, são habilmente de- 
senhadas á pena: umas a tinta vermelha, outras a azul, e ainda outras com essas 
duas cores. A pena (e a tinta vermelha) são tajubem marcados os períodos e os 
sublinhados que o texto contem em abundância. 

Primeira edição desta Regra do Papa S. Oregorius Magnus, impressa em Maycnce pelos 
impressores Fust e Schoeffer, os dois grandes rivais de Gutemberg na admirável e 
utilíssima arte que este ultimo inventara e pela primeira vez utilizara, .segundo 
parece, em Moguncia, para imprimir a famosa Bíblia de 42 linhas por pagina, 
vulgarmente conhecida pela denominação de Bíblia de Gutcmbcrtr ; e de quem o se- 
gundo daqueles impressores, juntamente com o pai do primeiro, falecido em 1407, 
havia sido sócio. 

?i encadernação, obra também do século XV, é em pergaminho e tem as pastas reforç.a- 
das com madeira. A lombada apresenta grossas nervuras e as pastas algnma orna- 
mentação a frio. Estas tiveram primitivamente fechos e outras ferragens decora- 
tivas que, por serem provavelmente de prata, lhes foram arrancadas por algum 
vândalo, quem sabe se para as vender a pco ! 

INCUNABULO IGUALMENTE PBECIOSO E DA MAIOR RARIDADE. 

387 Espelho monástico, e cntliolico que eiu discursos mornos, c |iro- 

dic.Tveis sobre os diclamcs que paio a vida Religiosa, e perfeita escrevco /— >^ 

o Melifluo Doutor .. no seu Tiatido do modo de hein \iver. Tiaduzido j/?<j^ CJ '^ 
de latim em poilugiiez pelo P. M. Fr. Joam Baib.i lUca... Coimbra: No 
Real Collegio das Artes da Companhia de Jesu Anuo de 17.'iH... In-4.'' ilo 
I.-3n2 pags. E. 
383-Berni y Català (D. Joseph) -CnEXClOS, ANTIGL"EDAI\ Y PlilVILEGIOS, 
De losTdnlos de Caslilla: QUE ESCIUVK EL 1). .JOSRPH HERNI, Y CA- 
TAL.Á, Abngadn delos R s Consejos, Y DRinC \ ALIiEY N. S. D. CARLOS 
III. DE lilinnuN Que Dios Gunrdt-. CON liEAL PRlVlLEGrO. VALÊN- 
CIA Ano 1769. En la Imprenta particular dei Autor para sus Obras. In foi. 
de XVI (inums.)XX-VÍ (inums.) 524-XXVIII pogs. E. 

As VI primeiras pags. do volume inserem : ante-rosto, frontispício, um retr. de Carlos 
111 (pag. inteira). Dedicatória ao mesmo monarca, outra ao Conde de .branda (enri- 
quecida com uma gravura contendo o retrato do mesmo titular, e assinada : Vincetit. 
Gale." deU et Sailp-t Mat.^' I76SJ; Privilegio d' El Rey», e ERRATAS; as X,X 
. pags. imediatas; SERIE DE LOS MONARCAS Espanoles.y de las gracias de Títulos 



3f^- 



/7 ,' J-^^ 



128 " CATÁLOGO DA LIVRARIA 



rte Castilla, Iiechas en cada reynado, que se contieneii en este Libro>- «APÊNDICE 
DE FUNDAMENTOS que se han tenido en esta obra.-e CAPÍTULOS DE ESTA 
OBRA^. As VI inums. que seguem, o: -PROLOGO», e a -INTRODUCCION»; as 
522 pags. nums., o texto da obra propriamente dito; as XXVI primeiras das XXVIII 
línais o .ÍNDICE ALFABÉTICO DE LOS PRINCIPALES ASSUNTOS...., e, final- 
mente, as XXVII e XXVIIi, uma: .NOTA DE LAS OBRAS, QUE el Autor de este 
Libro ha traoajado, impresso, y presentado en la Real Biblioteca de la Corte de 
Espanas. 

Obra curiosa e apreciada. Formosa edição, primorosamente executada e enriquecida 
com o citado retr. de Carlos III (J. Camaran delinJ — Viiiceiít Qalcerâr. Sculp.t 
1766.), e com lindas letras iniciaes e en-têtes de desenhos alegóricos e de fantasia, 
tendo estas ultimas, dentro de medalh.ão, retratos de monarcas e de vários titulares. 

Os dizeres do frontispício transcritos acima, siio abertos a buril em chapa de metal. No 
centro do mesmo frontispício vem um artístico escudo d'armas hespanholas. — Belo 
exemplar. Rara. 

389— Berthet (.Éííe)— Le dernier irlandais, par... Parig : Michel Léty Fríres, 
J-í? J86'5. In-S.odelV-aiBpags. E. 

;t90 — Bertrand [Alexandre) — Leltres sur les révolulions du globe, par... Sc- 
rJ/ C — "í? ptième Edition, revue, corrigée et considér.ihlenienl augmentée, cnricho 

de nouvelles Notes, par MM. Arage, Elie de Beauniont, AI. Biongniaail, 
ele. Briixelles... 1S43. In-8.° peq. de IV-399 pags. E. 

391— Bertrand (Jbse/j/j)— Trailc d'algeljre, par. .. t^uatrième cdilion, revue et 
1^ S ^ mise en harmonie avec les dcrniers programmes officicis por Josepli Rer- 

trand et par Henri Carcot. raris: Ilaeheíte et C«, IStíõ. Iii-8.° de IV-IV- 
326 pags. E. . 

X ^'■^ 392 Traité d'arlthmétiqne, par. . . Poris: Uacheitc et C'^, 1867. In-8." de 

'^ IV-:m-III pags. E. 

^ 5"^ 393— Bertrand (Lêon) — An fond de inon Cnrnier, par. . . Paris: Ilachette et C'"' 
1862. In-S." de IV-VlI-332-ni pags. E. 



4 



li 



•ro 



(U 



391— Bertrand Soler (rdmrf.s)— Los ingleses tales como son; caráclerleys, usus 
y coslumbres dei ptieblo inglês, y tolas sus estravagancias. Obra original 
escrita en Londres por... Valência, Impr. de la Regeneracion Tipografiea, 
1858, In-S." gr. de 1V-269-I1I pags. E. 

Edição profusamente ilustrada com estampas e vinhetas. 

395— Betzicy (.l/r.)— Les plans et les stalnts, des dilTèrcnls établissemenls or- 
.-) donnés par sa niajésté impcriale Gatherine II, pour Téducation de la jcn- 

nesse, et l'iitililé generide de son empiro. Ecrits on Langue Husso par... 
& traduits en Langue Franroisc, d'aprés les originaiix, par Mr. Clero... 
A Amsterdam, Chez Marc-Michel Jiei/. MDCCLXXV. ln-4.° gr. de YIll-lGO- 
IGO pags. E. 

Multo estimada. Primorosa edição; enriquecida com um ante-rosto alegórico, e diver- 
sas gravuras intercaladas no texto, alóni de três planchas e varias folhas desdo- 
bráveis. —Belo exempLar. 



^'j 396-Biancardi {Theodoro Tcsv-Girtas americanas. Publicadas por... Lxthna: 
1 Imp. de Alcobia. 18% 
Interessante e não vulgar. 



.Zn Na Imp. de Alcobia. 1820. ln-8.» peip de IV-IUl pags. E. 



AZEVEDO -SAMODÃES 129 



óy7— bíblia sacra.— No fim do texlo do Bíblia: Impressum venetijs p st/mo- 
nem dictuz || betdlaqua. 149.S. die octauo Maij.— In-4.» de 512 IT. inunis., 
vindo nas 469 a 476 o Tabula alphahetka ex singulis... «(a duas colns. 
por pag.), e nas de 477 em diante : Inciput inierptetõis heliraicorií nominiim 
secundií ordinetn alphebeti.y! (a três colns. por pag.). E. 

Edição notável por causa das numerosas e interessantes gravurinhas, abertas eui ma- 
deira, que contem. A impressão, executada com caracteres góticos, é a duas colns. 
de 51 linhas cada, por pagina. 

O verso da ultima pag. traz apenas, no centro, a marca do impressor. 

Bom exemplar deste apreciável INCUNABULO. - RARÍSSIMO. 

3'J8— bíblia sacra. (Esles dizeres em uma linha, na parle superior de vis- ^ \L o í 

tosa e arti.stica portada altgorica. No oenlro da mesma portada estes ou- ^^ O vv' 
iros): HEBRAICl*; || i;il ALDAICE || GFí.KGE, & !1 Latine (Na base da mesma): 
PHILIPPI IL REG. CATHOL. PIETATE, || ET STVDIO AD SACHOSAN- 
CTiE II ECCLESI.4i VSVM H ('URitiTorn. PLAUriNvs excvd. Antvekvi.k. 
[1569.72). In-fol., 6 grossos volms. deCVIlI-743, Vl-720, 1-213-1I, II 679-130, 
1V-499-566-I e 382-X.\lV-14ini-IV-198-55 pags, E. 

As pags. prels. Vil a XXIV do tomo 1 inserem um Prefacio de Árias Montanus, com 
a epigrafe: .BENEDICTI ARl.E MONTANl H HISPALENSIS IN SACRORVM |1 Bl- 
BLIORVM QVADRILINGVIVM!, REGIAM EDITIONEM, y De diuins scriptura; 
dignitate, linguarum vsu & i| Catholici Regis consilio, '1 RR.CFATIO.» 

O volume primeiro compreende o PENTATEUKO ; o 2.o, o PROPHETAí PRIORES ; 
o 3.0, os SANCTI UBRI ; o 4.o, os PROPHET.V. POSTERIORES : o 5.o, o ^fO- 
VUM TESTAMENTUM, e o 6 o, o LEXICON. 

Este ultimo volume insere as seguintes peças : 

LEXICONW OR/ECVM, \\ ET\\ INSTITVTINES 11 LINQVJE OR/ECA \\ Ad sacri 

Apparatus instructionem. 11 (iMarca do impressor) \\ ANTVERPIyE \\ Excudebat Cliris- 
toplíorus Plaritiitus \\ Prototypographus Regius \i M. D. LXXII. In-fol. de 382 pags., 
além de duas em branco, linaís. 

THESAVRI\HEBKMC.'E LINQV.íE, , OLIM A SANTE PAONINO li LVCENSI 

CONSCRIPTl, II EPITOME. H Cui accessit ' QRAiWMATICES ;! LIBELLVS EX OPTI- 
MISIIQVIBVSQVE ORAMMATICIS H COLLECTVS 1| (Marca do impressor) H /)/V- 
TVERPIAí\\Exciidebat Chrístophorus Plaiitinns \\ Prototypographus Regius. \\M. D. 
LXXII. In-fol. d^ .XXIV (inums.)-141-III pags. 

DICTIONARIVM \\ SYRO-CHANDAICVM. , GVIDONE FABRÍCIO BODE- 

RIANOIICOLLECTORE ET AVCTORE Ij (Marca do impressor) lUA/rK£/?P//íí 11 
Exciídebnt Chrístopltorus Plantinus \\ Protypograplvis Regius. |1 Aí. D. LXXII. In-fol. 
de IV (inums.)-19S pags. 

ORAMMATICA ; HNQVA SVRlC.t, H INVENTORE .\TQ AVCTORE :: AN- 

DREA MASIO : ;| Opus nouum, & a nostris hominibus adhuc nen tratactatum : 
qnod labo- II riosa animaduersione cocalium,... H ... H (Marca do impressor, tendo no 
centro um escudo d'armas encimado por um fitilho com a divisa: «LABORE ET 
CONSTÂNCIA») 11 /lA^rKí/ÍPZ/ff' fí officiíta Christophori Plantiiú.lRegij prototy- 
pographi. H M. D. LXXl. hi-fol. de 55 pags., afora uma em branco, linal. 

Os' volumes I a IV teem belo frontispício gravado e uma gravura alegórica, impressa 

em separado. 
Célebre e mui bela edição poliglota, executada, sob os auspícios de Filipe II de Hespa- 

nha, pelos famosos impressores Plantinus. 
Os textos grego e hebraico são impressos, respectivamente, com caracteres próprios 

(gregos e hebraicos). 
Muito estimada por coleccionadores e por bibliófilos. Bom exemplar. - Raríssima. Q ff -C^ O 

399— Bíblia sacra vulgata' edilionis, Sixti Y. & Gleinentis VIU. fonlif. Max. '^ 
auctoritate recognita, versiciilis disliiicta : Una cum seleotis annota- 
tionibus... Actore Jo. Baptista Du Haiiiel. . Accedunt litielli due ab eru- 



130 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



ditissimo viro Francisco Luca Brngensi... ^'enetns, MDCCXLI. Ex Typ- 
Balleoniana. In-fol., 2 vols. de LXXVI-866 e 888-11 pags. E. 

Os frontispícios são impressos a preto e vermelho ; e o vol. I é adornado com uma 
gravura de ante-rosto, alegórica. 

400— Bible (La Sainte) Traduile en fran(.ois, le latin de la vulgata a còté, avec 
/) ^L ^ ^^ courtes noites tirees des saints peres & dts meilleurs Interprèles, 

S I* pour rintelligeuce des endroits les phis difficiles; et la Concorde des 

qualre Evangelistes, en lalin & en Fraçois. Noiívelle edition, enrichie de 
cartes geographiqiies et de figures ; Avec les Traitez de Chronologie & 
de Geographie: les Sonimaires des Livres tant dii Yieux que du Nouveau 
Testament; & lotites les Tahles tiréesde la grande Bible Latine d'An(oine 
Vitre'.. . A Liege, Ches Jean-Francois Broncart.- . Avec Approhation (f: Per- 
mission des Superieurs M. D.CCI. In foi. gr., 2 tomos com 4 partes em 4 
vols. de IV-LXXIX-III-544; 11 e de 545 a 957-XX 96 ; 11-468, e 11-430-16 JV- 
Vl-2-LXXVIlI-XIIXXVlll-23I-(:CXIlI pags. E. 

Tradução muito estimada, acompanhada do original latino. Explendida edição : enri- 
quecida com uma gravura alegórica, de pag. inteira (G. du Viiilar fecit), diversas 
en-íètes reproduzindo passagens do texto, e vários mapas e plantas, tudo primo- 
rosamente gravado a buril em chapas de metal. 
Frontispícios impressos a preto e vermelho e embelezados com uma linda gravuritiha de 
assunto alusivo (G. du Viuier fc). -Bom exemplar. 
. 401 — Bible (La) nintilée par les protest.ants, ou démonstration de la divinité 

'9<}f? '^ ^ *^^^ écrilures rejetées par la reforme.. . Seconde Edition, revue et corri- 

gée. Toulouse, Impr. de .Jean Matthien Doiiladouro. .. 1S47. In-8." de XVI- 
37o pags. E. 

'(0'2-BIBLIA. II EN DOS COLUNAS || HEBRAYCO V ESPANOL |, . . . |1 EN LA 
/ ^ o PKhMEIiA COLUNA li EL ORIGINAL HEBRAICO, CON TODAS L.A.S TER- 

KOP- FECCIONES ;| EN LAS LETRAS PUNTOS Y TAAMIM, CON LAS || ANOTA- 

y CIONES DE OR TORA, POMENDO 1! CADA COZA EN SU LUGAR. || . . . || 

EN LA SEGUNDA COLUNA !l LA TRADUCClON EN LA LENGUA ESPA- 
NOLA ; Y BUSCAMOS LA |1 PALABRA MAS PKOPRL\ EN AQUELLA LEN- 
GUA, PARA II EXPRIMIR EL SENTIDO DEL TEXTO; PARA LO QUAL || 
ANADIMOS A LAS VEZES ALGUNA PALABRA IN- 1| TER ( ) LÍNEAS 
PARA MAYOR CLAREZA || . . . || EN CASA Y A COSTA \\ DE JOSEPH. 
IaCOB VABIÍAIIA^] II DE SalOMON PrOOPS. II EJtampadores y Mer- 
cadeRES de Libras, Hebraicos || y E/paTioles, en Amfierdam \\ ••■WA» .5i,22 
(í/fôi. In-fol. de lV-1.59 pags. E. 

As pags, prels. compreendem o frontispício geral da obra (impresso, a linhas alterna- 
das, a preto e vermelho), e outro, com o titulo : PROPHETAS " PRIROS EN DOS 
COLUNAS \\ HEBRAYCO v ESPANOU ... 

Estimada. Segunda edição, pouco vulgar. Bom exemplar. 

Bíblia Sagrada...-Vejase: FERREIRA DE ALMEIDA (João), 
jj Q 403-BIBLIOGRAPHIA CAMONEANA (MDLXXX-MDGCCLXXX), servindo de 
JUih catalogo ollii3ial d:í Exposiijão Camoniana do Centenário, coordenada p.ela 

commissão lilteraria das festas, Porio: Typ. OccideníaL Iii-é.° de XXVI-Il- 
48 pags. E. 

404— Blbllorum (Sacroruiii) viilgatae editionis Concordanliae Ilugonis Cardi- 
nalis .. Ad recognitionem jiissu Sixti \\ Pont, max. Recensitae, atque 



AZEVEDO -SAMODÃES 131 




Of? '^^ 



eriíTidiilae : Priuium íi Francisco Ltica. . . niinc denuíi locis expurgai»^, ac 
lociiplelae cura, & slutlie V. N. Hviberii Plialesii... Veneliis, MDCCXLí.. 
Apud Nicolaum Peszatia . . In-foi. de XIl-1028 pngs. E. 
4(15— BIBLIOTHECA || CARMELITANA 1! NOTIS CRITPJS |[ ET \\ DISSERTA- à/ 

TIOMBUS !! ILLUSTHATA : :, Ciirà & labore li UNIUS È CARMELITIS 

PROVINXLETURONI/E |1 CULLECTA. |1 !| TOMUS PKIMUS || |1 

(Logar de interessante vinheta alegórica, aberta em madeira) || ^ í/fií- 
LIAN1S,\\ Excudebant M. CovitET DE Vilt.enecve £■ Joanxes Bouzeatt- 
• MoxTAU-r .. \l II 3/. DCCLIÍ. \\ CUM APPfíOBATIONE ET PRI- 
VILEGIO BEGTS. In-fol., 2 vols. de XE (iniuiis.)-XLIII pags., 861 colns, 
(duas por pag.) e mais X p''gs. finunis.), o 1 " : e IV pags. e lOfiS colns.. o 
•-'.'' E. 

As pags. prels. V :i IX da piimeíra numeração inserem uma Dedicatória ao «EMI- 
NENTÍSSIMO PRINCIPIII DOMINO D. IIFRIDERICO, "TITULI SAN-PANORA- 
Tll, SANCT.t ROMAN.í ECCLEÃI.E:íPRESBYTERO CARDINALI....-, a qual 
vem no fim subscrita ; Fr. Cosmos de ViUiers a S. Stephaio (o autor ?). 
Tratado bio-bliográfico muito importante e estimado. Belíssimo exemplar. -Muito raro. 

406-Bibliotheca das scienclas, e ailes, ou Xoticia das melhcres ()bras, 
que snhem na Europa, lomo (anibem os riieltuires Discursos. Dissert'- 
íoens, lleniorias, compostas solre as Sciencias, e Artes, pelos mais cele- 
bres escriptores em Laiiin. Francez, Inglez, Italiano, Alemaõ, &.c. para uti- 
lidade dos applicados. Xnniero Primeiro (e .Segundo . Porto: Na Offic. de 
Pedro Ribeiro Frnvrfi. Aviio 1793. In-4.°, â niimeros, ou opúsculos com \2'2 
pags. B. 

Muito interessantes. O l.o numero abrange as pags. 1 a bS ; o 2.o as restantes. - Úni- 
cos números publicados ? - Raros. 

'iiiT— Bibliotheca elegante. U botão de oiro— A promessa— Uma le\iandade 
— As pérolas - t's olhos \erdes— Chernbino e Celestino. Porto: Typ.de 
Bartholonieu II. de Moraes... 1S76. ín-8.» de 1I-39Í-I l)ags. E. 

408— Bibliotheca familiar, e recreativa... Lixboa, Na Imp. Xevesiaiw, ;.so.i-.;h'. 
In-S.» peq., 4 vols. dn 288. 288, 288 e 288 pags. E. 
Publicação interessante a vários respeitos. Bom exemplar. Rara. 

'lOD-BlBLIOTHECA VETERVM PATRVM (M.igna) El antiqaorum Scripto- 

nini Ecciesiasticonini, Primo qvidem a .Magarino de Libigne ex alnjti ^ 

Sorbonse schola celeberrimo llieologo Poclore Parisiensi compo.sita, pos- ^^-^ ^^ 

tea st\dio doctisNimorvm coloniensivm Theologorvm ac Professorvnj 
aucta: Xvnc vero additione dvcentorvm circiteravthorvm, Iam graecorvm 
qvi in editione Coloniensi, quam Latlnorvm qui in Parisinsibus desidira- 
bantur, locupletata, Acouratissimc eniendata. & XVII Tomos distribuía... 
(Vinheta, ou marca, alierta em madeira). Parisiis, Apud loannem Billainet 
Simeonem Piget, Frederic Leonard, Viâ lacobeâ. M, DC. LIIII. Cvm Privile- 
gio Reqis. In-fol., 17 tomos em 1.S volumes. R. 

Obra importante e assas estimada ; em uma das melhores e mais completas edições que 

dela se tem feito. (Veja-se Brunet, Maiael dii Ubraire, tomo l.o, col. 646, ed. 

de 1S61). Belo exemplar.rlWUITO RARA. 

Bichon [Vr.G. TF.— Veja-se: iieii/; (Jm«^m.«).— I.etttes. . . 
410— Blel [Gabriel)— \\ViV\W\ma rt roínpriiôiiisn fr || pusitio sntri rniuuiis misst 
cSi 1 tn n iiingistri" «ijnliriflt iiicl in li snrnt tlicnliigin lirfntinto : in , que 






J'^ 



c c 



132 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



siiinatim : brruitfr nj snpic || \n &crlnrniitiir oin ni nltnris 1 miiiistcriít sn- 
trríiiitili' iicrrssn || ria : trn6itur(iii plniin mtssnlis :! oflicijrntií ít soluutur 
íiiiliia i t)ur cirtn toiísfantioiír : nSiiii jl nistmlimu; : rt siiiiiptioiíf iiui 1| 
iiissimt ruiutristir ínrrnmrti ir 11 Icbrnntili' psôiiiit orturrtrt. 

Estes dizeres, que, exceptuando quatro palavras, são impressos a vermelho, achani-se 
dentro de interessante moldura, formada por quatro vinhetas de curioso e caracte- 
rístico desenho. A da parte superior tem no centro, dentro de uma espécie de me- 
dalhão, as iniciais t) 1| S. No fim do verso da ultima folha do volume, o seguinte 
registo tipográfico ; 

gmprrssiiiii tsí lior snliilifi" L ni íipiis '" impfrinlt riuitntr WííUXX inôiislrin 
II Jiimiiiis ^f llillntjuinim. ^min snlutis rljri i; stimir millrsâimn tiuiiigrn- 
tcstmo uigfSâimo trr II tio. Ilir urro : Sniiiin ItrlrnSns Junii. 
In-4.« de 83 folhas iniims. (nove cailernos de 8 tT. cada, à excepçSo do ul- 
timo que tem ti, rubricados: os oito primeiros: n, n ij, n iti, n iiij a i, 
t ij, i iij, i iiij ; e o ultimo: l{, li ij, li iij, k iiij, l! u e It nj. E. 

iNo verso da folha I (frontispício) o ; CE VrolOflUS tn nlirfUintiOIIt trpOSÍtÍOnÍ6 

snrri rn || iimiis missr : mngistri ©nluirlis girl sntrc tijio || logii litf - 

tinti bcirtiâSimi. iltfipit frlirltrv. ; Nas ff. 2 a 5 e parte da frente da C, a 

ynrtis prrljiilllintcs. ; e nas restantes o texto da obra propriamente dito. 
Excelente e curiosa composição tipográfica, feita com belos caracteres góticos, de vários 

tamanhos. Texto embelezado com letras iniciais de desenhos de fantasia (abertas cm 

madeira). 
Livro muito apreciável a vários respeitos. Bom exemplar. -RARÍSSIMO. 

411— Biester (Erntgto)~\' nvA viagem pela litteratura contemporânea. Oflere- 
^ cida ao senhor Alexandre Herculano, Por... Lisboa: Typ. do Panorama, 

1856, In-S," de 11-117 pags. E. 
412— Bignon (J\/.) — Uu Congrés de Troppau, ou examen des prétentions dess 
monarchies absolutes a Tégard de la monarcliie conslitulionnelle de Na- 
ples ; par... Deuxiême édilion, revue et augmenlée. A Paris, DeVImpr. de 
Firmih Didot... Jantier 1821. In-8.° de XXVll-249 pags. E. 
41.3— Biographo [O)— [Lisboa), Julho de ISaS a Junho de mifl.—ln-H.", 12 núme- 
ros, com o total de 290 pags., em um vol. E. 

Do 4 em diante todos os números são acompanhados de uma lithografia de assunto 
alusivo ao respectivo texto, representando a do n.o 6 Luis"de Camões salvando do 
naufrágio os seus imortaes Lusíadas. Colecção completa. RARA. 

414— Biot (J. 5.)— Traité éléinentaire d'astronomie physique, Par... Avec 
des Additions relatives a TAstionomie nautique, Par M. de Rossel .. Se- 
conde édition... Paris, Klostermann fils. . . M.DCCCX. In-8.°, 3 vols. de 
XX-455I, XII-563 e XVI-243.2 15 -192-58 pags. e três IT. desdobráveis. E. 

* O volume 1.» é acompanhado de 21 estampas com numerosas figuras ; o 2.o, com 9, e o 

3.0, com II. 

^ / £? 415— Birago (Dr. Giov. Battista]—lUsiov\íi dei Reyno di Portogallo. Lngduni. 
!■ f f) O Armo 1644. In-4.o de ante-rosto giav. e XXXI-tJtí6-113-8 pags. E. 









u 



Exemplar em papel forte, parecendo de tiragem especial. Falto do frontispício e leve- 
mente manchado pela agua nas ultimas ff. ; no mais em bom estado.- RARA. 

416-Bisaccioni {Gonde de Jlfoyoí/»ie) — tíVEHRAS 1| CIVILES || DE |1 INGLA- 

O O TERRA 11 TRÁGICA MVERTE || DE SV REY jj CARLOS ; || ESCRITA EN 

TOSCANO II POR EL...I1Y anadida en esta segunda impression con el 



AZEVEDO - SAMODÃES 133 



quarto libro, que escriviíi el mismo l! Autor. || Traduxela en lengua Caslel- 
lana 1| D. Diego Felipe de Albornoz. . . |j Con Privilegio: En Madrid, Por 
Diego Diaz \\ de la Carrera, Impressor dei Rei/no, Ano 16r>9. \\ A custa de Ma- 
nuel Lopes Mercader de Libros. In-i." de XVI pags. (prels.) innnis., 462 
nums. e mais VI inums. de TABLA. . ., unia de colofón e uma em branco, 
finais. E. 

As XVI pags. prels. compreendem : ante-rosto ; frontispício ; Dedicatória a D. Fernando 
de Andrade y Castro, Arçobispo Obispo de laen ; Aprobacioits e Licencias ; Suma 
dei Priuilegio ; Suma de la Tassa ; FEE DE ERRATAS ; e Prologo .AL LECTOR,,. 
Obra estimada. Edição muito rara. 
417— Blackstone (iV.)— Comméntaires siu- les Loix angloises de... Traduits /^ O O 
de TAnglois par M. D. G*-.-.. Sur la quatrieme Édition d'Oxford. A Bruxelles, 
Chez J. L. de Boubers. . . M. DCC LXXIV. . . In-S.", 6 vols. E. 

418— Blanc (íííenwe)— Traité de la conlrefaçon en tous genres et de sa pour- ^ > 
suite en justice, Concernant :. ., Par... Paria, Plon et Gosse, 18õ.'>. In-8.» 
de IV-XVI-820 pags. E. 

419— Blanc {M. Lomís)— Histoire de la révolution française, par. . . Édition fran- 

çaise faile à Paris sous les yeux de Tauteur. Paris: Chez Langlois et Le- 

clereq. .. 1847-62. In-8.», 12 vols. E. 
Excelente edição. Bom exemplar. 
4S0 Pages d'histoire de la révolution de février 1848, par. . . Bruxelles. 

Meline. Cans et C.'e, 1850, In-8.» de IV-III-320 pags. E. 
421 Révolution français. Hisloire de dix ans. 1830-1840. Par... Qua- ,^~-j^ O Cj> 

trième édition. Paris, Pagnerre. . . 1844. In-8.°, 5 vols. de X-508, VIII-496, 

VII-504, VIII-536 e VIII-523 pags. E. 
Apreciada. Bom exemplar. 
422— Blanc (S. H.) — Nouveau dictionnaire français-espagnol, rédigé d'aprés 

les dictionnaires les plus estimes des 2 nations. . . Par. . . Paris et Lyon. . . 

1860. In-S." peq., 2 vols. de 584 e 790 pags. E. 



£> O. 



?€ 5-0 



2< 



o ê> 



423— Blanc de Volx (J.)— Des causes des révolutions, et de leurs eíTets; ou 
considérations historiques et politiques sur les Mceurs qui préparent, 
accompagnenl et suivent les Révolutions. Par. . . Paris, Dentn. . . An IX. 
1801. In-S.o, 2 vols. de IV-373-I e IV-351-I pags. E. 

Blanci (ífiecoM^mt)— Regum AragoniK calhalogus. . .— Veja-se : DEREBVS 
mSPANICIS, LVSITANICIS... / 

424— Blancard (M.) — A escola dos bons costumes, ou Reflexoens moraes, e /* ^ 

históricas, sobre as Máximas de hum homem de honra e probidade. Obra 
ulil. . . Traduzida de. . . por D. Joaõ de N. Sra. da Porta Siqueira. . . Porto: 
Na Offic. de António Alvarez Ribeiro. Anno de 1786. . . In-8.o peq., 4 vols, de 
XII-387-I, 492-IV, 461-11 e 226-11 pags. E. 

425— BlanquI (^(foZpAe)— Voyage a Madrid, (Aoút et Septembre 1826) par... 
Paris, Dondey-Dupré Père et Fils. . . 1826. 10-8." de VlII-244 pags. E. 

426— Bled de Braine (3/.)— Clef de la pronunciation des idiomes de TAIgérie, 
ou Cours éléraentaire de lecture árabe. . . Par... Hachette et Ci" , Paris, 
1S48. In-8.» de VIII-88 pags. E. 






134 



CATALOGO DA LIVRARIA 



M 



0^ 



^^oáv 



Encadernadas juntamente mais duas obras, das quais a primeira é intitulada : APERÇU 
general de la science comparativa des langues,... par... Paris: Dii rand, 1S5S. In- 
S.o de XV-96 pags. e duas estampas. 
427-Bluteau (D. i?a/,tW)-PROSAS POIíTVGUliZ.^S, RECITADAS EM DIFE- 
RENTES Congressos académicos, pelo Padre. . . Lisboa Occidental, Na Of/i. 
de Joseph António da Silva... M.DCC.XXVIX. (sic). (No 2.° vol.: M.DCC. 
XXVIIl). In-fol. peq., á tomos de XVI \X. pieis, intims. e 421 pags., o 1.^; 
e ?83 pags., o 2.°, em um vol. E. 

Apreciadas, c pouco frequentes no mercado. 

Sermoens panegyricos e doutrinaes que em diversas feslividades, 

6 assumptos pregou. . . Lisboa. Na Offic. de Joseph António da Si/lva, 173'2- 
SH. In-fol., 2 vols. de XXXI 1-625-48 e VII-595-36 pags. E. 
428 Vocabulário Portuguez e latino, aulico, anatómico, architectonico, 



o> 



S^ 



/po4f 



429 



bellico, botânico, brasílico, cómico, critico, oliimico, dogmrdico, dialécti- 
co, dentrologico, ecclesiastico. etymologico, económico, Ilorifico, forense, 
fructifero, ele. ele, auctorizado com exemplos dos melhores escriptores 
portuguezes e latinos. Coimbra, etc, 1721-28. In-fol. iO vols., incluindo os 

2 do SUPPLEME.NTO. E. 

Obra importante e muito apreciada. Já rara no mercado. 
Bocage {Manuel Maria Barbosa de) — Yeja-se: Barbosa dii Bocage. 
-Boccacio (Giovnnni)—. . .'íftW iai imiicrrs illii i! rtrrs>. . . — (Tnfitgciçn íf 
Aniiuui, 1404. 

{Do titulo (xilográjico), em três linhas impressas na parte superior da frente 
da primeira folha, damos a exacto reprodução foto-zincogrâfica que segue): 



■"«!(iij 




bbanboiaaoXK 



ftcc6Cíiix)mace 



(O urininul mede UÍX!Jõ"'m) 
In-fol. de CJJt' IV. (aliás CJ", pois (4ue aquele numero se repete nas duas 
ultimas folhas do volume) nums. na frente. K. 

Na frente (o verso está em branco) da ÍO. '^ (inumerada, pois que a numeração só 
começa a aparecer da ti em diante) o titulo acima reproduzido em «fac-simile- ; no 
alto da primeira (todas as pags. aprezentam duas coluns. de imprecsão) coluna d» 

frente da ío. 31, os dizeres: (Eoiitiriírn ri trnctníis íc || jdljnii liontçiii ilí 



AZEVEDO -SAMODAES 



135 



ri-i-tnl6o puctn fln- ', rétiu Kduí rlnrns 'rrrrllétfs ij mns fn- [\ imías it 
fcrinlrtinui ^nmns: n^r^•^■n^l■l nln mmj illiirtrc Icnorn íonn mòvsa \\ òa 
lu-iiiiiirulis ron&r|Tn &e nlta utUn. Por baixo estes outros dizeres: (Èi pro- 

lltlUll) ucl aílCtOl'., seguidos do respectivo texto, que vai até parte da segunda 
coluna da frente da ítt. JJJ., e depois, ainda na mesma coluna, o da Ç?lltrníin 
\<S[Va la obta,, que decorre até meio da segunda coluna do verso da f. Jll. 
Segue-se o texto da obra propriamente dito, que é dividido em riij fimitulís>, 
dos quais o primeiro começa no alto dafo. Ç, nesta disposição; 

IBemicdrã pzimcra ntãtac £ua I^ qMl àbun ^ 

no fintio las miíerwa ocla nínc^ienv^ro ho pubo fu^ la vtit^^ 
1 pano fi)06 con Dolo:.-! ftic oefttnaca poj fíi pcna;i comio.pá 
confunabaio.ifi!olana.etifinpo2 fuenempoe iwifífanalmf 
te muno como laB otraa miílcree. 





■^estcngoot 
fcnuir: que ra 
yosMlumbsc 
couierõlasim 
fígncs muje- 
iee;nop3ref= 
ceracofanoS 
uioa:conicçar 
Delamaõre octoôoõ.iCaellaafii co- 
mo nu3 antiga maoi c i p:imcra: afi 
fu£ indgneit touo nugníficas i grã 
eee vcnrajas. £a tio me pjoijujtoa 
oi efta oefuétwraw valle oe itiirenaa 
tnla qual tooos los bombica naíce» 
mo6 para trabajo : iiífue íataicaca 
conci-;!cf!iiomamllo/'J^n<iue quf 
los otraã/m viiio ai niuiíoo IkNanoo 



el aiiíicii Dí fii narc!nuctC!.'ccmo bo 
que itatcé sgc:a: in iwfao flaca y ítr 
fuer^a conjo mcê los orrc J : nuií fio 
que nunca coitos l,ydíi- r, erro cctv 
teaco^ccmo aq! buís; nuciro 5c to 
oas 126 f of23 / i?cu-.eífí coti fii mane 
pzopía fojinaboaSoam/iSc i^oui» 
elíeíxlcãpo/qijc bcípiíeo liainarct! 
BatiufcGio/íiaílaMOoríl !?u«r£o5 
lo3 cvelenes /^ le bouieííe rcfoiuií» 
<n fucno pia5i€nte cõ cl artifiCío/poj 
<lfoioconofc.CK)/5t! laoocelq 5(k* 
mia/faco íu côp anerí q fu; nf a pine» 
ra maojc ^a ôifcrcta/i mujct cuii^íi- 
tapara varo niuf gojoía/t lcí« pa 
e oelejie oei higar, t po; «r íu faje» 
ft« % únmoííal fs no pcara/i ftnc?e 
e 9 



(O original mede 228X139'"") 



136 



CATALOGO DA tIVRARIA 



e o ultimo finda no verso da í. ffig, que ocupa quasi por completo. Ainda no 
verso da mesma folha principia uma espécie de Epilogo, com esta epigrafe: Coil- 

rliirstait òc íll^^l In lUirn : t nnilnrion 6rl iniiíor pn 1| in los iminmi- 

^•n^llrl'6 : fi aloniins lliniiCVr. Kinda a meio da frente (o verso está todo em 
branco) da folha imediata ((E^J), seguindo-se-lhe, como que em remate, a seguinte 
marca do impressor e o colofõn linal, que ocupa a restante metade da frente da folha : 



be an ee/ 'i oifciplinae/ 1 taraggrie* i foKct oi £onftaiif ia cmgaPil^. 




C2,ap2efcittcob;afiíê acabada cilla lufigiic/ 1 iiiuy iicbic cnioao 
íx £ai ago^a oc Biagon; pa inoudria/ 1 ctpenfae oe ]^a;ilo l?u. 
niB Sleman De Cõftaiicia a.iriíii.oiae txrl niceoc octub:c:cticl àno 
6cla ^tiiiiana faluacion.iS&ilquaticcicDtoânouotta i qiiarro. 



(o originiã mede I J0xr2:S'""') 

Nas folhas ®^U a (EJ^" e frente da VQX (bis) vem inserta a ffllbln dos Capitu- 
los, que, conforme o texto já descrito, é impressa a duas colunas por pagina. 
Acha-se disposta por ordem alfabética e é procedida dos seguintes dizeres ou titulo 
que encimam a primeira coluna da frente da $0. ffigj^:— §tgilíft In Jnbln Sf 

In prr || rnitc lUirn ^r junii lnniniio ífins mu I| jfifs illiiftrrs rniilns 
rrtpituhis/tnr II fns nfri!iiirt6íis : liniiir&í fl uriírii ^rl ; ,\lpl)nlirtii. 

o volume contem 15 cadernos de seis e oito tf. cada um, rubricados, no pé da frente 
das mesmas folhas: n ij (a primeira folha pertencia a rubrica n, porem não a apre- 
senta) n tij, n iiij, n U a p, pif, p iij, p itif, j, u. Os cadernos que c ;nteem 
somente seis ff. sáo os rubricados r, f, g, i e 111, pelo que as rubricas abrangem 
apenas: l" ai" IIII, Ta Ciiij, ctc. Como é trevial, n.ão existe caderno rubricado com 
a consoante T- 

Primeira e mui bela edição da primitiva tradução castelhana desta interessante e estima- 
da obra do famoso João Bocacio de Certaldo. Impressa com formosos caracteres gó- 
ticos, em papel de linho de excelente qualidade. 

A composição é esmaltada com letras iniciaes de caprichosos desenhos de fantasia, c o 
texto enriquecido com 79 curiosíssimas gravuras abertas em madeira. 



AZEVEDO -SAMODÃES 137 



Os exemplares, verdadeiramente preciosos, são da maior raridade, como o demonstra o 

facto de Salva não ter conseguido nenhum deles para a sua riquissima biblioteca; 
apenas possuindo um da edição imediata, impressa em Sevilha, 1528. O nosso exem- 
plar está optimamente conservado, pelo que é do maior valor e apreço. 
Esta edição foi a única que de Las Mujeres itusíres se imprimiu no século XV. (Veja-se 
a interessante : Bibliograjia Zatagozana dei sigío XV, por Um Bibliótilo Arago- 
nês, (Juan M. Sanchez), Madrid MCMVlll, n.» 45, pags. 105 e 106). 

430— Boccacio {M. Giovanni]—La Genealogia de gli Dei de genlili di. . . Con la ^^ ._ q 

spositione de Sensi Allegoiici delle faiiole, t con la dichiaratione dell'His- :-^'^ 
lorie appartenenti a delta matéria. Tradotta per M. Gioseppe Belvssi da 
Bassane (Marca do impressor, aberta em madeira). 7n Venetia, Appresíoa 
Fahio, /l Agostino Zoppini, Fratelli. M. D.LXXXI. In4.°de Vlll fl'. (prels.) 
inums. e 263 nums. na frente. E. 

As VIII ff.prels. inserem : titulo; -Dedicatória ao Conte Collalino di Collalto; e tTavola 

di tvtti i nomi de gli dei... ■ 
Muito apreciada. Boa edição. MUITO RARA. 

<i31 — Boccalini [Trajano) — Raggvagli di Parnaso Del Signor. .. Centvria prima. ^^ <"~ n 

Etin qvesta settima impressione Aggiuutoui cinquanta Ragguagli, intito- íJ^ 

lati Parte Terza. . . (Marca do impressor, aberta em madeira). In Venetiu, 
M. DC. XXXVIl. Apresso gli Gueriglij. Con licenza di Superiori. In-S." pe(|., 
3 Partes de LII-332, XXXII-292 e XVl-96 pags. E. {jierg.) 

Estimada. Bom exemplar. 

432— Boissarie (Dr.)—Les grandes guérisons de Lourdes... Paris: Douniol, /'». O O 

V.HM. In-8 ° gr. de XV-560 pags. E. 

«Édition illustrée de 140 similigravures dans le texte et de 24 gravures hors texte snr 
papier couché». 

433 — Bojardo (3fa«os Maria)— Orlando innamorato, di. .. Conde di Scandiano, ^ 3 ^ 

rifalto da M. Francesco Berni, Cogli Argomenti a ciascun canto. Bassano 
1S()3. Nella Tip. Semondiniana. In-12.°, 2 tomos de 0.38 e 701 pags. K. 

Estimada. Edição invulgar no mercado. 

434— Bonaid {M. Henri rfe)— Réponse a de nouvelles atlaques contra una ^ '' ^ 

Souiété célebre, adressée aux hommes de bonne foi de tons les parlies. 
Par... A. Paris, Trouve... 182.'). In-S." de 56 pags. B. 

435— Bonaparte (ioí<i«)— Mémoires de. . . sur sa vie et son regne, ou docu- 

ments historiques et politiques, anecdotes peu connues et particularités /~)^ 0<^ 

secrètes sur la Hollande, disputée par la France et TAngleterre, sur les 
choses de TEmpire, et sur les Relations de Napoléon avec sa famile. Pa- 
ris, Landois et C'«, 18.36. In-.o, 3 vols. de IV-333, IV-432 e IV-388 pags. E. 
Interessantes c estimadas. Bom exemplar. 

i^til-Bonnard (Ca»ií7ie)— Costumes dos XIII", XIV« et XV«siècles. Extraitsdes ^ 'Ç^ t~^Oc 

monumens les plus authenliques de peinture et de sculpUire, avec un ~^ ^ 'J/t? 
texte historique et descriptif ; Par. . . Premitn-e édition franf.aise. A Paris, 
Bonnard, Auteur-Éditevr, 1830 (Impr. de SelUgue). In-4.<' gr., 2 vols. de 
ÍU7 e lV-213 pags. E. 



138 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Obra, no género, de grande merecimento e curiosidade. Enriquecida coui 200 belas es- 
tampas impressas aparte, em papel da china, e depois assentes em folhas de papel 
velino de excelente qualidade. -Exemplar em perfeito estado e por aparar. Muito 
estimada e hoje dificil de aparecer no mercado. 

437 — Bonem {Natal Jaco/we)— Tratado dos piincipaes fiindínnenlos da Dança. 
Obra muito útil, não somente para esta mocidade, que quer aprender a 
dançar bem, mas ainda para as pessoas honestas, e polidas, as quaes en- 
I ^Á o C sina as regras para bem andar, saudar, e fazer Iodas as cortezias, que 

/ "^ convém em as Assemlileas adonde o uzo do mundo a todos cliama. Coim- 

bra. Na Offc. dos Irmãos Ginhoens, Imp. do Santo Officio. Armo de 1707, 
in-12.0 de XI pags. inuins., 5 em branco e 138 nums., além de uma de 
erratas e 3 de índice, que Innocencio não cila. E. 

Estimada. Bom exemplar. Muito raro. 



S.ÂC 



2*,<- 



V 



6-^ '• 



438— Bonucci (P.« António Miiia)— Epitome chronologico, genealógico, A his- 
tórico, dividido em quatro livros. Lisboa, Na Oflic. de António Pedroso Gal- 
ram, 1706. ln-4." de XVI-5b5 pags. E. 

Apreciada e pouco comum. 

439— Bordalo {Francisco Maria)— Novo Guia do \iajante em Lisboa e seus ar- 
redores, Cintra, Coitares o Mafra. Ornado com algumas vistas dos princi- 
pais monumentos. 1853. Bordalo. Lisboa. In-S." peq. de XlX-271 pags. E. 

Encadernada juntamente, a seguinte^ obra : tCUENTOS populares, por D. António de 
Trueba. Segunda edicion, Madrid : linpr. de D. Luís Palácios, !S62.' In-S.o de 38S-I 
pags. E. 

Borges de Castro— Vcja-se : FERREIRA BORGES DE CASTRO {José). 

iiQ —Borla {Francisco) — Las obras en verso de Don... Príncipe de Esquila- 
"'^ che... Edilion Segunda, reuista y muy anadida. A Amberes, En la Em- 

prenta Plantintana de Balthasar Moreto. M.DG.LIV. In-4.° de XVI pags. 
(prels.) inums., 692 nums., mais XVIII inums. e 3 nums., finais. E. 

Obras muitíssimo estimadas. Bela ediç.ão, adornada com linda portada alegórica, primo- 
rosamente gravada a buril (Pet. Paul. Riibenius piíixit. - Th. Oalleus iricidit.) 

Excelente exemplar, salvo o ter as pags. 261 a 270 defeituosas, pois falta-lhes uni pedaço 
que levou algum texto.-MUITO RARA. 

441— Barroni {Bartolomeu] — Novíssima gramática delia lingua todosca ad uso 
degli italiani.., e compilada da... Vienna: Appresso Giov. Tommaso Nobile 
de Traítnern... 1798. In-8.° de XVI-314-I pags. E. 



i^o 



ó-i 



is-0 



442— Bossuel (JocgMes-Benigne)— Defense de TEglise Gallicane, par. . Paris: 
De Perredil et &'«. 1845. In-8.o de IV-XX-424 pags. E. 



443 De la connaissance de Dieu et de soi même. Composé. . . par. . . 

(^ O Xouvelle édition, revue et corrigée avec soin. Brvxelles. De Mat, 1839. 

In-S.o de IV.282 pags. E. 



444 Discoars sur rhistoire universelle. . . A Paris, Chez David... M. 

DCCLXri... In-8.° peq,, 2 vols. de lV-526 e X-118 (aliás 118) pags. K. 



AZEVEDO -SAMODAES 



139 



445 Histoire Jes vaiiations des églises protestantes. Defense do c-ette 9j^^^^ 

histoire. Avertissenlens uux protestans. tt insLriiclions pasloiales sur les 
proniesses de J. C. â son Etdisp, Par Jlessire. . . A Paris, De 1'Impr. de L. 
Cellot .. M. DCC. LXXn .. In-12.», 5 vols. E. 



Bossuet, autor destas obras, é um dos mais apreciados clássicos franceses. 



446- 



Sermons cholsis de Bo.ssuet, suivis dextraits de ses divers Ser- (^^ S~ O 



Poema estimado. Edição rara. 

449 A mesma obra: Impresso en Salamanca. En la Imp. de Antnnio Villar- 

gordo. Ano 1731. ln-4.° de X.K-28a-l pag.s.—Seçííe:— Notícia de la pátria, 
linage, y principales successos dei Poela. Escrita por Bernardino Pereira 
de Aràza. — 10 pags. E. 



•'.30- 



/^i 



mons, et precedes du Discours préliminaire sur les Sermons de Bos.>uet, 
par le Cardinal Maury. Paris, Didot Frères, Fih ei C'«, li^ãS. In-K" de 
IV-498 pags. E. 

Fidição ilustrada com o retr. de Bossuet (Hopweed sciilp.) 

447— Botta (CAaríes)— Histoire d'Ilalie, de 1789 íi 18t4, Par... A Pari», Chez 
P Dufart . . 18-24. ln-8.°, 5 vo!s. E. 

Botelho {Abel) — Veja-se : Acácio (Abel). 

448— Botelho de Moraes, y Vasconcelos (Francisco) — E\ Alplionso Del Ca- _ 

vallero Don Francisco Botelho de Moraes, y Vasconcelos. Dedicado a la S^ O O 

Magestade de Don .luan el Quinto . . A Paris, Chez Estienne Michalliet. 
MDCCXII (1712). In-lí2.° de 365 pags. [incluindo as H prels.) e mais uma 
em que se annuncia a futura reimpressão de El Nuevo Mundo, do mesmo 
auctor. E. 



/4 



s 



— d 



Edição também já rara. Bom e.xemplar. 

-1 mesma obra: Impresso en Salamanca: En la Imprenta de .intonio ^[ C Q 

Villargordo i Alcaráz. .-iTio 1737. In-S.'^ pcq. de IV-366-XXX1V p.igs. K. ^ 

O frontispício é ornado de cercad^r.^ impressa com peqs. vinhetas tipográficas de orna- 
mento, simetricamente dispostas. -Edição rara. 

451 El Nnevo Mundo. Poema heroyco de D. Francisco Botello de Mo- ^^-S~ O 

raes y Vasconcelos; con las Alegorias de Don Pedro de Castro, Cavallero 
.\ndaluz. Barcelona, Ivon Pablo Marti, e Francisco Barnola. Ano 1701. In-4.» 
de XXXI-476 pags. E. 

Primitiva e parece que linica edição deste poema. Rara. 

452— Botero (/Man)— DIEZ LIBHOS || DE LA IIAZON || DE M ESTADO || CON 
TfiES LIBROS De las causas", de la grandeza, y ;! magnificência de las 
ciudades 1| de luan Botero. i; TRADUZIDO DE |1 Italiano en Castellano, por 
manda- 1| do dei Rey nuestro seuor, por [j António de Herrera jl su criado. 

I! (Peq. vinheta ornamental) |1 EN B.ARCELOSA, \\ || Ano, M.D.XC 

IX. [1599). 1(1-8.° peq. de VIII fl'. (prels.) inums. e 176 nums. na frente. E. 




140 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



As VIII ff. prels. inserem: titulo; Visto de Fr. Hieronimo de Saona ; Visto de Pauliis; 

Dedicatória AL REY NVESTRO SENOR. - (datada: «De Madrid a los doze de 

Abril, 1591.)-): TABLA DE LAS PRIN- 11 cipales matérias...»; e .TABLA DE LAS 

METERIAS li que se Iratati..." 
Obra e tradução muito estimadas. Edição primitiva. Multo rara. Exemplar falto das 

duas derradeiras folhas; no mais excelentemente conservado. 

453— Boucharlat (J. /,.)— Elèruens de calcul diflerentiel et de oalcul integral ; 
X"^ O ^ p:a-... Bruj-elles. SocUU Typ. Belge, i-s.yN. In-8.° gr. de VIlI-392 pag.s. e V 

''^ estampas. E. 

454 Êlémens de mécanique, par.. Troisième édition. Paris, Bachelier... 

£) lfi40. In-S." de XXI-463 pags. e 21 planches. E. 



4 



14,6° 



i' 



/A 



<- D 



4'''' 



455 Théorie des courbes el des surfaces du second ordre, ou Trailé 

complete d'appIication de Taigèbre a la géométrie ; par. . . Troisième édi- 
tion, revue, corrigée et agmentée de notes et des príncipes de la trigono- 
métrie rectiligne. Paris, Bachelier... 1845. In-8.° de IV-XXlI-524 pags. e 
XIV estampas com figuras geométricas, impressas em separado. E. 

456-Bouchot (Augusto).— Histoire du Portugal et de ses colonies, par... Pa- 
ris: Hachette et CM, 1854. In-8.° de IV-XVI-470-I pags. e um mapa de pag. 
dupla. E. 

457— Bougaud {Padre). — Historia da beata Margarida Maria, ou origem da de- 
voção ao Coração de Jesus, pelo... Traducção de José .Joaquim Nunes; 
Revista pelo Padre Senna Freitas. Livraria Internacional de Ernesto Char- 
dron... 1879. In-S." de XXllI-519 pags. E. 

458— Bouillet {M. A'.).— Atlas universel d'histoire et de géographie. Conte- 
nant. . . Par.. . Deuxième édition. Paris: Hachet et C.'«, 1872. In-S." gr. de 
VI-II-II-1035 pags. E. 

Obra interessante e estimada. Acompanhada de 11 belas estampas coloridas, reprodu- 
zindo brasões d' armas reais, de titulares e de cidades ; condecorações ; bandeiras das 
diversas nações ; etc; e 88 mapas geográficos, tudo de pagina dupla. 

459— Bouix (D.).— Tractatus de Capítulos. Auctore... Parisiis. Lecoffre et So- 
cies, 1852 In-S." de V1-70B pags. E. 

/— ^ 460 Tractatns de principiis júris canonici, auctore... Parisiis, Apud 

■^ Lecoffre et Sócios, 1852. ln-8.o de Vl-lV-572 pags. E. 

461— Bourdon (M.).— Élèmens d'algèbre, par... Quatorzième édition, revue 
Jl <^ O et annotée par M. E. Prouhet. . . Paris, Gauthier-Villars. .. 1873. In-S." de 

7' lI-XIl-655 pags. E. 

/^ t"^ 462 Trígonométrle rectiligne et sphérique, Par.., Paris, Mallet-Bache- 

P lier.. . 1864. In-S." de 1V-159-I pags. E. 

463— Bourgeois do Chastenet (il/.)— Nouvella Hisloire du Concile de Cons- 
/) ^ ^ ^ '^"'^''' '^" ^'°" '^^'^ ^°''' ^o'"*^'^" ^^ France a contribuo ii 1'extinctlon du 

' Schisme. Avec plusieurs Pieces qui n'ont poinl encore paru, tiiées des 



4i^ 



'O 



/:? 



AZEVEDO -SAMODAES 



141 



O O 



Manuscrits des meilleurs Bibliotlieijues. I'ar... A Pari?., Chez Le Mercier... 
31. DCC. XVIII. . In4.°, 2 tomos de XVI-290 e 554-11 pags. E. 

Estimada. Bom exemplar. Pouco vulgar. 

404— Bousies (Comte de)— Lo collecUvisnie et ses conséquences par... Brii- <Â ^C> 
xdles Schepens... lS9i. ln-8.° de IV-245 pags. E. /^ 

Braga (Fr. Balthasar de)— Constituições da Ordem de S. Bento. . .— Yeja-se 
o artigo inserto sob este titulo. 

46.")-BRAGA (Fr. Bernardo (ie)— MUMAZIA |i MONARQVICA || Do Pay Com- 

luum dos Monges 1| N. P. S. BENTO. |! Offerecida a N. P.. P. Fr. Vicente {', £ Yòr^ ° ^ 
Rangel, fegunda vez Reeleito || com acciamaçaõ commuã ;| da Congrega- 
ção. :[ Pello Muito R. P. Fr. Bern. de Braga, il Prouincial, e Lente de 
Theologia, que il Foy na Prouincia do Bralil. \ EM J{VÂM,\i Por IVAM 

BERTHELIN, \\ Liureiro. \\ II M. DC. LXII. In-8.» peq. de 8-117 

pags., afora uma inum., que tem apenas, no centro, o colofôn final. E. 

As pags. prels. 1 e 2, que não apresentam numeração, constituem a folha do frontíspicio; 
nas 3 a 7, a Dedicatória ao ; «REVERENDÍSSIMO PADRE || NOSSO '| ÍK£K K/- 
CENTE RANQEL'. (datada e subscrita no fim : «Bahia 20. de Abril 66. 'J Muito Itu- 
inllde Filho do V. R. 11 Fk. Bíb.nakdo ut Bbíga.» ; na 8 (inum.), palavras preambu- 
lares : «.AO QVE LER= ; e nas 117 imediatas, o texto da obra propriamente dito. 

Encimando o texto da obra, vem uma vinheta de cabeção, a qual tem no centro o es- 
cudo d'armas reais francesas. 

É Livro estimado e excelente e mui cuidada a edição. Belo exemplar. -Raríssimo. 

4t)tí- Braga (Theophilo)—HislOT'ia da poesia portugueza. (Eschola hespaiihold). 
Suculo XV. Poetas palacianos, por... Porto: Imp. Portugueza — Editora, 
/.S/i. In-8.° de 474-1 pags. E. 

167 Traços geraes de philosophia positiva, comprovados pelas desco- 
bertas scienlificas modernas, por... Lisboa: Nova Livraria Internacional... 
1878. in-8.° gr. de 239-1 pags. E. 

Brandão {Fr. Francisco) — Veja-se : Gazeta, em que se relatam as novas... 

■168-BRANDÃO {Fr. /-í-ancisco)— CONSELHO, ji E VOTO H DA SENHORA DOiNA /^ /; 

FELIPA II filha do Infante Dom Pedro, fubre as |i terçarias, & guerras de |j fOJP ^ ^ 

(Jaftella. II COM HVMA BREVE NOTICIA || deíla Princefu. JI DIRIGIDO A ' 

ELREV DOM || lOAÕ IV. NolTo Senhor. |I ESCRITTA POR O OOCTOR ,; Fr. 
Francifco Brandão Monge de Alcobaça, ]| Qualificador do S. Oflicio, ^ Exa- 
II rainador da mefa da Confci 1| encia, ^ Ordens, jj Placuit confiliu eiiis 

Regi, & Principibus. Eílh. cap. 1 1| || EM LISBOA. || Na Officina de 

Lourenço de Anveres. Anno tj M.DCXX.XXIII. In-é." de VIII pags. (prels.) 
irnmis. e 56 nums. E. 

As VIU pags. prels. compreendem: frontispício (I e II) ; - LICENÇAS DA ORDEM' ; 

'LICENÇAS DO PAC.O; ERRATAS (III a VI) ; e Dedicatória a D. João IV(datada 

e subscrita : 'Lisboa ao Convento de \\ Nofja Senliora do Dejterro, 2. de Outubro 
•de !; 1648. 'il O Doctor Fr. Francisco Brandão.» (VII -a VIII está em branco). 
As margens do frontispício são adornadas com um filete. Em remate do texto, um liorão 

decorativo, aberto em madeira. 
É opúsculo muito interessante e estimado. Ricardo Pinto de Matos apenas teve noticia 

de um exemplar. Muito raro. 



^/ 



/^O 



142 



CATALOGO DA LIVRARIA 



O /iO'J- BRANDÃO (í>. i/i7anão)-(^ VOZ UU AMADO. Ç-V» II .. . LISBOA. 
1079. 

(Do irontispicio damos a exacta reprodução foto zincogrdfica q'ie segue) : 

^VOZ DO AMADO m 




lÀV T o \ V Q-M fíl 

UrÍMyConego regular da congregAçto 
de Sa»ãa Cmz^ de Çoimhra 

CólicéÇâ dft Sáfta Si Geral Inquifiçáo & Ordinarsí^ 
EM L y X B O A. 
Pm loáo FeinandesiniprcíTordcJivjro», 

In-8.° peq. de Vlll ff. (prels ) iniiiDS. e 237 minis, na frente, atnra \\i\a oní 
branco, final. E. 

Nas VIlI folhas prels. as seguintes peças: titulo, repi-oduzido acima em «fac-similc» 
(verso da fl. em branco) ; «INFORMAC,AM.» para a impressão (datada e suBscrita: 
«Tertico aCsi. S. de laneiro. 1579. f Frei Bertholomeu ii Ferreira.» ; íií^ APPROY.X- 
ÇAM >g II do Sancto Officio.. (frente da II. U); .LICENC.A DO GERAL.» (datada e 
subscrita : «Dada em Sãcta Cruz de Coimbra, fob ,i meu final em os dous de Man;o 
de. 1579. II Dom Lourenço Prior & Geral.») (verso da mesma fl. II) ; Privelegio real 



AZEVEDO -SAMODÃES 143 



para a impressão («João Dacofta o fez H em Lixboa, a. 26. de Feuereiro de. 1570. ■) 
(frente da 11. IH); iSONETO !' De Gonçalo Carneiro.^ '{verso da mesma III); «SO- 
NETO I, De Peto Dandrade." (frente da IV) ; .SONF.TO.-, anónimo (verso da mesma 
(I. IV) ; e .PROLOQO.. (ff. V a VIII). 

No fim da frente da H. 237, como que em remate do texto, este registo de impressão : 
f^ FOI IMPRESSA Ç^ II A prefcnte obra no Mocftciro de S. Vi \\ ceiite de 
fora dos muros de Lixboa, à || Itoara gloria de noffo Senhor le- \\ fu Chrifto coii- 
folação das almas || deuotas. Acabou fc em os féis \\ dias do mes de Mayo, \\ De. 
1579. II 

E no verso da mesma folha os .f^ ERROS DA í^ « IMPRESSAM.» 

Os Sonetos e o Prologo insertos nas ff. prels., e bem assim o registo flnal são impres- 
sos com tipo itálico; e o restante texto com redondo. A composição é esmallada com 
letras iniciais de caprichosos desenhos de fantasia, abertas em madeira. 

O texto apresenta abundantes notas marginaes, impressas com caracteres redondos, mas 
mais miúdos que o da restante composição. 

Livro clássico e muito estimado. Ediç.ío RARÍSSIMA E U.VICA que da obra se fez até 
hoje. Belo exemplar. 

4'0- Brandão Ivo {Miguel Tibério Poíi^pac/i?)— Resposta á Carta, que escreveo /õ )n ^ ^ 

hum anonymo contra a que o senhor Domingos dos Reis Quila imprimiu 
na Golleorão das suas Obras, por. .. Lixboa. Xu Offic. de Miguel Manetscul 
da Costa... Anuo M DCC LXVÍIl. In-8.o jieq. de 126 pags. E. 

Interessante. Inocêncio querendo, .10 que p;írece, referir-se á invulgaridade dos exem- 
plares da «Resposta», diz no seu «Diccionario BibliographicO'-— Que o único exem- 
plar que até hoje (1S6 ) viu existe na Livraria de Jesus. 



471— Bras Viegas (Doitíor) -.Meditações sobre os niysterios da paix.im, resvr- 
rei(;am, e acençaõ de Chrislo nosso senhor, & vinda do Spiritu Sancto, 
com figuras & Profecias do Testamento Velho, & documentos tirados de 
cada hum dos passos do Euangelho. Recolliid.is de diversos sanctos Pa- 
dres, & outros deuolos Auctores pello Padre Vicente Bruno... Agora no- 
vamente traduzidas de iingoage:!! Italiana em a nossa Portuguesa, & acres- 
centadas com inuytos lugares da sagrada Escritura pello... Em Lisboa. 
Com Licença do Sancto Ofjicio, & do Ordinário. Impresso por Pedro 
Crasheeck Anno M.DCl. Com Privilegio lical, á custa de Mifiue\d'AverniS, 
mercador de liiiros. In-8 o peq. de IV pogs. (prels ) inums. e (342 nnms., 
atVJra VI inums., finais, de ÍNDICE. E. 

As IV pags. prels. compreendem: titulo; « Aprouação.> ; <:L1CENC,.\.> ; 'Licença do 

Ordinário.» ; e «Sumario do Priuilegio.' 
Clássico. Muito estimado. Primeira edição. Muito rara. 

473— Bréhat iAlfred dej— Le cousin ;.ux millions, p.ir... Paris: Micliel Léu\j 
Fréres, lt<70. In-8.° de IV-264 pags. E. 

No lote, as duas seguintes obras do mesmo autor; BRAS D'ACIER, par... Paris, 1S59' 
In-S.o de lV-343 page.; e LES CMCMINS DE LA VIE, par... Pa-^is, 1870. In-S.o 
de lV-315 pags. 

473— Breton de los Herreros (.l/aimeí) -La desvergurnza, poema joco-serio, 
de Don. . . Madrid : Mellaão, ISÕ6. In-8.o gr. de VHI.299.1 p.igs. E. 

Ilustrada com um magnifico retr. do autor (gravura a buril, assinada : Gesffroy). 

Breve Relação das Escrituras dos Gentios da índia Oriental... — Veja-se; 
Collecçào de noticias . . (t. 1). 



^M 



O C 



// 



ro 



M^- 



144 CATÁLOGO DA UVRARIA 



JoU^ 



^ 474— Clèrruiiufii jJrmlinrr.. . Braga... 1549. 
^ {Do frontispício damos, em folha aparte, a e.vacta reprodução foto-sinco- 

gráfica) 
ln-8.° pequeno de 572 IT. numeradas na frente e IX inunieradas, finais. E. 
O texto, impresso a duas colns. por pag. e ora a preto, ora a vermelho, começa logo 

no alto do verso da primeira H. do volume pelas A6 llintUttlinã. 
Das X ff. inums. finais, as VI primeiras inserem taboas dos mezes e dos nomes dos san- 
\ tos respectivos a cada um dos dias dos mesmos mezes; a frente da VII a (Tnbuln 

lilrrnni aíimiuirnliii. ; o verso da mesma II. o CL OTniinii ffiiucntis liilnilc 

ai fcftn II limliiliS prrprtno iinirilIClràn. ; na frente (o verso está em branco) 
da VUI uma outra taboa; ^lllIO. fíS. |(rptUn. CiltC ^.tnfrllil Itofln. íIctl)C. 
(Tor. rp. Aurt. ; na ti. IX: Regula; J pedales iuxta- iionnam & co/ifuetudiiíem\\ 
approbatifsiinã Bracharenfis dia || cofis, somma ciim cura, \\ Ç7- diligêtia nuper 
II coiifecta. ; e, finalmente, na frente (o verso está em branco) da X este registo de 
data e logar da impressão : 

^dUiiíhm cmni^otentii Vei,<^ Virjinismatrif 

tmí^krit^expluu breuuartumaiiunarwm 

«íficanim ifuctdantfuetwimem Ditm 

ãrjclioraifí eccUÇm Hi^tai^ 

rSntprimatis.Ccrreíims^ 

<m.cdjnií5<jiéemdiitffi 

inJJuRcueredifinn 

domini Jottuei 

Eminudit 

Soup. 

^n1;iepiJíefiBré(hdrmf s. 



Zxcudehitni Brocháreátinoiin.uiuitate Demmi 
wdUfímu><fiunmtc[iueno(fuadra.£tffiraã 

*B« Jodmtes .^Utanu, Jp" JoamtS 
Bárrtrm Regijtyfo^fafU^r 

{oonSáã^kéM>í7o>'"n) 

A impressão, muito bela, foi hábil e primorosamente executada com caracteres GÓTICOS. 

.\ parte artística que esmalta o texto é também de notável merecimento c apreço. Con- 
siste ela em lindas letras iniciaes (algumas com figurinhas) e em pequenas vinhetas 
de assuntos sacros; e ainda de sete gravuras de pag. e de seis interessantes cerca- 
duras, a saber: no verso da H. 2 uma gravura figurando o profeta David (?), ajoe- 
lhado n'um campo e de costas voltadas para uma cidade que se vè no fundo da 
gravura, e ferindo as notas do psaltcrio em um instrumento de corda que apoia so- 
bre os joelhos; no verso da H. 119 outra gravura reproduzindo a scena do Pente- 
costes; na frente da fl. 120 diversas vinhetas ornamentaes, das quaes três com figu- 
rinhas de santos; na frente da 145 uma cercadura formada por cinco vinhetas, das 
quais três reproduzem peqs. imagens de santos; no verso da 230 uma gravura re- 
prezentando a Ascenção de Christo ; na frente da 231 uma elegante tarja constituída 
por duas vinhetas ornamentaes e três outras com figurinhas ; no verso da 250 uma gra- 
vura representando o aparecimento do Espirito Santo aos Apóstolos ; na frente da 
257 uma cercadura constituída por três vinhetas de ornamento e outras três com 
figurinhas de santos ; no verso da 267 uma gravura reproduzindo a scena da Ceia 
do Senhor e de seus apóstolos ; na frente da 268 uma cercadura formada por ire» 
vinhetas ornamentaes e por outras três de assuntos sacros; no verso da 270 esta 
gravura : 



'ccufcti co:reíCfitcincii<látum,ac 

. .»a* fami rcàaaa.Br çieceçio 3U0 

iaftçiR uírcdíiTtmíofiíoníctnanudiea 

onuocatia « côfiiiíísfuffragaticiss 

^loiSiudlcioíflflitnra p<rfcctl* rcd!f;c> 

. .'canjfuglljdSíaddmõTOCclTaftie^á íp 

aad Mtd oubietae bs JubQ3tlet.trga Kcttandí 

Jô . t^í c\ í<í5 p fcsbtaoopf talais fictíi- ínul» 

>ifto«iamoJoappo itóiireíftatní^ajQje 
^T^m oa Uudfi reli<{lcr mdp(t. CiBcrs qf^ 

nr. E OC màf1t*t cá 01 cts af onc rmíca u ^. 

r ^;, „ ';no«biUeiiUCTUai»fia*Jii; 



X>nelahlamtaapeH(ê, £tosmeoannat{a^ 



ri f , 




«Fac-simile», em tamanho exacto, do frontispício da obra 
descrita sob o n.° 474. 

(Pag. 144) 



AZEVEDO • SAMODAES 



145 




(O original mede. 113x76""") 

na frenlc da 271 uma cercadura constituída por cinco peqs. vinhetas ornamentaes ; n" 
verso da 334 repete-se a gravura que reproduz a scena do Pentecostes, já dada no 
verso da II. 119; e na frente da II. 535 outra cercadura formada de três vinhetas or- 
namentaes e de outras três com figurinhas de santos. Tudo isto é gravado a bufil 
cm madeira. 
Segunda e mui preciosa edição deste Breviarium Bracharetisc. Os exemplares são da 
MAIOR RARIDADE ; nem nos consta que algum outro tenha aparecido no merca<Jo 
desde ha muitos anos a esta parte. 

O nosso exemplar tem as fi. 230 e 266 imitadas á pena, e algumas outras com a mar- 
gem lateral de fora mais curta que as das restante? folhas. 

A edição primitiva do Breviaríam Brackarerise é considerada a primeira produção dos 
prelos de Braga. Consta de um volume in-folio, e o registo do logar e data da 

impressão reza assim :- ifiniircrfiim iii augiiftn bmcljortiin ritjitntí, per 
lonititím ©Ijerlinr nlemnitiim mnio... petflíCIffiJEffigíy (1494). 

475-BREVIS ET 1! COxMPRNDlOSA NAU-!! RATId MISSIONVM OVA- !' FiVN- 
DAM OHIRNTÍS et [i OCCIDENTIS. ij Excerpta px quibuldam litleris a Pl>. 
Petro II Martinez Prouinciali Indiae Orientalis, P. || loanne dé Acien/.a Pio- 
uinciali Peruana, ^ P. Petro Diaz Prouinoial .MexicaniH^Pro- IJ uinciaruin, 
datis anno 1590 ^ 1591. Ad || Reueren. P. Generaletti Socielatis lESV. fl 
Et collecla per P. Gafpanim Spitilli il einídem Societatis. || (Marca emblenm 
da Companhia de Je.sns, tendo no centro an iniciais : I H S) . ANTUER- 



//^^^c 



p " ' 



#5- 



5^^' 



146 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

PIJE. 11 Excudebat Martinus Nutius aã infigne (lua- í rum Cyconiarmn. 
Anno 1593 Iii-S." peq. de 52 pags. B. 

Relação muifissimo interepsaiite e apreciável, pelas curiosas noticias que insere, enviadas 
de varias missões das índias oriental e ocidental, das Américas, etc. Na pag. 25: 

• EXCERPTA EXllQUANDAM EPISTOLA P.'} Alexandri VaUgnaiw Ad R. P, Re- 
ctoré Ma- ]] nila iii PhilippUis InfuUs 18. Febr. 159h. 

Algumas das noticias que o volume insere são extraídas de cartas enviadas por mis- 
sionários portugueses. - RARÍSSIMO. 

476-BREVIS H lAPONIAE || INSVLAE DESCRI- 11 PTIO, AC HERVM ' QVA- 
BANQAM IN EA MIRA- 1| bilium, ii Patribiis Societatis Ie- it sv nuper geí- 
tarum, liic- |1 cincta narratio. || ITEM, INSIGNE QVODDAM MAR- \\ ty- 
rium, quod in Aphiira quidaiii pro Chriflia- 1| nn religione Catholica 
inuicla II conftantia lubjit. || ifnteressante marca do impressor— gravada 
em madeira. Tem a divisa: VTILIA SEMPER NOVASAEPIVS PROFEROi. 
II COLONIAE AGRIPPINAE, í In Officina Birckhnamiica. || ANNO cio. 
lo.LXXXII. II Cum Priuikgio Sncr. Cce/arece Maiestati/i- In-8.° peq. de 
III folhus (prels.) inurns. e 40 riiinis. na frente R. 

A l.a folha prel. é a do rosto (verso em branco) ; e nas li e III vem uma espécie de proe- 
mio: LECTORI SALVTEMW IN DOMINO. Nas folhas nums. o seguinte texto: 
■ EPISTOLA REVERENDl IN || CHRISTO PATRIS LODO- H uici Froes ex-Iapona 
insula de rebus ia ca geftis, ad Patris Societatis lefu-lj Octaue Id. lunij. cl). I). || 
LXXVII. trans. f scnpta.> (datada c subscrita : E Boiígo. oct. Id. lun. ]\ 1577. || Ex 
mandato Reuerend. Patris 1| Prancifco Cabralis feruus o-||mnium, Lodouicus troes.); 

• EPIST. LODOVICI FROES 1| EIVSDEM PATRIS || LVDOVICl FROES» ; APOQRA- 
PHVM CV-illVSDAM EPISTOLAE PA- |i TRIS ORQANTINI DATAE EXHlapona. 
ad Vifitatorem índia- 11 rum, vig-efima Septemb. || cl). I). LXXVII.» (datada no fim : 
Meaco Diui Mathcc feito. . 7577. .) ; . APOGRAPHVM EPI- || STOLAE PATRIS 
lOAN- II NIS PRANCISCI STEPHANO- ii ni. date ex Meaco ad Patre em Vifi- tato- 
rem, Menfe Au- [I gufto. 1577,. ; .APOGRAPHVM EPI- ;! STOLAE PATRIS FRAN- 

li CISCI CABRALIS AD REVÊ- |I rendum Patrem Qeneralem Co- H cinecui, Calen. Se- 
ptemb. ' cl). I). LXXVlL.-cEXEMPLVM EPI- "STOLAE P. FRANCISCl |1 DE CAS- 
TRO SACERDOTIS SO- , cietatis lefu, ad P. Laur^ntium Xará il ex Hilpanica lingua 
in Lati-l|nam conuersae.- 
Volumesinho assas interessante e a apreciável. Raríssimo. 

477— Briot (M. C.) — Leçons nouvelies d'Arithmétique, par,.. Paris: Dela- 
grave et C», 18bV. In-8.° de IV-364 pags. E. 

Brito Botelho {Benwnlo (íe) ^ Ilislori:i lireve de Coimbra. ..— Veja-se : 
Leoni {Francisco EvnriHio). 

i78— Brito (,Fr. Bernardo rfe)— Eliigios históricos das vidus dos .sereiíissiiiios 
(^ senhores líeys de Porttigol, escritos por. . . Agora novamente addiciona- 

dos Pelo í'. D. Joseph Bariosa... IJshoa. Na Offíc. de ManoH António Mon- 
teiro. M. DCC. LXl... In-8.0 peq. de VIII 25.3 pags. E. 



O 



f55<í^" 



479 PRIMEYRA PARTE ,; IIA CIIROMCA DE || CISTER, OXDE SE 

CONTAM II AS CUVSaS PRINCIPAIS DESTA RELIUIAM ,1 com muitas anti- 
guidades, afsi do Reyno de Portugal como || de outras miiytas da Criftan- 
dade. || Composta por Frey Rernardo de Brito Religiofo, & Chronifta 1| geral 
da própria Ordem. || (Logar de grande escudo daiinas do reino, aberto om 
madeira) || Com licença da Saneia Inquisição &• previlegio Real || EM 



AZEVEDO -SAMODÃES 147 



48'2-BrHo Alão (Ifanoeíde) — ANTIGVlbADK IJA SAGRADA IMAGKM DK 
NOSSA S. DE NAZARETII, grandezas de sen sitio, CasM, & jiirisdiçriu Real, 
sila junto á Villa da Pedeineira. A EL liEY NOSSO SENHOR SEV iiiime- 
diato Protector. TOR MANOEL DE BRITO ALÃO Administrador que foy 
da dilla Casa, Abbade de S. Io lõ de Campos, Bacllarel eia Cânones, & na- 
tural da ditta Villa, {Vinheta com a imagem da santa, tendo por bauu: 
Mater Dei, Mater misericórdia'). Com licema da S, Inquisição, Ordiná- 
rio, & Taco. Em Lisboa, por Pedro Crasbeeck Impressor dei /íe;/. .-1». 
162S. ln-4.0 de VI ft'. prels. s. n. e 126 inums. na frente. E. 



^1^7°^ 



LISBOA, l Ánno di-JiJõi'. In-fol. peq. de V. fT. (prels.) inunis. e 494 niirns. 
na frente. E. 

As V folhas prels. compreendem : froiit. ; Aprovações e Licenças. : Dedicatória ; A VIR- 
GEM MARIA...: e outra .iO REVER."" PADRE GERAL, E AOS MAIS H Abbadcs 
<C Religiosos da Ordem fie Cister ti Congregação de SarrtaW MARÍA de Alcobafa... 
(datada e subscrita no lini ; De Coimbra, C- Mayo 23. \\ Frey Bernardo de Brito) : 
PROLOGO DO AVTHOR AOS\ LEITORES, E QVE SE DA HVA SVMMA- ; RIA 
relação das coufas, que fe íiatão nefta primeira parte da \\ Chronica da Ordem 
de Cister. DECLARAC.AM ACERCA DA DESCEN-\\dencia de nosso Pa(tre S. 
Bento conforme a mellior opi \ nião, d mais recebida ; PROTESTAC,AM EM QUE 
O li . Autor declara feu intento, datada de 23 de laneiro de 1602.; e Erratas. 

De folha 480 em diante decorre a TABOADA.-O texto das folhas prels. é disposto a 
uma coluna por pagina, e o do restante do volume a duas. - Exemplar com o fron- 
tispício em imitação do original feita á pena, e a l.a folha prel. concertada e falta 
de algumas letras. Muito apreciada. Primeira edição. RARA. 

A ineBiiia ohru : — Ibi. Sa OI]ic de fascoal da Sylca. M. DCCXX. 

In-fol, de NII fl'. prels. s. n. e 1)42-11 pogs. imms. E. 

Além do descripto, o vol. teui ainda uma bela portada grav. a buril quasi egual á da 
l.a edição, c o retrato do auctor. BELO EXEMPLAR. 

480— Brito {Frey Frduci.^^co ili') — .\ Advogad:i dos impossiveis a Remavenln- > . 

rada Santa Rita de Casia, Donzela, Ca.sada, Yinva, Religiosa, & Dt-funta, O^ uIÇf^iQ 

Ereyra professa no Convénio de Santa Maria Magd.ilena de Casia da Ordem ""^^ 
Eremitica de Santo Angustino. Pireve noticia da sua vida, dos seus nrila- 
gres, do seu sepulciíro, d.i sua Novena. .. Escrita por. . L'sboa Oriental. 
Na Ofpc. de Filippe de Sousa Villela. Aniw de 1726. In-S." peq. de VIH- 
254 pags. E. 

'i81 -Brito (P. João)— CO.MPE.NDlt) Das Ceremonias QVE SE DEVEM OBSER- 
VAR NA MISSA REZADA, Conforme o Missal Romano, nltiniamente lefor- //)^ S~^ 
mado pella Santidade lio Papa Urbano VIII. OFFERECIIX» Ao... Senhor /O' 
DOM LVIS DE SOVSA, BISPO DE LAMEGO... PELLO PADRE lOAM DE 

BIUTO. LISBO.\. Com todas as licenças necessárias. Xa 0/ficin" ile 

Domingos Carneiro, Impressor das três Ordi/iis Militares. Jnno WTI. 
In-t.° de XXIV pags. (prels.) inums., 243 nuins., uma em branco, e mais 
XII inums., finais, de ÍNDICE., . E. 

As XXIV pags. prels. compreendem: frontispício: LICENC,AS; ERRATAS; .\LVARA ; 
Dedicatória AO... senhor D. LVIS DE SOVSA : Preambulo, ou exortação ,4 OS 5/1- 
CERDOTES que l;rem este tratado ; e PRELUDIO DE ALOVMAS ADVERTÊN- 
CIAS necessárias. . . 

Bom exemplar. Muito raro. 




O"^ 



146 CATÁLOGO DA LIVRARIA 





As VI ff. prels. inums. são para : ante-rosto alegórico e gravado, o qual representa o mi- 
lagre da santa, que salva de morte desastrosa a D. Puas Roupinho ; frontispí- 
cio, que tem no verso as Licenças; e Dedicatória A EL REV N. S. 

O ánte-rosto está ligeiramente defeituoso; no mais bom exemplar. Apreciada e MVnO 
RARA. 

Q C' 483 -A mesma obra : — Lisboa. Na Offie. de Joam Galram. M. DC. 

LXXXIV. In-4.0 de VI-227-I pags. E. 

Ediçiio também ilustrada com uma estampa reproduzindo o milagre efectuado pela santu. 
-RARA. 

484-Brito Freire {Francisco rfe"; — NOVA || LUSITÂNIA J HISTORIA DA 1 
GUERRA II basílica || A || PURÍSSIMA \\ ALMA II E i| SAVDOSA MEMORIA 
II DO SERENÍSSIMO PRÍNCIPE || DOM THEODOSIO |i PRÍNCIPE DE POR- 
TUdAL, 11 E II PRÍNCIPE DO BRASIL. || POR |1 FRANCISCO DE BRITO 

FREYRE. i: DÉCADA PRIMEIRA |; || LISBOA || NA OFFICINA DE 

JOAM GALRAM l Amto 1675. In-fol. de um artístico e aparatoso ante- 
rosto alegórico; VIII IT. (prels.) inums., 460 nums. na frente e mais XX 
Inum , finais. 

As VIU folhas prels. que se seguem á portada inserem; titulo (frente da íl. I-o verso 
está em branco); Dedicatória: «A PVRISSIMA ALMA, || E SAVDOSA 1V1E1W0RIA,|| 
DO sereníssimo príncipe II d. THEODOSIO PRÍNCIPE DO BRASIL., (su- 
bscrita: Franclfco de Brito Freyre) (II e III); um Soneto e uma quadra: « A || 
MORTE DO SERENÍSSIMO II PRÍNCIPE II D. THEODOSIO.» (frente da H. IV); 
outro Soneto: -< AO |1 SENTIMENTO D'ELREV|lD. JOÃO O IV || LENDO O SO- 
NETO 11 ANTECEDENTE... (verso da mesma H. IV) ; novo Soneto : «NO DIA ANNl- 
VERSARIOilA MORTE DO PRÍNCIPE D. THEODOSIO. || CONSIDERA AS SAU- 
DADES, |1 que eternifa de fi, nas memorias de Todos...» (frente da V-o verso está 
em branco); Prologo 'AO LEITOR. (VI); «ADVERTÊNCIA., (frente da VII) ; e 
.LICENC,AS. • (verso da mesma VJI e frente da VIII -o verso desta está em 
branco). 

Nas 460 pags. nums. o te-xto da obra propriamente dito, que é dividido em X Livros; 
e nas XX ff. inums. finais, o .ÍNDICE || DAS COUSAS MAIS NOTÁVEIS, QUt 
II fe contem na Hiftoria da Querra Brafilica.» 

A todo èfte texto da «Historta da Guerra Brasílica», segue-se, com frontispício próprio, 
em que se lêem os seguintes textuaes dizeres : 

VIAGE 1! DA ARMADA H DA COMPANHIA DO I CO.MMERIO, E 

FROTAS II DO ESTADO DO BRASIL. i| A CARGO DO GENERAL |1 FRAN- 
CISCO DE BRITO FREYRE || (Escudo d'arnias reais portuguesas, ladeado 
por duas peqs. figuras empunhando cada uma um pendão da Ordem de 
Cristo) II IMPHESSA j! POH MANDADO DE \\ EL REY \\ NOSSO || SE- 
NHOR. II Anuo 166Ò. In-fol. de IV iT. (piels.) inums. e 64 pags. nums.— 
Aá duas obras em mn volume. E. 

Na frente (verso em branco) da folha I prel. o titulo transcrito acima; na fren*e (verso 
em branco) da 11, um Proemio: «O IMPRESSOR 11 AOS QUE LEREM.. ; na frente 
(verso era branco) da lII, o: «DECRETO il DE SUA MAOESTADE.» (datado e su- 
bscrito: .Lisboa em 13. || de Abril de 1657. || RAVNHA.. ; e na IV, a Dedicatória: 
A EL-REV II NOSSO O SENHOR., (subscrita ; ■^Francifco de Brito Freyre." 

A ultima folha do volume traz somente, na frente (o verso acha-se em branco), uma 
gravura com a figura da Fama empunhando a respetiva trombeta e tendo no centro 
o escudo d'armas reais portuguezas. 

O artístico e vistoso ante-rosto que o volume apresenta, que é primorosamente aberto a 
buril em chapa de metal, tem no alto, por sobre um meio globo terrestre figurando 
8 resiio abrangida pela America, o escudo d'armas reais de Portugal Udeadc por 



AZEVEDO -SAMODAES 



149 



duas arvores frutíferas; no centro o titulo; .NOVA LUSITÂNIA ;: HISTORIAI] DA 
OVERRA BRASÍLICA |: Escrita |i Por Francisco de Brito Freiíe.», e na parte inferior 
uma náo ou galião navegando a todo o pano ; etc. 

Obra clássica e de grande merecimento para a historia dos sucessos que descreve. For- 
mosa edição c primorosamente executada. Todas as pags. são embelezadas com doic 
filetes paralelamente dispostos, e o texto com numerosas letras iniciaes, de interes- 
santes desenhos de lantasia, abertas em madeira. 

Apreciadissima. Multo rara. Belo exemplar. 

4R5— 8rot«ro (/l«í/eío)— Storia dei Parlamento Subalpino inizialore deiruníU / O In '^ ^ 
italiana, dellata da... per mandato di Sua MaestS il Re d'Italia. Milano. 
Batlessati e ۥ 1868-69. In-*." gr., 6 vols. E. 
Belo exemplar ; bem encadernado. 

486— Brognol! (R. P. F. 6a«dírfí> — Alexicacon hoc esl De MaieflciLs, ac Mor- /Jf- ^ o 

bis Maleficis cognoscondia. Opus iam exorcistis, quam medicis, ac Theo /-t? 

logis. .. Venetiis, MBCCXIV. Apiid Nicolamn Peseana,., In-*.", 2 tomos 
de XL-478 e XVI-246 pags., em um vol. E. 

O titulo do tomo I é impresso, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. 
Exemplar com boa ene. antiga, e tendo esta as pastas ornadas de cercaduras impresa? 
a frio. 



i87— Bruckerius i^Jocoôm*;;— Historia critica philosophiae a mvndi incvnabv- 
lis ad nostram vsqve aelatem dedvcta. (Logar de vinheta alegórica, aberta 
a buril em chapa de cobre). Editio secvnda. Volvmine VI. Accessionvm et 
svplementorvm auctior. Lipsiae, Impetisis Haered. Weidemanni et Reichii. 
MDGCLXVII. In 4o, 6 vols. E. 

O tomo 2.0 abrange : <Ab initiis Monarchiae romanie ad repvrgatas vsqve Hteras.» ; « 
3.0: «A Christe nate ad repvrgatas vsqve literas.» ; o 4.o: cA (empore resvscitata- 
rvm in Occidente litervm.» ; o 5.o: <A tempore... Ad nostra têmpora.»; e o 6.»t 
«Appendix, Accessiones, observationes, illvstriones atqve svpplementa exhibcos.» 

Obra importante e estimada. Bom exemplar. - Rara. 

Brugnole Sala (D. Anton /u2co)— Maria Magdalena. . . — Veja-se : Lopes Ca- 
bral (Fr, António}. 

488— Brunot (JacgMes-Cfeoííes)- MANUEL DU LIBHAIRE ET DE L'AMATEUR 
DE LIVRES. GONTENANT; l.o UN NOUVEAU DIGTIONNAIRE BIBLIO- 
GRAPHIQUE . . 2.0 UNE TABLE EN FORME DE GATALOGUE RAISON- 
NÉ... PAR... CINQUIÊME ÉDITION ORIGINALE ENTIÉREMENT RE- 
FONDUE ET AUGMENTÉE D'UN TIERS PAR L'AUTEUR... PARIS: LI- 
BRAIBIE DE FIRMIN DIDOT, FILS ETCi*... 1860-65.-^0 verso dos 
ante-rostos:— Paris— Tj/p. de Firmin Didot frères, fils et C.'... In-8.* 
gr., 6 tomos (com 2 partes cada). E. 

...SUPPLBMBNT. GONTENANT. l.o UN GOMPLÉMENT DU Dl- 

CTIONNAIRE BIBLIOGRAPHIQUE DE M. .I.-CH. BRUNEI... 2.» LA TA- 
BLE ALPHABÈTIQUE DES ARTICLES Au norabre d'environ 10.000, dé- 
crits au précédent supplément. PAR MM. P. DESGHAMPS ET G. BRU- 
NET,.. PAHIS. LIBRAIRIE DE FIRMIN-DIDOT ET C«... 1878-80. 
In-8.0 gr., 2 vols. E.— .4o todo 8 vols. E. 

Trabalho bibliográfico importantíssimo e de subido merecimento e apreço ; ilnlco que, aa 
género, »té boje se tem escrito e publicado em todo mundo; auxiliar indispensa- 



^/ 



V-co 



l50 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



* 



A 



/4^ 



^r^' 



f2S 



vel a qualquer livreiro ou bibliolilo, por mais modesto que o primeiro seja em seus 
negócios e o segundo em suas colecções bibliográficas. Ultima e mui bela edição ; 
nitidamente impressa e ilustrada com centenas de 'fac-similesí de marcas de edi- 
tores e de impressores que mais se teem distinguido desde o século XV até nossos 
dias. 
Excelente exemplar e optimamente encadernado (inteiras de carneira). -RARO. 

.489— Bruyère (Pom/)— Cliansons de guerre, par.,. Paris: OUendorff . . , 1SS2. 
9 ln-8.0 de IV-181 pags. E. 

49(1- Buchon (J. A.} — La Gfí-ce conlinentalo et le Morée Voyage, séjetir et 
íj^ ^ étude.s historiques en 1840 et 1841, par. . . Paris. Gosselin, MDCCCXLIII. 

ln-8." de YIII-567-I pags. E. 

4ít| — Buflon (toíirfe f/e) — .(^s épocas da natureza. Obra do Conde de BulTon, 
Q O Iresladadas em linguagem porlugueza, por João António do.s Santos. Lis- 

boa. Imp. de Cândido António da Silva Carvalho, 1837. In 8.° de XIII. 
158-X pag.s. E. 

4í)2 -Bui (floger)— Grobianus ; or, llie Complet Booliy. An Ironical Poeiíi. In 
Three Books. Done into Englise. from lhe Original Latin of Friderick De- 
deklndus. By. .. London: Printed for T. Cooper. Mdccxxxix. In-R," de 
XVI-276-XII pags. E. 

Estimado. Bela edição. RARA. Bom exemplar. 

Bulhões (Z>. Fr. Miguel de)— Sermão do Auto da Fé. . em Lislioa. . . 
1746. — Veja-se : Atitos de Fé {Sermõe.s de). 

/.93-BVLLA il DO SANCTISSIMO NOS- 1| SO SENHOR HO SENHOR || PIO POR 
^J qÒ a divina PROVI- II DENTIA, PAPA V. || % Da exlenfam de lodos o.s priui- 
^ legios ás ordès dos \\ Mendicantes per lua Sanctidade cõcedidos. como 

rio II ua concefsão delles á Coiigiegayão de Saneia Cruz || de Coimbra, da 
ordem de S. Augufiinlio dos || Cónegos Regulares, & a outras ordés || & 
Congiegações nella no- 1| meadas. || •] Cô certas declarações, decretos &, 
prohibiçOes do || S. Padre Papa Pio V. Nosso Senhor. |1 De .Motu Próprio. !| 
(Peq. vinheta com a im.ngem de Cristo e de um santo). EM COlMBfíA i 
Km caía de loào de Barreyra || Anno. X^HS {sic). In-8.° peq. de XXIV II.- • 
inums. E. 

Na face da II. Xl.X começa; - BVLLA DE NOSSO MVy[\ Sãcto padre Pio V. fabre a 
pro- II hibição de correr touros & outras uli- 1| marias, & aiinulla^am dos votos \\ Cr ju- 
ramentos feytos pollo te- 1| po Sobre isto mesmo. » 

Muito interessante e apreciável. RARÍSSIMA. Belo exemplar. 

494— Bulia do Santíssimo Padre Leão Xlll. contra os pedreiros livres. Man- 
dada publicar pela .. senhor.i Dona Carlota Joaquina de Bourbon. Lisboa: 
.Va Regia Typ. Siluiana, Anno 1828. . . ln-4." de 55 prags. E. 

Encadernada juntamente : BULLA de sua Santidade contra a Associação chamada dos 
Carbonários. Porto: Anno de IS21. Na Typ. d Praça de S. Teresa N." 13., in-4.i> 
de 11 pags. inums. 

Lindo exemplar : dourado por folhas e com bonita encadernação inteira de marroquim 
azul, com cercaduras a oiro nas pastas. 

495— Bullet (M.)— Histoire de rélablissement du Christi.inisine, tirce desseuls 
aiiteurs juifs et payens, Oú Ton trotive une prouve solide de la vérité de 



V 



èi^s- 



AZEVEDO -SAMODÁES 151 



O O 



—O 



cette Religion. Par. . . A Besançon, Ches Fantet te Caâet... M.DCC.LXIV. 
Ini." gr. cie V1II-324-I pags. E. 

496— Burette (T/íéoftose)— Histoiíe de Kiance depuisrÉtablissement desfrancs /í^^2^ 
dans la Gaule jusqiien 18.30. par.. Bruxelles. Société Belge de Lihrairie, ^ 

Hauman et C.«, 1842. !p.-8.o gr., 2 vols. 1V-6-29-I e IV-t)48 pags. E. 

Edition enrichie de 500 dessins par Jules David, graves par V. Chevin. 

Burgos (f. Janvier de) — Vejase: Horatius Fluccus (Quintus) — Las poe- 
sias de. . . 

497— Burio (GwiíieZmo)— Romanorum Pontificum Brevis notitia Ritus Eccle- ^5 -^ 

siasticos a sirigiilis institutos praecipue declarans. Accedit onmaslicon. .. ^ 

Patavi, MUCCXXVI. Ex Typ. Seminarii. Apud Joannem Manfré. In-lS." 
de XXIV-608-XX1V pags. E. 

Ilustrada com uma gravura alegórica. ' 

498-Burmannu3 (Gaspacifs)— Hadrianus Vil. Sive Analecla liistorica de Ha- / ^ O 
driano sexto Trajectino, papa romano. Collegit, edidit. et notas adjecit... 
(Vinheta alegórica, primorosamente gravada a buril : 3. Goerec in. et fet.). 
Apud Jacobnni á Poolsum, MDCCXXVIT. In-i." gr. de XLVI-.541-I pags. e 
nma folha desdolnavel. E. 

Obra estimada. Enriquecida com uma bela gravura de ante-rosto (com o retr. do Papa 
Hadriano VI no centro), aberta a buril e assinada : / Wandelaar inv. et/ecit; outra 
(de formato superior ao do livro) contendo o retr. do mesmo Pontífice (J. Wande- 
laar delineavit)., e uma terceira reproduzindo o monumento tumular do Hadriano 
VI. As duas ultimas gravuras são em ff. desdobráveis. 

499-Burnouf (Émííe)— La science des religions, par... Paris Maisonnenve /^^ 

H C.'«, MDCCCLXXII. In-8.° de IV-lX-á60-I pags. E. ' 






o o 



500— Bussierre (Jli. T/í. de)— Histoire du schisme porlugais dans les Indes, 
par M. le vicointe.. . Paris: Lecoffre... Í8!j4. In-S." de 363 pags. E. 

Bustamante {Jorge de) — Ivstino clarissimo . .. — Veja-se : Justinus. 

501— Butlor (M.)— Hudihras. Poenie ecril dans le tenis des Troubles d'Angle- 
terre ; et traduit en vers françois, avec des Remarque des ^ Figu- 
res. A Londres. M. DOC. LVII. In-Í2.", 3 vols. de XIV-365-I, IV-480 e 
IV-365-I pags. E. 

As XIV pags. prels. do vol. I compreendem; antc-rosto, frontispício; «Avertissement 
du Libraire ; «Préface du traducteur» ; 6 «Vie de M. Butler, auteur d'Hudibras.» 
As figuras são abertas a buril e impressas em separado. 

502— Buxtorfios {.Johannis) — Thesaurus granimaticus linguae sanctae hebrae, Áto c? 

Duobos libris niethodicé propoitus, Quorum Prior, Vocum singularum na- / / 

t.uram & proprietates : Alter vocum conjunctarum rationem & elegantiam 
universam, accuratissima explicai: Adjecta, Prosódia métrica, sive Poe- 
seos HebríBorum dilucida tractatio .. Edilio sexta. Recognita à Johannes 
Buxtorfio, Filio. Basilece, Imp. Johannis Btixtorji. . . M. DC. LXIII, In-8." 
de XVI-669-LXVll pags. E. (perg.) 

Estimada. Bom exemplar. 



I5â CATÁLOGO DA LIVRARIA 



A mesma obra: tiÃSlLEJE, i Typífi d- Sumptibiis Joh. Ltidovici 







Coning... M. DC. LXXXIX. In-S." de NVI-976-LXX pags. E. (perg.). 

503 — Byron (iord)— CEuvres completes de... Tradiiclion de M. Aniédée Pi- 
J^O ohot. Onzième édition, accompogn(''e de note.s hisloiiiiues et iittéraircs. 

Paris : hurne et C. '«, M.DOCC.XLII. In-S." gr. de IV-820 pags. E. 

Edição ilustrada com o retr. de Lord Byron (gravura a buril, impressa em separado). 



ôí 



'104- Caballero (Ftrna)ií—C\onnncÀii. novela de costumbres, i)or... Madrid: 
^ C ÍS62. &<. Tl/), de /^onF. rfeP. Meiíarfo... In-8.<>de XL-246pags. E. 

?iO.'j Cosa campHda.. . solo en la otra vida. Diálogos enire la juventude 

e la edad madura, por... Madrid : 186?. Est. Tip. de Mellado... In-8.o 
de XXN 11-248 pags. E. 



3'o 



^ .^''(i Cnadros de costumbres, por. . . Madrid : 1862. Kstabl. Tip. de MeJ- 

"^ih ^''^ ^ndo. In-8.», 2 tomos de XIX-164 e 247 pags., em um vol. E. 

507^ Dendas pagadas. Cuadro de costumbres populares de actualidad. 

(-■ ^ escrito para su .amigo y favorecedor El. Excmo. sr. I). António deLalour, 

por. . . 1863. Impr. dei Establ. de Mellado.. . Madrid. In-S." de XXXVH- 
IlinJS pags. E. 

No mesmo lote as seguintes obras do autor : Relaciones, por. . . Compreende este tomo : 

La estrella vandalia. -! Pobre Dolores! Madrid: 1S63. In-8.o de XXVII-272 pags.- 

Un servilon y un liberalito, õ três almas de Dios : Novella por... 1863: Mellado 

Madrid. In-8.o de XVIlI-247 pags.- í/na en otra, Novela de costumbres, por.,. 

Madrid: 1861. Mellado. In-8.o de XX-264 pags. 



<// 



5/e 



/ 



.nnS-Cabral (.4n<onio)— RELAZIONE i DELLA VITA, E MAIÍTIRIO || DEL VE- 
C^ <^ , NERABIL PADRE |1 lUNAZlO DE AZEVEDO || Uccifo dagli Eretici con altri 

trentanove |! DELLA COMPAGNIA DE GIESL", Cavata da' Procefll autentici 
formati per la loro Canonizzazione || DEDICATA |1 Alla Sacra Real, 
Maest.\ II Dl II D. GiOVANNl V. [1 HE Dl PORTOGALl.O. |1 (Vinheta orna- 
mental, aberta em chapa de metal) || In RonA.nella Stamperie di António 

de' Roffi. 174S. \\ j! CON LICEXZA DE' SUPERIORl. In-i." de 

XXVII pags. (prels). inums. e 202 nums. E. (perg.) 

As XXVll pags. prels. compreendem : ante-rosto e frontispício (1 a IV); Dedicatória, com 
a epigrafe: «SACRA REAL MAESTA», (datada no fim : «Roma 30. Marzo 1743. || Umi- 
lissimo, Divotissimo, Ossequiosissimo Servitore e Suddito || /1«/o«í» Cat'al delia 
Compagrtia di Gcsu. ) (V a Xill); .PROTESTA DELL'AUTORE. (XIV) ; Licenças. 
(XV e XVI); «ÍNDICE |1 DE' CAPI |1 tole Che si contengono nel presente Libroi (XVII 
a XX); e -INTRODUZIONE. (XXI a XXVU). 

Obra importante para a historia das missões no Brasil. Formosa edição, adornada com 
lindas letras iniciaes íiguradae, cabeções e tiorões decorativos, tudo primorosamente 
aberto a buril em chapas de cobre. 

O titulo é impresso, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. O cabeçiio que encima a 
dedicatória tem no centro o escudo d'armas reais portuguesas (Petrosclii se). 

Além do mencionado, o volume tem também uma bela gravura alegórica, aberta a buril 
em chapa de cobre (francifcus Spier irw. et fciitp. Roma Siip. permt.), a qual con- 



AZEVEDO -SAMODÃES 153 



tem [diversos retrs. de religiosos (entre eles o do P. Ignaciode Azevedo), varias 
imagens de anjos, ele. 
Estimada. MUITO RARA. Belo exemplar. 

509- Cabral (P. Jocge)— KRLACAM li GERAL !1 DAS FESTAS QYE, FEZ |] a Re- 
ligiaõ (ia Companhia de lefiis nu |i Proiiincia de Portug.il, na canonizaçari 
II dos gloriofos Saneio Ignacio Je Lo- 11 yolu íeu fundador, & S. Francif- 1| co 
Xaiiier Apoltolo da li índia Oriental. i| No anno de 1622. \\ (Marca da rwmpa- 
nhia de Jesus, tendo no centro as iniciais : 1 H S)\\ Com licença da jan- 
ela Inque/içaõ, Ordinário. ^ Paço. \\ || EM LISBOA || Por Pedro 

Craesbeeck IniprelTor dei Rey, anno 1623.— In-4.'' de IV fl'. (prels.) inums., 
223 nums. na frente e mais uma iniini., final. E. 

As IV folhas prelf. compreendem: frontispício (1-verso da fl. em branco); • LICENÇAS» 
(3: a 1." datada e subscrita : «Lisboa nefta Cafa de S. Roque da Cõ- II panhia de lESV. 
15. de laneiro de 623. || D. Jorge Cabrah (o autor?) (11) ; «PROLOGO» (III e frente 
da IV); e ERRATAS» (verso da mesma H. IV). 

É relação de muito interesse e curiosidade a vários respeitos. Nela são descritas as Fes- 
tas realizadas em Lisboa (folha 1 a 50), Coimbra (51 a 74), Évora (74-bis a 103), 
Braga (104 a 137), Bragança (138 a 146), Villa Viçosa (147 a 155), Porto (155 (aliás 
156) a 187), Ilha da Madeira (188 a 206), Portalegre (207 a 209), S. Fins (210 a 211) e 
Ilha Terceira (212 a 223). 

A folha final inum. contem apenas, na frente, uma artística vinheta aberta em madeira, a 
qual tem no centro as iniciaes emblemáticas da Companhia de Jesus : l H S. Esta 
vinheta acha-se também impressa no verso das folhas 145 e 155. 

A obra foi publicada anónima; porem Barbosa Machado, no tomo 2. o da sua Bibl. Lus., 
a atribue ao autor cujo apelido serve de epigrafe ao presente artigo. — Clássica. 
Muito estimada. Bom exemplar. Bastante rara. 

MO— Cabral de Vasconcellos (/'ajtímo — Abbade de .lazente) — Poesias de... 
Porto: Na Offic. de Alvares Hiheiro. Anno de t786. In-8.", 2 tomos de IV- 
245 e 330-VI pags. E. 

Estimadas. Pouco vulgai'. 

Cabreira (Josc')— Navfragio da nao N. Senhora de Belém. , . 1633.— Veja-se : 
l'onte.<i de Brito (Bernardo). 

611— Cabrera de Córdoba {D. Luis) — Relaciones de las sucedidas en la corte 
de Espana, desde 1595i hasta 1614. Obra escrita por... Madrid: Impr. de 
J. Martins Alegria... 18õ7. ln-8." de IVX-655 pags. E. 

É obra importante e muito considerada. Excelente edição. 

Cacegas {Fr. Luis de)— Veja-se : Sonsa {Fr. Luis de). 

Cáceres e Faria (Leandro Dorea) -Veja-se : CORRÊA BK LACKfíDA 
(í). Fernando). 

Cadamosto (Lnis de) — Navega(2ões de. . . — Veja-se : Collecção de noti- 
cias ... 

•^'12— Caesaris {C. ./ií?(it,s)— Commentariorum de Bello Gallico, Libri sepleni. 
Paris. Typis Josephi Barbou... M DOC LV. In-S." pec]., 2 tomos d ts 
II-XXV1I-.S60 e 11-455 pags. E. 

Bonita edição Barbou, adornada com uma en-tête, uma gravura alegórica de ante-roito 
(B. Picart tnv.-A. Duelos scníp.), e com 2 mapas impressos em grandes folhas des- 
dobráveis. 



Vfo/ 



o o 



^^ 



o o 



0^s- 



Cj 



154 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



u 



513 — Caetano (José) — Alvarisla defendido, Dialogu entre Lucas e Pascoal 
^ cegos : No qual com innegaveis Antipophoias se convencem as presun- 

^ cosas, mas fúteis llypophoras, com que se queria diminuirá famaaodou- 

lissimo Padre Manoel Alvares. . . Negando á sua Arte a prim.izia entre to- 
das, as que se achaõ impressas, para se aprender a Grammatica Latina. 
Author... Lisboa, Na Oflic. de Domingos íioihigues. Anno 1757... In-4.'' 
de VIII 28pags. B. 



ò'4^ 



4^ 



IH 



514 Memorias da vida, e virtudes da serva de Deos Soror Maria Joannn 

P Religiosa do Convento do Santíssimo Sacramento do Louriçal da primeira 

Kegra de S. Francisco. . . Usina. I\'a Offic. de Miguel fíodrigues. íidcclxu 
In-4.» XXXVI-233 pag. K. 

515— Caetano de Lima (D. Iaiís) — Grammatica italiana, e Arto para aprender 
C? a Lingua Italiana por meyo da Lingua Portugueza. . . Por... Lisboa: 

M.DCC.LVL Na Ofíic. de Joseph da Costa Coimbra... In-4.o de XII-418 
pags. E. 

Belo exemplar. Rara. 

516-Caetano do Amaral (/Ihíomio)— Vida, e opúsculos de S. Martinho Braca- 

^"0 rense. Impressos, pela primeira vez, neste reino : por cuidado, e ordem 

do .. Seniior D. Fr. Caetano Brandão. . . Ajuntão-se no fim da Vida do 

Santo algumas Notas. . . Lisboa : Na Typ. da Academia Real das Scien- 

cias. 1803... In-fol. de 1V-285-II pags, 

CoUecção de Cânones, ordenada por S. Martinho Bracarense. Com 

a versão em portugue/, ; notas a letra do texto de cad.i cânon, e commen- 
tarios sobre a sua matéria publicada por ordem do. . . Senhor D. Fr. Cae- 
tano Brandão. . . Ibi., na mesma typ , 1803. . . In-fol. de XLI-424-III pags. 
— //oíe de dois vols. E. 



/^/ 



O O 



i/'/a 



CO 



517 Vida e regras religiosas de S. Frucluoso Bracarense. Impressas pela 

primeira vez neste reino, com traducção em vulgar e notas; de mandado 
do Ex."" e Rev.™" Senhor D. Fr. Caetano Brandão, Arcebispo Primoz de 
Braga. Ajuntão-se por Appendix as Actas do terceiro Concilio Bracarense, 
e Monumentos pertencentes á Vida do Santo e Trasladação de suas Relí- 
quias. lÁsbon. Na Jmp. Regia. Anuo M.DCC.V. In-fol. de X1II-376-I 
pags. E. 

518 -Calado {Fr. Manoel)-0 VALEUOSO 1| LVClDEiXO, || E || ThlVMPHO |1 DA 
IILIBERUADE.il PRIMEIHA PARTE, (única) y COMPOSTA || Pelo Padhk 
Mestbe Fr. Manoel Calado, || Da Ordem de Sam Paulo primeyro Ermi- 
tarn, da Congregagam dos Eremitas || da Serra d'Ofsa, natural de Villa- 
-Vigofa; || DEDICA D. \ i| (Escudo d'armas reais (?) portuguesas) il Ao Exce- 
lentíssimo Senhor || D. TH EODOSIO. || PHINGEPE DESTE HEYNO, E MO- 

NARQVIA II de Portugal |1 H EM LISBOA || Com todas as licenças ne- 

cefsarias. \\ Na Ofticina de DOMINGOS CARNEIRO. .4»». 1668. In-fol. peq. 
de IV pags. (prels.) inums. e 356 nums (estas com duas coluns. de im- 
pressão, cada uma). E. 

Na piimeira pag. prel. o titulo; a II está em branco; na III o «PROLOGO .\0 LEI- 
TOR.. ; e na IV as «LICENC.AS.. 



AZEVEDO -SAMODAES 



155 



Obra importante e de grande interesse para a historia do Brasil durante o segundo 
quartel do século XVII. -A segunda parte não chegou a publicar-se. 

As duas folhas prels. do presente exemplar são as que substituíram as primitivamente 
impressas e que foram arrancadas á maioria dos exemplares depois d'estes haverem 
estado, por ordem da Inquisição, impedidos de circular durante 20 anos após a 
impressão da obra. 

Clássico muito apreciado. Raríssima. 

;";i!t-Calahorra (Fr. Man rfe) -CHRONICA 1| DE LA PROVÍNCIA || DE SYRIA, 
II Y TIERRA SANTA |! DE GERVSALEM. li CONTIENE I.OS PROGRESSOS, 
11 QVE EN ELLA HA HECHO I.A RELIGION !l SERÁFICA. DESDE EL Ano 
1219. II HASTA EL DE 1632. |1 DEDICALA || AL ILVSTRIS.MO y REVEREN- 
DIS.MO SENOR D. FR. |1 lOSEPH XIMENEZ SAMANIEGO, || DEL CONSEjO 
• DE SV MAGESTAD, OBISPU DE PLASENCIA.. . . 1| .. . ! EL P. FR. IVAN 
DE CALAHOHRA. PREDICADOR j Lector General, y Discreto habitual dt; 
Tierra Sanla, Hijo de la || Santa Prouincia de Riirgos. || Aiio (Vinheta tipo- 
gráfica de ornamento) 1684. || CON PRIVILEGIO \\ II EN MADRID: 

. Por Inan Garcia Infançon, In-fol. de XIV ft'. (pieis.) inums., v6;{ pags. 
niiiiis., além de uma em branco e XIV iminis., finais, com a «TABLA DE 
LOS LIBROS, Y || Capítulos de esta Chronica. E. 

As XIV folhas prels. compreendem : titulo (impresso, a linhas alternadas, a preto e a 
vermelho) -Dedicatória AL [LVSTRIS.»'" Y REVERENDIS.-^'" H SEiiOR D. FR. 
lOSEPH XIME.MEZ SAMANIEGO... .-«CfA/Sl^R/l DEL P. FR. ALONSO LO- 
PEZ \\ Magdaleno...-. (muito extensa, pois abrange II pngs.) -< LICENCIA DE 
LA RELia/ON.- ■ CENSVRA DEL REVERENDO P. MAESTRO \\ Manuel Fenmií- 
(lez de Lara... ^-LICENCIA DEL ORDINÁRIO. - .APROBACION DEL RMO. P. 
M. FR. LVIS DE IBARRA...^- •■SVMA DEL PRIVILEGIO^- FEE DE ERRA- 
TAS^-i-TASSA' -<AL BE.VIONO LECTOR -e =PROTESTACION li DEL AVTOR.. 

Obra importante e curiosa. Bela edição. Frontispício adornado de tarja impressa com 
pequenas vinhetas ornamentais, simetricamente dispostas. 

.\ frente da pag. 1 uma grande folha (desdobrável) com uma curiosa planta de tlERV- 
SALEM COMO ESTAVA QVANDO CHRISTO N. S. MVRIO EN ELLA\\CON 
TODOS LOS SANTVARIOS QVE SE CONTIENEN V VISITAN. É aberta a bu- 
ril em chapa de metal, e tem no alto os escudos d'annas da ordem de S. Francisco, 
de Jerusalém e de Fr. Joseph Ximenez Samaniego, bispo de Plasencia. 

Exceptuando o texto das prels., tudo o mais é impresso a duas colns. por pagina. 

.\'o Prologo promete o autor uma Segunda parte da obra, porém não' consta que ela 
chegasse a publicar-se. 

Belo exemplar. MUITO RARA. 

í20- CALENDARIVM J PERPETVVM || TRIGINTA SEX TABVLIS || COMPRE- 
HENSVM BREVIÁRIO || Romano ex Decreto Sacrefancti Concilij || Triden- 
tini li reltitiito. ao PlI.V.Ponl. || Max. iníTu ;edito oum primis vtile & i| ne- 
celTariíim ; in Cít^nobio Régio || Ditii Hieronymi apud Madri- || tium olim 
confeotum & iiii- 1| prefsum : nunc Olyfippo- 1| ne typis multo ele- [| gãtiori- 
bus denuo [j excufnm. j; ADIECTO (JVOQVE AD CALCEM || Libri altere San- 
(;torum Hispanoiuni pecu- liari Calendário. || Apud loannes RifpanicHui 
Biblio- '.I pelam, Anno Lomini ! lõ7S. (No fim o seguinte registo tipográ- 
fico) : — VLYSSIPONE \\ E.rcuãebat loannes Barrerhis. || Anno 1Õ7.1. 
Menie |1 Octohris). In-8.° peq. de 2d6 IT. inums., ou sejam 32 cadernos do 
8 ir. cada um, rubricados : «I. •] ij, •) iij. «I nij a •) •] •], •] •] «1 í;, •] «j «1 iij. 
•i*]*! iiij; A, A ij, A iij, A iUj a. Z, Z ij. Z iij. Z iiij: Aa, Aa ij, Aa iij. 
Aa iiij a Ff, Ff ij: Pf iij, Ff iiij. E. 



/aó-i 



O <^ 




O^ 



156 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



A folha I é para o rosto; na frente da 11 vem uma Aprobação de Dom Afonso de 
Castello-branco (dada : 'Em Eitora a treze de || Feuereyro, de mil Çy- quinhentos ^ 
" setenta ^* tres' : e o podese imprimir de Martim Oonzalues de Caniera e Manoel 
de Coadros; c na III o «PROLOQVS.» 

Livro curioso e estimado. Interessante e mui trabalhosa composição e impressão típo- 
i^áfica. Esta é toda efectuada, a linhas ou palavras alternadas, a preto e a ver- 
melho. -Belo exemplar. MUITO RARO. 

fiãl— Kaiendario manual y Guia tie forasleiosen Madrid. Pura el ano de 1800. 
En la hnprenta Beah In-IS." peq. de 2;20-2l6 pags. li. 

V Quia muito curioso, .adornado com dois frontispícios alegóricos, gravados a buril (R. 

M.-M. S. C); com uma finíssima e primorosa gravura de pag. dupla (Juan Ran- 

/ zll Pintor de Camará lo pinto -Ernando Selma le grabá en Madrid. Afio J7Ç8) 

reproduzindo os bustos dos monarcas hespanhois Carlos II e Maria Luiza, sua 
esposa, e com um mapa de Hespanha e Portugal. 
Linda encaderuação de vitela, com a lombada e as pastas artisticamente ornamentadas a 
ouro, e tendo estas também, no centro, o escudo d'armas reais hespanholas. 



fc^M' 



5i^ 



ti^ 



r o 



loik 



ii" 



iro 



'HP 



522 O mesmo : Para el afio de 1820. En la Imfrenta Real. In-12." peq. de 

Í34-296 pags. E. 

Ilustrado com dois frontispícios gravados a buril (A. Ouerrero-F. SuriaJ e com dois 

mapas de pag. dupla, um dos quais impresso a cores. 
Linda encadernação de marroquim vermelho. 

fít3 O mesmo: Para ol afio de 18.TO. En la Imprenfa Real. In-12.» peq. 

de 234-192 pags. K. 

Adornado de dois froufispicios gravados a buril (assinados: A. Ouerrero-F. Suria), de 
duas lindas e primorosas gravuras (V. Lopes Pintor de Camará lo dib.'-R. Esteves 
Qrab." de Cam." lo Orabó), com os retrs. de Fernando VII de Borbon, Rey de 
Hespanha e de sua esposa Maria Cristina de Borbon. 

Boa encadernação de marroquim vermelho. 

Calendário Romano perpetuo.., Lisboa, Í5S8.— Veja-se : FEO {João Ba- 

ptista). 

.524— Caleplnus— Septe linguarum Galepinus. Hot: est Lexicon latinum, Va- 
O c> riariim linguarum interpretatione adjecta in usum Seminarii Patavini. 

Editio octava retraclatior. Patavii, Typis Seminarii. MDCCL VIU. Apud 
Joannem Manfrè... Infol., 2 vols. de VIIl-464 e lI-48l-'24-86 pags. E. 

Obra estimada. Excelente edição e belo exemplar. 

52n-Callery e Yvan (MM.) — \ insurreição na China desde sua origem até â 
tomada de Nankin : Obra composta em francez por. . . E traduzida em por- 
luguez por José da Fonseca... Paris. Aillaud, Monlon e C... 185S. 
In-S." de X-270 pags. E. 

Ilustrada com um mapa topográfico e com um retrato do então pretendente ao império 
da China Tièn-Te. 

f)S6— Calmo» [Th.]— La. propriéte devant le socialisme contemporain. Paris: 
Leeoffre, 1897. In-8.o de XXXII-225-I pags. E. 

Nas pags. prels. V a XXXII vem uma «INTRODUCTION.. 

527 — Calvo (Cfcorles)— Esboço histórico dos progressos do Direito internacio- 
nal, por M... Tradiieçao de Cnristiano de Sousa Guimarães . . Prefaciada 



AZEVEDO -SAMODÃES 157 



0'^^-O 



pelo Dr. .loão Bernardo Heitor d'Atayde. . Coimbra: Imp. da Univer- 
sidade, 1887. In-S." de XI-206 pags. E. 

528 — Calvo {Fr. Pedro)— Defensam das lagrimas dos ivslos persegvidos, e dus 'j9^ó O 

sagradas religiones fruto das lagrimas de Chrislo. Dedicados ao Ex."!" Se- 
nhor D. Diego da Sylua Marquez de Alemquer, &c. Anno. {Escudos d'armas). 
1618.— Com todas as licenças necessárias. Km Lisboa. Por Pedro Crats- 
beeck. In-l." de VII ff. prels. inums. e 114 num. só na frente. 

• Segunda parte {Mesmo escudo), Ibi. Por António Aluares 1618. In- 

4.* de 1-108 IT. num. na frente e irlois 25 com o Index e Taboada. No 
verso da ultima a marca grav. do ifnpr. Ant. Alvarez. — As 2 partes em 
M>H vol. E. 

Clássico. Apreciada. Muito rara. Bom e-xeuiplar. 

5S9 Homilias da qvaresma. Em duas parles díuididas. Dedicadas a sem- 

Virgem Maria Nossa Senhora do Rosário. Parte I. {Vinheta com a imagem da 
Virgem). Com as licenças necessárias. Por Pedro Craesbeck... Anno 1627. 
ln-4.'' peq. de lY ÍT. prels. inums. e 76i pags. 

■. Seganda parte .. .\nno {Vinheta com a imagem da Virgem, mas di- 
versa da primeira). 1629. Ibi, Cõ todas as licêças necessárias. Por Mafheiís 
Pinheiro. Com Priuileyio de Sua Hagestade. ln-4.°peq. de III ff. inutiis. e 
674 pags. além de 64 com o índice e erratas —Os 2 vol. E. 

Clássico. Estimado. Não vulgar. 

f»30— Camargo (/'. Ignacio de)— Discurso theologico, sobre los tliealros. y ^ y ^; .< 

Comedias de este siglo, en que por lodo género de autoridades, cn espe- ÍS^rf 

ciai de los Santos Padres . . se resulve coii claridad la question, de si es, 
f'i no, pecado grave el ver Comedias, como se representau oy en los Tliea- 
tros de Espana. En Lisboa. En la Empr. de Miguel Manescal... m.dv-xc. 
In-4.° dè VIII ff. prels. s. n. e 211 pags. B. 

Livro curioso e estimado. Não vulgar. 

331— Camões [Luis de) — Obras completas de... Correctas e emendadas pelo ^-. ^ 

cuidado e diligencia de J. V. Barreto Feio e J. G. Monteiro. Tomo primeiro. y^ ^j>^ O , 

(Vinheta lip. ornamental). Hamburgo : Na Officina Typographica de Lan- 
ghoff. 1834. In-8.» gr., 3 vols. de XLII-II .396-1, LXIX-lIl-420 e 516 pags. E. 

As XLII pags. prels. do tomo I inserem : dois aute-rostos (uo primeiro os diíeres : 
CLÁSSICOS il PORTUGUESES), frontiepicio e .PKOLOGO.. ; e as LXLX do tomo 
U: ante-rostos, frontispicio, «PREFACÇÃO.., e <VIDA|| DE II CAMÕES.» 

No primeiro volume vem um retr. de Camões (litografia, assinada: < F. A. S. Oeirense 
Lithog.-Offic. Lith. N. de Santos.-). 

Edição muito apreciada. Já rara no mercado. Bom exemplar. 

532 — Obras, precedidas de um ensaio biographico no qual se relatam ^ , , 

alguns factos não conhecido.s da sua vida, augmenladas com algumas com- ^ /^ O^ 
posigões inéditas do poeta, pelo Visconde de .Iuromenh:i. Lisboa: Imp. 
Nacional, 1860-69. In-8.» gr., 6 vols. de XXI-516, XXIV-572-I, 520, 492, 
451-1 e XXXI-542-I pags. E. 

O volume I é adornado com o retrato de Cauiõef ; o II, com cinco espécimens de ma- 
nuscritos impressos, litogra&camente, em uma folha de grande formato (dtsdobrsi- 



f>-6-/ 




158 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



vel); e o VI, com o retr. de Vasco da Qama, com uma estampa (■fac-simile de uma 
aguarela) em que são reproduzidas as naus enviadas ao descobrinienfo da índia em 
1497 (impressa em folha desdobrável), com o busto de Nicolau Coelho, Pedro Alva- 
res Cabral, com uma serie de « fac-similes » de assinaturas de reis, vice-reis, gover- 
nadores da índia, etc, e com 18 estampas de pagina. 

O substancioso Ensaio Biographko sobre a vida do poeta, magistral e eruditamente ela- 
borado pelo Visconde de juromenha, abrange as 51C) pags. do primeiro volume. 

Muito estimada. Belo exemplar e óptima encadernação. 

63y Os Lvsiadas, do Granile Lvis de (^amoens. Prinoipt' da Poesia he- 
róica. Commenlados pelo Licenciado Mai.Oil Coirea. Examinador Syiiodai 
do Arcebispado de Lisboa, etc. Dedicados ao Doctor D. Rodiigo d'Acnnha, 
O C' Inquisidor Apostólico do Pauto OHicío de Lislioa. Per Domingos Fernande:'. 
seu Liureyio. (Escudo d'armas do reino). Com licença do S. Ofpcio, Ordiná- 
rio, \j Paço. Em Lisboa. Por Pedro Craesbeeck. Anno ltil3. Está taxado 
este livro em 320 reis im papel. ln-4.° de VI IV. ptvls. inunis. e 308 nutii. 
na frente. E. 

Edição bastante estimada por causa dos commentarios de Manoel Corrêa. Muito rara. 

534 LVSIADAS || DE |1 LVIS DE GAMOENS, il PRÍNCIPE DE LOS POE- 
TAS DE ESPA.XA II Al Rey N. Senor. i! FELIPE QVARTO H EL GRANDE || 
COMENTADAS POR M\NYEL DE FARIA ;i i Soiila. Caiiallero de la Ord^n 
de Chrifio, i de la Caía Real, 1| CONTIENEN LO M.\S DE LO PRINCIPAL 
DE LA HISTORIA, 1| i Geografi.T, dei mundo; i lingnlarmente de Efpafia : 
Mucha politica excelente, i Católica : || Varia moralidad, i docliina : Aguda, 
y entretenida latira en coinun à los vioios : I de || profelsion los lances 
dela Poefia verdadera i grave : I fu mas alto, i folido peiílar. || '1'odo fiii 
íalir de la idea dei Poeta. || Primero i Segundo Tomo. 1| Aúo (Lscudo d'iir 
mas reais portuguesas, aberto em madeira) 1639 \\ Con Priuilegio, \\ En 

Mauhw, Por Ivan Saxciifz \\ — ii A txsta de Pediío Coeli.o, Mercu- 

der de libras. In-fol., 4 tomos de XII tT. prels. e .'iôíícolns. (d^Jas por p.ig.). 
o 1.°; tí5'2 colns. (duas por pag.), o 2." ; frontispício e 5á8 ccilns , o It.", e 
670 colns. e 34 pags. inums., com três colns. de impressão, cada, além de 
uma final com *ADICION || DE LVGARES NOTABLES« (a duas colns.), 
o 4.°. 

As XII ff. prels. do tomo I compreendem: frontispício -Transcripções de trechos lati- 
nos de; Machb, Sidon, Apolinari, Erasmo en Epilt. à Cornelio Avretino, Lavrentius 
e Martial ad Nvmarivm Galivm (verso da ti. I)-Uma Advertência -^A los imprcrfo- 
res, o mercadores de Libros,»-''LICE\CIAS.-'-'Suma dei privilegio.» - Fe de crra- 
Us..-Suma de la Tarfa.. ^Dedicatória «AL REY |1 NVESTRO SENOR.^ (datada c 
subscrita no lím ; «Madrid en 20. de Março de 1639. i, Manoel de Faria i Soufa.»)- 
Outra dedicatória: .AL EXCELLENTISSIMO SENOR DON GASPAR i de Guz- 
inaii, Coíide de Olivares. Duque de San Lucar,.. (datada e subscrita; «Madrid en 
20. de Março 1639. \y Manuel de Faria i Sonfa.^)-.\\nàa. outra Dedicatória : =A DOM 
OERONIMO VILLANVEVA, Cavallero de la Illuftrirrima Orden de Calatrava...» 
(datada e subscrita; -Madrid veinte de Março 639. Manuel de Faria i Soufa.»)- 
« ADVERTÊNCIAS PARA LEERSE \\ con más luz eftc libro.' - < ELOGIO AL 
COMENTADOR. ESCREVIALE LOPE FÉLIX DE VEGA CARPIO\] ai tiem/jo 
que fe murta. Por eito dexaron alguiias claufulas que cftavan\l imperfeitas : i J'e 
anadieron otras por luan Baptijta de Sofá. II amigo de Lope de Vega, i de Ma- 
nuel de li Faria, i de f tos eftudios. - E Poesias em louvor de Faria e Sousa e do seu 
Comentário, de ; Torqvato Tasso (Soneto), de Diogo Taborda Leitão (Id.), de Lvis 
de Caniõs, de D. Thomas Tamaio de Vargas, de Diogo Bernardez (Soneto), de Ma- 



AZEVEDO -SAMODÂES 159 



nuel de Sousa Coutinho (Epigrama), de D. Pedro da Silva i Mendoça, c um Soneto 
de Manuel de Faria e Sousa. 

As colns. 1 a U deste tomo I inserem o - I'KOLOOO. = ; as 15 a 58 a « VIDA DEL 
POETA.» e as 59 a 100 o <IVlZIO DEI. POEMA. 

No fim do texto do tomo 11 este registo: >EN MADRID n POR António Duplartrc. Ano 
MDCXXXIX.. 

O Tomo III tem frontispirio próprio, adornado de larga cercadura e com dizeres idên- 
ticos aos do I, e.fcepto os da Dedicatória, que são agora: ■ AL REV N. S. FE- 
LIPE IV. EL GRANDE.', e os da indicação dos tomos, que dizem; TOMOS TER- 
CERO I QVARTO.> 

Da coluna 607 á Õ4S decorrem -ADICIONES ; da 647 á 563 «LECCIONES || VARIAS 
DESTE POEMA.»; de parte das mesmas colns. 661 e 662 e parte das 663 e 66+ as 
tERRATAS.í ; e de parte das mesmas colns. 663 e 664 a colns. 669 e 670 a -TABLA 
I' DE LOS AVTORES QVE '; SE TRAEM EM ESTE COMENTO. E nas 34 pags. 
inums. finais a <TABLA||DE LAS MAS DE LAS COSAS!! PRINCIPALES QVE SE 
TOCAN EN EL POEMA. ,| 1 SE DECLARAN EN EL COMENTO, (antecedida de : 
.ADVERTÊNCIAS PARA ENTENDERSE LA I! orden que Te figue en el'ta Tabla, i 
hallarfe lo que le cita.>). 

Encimando o texto da frente da folha XII (prel.) do tomo primeiro vêem duas gravuras 
a buril (Po deitiltafranca f. M.'^ 1639) : a primeira contem o busto de Camões ; a 
segunda, o de Faria e Sousa. 

Cada um dos Cantos do Poema é encimado por uma gravura em chapa de cobre 
(P» de li" Franca F. m.'^ 163S), reproduzindo uma das passagens do mesmo canto- 
O texto é também enriquecido com alguns escudos e retratos toscamente gravados 
em madeira, entre os quais um de Vasco da Qama (de pag. inteira). 

Apensa ao fim do tomo quarto, esta outra obra : 

INFORMACION [1 KN FAVOH DE í1 MANVEL DE FAIUA 1 SOV- 



SOVSA,|| CAVALI.EriO DE LA ORDEN DE CIIRISTO, || I DE LA CASA 
líEAL li SíiBRE LA AGVSACION || QVE SE flIZO EN EL TRIBVNAL DEL 
SANTO OFICIO DE LISBOA. || A LOS CO.MENTARIOS QVE DOCTA, 1 .IV- 
DICIOSA. I CATOLICAMENTE II ESCRIVtO A LAS LVSIADAS DEL DO- 
CTISSIMO, 1 PHOFVNDISSIMO, II I SOLIDISSIMO POETA CHRlSTlANo 
LYIS DE CAMOENS, VNICO 1| ORNAMENTO DE LA ACADEMIA ESPA- 
NOLA EN II ESTE GÉNERO DE LETRAS. || OFREGIDA n A LOS ILVSTRiS- 
SIMOS CAVALLEROS I SENORES || DON GERONIMO DE VILLANVEVA, 
COMENDADOR DE||V1LLA FRANCA EN LA NOBLISSIMA ORDEN DK 
CALATRAVA, |1 . . . ||I DON ÁLVARO DE COSTA, CAPELLAN MAVOK DE 
LA II MAGESTAD DE NVESTRO CliAN MONARCA FELIPE QVARTO || . . . 
S. itid. de l., II. (h de inipres.^íão. llH4(h. In-foL de VI tr. (prels.) inums. e 
140 colns. miiiis. (liiios por pagin;!). 

As VI folhas prels. inserem : titulo-Duas transcripções de obras latinas- ^ADVERTÊN- 
CIA. • - . L/CENC/AS. . - « ERRATAS. ^ - Dedicatórias (datas : a primeira, de . Ma- 
drid en 23. de Otubre de 1640 ; a segunda, de «Madrid en veinte de Otubre de 
1640. .)-./)£• COMISS/ON DEL ORDINÁRIO'} Vio efta liíforinacion el R. P. M. 
Fray Miguel Cardeiias . . . • (datada de «el Cármen de Madrid a !! 26. de Setiembrc 
de 1640..)- CENSVRA DEL MUY DOCTO EM VNAS I OTRAS i letras el R. P. 
Qeroiiymo Pardo...' (datada de 9 de Outubro do ano citado)-E PARECER DEL 
REVERENDO PADRE AMBRÓSIO» Romaa. ..> (datada .de Madrid 12. de No- 
viembre de 1640.^). 

As colns. 139 a 140 são ocupadas pela .TABLA DE ALOVMAS COSAS '\ de las mas no- 
tables defUs Adiciones.., e pela dos: «AVTORES QVE SE CITAN EN EST.\S 
ADICIONES :• a efta Informacion.» 

RIMAS ,1 VARIAS ;: DE !| LUÍS DE CAMOENS i| PRÍNCIPE DE LOS 

POETAS HEROYCOS, || y Lyricos de Elpafia ; OFRECIDAS || AL MUY ILUS- 



160 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



i 



TRE SESoKIID, IVAN DA SYLVA || MARQUEZ DE GOUVEA, || PRESI- 
DENTE DEI. DEZEMBARCO DEL PAC,0, Y MORDOMO MAYOR DELA 
CASA REAL, &c. ií COMMENTADAS H POR MANUEL DE FARIA, Y SOUSA. 
CAVALLERO l| DE LA ORDEN DE CHRISTO. \\ TOMO I. Y 11 || Que conlie. 
nen la primera, fegunda, e lercera Centúria j] de los Sonetos. | LISBOA j' 

CON PRIVILEGIO REAL. || !| En la Imprenta ãe Theotonio Ba- 

maio de Mello Imprefíor de la Caía Real. |i Con todas las licencias ne- 
cef farias. || Ano 1685. In-fol., dois tomos de XLIX pags. (prels.) inums. e 
3o6 nums. (estas com duas colns. de impressão por pag.). 

TOMO in. IV. Y.V. 11 SEGVNDA PARTE. i| EL TOMO 111. CONTIENE 

LAS CANCIONES, lllas Odes, y Ias Sextinas. 1| EL TOMO IV. LAS ELE- 
GIAS, Y LAS OTAVAS, \\ EL TOMO V. LAS PRIMER AS OOHO EGLOGAS. 
II II LISBOA. II CoH todas las Licencias necef farias- \\ En la Im- 
prenta Craesbeeckiana. Aíio M.D.C.LXXXIX i; Con Privilegio Real. 
In-fol., três Tomos de IV pags. iniims. e 207-339 nunis. (o tomo V começa 
a pag. 150 desta ultima ordem de niimerai;ão) em um vol.— v4s três obras 
em quatro vols. E. 

As XLIX pags. prels. da Primeira i>arte (tomos I i; II) inserem: titulo- Dedicatória a 
D. João da Sylva (subscrita por Theotonio Dâmaso de Mello)- «APPROVAC, AM- 
(datada e subscrita: «Santo António dos Capu-!Ichos defta Corte de Lisboa 13. de 
Março. lbS5."Frey Manoel de Santo /l/a«a/íí)»)-« LICENÇAS -Tninscripçôes lati- 
nas, já insertas no tomo I.o dos Lusíadas.— Visto e Taxa de preço do livro (nove 
tostões)-«ADVERTENCI.\S, [|PARA QUE SE LEAN i| CON TODA LUZ ESTOS li 
COMENTÁRIOS. -.PROLOGO -.VIDA |i DEL il POETA.- «JUIZIO I, DESTAS :; 
RIMAS» -E «DISCURSO li /4CfRC/J DE LOS VERSOS DE QUE CONST AN t\ los 
Poemas conteiiidos en los três Tomos primeros de cftas Rimas...* 

As IV pags. prels. da Segunda parte (tomos III, IV e V) : titulo- Dedicatória 'AO 
EXCELLENTISSIMO SENHOR, H OARCIA DE MELLO, Do Conlelho de Sua Ma- 
geftade...» (datada e subscrita: Lisboa I. de Outubro de 164S." lí;imcia Maria de 
Càrvatko.-)-Z .LICENÇAS.. 

Exceptuando o texto das pags. prels., todo o mais é impresso a duas colns. por pag. 

Edições apreciadíssimas, devido aos interessantes e doutos comentários de Manuel de 
Faria e Sousa. Colecção compleLa. Belo exemplar. MUITO RARA, sobretudo exem- 
plares completos e perfeitos como este nosso. 

533 -Lnsiada. Poema épico de Liiis do GainOes Priíicipe dos Poutas de. 

Hespanha. Com os .Argumentos de .loão Franco Barreto, lllustiado com 
varias, e Breves Notas, e com hum precedente Apparalo do que lhe per- 
^ teiice, por ígnacio Garcez Ferreira Entre os .\rc;ides Gilmeno. A KIRei D. 

U Fi 'oão V Nosso Senhor. Tomo I {Vinheta). Em Xapoles na Ofpcina farri- 

niana MDCCXXXI (1731). Com as Licenças necessárias. ln-4.° de VI IT. 
prels. inums. e 488 pags., alem de mais duas com as Erratas., . Estampa 
alegórica com três figuras e tendo no centro o retrato de Lirs úa Camões 
(lo. Carolus Allet invent. et sculp.); e, entre as pags. 96 e 97. um mapa da 
Carreira da índia, grav. por Franceschira. 

TOMO II. {Mesma Vintieta que no /."). Em Roma Na Officina de An- 
tónio Rossi MDCCXXXII (1732). Com as licenças necessárias.— ln-i.° de 
II tT. inums. e 328 p:'gs. — Lote de 2 vols. E. 

Edição muito estimada. Magnifico exemplar, dourado por íi. RARA. 



io- 



AZEVEDO -SAMODA ES 



161 



f/^ 



//.o 



^o 



í)36 Os Lusíadas, poema épico. Nova edição correcta, e dada á luz, y lí> O ° 

coiifonr.e á de 1817, in-4 °, por Dom José Marin de Sonsa Botelho, Mor- 
gado de Malteiis, Paris. Na Ofpc. Typ. de Firmino liOot... MDCCCXIX 
(1819). In-8.° gr. de Vl-lI-CX-420 pags E. 

Edição muito estimada e Pouco vulgar. Adornada com o retr. de Camões fF. Oérard 
det-^ e B.y Roger sculpt,}. Exemplar muito bem ene. com inteira de couro, a qual' 
está ornada de nervos e ferros especiaes a ouro e a frio na lombada e nas pastas ; 
dourado por íí. 

537 Os Lnsladas, poema épico de... Nova edição correcta, e dada á ^^7 ^ — O 

luz, conforme á de 1817, in-4.°, Por Dom .loze Maria de Souza Botelho... O /" 

Paris, Na Livraria Ptrltigueza de J. P. Aillaiid.,. M DCCC XXXVI. 
(No verso do front. :— A'o Tijpographia de Firmino lidot. .). In-8." gr. 
de VI-]I CX-420 pags. E. 

Boa edição, enriquecida com um magnilico retr. do poeta («E. Oérard dei.'- B.y Roger 
Sculpt.-). R.\RA. 

5:i8 Os Lusíadas. Nova edição feita debaixo das vistas da mais accií- 

rada critica em presença das duas edições primordiaes e das posteriores 
de maior credito e reputação: seguida de annotaçues criticas, históricas 
e mylhologicas. Por Francisco Freire de Carvalho. Lisboa. Na Tijp. Hol- 
landiana, 1843. ln-8.° de XXVI-I-367 pags. e mais 1 de erratas, no fim. K. 
Edição muito apreciada. Bom exemplar. RARA. 

5:!'.) Os Lusíadas, Nova edição segundo a do Morgado Malheiís, com as 

notas 6 vida do autor pelo mesmo, corrigida segimdo as edições de llam- 
hnrgo e de Lisboa, e enriquecida de novas notas e d'uma prefação, pelo 
Dr. Caetano Lopes de Moura. Par/e Na Ofpc. Typ. de Firmin Didot. 1859. 
In-S." de II n'. immis. e 11-415 pags. E. 

Õ'i0 Os Lnsladas poema épico. Nova edição contendo: Advertência o 

Vida do Luiz de Camões, por A. fí. da Cruz Coutinho; Elogio do Luiz ije [ /J/ ú O 

Ciinões, por F. Dias Gomes; Juizo acerca dos Lusíadas, por Barreto Foio ; 
Noticia da viagem de Vasco da Cama á índia; Index explicativo de algu- 
nuis palavras empregadas no poema; e um Diccionario dos nomes pró- 
prios (jue se contcem nos Lusit.das. Porto. Crus Coutinho, 1881. (Tijp. do 
Jornal do Porto. In-8.° peq. de IV IT. inums. e CX1-48U pags. E. 

Edição adornada com o retrato de Camões. 

5'il LVSIADVM li LIBBI || DECEM. H AVTllORE DOMINO FHA M tre Tho- 

ina de Faria, Epifcopo Targeuli, \\ Regioque coníiliario, Ot-dinis Virginis || 

.\Iariye de Monte Carmeli, Doctore ]| Theologo, Vlytliponenfi |I (Logar do seu / /OC^n 

(.scudod'armas, aberto em madeira) || Cum facultate Super torum \\ |] 

VLYSSIPONEII Ex ollicina Gerardi de Vinea. Anno 1622. In^." peq, do 
\ II IV. (nrels.) inuuis. e 179 nnnis. na frente, não contando uma em branco, 
liual. E. 

As Vlll folhas prels. compreendem: frontispício ; i/Vc/íf as; «Errata fie corrige- ; Dedica- 
tória: .ínclito, /N-]\ VICTO, JC /Z.Z.fST'/?/ 1| Portugália: Rcgno prorperitatem 1| ma- 
ximam cxopto.» ; espécie de prologo Ad Lcctorcin., e versos latimis cm homenagem 
da obra e do autor. 
Edição origin.al da primeira traduç.io latina do imortal poema de Camões- Os Lusíadas. 

Publicada sem o nome do Poeta. -RARÍSSIMA. 
A segunda edição, impressa no século XVIII, saiu incorporada no tomo V do Cor/ms 
lUusírium Poetaram qai latine scripscraiit... 

11 



'/4-' 




162 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



to 



542 A Lnsiada Tra luzida em versos latinos por Frei Francisco de Saiilo 

. Agostinho Macedo. Primeira edição. Hevista por António José Viale. I'u- 

^ -^ C O blicada por Venâncio Deslandes. Liahoa. Imp. Nacional, 1880. ln-8." gr. 

de XV1I-I-Í78-I pags. E. 
. Traducção estimada. Boa edição ; ilustrada com o retr. do traductor. 

543 Poesias de Luiz de Camões. (Rste titulo vem nos 6nte-rostos dos 

três vols. O inserto nos frontispícios dos dois primeiros diz assim): Los 
I n 4) ^ ^ Lusíadas, poema ípico de Liiis de Camoens, que tradujo ai castellano 

I (y " Don Lamlierto Gil, Pmilenciario en el real Oratório dei Cubailero de 

Grada de esta Corte. Madrid, 1818. Imprenta de D. Miguel de Burgos. 
(No tomo JII): Poesios varias e rimas de Luis de Camoens, que tradujo ol 
castellano... Ibi., na mesma iwpr. e data In-8.o peq., 3 tomos de 383-1, 
2851 o 3.35 pags. E. 

Tradução estimada. Bom exemplar. -Rara. 

544 Los Lasiades. poema épico, traducido en verso castellano, por el 

conde do Cliestç, de Ia lieal Acidemia Espanola. Madrid ; 187i. Imp. de 
P. António leres llubriill. In 8.° peq. de 3?6-5 pags. E. 

545 Les Luslades oii les portugais. Poeme en dix chants, par... 'Ira- 

^ i(L O O duction de J. B. J. Millié, revue, corrigée et annotée par M. Duheux... 

Précédées d'une Notice sur la vle et les ouvrages de Camoens par M. 
Charles Magnin. Paris: Charpcntier, . . 1S62. [Corbeil, typ. et ster. de 
Crété,. ln-8." de IVLX 367-1 pags. E. 

5iC The Lusiad f)f l.uis de Camoens, Books I. To v. Translaled liy 

O EdwTrd Qiiillinan. Wilh notes By John Adamson. K. T. S. and K. C. Of 

Portugal : Corresp. Memb. lioy. Acad of Sciencias of Lisbon ; F. L. S., i^cc, 
&c. &c. London : Edward Moxnn, Dover Stret. 1853. (No verso do front. e no 
fim: — "l.ondon Bradrunj and Ecans, printers, Wliitcfriars'). In-S." de 
XII-IV-207-1 pags. E. 

Ornado com um belo retr. de Camões e com o brasão de sua familia, grav. primoro- 
samente a buril por Will.'" Skeltoii; e um busto do mesmo poeta, em medalhão, 
tendo por baixo o Soneto enviado pelo poeta Tasso a V. da Qama, e trad. em in- 
glez por Jullus MIckle. Estimada e pouco vulgar. 

5í7 Lvslada Itatiaia di Cario António Paggi nobilo genovcse. Poema 

£ i^ íi Q ^ Heroioo dei grande Lvigi de Camões Portoghese Priícipe de' Poeti delle 

c/ O (Jr! Sp.ngne. Alia Santila Di Noslro Signore Papa Alessandio Setlimo. í.ishona. 

Con íutte le ■license. Per Henrico Valtnte de Oliueiru. IfiõS. ln-12.° de 
XXIV ff. (prels.) inums. e 192 num. na frente. E. 

Tradução muito apreciada; a primeira que se fez no idioma italiano. -Edição original. 
Multo rara. 

548 1 Lusladl dei Caii:oeris. Hecati in oitava rima da A. Biiccilani. /'«- 

//' c^Q rígi có tipi di Firmin Uidot, via Giacobbe, A'." 24. 1826. In-IB." de IV 

frl pags. inums. e 377 nums., além de 1 de Errata, no fim, E. 

Edição já rara. 

Si9 Die Lnsiaden. Dcutsch von Wilhelm Storck. Paderborn. Drucund 

n /i o Verlag von Ferdinand Schonhigh. 18S3. In-S.» de VIll-52ti-Il pags. E. 

) fl De pag. 377 a 440 decorrem: ■ Anmerkungen»; e de 441 a 526: «Eigenr.amen-Verzei- 

chniss.» 
Tradução alemã estimada. 



AZEVEDO -SAMODÂES 163 



6^ 



o o 



550 Dramatische Dichtiingen. Zuin ersten Male deiUsch, von Wilhelm ^^^^ 

Storck. Paderborn. I'ritck mui J'ería(j von Ferdinand Schoningh. ISSõ. 
In-S." de VI-224 pags. K. 
Tradução anofada; estimada. 

551 Ignez de Castro. Episodio exlrahido do canto terceiro do poema '^ /íá S~ ^ 

épico OS LU.^^JADAS de Luiz de Camões. Kdiçflo em quatorze línguas. lÁs- 
boa: Imp. Nacional, 187.5. In-fol. de IV-8â pags. E. 

Ediç.lo poliglota muito apreciada. Adornada com o retr. do grande épico. 

532-CAMONEANA — Trit;esima coroa da Sociedade Nacional Camoneaiia ;'i i^ »/ C? O 

memoria de Luiz de Camões, immortal cantor dos Lvsiodas. SessSo de 10 í^ z*^ 

de Junho de 1910, commemor.itiva do FoO.° anniversario do passamento 
do grande épico. Conpoíto e {'ripirsso na Txjp. Occi leiítal, de Pimenta, Lo- 
pes <£• Vi DUM... Purto. In-8.° gr. de 50-11 pags. B. 

Compreende unia ligeira noticia relativa ã Sessio ; um Discurso de abertura da meàma, 
pelo Conde de Samodães; um artigo pelo mesmo escritor e varias composições poé- 
ticas de differentes autores, a saber : Xavier da Cunha, iVlaximiano Ricca, José de 
Azeredo, A. Moreira Cabral e Ernesto Víanna. 
Ilustrado com duas magnificas fotogravuras : uma reproduzindo o busto do poeta, e 

outra uma escultura em barro figurando Camões e o Jau na gruta dé Macau. 
Tiragem limitada a 178 exemplares, niio expostos á venda. 
55^ — Campagne {E. M.) — Diccionario universal ae educação e ensino... 
Trasladado a porlugiiez por C. C. Branco. Porto. Chardroti—Tijp. de A. ,/. 
da Silva Teixeira, 1873. ln-8.^ gr., 2 vol. de X-806 e 7ii8 pags. E. 
Tradução muito estimada. Primeira edição. Pouco frequente. 

55't— Campo— Historia do descobrimento da America, viagens e conquistas / ^' // 

dos primeiros naveg.mles ao Novo-Mundo, escripti em allemão por... ; / L? r> ^ 

precedida de Iiuma noticia biographica de seu autor, por .M. Laiènnau- 
ilière; traduzida em portuguez, e accre.scentad;! do notas criticas e his'o- 
licas, por J. .L Roquelle, ornada com estampas. Par^, Adlaud, 1836. [Na 
Ofíic. Tijp. de Casimir). In-8.» pcq., 2 vo!s. de XXllMll-323 e 1V-X30 
jiygs. E. 

As estampas que adornam os dois vols. são gravadas a buril e impressas em separado. 

O.' 5- Campelo (António José Maria J—PoeyAas de... iiaboa. — Ttjp. Univer- 
sal . . i^õ.j'. ln-8.'' gr. de 273 pags. E. 

Todas as pags. são adornadas de cercaduras impressas com peqs. vinhetas tip. orna- 
mentais, simetricamente dispostas. 

5?iO— Campello de Macedo (JoãoJ — 'lliesovro de ceremonias, qve conleni as ^^ 'nC C? C5 

il:l missa rezada, e soiemne. E tvdo o mais, qve pelo descurso do anfO se 
pode ofTerecer, com aduert.mcias particulares, ordenadas pua niellior en- 
tendimento das rubricas. Trata também da satíruçam dos Bispos, & a ma- 
ioria dps defuntos, E ovtr.ns cvriosidades. . . Lisboa., Na Offic. de Diogo 
Soares de Bulhões . . Anno 1668. In-4.° rle VI ff. inums., 490 pags. e mais 
IV If. inums. para o Index. E. -- 

Apreciada e pouco viilgar. 7 1^ C? O 

557— Campos {.Alfredo de)—.\ Juvity. Romance original. Scenas do Riu de Ja- ' 

neiro. Porto : Lirr. Civilisação. . . MDCCCLXXXV. (No verso de fioiítis- 
picio: Porto— Tijp. Eiseiiriana). In-8." de 247-VII pags. E. 

of8-Campos I .Manoel f?e/-RELAi;AM |i DO SOLENXE li recibimento que fe "^Cp^ '^^ 

íez em Lisboa ás || íaiilas relíquias q íe leuáicim á igi.ejaj^de ii.. Roque da 



^f' 



164 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



companhia de !! lESV aos .25. |1 de laneiro de || 1588. H PeUo Liccncado 
Manoel de Campos. \\ (Vinheta quadrangular aberta em madeira, e tendo 
na parte superior os dizeres: t DEVS || INNOMINETVO» ; na inferior: 
«SALVVMME FAG», e no centro as iniciaes emlilemáticas da Comp» 
de Jesus: / Jf S) || •] Impreíío em Lisboa por António \\ Ribeiro. lõ8S. 
In-8.0 peq. de IV fl". (prels.) inums. e 192 nnms. na frente. E. 

Na frente da folha I prel. o titulo transcrito acima, e no verso um Visto e o Pode-se 
imprimir (subscrito por vários indivíduos), e uma declaração : <'Os dias em que fe 
ganham os quatro jubileus \\ na caja tte jam Roque da companhia de 1ESV\\ ... ; 
na frente da II, uma espécie de Proemio «.\0 LEITOR.» (datado e subscrito: Em 
Lisboa aos três de lunho de 1588. || O Licenciado Manoel " de Campos.^) ; e no 
verso da mesma 11. II, na III e na IV: «lESVS. :! ^-^ AS COVSAS PRINCl-:; pães 
q se contém neste liuro.. 
O texto consta de prosa e versos e remata com uma marca da Companhia de Jesus, 

tendo no centro as iniciaes: I H S). 
As poesias insertas no volume são de diversos autores, e umas em latim, outras em por- 
tuguês. 
Clássico. Estimado. Apreciável e multo rara. 

559— Cancioneirinho do trovas antigas CoUigidns de um grande Cancioneiro 

da Biblioiheca do Vaticano. Precedido de uma noticia critica ao mesmo 

_/ I O fi-^ ^ grande Cancioneiro, com a lisla de todos os trovadores que compre- 

hende, pela m:iior parle porlugiiezos e galiegos. \ienna: T;/p. I. e R. do 

E. e da Corte. MDCCCLXX. In-8.o peq. de 47-170 pags. B. 

Publicado por Adolfo de Varnhagen, de quem é a Noticia preliminar que vem nas pri- 
meiras 47 pags., e também as notas finais, que correm de pag. 139 em dianlc. 
Muito apreciado. POUCO VULGAR. 

Cândido Lusitano— Vej.vse: Freire (Francisco José). 
5tiO— Candolle (Alph. /)e)— Inlroduction à Tétude de la holanique, ou Tr;iilp. 
-Q êlémenlaire de cette science ; conlenant... Par... Paris, Uoret, lUSõ. 

In-8.°, 2 vols. de XXl-III-524 e IV-460. E. 
5t)l— Canler— Mémoires de Canler, ancien chef dii sei vice de Surelti'. Pori-i : 
^ J^ rS> O Roíj... 1SS2. fSceaux.—Iinpr. Charai e et FilsJ. ln-8.°, 2 tomos de IV- 

-^^ VII-475 e IV-518 pags. E. 

Estimadas. Excelente edição. Frontispícios impressos a preto e a vermelho. 
502 — Cannecattim {Fr. Pernardo Maria rfe)— CollecçSo de observações giam- 
maticaes sobre a lingiia bunda, ou angolense, compostas por... Capu- 
chinlio Italiano da Provincia de Palermo, Missionário Apostólico. . . (Es- 
cudo d'armas portugues:is). Lisbca, Na Impr. Rigia. Anno M. DCCC. V. 
Por Ordem Superior. In-4.» de lV-XX-218 pags. E. 

As primeiras IV pags. prels. inserem o titulo e uma Dedicatória; as X\ imediatas um 

Proemio .AO LEITOR.» 
Estimada e rara. Bom exemplar. * 

563 Dicdonarlo da língua bunda, ou angolenso, explicada na porlu- 

(^ 11 >) guoza, e latina, composto por... (Escudo d'armas de Portugal). Lisboa, 

^ £> K. '^^ ^'a Impre.isão Ilegia. Atino U. DCCCIV. Por Ordem Superior. In-i." de 

lV-lX-720 pags., além de duas inunis , finais, com as EliHATAS. D. 

As primeiras IV pags. são para frontispício (I e II) e Dedicatória ao Príncipe Real; e 

as IX imediatas para um Prologo «AO LEITOR». 
Estimada. Exemplar com o corte das folhas dourado. -Rara. 



/5- 



^é O O 



AZEVEDO -SAMODÃES 165 



/^- 



oOí— Canning (George) — Recueil des discouis prononcés nu parloment d'An- 

gleterre, par... Traduit de 1'anglais pnr M. Haiidry de Janvry... Paiis. 

Tenré... 1SS2. In-8.o, 2 vols. de VMI-464 e IV-472 pags. E. 

CANTIGAS ESPIRITUAES-Veja-se: LlVItO DE CANTIGAS ESPIfíl 

WAES (Psalmodia Evaiigeli.-a, U ou || )... 
fi65-Cancionoro ge- 1| NERAL:... 1| EN AiWKRS... Al. D. LVII. (iõâ?). O ^^ o O 

(Dl) frontispicio damos a reproducção foto-^incoqrafica que segue): ^ 

V 



Cancioncro gc- 

NERAL: Q^VE C O N- 

TIENE MVCHAS OBRAS DE 

diuerfos autores antjguos, con 

algunas coíàs nueuas de mo 

acrnos, de nueuocorrc- 

gidoyimpreiro. 




EN ANVERS, 

En caía de Martin Nucio , à la en 

íèha de las dos Ciguenas, 

M. D. LVII, 

Con Triuile^iOíielHey. 

In-8." peq. de VIII (T. inumeradas e ccccij numeradas na frente. E. 

As VIII folhas prels. compreendem: frontispicio (verso da H. em branco); e •Tabla> 
(com a epigrafe: cCOMIENÇA LA TABLA \ DESTE CANCIONERO.»), 



,166 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Edição preciosa e primorosamente impressa, -como são todos os trabalhos aaidos dos 
prelos do liabil e famoso impressor Martin Nucio. Muito mais completa que as edi- 
ções precedentemente feitas deste estimado Cancioneiro, primitivamente compilado 
por Hernando dei Castillo. Contem ao todo 1157 poesias, 57 das quais foram agora 
:•■ pela primeira vez publicidas. Entre estás 57 novas peças figuram las Obrai de 

b:irlj;, que foram suprimidas na edi;ío i-n.'diata, impressa, pelo mesmo Martin 
Nucio, em 1573. (decor.-e.n de foi. ccclvi) a ccclxxiiij) ; e: «Obra nueua que es vn 
Canto de Amadis, " quanto hazia penitíncii por mandado de fii fe- ii nora Orlaria 
en U peria pobre. . . » 

Os exempla.es, considerados exlrrmamonle raiof, teeni alcançado em vendas leiloadas 
quantias quí vão de 291 frcs. a 43 libras. Este nosso e.xemplar tem o frontispício re- 
forçado, ligeiros defeitos nas ff. cccl.xxiij a cccxcij, e reimpressas mais modernamente 
as ccclxxxvij, ccclxxxviij, e cccxciij a cjccij. Ainda assim, é e.íemplar precioso e 
de muito apreço. 
5títi-Canto [£■ tiesto) - t^:f:u\ dm o iioiiio .-lO LMlwoJor? (lireve e.sliido). 1SS4. 
y-p // Q o Ponta Delgada— Ilhn de S. Mhjuel Tijp. do Archivo dos Açores. In-i." de 

'J 23 p .íT-:., .-il- m dt! iiniti em bi;mco. (inal. [i. 

Nas pags. 3 e 4 uma Carta Dedicitoria ao ///."" c Ex."'" Sr. Doutor Eduardo Abreu. 
(d.itada e subscrita no fiui) : -De V. Ex." \, admirador e u/n." 1| Er.vfsto do Caxto.- 
Po.ita Delgada \, dezjmbra de IS93.- 

De pag. IQ em dianie decorrem os DOCUMENTOS, um dos quais é em reprodução 
fotográfica. 

Tiragem muito limitada. Raro. 

Canto (f)i\ Sebastião rfo — Sarmao . no auto da Fé .. em Lisboa, .. 

3(327. — Veja-se : Auto* de Fe ' Sermões de). 

5ti7— Cantraaj (P. .V.)— S :i-;nci de l'iiiátoir.'., contenant lo sy^leme general 

^ M , p, das conn('i^;s:incos a aiqiiórir ava' t dVdudiur l'hi.--toii-.-, el I.t méthode a 

L Jl S^ suivre qiiand oii se livie a ce genii; d'élude, de\eloppi't; par lableaiix sy- 

noptiqiies ; Par. . . A Faris, Chez Goujon Fils, Imprimeiír-L hraire. .. An 

XI.—ISOS. ln-4.°, 4 vi.ls.,,o iiliiiiio dos ipiais é de Table.s. li. 

Obra importante e estimada. Magnilico exemplar, bem ene. e com as ff. niarb. 

568— Cantu (Cesni-;— Histoire universelle, I'ar... soigneiisenienl renianiée 

liar Ta iteiir et traJnil sous sjs yeux, sur la ciiiquièni ■ ód,tii.i i ilalienne, 

/ 1 rJi Cy^ (-^' 1"^" '^"t^^"6 Ar.ux. et 'Vrssilvo.-ilio Lcopardi. [letixiéine pdilio:i française, 

/ 1 1^ : iioiiipasçiiée de rei belli;s gr.aviiio-. Brurells, A la Lthruuie Historiqite- 

Artslique .. 18J.5-49. In-S'" gr., 10 volá. B, 

As 100 gravuras (abertas e.n madeira) são impressas em separa.lo. 
f) !)-Câpaccio Githo (.esare) - DKI.Li: 1| l.MPIíKSE li TH.\TTATO 1| Dl GlvLio 
CKS.hH Capacim.i. il In tre Liiai diid.so. |1 NEL PlIl.MO, DEL MODO Dl FAR 
(fO L'l.\IÍTiESA ' d.i qualsiiiogliii ogg'Uo, o Katnrale, o Ariificioso con || niioiie 

ni;.iiiere si ragionu. H NEL SECoNDO, TVTTI lEROGLlKlCI, SIMBOLI, || e 
cose Mislicli i In lelture Sabre, o 1'iofane sí scaoprono; e come || da qiie- 
^•li ciiinr si ponne IT.hpkkse il .NEL TEliZO, NEL FIGVHAR DEGLI EM- 
FíLE.MI II di molle cose natiiiali per ri.MPHKSii si tratli. 1| (Marca gravada 

do-» im jressoros) II /?.« Offi^Ana H>attj Silui'ini\\ \\ IN NAPOLI 

II Apr<'sso Go Qiicomo Carliiii. A Antoito Pace. 1.592 ln-4." de LXIV 
ti (prels.) iniims. e 8i-í48 150 niims. na frente. E. (pei-ff.). 

As LXIV folhas prels. inserem: titulo; Dedicatória; cALL'ILLVSTRE SIQ.or MIO 
, , OSSER.mo I, II SignorlIOIO, BATTISTA || CRISPO ij ELEITO DELLA FIDELÍS- 
SIMA CITTA' Dl NAPOLI> (SubscriU : Giutio Cesare Capaccio) ; outra : . ALL'IL- 
LVSTRISSLMO II E REVEREXD.mo AlO.NSIQ.or ,; MIO OSSERV.\NDlSSl,MO |1 Mon, 



i) 



AZEVEDO -SAMODÂES 167 



sigiiorei:IL CARDINAL || DEL MOMDOVl. (Subscrita: < F. Tomaso da Capoa ») : 
«ELENCO DE GLI" AVTORl CHAN SERVITO U in questo Trattato» ; e «TAVOLA 
DELLE COSE NATABILl. ...). 

Cada um dos três Livros da obra tem fronlispicio próprio. No verso da ultima follia do 
volume nova marca dos impressores, seguida de novo registo da impressão. 

Obra interessantiseima acerca dos emblemas, contendo 3Ó0 j>iavurinhas abertas em ma- 
deira, desenliadas com gosto (áii Brunet). - Primeira c mui bela edição. MUITO 
RARA. Magnifico exemplar. 

570— Capefigue (A/.) — Chailem.igne, par... llrv.rctles, Gregoir, Wvulers cí ^ i^ fí~ f\ 

r''« .. . 1U2. In-8.° gr., 2 tomos de 316 e 3.Í1-I p:igs. em iim vol. E. -<^'^ ^ ^ 

O tomo I é adornado com uma litografia (tirada em papel da China> reproduzindo o re^ 

trato de Carlos Magno. • 

fJ7l Diplomatie de la Fr.-iiii-o et de ITC-pnsiiie depuis 1'avénement de la J^ -> O 

maison de Boiírlion. 1(51*8-1846. Píir.,. Bnixelles. Mrline, Cans et Gomp.'"' 
184S. In-S." peq. do lV-392 pags. E. 

372 L'£urope depuis ravénemeiít dii loi Louis-Philippe, par... Pour 

servir de siiile a rHisloire de la liestauiatioii, du même auleur. Bruxel- 
les. Mehne, Cans et Compngiiie . . . ls^iõ-17. In-8 " peq., i6 tomos em 8 
vols. E. 

57.3 Hlstoire de France aii iiioycn a^ie depuis Pliilippe-Augusto jusqua a j?^ ^ ^'^ 

la fin du rògne de Louis XI, par . . Bnixelles : JVoíiters, fíaspoel et Comp.", 
1S43. ln-8.0 gr., 4 tomos em ii vols. E. 

Edição ilustrada com 4 boas litografias (impressas em separado, em papel da China) 
com retrs. de diversos reis. 



M 



o <^' 



sy. 



o o 



574 Histoire de Philippe-Augusle, par... fíru.cellrs, Gregoire, Wouters et 

C.«, ISál. In-8." gr., 4 tomos de 223, 196, 204 o 222 pags., em dois vols. E. 

Cada volume é acompanhado de uma bela litografia (impressa aparte, em papel da 

China) com retrs. de vários personagens históricos. /y' 

575 Hlstoire de la Restauiation et des causes qui ont amené la chute ^ j" '-' 

de la alnáe des Bourbons. Par un hoiiiine d'État. {1813-Í8^Q) Brvxelles : 
Wouters, Kaspoet et C". . . ISJo. ln-8.° gr , tomos em 4 voN. E. 

Excelente edição; ilustrada com belas litografias reproduzindo retratos de vultos em 
mais ou menos destaque na politica francesa no tempo da Revolução, entre eles o 
de Luís XVI. -Belo exemplar, bem encadernado. 

576 I(Onis XIV, son gouveinement et ses Rélations diplomatiques avec Ct^ / õ 

PEurope, par... Bntxelles: Orcíjoi^r, Wt-uten el C-^ .. 1S42. In-S." gr., i//^ 

6 tomos em 3 vols. E. 

Cada um dos seis tomos é ilustrado com uma litografia (impressa em separado, em papel 

da China) reproduzindo retrs. de vários personagens franceses. y Z^ j^ 

577 — Lonls XV, etlaSociété du WUl" siécle, par... Br«.rete.- Wouters ^Jrí i/ 

et C.^ Imprimewí-Libraires, 1844. Iii-8.° gr., 4 tomos de 274, 247, 264 e 
270 pags., em 2 vols. E. 

Ilustrada com 4 boas litografias (uma em cada volume), com os retrats. de Luis XV, 
Richelieu, De Choiseul-Stainville e Madame de Pompadour. 

578 Phllippe d'Orléans, régent de France. Par... 1915—1723. Bruxellet. 

Sociéte Betge de Librairie. . . 1839. In-8.» peq., 2 tomos de IV-351 e IV-34'2 

pags., em um vol. E. 
579 La soclété et les gouvernements de TEurope depuis la chulé de /çf Í'-'0 

Louis-Napoléon Bonaparte, par... Bruxelles, Meline, Cans et'C'e ... 1849. i '' 

In-8.° peq., 4 tomos, eai dois vols. E. 



/yíoc 



168 



CATALOGO DA LIVRARIA 




5S0— (EnpitolDiS Sr CortfS. |I CB Injs «lut solirí nl- 1| aimiis Èrllrs frjtrmii. (Tom 
priuilegio rrnl.— Jirbon. p. f. rrrtr. (Iô3!)). 

(Do froitliKpii-i ) damiií a exacta }-eprodvrCio foto-zincogrãficalqne SPgue) : 




(O orijinál mede •J8'JxlS':""n) 
In-fol. de IV IT. inumeiadas e Ixxiiij numeradas na frente. E. 

Na frente da primeira folha inumerada a portada reproduzida acima em fac-siiiiile ; no 
verso da mesma folha, e"nas II, III e frente da IV a: ^[ ?"Ãll(0Ã6n ^r nluinls 

006 rnpiJolcis |1 iins rortís folirr niic funi fi-ljtns Irijs. (í- ôns Icijs (\i\t 

fobrf II f llrs Sf fqrrnm. O^verso da mesma H. IV é lodo ocupado por uma 



AZEVEDO -SAMODÃES 169 



espécie de porticulo formado por quatro vinhetas de elegante desenho e abertas eui 
madeira, tendo a 'da base, no centro, o escudo d'armas re?is portuguesas. Dentro 
do quadrangulo formado pelas mesma quatro vinhetas acha-se uma esfera armilar, 
de cujo pé se desenrola um fitilho, em que se lêem os seguintes dizeres : ■SEPEi^A 
IM DEO ET FAC BONITATEM.. 
Na frente da Jo. j o titulo e alvará régio que passamos a reproduzir foto-zincográti- 
camente : 

c C^pitoloe gcrace:quc foíam 

apjcfcntados a cl irtef Dó 3ol?9: nofTo íenbo? 
tercciroDC(lenomc:XV iRct oc i^ojmgal : 
nascojfes oc Zonce nouaa-oç anno oc mil i 
quinbétoe i vinte i cinco. £nâ9 2ícuo:a : oo 
anuo Dem!l':quínbft08 1 trinta TCitico-.com 
íljaarepona8.£ieYS<lucboDifofenbo2fc5fo 
lJ:calgufi8OO6Oiío0 cípiroioa-as qmes fc 
râ pubjlcadas na €idii(ic of íLírboa: no éno 
X vn. oc feu IRcrnsdo : T X X X V 1 1. De fua 
idade: a X XI X0Í38 DO mc8 od^oucmbio. 
ÍSÍnno Donaaméfo ocnoffofenbo? Selucby 
fto.SJrmrtiqmnbftos'; trinta-; o^fo ánoe. 



tóm Joam per graça 

Boe oeoe ÍN ef oe fl&omigal: t voe aicjar» 

|u»: Daquein ? oalrm Mar em africa. 

BScnbozoe^uíncczoaconquifía naue* 
gaçafn:-: conjercto ocfirbiopid. Slrabia 

yl^fm íMjndía. ^aço faba quf nag 
, I !|gnyi'fl qucfl; na riJa oeZojreínoufle 

no anno DO naciniímo Dí nofiTo ftnboj Jfib d?}iíío ee mil -: quf 
rbenroflt vintcTrinco.eafímaôí}) « Ii5na cidade ©njoa: IK3 
annooemi!iquínb<TUo« t trírJaircwco.Me foatn apxfcnra» 
do8pclloep2Ocur9dO2e0Ofl6Ctd9dí6'rvíla»{>erníu9 1í\cgncé 
»ifaibo2ioequ«#clla0T)icram:c9pitolo6gcraee.Po6qu9e9nie 
apontaram t pediram algúascoufas que pêra bom regiincmo 
Dd |uíttç3 1 goiiemo oe rfieue raíTatoerubdiroô t narura^e lbe« ■ 
partceramneceíTaríaô . í Tendo po? ml vidosComafguiíô ood 

oomcu confelbo t I«ra dofl refpôdí « cBíaCm wtoecapífolo* 
1 repoilfls fam ««frguuitte. 

i 

(O original mede •220x128""") 

No verso da me;ma f í. j começam os CúpitolOS e respetivas fJfpOStnS. São em 
numero de CCXIIII e decorrem até ao verso da f C liiij, onde rematam com as 
declarações que damos, a seguir, em «fac-simile : 




170 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



CCoadasanípoífnímaôoiraerepofbfl aopte ficada |?ú 003 
cifoecapifcloemSdfTParrtta i-ntnDacmacom otbeo:ootí vi- 
toscjpiroloô-: ír.inNarcpoftao aosfTOOiradoKsque ficaram 
r.qiierendcooe^acbopetlcecninoaieooepjocuradojeeoasci 
dadcóT vila!?í>€rflai9rçTn09qu<aa6QÍÍt38C0j(es vurà. (i^ero 
forrúocíoecícrcucoantirboaa.jTvi.oiaÇponiceoeiRouébio 
2liino c>: nacímrnt o oc noflb fenbo} ^efu cbalío of intl t quiiibê 
to? 1 tnniíi T ojif o.fi^o oalca joua camtpoaefo cfaeuer 1 fob 
(ícreut. 

fim. 

irM<^abarárc 09 captroloô oao co:* 
rce; c5 as rcpoftas a elles oaoae* 
;S começa aslcys q fo2am feftas 
íobze algpú 6 oos oiroo capítoios» 

(U ori<jiiial mcãc lUÕX 130""") 

Na frente da ÍO. lu., prccedidai também por um alvará régio, principiam as SílJSi 
que são, ao todo, XXXVl, e das quais a ultima termina no fim da frente da í"l'> 
Ivriiti (derradeira do volume). O verso desta folha é ocupado por umas interes- 
santes e mui curiosas declarações em que siio dadas preciosas indicações acerca de 
quem escreveu as Leys, de quem as mandou escrever e do livreiro que teve o privile- 
gio de as mandar imprimir e de as vender, e ainda o registo indicativo do logar e da 
data da impressão, o que tudo reproduzimos cm foto-zincogravura, que damos em 
folha aparte. 

Esplendida edição, magistralmente executada nos prelos do famoso e mui hábil impres- 
sor Germão Oalharde. A impressão, feita com belos e assas nitidos caracteres 
GÓTICOS, é esmaltada com lindas letras iniciaes de artísticos desenhos de fantasia. 

No hm, depois do registo tipográfico, vem a assinatura autografa de Johatn Paez ^chan- 
celler-mõr 

Os exemplares são EXTREMAMENTE RAROS e de alto valor e apreço. Este nosso 
acha-se em óptima conservação e muito bem encadernado, circunstancias estas que 
mais o valoiisam e o tornauí verdadeiramente precioso e de grande estimação. 

CE (Cnpttolns gcrncr. : íiiic fiunm |1 n^lrírcntll^^ls n fl Ikij iiõ Doljn : luifro 
fcitl),or II tcrttiro briítt itomr...— íívbon, yi S. íiíir — Veja-se : ^ (ínjii- 
tnlns íins OTortcs... 
581-CAPITVl.OS GERAIS II APHESENTADOS A ELliEY || D. João noffc Se- 
nhor IIII. delle nome, XIIII. || Rey de Portugal, Nas Cortes celebradas em 
-^ ^ jj II Lisboa com os três Eftados em 28. de Ia II neiro de 1641. Com luas Re- 

/ O 01^^ poftas de |1 12. do Selébro do anno de 1642. II No 2. do leu Reynado, & || 38. 

^ de fua idade. |! CO.VI AS REPLICAS, REPOSTAS, ji ^ deeiarafões delias 

em 164.5. || (Escudo d'armas portuguesas, encimado por viseira e drag3o — 
gravtira aberta a buril em chapa de cobre) || Por mandado de S. M. & or- 
dem de Thome Pinheiro da Veiga do feu j| Confelho, Dezembargador do 

Paço, & Procurador da Coroa. || 1| FM LISBOA. || Por Paulo Crae.i^ 

beck. Anno 1645. Infol. peq. de IV pags. (prels.) inums. e 86 nums. E. 



jflQlbâiidoao r«gcd<»09 cafii oa fbp.nca$l:i9ogouer 
iigdojDacafaooçuiclTatodoéoeoèlembargaclo» 
re5:con-cgcdc»cs d< mintH!coai;:T a rodoe outros 

., iJ co?regeooxg|une8aiuftK36:offidatgipdfo9g9 q 

ocorrfxçuiiêioptffcrqcnifoclocúpjádíasnunbaiJleve.-Taefã 
çã c&par Tgoardar coino ndlaefir cõtCT iitádo 90 cbáorttT mooi 
q logoas putKKiiie em nunba d^áçdariaroadae cin a çidadcoc 
2.itt)09:a.rrvi.Dia6D€lPouébxiflÍ)aofírn;íd<5a6tfcrajcoáno 
00 naçítnoHo ocnoílbfrntío: Jdu d?Jifto. a2>e.aÊ».2>.oTvi4. 
PiCTOoalcajouacanKiro asftsdcroKn-zfiJbdíraii. 

C^eftfScapitoloeTlffefenaopodíTannpjúmrnt venderptr 
pdísa aigúa íc náo p afbnfo loiíré^o lúiityx) oa Raírtja mintw 
fobx todaeinuirto aíiiada -z pjcjada moHxr. e qtiajqr outra pef 
íoaquíocõtrafrofejerfnco.Tcrij oTipfua cxçirKoéracrujados 
pa o wto afbnfi^rcço. £ oc perder pa cBí oe líuroi ^ afli imçfá» 
mwctí tcuCT pêra pc der. £ o oito S fonfo lcuré<;o náopodíTa ré 
deTC3dabuúT>dumc r>06 wtosluiroô pojmafe pxçooc oous 
re9ceoípíatapoaugucf€a.gt>édêdoo6pci inayepx^^osoi 
(OdDOuerraee oepjata: pagara çé cru^doezameta de pa quêo 
sccufar : 1 9 oisra metade pêra a mini:iã canmra.f fera ^Tinado 
cada buú oosoiroe vdiinie0pdocl:iani;dcrinoo::<tnáoficndo 
po} dkalTinado náoreiiTe ciara feenancredúoalguú. 

C®8qua€Scapúoío6 «zrtpoftaaaelíepaoafttleTeífobx ai 
guiíe odkefe federá foiam publicada) neíla pdade 6 iJiboa na 
cafaódefefã3 acbá^daríapdooocf02 3lu3Tofémáde5 ooconiè 
Ibo <z r-efembarçjo oei rc[ nofío Mpoj t d?áçdcr moo? em Çaa 
reYnostfenboaoea.mr.mae do meeoenouemb». Snnoco 
naçlmairo oe noITofeni?©? Jeút d?aifto.»eJl&.0.rrn>(ti. 
C<2!<lualliurotanon5£cadernòs.f.a.b.cD.c.f.g.b.^(àmcB<kr 
no6oerefefolbadC3dãlptL£ t qtonoe^foiba&C.iltLqlãin 
ceo^tofolbad cada bã.Éatauoa da cóaeamuis reses 01)9 Una 
tura t>e. 4- tem quatro fblbae. 

lUudoeo. 
C5^fn>P>^f^<'^£3piK>lo0'zIe^pa'm2dado od nf 
no(C3 lénbo} na ddack oelutboa per jBenná £}a8>arde 
cmpiemido2.Cac9baráí<aoe.i«.oú0OonxsoeJife«gOb 
aiiiioorJ]Ê.e>.n79- 



■ Fac-simile» da ultima pagina dos ^apitolos òt ffiortís, 
descritas no Catalogo sob o n.° 579. O original mede 
235 X 130°"". 

(Pag. 170) 



AZEVEDO -SAMODÃES 171 



/õSii° 



O 



As IV pjgs. prels. compreendem : fiontispicio (p3g. 1 e ll-esta cslá em branco); e • VK- 
TtNTtWEM QUE l^ÃO ENCOKPORADOS\\os Cajjitiilos Gerais tios ires Ef la- 
dos, ^ Repoftasía elles. Dadas em Cortes de Lisboa" em 12. de Setembro] de 

1645. :> (lll-a :V está em brancc). 
De pag. 1 a 60 decorrem os: <CAPlTVLOS 1| DO ESTADO \\ DOS POVOS, jj & repoftas que a 
elles mandey dar., (compreende C.VIl Capítulos e outras tantas resnostjsi; de 41 a 60, 
os «CAPITVLOS DE COKTES H DO ESTADO || DA NOBREZA, |1& repoftas que a 
elles ;| mandey dai.» (XXXVl Capítulos e respetivas respostas.; da 61 a 77, os: CAPl- 
TVLOS DE CORTES H DO ES-TADO ECCLESlAStlCO, [1 E REPOSTAS , que a elles 
mandey dar.» (XXVi! Capítulos e suas respostas); e da 79 á S3, as: -REPOSTAS A 
REPLICA iiQVE FEZ O ESTADO DA NOBREZA, J18i do Ecclefiastico sobre alguas 
das que lhes man- !'. dei dar no anuo de 1642. aos primeiros Ca- pitulos que por Tua 
p.irte fe me offe- 11 recerão em Cortes geraes [; de 1641. >; e, ainda: •'ALVÀRA SOBRE 
OS dízimos dos cavalei- \\ ros das Ordeis Militares do azno de 1550, a que 
fe rej'ere\\a repofta do capitulo VI.' (ocupa parte das pags. 83 e 86). 

Todas as pags., incluindo a tío írontispicio e exceptuando três que estão em branco, são 
embelezadas com moldura formada por dois filetes paralelamente dispostos. 

É espécie bibliogrática .issás interessante, e da qual n.^o tem aparecido, desde ha muito, 
qualquer exemplar á venda. — MUITO RARA. 

582-CARAMUEL LOBKOWITZ (./.) — IlllLlPPVS í, I'liVDENS 1 CAROLl V. 
IMP. FILIVSIILVSITANI.EII ALGARBLí:, INDLE, BRASILI.E |i LEGITI- 
MVS REX II DE.MONSTfiATVS li A. D. loaiine Caruiiiuel Lohkowitz jj Reli- 
gioso Diineiisi Ord. Cister. || S. T. [loclcfe IjOiianiensi || et Meliosensi 
Abbate. f/sío «o ctmtro a'um punoio fronl. ule,<joi ici>. Na bose): ANTVERPhlH 
\\EX OFFICINA FLAMISlAiSAWBALTlIASAHIS MORETI. ' M.DC.. 
XXXrX. {1639). In-fol. peq. de XVI IT. prels. iniims., 430 pags., e mais VI fí. 
iniims. para diversos Índices, uma para: F.ÍCVLTAS OfíDIXIXIS, (assina- 
da: Bernardiis Ahbos Dtintn ii.], IVDICIVM Efuerendi adnwdiim Domiu- 
CHniSTOPlIoni llVThEXS. . . e CE^SVRA ; e mais uma que tem apenas 
na face: .S i'MMA P/i/l JÍ.EijJl liEGlS CATIÍOLICI. 1'HILIPPVS IV. . . (as- 
sinada: í,oi;c/is). E. ptrg. 

Esta importante e apreciada obra é adornada com as seguintes primorosas gravuras a 
buril : antigas armas do reino no verso do ante-rosto, encimadas por Christo na. 
cruz; figura da Lusitânia em uma das ti. prels., e 25 explendidos retrs. de diversos 
reis e rainhas de Portugal. Tudo magistralmente gravado em chapas de metal. 

Belo exemplar ; com forte encadernaç,ão em pergaminho, contemporânea. MUITO RARA . 

r,8:! — Carayon {P. .li(.vi<s/c) — rilBI.IOGlíAPIIIt: HISTORIQUE |1 DE L\ H 
COMPAliNliC DE .)ESUS||OU CATALOGUE 1| [>ESOUVHAGES RELATIFS 
A LllISTOIRt: DES .IIÍSUII E.S || HEIflS I.KUR OKIGINE JL:SQL"A XOS 
JOURS i; PAI! EE P. AIjliUS'1 K CAliAYOiS || IjE LA MÈWE COMPAGNIE. || 
(Marca emblemática i!a Com|.aidiiM drs Jesus, tendo no centro as iniciaes: 
/ H S)\ PAfílíi\\Al'(;FSTE ULItAXD, LIBHAIHE,\\1, RLE DES GRÉS, 
7 il ... II MDCi.CLXlV. (No veiHo d;i fl. do nnle-n.sto: FOITIERS.— TY- 
iOGnAPHlE I)E HhWRIOFDIX.). In-V' gf. .le VIU 6l'2 pags. E. 

Nas pags. prels. V a VIU vem uma espécie de Introducção; nas 542 a 570 um cAppen- 

dice sur les Missions....; nas 571 a 609 o INDEX, e nas 611 e 612 a TABLE. 
Ti-abalho bibliográfico muito interessante; belamente impresso em papel de óptima quali- /f ^ ^^Ô 

dade. Impressão a duas colns. por pagina. -Bom exemplar. RARA. /' C / 

584 Êtabllssement de \a, Comp.ngnie de .lésus a Brest par Louis XIV. 

Fontalioti du Séminalre pour les aumoni^rs de la marine. Notice et doeu- 



'^O^Oõ 




á 



So^ 



V 



c o 



/ol 



loh^ 



172 catXlogo da livraria 

inents piibliés parle... París: L'Éciireux .. iS64. {Poiíiers, tiip. et slúoti/p. 
Oudin). In-8.<> de XI-228 pogs. 

Notes hislotiqves siir cinq. jesui(es massacres aii Mont-Liban en 

1860, recueiliies par le père Pierre-Marie Marlin, el publiées par le.. . 
Poris : ihi.. iSar,. In 8." do XVM09-II pags. 

Banmxsemen'. des Jósuiles de la Loiíisiane. Rrlalion et I.ettros ini^- 

dites, publiées par le... Pari», ibi., 186i>. In-S." de XI-I-136 p.ogs. -^.f Ires 
obras em íim rol. V.. 

Obr.is muito interessantes relativamente ao assunto que versam. Excelentes edições. 

585- Les prisons du M:irquesde Pombal, ministre de S. M. le roi do Por- 
tugal. (17.")9-1777). Journal publié par... (Maroa da Companhia de .Ifsiis. 
tendo no centro as iniciaes; 1 11 S). Pmis: VÉcureux, Libraire... ISOô. 
(No fim: Poilieríi.~Typ. de Henri Oudin.). In 8.° de XXXIl-328 pags. E. 
Interessante e difícil de achar á venda. Bom exemplar. 

S8') Premlère mission des jésuites au Canada. Lettres et Dociimonts 

inédils; publiés par le.. . de la Compagnie de Jósus. (Marca-emblema da 
Conip.'' de Jesus, com as iniciaes: / H S). Paris: VÈi-ureux.. . 1864. In- 
8.0 de XYI 304 pags. E. 

Compreende cartas de grande numero de missionários. Bela edição. Bom exemplar. 

587 Relations inédites des missions de la Compagnie de Jesus a Cons- 

tantinople et dans le levant au XVII^ siòcle. Publiées par le... Poiliers, 
O C> Oudin; (el) Paris, Dminid, 1864. In-8.» de XX-288 pags. E. 

No fim da ultima pag. o registo tipográfico: Poitiers, typ. et stéréetyp. Oudin. 
Obra interessante. Boa edição. RARA. 

588-Cardama (Lowení^o)-'^ || RELAÇÃO || DA GRANDIOZA || EMB.AIXADA, 
II QUE EM NOME || DAS MAGESTADES, 1| DOS SENHORES REYS || DE POR- 
O ^' TlIGAL, II DEU NESTA CORTE DE MADRID |i AS MAGESTADES || DOS SE- 

NHORES REYS II CATIIOLICOS || O EXGELLENTISSIMO SENHOR || D. RO- 
DRIGO ANNES DE SA || ALMEIDA E MENEZES, MARQUEZ DE ABRANTES, 
II em dia de Natal 23. de Dezembro de 1727. |] ESCRITA 1! NA LÍNGUA 
PORTUGUEZA, EM OBSEQUIO DO || melmo Excellentillimo Embaixador, e 
lie todos II os feus Nacionaes. || POR LOURENC,0 CARDAMA, MERCADOR 

li de Livros, na rua da Tocha. || || ImprtiYa em Madrid na OFFI- 

CIN.A D.\ MUZlC.-i, II por Miguel de Bizola. Aíio de 1728. In4 <> de 16 pags. 
Na pag. I (inum.) o titulo ; a 2 est.á em branco, e nas restantes o texto da Relação. 
Muito interessante e curiosa. RARA. 

589— Cardim (P. António rrancisco)— ELOGIOS, || E RAMALHETE |! DE FLORES 
BORRIFADO 1| COM O SANGVE DOS RELIGIO- || los da Companhia de lefus, 
a quem os || tyrannos do Império de lappaõ H tirarão as vidas por ódio || da 
Fé Catholica. || COM O CAT.iLOfíO DE TODOS \\ os lieligiofos, ^ fecula- 
res, que por ódio da mel- il ma Fé foraõ mortos naquelle Império, 1! até o 
anno de 1640. || PELO PADRE ANTÓNIO FRAN- l| cilco Cardim da Compa- 
nhia de lefu, Procura- II dor geral eleito a Roma pela Prouin- || cia de 
lappaõ, natural de Viana |1 de Alentejo. || || EM LISBOA II Com li- 
cença da S. Inqttifiçau, Ordinário, ^ Paço. I| Por Manoel da Syliia, anno 
1650.— In-4.° de XII pags. (prels.) inums. e 380 nums. E. 



AZEVEDO - SAMODÃES 1 73 



As XII pags. prels. inserem: frontispício (I e Il-esta em branco); 'Llce/tçast (a pri- 
meira: iLicença do P. Prouiiuiat da Cõpanhia de /c/u-- datada e subscrita: «Lis- 
boa nefta Cafa de S. Roqne 30. de lunho 1| de 64<J. |; Pf/-o da Rocha») III e IV); 
«Proteftação do Author. (V) ; «INDEX 1| dos Elogios pelos mezes, & II dias do anno. 
(VI a XI); e 'ERRATAS' (XII). 

Nas pags. nums. 1 a II decorrem: «ADVERTÊNCIAS |1 ao Leytor 11 jM«i7<j «ecí //anos 
;>ara inteligência de fia obra ; na 12 uma poesia em latim, com a epigrafa: ^DE FAS- 
CICVLO 11 P. ANTONU FRANCISCI H CARDIM, 1| In quõ D. Francifcus Xauerius, fuf- 
tibus, lagittis, lapi di- 1; bus creuntatus; Indorum Martyrum || Pater fuit»; nas 13 a 
257 o texto dos EI.OQIOS,-dos quais o 1. é o 'DE S. FRANCISCO i XAVIER'-, 
nas 261 (a 200 está em branco) a 331, o: «CATALOGO 1| DOS RELIGIOSOS, E SE- 
CV- II LARES, QVE NOS REYNOS DE |1 lappão foraô mortos em ódio de noffa \\ 
Tanta Fé, ít pregação dolfagrado Euan-; gelho. H Do anno de mil quinhentos qua- 
renta |1 & noue. llfAÍ QVE DEV PRINCIPIO \\ a Co:iuerfaõ de Iaf>paõ\\S. Fraii- 
clfco Xavier da Coinpaiiliia de Icfus, Aposto- \\ lo do Oriente, 2?" Núncio Apofto' 
lico,\\atê o anno de mil féis centos'\i^ quarenta^; e, linalmente, nas 333 a 380: 
.RELAC,ÃO II DA II GLORIOSA MORTE |1 DE QVATRO EMBAIXADORES || Portu- 
guezes da cidade de Macao, com cinco- ]| enta & lete Chriitaõs de fua companhia, 1| 
degolados todos pela Fé de CbriltoUem Nangasachi Cidade de lap- li paõ, a três de 
Agoftollde 1640, 11 CO/M TODAS AS CIRCVNSTAN-\\ ciai de fua embaixada, ti- 
rada de informações \\ verdadeiras, ^7* testemunhas , de vista* _ 

Esta ultima parte contem também, de pag. 371 em diante: «Lista dos embaixadores, & 
de toda a gente de Tua H companhia.» 

Obra importante e, no geuero, de muitissimo interesse e curiosidade. Adornada com 87 
gravuras a buril em chapa de metal, as quais reproduzem os diversos martírios in- 
fligidos pelos infiéis japoneses a numerosos missionários no Japão; com um mapa 
(«lAPPONIAE II Noua 8í accurata defcriptio. U Per R. P. Antonium Francifcum Car- 
diiit \l Societatis IESV\lAd Elogia lapponica), e uma outra gravura (de grande for- 
mato) representando o martírio dos quatro embai^dores e dos cíncoenia e sete 
chrístãos seus companheiros. Tudo impresso em separado, sendo o mapa e a ul- 
tima das duas gravuras, em folhas desdobráveis. 

Muito apreciada. Os exemplares completos como o presente são preciosos e E.XTRE- 
MAMENTE RAROS. 

Uvlro exemplar. E. 

Este exemplar carece de estampa grande ; no mais, perfeitamente conforme ao anteceden- 
temente descrito. 

5'JO FASCICVLOS || E I.XPPOMGIS FLOHIBVS, H SVO ADHVC MADliN- 

TIBVS SANGVINE, 1| COMIOSITVS !| A P. ANTONFJ FRANCISCO CAHDIM . ^ 

II ô Socielute lESV || Proiiinciaí líippoiíiae ad Urbeiii j| Procuralore. [| QVI V/~> O/? ^ ^ 

LEGITIS FLORES, HOS LEOITE, || SIC QVONIAM POSITI SVAVES || MIS- ' 

CENTYR ODOKES. || (Vinheta tendi no centro as inicia es : I H S) || HOME, 

Tyfis Jleredim GorbdUtH 1(146 || \\ SVPEHlOíiVM PEItMISSV. 10-4." 

de IV ff. (prels.) iniims. e 252 pags., alem de 69 para o CATALOGVS RE- 
GVLARIVM... e 40 para: MOllS FELICÍSSIMA... (as quais teem fioiíl. 
especiais. E. 

As primeiras IV II. inums. são para : front., que é orlado de 2 filetes ; Dedica- 
tória ao SANCTISSIMO DOMINO NOSTRO INNOCENTIO PAPAE X; Licenças; 
Protestatio auctoris; ERRATA CORRIGE; e IN CATALOaO.->ii pag. 1 principia 
o Prologo ao LECTORI... o qual termina na pag. 14, decorrendo de pag. 15 em 
diante os ELOQIVM. 

Exemplar com pequenos cortes de traça cm algumas folhas c contendo apenas 85 retrs. 
-Edição original. Muito rara. 

Ú91-Cardim {António Fí-ancwcoj-HELAG.AÕ || DA || GLOHIOSA MORTE 1| DE /■ ,--^■^0'^ 

QVATIÍO EMBAIXADORES 11 PortugULZes, da Cid;.de de Macao, com firi- ,^^ 



174 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




'O 



^61 



coen II ta, & fele Chriftaõs de fua companhia, dego |i líiios todos peita fee 
de Clirifto em Nan- || goíTaqui, (Mdade de lappaõ, a trts de 1| Agofio de 
1640. II 603/ TODX& /IS 67/<CFA'S7:-l.YC7.4,S || de lua Eiiihaixaia, tiraria do 
informai.-ões ver- |i dadeiras, & teltemunlws de vista. || PELI.O PADRK 
ANTÓNIO FRANCISCO |! Cardim da Comp.inhia de IIÍSV Procurador || ge- 
ral da Piouincia de lappaõ || || F.M I ISBOA. || Com tnòis n.< licenrns 

7ieeeffarias.\\Xa Oljkitia de Louieiiço de Anueres Anuo de U)43. — In-i." 
de XXIV ff. inums. E. 

A folha I é para o frontispício; a II p.ira uma Dedicatória; «AO FELICÍSSIMO MO" 

NARCHAllDom loaõ IV. o Reftaurador, Rey il de Portugal^ (datada e subscrita : 

Lisboa. 24. de Noueinbro\\ de 1642. \\ De vorfa iMageftadc || Leal vaffaUo \\ Aiito/iio 

Francisco Cardim^); e da III à XXIV o texto da Relação. 

De folha XXI eui diante decorre também uma 'Lifta dos Embaitadorcs, (^ de toda a 

gente de fiia companhia.-' 
Na parte inferior do frontispício, por baixo do titulo transcrito acima, a seguinte decla- 
ração : «Taxão cfta Relação em vinte & finco reis em pspel. !1 Lisboa. 14. de laneiro 
de 1643. II Me.iefes. Coelho-. 
O texto da Dedicatória í impresso com tipo itálico, c o da Relação, com redondo. 
Relação muitissimo interessante e do maior apreço. - Edição prítceps. Belo exemplar. 
RARÍSSIMA. 

5112 RELATION \; HE I,.\ l'HOVINCE II DV lAPON || El^.niTt; || En 

Portugais p:ir le Peie FriANçois ' Car^m de la Conipag"ie ile Iksv 

D II Procurcnr de cetle Proiiince. || DEDIEE 1| A I,A SAl.NTETE' II D'IN- 

NOr.ENT X. ||TRAIJV1TTK|| Du Portngais en Italieii k Roma, & dela 

II Coppie Italienne, en François, par || le P. Fbançois Lmiieb || de la mênie 

f.ompagnie. |1 ^%^f^ || A TO VUNAY, \\ De 1'Imprtmerie d'AvniENQviNQVE. 

li II JI7. DC. XLV. ]n-12o de VI fí. (prels.) iniiins. e Ht)8 pags. 

rtiKis. E. 

As VI folhas prels. compreendem ; frontispício (I); Dedicatória : «Tressaint Pere- (da. 
tada; «A Rome le 24. de Decembre || l&U.) (H. 11 e frente da III); Licenças (verso 
<la mesma II. III): Proemio : «AV LECTEVR. (IV); Aprovaç.ío (datada e subscrita. 
«Z.e 4. d'Octobre 1644. :: Mvnvs ViiEi.tfcvs. (frente da V); ^Extraict da Priíiileíc»; e 
'APROBATION- (verso da mesma fl. V|. Interesçantissima e de muito valor para a 
historia das missões no Japão. Bom e.xemplar. RARÍSSIMA. 

. Relaçam da viagem do Galeam São Lovrcnço . 10 i9. — Vejaso: 

Cumes de Brito [Bernardo), 
tm- Cardoso (Fr. JoiTo)— P.VTII PERFCrilNA. || SEVS SVCCESÍOS, F ROA- 
VENTV- II RA, iMORALlZVDA SOBHE A LETUA IiO , lagrado Texto, & lua 
^, Liltoria, IIDIIílCASE AO ILLVSTIUSSIMO SENHOR DOM || AlVonIo de No- 

<^ lonha, do Conlelho de fitado de II TiiaMageltade. COMPOSTO PKl.O P... 

II (Escudo d'i.imas de D. AíTonso de Noionlia?) || ... || EM LISBOA 

II II Cem 08 licenças neceffouis. Na Officimi de Geraldo da Vinha, 

'■uno 162S. 10-4." de "VIU fT. (pi^ls.) inums. e 32Í) niiins. na frenio, alnm 
(!u lima inum., final, conlendo, tui frente, as «Erratas sic corrige.». 

As VIU ff. prels. compreendem: titulo; Aprovações e Licenças para a impressão; Poesirj 
(em português e em latim) de António de Paiva em louvor da obra e do autor; 
uma Dedicatória a D. Miguel de Noronha, e outra a D. Afíonso de Norcínha. 
De pag. 317 em diante decorrem a Taboa e os índices, que são imprcísos a duas culns. 
por pagina. 

S/í';i/.VZ>.t 1'AII'fE \\ l>A ('.iiNVEliTlDA II PIIiEi;lilNA, II KM MIS- 

CVRSOS N:0I;vES, E PHEPICA- H mis, fiiiKl.Mlos na leira do cap. 2 do 



C> 



AZEVEDO -SAMODAES 



175 



liiiro Ciinonico, & íi- ;| grado do Ruth, de Moahila já BeithUuiiitn, »>i San- 
eia, II Auõ do Chriílo verdadeiro Melsias, Peos, & lio- H mem, Hedeniiitor 
do tçenero humano. || AO ILLVSTlilSSIMO SENHOR D. PEDRO DE (| Alen- 
caílre Arcelii(('0 eleito de Brnpa. . . i! (Seu escudo d'ainias) |! Conjpolto 

pello I'... II II £■?)( Lisbcn. Com licença. Pov ilanoel da Si/Ivo, anuo 165 í. 

10-4." de VI fl'. (prels.) inunjs e 214 nums. na frente, além de XII inums., 
finais, com os índices. — As dvas pnrtes em dois vots. E. 

As VI pags. prels. inserem : titulo ; Aprovações e Licenças para a impressão; e Dedi- 
catória a D. Pedro de Alencastre. 
O texto das pags. numf. e os índices são impressos a duas colns. por pagin.i. 
Clássico. Bom exemplar. As duas p.irfes reunid.TS são muito raras. 

f)94— Cardoso (./orj*?)— Agiologio Lssitano dos Santos, e Varoens illvstres em ^ í^^rsJr O CJ 

virlvde do reino de Portvgal, e svas Conqvlslus. Consagrado aos gloriosos <0't/ "^ 
S. Vicenle, e S. António, insignes Patronos destn inclyla cid.idedo Lisboa, 
e a sev illvstre Cabido Sede Vacinte. Composto pelo Licenciado Ueorgo 
Cardoso, natural da mesma cidaiic. Tomo I. Que comprcnde (fi ■] os dnus 
primeiros meses Janeiro, & Fevereiro, com s; us Commenl.irios. Em Lis- 
boa. Com lodos aí itceurns. Ad Oijinnii Craesbeeckiana M flC Lll. In -fui. de 
VI fT. prels. inums. e'570 pags., incluindo o Index, e 2 mais de Erralos o 
ProliS'aaío, 

Tomo II. Qne coniprehende os dons meses de Mano í' Abril, 

com seus Commenlarios. Ibi. .Va 0//(i'. de Henrique Valente d'Ohvcira. Aimo 
Ifi57. In-fol. de VI ÍT. prels. inums , 788 pags., incluindo o Índex, e 2 mais 
do Enatas e Protestação. 

Tome III. Que comprehende os dons meses de Maio, c" JumIio, 

com seus Commenlarios. Lislua. \a O/jk. de António Craesbecck de .Mello... 
.Ihhi) Itit^fi. In-fol. de VI ff. prels. inums , 905 p:ig. incluso o Index, e 3 mais 
de Erralos e Proteslaçuo. 

Tomo IV. Consagração á Im maculada Conceição da Virgem .Maria 

Setihora Nossa, Pa lioeira do Reino. Composto por D. António Caetano do 
Souza, C. R. Deputado da Junta da Rulla da Cruzada. Que comprehendo 
os dous meses de Julho e Agosto, e com seus Commenlarios. Ili Na fíerfia 
Olfic. Sijhiana,e dfi Acad^-mii Real. ir.DGCXLiy. Iil-tol. de XII 11'. prels. 
inums. e 728 pags. incluso o Index. — Loie de 4 vols. F. 

Obra clássica e muito apreciada. Tudo quanto se publicou. Belo exemplar ; com exce- 
lente ene, da época. Bastante rara. // .,^ 

fiOõ— Cardoso (P. Luiz] — Receita universil, ou breve noticia dos Santos espe- ^ ^ 

ciaes advogados contra os achaq':es, doení;a», e infortúnios, a que ordi- 
nariamente vive sugeita a natureza humana. Tomo I. (unico publicado). 
Lisboa Occidental, Na Olficina de Jise^di Antomo da Sylra. M. DCC. XX Vil. 
In-8.0 peq. de XXXV(ll-3ãr5 pags. E. 

o96-Cardoso do Azevedo (.Um íi«).—HISTORL\ DAS ANTIGUIDADES DE //_í7^ 

ÉVORA, PRIMEIRA PARTE REPARTIDA EM DEZ LIVROS, Onde se reKi- /S~X ^ ^ 

Ião as cousas, que acontecerão em Évora até ser tomada aos Mouros por • ' 

Giraldo, no tempo Del-Rey Dom AlTonso Henrii.|uez ; e o mais que dahi 
por diante aconteceo até o tempo presente, se contaiá na segunda parte, 






Hé 



D 



176 CATÁLOGO DÁ LIVRARIA 

que para ficar mais desembaraçada, se põem no fim desla us Heys de 
Poilugal, com suas gerações, e descendências. POH AMAI)01\ PATRÍCIO. 
rfílJiElKA IMPHESSÃO, e à ciisla de FRANCISCO iVlENDEZ. EVOliÃ, Ka 

OfíiHnado Iniversidade. Anno de 1739. Com Iodas as licenças neies.iarias, 

E PlUVILEGIO REAL. In-4.° de XII fT. prels. inimis. ê o42-I[ pags. E. 

Tratado de ficção satírica muito curioso. Impressão adornada de diversas viiilietas no 
texto, l^rimeira e única parte publicada. Apreciado e pouco vulgar. 

A^ O 5'J7— Cardoso e Silva, Júnior (.-1.) — Devaneios e crenças. i'ii-/o.- iN"« Typ. de 

Manoel Josc Pereira, 1807. lii-S." de UG-IIl pags. E. 

^ /y aOS — Carlenças {SI. Jmenil de). — Essais siir l'flistoire des Belles-Letlres, dcs 

"^ Sciences et des Arts. Par... A l.yon, C.hez les Frerís Diiplain, rtie Mercicr. 

M. DCC. LVII. Arec Apjjrobation Çy- Privilege du RoL In 8." peij., 4 lonios. E- 

Os frontispícios, impressos a preto e a vermelho, são adornados com uma pequena 
vinheta alegórica aberta a buril em chapa de cobre (Deíamo:ice del.J', e os volumes 
com uma e i-tête pelo uiesniô artista e com uuu gravura ímijressa aparte {D^tanto.í.e 
iiiv.—Júiibert scutp.). -Ohví interessante, apreciada e pouco comum. 

i'.l'J— Carmo Velho d© Barboza (^h/o;iío rfo'.- Menioii.-i iii-toiici d;i .■.iitit;MÍ- 
daile do Mosteiro de l.era. cl. amada do Ra'io ; da oídt m a que pi rleiíccu, 
das dilTerentes alterações, que teve, o dos primitivos povos, que por estes 
titios habitaram. Por... 1'orlo: Iijnncio Corrêa. ISòi. (Xa Tiip. de Se'^astwo 
José Pereira). In-4 " de VI-III 91-1 pags. li. 

GOO- Carneiro (Josc Aiigxsío). — Apreciações de vários esiritores feitas á Me- 
''^) (f/l ^ iiioria liistóiica, genealógica e bíograpliica da Excellcntissinia Casa do 

Abrantes, colligidas e pulilicadas por... Porlo: Imprensa CioiliMção. . . 
Í.SSti. ln-8.0 doCSpag.s. B. 

Interessante e apreciável pelos nomes que subscrevem as apreciações aqui insertas. 
Iintre elas destaca-se uma carta de Camillo CastcUo Branco e a apreciação á Memo- 
ria que este prcclarissimo escritor publiclra nos seus Serões de S. Miguel de Seide 
e que aqui ocupam as pags. 41 a 53. -Pouco vulgar. 

/; ^ 11 ,^x^ t^'" Memoria histórica, genealógica e hiographica da E.xcelleiílissiina 

I m4\0 C.isa de Abrantes, por. . . Poi ío ; 18SH. In-S," 2 tomos de 154 e 1.59 pags. B. 

Estimada e pouco frequente. 

60f Resenha histórica e archeologica do Mosteiro de Lessa do Bailio. 

CT)//^/^/ |(!om notas tnographicas e genealogcas^ Editor e proprietário Joíc Lo]cs 

'^'*^ ' da Silva. . . Porlo. 1890. {Impr. Commercial . In-8.° de 175 pags. B. 

t;i;(-Caro de Torres (/■VdmiVo;— HISTORIA PE LAS || Ordenes Mililares de 
.-, Santiago, Cala- II traua, y Alcântara desde su íudaciõ |! hasta el liey [)on 

C' ^ I ilipe Segundo II Administiador perpetuo delias. || ORDENADAS POR EL 

L'CÊCI-|| ado... II ... II Dirigida al iitY don fi-|1lip( mi Nuostro 
!-. Mor II CON PRIVILEGIO MAL. \\ En !\Jadrid. Por luan GonçaU^. Ano de 
!l leso. In-fol. de XVI ff. (prels.) ininns. c 252 nums. na fi«nte. E. 

As XVI ff. prels. inserem ; titulo (acha-se dentro de elegante e artística portada gravada 
a buril em chap.i de metal, a qual tem nos lados lateraes os retratos de Carlos V e 
Felipe IV); outro titulo; .HISTORIA : DE L.\S ORDEíJEá MILI- i tares, Bulas 
Conseruatorias, y defên- 1| sa de su jurisdicion.-; "Suma de Priuílegio.»; .SVM.\ DE 
' TASSA.i; *ERK.\TAS.í; ^Censura dei senor Liceciado Gregório ! Lopez Madera...»; 
' Aprouacion dei Obispo de Vgento.. ; • LICENCIA DEL ORDINÁRIO.- ; Privile- 
gio leal; Dedicatória de Thomas Outerius Aveudanus a Pizarro de Orellana (Em 



Ó'^'^ 



AZEVEDO -SAMODÃES 177 



latim); «TRASLADO DE LA PROVISION QUE SV MA- H gesUd manda despachar 

todos los anos....; e Dedicatória: «A LA 1| CATÓLICA ; Y REAL MAQESTAD DEL 

REY DON FELIPE... QVARTO....; c PROLOGO.. 
A portada está assinada: Alardo de Popma fecit Matrítl-O texto da Dedicatória a D. 

Filipe IV e o da obra propriamente dito são impressos a duas colns. por pagina. 
Estimada. Belo exemplar. Rara. 

604 — Carrere. — TABLEAU DF, MSBONNE, EN 179ti; SUIVI DE l-ETTRES ^ ^-/o O 
ÉCllITES DE PORTUGAL SU!! L'ÉTAT ANCIEN ET ACTUEI. DE CE nOY- S / 
A UME. (Logar de vinheta do ornamento tipográrico). A PARIS, CHEX H. 
J. JANSF:iV, UIPRIMEUR LIBRAIRE, RUE BES SAINTS-PÈRES, JV.o 
1195, F.S.G. 1707 (AN V/).— ln-4.» de 443- VI pags. E. 

De pag. 333 a 427 decorrem : ^Lettres || écrites \\ de Portugal, Sur 1'état aiicien et actuei de 
ce royaume. Traduitas de 1'anglois.» ; e de 429 a 438 : •Porirait historique ;1 du Mar- 
quis 11 de Pombal.^ 

Estimada e rara. ^ ti 

(iCri— Carrey {ttniU) — L'Amazone— I.cs revoltes du Para, par... Noiívelle édi- {^"^ 

tion. Poris; íAkhú Lèvy Frères... 1860. In-8.° de 1V-337-II pags. E. 

No mesmo lote as duas seguintes obras do autor: LES MÉTIS de la savane, par. . . Pa- 
ris, ibid., 1S57. ln-8.o de 1V-327-I pígi.-HLílT JOURS sous 1'Équateur, par... 
/*/., id!., 1S60. (No verso do ante-rosto : Impr. de Édoaard Bloí). In-8.o de IV-252 
pags. E. 

Carrière (.•!.)— Veja se : Lmter (.V.)— Grainmaire arménienne. . . 
tiOG-CARTA CONSTITUCIONAL || DA || Monaichia Portiigueza, 1| DECRE- -P / «^ O o 

TADA, E DADA || PELO 1 liEl DE POliTUGAL E ALGARVES D D. PEDRO, O ^ '^ 
II TMPERADOK DO BRASIL, || AOS |1 29 DE ABRIL, |1 DE 18213. || (Escudo 
d'armas reais portuguesas) \\ LONDRES: \\ NA OtFIClNÁ TYPOGRA- 
PHICA DE C. WHITTINGHAM, COLLEGE,GHlSWlCK. \\ M.DCGC.XXV III. 
ln-4.» gr. de fiontispicio e 76 pags. E. 

Bela edição, •: mandada fazer á custa dos Portuguezes que assignarão o Memorial apre- 
sentado a S. Magestade. (D. Pedro IV). Tiragem limitada a pequeno numero de 
exemplares. Este, que tem o n.o S e que foi pertença do Ten.*^ General Francisco 
de Paula Azeredo, está revestido de uma linda encadernação (inteira de carneira 
verde), com a lombada e as pastas artisticamente ornamentadas a oiro. Na pasta da 
frente vem o titulo e um pequeno escudo d'armas reais, impressos também a oiro. - 
Rara, -sobretudo exemplar nas especiaes condições do presente. 

607-CARTA || DE EDIFICAÇÃO, || GLORIOSOS TRABALHOS || DOS || MISSIO- 
NÁRIOS II da Companhia de JESUS, || NA MISSAÕ || DE MADURE, || E MA- 
RAVILHOSOS SUCCESSOS, QUEjiDoos nella obrou no anno de 1740. || 
DADA A' LUZ PELO jj PADRE PROCURADOR |i DA MESMA MISSAM, || e 
Província do Malabar da mefuia || Companhia. || (Vinheta tipográfica orna- 

menlal) || LISBOA : || Na nova Officina SYLVIANA \\ || M.DCG.XLVl. 

II Com Iodas os licenças necef farias. In-4.° de 48 pags. B. 

Na pag. 1 o titulo; a 2 está em branco; e nas 3 a 48 vem o texto da Carta, ou Relação. 
Curiosa para a historia das missões na Província do Malabar no ano de 1740. Apre- 
ciada e muito para. 

H08-CARTAIIDE EDIFICAÇÃO, || GLORIOSOS TRABALHOS 1| DOS 1| MISSIO- / 

NARKiS 11 da Companhia de JESUS, || NA MlSSAÒ || DE MADUKÈ, || E MA- S^S'^- ^ <^ 

RAVILHOSOS SUCCESSOS, QUE i| Deos nella obrou iio anno de 1743 l DA- 
DA A' LUZ PELO II PADRE PROCURADOR [j DA MESMA MISSAM, || e Pro- 
víncia do Malabar da meíma || Companhia. || (Vinheta lip. de ornamento) |] 

19 



J^-d/' 



O D 



178 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




S 



"^S 



l.lSbOA : li Xa iiura (llpcwa Sylviana \\ i| M.BCC.XLVIl. |i Com todas 

as licenças neceffíiriís. In 4 o de 55 pngs., afora uma em branco, final. B. 

Na pag. I (a 2 está em branco) o titulo, e nas 3 a 55 o texto da Carla. - Interessante. 
Muito rara. 

GOy— CARTA DE || HVM ESTU|iAi\TE || DE COIMRRA A OVTRO |1 em Lisboa. 1| 
(Escudo d 'armas re.TÍs porlugiiezas, ladeado por dois anjos empu- 
nhando os pendões da ordem de (^hristo) || FM LISBOA. \\ 1| Com 

todas as lúençus neccfídriaí. \\ Por Paulo Crasbeeck Ímpre/Toy, & Livreiro das 
Ires Ordens MilUiires\\ Anno de M.DC.XXXXII || A cvfla de Lourenço de 
Queirós Lirreiro do Eftado de Bragança. In-4." de IV fí. inums. B. 

Muito interessante. Vem no fim datada: «Coimbra, oy Lunes 29. de Setiembre de 1642. 
anos.>- Raríssima. 

Caria dei levanlaraienlo. . . — Veja-se: Crónicas... 
tílO-CARTA, II QVE Rsr.iunio VN || cortezano de Madrid a vn Sei"ior de tilulo 
Q (P [| de Andaluzia. (No fiin : Na, Olfirina de Lourenço de Anuereií. Nas licen- 

ças: J.i^hoa, lO-JlJ. In-i." de IV 11'. iniims., semlo a iillima para as LICEN- 
C,AS. B. 

Não tem frontispício propriamente dito; o titulo transcrito acima vem no alto da frente 
da primeira folha, encimando o texto. -Interessante. Muito rara. 

O II -CARTA 11 (COT'! A || DA) QVE OS ESTADOS 1| DE OLANDA ESCRE- 1| ueião 
a Sua Mageftade o Sere- 1| nifr-inio, & PolHnlifsiino Se- 1| nlior Hey Dom loaô 
O II iV. de Porti:gal. || COM OVTK\ RELAC.AÕ UA |l entrada, que o Fronteiro 
Môr Dom Gal- |1 taõ Coutinho fez pelo Reyno de || Galiza en noue de Se- 
tembro ll d( fie Anno de 641. || |] Com todas as licenças neccCíarias. 

II [mprtfso por lorge fíodri'jues. \\ Amio 1641. \\ Acvfui de Lourenço de Quii- 
rós, liiireiro do || Efwdo de Bragança. In-4.'' de IV ff. inums. B. 

.K Carta ocupa o verso da primeira folha e frente da II, e a Relaçam o verso desta 
mesma H. II e as III e IV. 

O te.xto da Relaçam é encimado pelos seguintes textuaes dizeres: RELACAM QVE 
EM SVS- II taiicia contem a carta, que o Oeneral Dõ GaftaS Cou- || tinko efcreueo 
a Sua Mageftade de 12. do prefe:ite \\ mes de Setembro de 641. fobre a entrada, 
que \\ com o exercito da Prouirtcia de eittreW Douro, ^T* Mitlio fez em Galiza \\ fe- 
gunda feira que foraõ no- \\ ue do dito mes. 

O titulo no frontispício acha-se dentro de moldura formada por um filete. 

Interessante. Bom exempar. Muito raro. 

612-5-^ lESVS ^ CARTAS QVE OS PADRES |; E UiMÃOS DA COM- 
PANtilA DE II lesus, q andSo nos lieynos de lapão e-creiíerão 1| aos da 
mesma Compiinliia da Ir.dia, e Euro- i! pa, des do anno de lõiO. até o de 
66. II Nellas se cota o principio, socesso, e bõdaio da || ('hrislandade da- 
quellas parles, e vários ccstu- || mes, e idolatrias da gentilidade. || Im- 
pressas por mandado do lllustrissimo, e Reueren- 1| dissimo penhor Dõ 
loão Soarez, Bispo do Coimbra, Conde de Arganil. &c. || (Logar do escudo 
d'armas do mesmo Bispo — gravura em madeira) || Forão vistas por Sua Se- 
nhoril Beverendiss. e Impres- \\ sos cú sim licença, e dos Inquisidores, em dini- 
bra II em casa de .\nlonio dí? Marijs. Anno de 1070. In-S.» peq. de XX ff. 
(prels.) inums. e cccccclxix nunis. na frente. E. 

As XX folhas prels. inums. inserem: titulo (I-o verso da fi. está em branco); Dedicató- 
ria: -f^ AO MUY ALTO E || MUYTO PODEROSO ZE- 11 lador da fee Dom 



^Co/l"' 



AZEVEDO -SAMODÃES 179 



Sebastião, primei- : ro deste nome, Rey de Portugal, ;e dos Algarues, Sentiôr de 
Oui- II ne, » do Comercio, e Conqui- 1| quista (sic) de Affrica, e da In- 1| dia. 6ic. |1 loão 
Bispo de Coimbra felicidade e; vitoria dos imigosUda fee.» (II e III; <f-^ PRO- 
LOGO. ^-^ II Aos douotos leytorcs loão || Bispo de Coimbra.> (IV e V) ; < ^-^ IM- 
DVLGE^4CIAS || QVE O NOSSO SANTO PA- J dre o Papa Pio quarto, concedeo 
para as partes da Índia, e Brasil, em fauor da || conuersam dos infieys a nossa 11 
santa fee Catholica. 'i Pio Papa quarto. Ad fu- 11 turam rei memoriam.» (VI, VII e 
frente da VIII); <f-^ CARTA QVE ES- ;| creueo o Papa Pio quinto nosso senhor 
II ora na ygreija de Deos preside |1 te, ao Viso rey (que entam '; era Dõ Luys da 
Tayde) [[ e ao conselho da H índia. || Aos amados filhos, nobre varão, I| Viso rey, e con- 
selheyros do Se- 11 renissimo Rey de Portugal || e dos .Mgarues nas par- 1; tes da índia 
Ori- ental. Pio Papa Quito» (datada e subscrita no fim: «Dada em Roma 1| em São 
Pedro, Sub annulo piscatoris, a onzeU Doutubro, de 1567. Anno segundo de nosso || 
Pontificado. 1| António Florebelo Lauelino.») (verso da mesma VIII, toda a IX e 
frente da X-o verso desta está em branco) ; «*1 Alguas cousas que pareceo deuerem 
i; se declarar nestas cartas.» (fl. XI e parte da frente da XII); «Tauoada das cartas, 
que vão neste |! Muro, com a distinção dos annos em II que forão escritas.» (desde o 
verso da mesma H. XII até final do verso da XVIII) ; e «•] ERROS MAVS NO- 
TA VEYS» (ff. XIX e XX). 

Nesta preciosa edição são reproduzidas 82 Cartas, a saber: «Cartas do anno de 1549. > 
(1 a 7) -«Cartas do anno de 1551.» (8 a 10) -«Cartas do anno de 1554.» (11 a 14)- 
■ Cartas do anno de 1555.. (15 a 21)-. Cartas do anno de 1557.» (22 a 25)-«Cartas 
do anno de 1559.» (26 a 30)-«Cartas do anno de 15bO.> (31 a 33)-«Cartas do anno 
de 15Ô1.» (34 a 37)-«Cartas do anno de 1562.» (38 a 45)-«Carla3 do anno de 1563.. 
(46 a 51)-. Cartas do anno de 1564.. (52 a 60)-.Carla3 do anno de 1565.. (61 a 71) 
-e «Cartas do anno de 1566.» (73 a 82). 

No fim da frente da ultima folha, como que em remate do texto, o seguinte registo tipo- 
gráfico :-«Impresso em Coimbra em casa de António || de Maris Impressor e liureyro 
da Vniuer- II sidade. Acabou-se no mez de lulho, H de ÍV1.D.LXX.> 

A impressão, excelentemente executada, foi feita com belos caracteres redondos. Nas fo- 
lhas clx.xvij a clx.xxij são reproduzidas diversas palavras ou assignaturaf em cara- 
cteres chineses. 

O presente exemplar contem diversas folhas imjjressas, no século XIX, na tipografia 
particular do Visconde de Azevedo. Das folhas nestas condições dá conta a seguinte 
nota ms. firmada pelo mesmo Visconde de Azevedo em uma das guardas da frente : 
«Este exemplar, a que faltava o froiitispicio e larias folhat em seguida até d folha. 
50 exclusive, e no fim desde fotlias 655 até final, foi reparado tirando-se um exacto 
fac-simile do seu frontispício e imprimindo-se as folhas em caracteres typographlcos 
os mais simllhantes aos a'ítigos que foi possifel. Não se incluiu aqui a carta do P.' 
Luís Frois, que n'esta edição devia começar a pag. 669 por ser \isivelmente acres- 
centada a ponto de não estar no índice do livro, como pode ver-se. Veja-se Dic. Bi- 
bliog., tomo 3, pag, 52, — Visconde de Azevedo.^ 

Compilação interessante e valiosíssima para a historia das missões no Japão e na China, 
e dos usos e costumes dos naturais desses paizes no século XVI. Edição preciosa e 
raríssima. 

6 13 -CARTAS (lESVS. 1| ) QVE OS || PADRES || E Irmãos || da Companhia de 

lestis escieiie- || rão dos Reynos de laprio & China l| aos da mesma Com- / 

panhia da In |l dia, & Europa, dtsdos annos || de 1549. alé o de |1 1580. || ^ yQO/. 

1'1UME1R0 TOMO. ||Xellas se conia o principio, socessos, & bondade da <=^ ' 
Cris- II tandade daquellas partes, & vários costumes, falsos ritos da genti- 
lidade. H *\ "Impressis por mandado do Reiíerendissimo em Cristo Padre 
dom Theo- || tonio de Bragan(;:a Arcebispo d'Euora. || {Logar de um escvdo 
com as armas do mesmo Arcebispo, aberto em maiZwra) || •] Impressas com 
licença & approuação dos S3. Inquisidores || & do Ordinário 11 Em Euora 

por Miincel de Lyra. Anno de M. D. XCVIII. \\ . In-fol. peq. de II IT. 

inums. e 481 nums. na frente, com duas coluns. de impressSo por pagina. 



180 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



/ 



■f4^ 



o ^' 



SEGVSDA PARTE tias carias do Japão que escreveram os Padres 



e Irniiios da Companhia de Jesus. — /í«í(i parte íi»o tem ro/to próprio e por- 
tanto não Índia o lognr nem a data da impressão, que decerto é a mesma da 
anterior, pois é em ludo coiilorme, viesmo até no próprio pnpel. — In-ful. peq. 
de 267 ff. nunis. na frente. — Ag dtins parlex bem K. 

As duas ff. inums. cia l.a parte coiiipreendeui : froiit. (frente da II. No verso as licenlas c 
viíto? de Frey Manoel Coelho : Diogo de Sousa ; Tlieotonio Arcebispo tfEuvra ; 
Marcus Teixeira, e Damião Daguiar) ; e a Dedicatória AOS BEM AVENTURADOS 
\\ PADRES FRANCISCO XAVIER, E SI- \, mão Rodrigues, cõpanlieiros do Padre 
Inácio de Loyola, fundador, da Religião da Compan/da de lESVS, Theotonio fi-\\ 
lho do Duque de Bragança dom lamcs indigno ;| Arcelns/io de Euom (datada no 
fim : Em Euora a vinte O seis de Março, de I59S). 

A 2.a parte abrange as cartas escritas desde o ano de 15S1 ao de 15S9. 

É esta a colecção mais extensa que se iuipriuiiu em Portugal, d'csta espécie de relações 
da mais alta importância histórica. Compreende ao todo- como indica Inocêncio— 
•duzen'tas e seis cartas, muitas d'ellas extensíssimas, e abundantes em descripções e 
noticias do paiz. Silo por isso, -diz ainda aquele ilustre bibliógrafo — e pelo estylo 
uiais notáveis as dos padres Luis Frúes, Gaspar Coelho, Gaspar Villela, Luís d'Al- 
meida, Lourenço Mexia, etc. -Ha também umas cinco de S. Francisco Xavier...» 

São estas cartas, por certo, as relações mais verídicas e interessantes que se possam 
desejar ácêrca do governo, policia, caracter, usos e costumes civis e militares, e geo- 
grafia do Japiio no século .XVI ; e sobretutlo para a historia das missões que predi- 
caram n'esse reino. 

A impressão, primorosa, é feita com excelentes e muito legíveis caracteres redondos e 
embelezada com curiosas iniciais abertas em madeira. Em alguns pontos do texto 
vem também, como documentação, diversos trechos ou frazes em caracteres japoni- 
cos, os quais trazem, pela superior, a respeliva tradução em português. 

Exemplar em perfeito estado de conservação, e porisso verdadeiramente precioso. 

OBRA IMPORTANTE E DO MAIOR APREÇO. EXTREMAMENTE RARA. 

614-CARTEL 11 DE DESAFIO, V |i PHOTESCION CAVALLliRES- |: ca de ['on 
Quixote de la Manclia Caualle- || ro de la trifle figura em defenfion || de 
ff O liis Caflelliinos. 1| (Lognr de vinheta representado iini combate, á pistola, 

entre dois cavaleiros— toscamente t;ravada em madeira) 1| EM LISBOA. 
II Com tcd.s as licenças thceffarirs. II Nn Olfirina de Doiiingos Lopes Rofa. \\ 
Aciifta de Lourtnço de (Jiidrós Lmreno do Efiadj 1; de Bragança. \\ . .. In-l." 
de IV tT. inums. li. 

O texto ocupa as folhas II a IV e vem no fim datado e subscrito: «...Hecha en Ia' 
Ciudad dei Tobofó a 29. de Octobre de 1641. aiios. |j El Cauallero de ta triste Jigura>. 

O verso da primeira folha está em branco, e o titulo aclia-se emoldurado por tarja im- 
pressa com peqs. vinhetas tipográficas de ornamento, simetricamente dispostas. 

Interessante. Belo exemplar. RARÍSSIMO. 

6l5- Carvalho {António Joaquim de, — Os Toiros: poema heroi-comioo. Lisboa, 
Na Typ. Niinetiana, Anno ilõtí. In-8." do .\-89 pags. E. ' 
Estimado. RARO. 



Ó-/Í 



HO 



o 



61G— Carvalho (António José de].— O Rt morso. Romance social. Com uma Cíirla 
^ pelo sr. António Feliciano de Castilho. Lisboa: Ecilor, A. •M. Alçada Paira 

— 1869. (Tl/p. rnifirsal). In 8.° de 32o pags. E. 

A Carta de Castilho acha-se inserta nas pags. 7 e 8. No mesmo volume estão encader- 
nadas diversas obras de outros autores. 

617— Carvalho (P. António Luiz de). — Vida do glorioso S. José Calnsaiis da Mãi 
de Ueos, fundador, e Patriarca da sagrada religião das Escolas Pias, tra- 



AZEVEDO -SAMODÍ ES 18 1 



ss-o^ 



o c 



fluziíJo no idioma iiorluguez por iinin Juvoto do inesmo santo, e dada á 
luz... j.elo... Lisboa, Na liegia Oijic. Typ. Anno il. DCC.XCIX. in-8.° 
peq. de XIII-lX-XI-370 pags. E. 

Ilustrada com uma gravura a buril "(Neves fez). 

tíl8 — Carvalho {Augualo de).— O Drasil. Colonitntão e emigração. Volume pri- //^ ^ ^^ 

meiro.. (Historia). Contendo um specimen das cartas de doações e loraes / ry ' ^^ 

de capitanias, o Regimento dado ao primeiro governador geral do Brasil, 
Alvarás, Cartas regias, dos tempos coluniaes.. Purto: Typ. de Bartholomeu 
H. de Moroes, 187Õ In 8." de LI V-1 1-454 pags. lí. 

Exemplar conservando a capa da brochura, que apresenta o escudo d'annas imperiaes 
do brasil. 

619-Carvalho (Jorge A')-RELAÇÃO H VERDADEIRA || DOS SVCESSOS DOU 
CONDE DE CASTELMELHOR, || prelo na cidade de Cartagena de índias, & 
hoje linre, || por particular meroè do Ceo, & f aior delRey jl Dom Io3o IV. 
noílo Senhor, na || cidade de Lisboa. || (Logor de grande escudo alegórico, 
tendo no centro as armas de Portugal) || EM LISBOA. \\ Com toda» as licen- 
ças necef fatias. || Na Oflicina de Doviingos Lopes fíofa. Anno 16A'2. In-4.'' de 
XII fT. prels. inums. B. 

Relação interessante e estimada. Publicada anónima. MUITO RARA. 

620 — Carvalho Azevedo Mello e Faro (D. .luaqiim de] — Antiguidades de S. ^-^ ^ /^ 

Martinho de Mouros, do concelho de Rezende e de algumas freguezias ''<C'^ 

actualmente pertencentes ao mesmo concelho. CoUigida de antigos escri- 
ptores por... Porto: Typ. Occidenlnl, ISOn. In-8.° de 70-1 pags. e um bom 
relr. do autor. B. 

6'âl — Carvalho da Silva (Pramicv) — Vida do admirável padre S. Theotonio, -^ y^ O <^ 

Cónego Regular, e Primeiro l'iloi- do Reil Mosteiro de S. Cruz de Coim- ^' -^^ 
bra... Publicada pelo Lictnoiado.. . Coimbra: M.IiCC. LXIV. Na Typ. da 
Academia Liturgia... In-8.° peq. de XX-226-II-87 pags. E. 

Estimada. Ao exemplai' está apensa uma folha com a arvore genealógica de S. Theotonio. 

622— Carvalho de Ataíde (Mamul ái;)-PERlCOPE GENEALÓGICA, || Y || LlNEA ^Z y 

REAL, II SEPARADA AQVI |i De las muchas otras, que la || acompanan en IZ^O /?S ^ ' 

las Casas |1 à quien toca. || Por el pbior || Don Tiviseo de Nasao, || Zarco, / 

y Colona. |1 (^f^) {>h) (^f^ li EN NÁPOLES. |í |1 Por Novelo 

de Bonis. || Con facultad de los Supeiin-es ln-4.° de frontispício e 91 paga. 
nunis., afora duas inums., e uma em branco, finais. E. (perg.) 

No verso da folha do frontispício um trecho (quatro linhas) de : cD. Hieronimo in 

quadam Epist.); e nas duas pags. inums. ; «Arbol de Costados de la Princesa de 

Barbanzon ». 
As margens do frontispício são embelezadas com tarja tipográfica, impressa com peqs. 

vinhetas de ornamento, simetricamente dispostas. 
Obra não citada por Barbosa, Inocêncio nem Matos ! e da qual não sabemos onde tenha 

aparecido algum exemplar á venda. Belo exemplar. RARÍSSIMA. 

623 THEATRO II GENEALÓGICO, II QVE CONTEM AS || ARVORES DE 

• COSTADOS 1! Das principaes Famílias do Reyno de Portugal, & suas Con- 
quistas. II Tomo I. (e único) || PELO PRIOR \\ D. TIVISCO DE || NASAO ZAR- 
CO, Y COLONA. II II EM NÁPOLES. \\ Por NOVELO DE BONIS, || 



/âo/' 



182 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



íé 



(0ot 



D O 



Anno M.CX II. (sic— 4712?) i| Com permissão dos svpdiore». In foi. de IV fí. 
(prels.) inums. e 231 nums. na frente, contendo arvores genealógicas. E. 

As IV ff. prels. compreendem ; frorilispicio (no centro do verso da folha uma peq. trans- 
crição d'um trecho em latim de D. Hyeroit. in quadam Epist.); A QUEM LER.; e 
INDICEW DASW ARVORES, \\ Que contem... 

Obra muito apreciada, e hoje bem dilicil de encontrar no mercado; e para cuja rari- 
dade concorreu, de certo, o terem sido mandado;' recolher todos os exemplares, por 
Alvará de 28 dt Agosto de 1713, passado pela Meza do Desembargo do Paço. Nele 
se declara que o Tlieatro não tem fé, nem ciedito, e por isso que as justiças em 
qualquer parte que o acharem o recolham, e o tragam á Meza citada... 

62i— Carvalho de Macedo Malafaya (.Uífliii/) ;1 Gloria portugiieza acgam illus- 
trada nn despedida (ia . . . Senhura M;irqiie/.a de Tavor.i, acompanhando seu 
esposo o. . Sftih.ir Marquez de Távora, P:tra o Vi-Reynodo dos Estados 
da Indin. . Por... Lisboa : iWi Officina de Pedro Ferreira.. . Aiuw do Se- 
nhor MDCCL.. . In-V.''de24 p;ií,'s., alóin de uma !T , final, com uma figura 
representanlo a Fama eiripmiliiaido a respectiva tioinhetn. D. 

625-Carvalho de Parada (.4»Mh;o!- ARTE || DE REYNAR 1! AO POTENTÍS- 
SIMO UEY. 1). I0.\0 IV. nofio Senhor |1 RESTAVRADOB D.\ LIRER- ||dade 
Portugneza. H .Grande escudo d'arinas reois portuguesas, ladeado por dois 
anjos segurando com uma das mãos a coroa leal que encima o escudo, e 
com a outra os pondo' s da Ordem de Cristo. Por bai.xo a esfera armilare 
a divisa de I). João II: um pelicano ferindo sangue para .-dimentar os fi- 
lhos) II Pello Doutor .António (^arualho de Parada |1 Aciprefte na Sè de Lis- 
boa, ora Prior de Pucellas Protho- 1| notário Apostólico, &= vifitador do 

Arcebilpa- || do de Lisboa. |1 || Cohí todas aí licençaa necefsarias. || EM 

BVCEI.ASW Por Paulo Crasbtek. Âr,no de i644. Ir-f.d. de Y ff. (prels.) 
inums., incluindo o fronlispicio, e 296 nums. na frente. E. (p:rg ) 

Carvalho Parada é um dos nossos primeiros e mais estimados clássicos, e esta obra o 
seu melhor trabalho literário. Edição primorosamente executada pelo afamado e hábil 
impressor Paulo Craesbeck. 

Os exemplares são hoje extremamente raros no mercado. Este nosso acha-se perfeita- 
mente conservado, mas, infelizmente, falho de três ff. prels. Ainda assim mesmo, 
é de muito apreço e valor. 

t)á6 Discarso poMtico U nd ido em la doutrina de Christo nuesiro Senor, 

y de la sagrada Escritura Si conviene ai govierno espiritual de las almas, 
o ai temi oral de la HepuMica aprouarse el modo de predicar de repre- 
hender a los Principts, y Ministros... En Lisboa: Con todas Ijs licenças 
necessárias. Por Pedro Cruesbeeck Iii.preasor dei Rey. Ano M. DC. XXV II {{627). 
Iii-4.» de IV IT. inums. e 22 nums. na frente. E. 

Opúsculo não citado por Inocêncio. Belo exemplar. Raríssimo. 

Carvalho e Araújo {.Ve.vnndre Herculano de)— Veja-se: Hercxdano {Alexandre). 

/■ , ti27^ Carvalho e Mello (Sebastião José de)- Mômoires de Sébastien-Joseph de 

(--\ff /) ^' C.uvollio et Melo, t^onde d'Oeyra,s, .\larquis do Pombal, Stcrélairo d'État 

^7''' ^ premier Ministre dii Roi de Portiigrd Josepli I. .4 Lisbonne ; Et se troitfe 

a Bru.velles, í.hes tí. Le Francq . . . I mprimevr-Libraire M-DCC.LXXXI V. 
In 8." piq , 4 tomos de XXX-ll-2'17, 11-267, 11-220 o 11-237 pags., em dois 
vols. E. 



t4 



O O 



AZEVEDO - SAMODÃES 1 83 



As XXX pags. prels. do tomo I inserem: titulo e ^PRÉf-ACE-; e as 11 imediatas um 

«AVERTISSEMENT.. 
Interessantes e curiosas. Estimadas e os exemplares pouco vulgares no mercado. 

628— Carvalho e Menezes (Joaquim Ahtuiiio rtf)— Memoria geográfica e politica 
das possessões porlngiiezas n'Africa Occiíleníal, que diz respeilo aos rei- 
nos dd Angola, Benguela e suas dependências. Origem de sua decaden- Ja* 
cia e atrazaniento, suas conhecidos prudnijões, e os meios que se devem 
applicar para sen inelhoratnenlo, de qne deve lezullar mui grandes van- 
tagens á monarquia. lÀehoa. Armo li^Sl. T}/p. Carvnihense. ln-8.° de IV-41 
pags. B. 
Não vulgar. 

Carvalho Mascarenhas (Jcuo)— Memorável relaçani da perda da nao Co- 
ceiçam. . . — Veja-se : Gomes de Bnto {Bnnutdo). 

629— Carvalho Moreira (Francis -o Itoqiie de) — Portugnida Poema em XII. Can- .Á^ ^ (^ 

los : Cujo assumpto he a primeira tenlaliva da França em se apossar de ^ 

Portugal, e os esforços, e trabalhos delle para a frustar, até vir pela ex- 
pulsão de Junot a conslituir-se no seu antigo estado de Independência. 
Obra... Lisboa: \a ímp. Iteijia. Aviw 1816. Com Licença. In-8.° peq. de 438- 
VI pags. E. 

I'oenia estimado. Bom exemplar. Pouco frequente. 

630— Carvalho Saavedra Donnas Boto [Luiz Maria (ie)--Apotheose do Illus- / /•M ^ — í'^ 

trissimo Senhor António da Costa e Souza (Veiga Júnior), e das outras jT- M- 

nobres viclimas que solTrerão o martyrio pela pátria, nas margens do ver- 
dadeiro aos 22 d'Outuhro de 1846. ('omposta para perpetua memoria por • . 
Porío : ÍS4íi. íia lyp. de Faria Guin.arãcs . . . In 8." de 452 pags. E. 

631-Carvallo (Lvii Alfonso de) -Ci^^iíi DE A1'0L(), DE || LAS EXCELÊNCIAS, 
Y DIG II nidad y lodo lo que ai .'\rte Poética y versifi- || caloria pertenece. 
Los melodos y estylos que || en sus obras deue seguir el Poeta. El de- 
corpy II adorno de figuras que deiien tener. y lodo lo | mas a la Poesia 
tocante, significado por el ' Cisne, y insígnia preclara de || los Poetas. || 
Por Luys Alfonso de Caniallo clérigo. Dedicado || a don Henrique Pimen- / 
tel de II Quifiones. j] (Marca do impressor— de desenho quasi igual á que 
vem no frontispício da primeira ediçSo do D. Quixote de Cervantes) || Con 
licencia dei Comejo Real || En Meiina dei Camjo, Por hian Goãinez || de Mi- 

llis. Alio. i(i02. II II A roíta de Pedro Ussete, y António Ciiello. ln-8.° 

peq. de XVI IT. (prels.) inums. e 214 nums. na frente. E. 

As XVI folhas compreendem: frontispício (l)- -7"/ISS/l«, 'ERRATAS' e ^Aprobacion. 
(U)- Privilegio de «£L REY. (Ill e IV) - ^El Capitan don Atonso de Moscoso,\\al 
Aiictor. \\ Soneto*; ^Dedicatória a don Henrique Piinen-^\ tel de Qulnones^; *Romanee 
de don Lopo de Oinana, ai |1 Cisne de Apolo»; e ^Soneto dei Licenciado Diogo Gar- 
cla\\de Sierra, y Omaiia, a la pa-\]tria, y Auctor> (V a VIII)-€>t tos discretos 
Poetas el Auctor. (IX, X e frente da XI); e «TABLA DE LOS DIA- H logos, Paragra- 
phos de to-!| do el libro.» (verso da XI até final do verso da XV-a XVI está toda 
em branco). 

O texto d'esta curiosa e estimada Arte poética, dividida em quatro Diálogos, está enri- 
quecido de numerosas poesias em vários metros de rima. 

Edição primitiva e parece que única. BelO exemplar ; com encadernação antiga e bem 
conserv.ida.- MUITO RARA. 




Oc 



184 



CATALOGO DA LIVRARIA 



9/Ó- 



- O 



632— Casal [Fcd Gaepar íZo)-Axiomata Criftiaia... CONIMBRICAE. 
B. L. (1550). 

(Segue a exacta reproivçCio fito-zincogrójica do frcnlirjiicio) : 

AxiomaraChriíliana 

£x iiuinis fcrifiuris^ çj-Janílk patrilus , cum tC' 
chflaíliciíf am ctiam Scb<JaJb.í:íf,pn' Reuerendã 
Patfcni fratrem Gafparem.ordinisetemítarfi fancli 
Auouftíni, DodlorêTheoJogú.acRegín concioiíaio 
r« indigna .Nuncnnc nouiter coUeda.opushadenus 
dellderatã íduerfus hsreticos.atitiquos.Sí modernoj. 



. M. 




C O N I M B R 1 C^AE. 

Apud loannem Barreriuin , & loannem 

Aluaruni Typographos Régios. 

R. U, L. 

(O oiijiiuH miãe lS'2xO/""i) 
In-4." de Yl IT. (prnls.) iniinif;., IC6 nums. na frente e niaití IV iniiins., fi- 
nais. K. 

Na frente cia primeira folha prel. o frontispicio reproduzido acima; no verso ia mesma 
H. uma gravura em madeira, representando uma esfera armilar, desenrolando-se-lhe 
do pé um fitilho em que se lé esta divisa: ^-§ SPERA IN DEO ET FACBONl 
TAT EM; nas folhas II e III e frente da IV, a Dedicatória: .lOANNl TER- |i TIO 
ORTHODOXAE /7Df/ || EQREQIO ZELATORI PORTVQALLI.-E, H & AlgarBiorum, 
citra 81 vltra maré in Afri || ca. & caet. Regi potentiffimo Frater |1 Qafpar Doctor 
Theologus, Ere |; mitarum S.incti 8.- magni j Auguftini profelfus, li Suus cõcionator !i 
indignus. |; PERPETVVM REQNVVM: ET VITAM FOELICEM.; na verso da mesma 
H. IV, ti. V e frente da VI o prologo, com a epigrafe: «ChriCtiano lectori ' ; e no 
verso da mesma ti. VI uma poesia em latim : «.^d lectorem.» 



AZEVEDO -SAMODÃES 185 



Nas 1Q6 folhas nunis. decorre o texto da obra propriamente dito, o qual remata no verso 
da ultima ti. com estes dizeres: Laus Deo Om:í'. potente , Çp" Virginl Oío-\\riol'a' 
Maria Vero. Matrí Eiiis., e por um novo registo tipográfico do logar e da data da 
impressão, que diz textualmente assim : 

5^^ EXCVSSVM EST" Cofúmhrkcc AEdlbus loatmis \\ BarrenJ, (^ loa.i-iis Aluar!. 
iÀnno. M.D.L. \\ III. No. latmar. 

As IV folhas inums. Hnais inserem o: «Index aperit urgameiíW singuloriim capiíiim, 
qaaí libris singulis, ^7* articiilis co iti.iennir. atque adeo pio lectori ob ocntos ponit 
capit omniiitn rerum, qinx \\ fparfim totó volurnine digeru/itar. 

Obra curiosa e muito estimada, dividida em quatro Livros. Apreciável para as colecções 
de tratados de paremia (Adágios, Provérbios, Ritãos, Sentenças, etc). 

Ediç.ão primitiva, bela e mui nitidamente impressa. Na impressão, esmaltada com di- 
versas letras iniciaes de desenhos de fantasia, abertas em madeira, foram emprega- 
dos caracteres itálicos e redondos. O texto é acompanhado de notas e citações niar- 
ginaes, as quais são impressas com tipo redondo, mas muito mais miúdo que o 
empregado no corpo central. 

É o n.o 415 do Catálogo peremiotógico do sr. Melchor Garcia Moreno. Madrid: San 
Bernardo, 26.-Ubreria. MCMVlll, in-8.0 gr. de VUI-24S-VIII pags. 

As edições posteriores registadas por Barbosa são as seguintes : Venetiis, apud lorda- 
nern Ziléttam, 1563, in-4.o, e : Litgdtmí, 1593, em igual formato. 

633 De Sacrificio MISSAE, i| &. lacrolanclae Eucharilti» |[ culebralione, 

per Chiifluin iii |i C(Kiia nouilsima, || LIBÍU TRÊS. || In quibu.s XIII his de 

rehus Arliculi in lacra Uecumenica i| Synodo Tridenlina propofti, in 

exame uoearilur. || orthodoxa fides afferitur, it odueilarioriiin || errores 

elidiintiu'. I] Heuereiídilsimo GAbPARK (^ASAI.IO Lufilano, j, Leirienlluin 

Epiícopo Auctore. || Accefàit rerum & uerborum memorahilinni Index |[ 

(Marca do impressor, aberta em madeira ) |i CVM PRIVILEGUS. VESE- 

TIIS, M. D. LXIII. II EX OFFICIXA [URDAM ZILETI. In-S." de XVI IT. 

(prels.) inums. o 211 nums. na fren'o, além de uma em branco, final. E. 

Nas XVI pags. prels. o seguinte texto: titulo (I-o verso está em branco) ; Proemio . 

--GASPAR CASALIVS || LVS1TANV3, il Eremita Auguftinianus, (Q- Leirienjiiim 

Epi/c.WC/iriftiano lectori S.- (datado no fim: Tridenti Kal. Mart. I563>) (II e III) 

- INDEX II RERVM, ET VERBORVM !' memorabilium, qua: his tribus Reuerend. || 

Qafparis Cafalij libris continentur- (IV a VUI-o verso desta ultima está em branco); 

«INDEX CAPITV.MIl LIBRI PRIMI . (ao TERTII) (iX a XII-o verso desta ultima 

está em branco); Dedicatória: .ILLVST.mo D. D.; Carolo Borromeo S. R. £. || iit. 

Sancti Martini de Monte [1 Cardinali ampliflMmo, '| Bononiae Legato, || On //;«/■ Ca/«- 

lius Epifcopus LeirienfisWS. P. D.» (datada no fim: «Tridenti Idibus lul. M D- 

LXIII.) (XIII e XlVl; e repetição do Proemio inserto nas ff. II e III (X'V e XVI). 

Este proemio, nas ff. II e III, é impresso com caracteres redondos, e nas XV e .XVI, 

com itálicos. 

Na pag. 211, em continuação do texto, vem o < Registum ■ dos cadernos, e esfoutro 

registo do logar e da data da impressão :- K/TA^fT/ZS, Ex ojjicina Stellw lordan; 

Zileti. II M D LXIII. 

Os Índices são impressos a duas colunas por pag. e o restante texto a uma somente. 

Magnifica edição ; impressa em óptimo papel de linho. 

A composição é embelezada com diversos cabeções decorativos e com numerosas letras 

iniciais, sendo algumas adornadas de peq .. íiguras. 
Obra estimada. Primeira edição. MUITO RARA. Belo exemplar. 
Casal 'Padre Mai,vel Aiies dn)— Vej;i se : Aireu do Casd. 
tJ34-Casas {Chvútural rf^ /us).— VOCABVLAIIIO || UE LAS DOS || LENGVAS 
TOSCANA II Y CASTELLANA, \\ Ue Chriftoual de las Cuias || En que fe con- 
tiene la declaraoion de Tolcano en (^a- |1 llellano, y de C;ilteIlano en Toí- 
cano, En dos parles. Et aocnlciulo di nuoiio da Caniillo C imibi dl inolli 
vo- II caboli, che non erano nell altre iinpteflioiíi. || Con vna introducion 
para leer, y pronunciar ben entrem- 1| bas Lenguas. CON PRIVILEGIO. \\ 




186 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



lei 



'Ci 



(Marca do impressor) |1 £.".V \ ESVAÍA. \ || T'( náeft, m i- VU de Dav.ian 

Zenaro i^iercader de /í';»os. H M. D XC/- In-S." jreq. cie XI.VIII (ags. (prels.) 
Iniims. 6 437 nunis., :il(?.ni do uma de registo, iiiiia (-om a marca do im- 
pressor e uma em hianco, fiii.ii-;. K 

O registo final da impiessão, reza .isàim ; Impreffo et Venetia, cm cafa de Gio. Antó- 
nio II Bertafio, a instancia ri: Damiano Ze- \\ naro, mercader clc Libras. \\ M D XCI. 

Nas folhas prels. vccm poesias em louvor da obra, de : Joar.nis Macellarae (Cármen, em 
latim), Francisci Lopii (Epigramma, em latim), Fernando de Herrera, Pedro Lainez 
e-Juan de Vadillo. 

Estimada. Edição muito rara. Bom exemplar. 

■ A mesma obra:... Et acc. eooiuto di niiouo da Camillo Camilli dl 

^ mclli vocaboli, che non erano neílallre inipressioni. Con una introducion 

para Iter, y pronunciar tiien oi trambas I.ent;u"s. (Miin/a do impressor). 
In Vendia, M liC VIU. A/jprcssu Mallhio Vulenlino. li.-S." peq. de LV-483 
pags. E. 
635— Cascales (Fraiuisco). — Aibvkn. OENto. ►NroMiM)A. 1] svs. Discvb- 
^ SOS HiSTOiiicos. II DliLA MVI iXOMLK. E MVI. LEAL. || .LlVDAD DE 

MVRCL4. II El lc'"'. Vh,"" casca lks. (lestes dizeres eiiconliam-se den- 
tro de portada gravada, encimada por um brasão d 'armas com côròa 
ducaL Segne-se um outro brasão d'arnias e o retr. do autor da obra e, ra 
base da portadn, o registo) : CON PRIVILEGIO— INFIÍE-^SO || Ê MVBCÍA 
—ANO DEWlbil. (No fim do volume: EN MVfiCIA Por Lui/s Berôs). 
In-fol. de, afora a portada, VIII fl'. (prels.) inums., 458 nums. na frente o 
mais VI inums., finais. E. 

As Vlll II. prels. compreendem: <1SVMMA DEL PRIVILEGIO. ■, .TASSA.; «APRO- 
VACION DEL R. P. Fr. FERNANDO \\ dei CastiUo....-; . *\ APROVACION DE 
PEDRO DE VALÊNCIA...^; !{g" CRR/ir.lS. _gj H ; . f^ FE DE LAS 
ERRATAS. Sf-^r; .DEDICATÓRIA II A LA MVI NO-IIBLE, I MVI LEAL CIV- 
DADII^DE MVRCIA. <& - i outra Dedicatória: A DON IVAN 1| FAJARDO 
DE OVEVARA....; noticia ácêrca da: » ^^ CASA DE FAJARDOS. ^-^ .; e^ 

« 5^ COROLÁRIO. ,j;;Sj.» 

Nas duas primeiras das VI ultimas ff. inums. uma Dedicatória: -A Don PltUipe de Por- 
res, Cavallero de la Ordeii de Alcântara. . . > ; e nas quatro restantes, a : ' i ^ ( TA- 
BLA DE LAS f^^ II cosas mas memorables.» 

A impressão do texto da obra propriamente dito e o da Tabla, é a duas colns. por 
pagina. 

Entre as folhas 406 e 407 vêem IS gravuras a buril em chapa de metal (impiessas em 
igual numero de ff.) : 17 conteem nove escudos d'armas, cada, e uma duas figuras 
alegóricas, o brasão de Murcia e, no alto, estes dizeres: «Tiívcro||I. Asdrvral || 
FvNDjDoKEs [| De cartígenm.. (refere-se talvez ás duas figuras que já citamos e qne 
se encontram nos lados lateraes da gravura). * 

Interessante e muito apreciada. Primeira edição, -da qual os exemplares raramente apa- 
recem completos. Este nosso acha-se completo e em perfeito estado de conservação. 
Multo rara. (Salva; n.o 2864). 

636 CARTAS II PHlLOLOGinAS. || ES A SABEIi, DE LETliAS IIVMANAS, 1| 

Varia erudicion, Explicaciones de lugares, Lecciones |1 curiofas. Documen- 
tos poéticos, Obíeruaciones, || ritos, i cofiumbres, i niuchas fentencias. || 
esquisitas. || Auctor el Licenciado Franoiíoo Cafjales. |1 (Escudo d'armas, 
de D. Juan Dalgadillo Calderon?) |i CON PRIVILEGIO. \\ En Murcia. por 
Lhís Veros. En este prefenle ano de 1631. In-4.° de VI fl'. (prels.) inums. e 
156 nums. na frente. E. 




AZEVEDO -SAMODÂES 187 



2^^o 



Joo^ 



Nas seis ff. pieis, o seguinte texto: titulo (I); <SVMMA DEL PRlVILEOtO, Y APRO- 
VA-Wciones defte libro.^; -ERRATAS..; ^SVMMA DE LA TASSA.-> (frente da II'; 
. DEDICATÓRIA 11 A DON H IVAN DELQADII.LO ! CALDERON. . (verso da 
mesma II. U); Prologo: «AL LECTOR.. (Ill, IV e frente da V); e «TABLA DE LAS 
CARTAS: Philologicas.> (verso da mesma ff. V e toda a VI). 

O titulo encontra-se dentro de cercadura impressa com peqs. vinhetas tipográficas de or- 
namento. 

Estimada. Primeira edição. Muito rara. 

637— Casimir [Ahbé). — Les fêtcs dii (".hristian'sme, p-ir... Paris: Martinon... 
.V. d. (No Vfiso do ante-rosto : Parif, 1?(il.—Jmpr. Ch. Joitav st. ..] ln-S° 
gr. de 1V-1V-342-I1 pygs. IC. 

Excelente edição, ilustrada com um fronlispicio alegórico e IS belas litografias coloridas. 

638-Cassani {D. 7osé).— GLORIAS |1 DEL SEGUNDO SIGLO i| DE JESUS, 1| 
DIBU.XADAS II EN LAS VIDAS, Y ELOGIOS H DE ALGUXOS DE SUS VARO- 
NES ILUSTRES !| EN VIUTUD, LETRAS, Y ZELO DE LAS ALMAS, H QUE 
HAN FLOttEClDO DESDE EL ANO DE 1640. |1 primeiro dei segundo Siglo. 
desde la aprobacion |1 de la Relipion. ]| ESCRITAS |! POR EL P. JOSEPH 
CASSANI, DE LA MISM^ COMPANIA, |í TO.MO. Y VII. !1 EN EL OUDEN DE 
VARONES 1LUSTRE.S, li OBHA, QVE EMPEZO RL V. P. JUAN EUSÉBIO 
NIEREMBEBG. || DEDICASE || AL VENEKABLE AUGUSTO SOBERANO 
SACRAMENTO, |] que debaxo de veinle y quatio milagrosamente incor- 
ruptas II Formas, se venera en ai Colégio de la misma !i Compania de Al- 
calá, I! Y COMUNMENTE SE NOMBKA 11 LAS SANTÍSSIMAS FORMAS DE 

ALCALA. II CON LICENCIA. \\ || Ex Madrid: Por Ma.icel Fek- 

ifANDEZ, Impressor de LV.na, \\ Aíw de M. DCC. X.KXIV. lii-fol. de XVIII IV. 
(prels.) iniinis. e 692 p:i(is. nums. E. 

As XVIll folhas prels. inserem: titulo (impresso, a linhas alternadas, a preto c a ver- 
melho) - Dedicatória : -AL SOBERANO AUGUSTO :| VENERABLE SACRAMEN- 
TO.. ,»-. Aprobaciones»-. i/Cf NCM DEL ORDINÁRIO. "LICENCIA DE LA 
RELIOION..-. LICENCIA DEL CONSEJO.--FEE DE ERRATAS >- «SUMA DE 
LA r/lSS/4..- -PROTESTA DEL AUTOR.. - <IND1CE DE LOS VARONES ILUS- 
TRES, li CUVAS VIDAS, O ELOGIOS \\ SE INCLUVEN EN ESTE TOMO.»-e 
• PROLOGO :i A LOS RR. PP. V HH. ij DE LA COMPANIA DE JESUS.» 
A impressão do índice e do texto inserto nas 0Q2 pags. é a duas colns. por pagina. 
É obra importante e de grande interesse histórico. Nela se encontram insertas biogra. 
fias de alguns dos vultos mais notáveis nos anais da famosa Companhia de Jesus, 
não só na Europa como também nas missões da Ásia, Oriente, Américas, etc. — Esti- 
mada. Belo e.vemplar. RARA. ^ ^^ 
6.39— Cassiano (£*. /oanne). — Monablioanirii Iiislitiitloniiin libri IlII. _ De Capi- ^ c CJ 
talilms viliis lihri YIII — Collaliones SS. Talrurn .KXIIII.— De Verbi Incar- 
natione libri Vl[ .. Opeia \- !-tiidio Heniiui Ciijckij Sacrse Theolugla 
Licenliati. (M uva di> impressor). .An\re\-pia' , Ei- ojjiíina Chrisíophori Plan- 
lini ArchiUjpograiM Rfiji]. M. D. LXXVIII. (I57S]. In 8.» peq. de 606-27o- 
XL pags. E. 

Boa edição. Muito rara. 

Castanheira Turracem (/V/ir)-- Vt-ja-se : San'a Cutmina (Fr. I.ucns de\ 
640— Castanho de Figueiredo {/'.« 3/«í/if«s)— Os sete mysterios do Patriarclia 
S. Jnseph, penosos e gazosos. Em. qve se tratam sevs, lovvores com Mora- 
lidades prouadas, com Lugares Da Sagrada Sòriplura. Lição proueitosa 
pêra todas as pessoa?. Dirigidos ao lUvstrissimo, & Reiíerendissimo Se- 
nhor Joanne Medes de Tauora, ícc. Pello Padre Matheus Castanho de Fi- 







4 ^ 



r-o 



188 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



gueiredo, Mestre em Artes.,, natural da Villa de Aneiro. £m Ooimòra. 

Pnf Manuel Caruolho... Ani.o 1(;;.9. Iii-i.^ tlu XII (iillinia em Uaneo) fT. prels. 

inunis., 326 pags. e mais 4 IT. iniims. de Iiultx e 1 de Erraíis, finais. E. 
As XII folhas prels. inserem : titulo (está dentro de cercadura impressa com peqs. vi- 
nhetas tip. ornamentaes, simítricamente dispostas)- «LICENC.AS.»- Poesias de vá- 
rios autores em louvor da obra c de ssu autor (um Soneto de Manoel Mendes da 
Barbuda, e duas decimas de Soror Anna de S. Joseph)-Proemio: «AO LECTOR.» 
-e Dedicatória: «AO ILLVSTRISSIMO |1 & Reueredissimo Senhor loane 1) Mendes 
de Tauora... Bispo de Coimbra...- (datada de: Aiieiro, a 20, de Setembro de 1639). 
Estimada. Bom exemplar. Muito lara. 

Castanhoso (Migiiel de)— ReliiÇSo das cousa. . .—Veja se: Cvllecaio de ojais- 
ctiloí reimpressos. . . 
641— Castaniza (Fr. Juan (ie)— APlíOBACIOiN |1 DE LA RE !! gia y orden dei 
glo- II riosissinio padre S:.nl Benilo, maestro de los reliniosos, en algunos 
II Concílios, y leiras aposto- ;i Ixa.s. jj Con \n C;,lulotu de Trincipes eccle- 
) 'P Z}'^ O ^ siasticos, II y seglares, de do torcs oitodoxos, y sanolos 1| sin cuclo, que 

-'^ lian militado en ella y llorecido || tn todo t^oneio de viiludes y sciencia : 

de- II xados infinitos otios, que por aui-r 1| sido tantos no piieden ser I| con- 
tados. II ... il f.V .S.4/>.IM.1\CI, II En c^sa de Lucas de Ivn-a \\ 13S3. In-S.» 
peq. de 112 fl', nums. na frente. E. 

A folha I é para o frontispicio ; nas 2 a 8 o : «Prologo de F. loan 1] de Castatiiza, monge 
indigno ;; de la orden de Sant Be- |1 nito. !! Al pio Lector»; e nas restantes o texto da 
obra propriamente dito. 
Bom exemplar. Encadernação moderna, mas imitando antiga.— MUITO HARO. 

(342-^ COMPEN- || dio hreue, de Exer- !l cicios spiritualis. || ... || Sacados 

de vn libro Uamado Exercllalorio de 1| vida spiritual, q;ie compiiso el muy 
R. P. Fray || Garcia Cisneros, Aliad que fiie deste mona- || sterio de nnestra 
Seilora de Monserrate: en el || qual Exercllalorio se liallara todo lo que en 
este II breue tratado se escriue mas copiosamente : con || muchos auisos y 
regias pertenescientes || ai exercício spiritual de la con- || lemplncion. Ij 
FjO que en este Compendio se contiene: Son cinco || ma- eras de Exerci- 
dos spirituales : Conuiene || sabL-r. Via purgatina. Via illun.inatitia. Via || 
Vnitiua. La vida de Cliiisto, y su passion : re || partido por los dias de la 
semana. || (lon vn Directório de lis Horas Canónicas. || Con linenrio. j| EN 
SíiLAMANCA,\\En cisa de Lurns de Iwita.\\ l.õ83. In-S.° peq. de 79 IT. 
nums, pela frenle. E. 

A folha i é para o frontispicio ; na frente da II a Dedicatória (?): «Reuerendo admo- 1| 
dum ac eximium patri fratri Caspa- !! ri Cardoso ordinis D. Benedicti & Diui || Vin- 
centij Collegio apud Salmanticenses Priori |1 digníssimo Lucas Junta summum bo- 1| 
num precatur»; no verso da II. II e frente da III a «Licencia-; no verso da 111 e nas 
IV e V o «Prologo., e nas restantes o texto da obra propriamente dito. 
No centro do verso da ultima folha o seguinte novo registo tipográfico: «EN SALA- 
MANCA, í; En casa de Lucas de lunta. |1 M.D.LXXXIII.- 
Estimada. Bom exemplar, salvo um peq. defeito no canto superior de fora Qas ft. 51 e 
52. Encadernação moderna, imitando antiga.-MUITO RARO. 

643— LA VIDA || sanotissima, y grau- i| des milagres de nuoslro Padre glo- 1| 
riosissimo S. Benito, Patriarcha»de || las religiones que sant Grirgo-- || rio 
Magno y monge dexo || escrita en Lalin. || Traduzida nueuamente ayora en 
vulgar Ca- || stellano. 1| Con las vidas de sus dos primeros y saiiclis- ij simos 
discípulos sant Mauro y sant Pia- 1| eido. || Va todo sbjecto ai parecer y 
censura de la || sancta yglesia Romana, y de los || homhres dotictos. |] 



9Í0íí' 




AZEVEDO -SAMODÃES 189 



Cun liceiícki. || EN SALAMANCA, [i En c.am de l.vats de luvla. lõSH. In-S." 
peq. de % IT. nums. na frente (o verso da iillima todo em branco). E. 
Na frente da folha 1 o titulo ; no verso da mesma fl. I e na frente da II a 'L/CENCÍA',- 
desde o verso da mesma II. II até ao verso da IV uma Dedicatória: «Al Reueren- 
dissimo II Padre Fray António de Sea, Ab- 1[ bad digníssimo dei collegio do sant Vi- 
centllde Salamanca...» (subscrita no fim: <Fray liian de\\Cnitan:za^); nas 5a7 
uma espécie de Prologo: «AI pio lector», e nas restantes o texto da obra. 
Apreciada. Bom exempLir. Ene. moderna, em imitação de antiga. -RARA. 

Castello Branco (D. AIJoum de) — Vejíi-se : ConslUiiíõcs s\jnodaef de Cuim- 
hra... lòíil. 

Casteibranco (Fr. Ikvnnrdo (ii)— St rnniõ ilo Auto da Fé. . . de (Coimbra. .. 
17i;(. — Veja-se : J-iiící rtf Fé [Sermões de). 
(ji4-Castello Branco (CflH,i7/o)-0 Cl.EROil E O || SH. ALE.XANOHE HERCU- _^ 

LANO. II II LISBOA. || Imprevsa de Francisco Xavier de Soven, \\ Rua /\jln ^ ^ 

da Coiidrça K." 1.0. \\ — || ISõd. In-8.° de 19 pngs. e mais uma em hraco. B. 
Interessante opúsculo, que, como o seu titulo o indica, se refere á célebre questão co- 
nhecida pelo mesmo titulo que Camiilo deu a este seu trabalho que publicou anó- 
nimo. 
E.'íemplar por ap.irar. Mijri'0 RARO. 

64o- A CRUZ, II SKMANAHIll IlELIGIOSO. || KEniGIUO |1 POll |i CAMILLO 

II CASTELLO IfHANCO — AUGUSTO SOHOMENHO. || {Peq. íramcrú/w d'wn 1 / </ 

trecho da Imilação de Cristo, de Kiiiipii.) || {niiivscula tinheta tip.) || PRI- _y / O r) (- 

MEIRO ANNO DE SUA PUlJLICAÇÀO. |i [Vinhda íip., nlegcrica ao tiliik,) \\ '^'^^ 

POHTO: II PUBLICADO POli FIIASCISCO GOMES DA FONSECA. \ R UA . 
D.iS HOHTAS N." 1.^2 E tòiS. \\ — \\ 18.54. (alii^ -1853) (a 186'),. Iri-fol., 
3 vols. de: 24 nums. com IV-4I0-I pag., além de mais uma em branco, 
o 1."; 35 nums. com lV-404 pa^çs., além ái uma de Índice e uma tiii 
branco, o 2.°; e 48 nums. com 392 pags . o 3. Em dois vols. E. 

Este apreciadíssimo e raro periódico encerra numerosa colaboração de Cajnillo Cas- 
tello Branco, como pode vér-se na Bibl. CamUUwia do sr. Henrique Marques, pag. 
207, n.o 505, onde ela se encontra minuciosamente descrita e onde são dados os 
respectivos fitulos. 
O vol. I é adornado com um retr. litográfico do P. Ventura Raulica, e o II com ura 

■ de Chateaubriand. Ambos são impressos em folha aparte. 
Colecção completa. Raríssima, sobretudo quando acompanhada do terceiro volume, que 
não é citado pelo sr. Henrique Marques e que é o mais raro dos três. 

C46 Diviniade de .lesus e tr^di^So apostólica. Com uma caita dirigida 

ao nuclor pilo snr. Visconde d'Azevedo. Porto. Vivva More, 'Jyp. de Fraii- 
citco Ciomef da Fonaeca, 1865. ln-8 " de 190-2 pags. E. 
Primeira edição ; já pouco vulgar. 

6Í7 £sbõço de critica— Olliello, o Mouro de Veneza, de William Shakes- YOmO 

peare. Tragedia em cinco actos, traduzida (lara portiiguez [lor I). Luiz de ' 

liragani^-a. Porto: Livraria Civili.'i(inio . . ■ 1886. (No ver,-;o do froiil. : — lyji. 
de Arthur .Josc de Sousa tO Irtnâo. . .) In 8.° gr. de 80 pags. U. 

648 Folhas caliidas, apanhadas iia lama, por um antigo juiz dns almas 

de C nipauhaii. e so :io actual da Assembléa Portuense, com exercício no 
Palheiro. Obra de ipiatro vinténs, e de muita instrucí.-ão. ( Vinheta)— Porto. 
Tj/p. de F. G. da Fonseca., Rua'das llortus n." lõ-J e Ião. 18.".4. In-S." de 61- 
2 pags. E. 

Opúsculo muito apreciado. RARO. 



/ú/S' 



yy/>^^ 



IQO CATÁLOGO DA LIVRARIA 



6S9 Gazeta litleraria do Poito. Peiiodico semanal, liedactor G. C. 

Branco. Poiiu. Tijp. Moraes <f; Piíilo, IStlS. Ii-fo!. de 154 pags., ;.fórn, algu- 
CJf I m, O ^ mas outras de Catalogo, finais. K. 

/ Publicação muito estimada. Exemplar enriquecido de três figurinos impressos a cores e 

aparte, os quaes faltam em quasi todos os exemplares que aparecem no mercado. Nes- 
tas condições, muito raro. 

650 Juízo critico da imprensa sobre o Grande Uiccionario Port-giiez de 

Fr. Domingos Vieira, e o Diccionario d'Educaçrio u ensino Iraduzido por 
ol.'s^^ tlíimillo Castello firanco .. Pwto: Tj/p. de Anl Jonc da Silca Teueita, l,s7ii. 

-^ In-8.0 de 32 pags. li. 

Nas pags. 5 a 7 uuia apreciação de Camillo acerca do «Diccionario portuguez» de Fr. 
Domingos Vieira. 

»/ _, 651 A Queda d'iim anjo. Homanee por. . Lisboa : Campos Juhiur. ., 18ti'í. 

S Of"- ^ In-S." de 268-1 pags. Pes. 

^ Primeira cdiç.io. Pouco frequente. 

C52 Questão da Sebenta.. . Fui to: Na Livrariíde Kni/slo Lliardroii,188S. 

C In-8.° gr., I.K opiiscMilos B. 

Colecç.io completa; todos os folhetos em priíueinis edições. -.\preciada e pouco vulgar. 

653 o Santo da Montanha. Nova edii,:rio. Co>npani<ia Editara de Publica- 

^Ji &-' O '."''*' tUnslradvs.. . l.isioa. S. d In-S." p-q. de 290 pags. E. 

^ 654 A Senhora Hntiazzi, por. . Porto: Uiardroii, J&vj. Im-S.» de 301 

No verso do ante-rosto o registo tipográfico: Porto: 13$}- Ty;/. de A. J. da SUna Tei- 
xeira, 
Primeira ediç.ão, já pouco comum. 

^ / (iriri Vaidades irritadas e iriilaiiles. 'llpnsculo áceica d'iins que se dizem 

ò C Jil ^ itVendidos en bua liberdade de consciência lilleraria). Por... Porlo — Em 

Casa de Vtuva More... (?s'o verso do frontispício: Porto— Tijpo<jrojilnii 
[AiiiUma. .. ISilflj. In 8.° de 47 pags., afora uma eu liranco, final. li. 

Opúsculo escrito a propósito da celebre quentão coiuibrã, conhecida por «Questão do 
Bom senso e Bom gosto.>- Exemplar com dedicatória efertiva (autògrata) de Cx- 
millo ao Visconde de Azevedo. — Já raro. 

606 Vida d'El-Rei D. AÍTonso VI. — Escripla no anno de •1684. Com um 

<i^ '^cá (O cS> piefacio por Camillo Caslello Branco. Porto. Chardrcn, Imp. Lit. Cotimcr- 

^ ^ " rial. Í18731. In-S." de XII-ISS-S nnss. E. 



oé 



II 



/<?/ 



ial, (1873). ln-8.° de XlI-138-5 pags. E. 

(i."iT O Visconde de Oguella. Perfil biographico. Vorto, Tup. Pereira da 

J (^ Q Silva, 1873. In-8.0 de 107-1 pags. B. 

Adornada com o retr. do biografado. 

6" 8 Voltareis, ó Christo? Narrativa por... Pirto: ^'luva More — Editora... 

1871. — No verso do aiilerosto : — Porto: Inprensa Porlvyueza . . . li)-8.' de 
:í3 pags. B. 

Primeira edição. Pouco frequente. 
()09— Castello de Paiva [Eorãn de)— NoMssimos ou últimos fins do homem, 
y^ pelo... Lidiua: Tijp. Uiiiíersal .. iS6'ò l.-i 8 ° gr., 2 vols. ile 4.;0 e 4.')l-l 

pags. E. 

Castello de Paiva (Bmão dj. — Veja-se : Rotero da Viagem de Vasco di 
Gama. . . 



AZEVEDO -SAMODÃES 191 



/ ^o 



/4o 



fitíO - Castellõos {Álvaro de)— BEIJOS E ROSAS || POR || ÁLVARO DK CASTEL- 

LÕESil II / P.ífir/í-BEl.lOS-í/ Pafir/Í-ROSAS II /// PARTE— 

SEM TITULO II (Peq. vinheta de ornamento) || LISBOA || LIVRARIA FERLX 
& C* II lo, R. Nova do Almada, 74 || 1S90 (No centro do verso do fronlis- 
picio : «LISBOA II Adolph-^, Modesto & C^— Impressores \] . . . \] 1891). 
ln-8.0 de XVi- 197-1 pags. E. 

Estimada. Pouco frequente no mercado. 

061— Castiglione (.Snòèoj-RICOIUJl, OVERO 1| AMMAESTRAMENTI || di Mons. 
Sabba Castiglione, || Caualier Gitrosoliniítano. || Ne i quoli con prudenti, 
^ Chiisfiani !| discorsi si ingiona di tutte le materie || honorale, che si 
ricercano ad un || uero Genlilhuomo. ;i (Marua gra\ada do impressor, com 
a divisa: «SATIS») || IS VESETIA, Afiresso Domenico Fani. \\ M.D.LXXIII. 
In-8.° peq. do 298 ff. nums. pela frente, e três inums., finais. E. {perg.) 

As três folhas finais inserem a TAVOLA DE GLI , RICORDl.y 

Estimada. Boa edição veneziana. Excelente e.wmplar. RARA. 
6(i'2— Castilho {Automo de)— Cominenlaiio do uerco de Goa, e Chaul, no Anno '^ C"'^ O 

de 1570, sendo Viso-Hey !'. I.uis de .-Maide. Escripto por António de Cas- / '^ 

tilho, guarda niór da Torre do Tombo. Por mandado d'El-Rey nosso Se- 
nhor e agora novamente reimpresso f or Lucas da Sylva de Aguiar, Mer- 
cador de Livros. ( rai'ieía lipoffiiijica ornamental). Lisboa Occidental. .Ya Offic. 
Joaíjunuana ria Musica. M liCC.XXXVI. ]n-4.° de 32 pngs. E. 

Estimada. Segunda edição. (A primeira ê de: Lisboa: Impresso em casa de António 
Goisalvez, 1573, in-4.o de 48 ff. nums. na frente). Muito rara. Bom exemplar. 

ÊtíS— Castilho {António Filíctano de). — Carias de Eoho e Narciso. Segimda edi- 
gão. Coimbra. Na R(al Imp. da Lniversidaàe, 18á5. In-S." de 216 pag. E. 

064 Escavações poéticas, por. . Lhhua: Tijp. Lusitana, rua do Aharra- .J^!'^ r O 

cimento de Vchiche, 4S. 1844. ln-8.° de 294 pugs. E. 

Fausto. Poeni;! dramático . . — Vejasy : Goe/Ae. ^^. 

66Õ Leitora repentina. — Metiiodo para em poucas lii.ões se ensinara 10 ^ ^ ^ 

ler com recr<^acão de mestres e discípulos, illiislrado de numerosas gra- 
vuras. L-sloa, Tijp. da Revista Uniierscd LiÀonense, 18í<0. In 8." de 188 
paí-S. e uma ti. desdobrável. B. 
Estimada. Edição primitiva. RARA. 

666 As metamorph<Sses ile Pullico Ovídio Nasâo. Poema em quinze 

livros, veili lo em pnrtiiguez por Ant. F. dj Cabtilho. Tomo I (e vnico). 
Lisloa. Na Imp. Nacional, IS^il. In-S." de XLVI-315 pag. E. 

Tradução muito apreciada. Primeira edição. RARA. y // , 

667 O Outono. (!ollecção de poesias de... Lisboa: Imp. Nacimal, 1863. o ^ -^ ^ 

In-8.° gr. de .\XXV-274 pa.^s. E. 

Estimada. Edição primitiva. Já pouco frequente no mercado. 

668 — = A Primavera por... Sigunda edigão, mais torrecla, emendada, e ^c^ ^ 

copiosissiinaniente accrescentada. Liúua. Na Tijp. de A. I. S. de Bulhões. , , O 'V. ^ ^ 

ISSl. In 8."^ peq. de 330 pags. nums e VI inums. contendo as Listas dos 
Assignantes. E. 

Estimada. Edição já pouco comum no mercado. 

669 Tractado de metrific igão portugue/.a para em pouco tempo, e até 

sem mestre se aprender a f.izer versos de todas as medidas e composi- 
ções... Liíboa: Imp. Nacional, 1851. In-S." de VI1M60 pags. E. 
Muito apreciado. Primeira edição. RARA. 



-faToo 



/M 



O t 



i^ 



^^Ô 



192 



CATALOGO DA LIVRARIA 



lo 



\^o 



ok ^'' 



670- O n.enHo: — ... si guido de consideraçõi s sf^bre a declaratSo o poe- 

ILa. Auctor. . Terceira edi(.'no, correcta e aiigmentada. Porto: Em cesa 
de Viuva Maré— Editora. . . ISfJT. In-S." de lI-XIV-lõl | a^s. E. 

No verso do atite-rosto: Porto: 1867 —Typographia rie A. j. da Silva Teixeira. 
Estimada. Bom exemplar. Edição pouco comum. 

671-Castilho (Eugénio rfc ). — Diccionario i!e rimas luzo brazileiío. lievislo, 
augmenlado, piejeiiJo de um prefacio e de um compendio de motrlfica- 
(,'So pelo Vi.scoiide de (Castilho. Lisboa, Imp. de J. G. de SoUí-a Keve.i, *■. d. 
In-8.0 peq. de XXIII-3'JI pags. E. 

672 -Castilho {.hi'io de). — O Ermilerio Collec<.;ão de versos áe... Lisboa: Tyfi. 
LniLvrsal... 1875. ln-8.° de 244-111 pags. K. 

E.\emplar de tiragem especial, em papei velino muito encorpado. Com dedicatória auto- 
grafa do autor ao Visconde de Azevedo. — Nesta espécie raro. 

673— Castillejo {(.hii^loral de) -L^S OBRAS DE || .. Amerí... U9S. 

(Dj frtjntifpiào damos a exnrta reprodiirlo fulo-zi-fo^rálica ijiie S'iji-i'): 

LAS OBRAS DE 

CHRISTOVAL 

de Callillejo. 

CORREGIDAS.Y EMEN. 

DADAS, POR. MANDADO 

dei Confejo d ê Ia Santa, 

y General Inqui- 

ficion. 




EN ANVERS. ' 

En cafa de Mar^n Nutio. 
t s 9 ^' 

III 12." de IV follias imimeradMs e 372 iiiiiiis. na frenlf, t'M-optiiniido as 
diins 1)1 imeiras. (jiie f-.'\o tainlwiii iiiiims. E. 



AZEVEDO -SAMODÂES 193 



As IV folhas inunis. inserem: titulo (frente da I-o verso está em branco); EpisloU-Dc- 
dicatoria: -A DON AVOVSTIN : MESSIA, CAVALLE- ,; RO DEL HABITO DE 
Santiago, Commendador de ; Bienuenida.... (datada: 'En Amiers 24. de E- \\ itero lie 
1598.-) (H. II, lU e frente da IV); Prologo: «AL LECTOR. (verso da mesma II. 
IV, toda a V e frente da VI); e «Summario y diuision de- :i sta obra.» (verso da VI). 

Livro apreciadíssimo. Edição primorosa e muito bela; e uma das mais estimadas de 
quantas até hoje se imprimiram das obra? de Castillejo. Belo exemplar. Raríssima. 

Castilho {D. Pedro de) — Veja-se: Consliluiròes sxjiwdaes do bispado de Lei- 
ria ..., 16Q1. 

t)74- Castilho Barreto e Noronha {Jcsc Feliciano áe) — Relatório acerca da /^n^ yy -^ 

Bibliotheca Nacional de Lisboa, e mais estabelecimentos annexcs. /.('.fòort, / (yWi ^ ^ 
'[■<jp. Lusitana, 1844-45. In-8.o, 4 vols. de 139, 340, 2tl e 183 pags. E. 
Trabalho interessante e muito estimado. -Pouco vulgar. 

tí7õ-Castilla y de Aguayo (.fuan).— Eh PERFE- ; CTO UEGIDOR. !| Cumpuello 
por Don luan Ca- |1 ftilla y de Aguayo, vno de los jj veynte y quatro Caual- 
leros li dei Regimento de la !| ciudad de Cor- |i doua. |: Dirigido ai Iliiillriy- / ^ o }í^ í 

siigo Se- !l fior don Francifco de Men- 1| doca Almirante de Ara- 11 gon, y /^ ~*<— '^ 
Marques de |1 Giiadalelle. || CO}^ PRIVILEGIO. \\ ES S.iLAM.ANC.i, fl Por '' 

Cornélia Bonarão. \\ ]! 1586. In-8.» peq. de XIII tt. (prels.) inums;., 

305 nums. na frente e III inums., finais, de TABLA. 

.\s XIII ff. prels. compreendem : írontispicio ; < r.\3S.\ ; Privilegio de 'EL REV> ; 
«Carta dei Autor para \\ el Almirante. ; tEPlOR.AMMA i\ Licentiati Roa ad Lectorem-; 
Proemio -AL LECTOR'- ; e poesias de diversos autores em homenagem da obra e do 
autor, de : D. Pedro de Oodoy D. Diego de Cardeuas y de Ouzman. D. Luys 
de Gongora, Gonçalo de Cervantes Saavedra, Luys Oouiez de Ribera, Dr. Calderon, 
Medico ; Luiz Gomes de Ribera ; e ERRATAS . 

A tTabla» remata com o seguinte registo tipográfico : «EN SAL.\M.\MC.\ || En cafa de 
Cornelio Bonardo. 1 Ano. M.D.LX.\XVI.> 

Obra estimada. Salva não a possuía. MUITO RARA. 

(i7(i- Castillo {F. Anlonio de).— El Devoto peregrino. Viage de Terra ^iaiita. Com /^^y^ O cl 

pvesto por el... Cai Privilegio. En Madrid... Aíw M. DC. LXIV. 10-4." K. -^ 

Obra curiosa e muito estimada. Edição enriquecida com portada alegórica e numerosas 
gravuras a buril em chapa de metal. Rara. Bom exemplar. 

Ii77— Castillo (Jtdian dei).— HISTORIA ,' DE U).^ REVÉS |I GODOS QVE VLME- 
RON]|DE LA SCYTHIA DE EVROPA | CONTRA EL IMPÉRIO ROMANO; 
Y AIIESPA.NA; CON SVCESSIOX DELLOS, HASTA LOS CATÓLICOS "^ a\1 A e 

REYES DON FERNANDO íl Y DONA ISABEL ji POR IVLIAN DEL CASTILLO. ^^ ^/^ '~ 

\ PROSEGUIDA DESDE SY || principio cõ adiciones copiosas de todos 
tié- II pos, hasta el dei Católico dõ Filipe UlI, nues- 1| tro senor, Rey de , 
las Espanas, y de ambos orbes : y anadidas muchas famílias ilustres || 
tocantes a la Historia. || POR EL MAESTRO FRAY |1 Geronimo de Castro 
y Castillo, hijo dei Autor . . '1 AL EXCELENTÍSSIMO SENOR DON i| Manuel 
de Fonseca y Çuniga... || COÍi PRIVILEGIO. || En Madrid, Por Luis San- 

rliez, impressor dei Rey N. S. ;[ ■ || Ano M.BC.XXlllI. In-fol. de XIV 11'. 

prels. (incluindo uma com um brasão d'armas e outra com o retr. do 
continuador da obra— filho do autor), 491 pags. nums., uma inum., com 
novo registo da impressão, e 18 finais, lambem inums., com a «TABLA 
DE LOS REVÉS GODOS, SV ORIGEM Y HAZA- 11 nas, y dB otros senalados 
Príncipes e Caualleros, i; y sus casas y decendencias, y fíxmílias ilustres y 

IS 



1Q4 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Ij iiobles destos Reynos, y cosas mns notables || desta Historia, dispucsta 
por el orden 1| de A. B. C.» E. 

As XIV ff. prels. inserem, além do lir.isão e retr. já atiaz mencionados ; titulo; «ERRA- 
TAS.»; -TASSA..; «PRIVILEGIO. 11 EL REV.-; «LICENCIA DEL PROVIN- || ciai , 
y Vicário General de Ia Orden de i; la Santissima Tiinidad.»; «APROVACION.»; 
Visto do Maestro OU Gonçalez Dauila, com a epigrafe : «MVY PODEROSO \\ Senor.»; 
Dedicatória : «AL EXCELENTÍSSIMO H SENOR DON MANVEL DE \\ Fonseca y Zu- 
niga...»; Noticia: «DE LA ANTIGVA, V || nobilíssima casa de Zuniga.- ; Prologo 
-AL LECTOR.í; e noticia: «DE LA NOBILÍSSIMA || Casa de Ouzman.- 

O brasão (impresso na frente (o verso está em branco) da primeira folha prel.) e o re- 
trato do adicionador (impresso no verso (a frente está em branco) da fl. prel.), são 
gravados a buril eui chapa de metal. 

Entre as ff. VIII c IX prels. vem uma H. desdobrável, a qual contem uma arvore genea- 
lógica, também aberta a buril em chapa de meíal. 

Obra interessante e curiosa. Segunda edição; mais estimada que a primeira, por conter 
mais que esta os aditamentos do filho do autor, os quaes, precedidos do proemio 
«AL LECTOR», (pags. 372 a 374), decorrem de pags. 375 a 491. -Estimada. Muito 
rara. 

«78-CasJillo (D. Leomado deZ).— VIEGE DKL REY H NVESTRO SENOR DOM |1 
FELIPE QVARTO EL GRA.NDE, 1 A LA KfiONTERA DE || FRANGIA. || FVN- 
^ ^■^ íl r C'i CIONES REALES, DEL || Desposorio, y entregas de la Sereníssima Senora 

S)ô 7^ II Infante de Espafia Dona Maria || Teresa de Áustria. || VISITAS DE SVS 

MAGESTADES CATÓLICA... || ... y senor Duque de Anjou. || SOLEMNB 
IVHAMENTO DE LA PAZ, Y i| sucessos de ida, y buella de la jornada. 1| 
EN RELACION DIÁRIA. || . . . || . . . — No fim da ultima pagina: CUly 
PhlVlLEGlO.W Ey MADRID.W f.V LA IMPRENTA I{EAL,\\Aíio de 
M.DC.LXVU. Iii-8.° de XII ff. innms. e 296 pags. nums., além de 
LXXX inums., inserindo o texto do Tratado de Paz, e VIII de ÍNDICE, 
finais. E. 

Obra interessante e estimada. Exemplar em bom estado, mas falto do ante-rosto gra- 
vado, retr. de Carlos U e uma estampa em II. desdobrável. -RARA. 

Castro (D. Francisco de) — Veja-se : Conslitrições do Bispado da Grarda. , . I6ií. 

(i70 — Castro [D. Henrique Josc de) — A verdadeira rezão demonstrada conio lei 

1^" 5 universal e buse firme e única de Inim perfeito contracto social, vinte e 

duas carias, compostas por .. Escriptas a hum seu amigo ; e divididas 

em duas partes. Lisboa : Xa Inip. Regia. Anno de lftS4. . . In-4.'', 2 tomos 

de IV-182-1 e 11-230 pags., em um vol. E. 

(j80— Castro {D. Joiio de)— Piimeiío Roteiro da Gosta da Índia; desde Goa ate 
Dio; narrando a viagem que fez o Vice-Rei D. Garc'a de Noronha em 
soccorro desta ultima cidade. 1S38I6.'39. Segundo Ms. Aiitographo Publi- 
cado por Diogo Kõpke. Porto. Typ. Commerd-il Portuense. 1843. In-S." gr. 
de XLIV-XII-3-284 pags. E. 

Ornado de duas estampas, dois fac-similes, retrato de D. Luiz e 2 mapas desdobráveis, 
além de um Atlas contendo 15 mapas. Assim completa. Rara. 

681- Roteiro em que se contem a viagem que fizeram os portuguezes no 

í^ Z' p D annu de 1541, partindo da nobre cidade de Goa atee Soez, que lie no fim, 

e stremidade do mar Roxo. Com o sitio e pintura de lodo o syno ará- 
bico... Tirado a luz pela primeira vez do manuscripto original, e aceres- 
centado com o itinerarium niaris Rubri, e o retrato do author, etc, ele, 



f- 



AZEVKDO-SAMODÀES 195 



Yás- 



pelo L»|-. Aiilouio Nunes Cnrvulho. PojíS. BiW.dnj, i\n 0//i( . íi/p. r/e í.'asi- 
miro, ^S3■^. in-8.° de .i-Ll\-IX-:{34 1 pngs. H. 

Acompanhado do retr. de D. João de Castro e de um uiapa, em graiidc folha, desdo- 
brável. 

t)8:2— Castro {['. João Dapiisla df)— Hora de reoreyo nas ferias de niayoies es- / / ^ q 

ludos, e oppressaõ de mayores cuidados. Authior o P. J. B. de C... Lis- f 

bua, Na Ofíic. de Domingos tíovvalres. MDCCL... In-S." peq., 2 tomos de 
167 8 XV-189-II pngs., em nm vol. E. 

6^3 Vida de Jesu Christo senhor nosso Conforme a mais exacla hanuo- ^^ ^ 

nia dos Sagrados Evangelistas, e literal intelligencia dos Santos Padres, 
onde também se too5o, e explioão as principaes difficuldades d;> Historia 
Evangélica. Pelo Padre... Lijboa : Na Ofíic. de Simão Thoddeo Ferreira. 
Armo M.DCC.XC. In-8.° peq.. 2 vols. de XVI .'ú? e 11-330 pags. E. 

Ii8i Vida do glorioso patiiarcha S. .loseph, Extrahida, e reduzida a com- 
pendio do que escreverão os Sagrados Eiiangelistns, Santos Padres, e 
Varões pios, pelo Padre... LUboa, Na Ofíic. de Miguel Manescal da Costa. . . 
Amio M.DCC.LXI... ln-4." de C1X-:J.'J2 pags. E. 

Acompanh-ada de unia gravura em chapa de metal (Frau."' a jis, em o Porto.), contendo 

a imagem de S. José, tendo este ao cóIo seu filho Jesus. 
Estimada. Belo exemplar. Pouco frequente. 

Castro (D. Miguel)— \eia-se: Cunstilvi^úes do .WcBlu^pado de Lisbon... í.jSH. 
liSj-Casfro e Anaya {Pedro de)— AVROIUS II DE 1| 1)1 AN \. |1 POU |1 DON PEDRO {/ fl^d £> ' 

DE CASTRO il y Afiaya, natural de Mnrcia. || A SENHORA D. MARIA || ria / ^^ 

Sylua Keligiofa em o (lonuento I! Real de S. Clara de Coimbra. || li 

EM COIMBRA || Com iodaa as li:enças necejsarias. || Na Ofíiciím de MANOEL 
DIAS \\ Jmprefsor da l'nirerf idade : \\ amio 16õ4. In-S." peq. de XXIV (as 
duas ultimas estão em liranco) pags. (prels.) inums. e 33'J nums., afora 
uma em branco, final. E. (perg. reformado). 

As XXIV pags. prels. compreendem : frontispício; Dedicatória ; «.\ SENHOK.^ D. MARIA „ 
da Sylua. . .> (datada e subscrita no fim : ^Coimbra IO. de \\ lancyro de 1654. \\ Manoel 
Dias=); 'Licenças do Santo Officio. ; 'Licença do Ordinários; 'Licença do Pafoi; 
Poesias de vários em louvor do autor e da obra, entre as quais uma do L)r. Jorge 
Fernandes de Portalegre, e outra do Dr. Diego Luis í^ieto; e : 'DON IVAN DE 
QVlROGA\ Fajardo, Alcnyde dei CastiUo\\de Zeliegin.\\h la curiosidad.» 

Estimada. Edição muito rara. Belo exemplar. 

I)8G— Castro Freire (Francisco) — Recrea(;Oes poéticas, por... Coimbra: Impr. 
da IJdvertidade IfOil. In-8.° de VI-176 pngs. E. 

<i87— Catalogo das obras de arte executadas por artistas portuguezes, envia 
das á Exposição Internacional de Madrid em 1871, pela Commissão no- 
meada pelo governo portuguez e expostas em Lisboa nos dias tí a 13 de 
setembro. Lisboa: Tijp. Unicersal, 1871. In-S." de 28 pags. B, 

()88-CATALOGO II DE' RELIGIOSÍ || DELLA COMPAt^NIA II Dl GIESV, |j Clie lo- 

roíio tormentati, e fatti morire iiel (jiap || pone per la fede di CHRISTO \, /C 

PAnno 1632. e 1B33. 1| Caiiato dalle Lettere annue. clie sono arriuate ,' ques- 
tanno 1635. iii Lisbona con la naue |l Capitana delilndia Orientale. || (I.ogar 
de marca emblema da Companhia de Jesus, tendo no centro as iniciaes ; 



^4 /o 



196 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



fcfi 



I H í<. li IN HOMA, I Per Franeesco Corbellelli, MDCXXXVI. \\ || Con 

Lkenza de' Superiori. In-8.° peq. de 15 pags. nums. e urna inum., final. B. 

Na pag. 1 o titulo; a 2 está em branco; nas 3 e 4 uma Dedicatória: «ALL'ILLVS- 
TRISSIMO, II ET reverendíssimo ;;SIGNOR II D. LORENZO || CAMPEOOI, " 
Vescouo di Sinigaglia,... II II P. Franeesco Rodriguez delia Compa- 1| gnia de Qic- 
su..,í; nas 5 a 15 o texto da relação: «LI RELIOIOSl, || che furono tormentati, e 
fatti II morire nel Cjiappone per la || fede di Christo sono ;i li seguenti.»; e na inum. 
final as Licenças. 

Na pag. 15, como que em remate do texto, a seguinte declaiação: . Stampata in Madrid 
con Licenza, [| por Andrea di Parra. |I E ristainpata in Roma per Franeesco !| Cor- 
bellete, !636.> 

Opúsculo muito interessante e rarissiuio. 

Catalogo dos Governadofes do Reino dn .Vngola. ., — Vejase: Collecção de 

KOticias . . . 

Catalogo do.s livros que se haõ de ler para a continuação do Diccionario 
da língua portugueza, . , — Veja-se: Costn Macedo (Agostinho Josr da). 

1589 — Catalogo dos livros raros, manuscriptos e impressos, que compunham a 
~ Bibliotheca de Sir G«««. (Guhian), e que hão de ser vendidos em leilão. 

^ no domingo 10 de novembro de 1867, e dias seguintes... Lisboa : Imprensa 

de Joaquim Germano de Sonsa Xeres... 1867. In-S." de VI-162 pags. E. 

Esta preciosa colecção compreendia livros raros e curiosos, clássicos portuguezes, hes- 
panlioes e latinos ; edições originaes, raras, e algumas mesmo desconhecidas ; poe- 
tas, historiadores, philologos, etc. 

Encadernado juntamente, este outro catalogo de uma livraria também notável : Catalogo 
dos livros que foram de João António de Souza Guimarães... Parlo: Typ. ric Se- 
bastião José Pereira, 1S69. In-S.o de IV-205-IV pags. 

O primeiro compreende a descrição de -1264-18 lotes; o segundo, de 3911-35. 



'áoo 




1590— Catalogo provisório da Galeria Nacionul de Pintura existente na Acade- 
mia Heal das Beilas Artes de Lisboa. Publicado por ordem da mesma Acade- 
mia, 1868. ]n-8.° de VI1I-70-II pags. B. 

Catharlna (D.) — Da Perfeição da vida monástica .. — Veja-se: Justiniano 
(^'. Ijoureniy). 

Catecismo Romano... Lisboa, Jãôt/.— A'eja-se: Mattos (P. Christovão de), 
mi— O CATHOUCO II JOliHAL RELIGIOSO. || (Vinheta alegórica) j LISBOA: 
II LMPRLXSA DE FRAXCISCU XA VIER DE SOUZA, \\ Bua da Condessa 
N." 19. II — II 18õS. In-fol. gr,, 48 nums. de 8 pags. cada, á excepção do 
ultimo, que tem 16, e IV pags. (frontispício e índice), em um vol. E. 

Publicaç.io quinzenal muito interessante, pois contém colaboração (em prosa e em verso) 
de algumas das penas mais brilhantes da época. .\ pags. 7 e S do n.o 1, e 2 e 3 do 
n.o 2, vem inserto um artigo de Oomes d' Abreu acerca d' O Arco de SancCAnna de 
Oarret; e a pags. 7 e 8 do n.o 34 um peq. artigo de Camillo Castello Branco, inti- 
tulado : «Harpa de David". 

O primeiro numero saiu a 21 de Março de 1S51, e o ultimo a 10 de março de 1853. -.^ 
impressão é a duas colns. por pag. 

Colecção completa. Belo exemplar. Muito rara. 

Caurroy (.1. M. d»)— Veja-se : /íísíí/iíamts.— Institutos de... 
j 692— Causinó [P. Nii:olas)—La Corte Santa, escrita en francês porei... Pa- 

Scih t? dre... de la Compania de Jesus, confessor de Luís XIII. Rey de KrancJa. 

C/ '/' Traducida en caslellano por Don Pedro Gonzalez de Godoy . . . Aora nueva- 



AZEVEDO -SAMODÃES 197 



694— Cavanagh {Morrjan)—Le découverte de la scieiíce des langues, conte- 
nant: Une opinion sur la maniúre d'oiJerei' d'un esprit humain ; l'explica- 
tion de la nature léelle des parlies dii discours et de la significalion que 
tous les niots renferment en eux-inêmes conime leur propre défini- 
lion ; Torigine des niots, lettres, chilTres, ele, ainsi que les príncipes fon- 
damentaux de la première religion de Thonime ; par. . . Traduit de Tan- 
glais par Morgan Cavanagh et Ch. Joubert. A Paris... lS4^i. ln-8.°, 2 vols. 
de VI-467 e IV-e de 466 a 876-IV pags. E. 

t)95 — Cave [Guilielmo) — Scriploruni ecclesiasticoruni Historia Literária, a 
Christo Nato usque ad Saeculuni XIV. Facili Methodo digesta. Qua de Vila 
illorum ac Bebus gestis, de Secta, Dogmatilms, Elogio, Stylo : de Scriptis 
genuinis, dubiis suppositiis, ineditis, deperdilis, Fragmentis; deque va- 
riis Operuni Editionibus perspicue agitur. Accedunt Scriptores genliles, 
Christiana! Religionis Oppugnatores ;.. . Editio novíssima, ab Autore 
Ipsiomet ante Obituni recognita & auctior facta. Oxonii, e Theatro Sheldo- 
niario, Apud Josephiini Pote Bibliopolam Etonensem. MDCGXL-DCCXLIII. 
In foi., 2 vols, de X-XLV-IIl-668 (esta ultima acha-se numerada 898), e 
XII-358 pags. 

Appeiidi% ad Historiam Literarium . . . ; in qua de Scríptoribus 

Ecolesiastícis, Ab anno MCCC. ad annum MDXVII. Pari Methodo agitur; 
Ex Duabus in Unam constata; Altera nempe Henrici Warton, Altera Ro- 
berti Gerii, qui etiam Concialia Sseculorum XIV, & XV. recensuit. Ibid., 
ibid., MDCCXLllI. In-fol. de IV-252-88131 pags. Os dois voh. E. (perg.). 
Obra importante e muito apreciada. Magnifica edição, a mais completa de quantas se 
imprimiram deste trabalho. Adornada com dois cabeções de assunto alegórico (co- 
muns), abertos a buril. Belo exemplar, por aparar e muito bem ene. em inteiras de 
]jergaminho, reforçado nas pastas. Colado na pasta da frente, ha um lindo ex-librís 
ornamental do encadernador, aberto a buril em chapa de metal.- MUITO RAR.\, 
sobretudo nestas condições. 



mente corregido, y eninondado en esta sexta, y ultima iinpression, con 
copiosíssimo índice, y Tabla. Ano Í72G. Con Licencia: En Madrid, en la 
Tmprenta de António Marim... In-fol., 4 vols. de XX-492-XIV, 1V-423-XII1, 
YI1I-341-XV e X-492 X.X pags. E. 
o texto é ilustrado com algumas gravuras, as quais são abertas em madeira. 

693 Símbolos selectos, y parábolas históricas, dei... de la Compania /'^ O O 

de lesvs. Libro priínero, y sogviido. Tradvzido de latiu, y avmentado 
con varias oliseruaciones, por Don Francisco de la Torre... Ano (Marca 
do impressor, gravada em madeira) 1728. Con prn-ileijio. En Madrid: En la 
Imprenta lícal. Por luan Garcia ínfancun. Acosta de Gahrid de Leon, Mer- 
cader de Libros. In-4." de XL pags. (prels.) inums., 432 nunis. e mais VII 
inums., finais, de ÍNDICE DE LOS Simliolos. E. 

As XL pags. prels. inserem: titulo- Dedicatória a Don Sabo Melini Arçobispo de Ce- 
sárea- Licenças-. Xprovações- «Suma dei privilegio»- iFee de Erratas» -«Suma de la 
Tassa.»-«Censvras» — Um Soneto e um Romance endecasilavo a D. Francisco de la 
Torre (aquele por D. Francisco de Lazcano ; este por D. Qaspar .\gustin de Lara) 
— Prologo «Al Lector.»-e indicação da «Orden, y nvmero de los libros que contie- 
nen los Símbolos, y Parábolas Hiftoricas.» 

Estimada. Bom exemplar. Rara. 



/l^S' 




198 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^0 



696— Ca ventou {./. B.)— Noiívelle nomenclatiire chimique, d'après la classifi- 
cation adoplée par M. Thenard ; Par... A Paris, Chez Crochard... iSlti. 
In-S.o da IV-XVI-2Í)8-1I[ pags e \ima II. desdobrável. E. 

(107 — Ceballos {Itla« Anlortio de). — V\ores de el yerne, pasmo de Egyplo, assom- 
bro de el inundo, sol de el Occidente, portanto de la gvacia, vida, y mila- 
gres de el grande S. António Abad. Kscrita por ol Mro.. .' Gorregida, y 
emmendada en esta ultima irapression. Pedicada ai Exc.'"" Senor [). Gis- 
herlo Pio de Sabóia .Moura Corte-Iíeal Espínola y Ia Cerda Figueroa y 
Pacheco .. Marques de Caslel-Rodrigo. . . Con lirenna. En Madrid: En la 
Imprevto de In Merced. ln-4.° de XVl-íriOl prgs E. 

As XVI pags. prels. compreendem : fronfispicio; Dedicatória; Approvações; Licenças; 

um Soneto e uma Decima em louvor do autor e da obra; «Suma de la Licencia»; 

^Fee de Erratas.-; 'Suína de Ia Tassa»; e «Prologo ai lector.» 
Obra estimada. Edição rara. Bom exemplar. 

Cebes. — Tabla de .. — Veja-se : Vafiiíns (Oí/io). 
(i08— Ceita {Fr. João da).— Qvadragena de Sermoens em lovvor da Virgem e 
^ r^ J! r) r~:> ^''''y' ^ ^^ Chrísto Senhor nosso seu Filho. Conforme os Euangelhos, que 

■^y ^ T^ ^' a Igreja canta em suas festas pelo discurso do anno. Compostos pello 

Padre Frey Jo.mo da Ceita natural de Lisboa, frade menor, filho da pro- 
víncia dos Algarues &c. Dedicados ao nosso mvito Reverendo Padre Frey 
Manoel dos Anjos, qualificador do Sanlo OÍBcio, &c. [\inhela com a ima 
qem da rirgeni). Com licença do Santo Ojficlo, Ordinário iÇ- Paço. Em Liihoa. 
Na Oijic. df. Pedro C.raesbeeck. Anno IGlí). Coin graça & Privilegio. Vendeni-se 
em casa de Tliomé do Volle, Mercador de l.ii'ros. In-fol. de VI IT. (prels.) inums., 
307 nums. na frente, a 2 colunas de impressão jior pag., 1 com Advertência 
e Erratas e XXIV inums., de Index. 

^Qvadragena segvnda em que se contém os dovs sanclos tempos 

do anno : conuein a saber, Adueuto, & Quaresma ; (^om seus intróitos^ 
i^om oito Sermoens do Santíssimo Sacramento do Aliar. Dedicada afi 
tllvstrissimo Senhor Dom loseph de Mello, digníssimo Arcebisto de Euo- 
ra, &c. Em Ecora. Por Lourevço Craesbeeck. Anno 162õ. In-fol. de IV-54(i 
pags. a 2 colunas de impressão, cada; uma com um .?onelo em lou\or dn 
autor e XVI inums., com o Jndex e Erratas.— Os S volumes. E. 
Clássico. Estimada. Bom exemplar. RARA. 

— Sermão da Fee... no Acto,., de Évora .. 1624.— Veja-se: An- 

los de Fé {Sermões de). 

fi99 Sermões das feslas da Virgem Santíssima, e de Chrísto Senhor Nosso, 

com oito do Sacramento, & de algijs Santos e oito de dííTuntos Dedicados 
ao glorioso S. António. {Vinheta com a imagem do mesmo santo). Compostos 
pello Padre Fr. loam de Ceita, Frade menor da Regular observância da 
Província dos Algarues, natural da Cidade de Lisboa i't.c. Com licença. Em 
Lisboa. Por Lourenço Craesbeeck. Impressor dei Rey. Anno MDCXXXIV 
(1634). In-4.° de VII. fT. inums. e 340 nums. na frente. E. 
Clássico muito estimado. Não vulgar. 
O) (^J ^ i) TOO-CELESTINA (L.\)— |1 O TRACI-COMEDIA || DE !i CALISTO \ MELIREA. || 
,;^ i~> ya l' NCEVA P:i>lC10N || con las variantes de l.is niejores [[ edicinnes anliguas. 



Vl> 



AZEVEDO - SAMODÃES 199 



/^o 



i; II MADRID: 1822. \\ Imprenta de Don Leon Aíiapita, \\plax.uela 

de Santiago, num. I. In-8.° peq. de XIX-XX-412 pags. E. 

As primeiras XIX pags. prels. compreendem: frontispício; cEKRATAS> (no verso da H. do 
front.); e «PROLOQO DEL EDITOR^; e as XX imediatas: novo frontispicio; «EL 
AUTOR A UN SU AMIGO-; EL AUCTOR, i Esaisnndo-se de sii yerro en esta 
obra queWescribià, contrai: arguye y compara-; -PROLOGO ; Lista dos persona- 
gens; ^ARGUMENTO DE TODA LA OBRA-; e «ARGUMENTO || DEL PRIMER 
ACTO DE LA TRAG!-COMEDL\.» 
Muito apreciada. Excelente edição. Belo exemplar, dourado e aparado só á cabeça. - 
Pouco comum- 
701— Cenáculo Villas-Boas (fV. il/anzee/ áo).— Dissertação theologica, histórica, 
critica, sobre a Definibiiidade do Mysterio da Conceição linmaculada de 
Maria Santissiiiia. Lisboa: Na Oflíc. de Joseph da Costa Coimbra. íi.dcc.lviii. 
In-4.» de XVI-X-2Í8-XXXVÍII pag. E. ^ . 

702 Memorias hisloricas do ministtrio do piilpito, por mii religioso da Or- /v^ ^ ^ 

dem de S. Francisco. (Escudo darmas do reino). Lisboií. Na 0(lk. Typ. An>io 
MDCCLXXVI. (177(3). In-fol. de VI li', (prels.) iiiuiiis. e M16-1 pags. E. 
Obra intereísantc e muito estimada. Exemplar de tiragem especial, em papel de superior 
qualidade; com grandes margens. Nestas condições, muito raro. 

703— Centenário do descobrimento da America. Memorias da Commissão por- ^ / ^;fC O 

lugueza. Linboa: Typ. da Academia Kcnl das Sciencias, 1892. In-fol. de IV- c^^ 
19-19-80-48-1 ig-ll-íis-llj-lO-l pag.s. E. 

Insere os seguintes curiosos trabalhos : A Commissão Portugueza da Exposição Colom- 
bina, por Joaquim de Araujo.-Centenario da Descoberta da America, por Theotilo 
Braga.- Breve noticia sobre o Descobrimento da America, por Augusto Correia Tei- 
xeira de Aragão. -Catalogo dos objectos de arte c industria dos indígenas da Ame- 
rica, por A. C. Teixeira de Aragão. - Estudos sobre navios Portuguezes, por Henri- 
que Lopes de Mendonça. -Memoria sobre a residência de Christovão Colombo na 
libada Madeira, por Agostinho de Ornellas.- Os navios de Vasco da Gama, por 
João Braz de Oliveira. -O Descobrimento do Brazil por Pedro Alvares Cabral, me- 
moria de A. A. Baldaque da Silva. -Carta de El-Rei D. Manuel ao Rei Catholico, 
por Prospero Peregallo. 
Ornada com «fac-similes» de varias estampas, sendo algumas reproduções de gravuras de 
livros do século XVL 

Cèpari {P. Vtrgilio)— Vido do beato Luiz de Gonzaga... — Veja-se: Alvares 
[P. Jerónimo). 

Cerda y Rico {D. Francisco de). — Memorias históricas. . .—Veja-se : Cró- 
nicas , . . 
704— Ceremonial da Congregação dos Monges Negros da Ordem do Palriar- 
cha S. Bento. Novamente reformado, e apurado por mandado de Capitulo 
pleno, sendo Reuerendissimo Geral da dita Congregação o Doctor Fr. An- O) /^Ç^/') o 

tonio Garneyro Lente jubilado em a Sagrada Theologia. Forão intendentes er^ yJ^ 
nesta obra os Padres Mestres Frey Manoel d'Ascensão; & Frey Pedro de 
Menezes Monges da mesma Ordem. [Estattipa grav. a buril (L. Vorsterman 
fecit), representando o Geral em acto de prédica rodeado pelos noviços, que estão 
ajoelhados). Em Coimbra, Na Offic. de Diogo Gomes de Loureyro, & de Lou- 
renço Craeabeeck. Anno 1647. Com todas as aprouacOes, & Licenças necessárias. 
In-fol. de IV ff. (prels.) inums, ás quais se segue o Livro primeiro com 
LXXVIII pags.; e com front. especial, tendo no centro as armas da Or- 
dem de S. Bento, o Livro segundo em 2b3 pags., vindo no fim d'esta novo 



200 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



líi 




clkÓ'-' 



registo de logar e dala da impressão. Gomo remate do vol., segue-se 
uma pag. em (jne vem inserln o fíeíjkto de Assinatura de ff. E. 

O frontispício e as duas folhas imediatas com defeito. -Estimada. MUITO RARA. 

705— Ceremonial dos religiosos Cirmelitas Descalços, segundo o rito romano, 
(9 C para uso da Congregação de Portugal. Traduzido do llespanhol, correcto, 

nolavelmente accrescenl.ido, e eiii tudo conforme ás Rubricas do Breviá- 
rio, e Missal Romano, Decretos da Sagrada Congregação, costumes anti- 
quissimos, e Privilégios de Religião. Lisboa: iVn /?pi}í'1 Ofíic. Tijp. -timo 
M.nCC.XCIX. In-fol. de VI1-533-I pags. E, 

7()t)-Ceriziers (Sr. de) - LE TACITE || FRANÇOIS || AVEC || LES REFLE- 
.VIONS CHRESTIENNES |l ET POLITIQVES SVR LA VIE DES || RÓIS de 
FRANGE. II Du || S."' deCERiziERS Aumofnier [] duroy. |! (Peq. vinheta repro- 
duzindo o Tosão d'Ouro) II .4 PARIS, \\ Ckez la Veuue I. CjursArW et \\ 
PiEKRE LE Petit [ Imprim. ordiíinire du Roy l rui- .S. lacques ò la Tcifõ 
iVOr. II Avec Prinileijc du ro>j. || 1'I28. In^."., 2 tomos de XXVIII pags. 
(prels.) inums. e 422 niuns., o I ; e YI (prels.) inums. e 456 nums., afora 
XXII inums. e uma em branco, finais, o II. Em um rol. E. 

O titulo transcrito acima, que é aberto a buril, encontra-sc no centro de artística por- 
tada gravada em chapa de metal (Darci se), 
ki XXVIII pags. prels. compreendem : portada ; Dedicatória («EPISTRE»): «A MON- 
SEIGNEVR II D'HEMERy |l SVRINTENDENT || DES FINANCES=. ; Prologo «AV LE- 
CTEVER.»; ■^Entraict du Priuilegc tlii Roy< e outras licenças; «AVANT-PROPOS, li 
ESTAT DES QAVLES A\V\NT " LE VENVE DES FRANCOIS..; e .Veritable Origine 
des François.i 
As VI pags. prels. do tomo II inserem : titulo e Prologo -.\V LECTEVER.» 
O titulo inserto no fronlispicio deste tomo, diz textualmente assim: «REFLEXIONS jj 
CHRESTIENNES I] ET II POLITIQVES II SVR LA VIE DES ROYS||DE FRANGE. 1| 
Par te Sieur db Cekiziers, Auinofiiier du Roy. ]! (Marca dos Editores, com a divisa: 
..TEGITET QVOS TANGITINAVRAT») || A PARIS, : Cliez la Veuve lEAN CAMV- 
SAT,||ET||PIERRE LE PETIT, Irap. & Lib.. ordinaire du II Roy. Rue||S. lacques, à 

la Toyson d'Or || || M. DC. XLVIII. |I AVEC PRIVILEOE CE DV ROY.. 

.\s XXI pags. inums. finais conteem a .TABLEilDES PRINCIPALES REFLEXIONS |1 

DE CET OVVRAOE.» 
O texto, que abrange até Louis Le Jouste, acha-se enriquecido de peqs. gravuras con- 
tendo, cada uma, um retraio dum dos reis de França. Exceptuando a primeira que é 
de pag. inteira e impressa aparte, e que contem os retrs. de Pharamond, Pepin Le 
Bref e Hugues Capet, todas as mais vêem encimando as respectivas biografias, nu 
historia de cada reinado. 
Obra curiosa e nilo mencionada por Brunet. Excelente edição. MUITO R.\RA. Belo 
exemplar. 
707— Cerqueira Pinto (/iníonio)— Historia da prodigiosa imagem de Giirislo 
Crucificado, que com o titulo de Bom Jesus de Bouças se venera no logar 
de Malozinhos na Lusitânia, em que se referem notáveis Antiguidades 
deste Reyno, dedicada ao mesmo Senhor e olVerecida a el Rey de Portu- 
gal D. João V. Lisboa Occidental. Sa Ofíic. de António Isidoro da Fonseca Im- 
pressor do Duque Estribeiro Mor. MDCCXXXVIl (1737). In-í." de XLl IV. 
inums., 349 pags. nums., a que se seguem mais 1(51, que inserem S Sermões 
pregados, respectivamente, por Manoel dos líeis Bernardes, Fr. Joam de 
■Deos Monte Alverne e Manoel Pereira Alvares. E. {perg. reforçado). 

Além do descrito, o volume contém duas estampas grav.idas a buril, estando uma (a que 
reproduz a imagem do Senhor de Malozinhos, e que falta em quasi todos os exem- 



AZEVEDO - SAMODÃES 20 1 



piares que aparecem) assiiiaiia ; Francisco Mciida Lima jiíUli.-O frontispício é im- 
presso a preto e a verniellio. Apreciada. Pouco frequente. 

Cerqueira Pinto (/líi<on'o)— Veja-se : Cioiha (D. llodriçici da) — Catalogo dos 

hifpos do Parlo.... eiliçrio de 1742. 

708-CERTAMEN 1; POÉTICO, EM LUV- !| VUII DK UOM MIGVEL DE NO- 1| ro- Ao^ig/ú O 

Ilha, Conde de Linhares, do Conlelho de lua H Mageltade, & seu Gouerna- /C^C^'^ 
dor, & Capitão ge- || ral de Tanger, ao valor com que no leu || campo, sò ''^ 
A vilta de lodos maton hum leão ns lanhadas. Or- 1| danado por Dom Fer- 
II nando de Faro. (Vinheta representando utu anjo montado num dragão, 
e lendo numa das mãos ma ramo de carvalho e na outra uma palma) 

II Com todas as licenças wx-ef farias. \\ jj EM LISBOA. Pur Geraldo da 

Vinha. {Sem data — 1G25.-'). In-4.o de S6 folhas innms. E. 
.\ primeira folha coiistituc o frontispicio; na frente (o verso está em branco) da se- 
gunda uma Kduertcitcia ao Leitor.' ; e nas restantes LXIIII Sonetos dos seguintes 
autores : Licenciado Francisco Lopes Ribeiro, Luis de Meio, Lisardo, .'Xntonio Fer- 
nandes de Moura, loão de Sancta Cruz, Victorinn, Henrique do Quintal, Silveria, 
Pyndano, Jacinta, Sempronio, Francisco Nunes de Ávila, Afonso Ribeiro Pegado, 
Pêro de Noronlia de .\ndrade, António Alvares Soares, Pêro Mousinho, O Pastor de 
.Amarilis, António Oomcs Pimentel, João Barbosa, Manoel de Oallegos, Francisco 
Lopes, Manoel Freire de Brito, António Soares de Medeiros, Eloyo de Sá, Simão 
Ramos, António Fernandes, Jorge Tlionias Valle, loão de Crasto, Gil Coutinho, 
Francisco Dias de Gusmão, João de Araújo, Luis de Mello, Luis Marinho de Aze- 
vedo, Luis de Tovar, Luis Marinho, Martim Afonso de Torres, Vicente da Costa 
Matos, Paulo de Sousa Coutinho, Francisco de Faria, Duarte da Silva, Baltasar Ri- 
beiro, Manuel de Qouvea de Vasconcelos, António da Cunha Ferreira, Custodio 
Lobo, João de Mendonça, João Barbosa de Crasto: e ainda alguns anónimos. 
Espécie de Cancioneiro muito apreciável. .Mguns dos poetas acham-se representados 
cOBi um, dois e três sonetos. Descrito por Inocncio. Raríssimo. Bom exemplar. 



709— Cervantes Saavedra {Mi<jmlde]—\í,l ingenioso hidalgo Don (Juixote de la 
Mancha, compuesto por... Nueva edicion corregida de nuevo, con nue- 
vas notas, nuevas estampas, con nuevo analisis, y con la vida de el autor 
nuevamente aumentada por D. Juan António Pellioer... Eu Madrid: Por 
I). Qahriel de Sancha. Aíw de .l/flCCL.V.VAA' ^7/. In-8.«, 5 vols. de VIII- 
CCXLlV-143, VI-318, IV-275, XX-45G e VI-483 I pags. E. 

M,agnifica edição desta obra celebre e universalmente presada; enriquecida com lindos ca- 
beções decorativos e numerosas gravuras impressas em separado, tudo primorosa- 
mente gravado a buril em chapas de metal pelos melhores artistas hespanhões con- 
temporâneos da edição (P. Camaron, Raf. Ximeno, Paret, Monnet, etc, delinearam; 
e : Moreno Texada, P. Dutios, etc. esculpiram). Algumas gravuras são de formato 
superior ao do livro, e porisso estão impressas em folhas desdobráveis.' 

Belo exemplar; com rica encadernação inglesa (inteira de vitela), e tendo a lombada e 
as pastas ornamentadas a frio e a oiro. Nestas condições, muito raro. 

710 BI ingenioso hidalgo Don (Juijote de la Mancha, compuesto por.. . 

Edicion conforme á Ia última corregida por la Academia Espanola, con 
notas para la buena inteligência dei texto. Paris : Garnier Hermanos, 1873, 
In-8.° de IV-XLIV-768 pags. E. 

Edição ilustrada com estampas abertas em madeira e impressas em separado. 

711 El ingenioso hidalgo Don Quijoto de la Mancha, Compuesto por... 

Edicion anotada por Don Nicolás Diaz de Ben.jumea, é ihistr.ida por Don 
Ricardo IBalaca,.. (Reprodução da marca que vem no frontispício da 



fo/^ 





J. 



S-à 



'o£' 



202 



CATALOGO DA LIVRARIA 



2o 



Úo 



/6'PÍ 



O' 



primeira edição). BarceXona: Molaner y Simon, Editores:... MDCCCLXXX. 
In-fol., 2 vols. de VIH-LNXII-566-I e VI-1I-651-I pags. E. 

Magnifica edição ; enriquecida com numerosos cabeções e Horões alegóricos, impressos 
a preto ; com o retr. de Cervantes, ante-rosto, capas e 44 belas estampas coloridas, 
tiradas em separado. -Edição estimada. Esgotada. 

712 El buscapié. OpLiscuIo inédito que en defensa de la primara parte 

dei Quijote escrihio... Publicado coin notas históricas, criticas i biblio- 
gráficas por Don Adolfo de Castro. Cadiz. Impr... de \a Rerista Médica, 
1848. In-S." de Il-XIX-184 pags. M 
713— Cervantes Saavedra {Miqvel rf,).— LA niSClilíTA HAL.MEA... Em Lin- 
boa. . . .■\'iio de l'!i:t. 
(Dj ft'ontÍ!!fi'io dnjnos a t.cacta reprudunio fulo-ziíKOijrújica i/ue regne) : 

LA DISCRETA 

GALATEA 

DE MlGVELDE 

Ceruantes Saauedra. 

Dmdídd enftys Lihtos» 




Con todas las licencias ncccíTarías.' 
Jafadoen ijo.reiicnpape!. 

In-8.° peq. de IV ÍT. (prels.) inums. e 375 nums. na frente, não incluindo 



unia em branco, final. E. 



AZEVEDO -SAMODAES 



20^ 



7U 



715 



ti. I prel. insere o titulo da obra e as Licenças para a impressão; a II e III uma 
espécie cie Prefacio; ^CURIOSOS LECTO- \] res. S.*; e a IV diversas poesias em 
tiomenagem do autor e da obra, a saber: =DE LVYS QALVES DE AÍON- 11 taluo ai 
Autor. SONETO» ; <DE DON LVYS DE BAROAS 1; Marique. SONETO ■ ; -DE LO- 
PES MALDONADO.il SONETO». 

verso da H. 375 (última do texto) é apenas ocupado pela seguinte marca do 
impressor : 




e, por baixo desta, pelo seguinte registo tipogriUico : 

— «EM LISBOA II Con Iodes taf: /«V-pnras iicrefíarins. 

vez Annoll 1618. >- 



Por António Alua- 



Esta ediçiio é uma das primeiras (2.a, ou 3.») que se liieram desta apreciada obra do 
autor do celebre Dou Quijotc de la Mwíc/ta. Muito estimada e parisslma. Ex- 
celente exemplar. 

Novelas exemplares de... Ano (Virilieta qiiadiangular, tendo no 

centro as iniciais emblemáticas ila Comp." de Jesus: I H S) 1723. Con li- 
cencia. En Madrtd ; En la Itnprenla de Angel Pasmai. ln-4.o de 11-403 pags. K. 
Edição pouco vulgar. Exemplar com as duas primeiras ff. manuscritas. 

LOS TRABAIOS |1 DE PERSILES, Y 1| SIGISMVNDA, HISTO- !| ria 

Setentrional. |1 POR MIGVEL DE CERVANTES || Saauedra. |1 DIHIGIDO A 
DON PEDRO FERNANDEZ DE 1| Castro Conde de Lemos, de Andrade, de 
Villaliia, Marques de || Sarria. . . 11 . • IMTío (Marca do impresaor— a 
mesma que vem na 1." edição da parte primeira do D. Qnixote) 1611 II 



Con priuilegio. En Madrid. Por hum de la Cuesla. 



1 A cofta de luan 



lie Villarreal mercador de Ubros en la Platcria. In-i." de VI ti. (prels.) 
inuras. e 226 nnms. na frente. E. 

As VI folhas prels. inserem; frontispício; TASSA..; FEE DE ERRATAS'-, Privile- 
gio de ■íEL REYi ; 'Aprouacioa ; um Epitáfio e um Soneto a Cervantes ; Dedica- 
tória : .A DON PEDRO FERNANDEZ H DE CASTRO...»; e .PROLOGO». 
Primeira edição desta apreciada novela. Exemplar com defeito nas ff. 32 e 226, mas de 
fácil restauração.— Raríssima. 
7IC-CESAR iCaius Mivs]-\ COMMENTARI || Dl CAIO GIVLIO || CESARE. || 
NVOVAMENTE TRADOTTI DA || M. FRANCESCO BALDELLI Dl || LATINO 



/S-o 



^ôo/^<^ 



.^^^O 



jAo ^ 



A ^" 



204 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

IN LIiN(;VA THOSCANA. |! CON FIGVRE, E TAVOLE DELLE MATERÍE || e 
de i nomi delle Cillà, ch'in questi Coininentari si leggonno, r Anlichi e 
Moderni, pei- adietro non piu stampale. || (Peq vinheta t\ p. ornamental) 
II CON PRIVILEGIO || (Marca gravada do impressor) || li\ riCNEGl AP- 
PRESSU GABIUEL \\ GKILITO DE FEHUAm. \\ M D LVll. In-8.o peq. de 
LII-773 pags., afora nnia de Registro, uma cm hrani.o e uma que contem 
somente uma nova marca do impressor, finais. E. 

As LII p.igs. prels. cojiiprccndeiu: froiitispicio; Dedicatória: -ALLO... SIONOR || CAR- 

DINALE Dl FERRARA ; .TAVOLAS. ; e um mapa de LA FRANGIA, e outro 

de mSPAONA. (ambos abertos cm madeira). 

Tradução estimada. Primeira edição. MUITO RARA. Bom exemplar. 

717— Céspedes y Menezes {Gunçaiu (/c)— Poema trágico dei espai'iol Gerardo, 
y desengano dei amor lascivo. Primeira e Segunda Parte... Aíio ítí'21. Kn 
Cuenca, Por Saluador d'j Viader... In-l." de IV ti. (|irels.) inums. e 236 
nums. na frente. E. 

Muito estimado. Bom exemplar. RARO. 

718— Cevalhos (D. Pcdco)— Exposição dos lúcios, e maquinações, com que se 
preparou a usurpação da Coroa de Hespanha, e dos meios que o impera- 
dor dos francezes Icin posto em pratica para realiza-la. Escrita em hespa- 
nhol por... Traduzida em portuguez, E pulilicada para desengano da Na- 
ção, e conliecimento da detestável Protecção Franceza. Lisboa, Na Impr. 
Regia. Anuo IS08. Com licença. In-4.° de 80-11 pags. E, 
Chagas, 1.» (Fr. .^níonío das)— Sermão. . . no Avto da Fee... em Lisboa... 
16.54. — Veja-se : Avtos de Fe {Sermões de). 

719— Chagas, 2.° (Fr. AiUonio daí)— Viva Jesus. Cartas espirituaes do venera- 
^ C) vel padre... Parte I. (e II) JÁsboa Occidental. Na Offic. de Miguel Ro- 

drigues... M.DCC.XXXVl. .. Iii-.4.° Duas Parles em igual numero de 
tomos, com VIII-400 e VI1-20Õ. E. 

Clássico. Apreciado. Boa edição. Rara. 

720 Escola de Penitencia, e flagello de viciosos costvnies, que consta de 

Sermoens Apostólicos do muyto venerável Padre Frey .\ntonio das Cha- 

/^ Jj gas, àc. tirados a luz por Fr. Manoel da Conceyçam. I Parte (e imica). Ao 

KJi^ ^ ^ muito alto e poderoso Rey, & Senlior Nosso D. Pedro II. Lisboa. Na Of/l. 

de Miguel Deslandes . . . Anno 1687. ln-4.'' de XIV-5Í6 pags. E. {perí/. ninlle). 

Estimada. Primeira edição -Não vulgar. 

721 Obras Espirituaes do espiritual, e venerável Padre Frey António 

/) das Chagas... Primeira e segunda parte. Dedicadas pelo mesmo Authora 

Christo Crucificado. (Vinheta). Lisboa Occidental. Na Offic. de António 
Pedroso Galram. M.DCC.XXXV... In^.» de XV-504 pags, r:. 

Edição pouco vulgar. 

722 Sermoens genvinos, e praticas espirilvaes., . Lisboa, Na Offic. de 

Miguel Deslandes. . . Anno 1690. In-i." de XVIU ff. inums. e .517-1 pags. E, 

^ Primeira edição. Rara. Belo exemplar. 

Chagas {Philippe das) — Veja-se: Nunes (Philippe). 

n/ 1/ /-, c? 723— Chambers (A'oíierí)— Lives of illustrious and distinguished Scolsmen, 

^J-^^ trom the carliest period to lhe present time, arranged in alphahellcal 



r//í 



(^1'i 



m- 



AZEVEDO -SAMODÃES 205 



^D 



order, and forming a complete Scottisíi biogiaphical Dictionary. tíy... 
Kriibellisheil wilh splendid and aiUhentic Portraits. Glasgoic: Blackie d- 
Hon... MDCCCXXXlll-DCCCXXXV. In-S.», 4 vols. de lV-568, H-600, II- 
588 e 11-551 -VI pags. E. 

Os numerosos retr. que enriquecem a obra são primorosamente abertos a buril em cliapa 
de aço e in'pressos em separado do texto. -Belo exemplar e bem encadernado. 

7ái — Chantrel (./.) — Annales ecclésiastiquea de 1840 a 1860, ou Histoire rá.çu- 
mée de l'Église catholicuie pendant les derniéres années ; ouvrage com- 
plémentaire de IHistoire Univcrsíelle de lÉgliso calholique par Tabbé 
Rohrbacher, par... Paris: fíaiiwc Frères et Duprni... 'IS/Jl. In-S." de IV- 
tíi8 pags. K. 

725-Chapellain de M. R. (P. O'.)- LA COVRONNE |1 DV PORTVGAL |1 OV || La 

parfaite connoiílance de fes I| Royaumes, Conquétes, Lois, || Maximes, In- S^/lsA <& (D 

tereis, Etat |I preíant, &c. \\ AVEC |1 Vn abregé de fon Histoire, & un trailé C í^ ' 

II curieiíx de la Marine : du Change '| de Portugal. & du Mariage de li S. A. 
R. II Le tout recneilli en abregõ poiír fervir d'- i initruction à ceiíx qui au- 
ront riionneur || d'élre à fon fervice. || Par le Sieiír P. G. Chapellain de M. 
R. II (Peqs. vinhetas tip. de ornamenlo) || A TVfílN, MDCLXXXH. 

II II C/ier Barthelemy Zappate.\\ Avcc permifsion. In- 12.° de XII pags. 

(prels.) inums. e 254 nums. na frente, afora uma com «Addilions de la I. 
Paile», uma em branco, uma com «Addition de la 2. P.», e uma outra em 
branco (inums ), finais. E. 

As XII pags. prels. compreendem: ante-rosto (com os dizeres: «LA 1] COVRONNE || DV 
:i PORTVQAL.r,) (I e II) ; frontispício (III t IV); Dedicttoria : -A MONSEIQNEVR II 
D. DIEQO DE CARVALLO II CERQVEIRA, IIENVOYE EXTRAORDINAIREIIDE 
PORTVOAL A S. A. R. II .... (V a IX) ; e «TABLE 1| DES CH APURES.^ (X a XII). 

Nas pags. nums. 1 a 4, um 'AVIS.', e nas restantes o texto da obra propriamente dito. 

Obra interessante sob o ponto de vista geográfico, histórico, politico, comercial, etc, 
de Portugal. -Multo rara. 

"Sii— Charpentier {M. C. Lomís)— Letties critiques, sur divers Ecrils do iio.s 
jours, contraíres ã la Religion & aux lliturs. Par M. Can'/:. A Lvndres. 
M.n.CC.LI. In-12.», 2 vols. de IV-XV-176 e IV-221 pags. E. 

Obra interessante. Bela edição. Os frontispicios, impressos a preto e a vermelho, são 
adornados com uma linda vinheta alegórica, aberta a buril em chapa de metal (assi- 
nada : Ceisen — Fàveline). 

727— Chasle (Abbé Aowis)— Sieur Maria du Divin Cosiir, Née Dreste zu Visclie- 
ring, religieuse du Bon-Pasteur. 1863-189'.). Paris : Bemiehtsne & CM .. . 
1005. In-S." de XXXV-428-I pags. E. 

Ilustrada com uma boa gravura ('A. D. se. ) contendo o retrato de Sr. Marie du Divin 
Cceur. 

7i!8— Chasmes {^J. Phitarète). — Eludes sur TEspagne et sur les intluences <^// /f} /^ 

de la littérature espagnole en France et en Ilalie, par. . . Paris : Amtjot.. . ' ^ 

i. d. in-S." de IV-VIII-567 pags. E. 

729-Chasseneu, ou Chasseneuz (fioi-f/ioí.) — CATALOGVS 1| Gloriae Mundi, ^ 

Laudes, honores, exoel leu tias, || ac Praeeniinentias omnium fereslaluum, '^ x 9ri ^^ 

pluri- II marumq rerum ilius continens, a Sapeclabili II viro Bartholomaeo '-^''^ ^^ 

a Ghasseneo Humanorum lurium doclore.... il ...Vna & typis matérias 




/^o 



206 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



//^-^ 



recõditas |! resoluentibus, ciim índice i)Uislx;ilus. (No fiiii o seguinlR re- 
gisto lipogrãfioo): ^-^ (íntiihifli (límit iiimiliíii yvcilnntiu iHuis ôpctln- 
litli uirn biiini- ii no iinrtliílnmni n ('■IjusiUMiro iiiris yiiiiti- 11 tifii 1 (i^ rsnrri 
amtinr fnmntis^siiiui .. íiiii frliritrr. £iiflS. imprcs- [> suiit piT lunmrntfi 
uiriim Ilkniisium bi- íjnrsij li lutis nilrotiipc iiiftustria prcíiitu. ^iiuo n Cliri- 
il 6t(i nato Itlillrsimn íiiiinnrntfsimo uincsimo |! uoiio. (1529). Çiiobccimu 
^nlfiiôns ruinins. Infol., 12 Partes, tendo cada uma a sua num. propri;i. 
Km um vol. E. 

Obra importante e estimada. Primeira edição ; impressa com caracteres góticos e enri- 
quecida com muitas e curiosíssimas gravuras (algumas de pagina inteira) abertas em 
madeira. 

A impressão é a duas colns. por pag. -Cada parte tem portada própria, gravada em ma- 
deira; mas faltando no exemplar a da Sétima. Todos os dizeres insertos na primei- 
ra são impressos a vermelho, emquanto que nas restantes o são a preto. 

No verso da ultima pag. um agrupamento de vinhetas, as quais reproduzem varias pas- 
sagens da vida de Cristo. -Mancha d'agua em algumas ff. -Rara. 

7I)U— Chateaubriand (F. A. dí).— L'Itinéraii-e de Paris a .lénisalem, Par...; ou 
TAbréiic de son voyage a .lénisalem, en allant par la Grèce et reveiiaiit 
par rÉgyple, la Barbárie el TEspagoe. .\veo rtes notes utiles. Londres : 
Cluz L. Decomhy... ISlS. In-8° peq. de frontispício e 3'22 pags. E. 

No íim da ultima pagina o registo: -De rimprimerie de Schulze et Dean, 13, T^oland- 
street, Oxíord-street.- 

731 Mélaoges politiques et littóraiies. Les quatro stiiarls. — De la 

11 Ç) T) Vendée.— Dtí lionaparte et des Hourbons. — De Ia Monarcliie selon la 

n' ^ (Charle. -De la libsrté de la presse. Par... Paru; Didul Frúres, ISiô. 

ln-8." de lV-o52 pags. E. 

73'2 Mémoires d ontre-lombe, par... bruxelles. Meliiie, Cauf el Cuin- 

^ J/ '^X> paijme... IHlO-ôo. in 8.", (i vols. E. 

Tio CEuvrea de M. le Vicomte de. . . Nouvelle ódilion, rcviie et corri- 

//V (— Q Qée. A Pariu, Cht: Poiírriit Fréreít Kdílcvrs. . . M. DCCC. XXXVI. {ímpi; 

/ 1'^ -^ et Fitiderie de Fain). ln-8." peq., "IO vols. K. 

Boa edição e de mui cumodo formato. 

734 CEavres completes de .M. le Vicomle de... Augmenlúes d'nii Essai 

^ (OtÍ O (^ ''"'' '^ ^'^ ^^ '*'^ ouvrages de laiiteur. Píiríí, Che^ Firiiiin Didol Freres... 

~^ U nCCC XLIII. In-S.» SI.. 5 vols. de IV-XV-62-2. [V-tí87, IV-6;^8, 1Y-70U 

e IV-o(53 pags. E. 

Magnifica edição destas apreciadas obras. Enriquecida com numerosas e belas gravuras 
a buril em chapa de aço, impressas em separado. Exemplar muito bem encader- 
nado e otimamente conservado. 

735 — Chaudon (.IfA-.) — Bibliotheqiie d'un homine ile gout, 0't avis stir le 
A / clioix des meilleurs Livres écrits plus Impartiaiix oiil [iurté surtes bons 

"^iC ^ ^ Ouvrages, qui on paru depuis le renouvellemenl des Lellres jusqu'en 

1773. Par L. M. D. V. A kmtierdam,... .W. DC.C. LXXIII. In-12.°, á vols. 

de XlI-3.56 e II-3'JB pags. E. 

Livro curioso c raro. 

7oii— Chaumeil de Stella 4 Santeul (•/.'"-, .lnjusU' clt). — E^,f:li snr Ihiftoire 

C?^ du Portugal, depuis la fondalioii de la moiiarcliie jiisqua la mort de D. 



ât 



AZEVEDO -SAMODÃES 207 



744- 



Pedro IV. (1080-1834); par... Bruxelles, Gregoir et C'.«... IKjí. ln-8.°, 2 
volumes de 21H e 206 pags. E. 

Ilustrada com os retrs. de D. Pedro e de D. Maria II, e com 5 « fac-simile? >. Estimada 
e pouco frequente. Bom exemplar. 

7;i7— CHAVES {BaHhazar Manoel dí)-ANNAL INDICO |1 HISTÓRICO || DO GO- / / ^ 

VERNO DO ILLUSTIM.SSIMO, || e Excellenliffimo Senhor |1 MARQUEZ H DE /õ T' ^ 

TÁVORA, Vice-Rey, e Capilaõ, General da Índia. || TERCEIRA PARTE. || 
OFFERECIDA AO MESMO SENHOR || PEU» DOUTOR 1| . . . || Phyfico mór 
do Eflado da índia. || (Escudo darmas do marquez de Távora) || LISBOA, 
II Na ojfic. dos Uerd. de ANTÓNIO PEDROSO GALRAM. V Anno de 1754. Com 
lodaK as licenças nece fiarias. In-4.° de VJII pags, (prels.) ínums. e 96 
nnnis. B. 

As VIII pags. prels. iusereui: froutispicio (I a II); Dedicatória ao Marquez de Távora 
(III a V); Palavras preambulares, encimadas pela epigrafe : «AO LEITOR' (VI); c 
LICENÇAS». (Do Santo Officio-Do Ordinario-Do Desembargo do Paço.). 
De muito interesse histórico. Apreciada e RARA. 

738— Chaves e Mello [Dy. Anlonio ]l/o>v'fl)—Ghrestomalliia clássica da Liiigun //'m ^ ^ 

Porlugueza. Epitonie dos principaes géneros do discurso prosaico CoUi- / 

gida e coordenada pelo... Eio de Jandro: Tijp, de Cândido Augusto de 
Mello... 1S08. In-8.», 2 tomos de XXlI-216 e IV-'i88 pags , em um vol. E. 

Apreciada e pouco vulgar. 

739— Chénier [31. df)— Reclierches historiques sur les maures, et Histoire de /w^ j> O 

lempire de Maroc, par .. A Paris, che: VAitteiir... M. DCC. LXXXVII... 

In-S.», 3 vols. de VIII-424, lV-476 e VI-564-IV pags., e um niHpa itripresso 

em separado, em ti. desdobrável. E. 
74()-'Cherbonneau (Jtf.) — Exercices pour Ia Lecliire des maiiuscrils árabes, X j!^ ô ^ 

avec la figuration et la traduction en français, par .. Paris : Hcchetle e( 

C.'«, Í8õ3. In-8.° de 11-80-78 pags. E. 
Texto em árabe e em francês. 
741— Chevalier /'/MíííVej— Drarnes de lAmérique du Nord— Poignet-dAcier ou 

les cliippiouais, par... Paris: iiirhel Lécy Frè:es, 1867. Iii-8.° de I\'-27C 

pags. E. 
742 — Chevalier (jy. .lí/i/iW)— Cours dÉcononiie politique fait au Collége de 

Francí!, par... Brvxelles. Soe. Ti/p. Belge... 184õ. In-8.o de 430 pags. E. 
743-Chiabrera {r.ahiele)-\)ELLE GVERRE 1| DE' GOTI || CANTI QVINDICI. 

II DEL II Signor Gabriele Chiabrera. !l AL SERENÍSSIMO ' CARLO EMA- 'y^/f í~' O 

NVEL II [)VCA 11 SAVOIA. y CON PRIVILEGIO. [{ (Logar de curiosa marca / 

do impressor— gravura aberta em madeira) 1| IN VENETIA, || Âprefso Gin- 

iiacHtio Progjioto. ]| Af D LXXXÍT. In-12.° de 108 11'. nums. na frente. 

E. Ipeig.). 

.\ folha I é para o frontispício, e a II eslá toda em branco. 

Cada um dos quinze Cantos que o Poema contem é encimado por uma pequena gravu- 

rinha de assunto extraído do respectivo canto. 
Primeira e magnitica edição; impressa com excelentes caracteres itálicos e embelezada 

de pequenas letras iniciais adornadas de caprichosos arabescos de fantasia. -Muito 

estimado. RARÍSSIMO. Belo exemplar. 



Ô O 



Chrestomathie polyglotta, ou Extraits des poetes grccs, italiens, espa- //ri\^ í^^ 

noies, portugais, miglaja, et fraiigais. Traduits en allemand par Voss, ,</ ^ '^ 



208 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



5 




'U'^" 



/ 



Schiller, A. M. Sclilegel, Woll', Kiies, Bothe, ele, pulilirs par M. Lc 
Bas... el par M. Regnier... Parif. Charles lUngruy, Edileur... 183.'i. (No 
verso do ante-rosto : hnpr. de Moquel tt Ccmp.). In-8.°de lV-IV-488pags. E. 

Compilação interessante. Estimada e pouco vulgar. 

7B— (írmitrn Cnitmiitt (Oríiinis: (Este titulo, em uma só linha, na frente da 

^ primeira folha. No fim (verso da ultima ti.), rematando o texto, o set^uinte 

ali '^ ^ registo): f^lmjireCfam Cramone per Ce/'arem de fíichardis. Anno dfn \\ Mil- 

lefimo Quingenleíimo quinto (IVJii) \\ Die Vndecima me»/'is [nlii.—ln-i." de ÍV 

ff. (prels.) inums. e 90 nums. na frente. E. 

As IV folhas prels. inserem : titulo (transcrito acima), em uma só linha (frente da II. 1); 
«Tabula» (desde o verso da mesma fl. I até parte da frente da III); iPrologus» (des- 
de a restante parte da mesma ti. Ill até meio da frente da IV); e uma espécie de 
exortação, ou noticia Acerca da Crónica (restante parte da frente e todo o verso da 
mesma fl. IV.) 

Nas 90 folhas nunis. vem o te.'ito da Crónica, o qual é dividido em sete livros. 

A impressão,' excelentemente executada com caracteres redondos, é esmaltada com di- 
versas letras iniciais de desenhos de fantasia e com duas vinhetas, tudo aberto em 
madeira. As duas vinhet.is, que vêem logo na primeira pagina, contêem : a primeira 
a imagem da Virgem com seu filho Jesus no colo; a segunda a imagem de Cristo. 

Crónica Cartusiana. desconhecida a Brunet e a seus continuadoies, pois não a registam 
no Manuel du libraire et de Pamateur de /i>res.-Belo exemplar. RARÍSSIMA. 

/^ 7iG— Chronica constitucional de Lisboa. (No fim dos nums.: Lisboa: Na Im- 
pressão Regia). In-fol., 135 nums. em um vol. E. 

o primeiro numero saiu em qninta-feira 25 de julho de 1S33; c o ultimo, em terça-feira 
31 de dezembro do mesmo ano. 

747— Chrónioa constitucional do Porto— No fim :—i\r(í T;///. (/<■ iuauí Alrnres 
Riheiro & FiUw. 1832-33. In-fol, ± vtils, E. 

Os dois vols. conteem, ao todo, 133S pags. (a li cols. de impressão cada uma), pois que 
a numeração é seguida de um para o outro. São IH nums. uo l.o vol. c 150 no 2.o, 
isto além de alguns suplementos. 

Colecção importante, apreciada e pouco vulgar. 

748— Chronica constitucional do Porto. Anno de 1833. (No IíiimIos iiiinis ); 
Na hrqirensa de Gandra «f Filhos. In-fol. pet]., 152 nums. e alguns suple- 
mentos, em um vol. E. 

o n." 1 saiu em terça-feira I de Janeiro; e o 152, em sábado 29 de Junho. 
Crónica de D. Alfonso el onceno. . .— Veja-se: Crónicas. .. 
Crónica de P. Álvaro de Lvna... — Veja-se: Crónicas... 

749— CORONICA DEL |i Esforçado Príncipe y Capitan || lorge Caslriolo, Key 
de Epi- li 10, ò Albânia. \\ TRADVZIDA DE LENGVA H Portuguesa eii Cas- 
tellano. 1| POR IVAN OCHOA DE LA SALDE |1 Prior perpetw de san liian 
de Letran. \\ (Marca do impressor : uir.a dextra aberta, estanr^o cada um 
dos dedos encimado por um olho; e lendo na parle superior ésla divisa : 
«VIGILI. L.\BORE». É em gravura quadrangular, aberta em madeira) || GON 

LICENCIA, II En Madrid, por Luis Sanchez: H Afio M.D.XGVll I! 1, A 

costa de luan de Monloya mercader de libros. In-fol. de 11 ff. (prels.) inums. 
e 207 nums. pela frente, afora mais III inums., finais. E. 

As II folhas prels. compreendem : titulo (íreute da ti. I— o verso está cm bjanco); «TASSA>. 
(datada e subscrita: «... Madrid a doae dias II dei mes de Agosto de mil y quinien- 
tos y nouenía c siete anos. fi C/irisioaal Nu-\\ãez de Lcoii.-); Registo dos cadernos 




ã o A 



06 



AZEVEDO -SAMODÃES 20Q 



de impressão que formam o volume e tacha de preço de cada exemplar, c "ERRA- 
TAS., (frente da II); e «LICENCIA, (verso da mesma 11. II). 

Mas duas primeiras e na frente da terceira das três folhas inums. linais a «TABLA UE 
ALGVNAS II cosas notables desta Historia. -> ; e no verso desta ultima este outro 
coíofén : «En Madrid, por Luis Sanchez. |1 || M.D.CVU.» 

Obra interessante, curiosa e muito estimada. A tradução de Ochoa de la Salde foi ex- 
traída da versão portuguesa que, do original latino de Marco Balercio Scutarinotí 
fizera o nosso erudito escritor quinhentista Francisco de Andrade, versão que, -pu- 
blicada com o titulo de : Chronica do valeroso & iimenciuel Capitão Jorge Castríot' 
Senhor dos Epiremes ou Atbanases, que por suas maravilhosas obras foi chamado 
Scaiíderbergo, que entre os Turcos quer dizer Alexandre senhor. ..,- Foi impressa cm 
Lisboa em casa de Marcos Borges. Impressor dei Rey nosso Senhor, detrás de nossa 
Senhora da Palma, Acabou-se aos quatro dias do mes de Março. Anno 1567. Cons- 
titue um 4.0 gr. de II-CCXLV (2-2-15) ff. nums. na frente; vindo o titulo dentro de 
portada gravada em madeira. É tradução muito presada, e os exemplares são extre- 
mamente raros. Deles possue um a Biblioteca Publica do Porto, e outro, falto da ul- 
tima ti., a de Évora. 

.\ edição primitiva da tradução castelhana é de Sevilla, 1582, in-fol.; e a imediata, de 
Lisboa, 15SS, também in-fol., de IV ff. (prels.) inums. e 191 nums. na frente. Am- 
bas são muito raras no mercado ; não o sendo menos a da tradução que no idioma 
de Dante fez Pietro Rocca, e que pela primeira vez se imprimiu em Venetia, em 
1554, in-8.0 peq. de XlI-403 ff. 

7S0— Chronica 11 DEL FAMOSO || CAVALLEKO || CIU KW DIEZ 1| CAMPEADOR. 
II (Loi;ar do escudo d'arn]as imperiaes — impresso a preto e a ver- 
melho) || CON LICEKCIA. \\ ES BVRGOí;. \\ En la Imprimeria de Philippe 
de hmia ij luan || Baplifla Varejio. lõDS. In-fol. peq. de XLIV pugs. (prelb.) 
irmins. e 317 niiins., além de uma, final, com a marca do impressor e colu- 
fón d;i impressão. E. 

As XLIV pags. prels. compreendem : titulo impresso a preto e a vermelho (frente da fl. 
I); Visto d'íR D. Alonso Vaca de Santiago.-; TASSA. (Verso da mesma H. I); <Ll- 
CENCl.A . (frente da II. II); Visto de Thomas Oracian Dantisco» (com a epigrafe: 
• ^-^^ Muy poderoso senor») (verso da mesma ti. II); « f-^^ Proemio.» (pags. V e 
VI); .COMIENÇA LA TABLA || EN LA PRESE.NTE CHRONICA, ;i dei muy famofo, 
eíforçado e inuencible vencedor y |1 nunca vencido cauallero Cid Ruydiez-. (VII a 
XXIX); um escudo d' armas imperiaes de Hespanha, aberto em madeira (XXX -pag. 
que ocupa por completo); e «^-^ TABLA DE LO MAS NOTABLE CONTE- 
NIDO EN,]erta Chronica, con los nombres de los caualleros, lugares, montes y 
rios, que en ella Te haze mencion.» (XXXI a XLIV). 

O colofón final, diz assim : "Impreffo en Burgos, en la Imprimeria de 1[ Philippe de lunu 
y luan Baptifta 1; Varefio. Ano dejl M.D.XCIII.. 
■ A pag. 278 é toda ocupada por uma gravura (espécie de brasão d'armas) aberta em ma- 
deira, a qual na edição de Burgos, 1512, é dada no verso da II. CII do respectivo 
volume. 

O texto das Tablas e o da Chronica é impresso a duas colns. por pag.; e o das restantes 
peças a toda a largura das mesmas paginas. 

Crónica importante e muito apreciada. Excelente e MUITO RARA edição, aumentada de al- 
gumas passagens que as edições anteriores (1512 e 1552) não contèem. Dessas novas 
passagens registaremos a seguinte, inserta de pag. 311 em diante: «^-^^ LA TRANS- 
LACION II DEL FAMOSO Y BIENAVENTV- H rado cauallero el Cid Ruydiez de Biuar: 
hecha a ca- ; torze de Enero dei aiio de mil y quinien-|| tos y quarenta y vno.» 

.Magnifico exemplar; com ene. antiga (um pouco estalada na lombada), de carneira fina 
c tendo nas pastas, impresso a ouro, o ex-libris exterior brasonado do Conde da Vi- 
digueira.- Salva, n.» 2S91). 

7.')1— CRÓNICA dei primer Congresso Católico Nacional Espafiol. Discursos 
pioiHiiiciados en las sesiones públicas de dictiu asamblea celebradas en 




210 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



la iglesia de San Jerónimo de Madrid. Abril y M;iyo de 188'.'. Madrid: Tip. 
de Huerfanos. is.sf). In-S." rte Vll-ii43 pngs. E. 

752-CHRONlCA | DO CONDESTABRE DE PORTVGAL DOM || NVNAL- 

VAREZ PRKEVUA i PlUNtUlMAIMIH DA CASA i UE BKAGANC.A. |I Sem 

1/ . mudar dantigiiid;ule ilti luas palavrjs, iiom estilo. E deite inuictissimo 

Y (ih "P Condestabre procedem ti Hey Dom loSo tereeyro, || & o Emperador Carlos 

í' V. Reys, Príncipes, l'olenlados, y grandes Senbores da Chriftandade, 

delia nolTa Europa. || AO EXCEEL."'» SENHOlí H DOM THEODOSIO DVQUE 

II DE BRAGANÇA, &c. |1 (Escudo das niiíiV/ws ncxin.s rfo m/to) |! EM L/SBOA. 

!| Com íorfn.f tis liviiças <(■ oproiiaçõesneai /árias. \\ Pur ANTÓNIO ALVAREZ 

Imprefíur íi Mercador de litiros, \\ E a /'ua cvfta, Anno de 1623. !n-fol. peq. 

de IV IT. (prels.) iiiuiiis. e 73 (aliás 7á, pois que a numerarão passa de 56 

a 58), nums., todas impressas a diias colunas por pagina. E. 

As IV ff. inums. conipreeiídeui : froiilispicio; APPKOVAÇOENS.; Declicatoiia AO DV- 
QVE, a qii.il é siibscrit.i no fim por António Alvarez. ; e TABOADA DOS il CAPl- 
TVLOS DA CHRONICA... 

Terceira edição d'esta importante e muito apreciada crónica, cuja prifueira ediç.ío, que é 
rarissima, íoi impressa em Lixboa a seis Uias do mes íle Nonebro na era de mil e 
qnhets e vinte e seis anos: p Oermã Oatharde cmpmidor, In-fol. gótico. - Também 
é já bastante rara a edição que oferecemos. 

753 — Crónicas [Coleráon de) — Madrid: Imprenta de António de SawJia, Aíio de 
M. nCC. LXXIX-DCC. LXXXII. ln-4." atlântico, ou foi., 7 vols. E. 

f-) C^ Esta importante e muito apreciada colecção de crónicas liespanholas, compreende : 

CronicaB de los reyes de Castilla Don Pedro, Don Enrique II, Don Juan I, Don 
Enrique lII, por D. Pedro Lopez de Ayala.». Con las enmiendas dei Secretario Oe- 
ronimo Zurila: Y ias Correcciones y notas anadidas por Don Eugénio de Llaguiio 
Amirola... Eii Madrid: en la Impr. de D. António de Sancha. Ano de M. DCC. 
LXXIX-LXXX. In-4.o gr., 2 tomos (o l." compreende a Crónica dei Rey Don Pe- 
dro ; o 2.0, as de Don Enrique II. Don Juan I. y D. Enrique III) de LII-f)12 c 
XXVIlI-664 pags. e três retrs. (A. Carnicero del.-J. J. Fabregat iitc. 1779, o l.o ; 
Antonius Carnicero inv.^ eí dei. -Moreno Tejada sc.^, o 2.o; e A. Carnicero delin. 
— S. Brieva incid., o 3.o). 

Crónica de Don Pedro Nino Conde de Bixliia, por Ciutierre Diez de Oames su 
alferez. La publica... En Madrid, ibid., Ano de M.DCCLXXXIl. ln-4.o atl. de 
VIIl-IV-236 pags. - Historia dei gran Tamorlan, e itinerário y enarracion dei viagc, 
y Relacion de la embajada que Ruy Oonzalez de Clavijo le hizo por mandado dcl 
muy poderoso senor Rey Don Henrique el teicero de Castilla : Y un breve Discurso 
. fecho por Oonzalo Argote de Molina para mayor inteligência deste libro. Segunda 
impression, a que se ha anadido la Vida dei gran Tamorlan sacada de los comentá- 
rios, que escribio Don Garcia de Silva y Figueroa, de sn Embajada ai Rey de Pér- 
sia. /*/., ibid., Ario de M. DCC. LXX.Xll. In-4.o afl. de Xin.I-248 pags. -Sumario 
de los Reyes de Espana por el despensero mayor de Ia Reyna Doíia Leonor, mugcr 
dei Rey Don Juan el primero de Castilla, con las alteraciones y adiciones que pos- 
teriormente le hizo un anónimo. Publicado por... Ibi.. ihi.. Ano de M.DCC.LXXXI. 
In-4.o atl. de VIlI-95 pags. Todos em um vol. 

Memorias históricas de la vida y acciones dei Rey Don Alonso el Noble, octavo 
dei nombre, recogidas por el marques de Mondexar, i ilustradas con Notas y Apên- 
dices por D. Francisco Cerda y Rico... Ibi, ibi., Ano de M.DCC.LXXXIII. In-4.o 
atl. de XL-436-IV-CXC-II pags. e retr. de D. Alonso {C/irist.^ Villanucva del.- 
Bart. Vazq.^ se. 17S3). 

Crónica de D. Álvaro de Luna, Condestable de los reynos de Castilla y de 
Leon, Maestre y Administrador de la Orden y Caballeria de Santiago. La publica 



^oc4 



AZEVEDO -SAMODÃES 211 



COM vários Appcndices Don Josef Miguel de Flores... Segunda impresioií. /*i. , ifti. , 
Alio de M.DCC.LXXXIV. In-4.o atl. de XL-48I pags. -Seguros de Tordesillas. liscri- 
bióle Don Pedro Fernandez de Velasco, llamado el Bucn Coudc de Haro. bacõlc á 
luz entre antiquisimos papeies, que se conservan en la Libreria de! Condestable de 
Castilla y de Leon, su Secretario Pedro Mantuano. Con la Vida dei Conde, y una 
sumaria Rehcion dei linage de Velasco, y varonia de los seiiores de esta casa : V 
algunas escriptnras notables de tiempo dei mismo Conde. Segunda edicion. lbi.,ibi., 
Ano de M.DCC.LXXXIV. In-4.o atl. de XVl-XXXII-112 pags.-Libro dei Passo Hon- 
roso, defendido por el excelente caballero Suero de Quinones, Copilado de um libro 
antiguo de mano por Fr. Juan de Pineda... Segunda edicion. Ibi., ibi., Afio de 
M.DCC.LXXXIIl. In-4.o atl. de VI-U-6S pagf. Em um volume. 

Crónica de D. Alíonso el onceno de este nombre, de los reys que reynaron en 
Castilla y en Leon, Segunda edicion conforme o antiguo ms. de la Real Biblioteca 
dei Escoriai, y otro de la Mayansiana ; E ilustrada con Apêndice y vários documen- 
tos por Don Francisco Cerda y Rico... Parte I. /*;'., ibi.. Ano de M.DCC.LXXXVII... 
ln-4.o atl. de XXXI1-Ó33 pags. 

Crónica dei Rey D. Enrique el quarto de este nombre, por su capellan y cro- 
nista Diego Enriquez dei Castillo. Segunda edicion, corregida por D. Josef Miguel 
de Flores... Ibi., ibi., .iilo de M.DCC.LXXXVII. ln-4.o atl. de 11-347 pags. e retr. 
de D. Enrique quarto (Alonso dei. Arco le pints. Aían. de la Cruz le debuxo- Siinon 
Brieva le grabó ã. 17S9 (sic). - Coplas de Mingo Revulgo, compuestas por Rodrigo 
de Cota (El Tio) natural de la ciudad de Toledo. Glosadas por Hernando dei l'ul- 
gar. Ibi., ibi.. Ano de M.DCC.LXXXVIIl. .. In-i." atl. de 145 pags. (De pags. 41 a 
105, decorrem : Coplas de Mingo Revulgo Glosadas por Juan Martinez de Barros, 
natural de la villa de Manzanares dei Real. Ano de 1564. — De 107 a 115: Carta dei 
levantamiento de Toledo. En 19. de Júlio del467.-De 117 a 120: Claros varones de 
Castilla de Fernando de Pulgar...-De 121 a 133: Compendiosa lústoria Hisitanicu. 
Edita á Roderico Sanctij,...-E de 135 a 145: Tabla de los Capitulos). 
Edição magnifica e muito nitidamente impressa em excelente papel de linho. Os retratos 
que enriquecem alguns dos volumes são primorosamente gravados a buril em cha- 
pas de metal. Colecção completa e perfeito exemplar. -Estimada e rara. 

751 — Chronique des fuits et gestes adininibles cie .M;ixiniilieii I diiranl >uu 
mariage avec Marie de Bourgogne. Trans-lalóe. du llainand en Français 
pour Ia premiôie fois, el augmentée, d'éclaiiTÍsseii.i3iils hisloriíiiies et de 
dooiínients iiiédits, Pur Octave Delepiene. . . Brvjcelles, Ailolphe Wohhn ei 
iompoíjnie, M. DCCC. LXXXIX. In-S.» de XI-480 pags. 

Iluatrado com diversos retratos, tirados aparte. 

755— Chrysologus (Peínts)— (ipvs Homiliarvm iivnc priíuvin in Ivcen edilvm. 

(Logar de marca do impressor: uru Pelicano sob um Ironuo de arvore fe- iZ-Tn. -^ 

rindo-se no peito para com as gotas do sen sangue alimentar os filhos. 
Nos ia.los lateraes a divisa: «IN ME MORS— IN ME VITA ..) PARISIIS, 
Apiid Hie.roiiijmuvi de Marnef. & CluU-lnnim Cauellal: sub Pelicano monte D. 
HUarij. i.07.7. In-8.° peq. de 438 pags., além de X inums., finais. K. 

.\ ultima das X pags, inums. finais insere somente uma nova marca dos impressores 
(um animal alado, tendo pela parte superior esta outra divisa: tVIRTVTE DVCE', 
e pela inferior: -^CRESCIT FORTVNA.- 

Sermões muito apreciados. Edição rara. Belo exemplar; bem ene. (inteira de marroquim 
vermelho, com a lombada e pastas lindamente ornamentadas a ouro). 



7oli-Chrysos»omo (O. .loiiiines)—l). loaii. Ciiry- || SOSTO.MI EPISCUPI || CONS- 
TANTINOPOLITANI || in Sancluin lesu Christi Euange- !' Hum secunduin 
Mattliaeum ji commentarii luculentis- || siiiii, omnibus verlâ || diuini studio- 
sis, I nccessarii. || OPVS PERFECTVM. |i (Marca do impressor) ,' ANTVEH- 



Si- 



212 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^i 



VlAElln ivdibus loamm Steelsii,\\ Al.DJA'1. \\ CVM 1'ltlVILEGIO. lii-S." 
peq. de 496 p;igs. E. 

Edição multo rara. Bom exemplar. 
757— Chunrado (1/eniíwíiíío) — OBATIO ;i PAR.ENETICA |i DE |i AVCIORI- 
TAT REtiVM ET\\ Principum oJfereHdá, ^ liellorvm cati- \\fis in Europa, |] 
O C> AB II HERIMANNO CIIVNRADO || Barone In FHiDBNBvna, E- || quite aii- 

rato, Comité Palatino, 1! miíla |1 AD liEGES ET PfílNCIPESW (Sem iiid. 
de logar de impressão) Anno M. DC. XIX. (1619). In-8.° peq. de XII ir. 
inums. (o verso da ultima lodo em branco). B. 

Na frente da primeira H. o titulo transcrito acima; o verso da mesma íl. está em 
branco, e da frente da li. 11 em diante o texto da Oração propriamente dito. 

Opúsculo curioso ; dcscontiecido a Brunet, pois não o regista no seu Manuel du Li- 
braire.-MU\JO RARO. 

758 — Cícero {Mamin Tu/íks)— De Philosopliia. Tomvs primvs. Qu;c aulem in 
/) £> hoc tomo coritineantur, sequens pagello docebit. (Marca do impressor). 

Lvgdviii, Apud Ihcred. Seb. fíriíphii. Í5Õ9. In-IG.", ou 24.", 2 tomos de 621 
pags., além de 5 em branco, finais, o 1.°, e 507 pags., afora uma em bran- 
co, final, o 2.» E. 

o titulo do tomo segundo diz textualmente assim : «Philosophicorvm M. T. Ciceronis. 

Tomvs II. Sequens pagella monstrabit, qua; hoc contineantur tomo.- 
Bonita edição; impressa com caracteres itálicos. -RARA. 

Livro de.. . — Veja-se: Góes (Damião de). 



759 Os três livros de Ciceio sobre as obrigações civis. Irailuzido.s 

em lingua portugucza para uso do Real CoUegio de Nobres. Liabua iWCC- 
I.XVl. Na Ofílc. de Miguel Manescal da Cosia... Ini6.» do XXIII-155-04-124 
pags. E. 

As pags. prels. III a V inserem uma Dedicatória ao IVlarques de Pombal, então ainda 
Conde de Oeiras (subscrita: IVliguel António Ciera, o traductor dos Livros de Cí- 
cero ?). 

760 Lettres de Ciceron a Atlicus, avec des Remarques Et le Texte La- 

tin de rEdition de Graevius, Par M. lAbbé Mongault... A Lieye, CliezC. 
Plomteux. . . M.DCC.LXXIII. In-ia." 4 tomos E. 
O texto latino vem em frente do da traducção francesa. 

761 — Cid (El). Nueva edicion. Barcelona. Por D. ,/uan Olivares, Impressor de 
S. A/.... 184$. ln-8.» gr. de 287-III pags. E. 

Esta edição é a mais completa de quantas se fizeram deste célebre Romanceiro. Ilustra- 
da com numerosas gravuras e vinhetas abertas em madeira, impressa em excelente 
papel. Belo exemplar. RARA. 

76a-CIDADÀO PHILANTROPO, (O) l| OU || JORNAL POLITICO, LITTERA- 

X_ ^ RIO, !| E RECREATIVO. ,1 i| ABRIL DE 1836. i| y . . || PORTU: 

1836,— Imprensa de Codtikuo. \\ rua da Fabrica N. .S'.i. In 4.», 8 nums. com 
o total de 212 pags., em um vol. E. 

O primeiro numero saiu em abril de 183b, e o ultimo em novembro do mesmo ano. 
Publicação curiosa. Colecção completa. iMUITO RARA. Belo e.\emplar. 

76o— Clen-Fuogos (D. Álvaro). — La heroyca vida, virtudes, e milagros dei 

O ^ grande San Francisco de Borja, antes Duque quarto de Gandia, y despues 

Terceiro General de la Compaiiia de Jesus. En Madrid. En la Impr. de 



/4.Í'' 



14^0 



liU 6> 



/H 



/ 



AZEVEDO -SAMODÃES 213 



l^^O 



Bernardo Peralta. Ano de i720. In-fol. de IV tf. inums. e 28-508 pags., afòra 
mais IX inums. de índice. E. 

Exemplar manchado pela hiimiJade. 
Cienfuegos (Bernardo rfe).— VIDA DEL || . . . |i PADiíE GONZALO DE || Sil- 
veira... En Madrid, lHj4. — Veia-se: Godinho {P. Nicolau). 

Cintra {Pedro rfe).— Viagem de.. .—Veja- se : Collecção de noticias... 

764— CIrodde (P. i.)— Livons d'AIgèbre, par... Troisit-me Editíon modifiée... 
par Alfred et Eniest Cirodde. . . Paris : Hachette et r* , ISfíO. In-8.o de Yl- 
080 pags. E. 

Belo exemplar ; bem encadernado. / (■ — -, x 

765 Leçons de géomélrle analyliciue prêuédées des éléinents de la Tri- ^ 

gonomélrie reeliligne et splierique, par... Hachette et Ç'«, A Paris... 
1848. In-8.» de IV-Ill-540 pags. c IX PI. E. 

766 Leçons d'AritlHJiclique, par. . . Dix-neuviúiiie édition mise en iiar- 

monie avec les dernieis prograinmes ofliciels par Alfred et Ernest Cirodde... 
Paris: Hachette et C'«, ISfíS. In-S." de IV-319-I pags. E. 

767— CIsneros (Fr. Garcia rfe).— Compendio breue || De Exercícios fpirituales, >-^ C ,- 

II Sacados d'vn libro llamado Exer- 1| cilatorio de vida fpiritual, que com- OAo ^ 

pufo el II rauy R. P. || I'>ay Garcia de Ciíueros, Abad q fue || deite monaf- 
terio de nueftra Senora de Mõlerra || to: enel qual Exercitatoriose bailara 
todo lo que II enefte lireuc tratado fe ofcriue mas copiofamen- 1| te : con 
machos auisos y regias perlenescien H tes ai exercício Ipiritual de la || con- 
templaoion, || Lo que enelte Compendio fe contieue : Son cinco manaras 
de li Exercícios Ipirituales: Conuiene saber. Via Purgativa. || Via illumina- 
tiua. Via Vniliua. La uida de Christo, y || fu pasfion : repartido por los dias 
de la femana. || Con vn Directório de Ias Horas Canónicas. || (Vinheta em 
redondo, figurando uma cruz existente á entrada de qualquer logarejo) || 
Con licencia. \\EN SALAMANCA. \\ Por Simon de Portonaiijs. (sic). || Í.57Í. 
In-8.° peq. de VIII fT. (prels.) inums. e ciiij nums. na frente. E. 

As VIII ff. prels. compreendem: frontispício; ...; «íttCUCill»; e «íilmlogo». 

No verso da VIU foitia prcl. uma gravura, aberta em madeira, reproduzindo um as- 
sunto bíblico. 

No verso da ultima folha do volume, como que em remate do texto, o seguinte re- 
gisto tipográfico: «©n aniniimiitn. || (í-u rnsn íic yríiro gnsn. Ino òt || 
p. il. U$^.» 

A impressão, exceptuando o titulo, é toda feita com caracteres góticos. O texto é embe- 
lezado com diversas letras iniciais de desenhos de fantasia. 
Muito estimada. Edição original. Exemplar falto de duas das folhas prels.-RARISSIMO. 

768— Clabaut (.íl66e)-~E. Renan el Tl^vangile, par... Paris. Victor Palme... 
1863. In-S." de IV-30-I. pags. E. 

No meemo volume acham-se encadernadas outras obras, de vários autores e de critica 
a diversos trabalhos literários do mesmo Renan. 

769— Cláudio (Jos';). — Relacani de hum ca.so notável, Que aconteceo na Villa 

de Lourosa, Bispado de Coimbra, a 22. de Junho de 1754. Successo verda- /w^ — c; 

deiro. Que se alcançou de varias noticias, que vieraõ a esta Corte, espe- -' ' 

cialmente de huma carta, que da Villa de Lagares escreveo a Manoel Mar- 
ques da Costa, seu sobrinho Manoel Marques Cardoso, em que se declara 



#i-^ 



/ 



214 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



[ok 



*4- 



ffi/ 



que neslQ se expõem. Escrita Por... Lisloa: Na OIJicinu de Domingo» 
Gonçalves. M. DCC. LIV. Com todas as licenças necessárias. In-4.° de 7 pags., 
além de uma em branco, final. B. 

770-CIavel (Fr. vlZ/onso).— ANTIGVEDAD !i DE LA liELlGlON Y |! REGLA DE 
S. BASÍLIO II MAGNO || Dolor de la Fgksia, y despiies de lesu Christo 11 y 
sus Apostoles, el priniero que instiluyo modo || de la vida Regular, Apro- 
bada, y confirmada de la || Iglesia, y tacilmente Patriarca de todos los Ce- 
nobilas. |1 A.N.Beatiss.'"» p.« SS.°«^ Scfior. || Inocêncio X. II Ponl. Max. |1 Por 
mano de el ]1I."° y 0."° D. liilio Rospigliiosi, Arcebispo Tarseiise... H 
Anlor... (Esle tilulo acha-se no cenlio de aitislica porlada gravada em 
chapa de metal. Na base da n;psma, o seguinte registo tipográfico) : Con 
Privilegio en Madrid for Diego II ãioz de la Correra. Ano de 164.5. — Â Costa 
de Pedro Coellq. In4.° de, afora a portada, VIU fl'. (prels.) inums., E48 

1 ags. nums. e mais XJl ff. inums., finais. E. 

Nas VIII ff. prels. as seguintes peças: Dedicatória do autor : «A I| NVESTRO II SAN- 
TÍSSIMO, Vil beatíssimo padre, 11 y Sefior, Inocêncio X.; outra Dedicatória: 
AL ILVSTRISSIMO; Y \\ Rei crciidissimo Senor Júlio RospigUosi. ..y; -^CENSVRA 
DE LOS MVV\\ Reverendos Padres Maestros Fr. António Lo-\\pes de Metia, Fr. 
Ignacio Oaona, y Fr. Rafael: Fernandez de Brajos...-; ^LICENCIA DE LA OR- 
DEN s .APROBACtON DEL DOCTOR DON LVIS DE TORAL. ..>■■, .LICENCIA 
DEL ORDINÁRIO.; -APROBACION DEL M. R. P. FRAY LVIS DE\\ Cabrera. . .'; 
.SVMA DEL PRIVILEGIO. ; SVMA DE LA TASSA- : .ERRATAS. ; ERRATAS 
LATINAS.; e Prologo «AL LECTOR.. 

As XII ff. inums. finais inserem a .TABLA DE LAS COS.\S 1! NOTABLES.. 

A portada, alegórica, contém no alto o escudo d'armas pontifícias, e nos lados as 
imagens de S. Bas. M. P. Cen.-e S. Benea. M. o. S. Bas. 

Estimada e RARA. Belo exemplar. 

■p 771~Clément (/)fti« F. B.)— Philosophie soeiale de la Bible, par 1'... Paris 

Mellier, 1S43. In-8.», 2 vols. de IV-VII-417 e 11-4:44 pags. E. 
77á-Clement ((P. Cláudio)— EL MACHIAVELISMO || DEGOLLADO || Por la Crif- 

^ ^ tiana Sabiduria de Eípafia ii y de Auflria. || DlSCVRSO || CHRISTIANO-PO- 
LITICO II A LA CATHOLICA MAGESTAD !| DE PHILIPPO IV. REY DE || 
LAS ESPANAS. II Por el PADRE ("LAVDIO CLtMENTE de la ' Gompania 
lie lESVS, natural de Ornans en el Conda i| do de Borgona... || TRADY- 
CIDO DE LA SEGVNDA ij tdicion latina, anadida con colas muy || particu- 
lares, y dei tiempo. || i| Con licencia. En Alcala por António Vas- 
quez. Ano 1637. In-4." de XII pags. (pieis.) inums. e 188 (alias 189) nunis. 
na frente, não incluindo uinainum., final, com novo registo tipográfico. E. 

As XII pags. prels. inserem: titulo (encimado por vinheta, ou cabeção decorativo, aberta 

em madeira); Dedicatória: «AL H EXCELENTÍSSIMO || Senor don Lnys de Monca-l| 

da Aragon y Cerda, Princi- , pe de Paterno, Duque de 11 Montalto...»; .T.ASSA.; 

<ERRATAS-.; e SVMARIO DE LO H que contiene efte " Difcurso». 

O registo final diz textualmente assim: «EN ALCALA. H Por António Vazquez, || Im- 

prefíor de la Vni- 1: verfidad. .^no II 1637.» 

É livro curioso relativamente ao assunto que versa. Estimado. Edição muito rara. Bom 

exemplar. 

773-Clerici (Joannis).-ARS CRITICA, In qua ad Slúdia Linguaiuni Latin.k, 

fiB.tc.Tí at Hkbraic.k II Via munilur; Veterumque emendantorum, Spurio- 

C^ iiim Scriptorum a Genuinis di gnoscendoium, & judicandi de eorum libris 

ratio traditur. Accedunt in calce quatiior índices locnpletissimi. Editio 



AZEVEDO -SAMODÂES 215 



Sexta prioris emendalior . . . (Vinheta tip. ornamental). LUGDUNI BATA- 
VORUM, AjíVd SAM. et JOH. LUCHTMANS. MDCCLXXVIll. In-8.o peq., 
3 vols. de XXIV-470, XVI-S12 e XVI-344-LXXVIII pags. E. 

o tonio I é adornado com um lindo ante-iosto alegórico ij. Goeres i. et fec.) e com o 
retrato de Joannes Ckricus (Aríauíl pinx. - Bioeii sculp. 9.). Ambas estas gravuras são 
primorosamente abertas a buril eui chapa de metal. 

Obra interessante c estimada. Excelente edição. Belo exemplar.- RARA. 

774 — Clichtoveus, ou Clicthoveus (JoãociiK]. — De mystica numero- !| rum figni- 

ficalione opul- |I culiim : eoriim preíerlim || qui in facris litleris v fita- !1 ti / I wL O ^ 

habentur |] iViritualem || ipíoriuii defignetionem ll fuccincte elucidans. 

Estes dizeres achatn-se dentro de curiosa portada, encimada : nos lados, por dois meios 
corpos de homem, e no centro, pelo escudo d'armas francesas (três Hôres de lis). 
Na base, dentro de circulo branco, as iniciais do editor: H. S. 

Por baixo da portada, esta rubrica : 

CE Venale habetur Pari/ijs in officina Henrici Stephani chalc-o- \\ g)'aphi (vrhi 
est) e regione IchoUe Decretorum. 

No fim do verso da penúltima folha do opúsculo este registo: 

CE Expletum eít hoc opufculum (b ex officina einif- || /'um/in alma Pariíio- 
rum academia: ãno domi-\\ni (qui otnnia numero ãefiniuit) decimoter \\ tio 
lupra milleíimíí (1513) || decimasexta die Decemhris. Per \\ Henricu 1'lephanã i 
artis excu \\ forie lihroriím íedulCí d- indu \\ ítfiíí opificê/e regione || íchole 
Decretorií || habitan- \\ tem. || . * . II Oinnes códices preter b/qui dueVfius e/l : 
fííl qua- 11 temi. 
10-4." de 41 IV. niims. na frente e três inums., finais. Des. 

No verso da primeira folha e na imediata o Prefacio: 

CE Aã Retierêdum in Christo pairem £• dominií \\ D. GermantT Ga- 
napum Epiícopum Cadurcêfeyn : \\ Indoci Clichtoiíei Neoportueníis 
in Uhrtitn de mij- || ítica numerormn fignificationej |1 prcefatio. 

As duas primeiras folhas inums. linais inserem o «ÍT Index capitum prsfentis opul- 
culi. »; e «CE Myftico figniticationis numerorum cpilogus: II ac compendiaria recol- 
lectio.»; e a terceira e ultima H. do opúsculo, no alto da frente (verso em branco), 
uma poesia encimada por estes dizeres : «CE Antonij Rufi Váccarienfis/ad lectorem : 
II dodecaftichum carmen.» 

Estimada. Edição primitiva. Muito rara. Bom exemplar. 

775 CE DE VERA NOBILITATB OPVSCV- || lum: completam íplivs 

ralionem explicans; || & virtute.s chiíp generis nol.iilitatem impri || misdecent / ,^ // 

ac exornant depromens. 1 adiectis pafTini grauibus au- H thorií cú genti- ( Òlf^ 02> 

lium tum i! facrorum íentenlijs/ || fcripturaí lancta? te- 11 ftimonijs/ claro- || 
rumq vito- ij ri! exeni- 1| pie. || . • . li Cl Venanale habetur in ofj/icina Henrici 
Stephani cal || chographi e regione /'cholarum Decretorum. (No fim da frente 
da fl. 47 : «CE Comphtií in alma PaiiCiorum Academia: anno |] Domini / virtulú 
&• fciêtiarum authorislmilleíimol \\ quingenteíimo/duodecimo (1512) feptimo Ca- 
ladas Septê 11 bres. Por Hericu Slephanií artis ipressorie induítriií opificem, 
ex oppoíito Schole Decretorií habitante.»). lr,-i.° de 48 ií. nums. na frente. 
Des. 

No verso da primeira fl. e na imediata: «CE ludocus Clichtoueus Neoportuenfis/gene-lj 
rofo 8t Claris orto notalibus/domino Iacobo|| .\mbariano : veram nobilitat.» 



216 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



No verso da ultima H. uma poesia, com a epigrafe ; fT loannis Multiuailis Tornacen- 

sis/ad lectores de-|l caTthicum carmen.» 
Obra estimada. Printeira edição, muito rara. Excelente exemplar. 

77t) — Climaco (João). — Escala ei^pirilual. la qual contiene Ireynta escalones: 
por médio de los quales podiã los q quisieré subir desdel menosprecio dei 
/^// ^ ^ mudo y pequenez en Chrislo : hasta la cúbre de lo perficiõ : y perfecla 

J) '*• dos hijos de Dios. Compuesta por el acobado varon ; y de la mystioa theo- 

logia maestro. . . Fue vista y examinada por los muy reverêdos seTioreK In- 
quisidores de la ciudad y reyno de Valência: y coii su licecia y mudado im- 
pressa. l'i'<3. ln-8.0 peq. de ccxxxij IT. nums. na frente e Ires inmns., 
finais. E. 

.•\ folha I é para o frontispicio ; nas ij a xiij : Epistola dedicatória. A La Muy lUustre 
Senora la Seíiora dona Betriz de Mciideça Condessa de Cocentayita Síc. El maestro 
Bernardino dessea saliid y paz encl Senor. ; nas xiiij a xix e em parte da frente da 
xx: tSigitese la rida dei autor, traduzida dei Latin en romance Castellano.^; na 
restante parte da mesma fl. xx, o: ■I Prologo dei autor.', e nas xxj a ccxx"xij, o 
texto da obra propriamente dito. 

Nas três ultimas folhas inums. o seguinte texto : «£/ interprete ai lector." (folha 1 e 
frente da II), e : «fl Sigucse la tabla de lo contenido en este libro., a qual remata com 
o seguinte colofón : «fl Fuc impresso en Alcala de Henares |1 en casa de Juan de 
Mey Flandro Alio de mil y quinicntos y cinquenta y três... (...)». 

O titulo é impresso a preto e vermelho e encimado por unia peq. gravura aberta em ma- 
deira; o te.xto das xiij folhas é impresso com caracteres itálicos, e o das restantes 
fl. do volume, com gótico. 

As primeiras oito c a ultima folhas do volume estão manuscritas. 

Tradução da obra Scala Paradisi, atribuída por Nicolau António a Juan de Estrada. A 
edição primitiva desta obra, publicada sem data, é verdadeiramente célebre nos anais 
da imprensa, por sêr considerada a primeira produção dos prelos mé.xicanos. 

^ _ 777— Cobbete (GniV/iernie)— Historia da reforma protestante, em Inglaterra e 

Wí <> ^ Irlanda ; fazendo ver, o que este acontecimento abateo e enfraqueceo a 

maior parte dos Habitantes destes Paizes... Lisboa: Na Typ. de Bulhões., 

1827. In-í." de 355 pags. E. 

jY /— , 778 Á mesma obra : Terceira Ediçaõ. Lisboa. Na Tup. de BuViue.i. Ánno 

z*- 1S28. In-8.° de VIII-366 pags. E. 

Encadernada juntamente : CARTA para sua santidade o Papa, mostrando o caracter, 
conducta, os Jins, desígnios, e intentos da aristocracia, e letrados catltolico da In- 
glaterra e Irlanda, por. . . Lisboa. Na mesma typ., Anno de IS20. ln-8.o de 30 pags. 

7711— Cocius Sabelicus {M. Ântonius).— Opera.. . . in dvos digesta tomos. Ra- 

(O Q) j.sooias histórica? enneadvni XI.. . (Marca do impressor).. . Bnsilleae. Ex 

Ofpcina Hernagiana Anno M.D.NXXVIIL Ctttn gratia <f- pviuileglo Cnsareo 

ad qninq annos. In-fol,, 2 vols. de LXXIl-8o5-I e LX-912-159-I ppgs. E. 

Autor não citado por Brunet. Boa edição; e sendo o texto adornado com numerosas e 

interessantes letras iniciaes figuradas, abertas em madeira. 
Exemplar manchado pela agua e com um peq. concerto na margem do frontispicio do 
segundo tomo. -RARA. 



5i 



ii^'0 



Crónica geral de. . .— Vejase: Noronha [D. Leonor de). 

780— Codex titulorum. S. Patriarchalis ecclesiae lisbonensis, Pontifícia, et 
Regia Super fundatione, dotatione, regimine, gj- ejusdem Ecclesitp 
splendore Diplomata conlinens, Notis Juridicis, & Historieis ilhistrala. 



AZEVEDO -SAMODÃES 217 



.loiínni V... Dicatus: Opus inciHijtum á piinoipali de Almeida Mascare- 
nhas; Absoliitum, &, \n Incem editum á principali da Almeida Portugal. 
(Vinheta alegórica, assinada: Eques Vieira inv. — O. Cor. sculp. 1745). Lis- 
honw, Tijpis Regalibiis SijManis, Regue queAcaãemiw. M.DCC.XLVI. In-fol., 
2 vols. de XXVI1I-603-I e XX-551-I pags. E. 

Explendida edição; adornada com lindos cabeções alegóricos (f. Vieira inv. -O. Cor. 

sculp. 1746), e belas letras iniciaes (O. Cor. fccit 1746), primorosamente abertas a 

buril em chapa de metal. 
Magnifico exemplar (de tiragem especial?), cm papel de linho de excelente qiialidade.- 

Titulos impressos, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. 

781 — Código administrativo, Annotado. Nova edição oflicinl. Lisboa: lmi>r. ?T C O 

Nacional, 1863, In-S." gr. de 11-434 pags. E. 

7S2— Código civil portuguez, approvado por Caita de lei de 1 de julho de 
1867. Annotado com referencias, em seguida a cada artigo... por Gaspar 
Loureiro d'Almeida Cardoso Paul; com um Appendice ao mesmo Códi- 
go... Porto: Chardron, 1879. In-S." gr. de XV-615-154 pags. K. 

783— Código comercial portuguez. Copiado da edição oBicial e precedido do 
retrato e do relatório do exc.""" ministro P'iancisco António da Veiga Bei- 
rão, do relatório da coramissão de legislação comniercial da camará dos 
senhores deputados e do parecer da commissão especial da camará dos 
dignos pares do reino. Approvado por (íarta de lei de. 28 de junho de 
1888. Porto : Lirr. Gulenherij — EOitora, ISSS. (No verso do anle-rosto : 
Tl/p. de A. ./. (7fi Silva Teixeira), ln-8." di' '-'70 pags. e retr. 

Repertório alpliahelico do Código Commercial portuguez, por Gui- ^ 

Iherme d'Amorim Júnior. Ibi.. ihi , Ififts. In-S." de 88 pags. — Ag duas obras 
em um i^olume. K. 

O retr. de Veiga Beirão é impresso em separado, em papel cartolina. Exemplares de ti- 
ragem especial, em papel de superior qualidade. Bem ene. em inteira de chagrin 
verde, a qnal tem a lombada e pastas ornamentadas a oiro. 

784— Código de processo civil. Approvado por lei de 8 de novembro de 77Í -> O 

187f). Edição do Archivo Jurídico. Porto: Imp. Popular de A. G. Vieira 
Paiva. . ?«7ft'. ln-8.» de 336CXL-4 pags. E. 

78n— Coelho (/•'. Adolpho).—\ lingua porlugueza. Noções de glotologia ger.al e ^ "^ C O 

especial poilugueza, jjor... Porto: Magalhães rf- Moniz .. s. d. {Typ. Ehe- 
viriana). ln-8. o de VlI-I-144 pags. 

II— Noções de litteratuia antiga e mcdieaval, como Introducçãoa 






litleralura portugtieza, por. . . Porto, idem, s. d. In-S." de XII-1.34 pags.— 
As duas partes rm atii r<iliiine. 1". 

788 A lingua portuguesa. Phonologia, Etymologia, Morphologia e Syn- ^ 

taxe, por... C,iii,h>a : Im/,. d,( finversidade, 186S. In.S.» de XXI-1II-136-I ^^ J O 

patis. E. 

Coelho (P. Gfls/jnr).— Veja-se : Cartas qve os padres da Companhia de lesug 
escreuerão do lapão rf ■ C.hin «... 

Coelho (/'. Manuel). -Serm.Ho. . . — Veja-se : Relação das exeqvias, . . 



218 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



787— Coelho {Fr. Simão).— *\ COMPENDIO DAS || Chronicas da Ordé de NolTa 
II Senhora do Carmo. |[ 157i!. 

{Do frontiíjncio damos, em folha ú parte, uma exacta reprodução). 
In-fol. de XX pags. (prels.) imims. e 2â0 nums., aíóra uma folha com o 
brasão da Ordem do ('armo. (Veja-se o «fac-similen que riéle damos em 11. 
aparte). E. 

As XX pags. prels. compreendeu! : írontispicio (I e II— esta está em branco); cinco poe- 
sias em Kitim (a I.a com a epigrafe : -M piu iectorem Onophriíis ]| Francifscus Colim- 
bríen. lurísconfultuslac rcgius feaator.-^ ; a 2.» : „DE AVTHORIS N0MINIS\\ 
iiifcriptiotic Epigrainmn.' ; a 3.a: FRATRIS THEOTONIl\\ Carmelltír ad Iectorem 
Epigramina. ; a 4.a : «Lichanos vilas Patrum.., e a 5.a : .,HENDECASVLLABVM\i 
nd cundem.') (pags. Ill a VI) ; Dedicatória : ■ ^-J A muy alta & efclarecida Princefa a 
Ilfã-lífe dona Maria: Frei Simão Coelho Carmelita, indiíio Meftre cm\\Sanctii 
Tlieolagia, lhe defeja felici-\\dade perpetua.^ (VII a X); Lista dos autores citados 
na obra, encimada pela epigrafe: (^-J Eftes Doctores ab.ai.xo efcritos r.-mi os q|l 
iiefte Liitro fe citam em proua de que iielle fe trata. Põefe no primi- 1| pio de 
cada letra os Prophetas 2?" Evangeliftas q netla cabe, '\ por mojtrar que da diuina 
authoridade a deuem tomar'}, todas as coufas.- (impressa a duas colns. por pag.— 
p.ags. XI a XIV); «Regra. ■ f^ SEQVESÉ A REGRA |l dos Frades da ordem da 
muito bemauentu ii rada madre de Deos fempre virgem Maria || do IVlonte do Carmo.» 
(pags. XV a XVIII); e ^Sumario do Primeiro Liuro.. (pags. .Xl.\ e XX). 

O texto compreende dois Livros: o primeiro contem 19 Capítulos e corre de pag. 1 a 
92; o segundo 15 Capítulos e vai de pag. 93 a 220. 

O texto do segundo Livro é encimado pelo titulo: .LIVRO SEOVMDO NO || qual fe 
trata da fundaçam, & prefaçara da Re-|lgra: & da antiguidade Hi origem daHReli- 
giam & ordê de norfa Se- |S nhora do Carmo.s 

As pags. 94 e 95 inserem o IndicCf ou: «Summario do fegundo Liuro. > 

h impressão é a duas colns. por p:ig.; e o te.\to contem abundantes notas marginaes. 

Clássica e muito apreciada. De todas as Crónicas monásticas, é esta a que mais dificil- 
mente aparece no mercado. - Exemplar com o canto superior de fora ligeiramente 
concertado. - RarisBima. 

788— Coelho da Rocha {M. .4.).— Ensaio sobre a hisstoria do governo e da le- 
^Â O ^ gislação de Portug.Tl, para servir de introducíjão ao estudo do direito pa- 

trio. Por... Coimbra: Na Imprensa da Universidade. ls.'^l. In-S.^de XVI-248 
pags. E. 

Acompanhado duma folha desdobrável, contendo: «Taboa chronologica dos monarchas 
portugueses, etc. 

y/ í — / -) 789— Instituições de Direito Civil Porluguez, por... Coimbra: Orcei... 

^ 1857. In-8.0, 2 vols. E. 

790-Coelho de Barbuda (itító).— POR LA || FIDELIDAD || LVSlTANA |1 APO- 
LOGYA COXTRA il EL DOCTOR DON MAKTIN || Carrillo, el Doclor António 
Cie- II çareli, y sus Ecriptos de le- 1[ roninio Franqui. 1| Autor Luís Coelio de 
Barbuda. || AL ILLVSTRISSIMO SENOlí DON AL- 1| fonso Furtado de Men- 
doca dei Consejo de Estudo || de su Magestad Senor, y Arçobispo de Braga 
Prima- i| do de las Espanas electo Aivobispo de Lisboa. ; y tiouernador des- 
tes Reynos de |1 Portugal. \\ (Logar de vinliela quadrangular tendo no centro 
uma rosa, gravada em madeir.a). \\ EN LISBOA \\ || Con todas las Li- 
cencias necessárias por lorge Rodrigues. Ano 16^6. In4.° de VIII IT. (prels.) 
inums. e 34 nums. na frente. E. perg. 

As VIII folhas prels. compreendem : frontispício (adornado de moldura composta de 
peqs. vinhetas tipográficas) (frente da H. 1); a declaração : ■Jay.íão este Liaro em papel 



foúi-^ 



Chcmui ({» Qri1é4e Kojfn 
Saihouhlo Cmito. 






^^^^ 






PRIMEIRA /^/^^ 
I parte do'CompeGÍo de { 

J ChtoHÍCjidaOfdeni da muito bemaaentu- 
radafcmpre virgemjvl A^KIA domomc dõ L 
Carmo,comeapo!ii;.imda Regf»4a<licaOf- V 
I dtm.dadano AnnodoScnhordcQiiaCroc»- fe 
tos,perran> loáoCarmelicaPattúrchadcííic f / 
lutal em, tirada dj Regia d* ÇaJmílKa S. Ba- U /i 
ft o Éilpode Celãrea de Capidotia. Ofdènj // 
djpelo modo que ofaeliá, per Alberto Parn // 
a chadcHienilalem.no AnnodeM.C xci-. Ij J 
Declpradapclo Pjpa liinocencio'( 1 1 l.nodc |. 
M c C XXKXl I. Confirmada pet muycos | |^^ 
^, mui antigos lummos Ponrifiecs, pelos Or 
d narios Sr DIfcito: agora nouamcte copilb- 
do per Ffíi Simão Coelho, Meftre em Th;o 
togia.profclTodadifa Otdcm , Si Moeliciío 
de lolTaSenhorado Carmo de Lixboa.DecU 
Vifcnelleamuyanriga iiillitukafn Si confit- 
maçam defla Taglâda Religúo; cõ as mii; pic- 
emineneiísqueconformcadiícico tem.adi- 
i dadcdefeutitulo, oifeicoí heioicc; £: fan 
Q dade de algús Rcligiofos delia . Silmiriamé 
tcavidade muitos delles. Expoenfc muic*s 
authotidades da fagradaScriptura. Traícnlõ 
rr uiros ditos deíoifnniíTlôi Baiões jafsianti- 
co' como modernos, Trarão fe oiuicas mate 
I asmoraesmui proucitofasisalma^Sc rniiy 
d nas de le faberem > Arsináotc algiu» dekii- 
pçoc! de pfouírtdas.cidideí.tios, & monte*. 
Poe (e piimeiío a Regta como texio, pcraq 
conrormeaellafe liga ordenadamente a « 
expofi;jm,como quciruijle ( 

oudeidettsnt. 





Fac-ãiiiiili; (taíiianlm t-Micto) do escudo d'amia5 dii Urdom dg Ciiríno. que vem na iiltiin.i fullin 
da obra descriU Boh o n.' T87. 

(PftB. 21B) 



AZEVEDO -SAMODÃES 219 



em doas vinténs || Em Lisboa a 7. de Agosto de 626. '\ Mesquita. Cabtal.^ (verso da 
mesma H. 1); ^LICENC,AS.» (frente da II. II; o verso branco); ura Epigrama: 'LICEN- 
TIATI II ANTONII .MEN-\\DESII EPIGRAMMA IN APO-'] LOGIAM DOMINI 
LV-\\doUíCÍ Coelho d' Abarõu- ',\ da pro Fídetítate i Lusitana.-. (III); uma poesia, com 
o titulo: ^LICENTIATI' ANTONII SO.i-\\RES DE AFFONSECA CA-\\PELLANI 
REGÍS, AVCTORIW Liisitantim Fidelitaíem defeiidenti :'\ Epigramma-» (trtnW da IV); 
Dedicatória: .Ao ILLVSTR!SSÍ'\ MO SENOR DON\\ ALFONSO FVRTADO DEU 
MENDONÇA... (verso da mesma 11 IV e toda a V); um Prologo : <A LOS LECTO- 
RES \l EN Ml PATRI.A , no qual vêem insertas duas estancias dos Lusíadas (ff. VI, VII 
e frente da VIII); e .ERR.Vr.\S= (verso da mesma II. VIU). 
Neste interessante e curioso opúsculo rebate seu autor as opiniões expendidas pelos drs. 
D. Martin Carillo, D. António Cicçereli e Jeronymo Franqui em seus escritos (de 
que transcreve varias passagens), sobretudo na parte respeitante a D. Sebastião. 

791 — Coelho Gasco (^míomío).— Conquista, antiguidade, e nobreza da mui in- 
signe, e inclila cidade de Coimbra, escritas por...; e Obras inéditas de / i» Ó O 
António de Abreu, amigo, e companhieiro de Luiz de Can.ces no estado da / 
índia... Lisboa: Itnpregsão Eegia. An«o 180.J .. . In-S.opeq. de 174-5 pafs. K. 
Encadernada juntamente a seguinte obra: "MAPPA CHRONOLOQICO do Reino de 
Portugal, e seus domínios... por L. M. P. S. M. C. (Lourenço de .Mesquita Pimen- 
tel Souto Maior e Castro). Lisboa: Na Imp. de J. B. Morando... IS15. In-8.o peq. 
de 221 pags. 



/5- 



o 



792— Coimbra (i*. i)/fi«oeZ)— Historia da portentosa vida de Santa Genoveva, 
Princeza de Barl^íinte. Traduzida na Língua Portugueza pelo Padre Ma- 
noel Coimbra. OITerecida ao Senhor Luiz Tavares Peres por Catharinade 
Jesus Maria Josepii Tavares. (Vinheta ornameidal). Lisboa: Na Ofiic. de 
Manoel António Monteiro de Campos. . MDCC.LVIII. Com as licenças ne- 
cessárias. In 8.° peq. de VIII-lol-lII pags. E. 

Na pag. VII prel. uma grosseira gravura cm que vem reproduzida a imagem da Santa. 
Estimada. Pouco comum. Bom exemplar. 

793— Colardeau {Char. Pieire).— CEuvres de Colardeau, de rAcadémie Fran- < ^ Q (^ 

çaise. A Paris, Chez CAZIN, Libraire... M VCC. XCIlL In-lS.", 3 vols. 
de 1V-243-I. IV-27r-I e 1V-VS3-IV pat:s. E. 

No primeiro tomo uma gravura a buril (L'Epine fecit), reproduzindo o retrato de Colar- 
deau. Estimadas. Bonito Exemplar. Pouco vulgar. 

794- Colin ÍLouiít). — Henri Lasserre. Pa Vie, sa iMission, ses Letres, papiers o^ ó — çjx 

et ilociiments inédils, par. .. Paris: Blotid. . . In 8.^ de lX-394 VI pags. E. 

.acompanhada de um retr. de Lesserre. 
Collé {Aníoine)—\einse: Horta [Garcia dn). — tlistoire des drogves .. 
Lyon, 1619. 

79"i— Collecção chrouok gicu dos Assentos das casas da Supplicaçaõ e do /Tn O Cs> 

Civil. (Vinheta). Coimbra. Nu Real Imprensa dn Universidade. Anno MDCf! ' 

LXXXXL \x\-i.° .le lV-X-fi97 pags. E. 

79U — Collecção da correspondência oftiuial das províncias do Brazil, du- 
rante a legislatura das Cortes Constituintes. (Escuio d'Mrmas reais portu- 
guesas). Lisboa: Na Imp Nacional. Anno de 18-Í2. In-4 °, 15 opúsculos de 
7â-7a-13 27-ll-44-(i6-4U-6-7 9-11-56-15 e 17 pags. Todos em um volume. E. 
Colecção importante e hoje muitíssimo dilicil de reunir. 

797 —Collecção das leis pii.inulgadas e sentenças proferidas nos casos da ^_^ t — jj 

iiitaine Pastoral do bispo de Coimbra [). Miguel da Annnnciação das Seitas r 



fi 



i^ 



2M 



A 



, 220 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

dos Jar;obeos e Sigillistas que por occasiSo rfella se descubrií-am n'este 
reino de Portugal e de alguns editaes concernentes ás mesmas pondero- 
sas matérias. Lisboa. Na Begia Oífíe- Typ., -1769. In-8.° de XIV-521 pags.E. 
Muito interessante. Pouco vulgar. 

798— Collecçâo de decretos e regulamentos publicados durante o governo 
da Regência do Reino estalielecida na Ilha Terceira. Primeira serie. De 2 

/y^^ lie Junho de iS30 a 27 de Fevereiro de 1832. Lisboa, Na Imp. Nacional, 

J 1834. — Segunda serie: Collecção de decretos e regulamentos mandados 

puWicar por Sua Magestade Imperial o Regente do reino desde que assu- 
miu a regência até á sua entrada em Lisboa. Ibi, na mesma imp. 18.34.— 
Terceira serie: Collecção de decretos e regulamentos mandados publicar 
por S. M. i. o Regente do reino desde a sua entrada em Lisboa até á ins- 
lallação das Gamaras Legisl;ilivas. 7/)/, ibi, 1835.— As três series em um 
vol. In-fol. B. 

Colecção eslim,ida c pouco vulgar. 

709— Collecção de manuscrlptos inéditos as^oni diulos á estampa: I — O 

^ ^ livro da Corle Imperial. 11— O Livio da Virtuosa Remfeitoria, do Infante 

Dom Pedio. Ill— Fastiginda, por Thomé Pinheiro da Veiga (Turpin). Porto: 

Typ. Progresso, o I." e o 3.", e 0(lic. do i-Commercio do Portos, o 2.<*. 1910-11. 

In-8.°gr., :? vols. de NXN-274-lli"xX.\'-308-I e XLV1I1-374-I pags. B. 

Todos os vols. trazem uuia iutroducção por José Pereira de Sampaio (13runo). Colecção 
interessante ; impressa a expensas da Bibliotheca Publica Municipal do Porto. 

800— COLLECÇÃO || DE NOTICIAS PARA A HISTORIA | E GEOGRAFIA 
^ DAS NAÇÕES ULTRAMARINAS, |1 QUE VIVEJI [j NOS DOMÍNIOS PORTU- 

S^Á ^ ^ GUEZES. ||0U LHE SÃO VISINHAS : |1 PUBLICADA |i PELA II ACADEMIA 

REAL. II TOMO I. NuM.*"^ I. II. III. |1 (Marca-emblema da Academia) |1 
LISBOA II NA TYPOGEAFIA DA MESMA AC.iDE.UlA. \\ t812. Com li- 
cença de S. ALTEZA SEAL. In-é.", 7 vols. E. 

Esta importante e curiosíssima colecção de escritos históricos, compreende as seguintes 

obras : 
TOMO I-ln-4.o de ante-rosto, íront., VIII pags. para Dedicatória a el-rei pelo Conde 
de Redondo; ÍNDICE e PREFAÇÃO; e 178 pags., além de mais uma com as Erratas. 
Estas 17S pags. inserem os N.os I, Ii e III da colecção, com as obras: - BREVE 
RELAÇÃO das Escrituras dos Oeiítlos da índia Oriental, e dos seus costumes. - 
NOTICIA suinmaria do OeiítUisino da Asia.-JOSEPH de ANCHIETA : Epistola 
quani plurimaruni rcruin Naturalium ; quw S. Vincentii (nunc S. Pauli) Proríãciam 
uicolant, sistens descriptioncin, 
TOMO II-In-4.o de XVI pags. prels. para rostos, INTRODUCÇÃO, etc. ; e 394 pags., 
além de IV-IV-VII-IV-IV-I.K de rostos para os diversos nums. e para as introduções 
aos mesmos nums.; 3 de TABOADA e IV de CATALOGO. Este tomo compreende VII 
nums., com as seguintes ohrs.i:- NAVEGAÇÕES de Luiz de Cadamosto: A que se 
ajuntou a viagem de Pedro de Cintra, Capitão Portuguez. Traduzidas do Italiano. 
NAVEG.iÇÃO de Lisboa d Ilha de S. Thomê escrita por um piloto ponuguez.- 
NAVEGAÇÃO do Capitão Pedro Alvares Cabral, escrita por hum Piloto Portuguez 
Traduzida da lingua Portugucza para a Italiana, e novamente do Italiano para o 
Portuguez. - CARTAS de Américo Vespucio a Pedro Soderini. . . sobre duas viagens 
feitas por ordem do Sereníssimo Rei de Portugal. Traduzidas do Italiano. - NAVE- 
GAÇÃO ds índias Oricntaes escrita por Thome' Lopes... -VHG EM ás Índias Orien- 
taes por João de EmpoU, feitor de huma Não portugucza. . . - e LIVRO DE Duarte 
Barbosa. 
TOMO III-In-4.0 de V1IM36 pags., além de mais IV de rostos para o numero II, ou 
2.0 tratado. Compreende II números, com estes dois tratados ;-A/07"/C//I DO 



AZEVEDO -SAMODÃES 221 



BRAZIL, Descripi-ão verdadeira da costa daqucUc estado, que pertence á coroa do 
Rcyno de Poríngat, sitio da Bahia de Todos os Santos. -g CATALOGO dos Oo- 
vcrnadorcs do Reytio de Angola. Com uma previa noticia do principio da sua con- 
quista, e do que neíla obrarão os Governadores dignos de Alemoria. ^ 

TOMO IV-Iii-4.0 de VI-21Õ-IV pags., além da duplicata das pags. ISO-a a ISO-s e outras 
de rostos. -Compreende os números I, II, III e IV, com as ohvAs:- NAVEGAÇÃO 
feita da cidade do Grani Pará até d bocca do Rio da Aí adeira. — ROTEIRO tia via- 
gem de Fernam de Aíagalliães.- CARTA de Pedro Vaas de Caminha a El-rei D. 
Manoel, — Q TR.ATADO da Terra do Brazil, No qual se contém a informai'ão das 
cousas que ha nestas partes ; feito por Pêro de Alagalhães. 

TOMO V-In-4.0 de V1II-X-274-V1 ; VI-I20 pags. e um mapa, em íôl ha desdobrável. - 
Compreende os nums. I e II, com as obras : FATALIDADE HISTÓRICA da Ceilão. . . 
Escrita pelo Capitão João Ribeiro -e REFLEXÕES CRITICAS sobre o escripto do 
século XIV impresso com o titulo de NOTICIAS DO BRAZIL. No Tomo 3." da 
Collecção de Not. Ultr. Acompanhadas de interessantes noticias hibliographicas c 
importantes investigações históricas por Francisco Adolfo de Varnhagen ^ 

TOMO VI-In-4.0 de IV-iri p.igs. -Compreende os nums. I, II e III, com as obras:— 
ROTEIRO da viagem da cidade do Pará até as ultimas colónias dos domínios por- 
tugueses em Rios Amazonas e Negro, iltusirado com algumas...- APPENDIX ao 
Diário da Viagem, que em visita, e correição das povoações da Capitania de S. 
Jorge do Rio Negro, fez o ouvidor... Francisco Xavier Ribeiro de Sampaio no anno 
de 1774-1775. {Este Al^PENDIX tem apensas algumas Jj. desdobráveis).- INFORMA- 
ÇÃO das cousas de Maluco, dadas ao Senhor Dom Constantino, Em que se tratão 
alguas novidades da natureza, e succintumente de seu descobrimento pelos Portuguc- 
zes e Castelhanos, e de todas as armadas suas, que la forão, ati^ Rui Lopez de 
Villa Lobos, e a destruição das fortalezas de Geilolo, e Tidore, em que se recolhido. 
Composto por Gabriel Rcbello. 
• T0A10 VII-In-4.0 de IV-553 pags.-Couipreende : ADVERTÊNCIA. -REFLEXÕES A' 
cerca de algumas irregularidades, inadvertências, e inexactidões , que se encontram 
no Diário dos Trabalhos da Demarcação dos Limites dos Domínios de Portugal c 
Hcspanha na America Meridional. (Subscritas no lim : Dr. Filippe Folque).-c TRA- 
TADO sobre a demarcação dos limites na America Aleridional. .. 

COLECÇÃO DA MAIS ALTA IMPORTÂNCIA HISTÓRICA. ALGUM.AS DAS OBRAS 
MENCIONAD..\S FORAM AQUI IMPRESSAS PELA PRIMEIRA VEZ. APRE- 
CIADA E RARA. 

801— Collecção de opúsculos ie'mpit.ssos lekilivos á historia da navfg.i- 

(;rio, viagens e conquistas portuguezas. Publicada pela Acad. 11. das Scicn- ^^ 

cias. Lisboa. Typ. da mesma Academia. X "' I a III. 1855-38. In-4.° B. ^^^ <^ /^ ^ Ci 

Os 3 nums. que o vol. contem compreendem #N. o ! -Relação do descobrimento da Eio- 
rida. N.o U. -Relação das cousas que o muito esforçado capitam D. Christovam da 
Oauia fez nos reinos do Prestes Joiio; por Miguel de Castanhoso. N. III. -Historia 
da provinda de Santa Cruz, a que vulgarmente chamam Brasil, feita por Pêro de 
Magaih.ies de Oandavo, ctc. 

Íi0'i— Collecção de poesias inéditas dus uiell:ures autores portuguezes. 

Lisboa •■ Nn hnpresíuio líegia. Na Nova Offic. de João Itodrigues e Na Offic. de a/^ ^ ^\ /• 

Jonjuim Rodrigues d'. \ndrade, 1809, 1810 e 1811. In-S.opeq., 3 vols. de 191, ^ U l\ ^ ^-^ 
190 e 180 pags. B. 

Colecção muito estimada por conter poesias que não se encontram em outra qualquer 
parte. -Rara. 

803— Collecção primeira que conipreiíeiíde a Bulia do santíssimo padre 

Benediclo XIV nosso senhor, Dirigida aos Excellentissimos, e Beve- 5/^ ('"">) 

rendlssimos Arcebispos, e Bispos dos Reynos de Portugal; Edital do.,. ' 

Senhor Cardeal da Cunha... A Pastoral do. .. Senhor Cardeal Patriarca; 
huina carta do mesmo santíssimo padre e outra do Eminentíssimo. . . Se- 



222 CATALOGO DA LIVRARIA 



lilior Cardeal Valenli. .. As Pastornes dos. . . Fieveiendissiiiios Aicahispc) 
lio Evoía, e Arcebispo Bispo de Algorve; e a Carla. . . Sobre a imuiirigão 
lias complicadas na ("onfissrio Sacramental. Madrtd, Na O/fic. dos Herdeiros 
de Francisco dei Hierro. A>mo 1746. la-i-", 3 vols. E. 
Interessante e estimada. Bom exemplar. Pouco vulgar. 

804— Collecção universal da Bulia, Editaes, Pasloraes, Carlus, Disserla<;ões, 
n -^ Apologias, e tudo o mais, que atégora se tem escrito, e divulgado, e mais 

M J se pode desejar, para inleira, e individual noticia do insólito, e per- 

nicioso erro da fracção do Sigilio Sacramental ; e das Contendas, que a 
este mesmo rispeilo tem havido sobre o ponto de jurisdicção entre oseni- 
pre respeitável Tribiiral ilo Snnio OHicio, e alguns dos Senhores Ordiná- 
rios do lleino de Portugal. Parle 1. ill e 111)... Madnâ : Na O^c. dos 
Ilerd. de Francisco dei Hierro. ATio de M. DCC. NL VI-NL Vil. In-á.", .S vols. 
de XV1II-,5:H, XX1Y-Í76 e XNIV-432 jings. E, 

Colecção importante e de muito interesse. Estimada e rara. 
8U5-COLECTORIO || DAS BULLAS, !i & Bieues Apollolicos. ;| Cartas, Alua- 
./ rás & 1'rouifOes lífaes || (|uc conlem a inlliluiffio & progreílo ll do Saneio 

j^Jn O 0> ofticioem Portugal II Uarios Indultos & Priuilepios que II os Sumos Ponti- 

' ' fices II & Heys || dtstes Reyiios lhe concederão || Inipreffo por mandado do 

lllufiriffimo, (C- E.""> \\fenhor Bijpo Dom FRANCISCO || DE CASTRO, || 
Inquijidor Geral do Confelho de Eft.<'o \\ de f tia Magejlaãe. 

listes dizeres, abertos a buril, acham-se no centro de aparatosa portada gravada a buril 
em chapa de metal (Augnftiii Suares fc). No centro da base da mesma portada, 
também aberto a buril, o seguinte registo tipográfico : 

Fm Lisboa nos Eftaõs || Por Luttrenço CraefbeecK || Inipreffor dei Rei/. Armo 
II M. DCXXXIV. In-fol. do, além da portada, YI íí. (prels.) iniuns. e 172 
nuiiis. iia frente (o \erso da ultima está em branco). E. 

, ■ .■\s VI folhas prels. inserem o . INDEX i; DOS TITVLOS :! DESTE LIVRO, |1E COV- 

SAS, QVE CADA HVM DELLES CONTEM.. 
Todo o texto, incluindo o Index, é dispoíto a duas colns. por pagina. 
Collectorio muito estimado. Segunda edição (a primeira, que é raríssima, fui inij)res3a 

cm Lisboa, nas Casas da Inquisição, 1596, in-íol.). MUITO RARA. iJom exemplar. 

/ // cr 1 SOti— Colet (M.mc ioiiíse)— LltaHe des ilaliens, par... Paris: Denlu, l-kliíeur... 

AO ISG-i. ln-8.o, 2 vols. de IV-438-I e 1V-433-II pags. E. 

__ Kl)7 — Colmont (AchiUe de). — Histoire des expositions des produits de i'indus- 

^ O trie frani.aise, par... Paris : Guillaumtn eiC.'" , IS^iõ. ln-ii.° iiel\'-l\-XWl- 

56o pags. E. 

,_,, 808— Colson (jMÍíen).- Chansons patoises, par... Namur. Impr. cl Ubrairie, 

^a (O O deJ. Colin.. . 1862. ln-8 " de lY-304 pags. E. 

Acompanhada de duas paginas de musica. 
. 80".) — Comberouse (C/iac/e.f Z»e).— Cours de mathcniuUques a rutías<e des caii- 

/^ JJ O C) didats a TEcole Centrais des Arts et Manufactures, el de tous les eleves 

^ qui se destinenl aiix ccoies du gouvernemont. Par. . . Paris, Mallet-Bache- 

lier... 1860. ln-8.0, 8 vols. de XIX -466. \VI-040 c XXlV-,55g-IV pngs. E. 

.\n lerceiro volume acha-se apenso um .Mias de XX.XIV estampas impressas em separado. 
Começam as vida.'' de algiuis sunctos. . . Coimbra, íj.j"?- — Veja se : S. Do- 
minijos (Fr. António de). 



AZEVEDO -SAMODÃ ES 223 



/lo/ 



O C 



íilO-COMEDIAS FAMOSAS, EM HESPANHOL. — Colecrão de minitrosas 
pef;as leatraes de autores hesp iiihoes e portugueses : impressas nos sé- 
culos XVII e XVIII. Iri-4.», 11 vols. E. 

Esta apreciável colecção de comedias famosas, em cistelliaiio, compreende traballios dos 
seguintes autores: Christoval de Monroy e Silva, D. Pedro Calderon de la Barca, 
Luís Velez de Ouevara, D. Andres de Baeza, D. Diego de Calleja, Dr. Juan Perez 
de Montalvan, Lope de Vega Carpio, D. Juan de Alarcon, Luis de Belmonte, Dr. 
Mira de Mescua, Jacinto Cordeni, D. Alonso dei Castillo Solorzano, dr. Felipe Go- 
dinez, D. Manuel de Leon, D. António Coelo, D. Juan Bautista Diamante, D. t^ran- 
cisco de Ko.^ias, .\lvaro de Cubillo, D. António de liueita, D. Agustin de Salazar, 
D. Juan de Matos Fragoso, D. António de Zamora, D. António de Solis, D. Agus- 
tin Moreto, Bernardino Rodriguez, D. Juan Orozco, Gaspar de Ávila, etc. 

Os volumes acham-se manchados pela .agua, c algumas folhas coladas a outras. - Cole- 
cção difícil de reunir. 

811-Comensis (F. Timiaj-dí) - LVCliHNA || INQVISITOKVM i! ll.liRETIC/E || /í^ ^^ 
PHAVITATES i! 11. P.. . . , Ordinis Prsedicalorum : |] Et eiusdeni Tractalus 
de Strlgiliiis. || Cuin .Tnnotati<iiiibiis Fkancisci Pegu.tí Sacrae Theolo- íi giaj 
& iuris vtrhisque noctoris. || ADIMTl SV.NT IN IIAC IMPRESSIONE |1 duo 
Traclatus Ioannis (íekson!, vnus ilc ['rototalione circanialcriani fidei. al- 
ter de Signis || perlin.ici* ha:>retic;c prauilatis. |! (Marca gravada do impres- 
sor) II VKKETIIS, í; II Apud Marcus Anf.unhis Xallerium. M D XCVI. 

(Iò96). In-4." dp Ylll pags. (j)rels.) inunis. e 184 nums.. afora 26, finais, 
inums.. E. 

As VUI pags. prels. inserem: tilulo; «LICENTIA (?) CARMINA ;i erant in ueferi im- 
pressione»; Preambulo de .FRANCISCVS PEGNA || LECTORIS^; e «INDEX VER- 
BORVM...» 

Tratado curioso. Exemplar com peq. det. no canto superior da margem lateral ex- 
terior do frontispício. -MUITO RARA. 

,S12— Cometa de fogo, oii finomeno terrestre, no infeliz successo, com / r7 O Cj 

i|iie se queimou, e reduzio a cinzas o artificiozo Carro de fogo, na lardu 
quatro de Setembro, e segunda do Combate de Touros. &'. d. (se- 
não XV III). In-4." de 8 pags. E. 

Curioso c raro. 
81:j— COMMENTARIOS do grande Capitam iuiy Freyre de Aiidrada. Em que 
se rel;ilam suas proezas do anno 1619 ein q partiu d'este lieyno | or Geral 
do mar de Ormuz, & Costa da Pérsia, & Arábia até sua morte. Tirados 
de humas relaç;ões & Papeis verdadeyros jjor industria de Paulo Craes- 
tjeecli. Iijrigido ao senhor ! ovren(,o Skylle genlior de Kongzbroo, & Sá- 
tra. Assistente pella Rainha de Suécia na Corte de Portugal, cc. (Vi- 
nheta). Em Lisboa, Com todas as licenças necessárias. Pir Paulo Craeslieeck. ti 
a sua custa. Anno 1(147. In-4.'' de IV IV. (prels.) inums., incluindo o front., 
e 180 pags. E. 

-As IV ff. prels. são para; fioniispicíu ; Dedicatória: Ao Senhor Lourenço Skytte Senhor de 
Kongzbroo, i£ Satra. Assistente pelía Rainha de Suécia na Corte de Portugal, •Ce. 
(assinada : Paulo Craesbeeeli.); LICENÇAS; e ÍNDEX. 

Livro cuiioso e muito estimado. Exemplar falho do front. e das pags. prels. -RARÍSSIMO. 

yii—Comines (Felipe de)— Las Memorias de Felipe de Comines, Sefior de Ar- 
gentou, Las quales contienern la Historia de los Reys de Francia Luis Un- 
décimo y Carlos Octavo, Desde el Aúo de 14tí4. hasta el Ano de 1498. 
lllustròlas con sus Excolios Don Jvan Vitrian. .. Nueva Impression corre- 





'6-á^ 



M 



o o 



224 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



gida de miiuhas falias, y adornada uon uiuchos Retratos de los Príncipes 
y Personages Illuslres, de los quales se haze mencion eii esla Ilisloiia. 
Tomo primeiro. (Marca do impressor). En Amberes, Por Heivioo y Coriie- 
lio Verdussen, Ano M.D.CC.XIV. lii-fol., 2 tomos de ante-rosto gravado o 
XX-419-XXiIl e X.47tí-XXIV pngs. Em um vol. E. 

Magnifica edit,-ão ; adornada com um artistico e muito aparatoso ante-rosto contendo dever- 
sos ornatos alegóricos e três brasões d'arnias ; e com numerosos retratos impressos em 
follias aparte. Estes reliatos encoiitram-se dentro de molduras de interessante e nmi 
cinioso desenho de fantasia, tudo gravado a buril em chapas de metai. tintre os retrs_ 
nota-se inn do nosso nionaica D. Manuel I, o Venturoso. 

Edição muito apteciavel, sobretudo pelos letrafos e respectivas molduras com que está en- 
riquecida. Bom exemplar. -RARA. 

815— Comltum (íV«ííííís; — Mithologiae, sive explecalionis fahvlarvin. Libri du- 
cem: Ia quibus omnia propè Naluralis & Moralis Philosfphia' dogiiiala 
cTS jL ^ — O contenta fuisse demonstra tiir. . . Addita Mylhologia mvsarvm, a Geofredo 

c^C^ Linocerio vno libello comprehensa, & nunc recens a F. S. mtdlis & fipdis 

mendis expuigala. (Marca do impressor). Francofvrti : Apvd Andrex We- 
clieli heri:ãis, CtavdiMn Marnhim <£ loon. Ai.miiim. M. D. XC^'I. In-R." peq. 
de XVM 199-1 pags. E. 

Obia interessante e estimada. Edição não mencionada por Brunet. Muito rara. 

816— Compendio histórico do estado da Universidade de Coimbra no tentpo 

da invasSo denominada dos Jesuilas e dos estragos feitos nas sciencias e 

/ i(/-, ^ nos professores, e directores que regiam pelas maquinações, e publica- 

"^^^ ijões dos novos estatutos por elles fabricados. Lisboa : Na Regia 0//(V. Tyii. 

Aimo MDCCLXXn. In-S.» de Il-XX-II-503 pags. B. 

Obra curiosa, atribuída a D. Francisco de Lemos de Paria Pereira Coutinho, depois bispo 
de Coimbra, e a seu irmão o Dr. João Pereira Ramos de .\zevedo Coutinho. (Veja-se 
LaLilugo Palha, n.o 2522). 

Compendiosa liistoria Hi.spaníca . . — Veja-se : Crónicas. , . 
/• X— - r^ «17— Compendium logicae Coninibrioencis e Societati Jesii. . . Ex Ttjp. Anuk- 

V^ ^ miic Ehonnfií. Aiino Din. M. DC. LXXXIU. \nA.° de XXIV-.y2'2 pag^. K. 

818— Compromisso da Irmandade da Misericórdia de Goa. Movainentc ei- 
J[^ ^ O ganisado, e approvado em Sessão de Adjunto aos 31 de Julho de 183'J. 

(Escudo d'aimas reais portuguesas). W\l. Pangim : Na Imprensa Nacional. 
In-4.» de II-lC-l-l pags., tifóra uma em branco, final. E. 

Eiiição já ]iouco comum no mercado. Bom e.xemplai. 

«l'J-Conceição (Fr. Apollinario da]~CL^VS^m \\ ERANCISCANO, j| ERECTO 
NO domínio da COROA || Portuguezu, e eltabelecido iobre dezelseis Ve- 
II nerabiliíTimas Coluninas. Expocm-fe fua ori- || gem, e eftado prefente. |] 
A DE SEUS CONVENTOS, K MOSTEIROS, ANNO DE Ij luas Fundações, 
numero de Hofpicios, Prt?fi'ctiiras, Recolliimen- || tos, Parroquias, e 
Miíloens, dos quais le dà individual noti- ;| cia, e do numero de íeus Reli- 
giolos, Religiolas, Tercei- || ros, e Terceiras, que vivem Collegiadamente, 
tanto II em Portugal, como em luas Conquiltas. !! DEDICADO || A' SACRA, 
REAL, AUGUSTA || Magellade dei Rey || D. JOAÕ V. |1 NOSSO SENHOR |[ 
POR II F. APOLLINARIO || DA CONCEYÇAÕ || Religiolb Leigo Capuctio da 
Província da Coiiceiit;aõ |1 em o Eftado do Bralil. 1! >^ ij LISBOA OCCI- 
DENTAL: \\ Na Ofíic. de ANTÓNIO ISIDORO DA FONSECA \\ [ 



(^otÍ^^ 



AZEVEDO -SAMODÃES 225 



Boõ-lo 



M. TiCC. .\L. I; Cum Iodas as licenças nece ff árias. 10-4." de XLVn-235-I 

pags. E. 

As pags. prels. conipieendem : frontispício; Dedicatória; Licenças, e Aprovações. Na ultima 

pag. do vol. vem insertos os ERROS c as EMENDAS. 
Obra muito interessante para a historia das missões e ordens religiosas no estado do Brasil. 
Rara. Bom exemplar. 

820— Demonstraçam histórica da primeira, e Keal Parocliia de Lisboa 

de qne he singular Patrona, e Titular N. S. dos Martyres. Devedida em c» /"^ 

dous loriios, Tomo primeiro (e único que se publicou), em que se tiata da \J / r? ^ C> 
sua origem, e antiguidades, e se mostra a sua Primasia, a respeito das 
mais Parochias da mesma Cidade. Lisboa: Na Offic. de Ignacio Rodrigues. 
Anno de M. DCCL In-i." de XXX-o2l-l pags. E. 

Estimada e pouco vulgar. Bom exemplar. 

821 Primazia seráfica na regiam da America, novo descobrimento de 

Santos e Veneráveis Religiosos da Ordem Seráfica, que ennobreceni o 
Novo Mundo com suas virtudes, e acçoens. Oflerecida ao Senhor Domingos 
• >íartins Brito, em a Cidade do Rio de Janeiro primeiro Irmão Ge- 
ral da Confraternidade das Três Ordens do Seráfico Palriarcha S. Francis- 
co, &c. Lisboa. Na Of/ic de António de Sousa da Silva. Com todas as licen- 
ças necessárias. M D. CC.XXX. III [\133]. 111-4." de XVIII IV. (prels.) iniims. 
e 36G-I pags. E. 

Obra muito noticiosa, segundo Inocêncio. Este bibliografo acusa no seu exemplar apenas 
XXXII-366 pags., tendo pois este nosso, que está em magnifico estado de conserva- 
ção, ni.iis 4 pags. nas prels. e uma no fim, com a Protestaçam. O titulo é impresso, 
a linhas alternadas, a preto e vermelho. Muito estimada. Um exemplar obteve no 
leilão Azambuja a quantia de I3S600. RARA. . 

822 Séculos da Religião Seráfica brilhante em todos com seus religiosos ///~^ "n^ 

leigos, dos quaes se expõem huns illusirados com o dom da sciencia, de // 

outros se apontão os escriptos, &c. Lisboa Occidental. Na Ojjic. de António 
Isidoro da Fonseca, 1736. In-S.» de XXX1I-Í262-1 pags. E. 

Faz parte das crónicas da Ordem de S. Francisco. Estimada e pouco comum. 
823 — Conceição [Fr. Bernardo de). — () Ecclesiastico inslriiido scientificaiiiente 
na arte do Canlochaõ. Couiposla ijelo P. P. . . Monge da Ordem de S. Bento 
e dada á luz por Jeronymo da Cunha Bandeira, irmaõ do Autlior. Lisboa: 
Na Offic. Patriarc. de Francisco Luiz Ameno. M. DCC.LXXXVlII. .. In-'i.° 
de vÍ-XII-I-t091-I pags. E. 

Quasi todas as pags. trazem musica de cantochão. Obra pouco frequente no mercado. 
824-Conceição {Fr. Cláudio da).— Gabinete histórico... Lisboa: Na Impr. / y 

Regia, 1H18-3L In 8 o peq., 17 vols. E. J/c>%^ O Cs 

Compilação de interessantes e curiosas noticias acerca da historia, monumentos e factos 
da monarquia portuguesa, desde a origem dos Lusitanos até parte do reinado de D. 
José I, muitas das quais inutilmente se procurarão em outra parte. Estimada e rara. 

825- Conceição, 1.°, (Fr. Manuel rfa). —VLTIMAS || ACÇOENS || DA || SERE- 
NÍSSIMA RAINHA il D. LVIZA 1 FRANCISCA DE GVSMAM || NOSSA SE- 'P /cj' 
NHORA. ,1 (Linha de peqs. vinhetas tipográficas de ornamento, simétrica- ^ / ^ (DO 
mente dispostas) || LSIBOA. (sic) || Com todas as licenças. \\ Na Offcina de 
Diogo Soares de Bulhoens. Anno 1(166. In 4." de oõ pags., afora uma em 
branco, final. E. 



S^yío o 



226 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



O texto, que abre com uma letra inicial decorativa, gravada em madeira, começa no alto 

da 3. a pagina. 
Relação interessante, publicada anónima. Muito rara- 
«20— Conceição, 2.°, (Manuel rfa/— Helaçaõ da viagem, que o Illu.slnssinio, e 
Excellentissimo Marquez de Távora, || Vice-Rey do Estado da índia. Fez 
9^-ã. O C^ do Porto desta Cidade de Listoa, dcinde pnrtio no dia 28. de Março de 

---^ 1750. até o de Moçaintúque, aonde aportou em 22. de Jiniho com 87 dias de 

viagem, paitindo em 22. de Agosto, portou em 22. de Setembro na barra 
de Goa; aonde fez a sua entrada publica, e deo principio ao seu feliz go- 
verno. Em huma carta, que do mesmo Estado mandou o P. Fr. Angelo dos 
Serafins... Por... I.Uhoa. Na Oftic. de Miguel Rodrigues... M. DOC. LI. 
In-4.° de S pags. B. 
Relação iiiteresante e rara. 

827 — Conceição (Fr. Nuno do) — jielaçaiu Ja viagem e svocesso qve teve a 
Nao Capitania Nossa Senhora do Bom Despnctio,.. 1630.— Veja-se : Gomes 
de Brito (Bernardo], 

828— Conciencia (P. jV/aíiiie/)— Floresta novíssima de vai ias acroens senten- 

5// ciosas, e iUustradas com torto o género de Erudição,... Lúboa Occidenlal : 

Offl <P O ^.g vg,,^ ^^^^^_ ,1^ Mauricií Vwenlc de Almeida M.DCC.\.'Í^ V- XXXVII. In- 

4.°, 2 vols. de XXX-277-336 e X.XIII-3Í2 pags. E. 
82'.)-CONCILIORVM 1! OMNIVM 1! TAM GENEHALIVM (JVAM |1 PARTICVLA* 
, -: lilVM, QY.E IAM INDE AB Al'0 |! STOLIS IN HVNG VSQVE DIEM CELE- 

^^ji^C' O BHATA, EX VETE-, stissimis diiiersanini regionum Bibliothecis haberi 

potueriint, intres nun tomos ob recente multorum additionc diiilsa, || TO- 
MVS PRIMVS. II Quaenam Tomus compraebendat, ueisa pagina indicabit. 
II CVM ÍNDICE NOVO CtlPIOSISSIMO. || (Marca do impressor, do curioso 
desciilio) |t COAOÍV/.í; AGHIPIN.E i Ex Offjcina loannis Qiienfel. anuo 
iJoinini M.D LI. || Ciim grafia tf- Priíiilegio Ccesare Maiestat . . Iii-1'ol., 
íi vols. de XXXlM07,'í, X\.\II-M82 e XL-1018 pajis. E. 

Magnifica edição; não citada por Brunet. Belo exemplar; com uma rica encadernação 
renascença, optimamente restaurada na lombada. - RARA. 

830— Consciência (P. Mnnvel) — A mocidade enganada, desenganada. Diielio 

espiritual. Onde com gravíssimas Sentenças da Escritura, e Santos Pa- 

^ /^-f/ --, /^-^ dres; com solidas ponderações, e exemplos niuy singulares de erudição 

i;^ O^jU '— ^ sagrada e profana se pro|ioem, e convencem em tórma de Dialogo todíis 

as escusas, que a Mocidade (e qualquer outro peccador) allega, e com 

(lue se engana, para se não converter a Deos... Lisboa Oriental. Xa 

OfJiS. AiigvsUviana. M.DCC.XXX-DCC. XXXVIIL ln-4.°, 6 vols. E. 

Apreciada. Bom exem]3lar. Assim completa, multo rara. 

S3l-f^CONCIUVMÍ%-i|| PHOVINCIALE BRACAHEX. IIU. [[ Puntifioatus 

Sãctiss. D. N. Pij. V. anno 2. Hegni || vero potentiss. pijssimiq ; regis nos- 

j/^ I /, tri Sebastiani || huius nõis primi anno. 10. prsesidente Illustriss. ac || reue- 

yn j tí O ^ rédiss. in Christo paire fratre Bartlioloma-o jl à Marlyribus Arcliiepo & 

/ & Dão Braccaren. hnius ;i puinciae .Metropolitano & Hispaniaru Primate. , 

Cõsidenlib'. reuerédiss. in Chrislo patrib' Ro II derico Pinario Porliigallen. 

loanne || Soarez Conimbricen Aiganilli || Comité. António, Pinario Mi |i ran- 

den. cõ puincialob' || Episcopis. || (Escudo d'armas do Cardeal?) || BRAC- 

CARAEW C Aptid Antoniu á Maris Typographum Reue \\ rédiss. D. Ar- 



AZEVEDO -SAMODÃES 227 



chiepi Hispaniarií Primatis ' Anuo. Í5(J7 Cl Taxadu em papel à cin- 

coenta rês. ln-8.o peq. de XV ff. (prels.) inums. e 127 niiins. na frente. E. 

Na frente da folha I prel. o titulo ; no verso desta mesma II. e na II a Dedicatória: «BAR- 

THOLOM.Í- i; VS A MARTYRIBVS ARCHI- ;; pra:sul, & Dominus Bracarensis. . . 

Omnibus huius|| prouincja; viris...; optat felicitatem.»; e nas lU a XV o: «INDEX 

DOOMATVM, ET REFOR- 1| mationum breuiter collectus,...» í^impresso a duas 

colns. por pag.) 
É livro estimado e RARÍSSIMO. 
Encadernadas juntamente, as duas obras que seguem: 

SVMMA BREV£ dos casos reservados do Arcebispado de Braga; 
jiello F. r. Manoel de Barros & Costa... Em Coimbra. Com as licenças 
necessárias. Na Ofíic- de Joseph Ferreyra . . . Anno 168õ. In-S." peq. de 
62pags., além de duas em branco, fiiiais.— Tem uma vinheta no fron- 
tispício, com a imagem da virgem e aberta em madeira. 

AVISOS il DO PASTOR DIVINO, || A todos os Sacerdotes, Padres espi- 
ri- II luaes das almas da sua Igreja, Pas- 1| tores do seu rebanho. || Tra- 
duzido do Castelhano em Portiiguez, 1| Pello Lecenciado António Bran- 
il5o Bibeyro |! Theologo. (Estes dizeres vem no alto da primeira pag., 
encimando o texto: No fim deste o r?gisto: COIMBRA, Com as licen- 
ças necessárias. || Na Officina de JOSEfH FERREYRA || Inuvessor da 
Vnicersidade. Anno de IfJSõ). In 8.° peq. de 23-1 pags. 
Tauibem não são vulgares no mercado estas duas obras, mas sobretudo a segunda. 

8:í2-CONCILIVM OLYSSIPONEN- 11 se (Sacrvm [ PHOVINCIALIÍ |1 ) fecun- 
dum, anno ;i Chrifto nato, |i 1574. celebralum. i| (Logar de grande vinheta 
aberta em madeira, e tendo no centro as iniciaes emblematicjs da Com- 
panhia de .\esus: I H S) || .intonius Gon/alues Typographus\\ excitãelat. 
l.')/.^. In-8 ° peq. de VI 11'. (pieis.) inums., 41 nunis. na frente e Vil intmis., 
finais. E. 

A folha I prel. c para o rosto; nas II a IV e frente da V: -LGiiORaiVS ALMEIDA, || AR- 
CH/EPISCOPVS METROPOLITANVSWOlyfsiponensis, omnibus huius prouin- 
cin gradas ecclcJsiasliciW viris ccclejlem diaini Numinifafflatum íem piternam- 
qne antes fclicitatcm'; e no vciso dj iiiesina fl. V e na VI: ^CAPITA RERVM, !i 
Decretonimq, qua in fiac prouinciali [\ Synodo Olyjsiponen fi con- [\ tiiíentur.' 

.\s VI folhas finais inums. compieendein : ■ Typosraphice errata fie restitaenda», e < Index 
piaa:cipuaruni reruui, qu^e in |1 hoc volnmine continentui -, o qual remata com o se- 
guinte registo tipográfico : EX ANI ONU GONSALVEZ |1 excuforía officina in lucem 
prodijt anno 11 poft Chrirtuin natum Ij 1575. 

O texto das pags. prels. e das VI finais é impresso com tiiio redondo ; e o restante com 
itálico. Como embelezamento da composição tipográfica veeni diversas letras iniciais de 
desenhos de fantasia, abertas em madeira. 

Interessante. Belo exemplai. Muilo raro. 

Conde de Barcellos — Veja-se : {Pedro [D.). 

Conestaggio (Jerónimo Fraiichi). — Veja-se: SILVA (João). 
833— Conimbricense (0). Responsável— Joaquim Martins de Carvalho. Anno 

XX— 18t)7-ti8. Coimbra: 2 de julho de 1867 a 11 de Arjosto de 1862. In-fol. 

gr. 1::. 

São os muns. 2080 a 2196 deste curioso e apreciado Jornal, de muito interesse literaiio e 
bibliográfico. Cada numero insere um interessante folhetim literário, subscrito pelo 
Dr. Martins de Carvalho e com a epigrafe : •^Apontamentos para a historia da typo- 
grafia em Coimbra, desde a sua introducção nesta cidade em Í53í, até ao presente*; 
Este estudo encontra-sc completo nos números que formam a presente colecção.— 
RARO. 



hi'?^ 



O Õ 



3M< 



O^:^ 



228 CATALOGO DA LIVRARIA 



i~4 



í-o 
'Ta 



/S-i-io D 



U^ 



Consolat deis fets maritims (Llihre de), .. — Barcelona, 1592 — Veja-se : 

LLIBHE DE CON || SOLAT. . . 
834 — Constâncio {F. S.) — Novo mestre inglez, ou Grammatica da língua in- 

gleza. . Por .. Paris, Aillaud, 1837. In-8.° de 1V-3I0 pags. E. 
835 — Constant (M. Benjamin). — Conjinentaire sur l'ouviage de Filangieii, 

par... A Paris: Dtifart, M.DCCCXXII. In-8.o de IV-303 pags. E. 

836 ' — Mémoires de Constant, premiei- valet de chambre de TEmpereur, 

^ ^ sur la vie prisée de Napoléon, sa íamille et sacoiir... .4 Paris, Cites 

Ladvocat... MDCCCXXX. In 8 o, 6 \ols. E. 

Obra iiiferess.inte e .T]Meciada. Bom exemplar. 

837-CONSTITVCIONES || DE LA CONGREGA- |i ciun, y Escuela de ClirisK) || 

O O Senor Nueslro, il FVNDADA il DEBAXO LA PROTEC- |i cion de la Virgen 

Maria San- ii tissima Penoia N. |i Y DEL GLORIOSO || SAN FELIPE NERI. 

E.N' EL II Hospital do los Italianos || de Madrid. || || En Madriíl. Por 

Domingos Garcia Porràs. Afio lb'(i3. " Acosta de António de Kiero... In- 
8." peq. de 164 pags., aléni di; duas inums. de «TABLA DE LOS || Capítu- 
los.» E. 

As pag. 3 a 5 inserem a •LICENCIA DJ-: EL \[ Kniiiieiitissimo sefwr Cnrdenal \\ Sandoual 

Arfobispo de Toledo.' 
O titulo encontra-se dentro de ccicadura im))ressa com peqs. vinlietas ti|). oníamciitaes. — 

RARA. 

83K— Constitviçoens da Ordem do Sam Bento destes reynos de l'ort\gal, lecu- 
piladtis, e tiradas de muitas defini(;ões, feitas & aprotiadas nos capítulos 
géraes, despoís que se come^-ou a reformarão da ordem & muytas cousas 
de novo declaradas, & acrecentailas peila aulhoiidade do Sdieriissimo Se- 
nhor Cardeal Alherto, Anhiiitique de Áustria, Lr gado de Lalerc nestes 
ilillos Ueynos. As qiiaes foião recebidas por toda a Ordé no capitulo geral 
q se celeurou im S. Maitinho de Tibães, em 13 de Mayo de 1390. (Ft- 
nlieta com a imagem de S. Bento. — Por baixo): Impresso cõ licença do 
Sancto Officio, <C Ordinário. Em Lisboa. Por António .iluares, Dnpressor 
de liiiros. Anno 1590. In-4 " de front. e jii ff. tniims. (nma de licenças e 
duas de Tavoada) ; eiyi seguida as Constituições com 195 IT. num. na 
frente, exapto nas 4 ultimas, cujas 3 i."^ trasem nina exliortaçam, que 
remata com diversas assignatiiriis, e a 4." uma declaraçam assiynada 
por Frei João Pinto, Abbode de Refows, definidor & relator. E. 

Atribuídas a Fr. Balthasar de Biaga. Peimprimirani-se em Coimbra, 1629, com o titulo 
Vonstituíçõcs da Congregação Benedictina^ . Estimadas e os exemplares completos são 
RARÍSSIMOS. 

Constituições da Ordem de S. Paulo. . .—Veja-se : Regra c CoiiUiluirões de 
if. Aijostinliu Bmpo.. . 
839— Constituições das Religiosas da Ordem dos Eremitas de S. Agostinho. 
Tiradas das Constituições Geraes da Ordem : &o &a. Confirmadas e man- 
dadas imprimir,. , pelo Rev."'° Senhor o Doutor Manuel Nobre Pcreyra. 
Coimbra: Ao Real Collegio das Aries da Companhia de .Jestis, Anuo de llSA, 
In-4.'' de XVI-291-III pags. E. 

Estimadas e pouco vulgares. 

Constituições (Regra e) das religiosas de S. Domingos . .—Veja-se : S. 
Paulo (Soror Margarida de). 



ro 



AZEVEDO - SAMODÃES 22Q 



S-Zs^Q 



840 -Constituições {Primeira parte diis) dos Cnrmflitns Descalgos da Congre- 
gacrio de Portugal. Com a Pegra Primiliva da Ordem, e com o Capitulo 
ultimo das mesmas Conslituições, eiu que se contem as Leis Geraes da 
Congregação. Traduzida na Língua Porlugueza para uso dos Irmãos Lei- 
gos. Lisboa. Na Ojfic. de Simão Taddco Ftrreira. 1817. In-S." peq. de XIV- « 
(2 brancas)-3til pags. E." 

Estimadas e wÃo vulgares no mercado. 

(Courtttut(in'í boo Ounirgos â?iirs... — Veja-se: (Titrttutcis c diiirtitiii(õfs. 
8il — Constltvições dos Cónegos Regulares de nosso P. S. Agostinho dos Rei- 
nos de Portugal. l);i congregação de S. Ciuz de Coimbra. Copilladas das ^-y ,u 
antigas da mesma ordem, & das que nos capitules gerais se ordenarão. ^^^^ /^ ^ C^ 
Impressas por niamiado do cnpitulo gerai, que se celebrou em o mosteiro 
de Santa Cruz de Coimbra o anno de 1599. (Vinlieta em forma de cruz). 
Em Lisboa, Cotn licença do Supremo conselho da Inquisição. Impresso 
por Pedro Craesheeck. Anno M.DC.I (1601). In-4.'' peq. de VI fl'. prels. s. 
n. contendo : front., Proemio c Bulia Confirmationis, a que se seguem 
89 nums. só na frente, com as Constituições, e V inums. de Inde.r das 
covsas princlpaes , . . E. 

Todas as pags., incluindo o frontispício, são ornadas de tarja. Estimadas. Bom exemplar. 
Muito raras. 

842— Constitviçoens dos Eremitas de S. Paulo da Congregaçam da Serra ^^^ /V 

dOssa. (Estampa alegórica grav. a buril (asdgnada : A. P.), tendo no cen- .-^<^ ' ^ ^ 

tro a imagem de S. Paulo e um escudo com as armas do reino ; e em 

volta, mas na própria grav., a legenda: Ordem de S. Pavio Primeiro Her- 

milam. Por baixo da gravura): Lisboa, na Officina de Valentim da Costa Dei- 

landes, Impre.tsor de Sua Magestade. Com todas as licenças necessaria.<;. Anno 

de 1707. In-4.° de XXIV fí. prels. inums., 219-1 V pags. e m.ais XVI fl'. inums., 

de índice. E. 

Muito estimadas e pouco comuns. 

843- CONSTITVIÇOENS :| GERAES!! PÊRA TODAS AS FREIRAS, E RELI- 

GIO- II fas íbgeilas à obdiencia da Ordem de N. P. S. 1| Franciíco, nefta Fa- ^~\ ri / 

milia Cifmontana. II DE NOVO RECOPILADAS DAS ANTIGAS; E 1| acref- ^^"m ^G 
centadas com acordo, confenlimenlo, & appprova- [sic] ç5o do Capitulo Ge- 
ral, celebrado em Roma a II. de Ju- 1| nho de 1639... || . . . || Poem-fe ao 
principio a Primeira 'Ô' a Segunda Regra de Santa Clara ; com a das Re- 
ligioías Terceiras... 1| LISBOA. \\ Na Officina de MIGUEL DES LAN- 
DES,... Anno 1693. \\ Com todas as licenças necef farias. In-4.° de VIII 
pags. (prels.) inums. e 166 nums. E. 

As Vil pags. prels. compreendem: frontispício; -.LICENÇAS .; e Proemio, subeciito por 

«Fr. lodo Mermero>i. 
Apreciadas, Muito raras. Belo exonplar. 

844— Constltulçoens Synodaes do Bispado do Algarve Novamente feytas, e 

ordenadas pelo lUustrissimo, e Reverendíssimo Senhor Dom Francisco y A 

Barreto, segundo deste nome. Bispo do Reyno do Algarve. . . Publicadas /Vj '^ é^-^ 

em a Synodo Diocesana, que celebrou em a see da cidade de Faro em ' ' 

vinte e dovs de janeyro de mil e seiscentos e setenta e três. ÉVORA. 
Com todas as licenças necessárias, na Impressão da Universidade. Anno 
de i\L DC.LXXir. (1674). In-fol. de II lY. inums., 554 pags., mais XLVIII IV. 
inums. para o ÍNDICE DAS CONSTITUIÇOENS, e 86-11-24 pags. E. 



230 



CATALOGO DA LIVRARIA 



As ultimas 86-11-24 pags. inserem, lespectivaniente, o Livro único do Regímenlo do Au- 
ditório Ecclesiastico do Bispado do Algarve- e o ^Catalogo rios Hisnos do Algarve^. 
O frontispício é tarjado c iniptesso a j)reto e a veriuelho. Apreciadas. Multo raras. 

S45— Cõllituições finodaes i] do Birpado Dangra. {Lirbun) Anno KitítJ. 
[Do frontispício dainim n c.vncla rcj^rodvnhj fotú-zincMjráJica que ^cpte) : 




oo 




(O original mede 359X160""" ) 
Iii-foL lie Vlll II. (prels.) inums., 89 nums. n;) fienie e mais IV imims., 
finais. E. 



AZEVEDO -SAMODÂES 231 



Na frente (o veiso está em branco) da primeira folha preiiiiiinar o titulo ou portada repro- 
duzida acima ; nas ff. II a VII a 'TA VOADA DESTAS CONSTITVIÇÕES-, c na VIU 
o PROLOGO-. (Começa assim : DOM lORUE DE SANTI- ;| ago per nierce de Deos & 
da fania ygreja de |, Roma Bifpo Dangra & lilias dos açores, do li conTelho Del rey 
iioffo fenhor, &c. Aos reue- ' rendos Dayão, Dignidades, Cónegos, & cabi- „ do da 
iioffa See & ygreja cathedrat da cidade \\ Dãgra, & aos vigayros....» — e termina; 
'... ordenamos, & mandamos, que daquy por ciiãte Tc cum- Ij prão & guardem inteyra- 
rrrente em juyzo & foradelle em louo efte li noffo Bifpado Dangra. & por ellas fe vfe, 
julgue, e determine. For bc „ do ipial reuogamos, extinguimos. & annullanios qnaelquer 
outras 11 constituições, coftnmes, vifitações. prouifõees, & aluaras, affi nofsos i, como 
de nofsos antecefsoies. que forem em contrayio defias nofsas conftituições, que 3ani as 
feguiníes .). 

As Constituições compreendem XXXV Titules c correm de folha I a 89. Seguem-se-lhe, 
nas IV ff. ínums. finais, estas outras peças : CÂNONES [1 Seguenfe os Cânones peni- 
tenciaeS'. Por baixo : ^Seguenfe os cafos refervados ao Pa])a>, os quais são, ao todo, 
XX' e vão terminar, a liíeio da frente da quarta fl., pela declaração : «Fim dos caTos re- 
fervados ao Papa>. Na restante parte da frente da fl.: «Seguefe os casos da Bulia da cea 
do Sentior, que cada anno fe pubricam em Roma na Quinta feira de laua pees,= 
que fam mais eftrritdmente referuudos a " fua Sanctidade . Terminam no verso 
da mesura fl. com a usual indicação ; <rinis>^. e segue-se-llies uma declaração ácêrca 
de deternrinados pontos obscuros que o texto das Constituições oferece. Dando leniate 
a tudo isto, vem. fin.dnrente, o seguinte registo de logar e de data da impressão : 

r*rioimpreí1iueftuCon(litui^óein3 muyio nobre &(ènipcelcal 

cidade de Lii boa,pet loío BUuio Je Colonia,por nunda. 

dodo iDuyto inagoifico Sc muyio rcuercDoo Icobor 

dom lorge de Saonago.da ordem de fam Do- 

mic^ot,Birpo Dangra & Ilhas dos A^rts, 

docoolelho delRey. rioíTo íenoi . 

Acaharantr ttaotat diat 

do met de lancyro 

de 1)^0. 



(O oriíjinat mede 52x140""") 

O escudo d'armas que adorna a portada do livro, é o de D. Jorge de Santiago, ao tempo 
bispo de Angra e Ilhas dos Açores. 

A impressão, bastante nitida e perfeita, é esmaltada com numerosas e interessantes letras 
iniciaes figuradas, abertas em madeira. 

Os exemplares desta primitiva edição (consta que uma reim)iressão foi dada, ha antios. no 

Archivo Açoriano, periódico católico de Ponta Delgada) são de EXTREMA RARI- , 

DADE : nem mesmo, que nos conste, se conhecem, além deste, mais que dous ou 
três exemplares. 

.\ portada e algumas das leiras iniciaes deste exemi)lar apresentam diversas legendas latinas : 
umas a tinta preta, outras a vermelha, as quaes, porem, se nos afiguram escritas á 
pena — e não impressas, como se depreende da noticia que do exemplar o Visconde de 
Azevedo enviou a Inocêncio, e que este bibliógrafo insere no seu Dic. bibt. tomo IX 
<segimdo do Supplemento), pag. 37. 

846— CONSTITUIÇOENS || PRIMEYRAS ll DO i| ARCEBISPADO DA BAHIA H .. 

Feytas, í-= oftienadas || PELO ILLUSTRISSIMU, E REVERENDÍSSIMO SE- Zl^^liõd 

NHOR II D. SEBASTIÃO MONTEYRO || DA VIDE, || Arcebifpo do dito Aice- --^ ^ ^"^^^ 
hifpado, & do Confelho de |1 Sua MageíLade, || PROPOSTAS, E ACEVTAS 1| 
EM O sínodo DIOCESANO QUE O DITO SENHOR || celebro em 12. du Ju- 



232 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



nho do anno de 1707. || (Logar de vinheta de caprichosos arabescos e 
tendo no centro um peq. escudo d'armas reais portuguesas) 1! LISBOA 
OCCIDENTAL, II Na Ofjpcina de PASCOAL DA SYLVA, \\ Impreí/or de 
Sua Mageítade. || || M. DCCXIX || Coni todas as licenças necej fa- 
rias. In-fol. de XX pags. (pieis.) inums. e 618-187 nums., afóia uma em 
branco, final. E. 

As XX pags. prels. compreendem : titulo (impresso, a linhas alternadas, a preto e a ver- ' 
melho) (pag. I-a II está em branco); Exortação ou Pastoral do Arcebispo da Bahia 
D. Sebastião Monteiro da Vide (subscrita no fim: «S. Arcebifpo da Bahia.») (Ill e 
IV); .índice 11 DOS TÍTULOS QUE SE CONTEM NOS CINCO \\Uvros tias 
Coiiftitiii(õens do Arccbí/pado da Bailia.:^ (V a XVIII); «LICENÇAS. (Do Santo 

■ Officio.-Do Ordinário. -Do Paço.) (XIX e parte da XX); e ^PROTESTO |1 DO 
PROCURADOR DA COROA., (restante parte da pag. X.X). 

.\s pags. 1 a 470 são ocupadas pelo te.xto das Constituições propriamente dito, texto que 
é dividido em cinco Livros; as 471 e 472, pelo: «TERMO ; DE COMO SE CONFE- 
RIRAM : AS H CONSTITUIÇOENS ', DO ARCEBISPADO DA BAHIA, ,1 &« pre- 
fença do lUuJtríffimo, C^ Reverendiffimo Se:ihot \\ Arcebijpo, ^~- dos Procura- 
dores do Reverendo Ca- 1 bido, £■ Clero.^; as 473 a 593 (a 594 está em branco); pelo 
«ÍNDICE; DAS 11 CONSTITUIÇÕES II DO ARCEBISPADO DA BAHIA..; e as 595 
a 6IS, pela: RELAÇAM 1| DA PROCISSAM, E SESSOENS |1 do Synodo Diocefano, 
que fe celebro na Santa Sé Me- 1| tropolitana da Cidade da Bahia em 12. de Junho 
de li 1707. dia do Erpirito Santo, & nas duas Oytavas 11 seguintes, presidindo nelle 
O... SENHOR!, D. SEBASTIAM MONTEYRO DA VIDE, |1 Quinto Arcebifpo da 
Bailia.^ (Remata com um llorão-ou marca do impressor? -tipográfico, decorativo). 

As 11-32 pags. imediatas inserem: uma espécie de rosto, no qual se vêem os seguintes 
dizeres (frente da folha) : ..CATALOGO !i DOS || BISPOS li Que teve o BrafU até o 
anno de 7676. || EM QUE A CATHEDRAL DA CIDADE DA BAHIA H foy elevada a 
Metropolitana, & dos Arcebifpos que[|nella tem havido, com as noticias que de 
huns, & II outros pode descobrir |1 O... SE.MHORUD. SEBASTIAM MONTEYRO 
DA VIDE, II .... (pags. 1 a 32). 

Nas 118 pags. finais vem, com frontispício próprio, o «REGIMENTO || DO || AUDITÓ- 
RIO || ECCLESIASTICO |1 Do Arcebijpo da Balúa, Metropoli do Brafil\\ & 11 DA 
SUA RELAÇAM, E OFFICIAES DA JUSTIÇA!] Ecclesiastica, & mais coufas que 
■ tocaõ ao bom governo do II dito Arcebifpado, II ORDENADO PELO ILLUSTRISSIMO 
SENHORllD. SEBASTIAM MONTEYRO H DA VIDEI, ... H (Vinheta igual, -senão a 
mesma, -que vem no frontispício das Constituições) '| i/SBO/1 OCCIDENTAL\\Na 

Officina de PASCOAL DA SYLVA, Impref for de Sua Mageftade,\\ \\Com 

todas as licenças tiecef farias. M.DCC.XVIII. O texto vai até á pag. 185, decorrendo 
nas 1S6 e 187, o .ÍNDICE ' DO H REGIMENTO.. .. 

Os textos são enriquecidos com abundantes notas e citações marginais; e os índices im- 
pressos a duas cols. por pagina. 

Primeira edição destas clássicas Constituições da Bahia; enriquecida com uma bela gra- 
vura de ante-rosto (L F. Benard. dei. et Sculp.), a qual figura um porticulo com al- 
çado : Servindo de fecho o escudo d'armas do Arcebispo D. Sebastião Monteiro da 
Vide ; na base do mesmo fecho uma peq. gravura reproduzindo uma das Sessões do 
Synodo ; e ladeando o fecho vêem-se as figuras da Fé e da Caridade (?). No centro 
dos lados laterais, entre duas colunas, quatro medalhões (dois no lado esquerdo e 
dois no direito) com os bustos dos primeiros quatro Arcebispos da Bahia (D. Gas- 
par Barata, D. F. Jo.ão da M. de Deos, D. F. Manoel da Reasoreição e D. João 
Franco de Oliveira): No centro do porticulo, sentado em uma cadeira, o Arcebispo 
D. Sebastião Monteiro da Vide, que segura com a mão esquerda um exemplar das 
Constituições, exemplar que se acha aberto e descançando sobre a perna esquerda 
do mesmo prelado. Na parte inferior da gravura, também abertos a buril, os se- 
guintes dizeres: .PRIMEIRAS CONTITUIÇÕES SYNODAIS |1 Do Arcebispo da Ba- 
hia'l Feitas e ordenadas pelo It."" e Rev.'<"> S."' Sebastião Monteiro \\ da Vide 5." Ar- 
cebispo da Bahia, do Conselho de S, Magestade. 

Muito apreciadas. Edlç&o rariBsima. Belo exemplar. 



AZEVEDO -SAMODÂES 233 



847— CE?^"'l"tituiçõr6 Síi nrrr- !! liifpníin ^c tírniin. 

Este litulo, cm duas linhas, na base de elegante portada rudimentarniente gravada em 
madeira (é a que foi empiegada anteriormente no rosto da primeira edição das Cons- 
tituições rie fi'íírrt — veja-se adiante, no artigo respectivo, o ■fac-simile» que d'ela da- 
mos). No alto da mesma, dentro de coroa de louros e sobre fundo em branco, as 
iniciaes emblemáticas da Companhia de Jesus : I H S ; e no centro, também sobre 
fundo em branco, o escudo d'armas do Cardeal Infante D. Henrique, então arce- 
bispo de Braga. 

No verso da ultima folha, como que em remate do texto, o seguinte registo tipográfico: 

c^o:am acabadas tycintp^imív 

citas cõfhtujçócõ ciueadadcoe iLúboaç ^smú 

g3lt?arclcfraiKe!j.|0crmádjdoooinuftO3lto 

1 muitocrcelf K pncf pc o fcnho: iftntc oó 

Snriq eleito arcebifpo fcntx»; 6 b:3 

gapmasoaácfpanbascomc 

djtaríoi ppctuoadim 

niftrado: ooniof 

Kiroozrita 

£ru5 

+ 

Occoimb^ía.trT.ci360omeeôm.^vo 

o£roiliqnl?éto9 trrúita-zoYto "^ . 

aiinos. 

(O original mede lOaxllT""") 

Tn-fol. de X IT. (preLs.) inuras., incluindo a portada, e IJíJEJfgiJyí niuiis. 
na frente. E. 

Na frente (o verso está em branco) da primeira tolha prel. a portada; nas II a IX a 
«TnUOnímSfftnS riluftÍtllÍÇÕf6.; e na X oíJrologtl., o qual começa desta forma : 

JltOm niiriíiur Dfníitc íc portiignl y mrr '| (t ir irns ri, M fanta 3grrin 
ôc Homn II rlcití nrirliilvui |"íitl)or IS fiiniin ^ivimnj ii fins (C-fpniilins. . . 

-e termina assim:... (? VOl' fl- II lUS / 1 linill polhlS fllttignS ff ufc julflur 

ri fiftcrmitir : fcm fiiilnu- H rh fios caflimirs prtuiifífs /t nUinrns luilToí 
ou fir norros ««tí || cffforcs fir (lunlqiifr iitinlifinfir fif mitcs fin (.ntlilt- 
raçn firllns paf- II \aòííi í\ut U\am fiii roíitmiio. Vor iiiir nos ptrn t|lci 
i'.. Ijnuc- 1! mos tofios a cnfinliu firllrs mnit ríprrrfnmctf por rnioflnfios 
li O) nimllnfios. ® ns roíiflituiçõrs fnm ns írgiiiiitcs. 

As Constituições, que compreendem rfíUJ StiíUlOS, por sua vez divididos em maior 
ou menor numero de (EoiIStttlltÇÕCS, decorrem desde a frente da Fo. 1 até parte 
da frente da tol. LXXXIV, ieto é, desde a frente da l.a até á frente da ultima d.as 
folhas numeradas. Segue-se-lhe a declaração : 

CE íorom lifins /i viilTiiofins ns foturfitlns lõltituiçõfs com , nrorfio 
ri, loufrlljo fio 110)10 cnbifio fiiuifinfirs roíiriios brntfi || tinfios /i» rlt- 
rEjin fio noffo nrtcbilpnfio N bfngn : ri, tm priTcnçn || fie tofios cllís 



/£0/^' 



234 catXlogo da livraria 



^qí 



D O 




rm lio riiio6a ii iflrluniiins iin unrin ijgrrin lur- ii trnpílitnim : naí 
rtiij. Sins íin iiifs ^r IffiMiilini ^c mil n., qulini- 1| tos a triutn /j fflc 
nnnos. 

outra com a indicação de que iodos os vols. serão assinados no fim pelo iirovisor e 
que cada um se não poderia vender por mais de cem reales ; outra registando o nu- 
mero de cadernos de cada volume e ff. que cada um contem; outra com a inumera- 
ção das erratas, e, finalmente, o registo tipográfico reproduzido acima cm fac-simile. 
São em numero de onze os cadernos de impressão que formam o volume: o primeiro 
contem 10 ff. e acha-se rubricado no pé das seis primeiras : ►E (esta rubrica vem na 
il. imediata á da portada, á qual pertencia, mas que não a apresenta), f^ Ú\, 
\if tttj, (5 U, ►!< Uf ; nove de oito ft., rubricados nas quatro primeiras de cada 
imi: ^, ^ ii, ^ iij, A iiij a 3, 3 if, 3 iij, 3 ttij, ? iiiij ; e, finalmente, 
dois de seis (t., rubricados nas quatro primeiras: fi, flij, fl iij, Í\ iiij e í, 

£ ii, í «ii- 

A impressão, primorosa e habilmente executada com caracteres CJÓTICOS, é esmaltada 
com lindas letras iuiciaes, de curiosos desenhos de fantasia e abertas em madeira. 

Edição original, e única, das segundas Constituições do Arcebispado de Braga (I). Os 
exemplares, nmíto presados dos coleccionadores desta espécie de livros e também 
dos bibliófilos em geral, são extremamente raros, e porisso mui difíceis de encon- 
trar no mercado, onde so de longe cm longe aparece um ou outro á venda. 

Ao nosso exemplar pode dar-se a classificação de bom, pois que, salvo umas bem exe- 
cutadas recomposições nos exteriores da portada c de uns ligeiros concertos no 
canto inferior de qiiatrti ou cinco if-, está muito bem conservado. 

848-CONSTITUIÇOENS SYNODAES DU AliCEBISPO DE BRAGA, Ordena- 
das no anno do 1030. PELO ILLUSTRISSIMO SENHOR ARCEBISPO D. 
SEBASTIÃO DE MATOS E NORONHA : E mandadas imprimir a primeira 
vez PELO ILLVSTRISSIMÒ SENHOR D. JOÃO DE SOUSA, Arcebispo, & 
Senhor de Braga... (Viuheta tip.) LISBOA, Na Ofpc. ile MIGVEL DES- 
LANDES,... Anno de 1607, In foi. de XVI ir. (prels.) iniims. e 811 
pags. E. 

A frente do frontispício encontra-se uma linda e elegante portada, hábil e primorosa- 
mente aberta em chapa de cobre (assinada; CteinS^ B.). É embelezada com diversos 
escudos, entre os quais o das armas de Portugal ; com as figuras da Fe e da Cari- 
dade, e com quatro medalhões onde se vêem os bustos do Pontífice João XXI, do 
Cardeal rei D. Henrique, de Portugal ; do Cardeal D. Jorge da Costa, e de D. 
Bartolomeu dos Mártires, Arcebispo de Braga. 

Apreciadas e RARAS. Excelente exemplar. 

«49— CONSTITVIÇÕES i! Extrauagãtes, do Bifpado de !| Coimbra.— Comftm... 
Aí. D. LXVI {1566). 
(Ho frontispicio damos, em folha aparte, a exacta reprodução foto-tincn- 

iiráficii . 
In-fol. de .\ij folhiis numeradas na frente (o veiso da ultima está em 

branco). E. 



(1) Das primeiras, publicadas sem indicação de logar nem de data da impre- 
são, que no emtanto se supõe efectuada cm Salamanca, por volta de 1512, conhece-se 
hoje somente um único exemplar, o qual, infelizmente demasiado aparado e parece 
que falto de uma folha, se encontra na Biblioteca Publica do Porto, onde, mui cri- 
teriosa e justificadamente, é guardado como uma das mais autenticas preciosidades 
bibliográficas portuguesas. 



constitviçoe 

ExtnuttgáteSjdo Birpadode 
Coimbra. 




ImpcdTaí em Coimbra. 

Torfoam de 'Birreiré ImpreJ^or MT o 5^^^ S. 

M. D. LXVI. 

! Fac-simile » do frontispicio da obra descrita sob o n." 849. O originul 
mede 247 x 155 mm. 

(Pag. 234) 



AZEVEDO -SAMODAES 



235 



Ma frente da primeira H. o titulo ou portada reproduzida acima ; no verso da mesma, 
um Prologo», que principia desta forma: «DOM lOAM SOAREZ DALBER- H garia 
l^or mercê de Deos & da fancta igreja deli Roma Bifpo de Coimbra... Avos os re- 
uerendos Dayam, Dignidades, Cónegos & Cabidos... Fazemos saber. ..»-e termina 
assim : •-. . . & por ellas fe julgue & deter- W mine, & não pelas antigas, em quanto fore 
contrairás a estas, ficando elas ; em todo o mais em fua força & vigor, fem embar- 
go de coftumes, prouisões, ,1 ou aluaraes norfos paffados em côtrairo antes das pre- 
lentes conftituições, |1 por quanto os auemos por reuogados. E as constituições (ani 
as leguintes.:. ; nas ft. ij a .xj, o texto das Constituições, as quaes são em numero de 
xxviij ; e, finalmente, no alto da frente da xij esta declaração: 

E para que no impreíTam deftas extrauagantes que ora manda- 1| 
mos imprimir fe não pofla acrafcentar, nem diminuyr coufa ai- || gúa 
mandamos que lhes leja dado fee & credito, fendo cada volu- 1| me 
no fim por nos aílinado. E não fendo aflinado por nos lhe || não fará 
dado fee nem credito algum.» 

E por baixo, em «fac-simile», a assinatura do Bispo Conde. 

O texto é acompanhado de notas ou citações marginaes. Os litulos das diversas Consti- 
tuições são impressos com caracteres itálicoF, c o restante texto, com redondos. 

As seis primeiras ff. apresentam na margem inferior, um pouco á direita, as rubricas : 
A ij (á primeira II. pertencia a rubrica A, porém, não a apresenta), A iij, A iiij, 
A V, A vf. 

Estas Constituições são as feitas no Syiiodo celebrado na Sé de Coimbra aos 18 de no- 
vembro de 1565. 

A presente edição passou ignorada de todos os bibliografos até melados do terceiro 
quartel do século passado. Quem, ao que parece, dela liouve primeiro noticia foi 
Fíganière-pelo menos é isto que se depreende da noticia que da mesma edição d.i 
Inocêncio no seu Dic. bibl., tomo " (segundo do Suppleuiento), pag. 88. Essa no- 
ticia reza textualmente assim : 

• O sr. Figaniere me communicou ter visto na livraria do .Arquivo Nacional um 

volume de outras Constituições, diversas de todas as indicadas, e tendo por titulo: 

^^Constituições extravagantes do bispado de Coimbra. Impressas em Coimbra, pôr 

João de Barreira 1566. Foi. de xij folhas. — Não \\, nem sei que mais alguém accuse 

a existência de outro exemplar.' 

Do transcrito resalta, de uma forma evidente e positiva, a extraordinária raridade 
dos exemplares desta preciosa edição. Que nos conste, nenhum outro exemplar tor- 
nou a aparecer em qualquer parte, além do mencionado pelo Figaniere (que não 
sabemos se existirá ainda no local por esse bibliógrafo designado) e d'èste que 
apresentamos agora. O exemplar encontra-se optimamente conservado, mas infeliz- 
menle falto da ti. v e da xj, sua colaça na ligação que as duas tinham no caderno. 
Apesar deste senão, é exemplar que se pode reputar verdadeiramente precioso e 
uuiitissimo estimável. -De extrema raridade. 

As primeiras (ííltlSÍituiçÕf 5 ílOtipbll (sic) ôf Coillllun fcijlns pollO IlIlIlJtO Tf- 

iinniíin r mnguititíi r-ruluu- ^únI gorgc Snlmnjiin... -foram (iriiiprrssns 
íui n nobtt c síinp leni rtftnSc ^r flrngn pns (sic) Sns fs;;nnijnB... ^Jrr 
1'." iillj nlroforníici oos AOJiii bins iio inrs ic iimiébra Anna òa unri- 

llIflllO iiruOliSCi Scíior iljll rpn íir mil a HlliltljétUâ X JfJ3, e constituem um 
4.0 de 31 folhas, impressas com caracteres góticos. Os exemplares são da maior 
raridade. (Veja-se a noticia que delas dá o sr. Augusto Mendes Simões de Castro no 
Boletim bibl. da Bibt. da Uni:: de Coimbra, n.o 4 -Abril, Ano II, 1915, pags. 
W e seguintes; noticia essa acompanhada d' um «fac-simile» do frontispício e de 
uma II. do texto).- Reimprimiram-se mais tarde, com o titulo: (CollStitUiÇÍrS iSlJ- 
ItOÔnrS 6o bispnôO òt Coimbrn. iiigjeggJJ^ (dizeres estes que vêem den- 
tro de portada grav.ida), em ... ffiíujiiibrn por %m òn bnrrnjni f Ifono nl- 
unrej cmpirssurts &n guiiiírsiônac, r forn lunbníns nos òo\e òia» 



23Õ CATÁLOGO DA LIVRARU 



^ol<> ^ 



òa lllf! Sf nilOStO ^f ltlI1A"£|ta;iJ, in-fol. de Vl-Cmjff., aqueseseguemmais 
XIUJ com o |U'flÍmCUtC ^^l àniitoriíi. l'; também em gótico. 

830 — Consfifviçoens synodíies do Bispado de Coimfua. — (Segtie-se uma cu- 
riosa estampa de ornato, tendo no centro o escudo darmas do Arcebispo, 
e na base a leginda : — Alfonsos dei rjratia episcope conses.— Iõ91.). Feitas 
& ordeniidas em Synodo pelo Illnstrissimo S(">r Dom AlTonso de Gastei Brãco 
Rispo do Coimbra, Cõde de Arganil, &• do Cuselho dol Rey N. S. Sc. E 
por seu mandado Impressas em Coimbra por António de Mari^ Impres- 
■.sor da Vniversidade. Anno. 1591. In-fol. peq. de Xlí IV. inuiii.s. contendo 
front. Prologo c Taíioaí/a; seguindose as Constituições com 231 IT. nums. 
na frente; em 2 IT. mais s. n. as Emêdas e a 2.»^ com a indicação do dia 
mez e anno em que acabou a impressão. Vem cm seguida : Regimento 
dos Ojjiciais do .Avãitorio EcclesiaHico. Do Bispado de Coimbra. (Km 
tudo o mais fiont. pgual ao das Constituições, á excepção da data que é : 
Anno 1592.) Com 58 IT. também nums. na frente. Em nm vul. E. 

Edição lambem estimada .A miiiieração das pags. apresenta varies eiros. 

851— Constltviçoens do Bispado de Coimbra... E novamente impressas no 

anno de 1730 com hfi novo index á própria custa, v*i despeza do Doutor 

_. . Panteleão Pc-reyr.i de S. Paio, Cónego PrebeJidado da Santa Sé de Coim- 

'' ^ 0'ÍtL'^ C-^ '^'i? ^'^■' ^^- (estampa imitativa da que vem no front. da edição anterior). 

^'^- Coimbra: No Ikal (ollegio das Artes da Companhia de Jesus. Anno 

'1731. In-fol. tendo alem do front. uma fl. de prologo, 10 com o índice dos titulas. 
440 com as Constituições a que se segue : Regimento dos Offiéiaes do Auditó- 
rio, com front. especial adornado com a mesma estampa que vem no I ." IJn, na 
mesma impressão. .Anno 1728. Oe 128 pags. e uma fí. de Erratas e outra 
de Licenças. Em um vol. E. 

Bom exemplar. Não vulgar. 

852— Constltvições (Primeiras) Synodaes de Bispado d'Klvas. Feitas & orde- 
nadas pelo Illnstrissimo & Reuer.""" Senhor Dom Sebastião de Matos de 
/T^ ^ í/ ~\ Noronha, Quinto Dispo lie Eluas & do Cons.° de sua. Mag.deS. !Mí/. rfe ?., «. 

I 2.'P' O O gig ^l^^f^ (j(j impressão (Licenças: 1634). In-fol. de XlI-215 pags. 

O titulo acima acha-se no alto de elegante e artística portada gravada contendo diversas 

figuras alegóricas e os retratos dos cinco primeiros bispos d'Elvas. 
Ás Constituições segue-se, com frontispicio próprio ; 

Relação do Bispado de Elvas. Com livni memorial dos .senhores 



Bispos que o goiíernarão. Composta pelo Dovtor António Gongalves deNo- 
uais, Cónego Penitenciário na Sé da u.e^ma cidade, & escriuão da Camará 
do Bispado. (Escudo d'armas do Bispo, igual a um que vem na portada 
das Constituições — gravura por J. de Covrbes). Em Lisboa. Com as licen- 
ças necessárias F'or Lourenço Craesbeccli: Impressor do fíeij. .Anno Dni. 
M. DC. XXXV. Infol. de 35 i>ags. nums. na IVenie:— As duas obras em um 
vol. E. 

o texto desta Í?e/affl0 é adornado com brasões d'arraas primorosamente abcrios a buiil em 

chapa de metal por J. de Coiirbe. 
Estimadas. Multo raras. Bom exemplar. 



AZEVEDO - SAMODAES 



237 



853— Ç^ €(f)ll§(r3(!rB3<!l(0(!F|ta 11(0 |1 tóJ^II^IKO ÇOT-Umí^.— íirluin, lô^J. 
(Da portada flamns a seçpnnte exacta reprodução foto-sincografica] : 




^/ô;/, 



o s 



(O oriyimú mede •'SOxlW'""') 

In-ful. (1(! X li. (prels.) iiiums., Iíímíj nurns. na frente e mais urna imuii., 
final. E. 

Na frente da primeira folha i)rel. a portada reproduzida acima em •fac-simile"; do verso 
da mesma fl. até ã fretite (verso em branco) da IX a * ^T ÍTrtUOflíífl itcTtítS Coilf- 
tttUt(Õífl»,.e na X o «ÍJrOlíOÍ''* 



238 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Nns IrrUtj folhas iiumrs. o (exto das CoiIStitUiÇÕrS, n qual compreende rrrtj ®ltU" 

lOô, que, por sua vez, se dividem em varias C£lllSlÍtllÍ(Õr6. 
Xa frente (o verso está em branco) da folha inuni. final o seguinte registo tipográfico, que 

repioduzinios eni <fac-siniile» : 

«f o:am acabaoaè oe Jmpzimiv ef 

tfl6 £onftítuisóc6 an ba adade oc i£.irboa:po2 iSer 
» inam í&al^ard' ^r9CC0.i^crmáoaoo oo muito 
alio T muito ercdente (0jíncipcifenl?oi(jo 
f«il?02 Caroeal Jffante DC fjboaugaL 
2trcebi(po oe Hirboa. JÍ^)erpcaio 
SominilTraoo; oo fi^ifpaoo ' 

uriooomocftd 

baça. ' 
+ 

ll.tTq.0ia6oomeeM.9o» 

'mbio.ZInno x ObQ ' 

1 quinlpaitoe « 

irintat^ 

. 00. 



t>.folbii6navo(fa.d?o.lRan.cmmCTi!>aooaa0. mú| (blbfl0 
na voltaqueo^^tÉin-fpoanmefi 0300330 folpflfl,U):.n« 
vditaqae DÍ5. Ac^ n-adkd.poiq tooo íc^poi i^«r99oe« 

(O originai mede lefiXlSO""") 

e por baixo esta declaiação ou esclarecimento a determinados pontos obscuios que o 
texto apresenta: 

llniii fnçn 6iuiiiin liu... (\ut c|'tn pofto pm fiilrdinluui uns. || ». 
foilins iiii imltn. 0"l|ii. ilfiii. rniiiKiiônftos nns. rriit). fiilljns ,' nu 
ooltn qiir iiijin. jtnii. (C-ljn rmmciiinim iíús fciUjns. Irr. mi || unlln 
qur íiij. (| rmifrn rllts. porij to6o fr fí? por ^)^rili^^t. 

Do Prologo incerto, como já registamos, na ultima das X folhas prels., exliactamos, a titulo 
de simples curiosidade, as seguintes elucidativas passagens: 

Çíim Affunfo por iiicnc 6c Srus : t ôn fnit , tia igirjn iic Komn 
(Cnrícnl 6r Sã aras li JtTniUr Sc yortuflnl: ^rccttifpn Sc íif, bon : 
perpetuo namiiiUtrnSor po hifpn- 1^ bo Oruorn n, comiiiciiôntnrto do 



AZEVEDO - SAMODAES 



239 



moer- |[ tetro pnlrobníit. /tr. a uos Çnijõ -t 0"n inU n.' lu-uelirin- 
>(i6 ia iiorm "inifja Çr-Uiora: n t(I^»llos vniores : uiflaivoâ... 
Snu&c cm ^ílu ilirifto... flS i mnuSnmos piililinu (as Constitui- 
ções) : em o ri)iui>o iiur lunn in-rtn igrejn Çf ] iioni n. rrui}. tos Sn 
liies Se i«ai|o Sc IH.S.írritij. rom Ijrt U ijrnçn /t Seos cclcbromcs. 
(D fcuBo )jer lin Sirtn ílcrcjtn Br loSo || Ijn SifvnSo : nitc nellc foi 
juiitn nircptiiSiis a iHipiounBoí : tonto || jiiftns /!■ honcflns : iinm 
rontrnúní nos l"nuiiO'.í innoitrs : os mmiSniiios imprimir iteftr uohi- 
me. C- nitcmoa por brm : nj com |1 npproitnrnm So fngrnSo fijirnSo : 
mnSnmos ii«c Smiiii cm Sift 1| te |c tumprnm : ry iiitnrBcm iiileirn- 
mêiile lio Sirlo iio)"fo tiilpoSo || geiiorn: em jitijo /^forn Sellc: /l ;)er 
elins: t iiom vcUns oittiiins || ff ole: iuliiitc : .t Setnrminc... As 
iliines lõflititiçôcs fnm os legitiiílcs. 

o volume compreende onze cademos de impressão: o piimeiío contem dez ff. (as preis.) e 
está rubricado no pé das cinco primeiras : í* «j (á primeira fl. pertencia a rubrica >!<, 
porém não a apresenta), fb itj, >-pttÍj, ^ V ; os nove imediatos oito ff. cada um, 
rubricados na fiente das quatro primeiras : O, (l tj, fl UJ, It iUj a t, i H, i «'J. 
i itij ; e o onze e ultimo, seis ff. somente, rubricado nas ti es primeira: », V. ij, 
It iij. -Nas rubricas não foi utilizada a consoante/, pelo que não existe cadetno com 
cia rubricado. 

Esiaé a primeira e mui raríssima edição das Constituições s>Miodaes po bispado de Evoía. 
A impressão, simplesmente :idniiravel, é mui hábil e nitidamente executada com formo- 
síssimos caiacteres QÓTICOS, de vários tamanhos. Esmaltando o texto vem numerosas 
e artísticas letras iniciaes de caprichosos desenhos de fantasia, gravadas em madeira. 

Os exemplares podem considerar-se verdadeiramente preciosos, pois são de extrema rari- 
dade. Além do que apresentamos, apenas se conhecem mais três ou quatro, um dos 
quais impresso em pergaminho, mas este, ao que parece, falto de três das dez folhas prels. 
que no nosso se contam. Inocêncio, dcscreveudo-o no tomo IX do seu Dic. bib!., so- 
mente regista sete dessas tolhas. Porem, -e isto lembra o dito de que na roseira nem 
Indo são rosas -também por sua vez o nosso exemplar, embora optimamente conservado, 
se encontra falho de quatro ff. primitivas, ou sejam as Ij a liiij, as quais estão substi- 
tuídas por outras de copia muito bem executada á pena, e decerto feita no século XVIII. 
Apesar d'isso este nosso exemplar, por sua admirável beleza, pode refutar-se de muito 
apreço e valor. 

8o'i-CONSTITVIÇÕES : DO ARCEBISPADO DE ÉVORA, || ORIGINALMENTE 

FEITAS POR MANDADO i| do Illuftrilimo & Reverendilinio Senhor dõ loaõ o, ^^ Z' 

de Mello Arcebifpo do dito Arcebilpado. 1| Anno M. D. LX. V. || E ORA IM- (^ Sm,-' O 

PRESSAS OVTHA VEZ POR li mandado dõ lUiiftrifsimo & Reuerendifsiiiio 

Senhor Dom loíeph [1 de MeUo Arcebilpo de Euora. H (Logar de escudo 

d'armas do mesmo bispo; primorosamente gravado em chapa de cobre) || 

£iV MADRID, 11 Por Toa as Ivxti. impreffor dei Rey N. Seiwr \\ II 

Aiio M. DC. XXII.—ln-fol. peq. de VIII tT. (prels.) inums. e 90 nunis. na 
frente. E. 

As VIII folhas prels. inums. compreendem o front., Tauoada e duas provisões de D. João 
de MeUo. O texto das Constituições remata com um novo registo da impressão. -Es- 
plendida edição; muito rara. /^ 

8.õb-Constifuiçoens. Id., id. id. Novamente impressas por Ordem do Ex.""» /^)^SO 

e líev.m" SLiihor D. Fr. Miguel de Távora da Ordem dos Eremitas do S. /f 
Agostinho Arcebispo de Évora. [Escudo d'armas d'este arcebisjio). Évora. JS« 
Of^c. da Lniversidade. Anno M.DCC.LIII (1753). In-fol. de XX-192 pags.— 



^40 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



Qoê^o 



O 



Se(;vc-se: Regimentos do Auditório Ecclesiastico do Arcebisimdo de 
Évora, He, &c.— In-fol. de 284-3 p;igs. — As duas partes em uvi vol. E. 
850— Constltvições synodaes do liispado do Fvnchal : Com as extrauaganles 
noiíamente impressas por mandado de dom Luis de Figueiredo de Lemos 
^ (^J f\ O Bispo do dito Bispado. (Escudo darmas do mesmo bispo]. Com licença & approvii- 

_yZ "^ çào do Conselho geral d i íijuta Inqnisição & Ordinário. Em Lisboa. Impresso 

por Pedro Craesbeeck. Aitno 1601. In-fol. peq. Comprehende : front. (no rerso da 
folha as licenças ; vma folha com a Provisam do bispo ; noro front. conforme ao 
da 1." edição, tendo no centro o escudo d'arvias do lispo D. Jerónimo Barreio; 
uma [l. que trás, na face, uma exhortação du mesmo bispo ao Cabido da Sé do 
Funchal, e no verso as Erratas. Vêem depois as Constituições, que occupam 1S8 
paijs. ; e VI ff. invms. de laloada a que se seguem ns ConstitviçSes du bis- 
pado do Funchal. . . [em Ivdo o n.ais egual ao 1." front.) em òJ paijs. ; segvin- 
du-se-lhe a Taboaãa, im VI pags. initms. — Em vm rol. E. 
Estimadas. Seguiuia edição. Muito rara. 

S57 — Constituições do Arcebispado de Goa, coinpost.is, e addicionadas pelo 
E,\ce!lenlissimo e Re^erundissimo Senlior Dom António Ta\cir.i. de Neiva 
Bruni, Arceiíispo metropolilano de (Joa. pi ima/, da índia Uriental.. . Cor- 
rcgidas, o accroscenladas pelo... Senhor Dom Frei Manoel de Santa Ca- 
tharina, Arceliispo da mesma metrópole, ele... Lisboa-' Na Impressão Re- 
gia. Anno ISW. Por Ordem Superior. In-fúl de lV-ii78-p.igs., ali^m de XXI 
de ÍNDICE o miia do EIIHATAS. K. 

Regimento du Aiidilurio oolesiaslico do Arccliispado primacial de 

Goa, e da .sua lU.l.u.rio . . . liid., na mesma Impressão e dala. In-lol. de IV- 
100 pí'gs.. afora 111 lo ÍNDICE e imia de KHRAT.iS.— Km um vol. E. 
Constituições nuiito apreciadas. Segunda edição. Já rara. 
858— Constitvições synodaes do Bispado da Gvanla, iujpressas |ior mandado 
lio lll."'"e hev.'"" Sen.'"' Dom Francisco de Castro, Bispo da Gvarda, o, du 
'Z. A Ji /n -f^ Conselho do Sva Mageslade. Em Lisboa, com Licença. Por Pedro Croesbctcl,, 
^ O P- ^ j,„p,esior dei lieij. .inno M.DC.X.XI [Wil].— Titulo adeutro de elegante por- 

liida grav., ornada com dicersan figuras, entre as quaia as de S. Pedro e S. 
Pavio, imagem da Virijem c escudo d' armas do bispo. Seguem-se :> folhas com 
I ieenças, Prologo r- Proemio, 2!i'j com os Constituições e XIV tnois iniiins. com 
o Index. E. 

Estimadas. Edição muito rara. 

85'J-CONSTI- 11 TVIÇÕES i; SYNODAES |1 Do Bilpado de || Lamet;o. || EM 
COIMBRA li Per loam de Barreira \\ M. DLXIII. In-fol. de X. If. (prels ) 
inunis., 348 pags. nums. e mais VIII IV. inums., finais. E. 

á~~(''\'H. (O ^ As X foltias prels. compreendem: o titulo transcrito acima, o qual se encontia por baixo do 

^ ' escudo d'armas de D. Manuel de Noronlia, Bispo de Viseu, e dentro de portad.t constituída 

por quatro vinhetas grosseiramente gravadas em madeira, (I); « (_^ J Tauo.ada deflas 
Couftituições. Ç-^^ . «t II a VII -o verso desta está em branco): e -PROLOGO», 
(ff. VIU a X). 
Nas 248 pags. nums, decorre o texto das Constituições, devidido em XXXIX Titulos ; e nas 
VIII ff. finais inums.: '■ •) Scgne-se a ordem & modo em 1| que os Clérigos Sacerdotes 
de/te Bispado liam de ce- \\ lebrar as Mi ff as : ^ de como os fréguefes as \\ liam 
de oiiuir. Conforme ao ceri-\\ moiiial RomaiiO'. 



AZEVEDO - SAMODÃES 241 



A frente ila primeira ilesías VIU folhas é atforiiaiia ilc laija iiiaiginai, impressa com vinhçfas ■ 

tipográficas oriíanientaes, abertas em madeira. 
A impressão é esitialiada com interessantes letras iniciaes, seníiti aij^iiinas íiyniadas. 
Edição original das Constituições de Lamego, EXTREMAMENTE RARA. Exemplar com 
o frontispício defeituoso e com as pags. 237 a 248 em impressão relativamerrte recente. 
.\inda assim mesmo, precioso e mirito estimável,. 
860- CONSTITVIÇOENS SYNODAES '! DO BISPADO DK I.AMtGO, Feit;.s / 

pcllo llIuslriíTimo, & Reverendiflimo Senhor || D. MIGUEL DEPOinVGAL. /C^ ^~^ 

11 PVCLICADAS, E ACEITAS NO SYNODO, || que o dito Senhor celebrou ' 

em o anno de 1639. i| E agora impreflas Por niadado do.. . Senhor |i D. 
Fr. LVIS DA SYLVA, BISPO DO DITO BISPADO DE LAMEGO, J do Confe- 
11)0 de S. Alteza, &c. || (Seu escudo darnias, primorosanieiite utierlo a bu- 
ril em chapa de cobre) || EU LISBOA, i| Na 0/ficina iJe MlG \EI. DES- 
LAXDES.W WM.DC.LXXXin.l Com todas as licenças necel fa- 
rias. In-rol. de Vlll psgs. (prels.) inun.s. e (544 nums. E. 

As VlII pags. prels. inserem: titulo; Exortação, ou Prologo de Krey Luis, Bispo de La- 
mego; «CARTA, E PROVISAM PROEMIAL DAS ,| Conrtituições de Lamego, (sub- 
scrita por Dom Miguel, Bispo de Lamego) ; e -LICENÇAS. 
Segunda ediç.ão. RARA. Bom exemplar. 
8til-CONSTI- |l TVIÇOENS H SYNODaES j DO BISPADO || DE LEIRIA, i! Ee.v- 

las, Ct" ordenad.Ts em Synodo pello |1 Senhor Dom Pedro de Caslilho [ y y 

Bispo de Leiria. &c. |' E por íeu mandado Impre/iaf, em Coimbra por Ma- /\5l^ ^ Ò 

notl I/araiijv \' Imprc/Yur dtlHey N. S. \\ na Vniiíer/idade \\ de Coimbra. || ATiu / 

ItíOl. In-fol. peq. de X IT. (prels.) inums. e 1HI3 nums. na frenle. E. 

Na primeira folha prel. o titulo transcrito acima, o qual se encontra dentro de elegante 
pórtico gravado em madeira e encimado pela marca do impressor (?) (um dragão 
alado enroscado em uni tronco de arvore que se acha espetado no chão); nas ff. II a 
IX a .^-JTABOADA DAS CON3T1TVICOENS..; e na tl. X o «Prologo !| das conr- 
tituições.» (subscrito : Dom Pedro Bifpo de Leiria. ) 
ki 136 tolhas nums. inserem; da I á 112 o te.xto das Constituições, dividido em XXXIX 
Titulos; eda 113 em diante o texto do: .REGIMENTO DO |! PROVISOR: ]| VIOAI- 
RO GERAL: VIGAIROS DA !1 Vara, &c. b. do ertillo do Auditório; com os mais 
Ofliciaes, &• o que a Teus oiticios pertence.» 
Segunda edição das Constituições do Bispado de Leiria. Os exemplares são apreciados 
c multo raros. Este nosso está ligeiramente manchado d'agua nas primeiras folhas 
e tem a ultima tl. em impressão mais recente. 
862- Ç-VICONSTITVICOENS DO [ ARCEBISPADO DE LIXBOA. 

Eote titulo, em duas linhas, na base de curiosa portada gravada em madeira. No centro 

da parte superior da portada as iniciais emblemáticas da Companhia de Jesus : l H S ; '~'J "y* ^ ^ Cl íiJ 

e dentro da mesma poi'tada o escudo d'arnias do Cardeal D. Henrique, enlao 
.\rcebispo de Lisboa. 

Na frente (o verso está todo em branco) da ultima folha do volume o seguinte registo 
tipográlico : 

Cíinniii lunluibrts br rmurimir Hrftus (riiitrtitiitfirs riii l|n riftníir 6c íis- 
Imu ; por Cn-r- 1; mniii (iinlliiu->c írniiirí. yiir iiiiiuíirtftii Sa ll iiuiito nlfc -x 
miiitit ri-irlciitr priíuipE Ija fr- ' iilior (""nríirnl jnftaiilr ftc ÍJurtugiil. || -\r- 
rcbifpíi iic ítsbort. íJcrprtuo || nôminiftrnôin- ím tiifpn- |1 íia Sruorn r^ 
iitorf. il tnjro Çnlio- 1[ bnçii-:. II >í< I! A. vr. Bins Iin inca bc |i lílnrfí. amtu 
s mil II t- iiuiiiljciilnâ íl t Irtutn r^j || fctc. || ^^ 

Iiifol. de .\ folhas (prels.) inuma., incluindo a da poiiiida, Inru. iiuiils. 
ni frente, e uma iniim., final. E. 

As X folhas prels. compreendem: portada, ou frontispicio (ÍO. 3) ; ffnUOObn brflnS 
tOnrtitUiçõCS. (n. 11 a IX) ; e ílroUiflO. (U. X). 

16 



^2^'-^^ 



242 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




/ry ^ 



As CoiIStitlliÇlífS compreendem ífrij ®ÍluK'l<, o ultimo dos quais tindi no verso 
da folha Ixxxv. Seguem-se-lhe duas declarações acerca das mesmas ffiOlirtttUiÇÔtS 
c o registo dos cadernos da impressão que formam o volume. Instes são em numero, 
de 12 (todos de oito ff. cada. exceptuando o primeiro, que apresenta apenas cinco 
e o ultimo, que tem somente seis) e acliam-se rubricados: líl ij (á primeira folha 
pertencia a rubrica ij j, porem mão a apresenta), >I« iij, '•^ iiij, ►& U J e Ã, 

^ ij, \ íiij, ^ iiii, a £, i ij, í iij, Çiiij. 

Como é trivial, n.ão existe caderno rubricado com a consoante ã|. 

Pela parte inferior do regislo acima hanscrito vêem declaradas diversas erratas e as 

respectivas emendas. 
A. impressão, primorosamente executada, é toda feita com lintlos e grossos caracteres gó- 
ticos, e embelezada com numerosas letras iniciais de artísticos c caprichosos desenhos 
de fantasia, abertas em madeira. 
Edição primitiva destas Constituições do Arcebispado de Lisboa. Belo exemplar, salvo 
uma leve mancha d'agua na parte superior das ff. e a portada estar um pouco apa- 
rada na parle lateral exterior e na base. Preciosa e de extrema raridade. 
>t)''— Constitviçõos (lo nieelisiioilo do LísIo.t ;is.si as anligas coiiioas extraua- 
i?ante,s piimfyia.s i^- sf^undas. Agora iMiiiaiiieritt! impressas ]ior mandado 
do lllii.stiis imo ^ic llevi rni.dis.simii Scnlior Põ Mij^cl de Castro, Arcebispo 
de Ijslioa. (f.*ci/í/o ú'armas do arcebispo. Por baixo) : Voui Ikenra da mesa Gc- 
(O CJ ml do Siinto Oficio rf' Ordinário. I iiipreums cm lAshoa por Belchior Rodrijuet 
Jii'}.ressor, anno de Jõí^fl. *\ IViidoH-.^e na r>ui noun em casa de Joam Lopez 
liiiríiro do Sml.cr AntUxjio. Kilií lavodo im papel a (orn leira »ij. ; o trezentos 
iii"). — No veiso iim;i «] Provifom do arcebispo D. Miguel; na II. 2." o Pro- 
logo, e na 3.' C( ineçr.m as C()i!!li'iiii-i'níi, que lerminam na folha 90, seguin- 
do-se-ll e 8 IT. f. n. com a Tavcada. Vem depois, ooni rosto especial : Cotis- 
t,frii;Ocí fxlr(n'agantes prymciras do Arcihispado de Lisboa. (Escudo d'armasde 
forliigal ei cintadas por chaptii cardinalício. Por baixo:) Agora iiovamen'e 
i»,pre.-ías. . , Ibi., mesmo impressor, e data (15.58). Consla de 10 IT. nums. 
na fronte Segue-se-llie : ConstitviçSes Ldlruvotjantes segwidas.., (FYontis- 
picio em tudo mais egual ao anterior). Comprehende, além do front., 3 H. 
s. M. com : Dias em qi.e os prioim, Vigário.^ e cvras das igrejas sam obriga' 
dos em svas pregações oii entações letr certas constituições deste livro, c£;c.;e 
lleporti riu, Proi iíam do Infmite T). llenriqve (a Foi. I, começando as Const. 
Ext rava gaulês na foi. 2 e lermliiando na 2(1, onde, no verso, vem o se- 
.i^Dinte registo); Foram imiressas estas presentes constituições, agora noua-' 
mente. Era de mil S qnihlicnlos iC oitenta <(■ oito, .Acabanranse de imprimir 
aos quinze dias do mes de AJaya da dita era, em Lisboa por Belchior Rodri- 
(jves impressor. Remala com nina vinheta.— lii-fol. peq. E. 
Estimadas. Bom exemplar. Edição MUITO RARA. 
8()4— Constituições Synodaes do Arcebispado de Lisboa... Lisboa: Oriental, 

Ma Offic. de Felippe de Soma Villela. M.DCC X.XXVU. In-fol. E. 
S65-CONSTITVÍÇÕES I Synodaes do Bifpatlo de li Miranda. || (Escudo dar- 
mos do Bispo P. Julião d'AIva) !| Em Lixboa : em. ca/a de Francifco \\ correu 
imprejjor do || Cardeal Ijfante. || f%? 1| •?• (Tudo isto dentro de portada 
formada por quatro \inhelas de gravura aberta em madeira, reproduzindo 
as laleraes uma figura de mulher, cada. No centro da vinheta da base, a 
indicação da data da impressão): — Anno lõtíõ In-fol. de, além da portada 
VI Vi. (prels.) inunis. e 1X6 minis, na frente. E. 

As VI folhas prels. inserem: «Tauoada destas Constituições.» (decorre até parte do 
verso da fl. VI); e os «Erros mais notaueis.- (ocupam a restante parte do verso da 
mesma folha VI). 



O 



AZEVEDO -samodAes 243 



\o verso da ultima lulha, rematando o texto das Constituições, veeui as assinaturas, 
impressa, de D. Julião Bispo de Miranda, e do Padre Frey Ma toei da Veiga. 

As Constituições compreendem XXXVII Titulos. 

Destas Constituições de Miranda n,ão consta que se lizessc qualquer outra edição, pelo 
que são as mais difíceis de obter par.i a colecção desta apreciada e curiosíssima es- 
pécie de livros. O presente exemplar tem o írontispicio belamente imitado á pena; 
não obstante é, ainda assim mesmo, eveniplar verdadeiramente jírecioso. -Rarissimíi. 

fetíti— CE (íõrtiíiiUõrs ftnobiu's &o liilVnb» ^o Vorto || ovSiinbas pcln mciitci IJcuc- 

renio rv mniiijiro |i Sõr íõ tínitnfnr liiinni bifpo bo Situ Itifpníio. /__ y 

Estes dizeres, em três linhas impressas a vermelho, acham-se por baixo do escudo j Uyít. ^ ^ 

d'armas do bispo D. Baltasar Limpo c dentro de pórtico formado por quatro vi- 
nhetas grosseiramente gravadas em madeira : apresentando a da parte superior, en- 
tre outros motivos, um pequeno escudo d'arma3 portuguezas seguro por dois anjos. 

Xa frente da ultima folha do volume, este registo do logar e da data da iuiprcssão : 

có otmatótrflítados foiá jmpjcíTae na Cídadeço^ojto 

pc: ^afcoDía^xanquo pcfrfffmsl: pc:manáa<J» 

©o muy to 1\ cucrfttdo < matjnlfico Sfttboi 

i^ont ^Itbafaf Ifmpo eOpooa 

ofcra Cídatletoo Con/flbo 

Raynba noffoe 
eenboiíe. 

* 

« f. 

^Éícabít^ffBÉlmWirtfnopjftttfíxeWíoefnceíKftierfO 
oe mu % qutnboif 00 % quormta t bú Srmo^, 

« 

(O ofiç/ítiti/ )««ííi' /yítx/i'/"'"') 
ín-fol. pt-i). de .\ fl'. (pieis.) iiiiiijjs., c.\.xx iiuni.s. na fientf e ii aib uma 
iniim., final. E. • 

As X folhas prels. compreendem: portada; CL fHUliflllil ; uma tosca gravura em ma- 
deira com a imagem da Virgem, que tem seu filho Jesus no colo e se encontra la- 
deada por dois anjos que, de castiçal na mão, a alumiam ; e \L yriuOfli)* 

N'as Crfí folhas nums. as seguintes peças: dj ÍOl. f. á frente da ftiil. o texto das 
ffiClltStifniÇÕtSJ propriamente dito; no verso desta uiesma f C l"iiij. uma grsvura 
em madeira reproduzindo a scena do Calvário; nas fí. fU. a ífUJ-, com fronlis- 
picio próprio (adornado de 16 gravurinhas com imagem de santos, além d'uma outra 
de maior formato e de assunto alusivo an .texto), todo impresso, ora a preto ora a 
vermelho : 

^ Scgutfr n orbe \ iiinbii nu iiiic |i os O" Irrigo* Snrfrbotfs brftt 
liif- 1 pnbo liii bf irli-briir ns niillns bc i roítiii os IVcgucur» ns Im 
í»c ouuir. "i Cõformr no rtriíiioiiinl lUniião. 



244 



CATALOGO DA LIVRARIA 



nas í'0. iTUii a rífij., t.imbem com frontispício próprio (adornado de um portioo 
formado por diversas vinhetas de desenho adequado a ta! lini e que, encimado 
pelos dizeres CE (TniIOlirS prilitfnfiflfS, tem dentro uma gravura figurando o 
aparecimento de Cristo a um crente que se acha ajoelhado e orando, e seguida 
pelo titulo do texto) : 

CE Sfgiifff ís ('■niiii' II iirs piMiitiMirinrs. |; d- rufos rrfnítn- 1| ^(ls 
no íJnjifl. II >í< 

de íí. miti á frente da iTfif , ainda com frontispicio próprio (adornado de 
tarja e de três vinhetas com símbolos ou armas pontifícias, etc.) : 

CE Srijiir-fr a tiiilln Sn (!"rn ío 5enl|nr q ij ff inniiou publiinr pollo 
ynpn (irirmétf || Sptimn. 

no verso desta mesma £')• crvir., estas duas peças, encimadas pelos dizeres; 

CE í'»' Mtt limei. : 
U^ (ímno i'1'tns (irõftitiiiçciés fiun p ^prolmSní x ncrtptnSnfi. 
CE <Qnf ffl"^ OTiinflitiiiçíés fiirtiii «ffignnSns. 

na frente da ÍO. rrví"., uma declaração e o registo dos cadernos (também encima- 
das pelos mencionados dizeres: CL ■?'"' Sfflf fiurí.), precedidas, respectiva- 
mente, das epigrafes ; 

CE (Quniito fr (.ingiinin >un rftf limo. 
CE (Qmuttos inin&triios líiit rftf Cimo. 

c, tinalmente, no verso d.i mesma fo. flTf.'. 

CE ^ú fiirttos <[HC urltns (fToiíflituiçoês fnijin || 6n imurcffníii rum 
ns ffiiittntfs : ns qiinrs lui I| nqui notnlinã policie iinm fnçnm Siiuiôn. 

Na frente da folha inum. final o registo .icima reproduzido em fac-siuiile, e no verso a 
seguinte marca do impressor: 



* tatAtidd(it HitAmnAit fii<'>n<>lin.3tMa^-f--^ 




9f txccafíà(»Cteitttcí»oánoaTliet^ IluguSfmw.i 



(O oriíjinal mede ■16òxrj7""'i) 
A declaração respectiva ao preço de cada exemplar, diz textualmente assim : 



AZEVEDO -samodAes 245 



tiàiifiibo rrlpfitii nos luiliiiiii'* Irifiii ll (jinifivô : 'í nos jinflos ii u 
iiiH-.rrrior fn; : li a VttòA iiiic rfirbro por tniii piuiíos j| «oliiiiifí linf- 
tnvrin pinn rltf tíil^nío: || a nns tiniíníosi iinrlTnvios iiur uo rn- 1| 
bo mniiAnmos njiiiitnr fr pagiinrn ^lOl■ i ns (""onrtituiçoéíi mito 'i 
iiunrétn rmcs || a por o <f rrriiioiiinl bn miffn x mnís Ivnr || tníios 
iliinrciitn rfiirs : t pmcm foío Ir niiiiinSoninrn cm || l)ú forpo: i 
iinm fr bnrnm iiriii «oiiSrrniii mi ronriitiiifiiés || Icm os trnrlníos 
iiins toíio jmitnmrntr: poviiiir nlli uni to i ío riiiitiiumíio : x fc ufii- 
Sfrn por iiinijor prr\o. 

t: rezando assim o rcj^istu dos cadernos : 

SfiBm ns (ff-õrtilitifõcs. ftij. rnin&criios rõur nfnlicr || 5.i^.(ft.D.(!?4". 
(Pi.í).£.íi.Í.M.ll. í\ tobosfnm 1| iiiinbcnios. (L" uo (!"rrtmoiiinl /^ trn- 
rtnbos linn- ;! fliintro nitnbfníos (ruliric.uios: ©.^J.íQ.K) 1 trcs bf- 
Irs fniii trriios rt.o- 11 bcrnbriro \]c iiiinbrrno x mnis Ijiin folljn : (O 
trm iiiflis l)un- 1| (Tniionín be tobos os ffitiilos Oh<ii|"titiii|,iir6 <i ffrn- 
ftnboft II roíii o ^irologo x iiolTns Ariiins iiiin rigiintiirn lir rftn ►£( |I 
ro Ijc (Qitiutcnin. 

A impressão, toda excciílada com hclos c nítidos caracteres GÓTICOS (de varies ta- 
nianlios), aclia-sc esmaltada com lindas c cnriosas vinhetas de vários tamantios, 
sendo algumas figuradas c todas abertas em madeira. 
Na frente da íol. rrU"., rematando o texto de um dos Titulos, vem uma gravura em 
madeira, representando a Virgem, rodeada de sete donzelas, colocando a um bispo 
a eftola ou sobrepeliz a que se seguira a respectiva mitra que uma das donzelas 
conduz. No alto do verso da mesma i"Ol. uni cabeção decorativo, de artístico e cu- 
rioso desenho. 
Segunda edição das Constituições sinodaes do bispado do Porto (a primeira, mandada 
imprimir pelo prelado D. Diogo de Sousa, toi também impressa no Porto, 'por Ro- 
drigues Alvares, em 1497, e constilue um vol. de foi. pcq. com 2S folhas), prjnioro- 
"" sãmente impressa. Os exemplares são EXTREMAMENTE RAROS ; nem se conhe- 
cem mais que Ires ou quatro. Este nossos alem de ligeiros defeitos nas primeiras (f., 
está falho das que inserem a ^TnilOnin. Ainda assim, atendendo as circunstancias 
atrás expostas, t exemplar valioso e de nmito apreço. 
S67— Constitvições syiiocUies do Bis|)af1o do Porto, Ordtjnndas pelo muylo 
llliístre & Reiíoreridiisiiiio Seiílior Dom froy Marcos de Lisboa. Bispo do 
dito Bispado. &o. (Segue uma estampa allcrjoriea e, por baixo : f%í Im- 
pressas em a cidade de Coimbra, por António de Maris impressor da Vni- 
versidnde, com lieença S upprtuação do Conselho yeral da saiicta Inqui- 
sição. Anno de lòHõ. *\ Agora nouamenle acrescentadas com o Estilo da 
Justiça ({ impressas d custa de Qiraldo Mendes Uureiro de sua Illus- 
trissima Senhoria. Ta.íudas em ^)a/jeí a— In-fol. i)eq. de XII IT. inums., con- 
tendo Licenças, Prologo, lie diymtate Sacenlolum e Tauoada destas 
Constituições ; vindo em seguida, cin 14(i li. nums. na frente, o texto das 
Constitmçúes.^t^O finieste outro jp^slo : %Acabaramse de imprimir estas 
Constituições na Cidadã do Cóí^nbrja, em casa de António de Maris, Im- 
pnssor da Vniversidade, Aos trea dias deOutubro do Anno M.D.LXXXV. 
— Segue-se: ^-^ Do £styUo'A-^ e O/ficiaes de Justiça do Bispado do 
Porto.— Pov baixo a niesina estampa íilogorica que no primeiro front. ; e 
em seguida ura registo egual ao que .fica transcrito acima. — Consta de 
uma folha quJ tem na frente unia.exhortação e no verso a Tauoada, e da 
.'!0 fl". niims. na frente. Em um yol. E. 

rdição quinhfentisia muito rara. Bom exemplar. 




Ú) 



246 



CATALOGO DA LIVRARIA 



^lt'4i 



oo 



8(;8— ([ (i'iiiiriitiigfõrr. an jit- !l lifíifnm rrrlrfinftirn írn j Billn ír foiíinv... 
fÇislipfl, l.JõiV?). 

(/'o fronlixpicio, OH jortoihi (Innios n reprorliirão foto-ziucnfirâfirn (pie 
sf.fjiie): 




rifdiçam ecclefísilicaoa 

SHlla oc f osnar ^ z ooe 

mai^e lugares que /pleno 

iure/perrcnçemaa 

o?dcm6nofrofc* 

nbojjefu 

fto. 




■^^Z^^s^^^^^* 



{O original mede 2õ7xlf>7""") 
In-fol. ilf VI IV. (prels.) iniims., rvrii nnms. no frente e iriiiis urna innii., 
finr.l. !■:. 



AZEVEDO -SAMODÃES 247 



Na tieiite (o verso está em branco) da primeira folha preliminar a portada reproduzida 
aciaia em Uc-simile; nas II a V, a «ffnUOObfl íilS CtfllftitlUIÇÕfS rífluill- 
tíS., e na frente da VI (o verso desta está em branco), o VlOlOilO. 

As Constitiiyções, compreendendo numerosos ttltlllps, que, na sua maioria, conteem 
diversas ffi01l|tÍlUÍÇÕr6, decorrem nas xxxij u. nums. Na folha inumerada iinal es- 
tas duas declarações, ou subscripções finais, que reproduzimos em «fac-^iniile- : 

^ ^ozâin hdaõ': publicadas/ cílae 

tw>ílaí3£oníhnjtíóc5:COtnaco:do i confdbo oofligap 

ro,i fi^neficiadod oe faneca A&aria do ®liu9l40reia D&a 

tri;>i cabeça Dcíii! nona ^urtfdKam, abem afTi cos 

maf 6 eencíiciadosT £lai>iaiem o Sínodo 

queceicb:amo0 na cita igreia oe fan* 

cta Obim 00 <D!iual. ZLpinq: 

oiaaoe^unbo. S>ema 

nquinbencosTâií 

qoétaaqua» 

tro 

aroioe. 



ttfB pêra que na tmpieííam Deltad 

nofTãâ /TonnKutíócaii: nam poifa acrecentar^Km oimi 
mif } cõufa algáa. A&andamos que fomente fe oe j^ce 
t credito 30 volume DeUfl&tqiK per nos to flfmdcie» 

(O originai mede ISQxiSõ""") 

Do prologo inserto na ultima íolha preliminar extraíamos algumas passagens que se 
nos afiguram muito interessantes e elucidativas para historia, bibliografia e inipressão 
das Constituições. Eil-as : 

(í^riftouno CniTnjrn, ÇortiuHOs ^ngm- II bcs e"mu<iirs, ("•aprllno iifl Brij 
iioflo *t- 1 iiilT, bii fni ífri-mbiuiic... iiiit liorn \\n luniiriHniii í\nv. ô. A. 
II tm iiiiiii frj, por «irtuío íin Atitoriíinir || Apiiftcrliia iiiu- ic, jirra o pn- 
arr fnjrr, trnljn rnrgo írn «í- [ nimiCírmnm ín ^luriraiínm it-cdefiaftuíi i>a 
llillo òt f o- II mnr, mtlliiis Jlioicfis, /t òtm imiis íujjnrrs, quf nírtrnr- 
II rftii (plniu iurc) im urSi-iii »r iiofr» fíiiljur Jrru (Fljrirtfl. fnjfiiios ffllirr 
a uaís llignijrn, 't tifiirfiiiníinft ôn ^grr- || jn pnrmljinl Sc luiffii ^riiljma 
Ho ©limU Sn aitn uilln i)c || ffotiiiu-, || i n ic i>s outros lUgniiros. tfapíl- 
IftfS, €ii- II rns, tíciic|iiin!>06, i f rcijrrs Sn 6itn or&r. \ n í[nati> í\ueí 1| 
II outrns píffoiuí tnlífinftiins, x fcnilnn-s ftcfln imfru iuris- 1| ai(niii. 
iiuc btpoiâ iiiif ptr falrrimcnto bo Ilom Diogo !' V'nl)fijro IJifpo io fuii- 
rl)nl, o fmiito Vnbrt Vmilo. iij. il nn iiiflnníin írl ru-ij noffo Stiiljor, ííf- 
unio, V írfmrmbrou || a jurifaivõu crrlffiartirn, niit ptrtfiuin na uignijria 
an uilla !! bf ffomnr, io jSifpnao io fuiiiljal, ao i)ual íiii uiía ao i ailo 
Ôifpo, forn uiiian, ns ("TKitrtitHijçõrs ao aito f ifpn- 1| ia io f mirl|nl (qHf 
aurnnao a Sita uiiiniii, fc giiaraauniii || nfftn jiiriraifnm romo proprinft. 



Ifl.io 



'/ 



248 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



tfiitn n Srsmnilinuam) || tiinroin pnrrriMiiio nlljrns. t nuf iinm iibri^niinin 
fí fii&itíis arfin iiuif&ifníii, romn (""oiirtitiuiçãra \ br Ôirpnliii, n ! que jnn 
iinm l)rriiiii rnliifi)tos. (C-, pofto iiiif, o us* a olifcr il iinurin cm que tifnrnm 
lis íitns ('"iiiirtituiHôf* itf fnii- 1| rl)nl iiffln jiirir&t(nm... íToíin uin iiís 
[tiufrco, ()iir ami niirr iicrtn jiirilíirnci (•"iiiirtilmuiu-s pro- !] priíis, /í»5i- 
luibiilmrtr rrcrlníns, n lUniiimnc íif ns guiirlnir 1| fnin mnijs rhira. /i. n 
ucintníir br ns rmiiprir, 1'nitt rm to- |1 6os os lubíiitiis mntis rtría, x mnijs 
liitnirn,... Oc iiiniinjrn || tiiif tomniiíci &ns niitigns, rtlgim iiiif iitftn iitrir- 
bi(niii F piibiuni fcniir, t nirririitmibn, ns iiiic iiíS piunco nuf iiinijs rmi- 
iiiiii'niii. (Orbrmimcis rTtns lufiics Cniiftitiii)- I çõrs, ns iinnrs no fiiioíí 
iliir rrlrbrrtiiiiis int &itn uillft íc li (Tíimni iin igiíjn >f iiíffn Sniliorn ^c 
(Oliiuil, nos rrij. ii- |i ns bo mes ír guitljo íio ^min pnffnSo íir quiiiljnitos 
nj 11 rhtíiunttrt nj quntro, fornm por «os uiftns /t rtrrbiíins, ri (jor nos 
nproiinbrts. P*- mnitanmos, qm- icpoijs bf pnlTn- 11 Sos bons inffrs ín pii- 
blirnçniii íiollns rni íiinntr, ff niiii- |1 prnni t flomíriít iiitiMirnmcutc... Çnin 
tm ítrbon foi' "oflo siiinl \ Orllo H n. rij. íins bo itlfs íc riniirqro. 
^11- II lio íio iinffimnittf bt luilTo ^r- ii iiiior ^cfii CTIivifto 6c itlÇ. ÍU. 

o volume contem seis cadernos de seis folhas cada um c um (o ultimoi de três: o pri- 
meiro (as seis (f. prels.) está rubricado no pé das três primeiras folhas: >í* IJi (á 
primeira II. pertencia a rubrica >i<, porem não a apresenta) ^^ llj ', os cinco ime- 
diatos: %, ^ i), ^ iii a cr-, © ij, © iii ; e o ultimo, í, í ij. 

Kdição primitiva, e única, das jjrimeiras Constituições de "romar propriamente ditas, 
visto até enfão terem servido ali, como vem declarado no Prologo que as antecede, 
as do bispado do l^unchal, que haviam sido adoptadas pelo bispo desta diocese-D. 
Diogo Pinheiro, quando era conjuuctamcutc prelado de Tomar. 

A. impressão, multo bela e primorosa, foi executada com grossos caracteres OÓTICOS 
(de dois tamanhos), e o t;xto acha-se esmaltado com formosas letras iniclaes de cu- 
riosos desenhos de fantasia, abertas em madeira. 

Os exemplares são de extraordinária raridade, e por Isso verdadeiramente preciosos e de 
■grande valór. Apenas dois se conhecem presentemente : um é o que se guarda na 
nossa Biblioteca Publica de Lisboa ; o outro, este que vimos de descrever e que, 
com verdadeiro prazer, confessamo-lo, vamos expor á natural avidez dos srs. Bibliú- 
fdos. Está em perfeito estado de conservação, circunstancia esta que o torna ainda 
muitíssimo mais apreciável e valioso. DE PKIMEIRA KARIDADE. 

8Ci'.l— Constitvições synodaes do fiisitido do Perlo, iiovanicnte feitas, ordenii- 
das pelo Ill."'''e fiev.'"" Senhor Dom Joam de ísovsa, Lispo do dito Bispa- 
do, &o , &c. Propostas, e aceitas em os synodos dieoesunos, que o dilo 
Senhor celebrou em 18 de Mayo do Anno de 1687. De iiitindíido do mesmo 
Senhor lispo impressas na C ilaiJe (lo Porto im o Anno de í 690. Por 
Joseph Femyra Impressor da Vnivcrsidade de Coimbra, lii-fol. de por- 
tadagrav., XL]l-670['at;s., emais 96 com um copiosíssimo índice das cou- 
sas mais notáveis. Segue se :— Relatam da procissam. e sessoens do Sa- 
nado Dicecesano..., com 19 pags. e precedidas de uma estampa em .se- 
pirado, a qual rt-prodiiz tuna das sessões; e por fim, uma resenha das 
[larochias. E. 

.apreciadas. Edição rara. Belo exemplar. 

87fl— Constituições Synodaes do Bispado do Porto, novamente feitas, e orde- 

,__, _ nadas pelo 111."", o Rev.'"» Senhor Dom João de Sousa Bispo do dito Bis- 

[> pado. . . Propostas, e aceitas em o synodo diecesano, que o ditto Senhor 

celt hroti em 18. de Mayo do Anno áe lú97. (Marca gracada, tendo vo 



AZEVEDO - SAMODÃES 249 



m- 



^i-o 



centro as inicacs: I H S). Coimbra: No Real CoUegio das Artes da 
Companhia de Jestts, Anno de 1735. In- fui. lio anle-rosfo gravado e IV- 
XX.\V-ti'0CXXVII-19í pogs. E. 

o ante-rosto alegórico (gravado a buril em chapa de cobre), esU assinado : Ber.iardo dos 
Sa/ítos a fe-i em Coimbra, — bem assiui couto a curiosa gravura de pag. que repro- 
duz uma da; sessões do Sinodo. Belo exemplar. Apreciadas e pouco vulgares. 

871-CONSTITVIÇÕES SINODARS DO BISPAPO DE VISEV FEITAS, E OR- 
DENADAS EM SYNODO PELO ILLVSTIÍISSIMO, E REVErendissirao Se- 
nhor Dom .loHO Manoel fiispo de Yi7.eu,c' do Conselho de Sua Mageslade. X/Cç^^ C^ 
(Pequena Vinheta) EM (X)I\!BH.\. Com liixhça da iianta Ivqvisição. li Ordi- 
nário. Por Nicolao Carvalho ItnjretBor dn Vtiiuersidade, i6 a sua itista impres- 
fas. Arwo lUli. 'Faixadas na wcsa do l'a^o a Vi) cm papei— Esle frontispí- 
cio, que tem no verso as Z-iccíijíjs, ó [irecedido d'nm outro (falta neste 
exemplar) í-navado, len("o no cenlio da hase o escudo d'armas do bispo. 
V. também ornado com as imagens de S. Theotonius e S. Carlos Boriom. 
e outras tiguras alegóricas. Segue-so uma II. coma Pt avisam, 10 com o 
InDex («ic) dos livres, lilvlos, e Consliluirões, 377 com as mesmas Consl. 
e mais 1 com o hulex do Heyimeido ; e por idtimo :— Regimento do Avdi- 
torio Kcclesiasli:o.,. o qual contc!'iii 15(i IV. fim um vol. E. 
Estimadas. Edição MUITO RARA. 

872— Constitutiones canonioorum ie'gulariuni Coiigregationes Sanctue Crucis 
Collimbriensis a Pio Papa VI, in forma siiecifica ap|irobata% et confirma- 
tae. (Eíivdo (jraicda a Ivtil) Olisipuiie. E.r Typ. Rrçiía. Anno M.DCO. 
LXXXIV. In -8." de XVI-425 pags. E. 

S7.Í-CONSTITVTIONES il ET || MEC VI .K | COLLECIl ;| ANGUnUM VLYS- 

SIPONENSIS. II TlTVLl 1| SANCTOUVM AI'OSTOI.OnVM !i PETIU ET PAV- '^ S~^ ^ <^ 

LI. II FVNDATl i A PRIÍlLLVSTRI D. D. PETRO COVTINHO || Regiae Maiel'- ^^ 

lati a Supremis Conlilijs. |I SVB PROTECTIONE || III.""' AG R.mi D. FRAN- 
CISCI A CASTRO ;\ Epiícopis, >t Inquiiitoris Generalis... |1 SVB REGIMINE 

II R.nii D. RICHARDI EPISCOPI CHALCEDONENSIS, || . . . || |! VLYS- 

SIPOSE. ;; Cum fakuUate Siiiieriorum \\ Aptid Laurentium Craesbeeck 
Itrfiium Tijpogrophiim. {S. d. — nas licemjas: 16-J't). In-fijl. peq, de IV IT. 
(prels.; inums. e 3'2 nunis. na frente. E. 

.\s IV ff. prels. inserem: titulo; um peq. trecho de lerem. 7; « DE |1 FVDATORE II 

COLLEQII !1 ANQLORVM ]\ VLYSSIPONEMSIS- ; «DE ]| PROTECTORE !! COLLE- 

GIE II ...» ; e Licenças. 
O texto das pags. prels. II e III é encimado, na frente de cada uma das ff., por um 

brasão (diverso) primorosamente aberto a buril em chapa de metal (Agostiii Soares 

fecitj. 
RARÍSSIMA. Belo e.xemplar e bem ene. cm inteira de carn. verde, estando a lombada 

e as pastas ornamentadas a oiro. 

87Í-CONSTITUTIONES 1| FRATRU.M || ERE.MITARU.VI || S. AUGUSTINI || ITA- / ^^ 

LLi;, 11 ET ;| LUSITANI.E || (Escudo alegoiico, bi-partido, com as armas de 'Xi S O 

Portugal e de Itália) |! VLYSSIPOXE 1| Ec Typoyraphia Antonij Pedroso 
Oalraõ. \\ || Cum facultate Superiorum. 1700. In-8.» peq. de fron- 
tispício e 538 pags. E. 

I>e pag. 493 em diante decorrem os índices. — Bom exemplar. RARA. 
Relativamente a mesma Ordem dos .Agostinhos, veja-se adiante o n.o 877. 



250 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



di*- 




Ò O 




S75-CONSTITVCIONES i: MONAClIOnVM ll NIGRORVM ORDIMS |i S. P. Fe- 

neiiiíjti R^nornm ;i Porlngallioe. || (Escudo d'armpsda ordem de S. Bento, 

Q, c> oLfiio a Liiril em cliapa de cobre) i| COKUIBUICM. !' Cum faoiUafe hi- 

rjiiifitornm, <? Ordinarij. ' Apvd Didacum Gcmt: de Loreyro Ara<lemi!f 

Typogrnphtinr Aniw Díii. 1629. In-4.° de XXVI IV, (prels.) innms. e 3-li- 

wij pags. niiiiis , afora LXXV finais iniiins , contendo o «INDKX IlKRVM 

QVA: IN OPERE II continentur. &c ». E. 

Aí XXVI (olhas prels. conipiccndem : fronlispicio : -^APROBATIO-; «LICENC.AS.»; e 
• PlíOI.OQOMFNA. !; De Iiiilio, Aiignienlo, L:ipsii, & Repa- !| nitione Ordinis Sancli 
'Patris Beiíe- 11 dicti iii Regiio Portugallia". 

Livro estimado e RARO. Bom exemplar e bem encadernado. 

87t!— Constitutlones Monacliorum Onlinis Sanli 1'atris nostn Hieronyiiii Eccle- 
r) (^ .^iáe Dcctoiis Mnxiiiii, ex decrelis capituloiiim geiíeraliiim 174o, & 1748 e.>; 

HÍ!-'panico, in Lalinum idicnia conveisip, & impressae. Nuno postremo 
luoem edilae ex ,• ulhoiilólc Rev.nii Patiis Fr. Cypriani da Roíha, &,e. Tjia- 
honte, Typ. Reyahbiis Sí/h-ianis. M.DCC.UIl. ln-4."dc XX-180-27U pags. K. 
877-CONSTITVTIONES OnniNlS F. F. EREMITARVM || SANC.TI AVGVS- 
TlNl 1; l;e€ognilo', o in aniplioieni foimsni, H ac ordinint m radacffje. |j 
(Vinheta tipogiáflca ornamental/ |1 i?OJ/^ || r</pís Hscredum Curbelhtti. 

1686 II ! Siiperiorum periiiissii. ln-8.° peq. de 639 pags. 

. DECRETAI! CAriTVil (iENElULlS || lOM.E CELEBRA7I ANNO 

1685. \> Prolaliii lotius Orditds FF. Eicmitariim " 8. P. AVG\STIM. i| RF- 
GIMINE, ETOBSERVANTIA. jl (V-nlitla tip.dc ornamento) i| RO\hK, Tiipis 

Reií. Cam. Apost. |! jt SUPEltlOlIVM PElíMISSV. ln-8.° peq. de 

95 pags. — .-Is duas obras em um vol. E. 

-A primeira obra é acompanhada de duas gravuras abertas a buril em chapas de metal : 
a primeira contem diversas imagens, entre as quais a de S. Agostinho; a segunda 
reproduz o escudo ou selo da ordem de S. .^gostinho. -Bom exemplar. Rara. 

878-CONSTITV ,; TIONES || SOCIETATIS [i lESV ij Cum earum Decla- || ratio- 
nibiis. I (Peq. vinheta lip.) t, liOM.K \\ In Collegio eiusdem Societis I; Ciim fa- 
culte Stiperioruni. (Esles dizeres acham-se dentro de elegante alçado gra- 
vado a buril em chapa de colre. Na base do mesmo alçado): ANNO DO- 
MlNI\\MDLXXXni. lii-8." de 3(9 pags. nun.s. e 70 inums., além de 
lima em branuo, final. E. 

.\s duas primeiras das 70 p.ags. inums. linais inserem: iFORMVLA VOTORVM SIM- 
PLI-\\cium, í/U(V Professi cmitttttit post Pro/essio- \\ fiefn » iuxte Constitutiones. . .» ; 
a terceira está em branco, e nas restantes vem o -IMDEX IN EXAMEN, || & Cons- 
titiones.> 
No verso da folha do frontispício vem uma aprovação ou privilegio (datada: In íittera- 
rarís Apostolicis datis Calendis Februarij \\ Anno Incnrnationis Diinica:. \\ M U 
LXXXll) do papa Gregório XIII, para a impressão da Regra. -Excelente edição. 
Muito rara. 
879— Conta publica la pela uommissão encarri gada tie dirigir a distribuição do 
donativo votado pelo parlamento do Reinc-Utdcio da Grã Bretar'lia, e Ir- 
landa, para soccorro das lerias de Portugal Devastadas pelo Inimigo em 
(P O 1810. S. l., n. d. {Londres, 1810?). In 4.» do 127 pags. (algumas das finais, 

sSo ri', desdobráveis). E. 

Estimada. Belo exemplar; com óptima encadernação de marroquim vermelho, estando .i 
lombada e as pastas ornadas a oiro. A pasta da frente tem tàmbem o escudo d'ar- 
mas reais inglesas, e a de traz o das armas reais portuguesas. 



^^5-0 



AZEVEDO -SAMODÃES 251 



/3S-^ 



CD o 



^/^cD 



880- Contador de Argote (7>. ./eio«i'>Mo).— Memoritis paia a historia ecclesiss- 
lica lio Arretiispoílo de Braga, riimazilns Uespanhas. Lisboa Occirhntal, Na 
(Iffi'!. th José António tia Siitca,éc., 173-2-47. ln-4.° fir., 4 vo\s. Ante-rosio 
(/>■. 170 ]."vnl.; e imiitas estampas e vinhetax. — De Antiguitate Convenlus 
Bracaraiigiistnni, lihri qiiatuor, vernáculo, lalinoqiie seinione eoisciipli. 
Secuirlu Kilitio qiiin'o Libro locuplala. Uhtssipone Occidentali. Tyi is Si/I- 
viaiiis 1/fifia'is Acaf1em-n% 1738. ln-4° gr. Lote de õ vols !■;. 

Soberbo exemplar ; ricamente encadernado (inteiras; de carneira fina) ; pastas ornadas 
com cercadura e com um brasão d'armas reais portuguesas (de D. iMaria 1). Nest.as 
condições, muito apreciável e raro. 

f^81 Regras ria iingua poid.giif sa, espelho (ia lingiia lalina, ou ilis^osi- 

ij.Mii pura facilitar o ensino da Lingiia Latina ptLis legias da poiln(;m s;i,. . . 
7-ís'<0(i Oc.ii!e»lal, Na OHic. da ^fu^h■n, MJlCC.SXV. In-S." de XII 11". inimis. 
ti :5(;6-lT pags. E. 

SK2 —Vida e milagres de S. Caetano Thiene, Fundador dos Clérigos 11. gn- /s^ ^ Ô 

lares. Lisboa Occidcnl, l, Na Ofíir. de fa/ronl da Sijh^i. M.DCC.XXfL In 4.» ' 

do XXIVÕ32 pags., além de mais Xl.Vll com o Inde.r e Iirrotus. K. 

883 Vida da veaiiavel Madre Rosa .Maria Serio de Santo Antoido...— 

Veja-so; fítnlil (P. Josè\ 

8ii'-Cook -Troisiemo \oy;.ge de Cool;, ou Voyago a TOcéan Pacifique, or- 

dentè par lo loi dAnglelerre, poiír faire des Découverles dans LHéniis- ^, 

pliere Nord, pour déteiminer la [josilion & i'étendue de la C.òle Uiiesi de rw ^é^ O C^ 

TAméi ique Sptentrion.ile, sa distance de LAsie, iV réíondre la question ilu 

1'assnge au Noid. Kxécuté sons la direction des Capitaines fook. Ciei ke 

^^ Gore, siir les Vaisscaux la fícsolnlion & la Décovvirt, em '.VTti, 1777, 

1778, 1779, 1:89. Traduit de largiois, par M. 1)*^,.*** A Pau», Hóidde 

Thoti. . . M. DCC. LXXX y. . . In 8.", 8 vols. e um Atlos \ni.° gr. K^ 

o Atlas compreende 87 belas gravuras a buril, muitas das quais de pagina dupla. -Esti- 
mada. Bom exemplar. 

ftRfi— Cooley (l)'. DcsÍ/oi-okj/í) — Histoirc gcnérale des voyages de décou vertes <-5l3^ ^t~'^~ 

iiiarilimes et continentales, depuis le commencement dn mond jiisqu'a -^ 

nos jours. Traduit de rwngkiis par Ad. Joanne et OldNick. Parift, Pau- 
lin.. . /S40. In-8.°, 3 lon;os de IV-I ÍIU, lV-383 e lV-399 p.igs. li. 

H8(J— Copia do Tombo da Sociedade do Real Theatro de S. .lofio da cid;Mle dn / ^ ^ '^ 

Torto, em n.aio de 1850. (Vinheta figurada). Porto. Tijp. âe ./. .\. fíaitlra if- 
Filhos. . . iHõl. In-fol. de 56 pniJS. li. 
Interessante e muito r.ira. 

í-87 — Coquelin (0'< ) — lUi c.rédit i t. des banipios, par .. Pitíí: Giiillaiinmi et "7^ $ Õ 

C.i'- . . . ÍSJS. In 8." de IV1V.4Í4 p:.gs. E. ^ 

encadernada junfauieiíte, a seguinte obra : Éléinents de statistique, comprenant les prín- 
cipes généraux de cctte science, et un aperçu hiftorique de ses progres ; Par Alex. 
iVloreau de Jonnés... Paris, OuiUaumin et C.'", 1847. In-4.o de IV-362-V1 pags. 

FS8— Coração de Jesus [loné do—, A/meno] — PoPí-ias. Pui lioadas por Llpino 
Ituriense (Estes dizeres iio íiiitf-rosio ; no rosto]: Os quatro primeiros livros 
da Metamorphose de P. Ovidio Nasão poeta romano. Traduzidos em verso 
solto porluguez, &e. U/boa : Na tyj). Lacerdianr, Aimo ISOò, ^-12.° de 



252 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^ffo 




XXII-223-1 psgs.— Poesias... Tomo U. Ihi.. n.efma Tiip . 1815. In-S." ile 
229-5 pag. E. 

Estimada e pouco vulgar. 
889— Cordeyro (P/ ^níornoj-HlSTOlilA || INSULANA 1| DAS || ILHAS A POR- 
TUGAL SUGEYTAS II no Oceano Occidental, 1| COMPOSTAS PELO PADnK 
p O ■ 'I ANTOXIO CORDEVHO. |i da Companhia de JESUS, I| Insulano também da 
lllia Terceyra, .t em idade 7(5 annos, || PAliA A a)NFlRMAC,AM DOS 
RONS II costumes, assim moraes, como sohrenatnraes, dos no- || bres an- 
tepassados Insulanos, nos presentes, ^ y futuros, Descendentes se\is, ^ 
só para a || salvação de suas almas ^ maior || gloria de Deos. || (Logar de 
vinheta tip. de enfeite) |i LISBOA OCCIDENTAL, ]| Na OHicina de ANTÓ- 
NIO PKDROZO GALRAM. \\ || Com Iodas «s li^iciiraa nccef/cirias. \\ 

Anno de 1717. In-fol. pcq. de XVi (inuins.)-528 pags. E. 

As XVI pags. prcls. iiiiims., compreendem: frontispício (1 e 11); «PROLOGO |1 AO NO- 
BRE LEYTOR.^ (pags. III c IV e peq. parte da V); .Protestação Catholica, & Po- 
litica.» (restante p;irte da pag. V); .LICENCIAS DO S. OFFICIO.», «Do Ordiná- 
rio», e «Do Paço., (pag?. VI a X); e .ÍNDICE ;, TITULAR DOS LIVROS ^Nove), 
E SEUS CAPÍTULOS, (pags. XI a XVI) 

O texto consta de nove Livros, a saber : 

LIVRO PRIMEVRO [; £)a i7c«ino rfns ll/ius Occidaitaes, tocaiiics à Monarchia^\ 

Portugtícza. (XVI Capítulos). 
LIVRO SEGUNDOU Das llkii Caiarias, ^ das de Cabo Verde. (IX Capítulos). 
LIVRO TERCEIRO !|Z)as Wias do Porto Santo, ^ Madefrn. (XVII Capítulos). 
LIVRO QU.^RTOIIDn ll/ia de Salta Maria, que rias nove dos Assorss, foy a 

\\primeyra que se ticseaOrio. (XIV Capítulos). 
LIVRO QUINTO Da Illia de São Miguel. (XXIII Capítulos). 
LIVRO SEXTO II Díi Ilha Terceyra, cabeça das Terccyras. (.XLIV Capítulos). 
LIVRO SEPTIMO ;, Das Ilhas de São Jorge, Cr Oraciosa. (X Capítulos). 
LIVRO OVrAVO II Das llhus do Fayal, Ç^ Pico. (XI Capítulos). 
LIVRO NONO II Das Ilhas, Flores, 2?* Corvo, ^ das que se espera descubrir 
Wdeitovo. (XIX Capítulos). 
Obra escrita cm bom c clássico poiínguci; da maximi-inipurt.incía para a liistoria eclesiás- 
tica e civil e descobrimento, comiuista e povoação primitiva das nossas pérolas do Atlân- 
tico ; dos usos e costumes de seus habitantes; suas industrias, agricultura econiercío; etc. 
Edição primitiva, Belisssimo exemplar, com cnc-adcniação contemporânea d.» publicação. - 
Estimada c Muito rara. 

avK)-Cordelro (JacíMío)— SEIS ,! COMEDIAS i| FAMOSAS. |1 Guyos. || Amar por 
fiievça de Eftrella || El juramento ante Dias. " El hijo âe las Batallas. \\ 
El mayor trance de honor. í| friuteira parte de Duarte Pacheco \\ Segun- 
da parte de Duarte Pacheco. \\ DEL ALFEREZ lACINTO CORDÊRO. || Di- 
rigidas a diferentes períonas. || Auo (Logar de vinheta quadrangular, figu- 
r.indo uma planta florida) 1030. \\ EN LISBOA 'i Por Pedro Craesbeeck 
Impref/or dei Rey. \\ A costa de Paulo Craesbeeck mercader de libros, y 
vendeje en fii cajá en. . . In-i." de IV fl'. (prels.) inuiiis. e 142 nums. pela 
frente, vindo no verso desta ultima as <i.ErratasT>. E. 

As IV folhas prels. inserem : titulo (frente da I); i-Liceitças.> (verso da mesma ti. I); «PRO- 
LOGO.» (II); .DEDICATÓRIA II AO SENHOR lOÃO || GONÇALVES DA CAMARÁ 
II DO CONSELHO DELREV NOSSO II Senhor, Conde de Vilanoua da Calheta...' 
(frente da fl. III) ; «CaNÇAÕ AO SE-||NHOR DOM MIGVEL DE NO- |1 ronha, 
Conde de Linhares, Vicerey da índia, nas exéquias que íez,a||seu pay D.Afonlode 
Noronha, no Conuento de S. Domingos, & á Pua partida para aquelle Eftado. ■ 



AZEVEDO -SAMODÃ ES 253 



C <D 



^ JX o o 



(verso da mesma B. U! e frente e parte do verso da IV); -DECIMA ' De Uicitito Cor- 
(lera a efte Ubro.-> (restante parte da 11. IV). 
O texto das seis comedias, que é em verso e impresso a duas coliis. por pag., é antece- 
dido por uma Dedicatória (a da 2.a é a Henrique Corrêa da Silva ; a da 3.a, a D. 
João de Mascarenhas; a da 4.», a Lourenço Pirez de Carvalho; a da 5.a, ao Dr. 
Gabriel Pereira de Castro; e a da 6.a, a Manoel Alvares Pinto). 
Comedias muito apreciadas. Edição primitiva e parece que única. Exemplar com as fo- 
lhas 7 e 8 estragadas. -RARÍSSIMO. 

8'Jl Silva a El rey no.-^-so Senhor Dorn loaiii qvarto (Jue Deos guarde fc- 

licissimos Annos, Por seu menor Vassalo o Alferez lacinto Cordeiro. (Pe- ^^ /^'^ ' 

quena vinheta tipográfica de ornamento). Com todas as licenças necessá- 
rias. Em Lisboa. Na OUicincírle. Lourenço ile .inveres. Anno de l64í. lii- 
4." de 8 folhas inums. B. 
Apreciada. Muito rara. 

892^ TRIVMPHO |1 FRANGES ,, REGIBIMENTU, (^VE MANDOV FA- |i /er 

fua Mageltado elRey Dom loão o quarto de |1 Porlugal {sic) ao Martitiez de 
Breíle Embaixa- ' dor, & Capitão General delRey ; de Franga. || DIRIGIDA 
AO CHRISTlANISSiMO E PO- !1 derofilTimo Monaicha Luís Decimo lercelru 
Itey II de França. Pelo Alferez lAClNTO CORDEIRO ,: (Yinhtta lip. de or- 
namento) II Com todas as licenças neceff árias \\ Em Lisboa na Ojficinu 
de Lourenço de Anneres. \ Anno 1641. \\Aculta de Lourenço de Queirós 
do eftado \\ds Bragança. {n-i.° de II folhas (prcls.) inums. e 9 (aliás 10) 
nunis. na frente. B. 

As duas folhas prels. inuuis. compreendem: titulo (frente da II. I); Licenças (verso da 
mesma H. I); e DEDICATÓRIA.» a Luis XIII, rei de Franca (datada e subscrita; 
'Lisboa a 25 de AgoJ io de d://. II Humilde criado e V. R. Mageftade. H O Alferes 
lacinto Cordeiro.') (frente da ff. II — o verso está em branco). 
O texto do Trivmpho é em verso. No fim, como que em remate, as ^ERRATAS.^ 
Peça interessante, estimada e muito rara. ^ 

833— Cordeiro (Luciano)— \Á\vo de critica. Arle e lilteralura porltigueza de ^^I n ^ O 

hoje. 1868-18tí9, por... Porto: Typ. Lusitana... 1869. In 8.» de 319 
fiags. B. 

891— Corneilla (P. «£• T.)— Cher-d'Uãivres draniatiques de... (Vinhela tipo- 
gráfica ornamental). .1 Londres. M. DCC. LXXXW. 10-12.", 7 fomos de 
IV-35'2, IV 270, IV-2.5t3, IV-267 e lV-276. E. 

Clássicos franceses muito apreciados. Linda edição Cazia.~0 turno primeiro é enrique- 
cido com duas primorosas gravuras a buril, contendo uma o retr. de Thomas Cor- 
neille, e a outra o de Pierre Corneille. A primeira está assinada : peintc par P. Mi- 
g tard- grave' p. D'Eh'aux; a segunda: Peint par C le Druii - grave par D'El- 
vaux. 

Bonito exemplar, com a encadernação contemporânea da edição. RARO. 

895 Théatre de Pierre et de Thomas Corneille, avec Notes et com- /?C J Oi 

nientaires. Paris, Didol Fréres, Fils et C.'<: , 1838. In-8.°, 2 vols. de IV- ^^ 
558-1 e IV-549-1 pags. E. 

896-Cornejo (Pe</í-o)— COMPENDIO H Y BREVE REI.ACION dela Liga y Gon- 

federacion Francesa; con II las cosas en aquel Ue\rio acontecidas, desde ., 

II el afio de ochenla y cinco, hasta el de no- :! uenta : eu e! qual vltra de ,S^ /^ ^ <^ 

la historia se !| tocan las mas nolables cosas que || en la Francia se hallan. 

li Conipuesto por el Licenciado Pedro Gornejo, y dedicado ai || Excel. S. 



^^oa. 



254 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




O <P 



/^ 



O íP 



Dvqve de Parma y Placencia ^ e, 1! (Vinheta com a iinagoiii da Fé c len- 
do em volta os dizeres : íSIGNVM VEnE FIDEI. >) i| £w Madrid, por P. 

Madrigal \\ |! /l«o M. D. XCII.\\ Vendese en Madrid eu casa de 

luan Lotes || Perete las nudienciís de Corte. ln-8.o pcq. de VII (T. (prels.) 
inums, e 104 nums. na frente. 

As Vil folhas prels. compreendem: fionlispicio ; ..TASSA..; -APROVACION.. ; «ERRA- 
TAS.»; .LICENCIA..; e Dedicaloria : «AL EXCLENflSSlMO H SENOR DVQVE DE 
PARMA II y de Placencia...» 

.Ma primeira folha nunier,ada um Proemio «AL LECTOR.» ; nas 2 a 72 o texto do Com- 
pendio ; e nas 7-í a 103 ; 

DISCVRSO II Y Br.EVIÍ RELA- || ClUN DE LAS COSAS 1 Aconteci- 
das en el cerco do I.i famosa j' vila do Paris, y sii defensa por el Duque il 
de Nemours, contra Enrique de Bor- ij bon, intitulado liey de Nauarra |] y 
Francia. || Embiada ai Excelentissimo senor el |1 Príncipe de Ascoli, ^c. 
II Por el licenciado Pedro Corncjo. it (Peq. vinheta t\|>. de ornamento) || 

EN MADRID '\ Con licencia. Por Pedro Madrigal, || || lõ92. E. 

Na frente da folha 73 o titulo que deixamos transcrito; na 74 a Dedicatória ao Príncipe 

de Ascoli, e nas 75 a 103 o texto da «Relacion. • 
Obras muito interessantes e apreciadas. A primeira edição, mencionada por Brunet, é de 
Paris, 1590; a que se seguiu uma outra, feita eui Bruxelas, em 1591. Belo exemplar, 
porem carecido da folha Ui. - MUITO RARO. 

COROGRAFIA BRASÍLICA. . — Vej,i-se: Aires no Casal. 
8ít7-CORPUS l; OMNIU.M VETERIM || POETARUM || LATIKURUM, || TôM || 
PROPHANOHUM || QUA.M j, ECXLESlASTICOltUM ; || CUM EOKUM, iJfOT- 
IJUOT REPERIUNTUR, FRAGMENTA. |1 TO.MUS I. |í (Gravura alegoriu.i : 
Lud. Cheron invetril.) |j LONDINI, \\ Prostant vero || HAG^ COMIPUM, \\ 
Apud ISAACUM XAILLANT. \\ M. I>. C. C. XXt. In-fol., 2 tomos de 
VIII-803 e frontispício, e de 81)4 a 1732 pags., além de X(I (inums.) de 
INDEX, e 7 de OMISSA, finais, F. 

Compilação dos mais notáveis poetas latinos antigos muito apreciada. Explendída edi- 
ção, adornada com vários e lindos cabeções alegóricos (uns assinados: B. Leiís 
scuJ delin. J. Stiiit sculp. ; outros : F. Boutard dei- E. Klrkalt sculp. 1712) ; letras 
iniciaes e Horò^ís decorativos. 

As VIU pags. prels. inums. do tomo I inserem: titulo (impresso, a linhas alternadas, a 
preto e a vermelho) ; Dedicatória : «SERENÍSSIMO 11 FRANCISCO EUGÉNIO ;i Sa- 
baudite Pedeinontia Príiicipi, Aurel Vellc- \\ ris Eqtiiti, Exercitas Iinperialls Stratego, 
6íc. li 5. D, 11 MicHAEL Maittaikh.s (encimada por um dos cabeções decorativos, o qual 
tem no centro o brasão d'armas do Principe Eugénio); e: *A '1 LIST H OE THE 
SUBSCRIBERS.. 

A impressão do texto ê a duas colns. por pagina, á excepção do Indix, que é a três. 

Estimada. Belo exemplar, bem encadernado em inteiras de carneira fina ; dourado por 
folhas. -MUITO RARA. 

Corrêa 1." {Fr. .án/oiiío) — Seiman. ,. No aclo da Fé... de Coimbra... 
Ití82. — Veja-se: Autos de Fé (Sermões de). 

Sltg— Correia, 2.° (Fr. ^míokío).— Fama poslhuma do venerável Padre Fr. An- 
tónio da Conci ÍI.-SO. &, &. Lisboa... A'a Ofíic. de Hcriqiie Valete de Oli- 
veira. Amio M DC.LVlll. In-l." peq. de VIII 11'. (prels.) iiiuiiis. 370 iiiinis. 
na fientc e G mais inums. de Indiie. E. 

8'JO— Correia {Gaspar) — Ijeniiii» da índia. Publicadas de Ordem da Classe (l»5 



/Tt /^ O o^'y— worreia ^'.ra^2''»'')""'-'6nuas aa in'iia. ruoiicaaa.^ ue (.'roem ua uiasst «i» 

/ tP & ^ Sciencias Moiaes, politicas e bellas loltras da Actid. Real dasSc.as de l,is 



AZEVEDO -SAMODÃES 255 



tioa, e bob ;i direcçso de Rodrigo José de Lima Filr.er. Lisboa. Xa Tijp. 
(la Academia. 1858-C6. In4." gr., 8 tomos. 

Subsídios jinr.i a historia da Índia porliigiieza, etc, contendo: I. 

O Libro dos Pesos, Medidas e Moedas, por Anionio Nunes — IL O Tombo 
do Estado da Ilidia, por Simão Eolelho. — III. Ltmbranças das cousas da 
Ii dia em !52o. Ihi , mesma Typ., 18GS. lii-4.° gv.—Lvte de 9 vols. 

Os oito volumes das Lendas da índia são enriquecidos cora magníficas litografias (im- 
pressas em separado) reproduzindo retratos e diversas vistas das principaes povoa- 
ções da Índia, etc. ~ Colecção importante, muito estimada e j.i RARA. 

ItOO— Correia (P. José)— Serie clironologica dos pielados conheciJos da Igreja 
de Rraga, desde a fundação da niesina it^reja até o presenle tempo. Pre- 
cedida de uma breve Noticia de Braga Antiga, e seguida de um Catalogo 
dos Bispos Titulares, Coadjutores de Arcebispado. (Escudo d'armas reais 
portuguesas). Coimhra, A'a fíeul hnp. da l\uver.<sidade, IfiSO... It.-8.ode 
VII-120 pags. K. 

Interessante. Publicada anónima. Estimada e pouco vulyar. 

Correia, 1.° (Ih: í,í(?s).— Alegações. .,—Yeja-se : Lucena (Dr. Affonsode). 
yOl-Correia, 2° (/,íitó)-UELE<;TIO || AU GAPVT. IN- || TER ALIA. DE 1M-|1 
MVNITATE EC'CLE-|| SIARVM. II llabila im Conimbricenli. Academia, pro 
repelilionis certamine. || A Ludovico Corrêa Alibale Lordellenf iuris Poií- 
tificij Doclo- II le. AriiuTrKj; .\]at>iltro. [| Illustrilsimo, ac Reverendifsimo. 
I). D. Roderico II ii Cunha Epifco Portugalenfi.. . [j ... | (Escudo d'arn)as 
do mesmo D. Rodrigo da Cunha). IN MONASTEItlO DE LOHDELLO. \\ 
Cvm facnliaie Svperinrvm. Per loann. fíoderic. Antio M.D.CXXVI. 
In-i.' de XII pags. (prels.) inums. e 242 rjun.s , além de .37 de INDEX RE- 
RVM...; e uma de ERRATA, (inun.s.), finais. E. 

As XII pags. prelf. compreendem: frontispício; Licenças (umas em latim, outras em 
português); varias poesias em louvor da obra c de seu autor; Dedicatória: -IL- 
LVSTRISSIMO, 1! .A.C REVERENDÍSSIMO D.; D. Roderico à Cunha....-; e Pream- 
bulo: ..4D LECTOREM., 

Barbosa tratando do erudito autor desta obra, escreve a seu respeito, entre outraa mui- 
tas cousas, as seguintes e mui elogiosas referencias: «mereceo a primazia entre os 
maiores Jurirconfullos do leu tempo pela profundidade do talento, e delicadefa de 
juizo...» 

Obra não citada pelo douto autor da Bibl. Lusitana. Impressão do Mosteiro de Lordello 
extremamente rara. Belo e.vemplar. 

Correia (A/anHc?)-— Veja-se: Camões {Lnis í?p).— Lusíadas. . . ed. de 1613. 

9a2-Correia {Fr. Perfro). -CONSPIRAÇÃO |; VNIVLRSAL. || COMBATEM OS 
SETE VÍCIOS MATAPORES || com as fele virtudes rontraiiis fobre a pofle 
da alma, l-^rvindo || o Demónio do General na liga viciosa, & fazei^do Chril- 
le II ofDcio de Capitão no fanio e.xercilo. || VAI ORDENADA EM PEZENOVE 
DISCVRSOS PREDICA- 1| ueis, tiles fe diuidem em dinerentes Conceitos, 
110 Imi ha Elencho para lermoéi de || Iodas as Domingas, ^ feftas princi- 
paes do anno: hnni Inde.x das coufas || noiaueis, ^ outro dos lugares da 
Efrritura. I AVTOR FREY... DIRIGISE AO. . . SE- !| nhor Dom loíeph de 
.Mello, Arcebifpo d'Eiiora Metropolitano, (^ c. || (Logar de curiosa vinheta; 
marca do impressor?) || ('om licença da fanta luquifição, Ordinaro. ^ 
Paço. II — II Em Lisboa na Ofíicina de Pedro Crasbeeck 1615. \\ ... Com 



J~o 



ys^/^o 



m-^ 



ro 



f^o o 



II '^ 




i/li- 




25Õ CA TÁLOGO DA LIVRARIA 

Fiintlerjio. In-fol. de Vlll pugs. (prels.) inunis., 678 iiuiiis., c iiKiis LW 
iiiums., finais, tendo a ultima apenas, no centro, um outro iet?lslo da im- 
pressão. E. (perg.). 

As VIII pags. prels. compieenciciii : frontispício; Taxa; ^PRIVILEGIO."; iLICENC,AS.-; 
Dedicatória; Prologo «AO LEITOR.-; e . ERRATAS. - 

O titulo encoiitra-se dentro de cercadura impressa com peqs. vintielas tipográficas orna- 
mentais, simetricamente disposta?. -Livro clássico t estimado. Raro. Belo exemplar. 

Correia {Fr. Pedro).— Graça. Hebrêa... em Évora .. 1627.— Vej i-se : Au- 
tos de Fé {Sermões de). 

•JO;i -Trivmphos ecclesiasticos. Primeira parte. Contem as festas prin- 

cipaes rjne em (outubro, Nouembro, & Dezembro celebra a Igreja Militante 
em consonância do Triuinphanle. Com licença do Santo Officio, Ordinário 
<6 Paço. Lisboa. Por Pedro Craesbeeck. Anno 1617. ln-4.°de IV ff. fprel.s.) 
Innms., 304 nnms. na frente e 8 mais de Index. Erratas e registo. 

Parte segvnda. Contém as festas de Chrislo, da Virgem Mãy, it 

dos Santos em Discursos predicáveis... No fim vão índices das cousas no- 
táveis, & da Escritura que seruem não só a esta, mas também â Primeira 
l'arle. Em Eiiora por Manoel Caruallio Impressor de Vniversidade, e d 
sua custa.— Anno 16á3. ln-4.'> de IV ff. (prels.) inums., 2ò2 nums. na 
frente, além de 22 com os índices.— ioíe de 2 vols. E. 

Vinheta no front. de cada parte: a primeira representa um dos milagres de Christo; a 
2.a é a marca do impressor. Estimada e Pouco vulgar, principalmente o 2.0 vol. 

904- Correia de Azambuja (iliauíie?).— Compeniio de indulgências, e div.)- 
çoens, Em duas partes dividido... Pelo Padre .. (^uimljra: Ka Oijic. de 
António Simoens Ferreira, Anno M. DCC. XXXI V. In 8." peq. de XVI- 
423 Vlll pags. E. 

9t'5 — Correia de Lacerda {António Augusto). — D. Sebastião n Encubertu: Ho- 
I L^ niance-Poema. Canto I. (a V). Lisboa ISHIi. Na Typographia deJ. F. Sam- 

paio.. . In-8.0 de VI-162-XVI11 pags. E. 
Publicado anónimo. Pouco frequente. 

90ij -Correia de Lacerda (D. Fe/íiawdo).— CATASTUOPllE DE PtUll VtJAL, na 
deposição DEL HEI D. AFFONSO SEXTO, subrogação DO PlilNClPE D. 
PEDRU O VlNK^O, justificada nas calamidades pulili<;as. Escrita para jns- 
lificaçaõ dos Portugueses, POH LEANDIiO DOHEA CACEliKS E KAlilA. 
(Pseudónimo). (Escudo com as antigas armas do reino). EM LlSBU.i. Açus- 

ta de 3IIG VEL MAXESCAL mercador de Liuros na Hua Xova — 

M.nC.LXlX. Com todas as licenças necessárias. In-4.° de 267-111. E. 

Primeira edição d'esta obra interessante para a historia do reinado de D. Aifonso VI. 
Apreciada. Pouco vulgar. 

—(Z> ^^' Carta pastoral escrita aos lieis do Bispado do Porlo. Lisboa. Xa 

Ofíicina de Joam da Costa. M.VC.LXXIII {\V>Tò). In-S.» peip de 214-2 pags, 
)L. penj. 

Estimada. Pouco vulgar. 

•J08 Virtuosa vida e santa iiiortn da Princesa Dona .loaiina. lielle.xôes 

{) '-^ moraes, e politicas sobre sua vida, e morte. Dedicadas ao Conde de Villar 



Oc^ 



AZEVEDO -SAMODAES 257 



3^^ 



o 



Maioi', &o. Lisboa . . Sa Impressão de António Cvdesbteck de Mello. Im- 
pressor da Casa Henl. Anno l(i7'í. Iri-4." de XIl-27;) |';i^s., (a ulliina le- 
forç.ida). K. 

Apreciada e RARA. Belo exemplar. 

9C9— Corrêa de Mattos [Cuslodw] — I'rodigi(isa vida, lieroicas virtudes, e por- 
tentosas maravilhas do Taumaliirgo de Bolicrnia o pioto-iiiarlii do Sigilio /•- 
sacramental da confissão, e singularissimo Protector da honr.i, Bom no- /T^^ "^ 
me, e boa Fama o (jloriosissimo Saõ Joam Nepomueeno divulgadas por 
varias naçoens, e historicamente compiladas em Cistelhano por l>. Pedro 
Andrc de Velasco, e novamente em Portiigiiez por Inini Devoto do mesmo 
Santo... Lisloa: A'a "//''■ de Francisco da Silca. Anno de WCC.XLV II. 
Com todas as licenças necessárias. Ini." de XliVl pags. (prels.) inums. e 
420 nums. E. 

Nas folhas prels. achani-se insertas poesias de vários autores em louvor da obra e do 

seu tradutor. 
Em frente da primeira pag. numerada vem uma gravura a buril em chapa de metal (C. 
F. Dcbrie detiniator et scuíptor Regias dei. et sculp. 1746), a qual contem a ima- 
gen\ do Santo, etc. 

910— Corrêa, e Alvarenga (Manoel José . — Braga triíintVinle na real eleição, e 
sempre glorio.sa posse, ijiie o Atigiistis.^ímu Priiici(ie e Serei i.ssimo Senhor 
D. Josepli pe.ssoaliiicnlo tomou do Arcebispado 1'riii az das llespanlias em 
o dia 2U do julho do presente anno de 1741. Coimbra. No Heal Colleífio 
das Artes da Companhia de Jesus Anno de 1742. In foi. de lob poíís. K. 

Comprebende uma elegante portada grav. (assignada D. F.), no centro da qual se vê a 
fachada da Sè de Braga; front. impresso, e, de pag. 5 a 38, uma Dedicatória, que, 
segundo Ricardo Pinto Pinto de Mattos, é uma boa historia de Braga. Na pag. 39 e 
40 uma outra dedicatória Ao M. R. P. M. D. Fraiuisco Monteiro, da Companhia 
de Jesus ; e da 41 em diante, os Argumentos e o Poema, eiíi oitava rima e dividido 
em 2 cintos. Estimada, e os e.templares com a portada são raros. 

911— Corrêa Garção (Pedro .4ií<o«to).— Uhras poéticas de. .. Dshoa: Na Ofpc. ^ . 

de Joaõ António da Silva... Anno ,M. HCC. .XCIll... In 8.° peq. de c><-^ <C> cD 

.\JI-4I4-11 pags. E. 

912 Obras poéticas do... .Nuva cdií^ão dada á luz, conforme a do Bio de /^ /O (<~\ 

Janeho de XÁVl. Lisboa: Na hopressão Weejia. 1S20. In-S." peq., 2 tomos ' 

de 198-VI e 24ti-ll pags.. cm iini vol. K. 

Muito apreciadas. RARA. 

013— Corrêa Telles (io.se iíoweíM).— Tralado das olirignções posse e recipro- 
cas nos [jactos, contractos, convenções, ,tc. (Jiie se fazem a respeito de 
fazendas oii dinheiro, segundo as regras de ferro da consciência, e de 
foro externo, por \tr. Pothirr... Traduzido da edio"io... por .. L'sboa 
Na Imp. Neoesiana. 183.i. In-i.», 2 vols. VII 1448 e II-:í8i) pags. E. 

914— Corrêa Telles (./csé iVaiva).— Manual de Tabellião, ou línsaio de júris- ;^ 3~0 
prudência enreniatica. Contendo a Collecrão de roinutns dos coiractos, e 
insti innenlos mais usuais, e das cautelas mais pref-isas nos contractos, e 
teslamentus, por... Lisboa: Na Imp. Nacional. 1850. [n-4.° de 248 pags. 

Addições ao Manual do Tahallião do sr. José Homem Correia Tel- // ^. .-, 

les. Por F. V. da S. R. Lsboa. Typ. de Ponorama, 18Sõ. In-4.o de lV-313 W^ -> ^ 

pags.— .•Is duas obras em vol. E. 

IT 



258 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



.5/^ 



O 



915 - Corta di Pavia {.1/. (,7a«<M- IL || CAVALLARIZZO li Dl M. CLAVDIO 
CURTE II Dl PAVIA, j] NEL QVALSl TliMTA DELLA NATVRA 1| de' Ca- 
iialli, dei modo di domarli, >*i Erenartli; || tT Dl TVTTO OVELLO, CHE A' 
CAVALLI, I (^ à biion Caiiallnriz/.o s'Mpparliene. Ij (I'eq. vinheta tip. de 
ornamento) II Con Priíiilegio. || (líOt^ai- de curiosa niaroa do impressor, 
aberla em madeira) || y.V ]'EXRTIA ]| Appresso. \\ Giurtlano /.tletii aWin- 
segna delle Stella. \\ M 1) I.XIl. ln-4." de IXAM fí. K. {perg.j. 

A primeira folha prel. é pani o frontispício; nas II a IV, e nas 1 a 5 das 130 nuuis. : 
• AL flLLVSTRISS. F.T REVER. || (jRAN CARDíNALE |1 ALLESSANDRO FARNE- 
SE. II PKOEMIO. nas b a 8 a «TAVOLA DE' CAPITOLI || DELLA PRESENTE 
OPERA.., c nas 9 a 130 o texto da olira propriamente dito. Esta é dividida em dois 
Livros. 

As IV ff. prcls. e as 8 imediatas não apresenta numeração ; ela coiueça sú a aparecer 
da 9 em diante. 

Obra, no género, muito interessante e estiuuida. Bela edição; impressa com caracteres 
itálicos, á e.vcepção do Proemio, que é coui redondos. -Muito rara. 

1116- Corte Real (Jeron/wo). — NAVKIÍALíKt. ,. S. 1. [Lisbon). M. D. XCÍIII. 

i /^'(-"clL o C^ í^" frontispirio iliimiis, em follia áprirte, a exacta reprnducção foto-sin- 

Ò ^ ' cográfica. 

ln-4.'' peq. de IV IV. (pieis.) imiiiis. e 2U0 ipims. na frente. E. 

.\s IV folha? prels. compreendem: frontispício (I- verso da II. em branco); «Licença da 
Inquisição.» (duas: a primeira subscrita por F. Bartolamcu Ferreira, e a segunda, 
datada e subscrita : Em Lisboa a 3 de liitho de 1590. || António de Mendonça. DiO' 
guo de Soufa.') ; Licença do ordinário.» (Podefe imprimir a 9 de Octubro 1393 11 
/oão de Lueena homem.); «Licença de lua Mageftad.» (datada e subscrita: Em Lis- 
boa a 5. de Mayo \\ de I59i. „ P. Pereira. Amaral. D. Daguiar.) (frente da II. II); «PRI- 
VILEGIO.» régio para a impressão, passado a favor de Simão Lopez: datado: 
«Belchior pinto o fez em Lisboa a dezoito de II Mayo de M. D. XCIIU. loâo da 
Cofta o fezjl efcreuer.») (verso da mesma ti. 11); «Prologo ao Lector.» (frente da 
ti. III); Dedicatória : «Ao excellentilsimo Príncipe D. Theodofio Du 'j que de Bragança, 
& de Barcellos'.. Se- |i nhor das villas dArrayolos, & || Portel Summa felicidade.» 
(subscrita : «.António de Soula.») (verso da li. III e frente da IV), e SONETO H De 
Efteuão Ribeiro a António de 1| Soufa na iinprelTão deste liuro.» (verso da mesma 
fl. IV). 

O Poema, -que decorre de IL 1 a 20Ci (frente) e que remata com um «EPITÁFIO.» (em 
oitava rima) e com o trivial «FINIS 11 Z.a//5 Deo, eiusq Virgini Afar/íP, -com- 
preende desassetc Cantos, todos encimads por uma espécie de argumento, ou titulo 
próprio. O do primeiro reza textualmente assim : *(^ [ NESTE CAN- ^-^^ || TO 
PRIMEIRO SE TRATA O MA- \\ cimento de Dona Lianor de Sá Jillia de Garcia de 
Sá, ^7* II de como fe namorou Manoel de Soufa delia, ^7* qacrendoa \\ cafar Jeu 
pay com Luis Falcam Capitam de Dio, fe foabe co |1 mo era cafada com Manoel 
de Soufa, petia qual caafa paf \\ fou algum tempo estreita, ^j* defgostofa vida.* 

Esta obra de Corte Real gosa da mais elevada consideração e estima. Ferdinand Diniz 
escrevendo acerca d'ela diz que, depois dos Lusiadas de Camões, é o poema portu- 
guês que mais belezas reúne. 

A publicação só foi efectuada apôs a morte do autor, e saiu por deligencias do seu 
genro António de Sousa, -que subscreve a dedicatória a D. Theodosio, inserta nas 
folhas prels. do volume. 

.A impressão, bastante cuidada c nítida, foi executada com caracteres redondos e itálicos, 
de vários tamanhos. Os exemplares são EXTREiMAMENTE R.VROS e muito presa- 
dos dos Bibliófilos. O nosso é de muito apreço, pois que, salvo uma ligeira recom- 
posição no canto superior de algumas ft., está optimamente conservado. 



NAVFRAGIO 

£ LASTIMOSO SVCESSO 

DA PERDIÇAM DE MA. 
nodde $0x1(2.^ Senulucda^Ã^ Doru Lià' 
noíáeSáíuamoIScTfif fiJho«.vin<loda ha» 
ihpm. eílc Reyno na nao chamada oga - 
fiáo grande S.loâoquctrperdco no cabo 
de boa Efper^n^a, na cena do Natal 

E a perigrlnacão que tiucrao rodeando íerrai' de ú^ 
Jres mais de joo. le^oas tè fac morte. 

Ctmfofto em "verfo heróico ^^ oBaua lí» 
mafoT ferommo Qprtt %eaU 

Dirigido ao cxcelcnnfsírao princípO' Thcadofe 
DriBjaf ds Bragança, & Barcc!io5,Marqucs de Vá 
lauiçofajCondedc Ourcm.Scãordâsviiias dAs- 
r9yollos,& PorceL Stunma Cdíadadc. 

Çtm licen£4d4 fanCfit Jnquijt^âo .,tf<h ordinmt^ 

Ks cRcina de Simão Laj^se. 

[om pnuitegto ^eal por de^ annfi. 

M» O. XCIIIL 

• Fac-simile» do frontispício da obra descrita no Catalogo sob o 
"••^'*^- (Pag. 258) 



AZEVEDO - SAMODAES 



259 



917— Corte Real (/crowímo). — Svcebso do seqvdo ceh- || co de Div :, .. 
(Ho fro^itispicio liamos a exacta reprodução que segue)- 





(O original tem mais 32""" de allu) 

In-4." de, além da portada que fica reproduzida, XIV 11". (prels.) inunis. e 
516 nunjs. K. 

As XIV pags. prels. compreendem: Licenças (a primeira, datada: "-xv). de ,, Feuereiro 
1574.>, é de Fr. Bartolomeu Ferreira) (I);; -ALGARA.' (Gaspar de Seixas o fez em 
Lixboa a 21 Dagosto || de 15TJ... II lorge da Costa o fez es- 1| creuer.») (II); «TA- 
VOADA.» (impressa 4 duas colunas por pag. -pags. III a V-a VI está em branco); EP/- 
■ GRAMA DE LVtS\\Aluarcz Pereira, (são duas oitavas-pag. VII); 'SONETO DE 
DOM JOROEide Meiíefes.- c -E/^/QRAMMA SVA.> (VIII); <SONETO DE PÊRO 
DANDRADE\\de Caminha.-. (.X); <EPiaR.AMMA.\\do doctor Antoiúo Ferreira.' e 
«AD LECTOREM. (.XI) ; .EPIQRAMMA PETRI LANDIM H Hieronymo Corte Real 
authore|liIIurtrilsimo>,e -DE EODEM>. (XII) ; »SO.VETO DE DIOGO 11 Bernaldcz.. 
(pag. XIII -a XIV está em branco). 



'O0Á<^^'^ 



260 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



■^l ^^ ^' 



/5- 



\^ 



/Á 







Nas pags. 1 a 3 : 'CARTA AO LECTOR.. ; na 4 : PROLOGO :l AO MVITO PODE- 
ROSO REYIIDOM SEBASTIAM, E PRIMEIRO 1, defte nome em Portugal, '! noflo 
Senhor." ; e nas 5 a 516, o Poema, que é dividido em XXI Cantos. Em remate, apõà 
o clássico jL^vs d:ío.>, o seguinte registo tipográfico; 

"CE '"'pi''-"'' ''III l'ÍNLiija i_iur Anloiiiii tloiiralue;'. || iinpiellor. Aiiiio 
lie 1574.» 

Poema em 21 cantos e em versos hendecassilabos soltos. 

O nome do autor vem somente nas poesias prels. registadas acima e na informação da 
censura. 

"A elegante e original portada, de que acima damos uma reprodução fac-similica, é bela 
e primorosamente gravada a buril em chapa de cobre por Jcronimus. 

Muilissimo estimado. Edição primitiva. Exemplar em perfeito estado, salvo o ter a por- 
tada em reprodução foto-zincográfica, e as pags. 79 e SO manuscritas. — RARÍSSIMA. 

918 Svccesso ilu stgvmlo uerco de Div. Estando Dom Joham M.izoare- 

rihas por Capilaiii da fortaleza. Anno de 1546. Ficliiiciile copiado da Edi- 
gam de 1574. Por Bento José de Sovsa Farinlia... Lisboa: .Va Ojjic. de Si- 
mtio naddni Fnreira. Anno M.DCC.LXXXIIH. (1784). In-8.° peq. de XVI- 
4.'J(i pa(;s. E 

Reimpressão apreciada e já pouco vulgar. 

C? yl9 -Cortes de Lisboa dos annos de 16'.)7 e 1698. Congresso da nobreza. Lis- 

boa: Na Tijp. da Acjdemia H. das ,SJiencias. Anno 1824. In-foi. de V-124 
pHgs. B. 
-y 1 920— Costa {D. António da]- O Clirislianismo e o Progresso, por... Lisboa: 

Iinp. Nacional, 1868. In-R.» de IV-180 pags., afóia uma do índice e uma 
em branco, finais. E. 

921 Historia da instrucf.ão popular em Portugal, desde a fundação da 

C' ^ . monaroiíia até aos nossos dias, por... Lisbofl : Imprensa Nacional, 1871. 

In 8.0 de IV-320 pags. E. 

Exemplar com dedicatória autografa, ofertiva do autor ao Visconde de Azevedo. 

—^ 923 Três mundos. Lisboa: Iwp. Nacional, 1873. In-8." de VI-357-I pags. E. 

Estimada. Primeira edição. Pouco vulgar. 

*■ 923- Costa [Fr. Bernardo do)— Historia da militar Ordem de Nosso Senhor Je- 

sus Cliristo, dedicada a el-liey D. Josepli 1, nosso Sentior. (Crut da Or- 
dem). Coimbra: Na Ojfic. de Pedi-o tíinioux Mercador de Livros. Anno de 
1771. Com licença da Real Mesa Censória. In-4." de VIII tT. prels. inums., 
314 pags. nums. e mais 1 de erratas, E. 

Comprehende o catalogo e noticia dos Mestres que em Portugal teve a Ordem do Tem- 
plo. O front. e as diversas cruzes da Ordem são impressas a preto e a vermelho. 
Com dois <*fac-similes' gravados em madeira, reproduzindo varias inscripções. Esti- 
mada e pouco vulgar. 

924— Costa {Cláudio Manuel da.—GlaucesteSalurno). — Orbas (stc)de.,. Coim- 
, .-. bra : Na Oljic. de Luiz Secco Ferreira, 176S. In-8." de X.\IlI-320 paginas. E. 

Edição primitiva das obras de Cláudio Manuel da Costa, apreciado poeta brasileiro. 
Bom exemplar. Rara. 

9íá5- Costa (Dioyo da)— Relatjam dHS guerras da índia desde o anno de 1736 
até o de 1740. Lisboa: Na Oflic. de António Isidoro da Fonseca, 1741, In-l," 



O O 



^ /' /) c> de 13 tT. inums. C, 
^ '^ Opúsculo interessante e estimado. Muito raro. 



AZEVEDO -SAMODÂES 261 






Relação i1o nmifr.iiíio i1a nno S. TIioiik'' . — Vfjase Gomes de Brito 

{Bernardo). 

Costa (l>. Francisco rfu). — Si rniniii . . . Nti Aiilo da Fé .. de Évora... 

l(i-Jl. — Veja-se : Avios de Fé [$eriiiijí's de). 

Costa (P. Gabiiel (in). — .Sermão. .. — Veja su: Ililncãu das ij:e(ii>ias . . , 

V)26— Costa (Padn- Iliidiv). — O iiitu itirieraiio r.a pcrfíjiinaçrio a Roma. iio 9^ S — C) 
anno do jiihiUii sactrdotal ilu santo Pailio I.iTio XIII. Purln; António Hen- 
rique Mirgado. Fdilvr... If-ÍV. ]n-S.o de 278-1 pags. E. 

927 — Costa [l.ui: rfnl - Rcllexos. 1'nesias p prosa .ária. (Orii;inal e traduzida), 
por.. . I.islua: Ti/p. inirctful. ISSl'. In 8." de XX-14(>-1I pags. E. 

928— Costa Alemão (Monidl i/d).— 1'\ relologia thcorica e philosophica, on In- 
lluencia dos systemns médicos na ( xplicaeão dos plienomonos febris, 
por... Coimbra: Ittipr. da imtersidrde, If^bo. ln-8.° de 269-1 pags. E. 

9^9— Costa Araújo {Anlonio Josc íí»)— lielaeaõ dos favores, que Deos nosso se- X1^A'~0 

nhor faz a PoiUigal jiela sua sagrada imagem dos Passos do Convento da 
Graça de Lisboa. Composta por... (Vinhieta tipográfica de ornamento) 
Lisboa : Na Cjjic. du Doutor Manoel Alvarei Solano do Viúie. Com as licenças 
necessárias. An)io de 17i>S. ln-4.° de 8 pags. B. 
Peça interessante. Rara. 

9.30— Costa de Andrade (Scbuslião (/<i) — QVAEST10N.\- || RIVM VARIAE ^ ^ 

THEOLO- II Gl.E AU EXPI.ICATIOMM SANC- !| T.E BVLL.E CRUCITAT^. ^ /tA^ O 
I! AUCTOHF II DOCTORE SEBASTlANO [1 Acofta de Andrada Olyfiponeníi, 
olin Collega in Régio Ditii || Pauli CoUegio Coninbricéíis Academiae : nnnc 
vero Ca- li nonico Magiltiali Ecolefia? Eboreníis, & in DiiHceíi illius eiul- 
dem Cruciatae nuper Com- |1 miílario Apoflolico. || (Escudo d'armas (aberto 
em madeira) de D. Miguel de Castro, a quem a obra ó dedicada) 1 C\M 
PRIVILEGIO, i; EBOIÍ.F I Ex oHiiina EDimanuelis de Lyra Vt iuer/'itatis Ty- 
pugraphi. \\ Eã-pen/;s .Iiu-ío)íí. || ANNO M.DC.VI. In 4." de 11 tT. (prels.) 
imims. e 190 nums. na fret.te, e mais VIU inuins , finais. E. 

.^s II ff. prels. inserem: frontispício e Licenças. No fim da frente da ff. IQO este novo 
registo: <EBOR^'\,Ex Ollicina EM.MANVELIS de Lyra. !' fexta die Septembris. 
Anno M. DC. VI. ^ ; no verso da niesni.i H., as ^Errata notabiUa corrigenda. : e nas 
VIII ff. finais inums. : Dedicatória: * ILLVSTRISSI.MO, AC REVERENDÍSSIMO 
DO- MINO MICHAELI A C.\STRO :; OLYSIPONENSI ARCHIE- [ piscopo. ; Dí>- 
ctor SEB.iSTI.ANVS Acofta de Andrada... ceternam in Domino exeptat felicita 
rdm.S Proemio: -AD STVDIOSVM '! LECLOREM.-; e «INDEX H QV.\ESTIONVM- 
PROOE-;, MIALIVM.. (a duas colns. par pags.). 

Livro estimado. Raríssimo. Belo exemplar. 

931-Costa e Silva (Josc il/<ir!rt do) - ENSAIO II niBLIOGRAPHICO-CRITlCO || /ff^Q^ OO 

SOBRE OS MELHORES |i POETAS PORTUGUEZES. \ POR||...l! Sócio / ^ 
Correspondente da Academia Real das Sciencias de || Lisboa,... \ D.'\DO 

A LUZ II pelo Editor il .lOÀO PEDRO DA COSTA. 1| || lisUíin : || .Y.á 

IMPRENSA II II 1850 (a I8õ'>). In-S.", 10 vols. K. 

Obra interessante e estimada ; ainda hoje única que, no seu género, possuímos. Belo y 

exemplar. Já para no mercado. //7 -> ^ 

932 — Costa Goodolphim — As Misericórdias. I.iabun. Imp. Xuiional, 1897. Iii-8.° 
gr. de 460-1 pags. E. 



262 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



li 




^di^O 



933— Costa Lusitano {Leonel da)— A Conversam. Meraculosa da felice gypcia 
peniiente S. Maria. Sua vida, & morte. Composta em redondilhas por... 
C natural de Santarém... Lisboa: A cvda de Pedro VansibecarpeL M.DC- 

LXXir. (1674). ln-12.o de YI fí. inums. e 368-1 pags. E. 

Peq. defeito no frontispício e na primeira follia. RARA. 
Costa Lusitano {Leonel do) — Af, Éclogas e Georgieas. . — V»-j;i-se; Virgilius 
itaronis (Publivs). 

934- Costa Macedo <A(,o)iinho José dfl)-CATALOGO || DOS LIVIÍOS, QUE SE 
HAÕ DE LER |1 PARA A CO.NTlNUAÇAt'"» || DO || DICCIONARIO DA LÍNGUA 
^ ^ rORTUGUt-Z.A II MANDADO PUBLICAR !1 PELA 1| ACADEMIA liEAL DAS 

SCIENCIAS II DE LISBOA, li (Marca emblema da mesma Academia) jl LIS- 
fíOA : II !SA TYPOGHAPHlÁ DA MESMA ACAUEMLA \\ 1799. \\ (:om iieença 
de SUA MAOESTADE. In-4.'' de fronlispicio e 153 pa^s., além de (ima 
em branco, final. E. 

Catalogo interessante e muito apreciada. Exemplar de bastante apreço e valor, não só por 
ter pertencido ao notabilissimo escritor Camilo Castello Branco, de que tem o res- 
pectivo autografo, mas ainda por estar enriquecido de valiosos acrescentamentos e 
notas de IVlonleiro de Campos, firmadas á pena, não só nas margens mas também 
em numerosas folhas de papel em branco, — umas intercaladas e outras apensa? em 
continuação das impressas. -Raro. 

935— Costa Mattos (Fíffii/e de). — Breve discvrso contra a herética perfidia do 
Ivdaisrro continuada nos presentes apóstatas de nossa Santa Fé, com o 
que convém a expulsão dos delinquentes neila dos Reynos de Sua Mages- 
,^JI ^ r\ lade, v(s suas n olheres & Filhos; conforme a Esciiptura S.igr.ida, .Santos 
/J O/P- Padres, Dirtilo Ciuil & Canónico, & muitos dos políticos. Dedicado á pro- 

tecção do llluslrissiiiiO ó' Excellentissinio Senhor Dom Mitiuel de Meneses 
Duque de Caminha... Gouernadar da (alidade de Ceit;i. Por Vicente d,i 
Costa Mattos. (Vinheta representando o Calvário,. Em Lisboa, por 
Pedro Crae.*bieck, Impressor dei Rey. Anno 1622. In-4.° de XVI tf. prtls. 
inums., 14tj nums. na frente e XVI mais inums., com o Jr.dej-. E. 

Estimada. Primeira edição, já rara. 

Honras christSs nas afrontas de Jesv Cristo, e segvnda ^arle do 

primeiro discurso contra a herética e perfídia dojudaismo. Continuada nos 
presentes apóstatas de nossa S. fé com a ronveniencia da expulsão dos 
sobreditos herejes, em ordem, ao serviço de Deos nosso Senhor lí-' ao 
pioueilo pai licular deste Reyno. Debaixo da prolecçam do 111."^" & F.xc '"° 
Senhor Dom Manoel de Moura Coite Real, Marques de Castel Rodrit^ii, l^c. 
N:<'. Por Viotnte da Cesta Mattos. 16. (Escudo d'arnias do Marques de 
Castel Rodrigo) 25. Com todas as licenças neíessarias. Ihi, ili, anuo ii2õ. 
In-4.° de XX III ff. (prels.) inums., 160 nums. na frente e XVIII mais iniirns. 
lie Index. E. 

Apreciada. Primeira edição. MUITO RARA. Belo exemplar. 
9y>G- Costa Paiva {António do). — Aphorismos de .Medicina e cirurgia praoticas. 
Por... Porto: Na Typ. Ctnmernal Portuense, ISS: . ln-8.o j^ XXV-191 
pags. E. 

No mesmo vol. está encadernada uma outra obra medicinal, em francez, a qual é ilus- 
trada com duas bonitas gravuras. 



AZEVEDO -SAMODÂES 263 



/Mi-' 



i137— Costa Perestrello 4 Galvão [Veàro da—, Fnmcisco)- Obras inéditas dos 
nossos insignes poel.is. .. Coevo do grande Luis de Camões, e. .. Estri- 
beiro do Duque D. Theodozio, e de muitos Anónimos dos mais esclareci- 
dos Séculos da Literatura Portngueza, Dadas á luz fielmente trasladadas 
dos seus antigos Oiiginaes.. . por António Lourenço Camintia... Lisboa- 
Na Offlc. de António Gomes. Anno M. IJCC. XCl. . . ln-8.» peq. de IV-XXXIII- 
2o2 pags. 

—Obras inéditas de Aires Telles de Menezes, da illustre Caza de 

TJnhaõ, e ayo do senlior rei D. Joaõ II. De Estevão Rodrigues de Castro, c 
de outros Anónimos... Dadas a luz... Por... Lisboa: Xa Offic. de Feiiiipe 
Jozé da França, e Liz. Anno M. DCC. LA'A'AA'7/. . . In-S.» peq. de XXXVIII- 
162-11 pags. Em um vol. E. 

Estimadaf e pouco frequentes. Bom excuiplar. 
Costa Soares (Dr. J/anue/).— Sermão.. . no acto da Fee... de Coimbra... 
1627. — Veja-se; Aulos de Fé (Sermões de). 

938— Costumes e trajes dos religiosos de diversas Ordens Monásticas.— 127 ,/r C>Í7\ O cD 

lielas gravuras do século XVII a XVIII. Em um vol. in-fol. peq. E. 
Colecção interessante e muito apreciável. Rara. 

Cota {Rodrigo dt).— Coplas de Mirgo Ruvulgo. . .—Veja-se: Crónicas... 

Cotte (JVacisse).— Le Maroc conlemporain — Veja-se : Figuier (Louis). 
939— Couctiy (fiarão ^^osíw/io). — Considerações sobre as ordens religiosas, ^ cà Ç" — o 

olTerecidas aos amigos das sciencias pelo... Traduzidas em poituguez. '''^^ 

Porío.- iVa Tjp. àe S. J. Perdra, 1846. In-8.o peq. de 80 pags. E. 

Encadernadas juntamente ha varias outras obras, de diversos autores e sobre diferentes 
assuntos. 

940— Coupry (//.). — Trailé de versification arahe, par... Leipzig: Impr. W. 

Drtigvlin, ISlõ. In-S.» gr. de XXVMV-206-IV pags. E. 
941-Courbef (Pierre).- Analogies de la sciencie et de la religion, par... /^ ^ CD 

Première (et deuxienie) partie. Paria: Bloud et Barrai, 1900. In 8.° peq., 
2 tomos de 62-1 e 66-11 pags., etn um vol. E. 

Encadernadas juntamente ha outras obras da mesma colecção («Siences et Religion ! >• 

Études pour le temps présent»). /jU S (~) 

9i2 — Couselro (O) ou Memorias do bispado de Leiria. Braga : Typ. Lusitana, 
1S()8. In-8.° de 11-371 pags. e uma folha desdobrável. E. 

Estimada. 1'ouco frequente. 
943— Cousin (T'.)— Cours de THistoire de la pliilosopiíie. Par... Introduction ^ ^^~ ^ 

a rHistoire de la Piíilosophie. Nouvelle édilion, revue et corrigée. Parif : 

Didier... ISAl. In-8.° de lV-IV-444 pags. E. 
944_^ Conrs de rHistoire de la philosophie, par. . . Histoire de la Philoso- , 

phie du XVIlP siécle. Mouvelle édilion, revue et corrigée. Paris: Di- / ^ {P O 

dier. . . JSJl. In.8.», 2 vols. de lV-IV-472 e IV-503 pogs. E. 

Coutinho [Fr. ylwíonío)— Sermão. .. no auto da Fee... de Évora... 637, 

— Veja-se : Autos de Fé {Sermões de). 
945— Coutinho {D. Gonçaío)- Discvrso da Jornada de D. Gonçalo Covtinho a f/n/y^r' B 

Villa de Mazagam, e sev governo neila. Composto pello mesmo D. Gonçalo V^ ^^ 



X^O 



co 



264 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^oi 



o o 



Covtinlio. E oflerecido por elle a El-Rey nosso Senhor D. Philippe iii de 
Porlvgal. Em Lisboa. Com (ndas as licinruí necessária». Por Pedro Craesbeeck 
Impressor dei Ruj. .Anuo lti-29. In 8." fie i\'-lT'i- pngs. K. 

As IV folhas prels. compreendem; frontispício (I); tApptobaçaõ. (do Dr. Frey Mel- 
chior Dabreu) (frente d,i H. 11); 'Licença do Sancto Officio.'; ^Licença do Ordinário.-; 
<'Liceafa da Meís.i do Pa(o.> (verso da mesuia H. 11); Dedicatória (frente da ti. 
111) ; e Prologo «AOS LECTORES.- (verso da H. III e toda a IV). 

Livro clássico e muito presado dos Bibliufilos, qiic o consideram um excelente modelo 
neste género de literatura. 

Bom exemplar, salvu o frontispício ser em reproduç.ão foto-zincográlica, mui e>acta e 
primorosamente e.vecutada.- Bastante raro. 

9í6-Coutinho [Fr. //.i-inoi — PRO.MPTV.ARlO 1| líSl-ílUTVAl- 1 SOBHE OS 
KVANGELIIOS I! DAS FESTAS DOS SAMOS, (JVK |! a Igrej'i Caiholjea 
c lehra pollo discurso |i do anno. |! PlilMKIKA PAHTE || OVK CONTEM OS 
OS DAS SOLE>INIDADES||da Rainha dos Santos, Mãy de D< os. i & Se- 
nhora nossa. II COMPOSTA POLt.O PAIiRE I.F.YTOR FREY || Ignacio Cou- 
tinho natural de Coimbra, Religioso da sagr.ida Ordem dos [! Pr-Ladoies 
da prouincia de I'oi Itii/al. .. [tom um iMpinso elinrho par.i lodos os 
Euangelhos do i! Icrnpo, i^i festas do anno. || lURltíIliA AO iLLVSTIllSSIMO 
E REVERENDIS- II .suuo sei.hor Dom Rodiiíío da Cunha . || Aum (Vinheta 
com a imagem da Virgem da Conceii.';"io) ICCÕ. |j KM LISBOA. \\ Com Iodas 
as }icença$ neceisarias. || Por Lniirenro Craesheerk Impressor dei Ilej/. In-lul. de 
de VlII II. (prels.) ii.uriis., 2!í'i nums. na licn.e e inais 1>.\XV1 iniims. para 
o LNDEX. 

As VIU folhas prels. inserem : titulo; Licenças e Aprovações ; Dedicatória a D. Rodrigo 
da Cunha; •PROLOGO :' AO LEITOR..; e ..INDEX DOS TRATADOS, E CONSI- 
DERAC.OENS;; deste liuro.» 

— : MARIAL il O II Promptuario Espiritual || Sobre los Euangelios delas 

Fieslas || de ht Reina de los Sai. tos || MARIA || ... |1 COMPUFSTO || Por El 
R. P. Ltclor... II En Lengua Portuguesa; TRADUCIDO 1! En la Cbstellana 
por el R. P. M. II Fr. Franc. Palau de la misma Orden. || DEDICALO [ A D. 
Peilro Ruiz dn la Escaleia || I Qiiiroga. . . || Pedro Coellio ; a cuia Cosia se 
Re II pile su Impression; Eu Mndrii, j En la Jmprenta Ihal Aí.o. ICAl . In- 
fol. de, alf^m de uma portada gravada, VI follias (prels ) iniinis., 3!i3 [lags. 
nums. e mais LXIII ti. iiiums. para os ÍNDICES finais. 

As VI folhas prels. compreendem: ante-rosto ; Dedicatória -A DO.M PEDRO RVIZ DE 
I LA ESCALERA I QVIROQA, 1| ...>; Aprovações; Suma dei Prívilejio : fce de 
Erratas.; Suma de la tassa ; e .ÍNDICE DE LOS TRATADOS, V !' Consideraciones 
deste libro.» 



PROMPTVARIO ii ESPIRITVAL || DE ELOGIOS DE LOS || S.ANTOS. 

IICONTIKNE AI.GVNaS FESTIVIDADES || De los mas ilustres Heroes, que 
la Iv^lesia C;ilolica li celebra por el discurso dei ano. || PREDICADOS LOS 
MAS||En la inuy noble, y leal Ciudad de Seuilla. Ij POR EL.. || OBRA 
POSTVMA DEL AVTOR, 1| Repilela à la ICstampa el por Fr. Fdipa de 
Acosta... I! niRlCELA II A DO.\ PEDRO DE AMEZQVETA... || Lleua três 
ladicts... II O 'N VN COPIOSO ELENCO 1| Para los Euaiigelios de Aduien- 
to, y (Juaresma . . |l Segunda (peq. vinheta) Impression." || CON PRIVILE- 
GIO li KiV MADlltl), Eu ia luiprenta Real .iíw 1C50. . Inlol. de XIÍ p^fgs. 



AZEVEDO - SAMODÃES 265 



(prels.) inums.. 372 nuins., e iii.iis 172 imims. para os Elencos.— Os (rfs 
loh. E. . 

As XII pags. pieis, compreendem: frontispício; Dedicatória .A D. PEDRO DE AMES- 
QVETA, &C.Í (encimada pelo seu escudo d'armas, gravado a buril em ctiapa de me- 
tal : /««;; de Noort F.) ; Prologo «AL LECTOR.>; Suma de Príuilegio ; Suma de 
Tassa. ; Fee de Erratas. ; Licencia dei Ordinário (e outras); e «IMDICE DE LOS 
TRATADOS DESTE SANTORAL, |1 con las Consideraciones que en el se esplican.. 
A artística portada alegórica do touio 11 tem no alto a imagem da Virgem, e no centro 
da base o escudo d'armas de D. Pedro de Ruiz : É gravada a buril em chapa de 
cobre e está assinada: Pedro Coelto Ênvcnit.- Hcrmnii Pamiceh Exsculpsit. 
São muito estimadas estas prédicas de fr. Ignacio Coutinho; e os exemplares das três 

partes extremamente raros. 
O presente exemplar pertenceu ao nolabilissimo romancista Camillo Castello Branco, . 

que lhe firmou á pena, em uma das guard,is do tomo primeiro, esta curiosa nota : 
'A 2." e 3." partes foram escriptas em castelhano pelo m."" fr. Ignacio Couti- 
nho e impressas em Paris em I6J6 c W47 . A primeira parte é rara e estimadís- 
sima pela pureza da dicção. > 

Camillo Cast. Br." 

947— Couto {Anlonio Maria do)— Dicciormiio ila maior parle dos termos homo- / 

nymos, e equívocos da lingua portugueza: Augn.entado com huma grande -íj^ (^c2> 

cópia de vocábulos téclinicos, e sua etymologia ; e enriquecido com mui- / 

tos adágios da lingua, e trechos de historia, ciilica, e antiguidades. Seu 
aulhor... Lisboa: Tijp. de Aiilonio José da Itocha. . . 1842. In-fol. de VIII- 
432 pags. E. 

Apreciado. Tomo 1 e único que se publicou. 
Couto {Diogo do) — Décadas du Ásia de... — Veja-se: Burros {João de). 

948 Observações sobre as principaes causas da decadência dos porlu- 

guézes na Ásia, escritas por... Em fóima de Dialogo, com o titulo de OÁ-^O 

Soldado Pratico. Publicadas de ordem da Academia Real das Sciencias de 
Lisboa, por António Caetano do Amaral... Lidoa: Na Ojfu:. da Acad. Real 
dnf Scienna*. Atino M. DCCXC. In 8.» gr. de XIV-11-161-110 pags. E. 

Apreciada e pouco vulgar. 
Relação do naufiagio da nao S. Thomé... em 1589.— Veja se : Go- 
mes de Brilo {Bernardo). 

949-Couto Browne {D. Mana da Fel icidade— Soror holores)— VIRAÇÕES DA ^;^ O^ 

MADRUGADA. || (Vinheta tipográfica ornamental) || Ííi.-W. (S. iiid. de lagar 
da impr.—PorIu-?). In-S." de VI-240 pags. E, 

Poesias muito apreciadas. Excelente edição, de tiragem uuiito limitada e só destinada a 
brindes. -Rara. 

930— Couto Guerreiro {Miyael rfu)— Epigraminas porluguezes de... Lisboa: 'M^ '^~~ O 

Nu Ofíic. 1'atriurchal. M.íiCC.XCIll . . . ln-8.° prq. de 4^5 pags , afora três 
em branco, finais. E. 

951 Sátiras em desabono de muitos vícios, e elegias sobro as misérias / ^ ,- 

do lioiiiem. Lishoa. Na Offn-. de F ru ncism l.niz .Imeno, 1780. In-8.° de XV- /ri -> <0> 

405-2 pags. E. 

9.52— Couto Pestana (Jost- t/o) — Quitéria Santa. Poema sacro. Na Offic. de Jo- 

!e//i Lopes Ferreyra. M.DCC.XV. (lllõ). ln-8.» peq. de IV 219 pags E. ■^f^ O à 

O Poema é em oitavas e dividido em doze Cantos. -Estimado e RARO. Bom exemplar. 



266 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



é 



D 



[4 



O 



953— Crasset (P. Jfa>i)-HISTOJBE || DE |1 L'EGL1SE || DU JAPOiN. L Par M."- 

TAbbé de T. || TOMO PREMIER. (et Second) |] (Logar de artística vinheta, 

, (^ aberta em madeira) i| A PARIS, || Chez Eíítjenne Michallet, premier |i Ivi- 

*. priíneur du fíoy, \\ rue S. Jflrtyues, « VImage \\ S. Paul, prés la Fontoine S. 

Seveiin. || || M. DC. LXSXIX. \\ AVEC PRIVILEGE BE SÁ ME- 

JESTE'. In-4.» gr., 2 vols. de XXYllI pags. (prels.) inums., 659 nums., 
e mais XI inums., finais, o 1.°; o X pags. (prels.) inums., 678 nums. e 
mais VI inums., finais, o 2.° E. 

.^s XXVllI pags. prels. cio volume primeiro inserem: titulo; ^PREfACE]] Sur la créance 
gu'ori doit à cette Histoire :\] Et jjorquoy Vou a'y rappofic poin.t\\de Mtracies.* ] 
.ARGUMENS ' DES LIVRES CONTENUS || dans ce premier Volume. ■; e -PWK/- 
LEOE DO ROY.' ; e as XI finais a .TABLE H DES MATIERES.» 

As X pags. prels. do volume segundo: titulo, e ^ARQUiMENS II DES LIVRES CONTE- 
NUS |i das ce second Volume.» ; e as VI linais a «TABLE H DES MATIERES.> 

Obra importante para a historia do estabelecimento e progresso da Igreja no Japão, e 
bem assim das missões que predicaram a Fé cristã no Oriente. Enriquecida com 
muitas gravuras a buril em chapa de metal (impressas em separado do texto), as 
quais reproduzem os diversos usos e costumes dos naturais d'aquele grandioso 
país; pagodes e outros edifícios; etc.-Muifo estimada. Primeiía edição. Rara. Bom 
exemplar. 

954 HISTORIA || DA |i IGREJA DO JAPAÔ, || EM QUE SE DA' NOTICIA 

DA PRIMEIRA || entrada da Fé naquelle Império, dos costumes da- 1| 
O quella Naçaõ, gentes, suas terras, e cousas |1 muito curiosas, e raras, para 

os Eruditos |1 estimáveis, e para todos gratas. || ESCHEVEOA EM FRAN- 
CEZ II O li ... Da Companliia de JESUS. 11 TOMO PRIMEIRO. || E correndo 
já traduzida em Italiano. || Aparece agora dedicada |1 a || S. Fran- 
cisco 11 Xavier, || Primeiro Apostei daqnelle Gentilismo ; E VERTIDA 
KM PORTUGUEZll PORII D. MARIA ANTO.NIA || DE S. BOAVENTURA E 

MENEZES, li LISBOA : \\ Na Ofíicina de MANOEL DA SYLVA \\ || M. 

DCC.XLIX. 11 Com as licenças necessárias. In-i.", 3 vols. de XXXVII- 
642, XII-560 e VIIl-643 pags. E. 

As pags. prels. III a VII do tomo I inserem a Dedicatória a S. Francisco Xavier. 

O3 títulos nos frontispícios são impressos, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. 

Obra muito interessante e curiosa. Estimada. Belo exemplar, mas falto das gravuras que 
a edição contem. -RARA. 

p 955— Crébillon— CEuvres de... Paris, Stéréotype d'Herhan. De 1'lmpr. d'A. 

^ Ègmn. i815. In-12.o, 3 vols. de XXVIlI-23o, 313 e 197 pags. E. 

Bom exemplar ; com encadernação coutempor.\nea. 

950— Crétineau-Joly (J.).— Histoire religieuse, politique et iittérairedé laCom- 

^ pagnie de Jesus. Compesée sur les documents inédits et aiilhentiques. 

Paris. Imp. Simon Raiyn et Comp., 1859. In-8.°, 6 vol. E.— C. J. 

Contem os retratos de S. Ignacio de Loyola, S. Franc. de Borgía, Pierre Claver, S. 
Franc. de Hiéronymo, João de Brito, S. Franc. Xavier, etc, etc. 

957_Creu2er {Dr. frédfric).— Religions de Tantiquité, considerées principal- 

ment dans leurs formes symboliques et mythologiques; ouvrage traduit 

fV O de 1'allemand du... refendu en parlie, complete et développé par J. D. 

'^ Guigniaut .. Paris, Treuttel el Wurlz... M DCCC XXV. In-S.», 3 vols. de 

IV-522, IV e de 523 a 960 e IV-528 pags. E. 

Trabalho interessante e valioso. 



Ò'í^ 



f/ 



AZEVEDO - SAMODÃES 267 



^«c^- 



^-^' 



9fi8— Criado y Dominguez (Jvan Pcí/j-j;.— Bibliografia de la Cruz Roja Espa- 
Tiola, por el Secretario general de la Asamblea suprema Don... Nueva 
Ediciôn, complelaniente refundida y adicionada. .. Madrid: Iinpr. y tilogr. 
de Ernesto Catalã.. . 190.5. In-8.° gr. de 304-lV pngs. B. 

Trabalho interessante. 

Crónica— Veja-se : Chronica. . , 
959— Cruz (fr. ^go»/2H*o rfa).— Varias poesias do venerável padre... Lisboa.- C/íj^ /) Ç\ 

NaOllic. de Miguel Rodrigues,... M. DCC. LXXl. In-8.» peq. de VI-XXllI- / ^ 

1(53 pags. E. 

Poeta quinhentista, muito estiniacia. Edição original e pouco vulgar. 

StiO— Cruz {Fr. Bernardo da). — Chronica de El-Rei D. Sebastião, por . . publi- ^^ /f 

cada por A. Herculano, e iJr. A. C. Payva. Lisboa: 1837. .Va Imp. de Ca- /^fiw^ ^ d 

Ihardo e Irmãos. In-S." peq. de 446-XXXVn pags. E. 

Apreciada e não vulgar. 

901— Cruz (Fr, Hieronimo de la). — Apologia por la limpieça y nobleça de Es- 
pana ai Excellenlissimo Sifior Conde Duque de OlUiares ProlVcto || Augus- 
lal dei Grand Rey de las Espanas Filippe III Emperador dei nueuo mundo 
escrita por el P.e Fr. il Ilieronymo de la Cruz lector deTIíeologia, y Monge 
professo dei Real Monesterio de S. Hioronymo de Madrid. || Impresso En 
zaragoça. In-fol. de portada gravada, 8-299 ÍT. nums. na frente e inums. 
finais, contendo o «ÍNDICE COPIOSO DE || LAS COSAS NOTABLES...» E. 

o titulo acima transcrito acha-se na parte interior de curiosa portada gravada a buril em 
chapa de cobre, a qual tem no centro as íiguras da Fé e da caridade (?) rno alto o 
escudo d 'armas do Conde Duque de Olivares, e na base o de D. Filipe IV? 
' .\as 8 pags. prels. que se seguem á portada a Dedicatória : «AL |1 EXCELENTlS.mo 
SENOR CO.NDE DVQVE 1| DE OLIVARES, DVQVE DE ||Sanlucar...» (subscrita 
por Fr. Geronimo de la Cruz). Nas 299 imediatas, o texto da obra : «RESPVESTA 1| 
APOLOGÉTICA II AL DISCVRSO DEL (IP. P. AGVSTLV SALVCIO !I DE LA OR- 
DEN DE S. DOMINGO.» Este texto é impresso a duas colns. por pagina. 

Na lombada da encarnação lê-se este titulo : -NOBLEZ.^ || DE li ESPANA.» 

Obra muitissima curiosa, não citada por Salva. Belo exemplar. -Multo rara. 

962 — Cruz [João Chrisoslomo da).— Melhodo breve, e claro, em que sem proli- 

xid.tde, nem confusão, se exprimem os necessários princípios para inteli- //f (^ 

gencia da Arte da Musica.. . Por... Presbytero de habito de Saõ Pedro, //t -^ O 

natural de Vila Franca de Xira. Com hum appendix dialógico que servirá 
de Índex da obra, e liçaõ dos principiantes. Lisboa: Na Offi. de Ignacio Ro- 
drigues. M.DCC. XLV... In-4.°de XVI-75-XXX pags. E. 
Livro curioso e estimado. MUITO RARO. 

Cruz {Fr. Juan dela)—§riftovia ir In JJjílcfin i\nc llljnmãfficrlffinrtico ij 
STriportita...- Veja-se este titulo. 

963— Cruz ^Fr. Maneio do^.— Espelhe spiritval de noviços. Composto pello Re- 

uerendo Padre Fr. Maneio da Cruz, Geral que foy de nosso Padre S. Bento //-vf 

neste Rej no de Portugal. Com as licenças necessárias. Em Coimbra por Aico. Á-y 'p^ C"^ 

lao Carualho Impressor da Vniversidade. Anno 1621. In-8.° de VIII ÍT. prels, 
(a ultima branca) e 132 nums. na frente. E. 
Clássico. Estimado. Poueo vulgar. 



268 



CATALOGO DA LIVRARIA 



^/ 




S)64- Cruz (Fr. Mcwel da].-FALA, QVE FKS || O P. Fr. MANOEL DA CfiVS [: 
Meftre em S. Theologin, Deputa- || do do S. Officio, ít das Ordens !| Milita- 
res na legiinda inftnn || ein, Vigairo Geral da ll Ordem dos Pre-ado 1| res 
^ ^ da Índia. || (Escudo d'arnias reais porliiguezas) || NO ACTO SOI.EMNE. EM 

QVE O CONDE lOAM DA H Silua Tello. (^ Meneies, Yilorey, ^ Capilaõ 
Geral do Eflado da in- || dia, dei.ois de ter aclaniHdo, gr lurado o Sere- 
nilsimo Hey, || gr Senhor, Dom loaõ, o IV, iiirou o Trinei- |l pe Dom Theo- 
dofio, fen primoííenilo, j ^ herdeiro, aos 20. de Oululiio. ||de 1G41 j De- 
dicada ao meímo Conde Vilorey. {Lisboa. \a Ujlniim. de Lourenço de Anve- 
res. Aniw 1642. In-/»." de 11 IT. iniinis. B. 

A folha I é para o frontispicio ; na II vem a Dedicatória: «AO ]| EXCELLENTISSIMO 

SENHOR lOAÕ DA 11 SILVA TELLO. E MENEZES, H Conde de Aueiras (datada 

e subscrita no Imi : Deftc Comieato de S. Domingos de Goa em 6. de\,Nouembro 
M. 11 Capellaô de V. Excellencia. i; Er. Manoel da Crnz..) ; e nas resUntes o tevto 
da Fala. 

Tanto o texto da Dedicatória, couio o da F,Ua, ábrcni com uuia letra inicial decorativa, 

gravadas em madeira. 
Clássico. Interessante e estimada. Multo rara. 

965- Cruz e Silva (António Diniz ííu).-roe.Mas do... Na Arcádia de Lisboa 
Elpino Nonacriense. Lisboa 1807. (a 1817). Na Tyjmjrajia Lacerdina. [ina 
£> Cj da Condeça ao Carmo. N." 1.". .. In-8 " peq., tj vols. E. 

O l.o volume compreende os Sonetos; o 2.o, os idylos ; o 3.o, as Poesias Líricas; o 4.o, 
as Poesias varia';; o 5.o, a primeira parte das Odes Pindaricas; e o 6.o, a segunda 
Parte das Odes Piídaricas. 
Muito estimadas e pouco vulgares. Bom e.templar. 



9156- 



:2^<Ap 



-O Hyssope, poema herói cómico. Por... Nova edigão correcta, com 
variantes. Prefacio, e Notas. Paris, Na Offic. de A. BMe. 1817. In-8 "peq 
O d6lX-XXXlII-l37-i pags. E. 

Ornado com uma gravura alegórica : (Couche Jils Scnlp.) Inocêncio dá ao volume apenaí 
.\XIV-17J pags. Não vulgar. 

CRUZ (A) !1 SEMANÁRIO RELlC.IO.SO...-Veja-se: CASTELLO IWANCO 

(Can.Vlo j, 

967-Cubero Sebastien. {Don Pfáro).— DESCRlPCION GENERAL || DEL MVNDO 

II YIINOTABLES SVCESSOS QVE HAN |1 SVCEDIDO EN EL || CON L\ 

/(^ K'^1 r ^ ARMONL\ DE SVS TIE.MPOS. || RITOS, CEREMONL\S, COSTVMRHES. Y || 

J (j^n ^' Trages de sus Naciones, y Varones lluslres || que en èl ha ávido. i| ES- 

/ CRITA II POR EL. . . II . . . MISSlON.AlilO ' Apostólico, Confessor General, 

que ha sido, de los jj Exércitos dei Augustissimo Senor Emperador || Leo- 
poldo, Primero de este nomhre, con- jj tra el Turco en VngrJa. || DEDI- 
CALA II A LA SERENÍSSIMA REYNA DE || LOS ANGELES, ílAItlA SAN- 
TISSIM \ DE |! los Desamparados, y Protectora desta | Nobilíssima Ciudad 

de Valência. |i ]| En Valência : Por li^cnle Cahrera, Impressor, y || 

Librero de la Cíudade en la Placa de la !i Seo. Aiio itJ!>7. Vendense en la misma 
hnprenla. In 4.0 de VIU tf. (prels.) inums. e 342 pags. nums. E. 

As VIII folhas prels. inserem : titulo (acha-se emoldurado por tarja constituída de peqs. 
vinhetas tipográficas de ornamento, simetricamente dispostas) ; uma gravura com a 
imagem da Virgem, aberta em madeira); Dedicatória : .A L.\ SOBERA.^JA, Y , AV- 
OVSTISSIMA EM EMPE- : R.\TR1Z DE LOS CIELOS...'.; .APROB.ACIONS.^ e 
Prologo .AL BENIQNO, V PIO LETOR.- 



//«'O 



AZEVEDO - SAMODÃES 2Õ9 

As pags. 333 e 334 inserem a .TABLA DE LAS COSAS ii MAS .M EMORABLES QVE 
CONTIENE ESTA DESCRIPCION || General de el Mundo, y Notablcs l\ sucessos de 
el.' ; e as 335 a 342 a «TABLA DE LOS SVCESSOS MAS ME- 1| morables de el 
Naciniiento de Christo, y desde el Naci- 1| miento de Christo, hasta el ano I6S8.> 
Estas "Tablas» são impressas a duas colns. por pagina. 

A gravura com a imagem da Virgem ocupa todo o verso da H. 11 (prel.). 
Obra muito interessante para a historia dos usos e costumes nas índias e Américas. Es- 
timada. MUrm RARA. 

968— Cuenca (Fr. Jcão di).— Gniiiinlica de la lengiia grfega. Su Aiilor el M. 
Kiay... Maduil: Por Dvn Atitoi io <íf Savi)ia. Aiiode MDCCLXXXIX. In-4.°, 
3 lomos de XVl-583 e XX-479 pags. E. 

As XVI pags. prels. do tomo 1 inserem : titulo ; Dedicatória : «Al Rey y Reyna nueslros 
scfiores».; «PrologO".; iTabla-.; e -Correcciones.». As XX pags. prels. do tomo 11 ; 
titulo; «Advertência.»; «Tabla. ; e «Correcciones.» 
Bom exemplar ; com excelente cncadernaçiio. 

969— Cunha {Lir. Francisco do).- Oragani académica, panegyiica, histórica, "^«^/J ^ 

Encoiiiia.stica, Profano- Sacra. Que pelos felices succes.sos, e vicloriosas <^>^ '-^ 

armas de Angiislissiiia, e Sereiíissiiiia Rainha da Hungria, e Bohemia, 
frc. Com a descripção do mesmo Reyno, e Corte de Praga, e das duas 
viclorias do Ponáro, e Meno ; adornada de varias poezias, e ntuntos versos 
dos milhorcs engenhos Portuguezes. . , Lisboa: Xa Ofíh-, Alvarense. A>ino 
âe M.DCC. XIJU. Cum toãns aí li-ou-n^ nicefsartas. In 4.° de CGXLll 11 362 
paiis. R. 

A obra ê adornada de unia estampa de ante-rosto (Mkhael Le Bouteux fecit. Vlcsi- 
pone. 1743) contendo o escudo d'armas da rainha da Ungria D. Maria Thereza de 
Áustria ; p de unu gravura com o retr. da mesma soberana. Os exemplares acompa- 
nhados das duas mencionadas gravuras são R.\ROS. 

Cunha (Framúco íja).— Relaçam da prodigiosa navegavam da nao chamada 
S. Pedro c S. .loão... — Vejase: Gomes de Biito (Bernardo). 

97(J— Cunha iDr. .Iom- Anastácio da) — ComiJOsições poéticas do. . . Agora colii- /^ILO Q 

gidas pela primeira vez. Lisboa. Na Tijp. Carvolhense. Anno de 181/9. In 8." 
gr. de XVI-207 pags. B. 

971 — Cunha {D. Lviz da) — Testamento polilico, ou Carta i sciita pelo grande. . . 

ao Senlior Hei I). José I. Antes do seu governo, O qual foi do Conselho ^^^^^n^^ CD 

dos Senhores D. Pedro II., e D. João V., e seu embaixador ás Côrles de 
Vienna, Haya, e de Paiis, onde morreo em 1749. (Escudo d'armas leais 
porlugiiesas). Lisboa: Na [mp. Regia. Anno ■ISW... In-4." de 66 pags. B. 
Interessante, apreciado e raro. 

072- Cunha [D. Hvdrigo do). — Advertências ao i\bile\ do anno de njil e seis- 
centos & vinte. Ordenadas por Dom Rodrigo da Cunha Bispo do Porto, /^ ^ 
aos Parrochos, & (Confessores do dito Bispado. Oflerecidas a Dom Diogo //^ 
da Sylua, Marquez de Alemquer, iV;. Cum as tieenças Hf(e.«òiirias. Em Coim- 
bra. Por NíCoUw Cxrualho, impressor da Vnivenidadc. Anno 1620. In-4." de 
IV ff. (prels.) ituims. e 37 nums. na frente, sendo a l.'' encimada por 3 vi- 
nhetas, uma d'elliis é maior e allegorica. Segue-se por fim : Litanias eí 
prec(f rccilandne : in celebratione irhilei... (Yitiheta com as imagens de S. 
Pedro e S. Paulo). Ibi., pelo metmo impr., 1620. De III ff. inums. E. 

973 Catalogo, e Historia dos Bispos do Porto. UffereciJa a Diogo Lopes £^i^ J"' cP 

de Souza, Conde de Miranda, &c. Por D. Rodrigo du Cunha Bispo do 



270 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



b'í^ 



Joir. 



Í?il 



^íi^ 



Porto. (Escudo d'armas do Conde de Miranda, grav. a btirih Por baÍTOj: No 
Porto. Por João Rodrigvez Impressor de S. Senhoria. Com as licenças necessá- 
rias. Anno 16S3. In-fol. de Xll ÍT. (prels.) inums. e 451 pag., II fT. com o 
índice dos capÍLvlos, 36 com o índice das cousas mais notáveis e uma 
de Erratas. E. 

Inocêncio não regista as XII íí. prels., nem as 30 pags. finais. 

Estimada. Primeira edição. RARA. Bom exemplar. 

A mesma obra: — Nesl;i segunda impressain addicionado ; e com 

■Av suplementos de varias memorias ecclesiasticas desta Diocese, no discurso 

de onze séculos illn.strado, por António Cerqueira Pinto... Dado ao prelo 
pelo Padre Anlonio da Costa Porto. Parlo. A'a Olfic. Prototypa Episcopal. 
M.DCC.XLIl. In-fol., 2 partes de VIII ir. (prels.) inums.. e 921 e 34C pags. 
A que se segue: — Proirtiio, e ]irefi>crã(i prerin, ou iioni addi lamento... De 33 
IT. inums. — Em mn rol. K. 

Edição também estimada e já pouco vulgar. 

974 Explicação dos Ivbileos do :mno do 1(519. & de 1621. UlVerecida a 

D. Diogo da Sylua Marques de Alenquer, Duque do Francavilla, do Conse- 
^ lho do l''stado, &c. [Emvdo d'ainas do attclor). No Porto. Por loaõ Rodri- 

'^ ijues Impressor. Anno "/Cfi". Com Iodas as licenças necessárias. In-4.° de 

XXVIII li. (prels.) inums., 272 pags. e mais XXI ff. com os índices, ele, 
também inums., além de uma em branco. E. 

O frontispício c embelezado de cercadura impressa com filetes e peqs. vinhetas de orna- 
mento, simetricamente dispostas. • 
Estimada. Primeira edição. Pouco comuju. 

9 75 Historia Ecclesiustica da Igreja de Lisboa. Vida, e acgoens de se\s 

prelados, iV vaiões eminentes em Santidade, que nella florecerfio. (Jlíere- 
cida ao Dvque de Aveiro, Dom Raymundo de l.ar.castro. Escrita em dons 
í? CJ^ volvmes por D. Hodrigo da Cvnha, <.\:c. Primeiío volvnie [e iniico). (>onlem 

dvas parles. Primeira. Da fundarão de Lisboa, até ser ganiia aos Mouros 
por ti Rey D. AlTonso Henriques. Segunda. Do tempo do mesmo Rey, até 
o reynado dei Rey D. João o I em q foy leuontada em melropolittina. Em 
Lishoa. Com luenço de ,'^. Iníjuisição, Ordinário, & Poço. Por Manoel da Sylva, 
anno 1642. In-fol de II ff. inums. e 300 nums. na frente. E. 

A morte do autor impediu que éle terminasse este primeiro volume, que foi publicado 

pelo P. jesuíta José d'Escobar. O prometido segundo vol. não chegou a sair. 
Apreciada. Bom exemplar. Multo rara. 

976 Primeira Parte, || DA HISTORIA ECCLESIASTICA DOS || Arce- 
bispos De Braga, E Dos Santos, E Varões || ilustres, que florecerão 
neste Arcebispado. || Por Dom Rodrigo da Cunha Aicebispo, ^ senhor dp 
Bniga, Primaz das Hespanhas. I! Anno (Logar de grande gravura a buril 
C) em chapa de cobre (/. de Courbes F.j, lendo dentro de espécie de escudo 
a imagem da Virgem com seu filho Jesus ao colo, e na parte inferior o 
brasão d'arinas do autor) 16i)4. \\ Oiterecida A' Sereníssima Virgem 
Santa 1I Maria de Braga. \\ i' Em Braga, com todas as licenças necessá- 
rias, por Manoel Cardozo mercador de /iuros.— In-fol. de VIII pags. (prels.) 
inums. e 471 niuus., afora uma em branco, XLIII inums. e uma outra em 
branco, finais. 

As VIII pags. prels. compreendem: frontispiclo (I e II); Aprovações, Vistos e Licenças 
para a impressão da obra (III e IV); Dedicatória: «A VIRQE.M || SENHORA NOSSA, 



AZEVEDO - SAMODÃES 27 1 



PADROEIRA DA IGREJA, E|] Cidade De Braoa> (V) ; -PROLOGO»; e uma poesia 
em latim, de FRANCISCOS PINTO II Da Veiga.. {VII e VIU). 
Nas pags. imims. finais I a VI, o «ÍNDICE :1 DOS CAPITVLOS || DESTE LIVRO.» ; nas 
VII a XLIl, o «ÍNDICE DAS COVSAS MAIS |1 NOTÁVEIS QVE SE CONTEM 11 
neste Iinto>: e na XLIII, as ^EHRATAS . 

SuGUNDA Tarte, II ... Ayno (iiit!iiiia giiivura (jue vem no fronl. da parle 

prtcedente) || || ÍM., pilo n.eismo Impressor. In-fol. peq. de 'VIU fT. 

fprels.) iniims. e 474 p:igs. iiums., além de 1V-XL\'II iniims. e uma em 
branco, finais. — As duas partes em iíjual luimero de volf. K. 

AS VII ff. prels. da parle segunda inserem : titulo (ti. I); Ordem para os vistos; «APRO- 
VAÇAM DO PADRE || Reitor do Colégio da Companhia de |1 lESUS de Braga.» (da- 
tada e subscrita: «Braga 3. de Agosto de lb35. \\ Francisco Cabra/. J (frente da fl. II); 
Vistos de «Tr. Manoel do Spiíitu Saneio» e de -Dom Bernardo de Attayde Prior de 
Guimarães., (o daquele datado de 1635, o deste, de 1636) (verso da fl. U e frente da 
III); Licenças (verso da mef-ma fl. III); «DOM AGOSTINHO DE U Vafconcellos Ma- 
noel, deuoto, & affectnolo II íeruidor, do lIlnUrilTimo, ft Reuerendif J simo Senhor Dom 
Rodrigo da Cunha Ar- |' cebilpo Primas, eleito de Lisboa, elcre- I! uia efte juyzo fobre 
a Hirto- ;i ria EccleriaCtica dei; Braga., (ff. 'V e V) ; «PROLOGO, (fl. VI) ; e Dedicató- 
ria : eA VIRGEM t AC RATIS- 11 lima Senhora nofía.» (frenie da fl. VU— o verso está 
em branco). 

As primeins XLV pags. imims. finais inserem o «INDEX DAS COVSAS MÃES NOTA- 1| 
neis que se contem neste limn^ ; a XLVI esta em branco, e na XLVII venr a lista das 
ERRATAS. 

.\s IV ff. inums, que se seguem as -174 pags. nunis. compreendem o texto de dois capitu- 
tulos que faliam em quasi lodos os exemplares que aparecem no mercado. São eles ; 
CAPITVLO 107. 11 Dos Jenios de Deos Pedro Aljonfo Abbade de Saiicta Maria de 
Car- :, uoero ; Mendo, Pedro Garcia ; os Irmãos Frei Antão, ^j- Fructuo/o, ^ ou- 
tros Religiofos de Sancto Ago/ti-]]n/io, Companhia de JESV, ^\\deSam Bento.^> 
~e CAPITVLO \m. , Aduerte-icia d Hi floria. 

O texto inserto nas folhas prels. desta segunda parte, e o dos ditos capítulos 107 e 108 é 
composto com caracteres differentes dos utilizados no texto das restantes pags. dos dois 
vols. da obra, e isto faz-nos supor que èle foi impresso em tipografia diversa da indi- 
cada nos registos de logar e de data da impressão dados nos frontispícios dos mesmos 
dois vols. Ha também a notar que o texto dos dois capítulos em questão é composto 
a toda a largura das pags., emquanto que o dos restantes da obra vem disposto a 
duas colns. por pagina. 

Limitadíssimo é o numero de exemplares que tem aparecido com as folhas que inserem os 
dois referidos Capítulos, as quais, sem duvida, devem ter sido impressas muito depois 
das restantes que constituem os dois vols. 

O nosso exemplar,— pelas raríssimas espécies que apresenta, verdadeiramente precioso,— 
encontra-se ainda enriquecido de duas outras folhas que não fazem parte da edição ; a 
primeira reproduz o brasão d'armas de D. Pedro, Arcebispo Primas, brasão que é 
adornado de artísticos ornatos e muito habilmente iluminado, a cores e a ouro; a se- 
gunda contem uma Cançam (manuscrita e de bela caligrafia imitando letra tipográ- 
fica), encimada por esta epígrafe, decerto indicativa de oferta do exemplar : « Ao 
IH."» E R.™ Senhor ;í Dom Pedro Arcbbisto || Pri.mas Elleito. 1| Com offerecim''° 
deste Luro.' Esta Cançam, que não está assinada, supômo-la ainda inédita.' 

A encadernação que o exemplar apresenta, contemporânea da edição e artisticamente orna- 
mentada, a frio e a ouro, na lombada e nas pastas, é também de bastante apreço e 
valor. 

Obra clássica e muito apreciada; abundantíssima de noticias relativas a cousas bracarenses. 
Magnifica edição; sendo o texto impresso a duas colns. por p.igíuas, e estas embelezadas 
cnni cicadremení composto de dois filetes paralelaiuente dispostos. - MUITO RARA. 

'77 Pro Sanctissimi D, N. Papae Pavli v. stalvto, nvper emisso in con- 

fessarios faeminas solicitantes incoiifessine niotae, solulae queestiones ali- 
quo(. Ctini facuUale Sanlce Inqvuitioni», Ordinarij, ^ Begis. Benavente : Apvd 



272 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




Mallhaemn Donalum, Aimo Díii M.DC.XI (Itil I). In-i." de VI 11. pieis, 
iniinis., 128 niinieradas n;i frente, e iiinis H iniiins., coin os 2 Index. E. 

O frontispício é adornado de tarja formada e impressa com peqs. vinlictas tipogiáficas de 

ornamento. 
Obra cnriosissima. Primeira edição. Muito rara, 
O logar da inipressiio-BíJ«ai'fi;í/-scrá a nossa viila da Extremadnr.i desse nome (como 

qner Ribeiro dos Santos nas Memorias da Litteratura, tomo S.o, pags. 141 a 147, ed. 

de 1856) ou a cidade hespantiola do mesmo nome? 
.\caso estaria cá em Portugal, algnm dia o impressor JVlatheus Monato? 

97S Tractatvs de primntv Brnoharensis Eclesiap in vniversa. Ili-spanin. 

^ è? Cvm Facnlt.ile svneriorvm. Bracharse. R.t ofjkini Joonnis Roderici Âmw Dín 

M.DC. XXXII. (1(332). In-fol. de IV fí. íprels.) iniims. e 240 poss. E. 

No froutis]iicio o escudo d*arnias do antor (gra\-ado a buril em cbapa de metal). Rara. 

Veja-se : Conslitvivõr.i sytwdaeí dn Arcebis])ndo de Luhnn... 77.37. 

979^Cunha Graciano (Fr. Frmidícu dn). — Helacam da prodigioza naveg.-irani 
da nao chaniada S. Pedio, h S. loaiii da uomp.inhia de Mac.T", jior mercê 
/ ^ Jí /^ C> ^^ milngrozissiina imagem de N. S. de Penha de Fran(.n . . Com a expli- 

/ C' C i' caçam, e pintura da grande Cobra, que se acliou na dita Nao, e .^e criou 

dentro cm liuma pipa de agoa . . Escrita por. . liicardo Kinega Fasciinh. 
lÀnhoa : Nn iljic. de José da Sih-n da XiUiiídnde, auvo de 1743 , . . ln-4.'' de 31 
pag-. B. 

Na priíneiía pagina vem inua estampa (abeita em madeiía) com a imagem de N. S. da 
Penha de França, e, por bai,'<o, a figura da cobra. Interessante. -Rara. 

9s0— Cunha Matos {Hai mindo .J ler di) — (^orocriapliia histórica li.is illins de S. 
^ /^ _^ Ihoiiip, Principp, Anno B"m, e Fernando Pó. Escrita por B. .1. da C. M. 

^7*-^ ^ p„ío. j,^p^ ^a Itcihin. 1843. In 8." do 13.3 p:igs. E. 

Estimada, Bom exemplar. Rara. 

,^ ^c— ^ 981 — Cunha Seixas (./. Af. rfa).— O Paiilitlieismo na arte. Cânticos e poesias 
TKI '^ por... IMioa: Typ. da lUbl. iwrerMU. 1S8". Iii-S." de XE-279 pngí. E. 

982-Cuplet (Fc/i;)c).— HISTORIA |1 DE \N.\ (ilíAN SKNORA, li CHRISTIANA |i 
PE LA CHIN.A, II LLAMADA II noívA (JANDIUA ,1 HIm || ilONDE, CON LA 
OCASÍON (JVE SE II ofrece, se explican Ins vsos destes Piielilos, el es- |1 
tnblecimifnto de la líeligion, los procedeies de |1 los Missioneros, y los 
exercícios de piedad |i de los nuevos Cliristianos, y oLras curió- H sidades, 
/ dignas de saherse. || ESCRITA 1| POR EL R. P. FELIPE CVPLET, DE LA |1 

Compailia de .lesvs, Missionero il de Ia China. || COi\ LICENCIA || || 

EN MADRID: En la Impreiíta de ;; Antonjo Boman, .■^rlo IfjfU. In 8 o peq. 
do XVI pags, (prels.) ii'ums. , e 246 nums., além de mais duas initms., 
filiais, com a: «PROTESTA || DEL AVTOR.». E. 

As XVI pags. prels. compreendem : frontispicio (embelezado com cercadura impressa 
com peqs. vinhetas tipográficas de ornamento, simetricamente dispostas); .DEDICA- 
TÓRIA "A LAS II GRANDES II SENOR.\S...; 'LICENCIA DE LA ORDEM..; -CEN- 
SURA DEL R. P. M. JOSEPH LOPEZ\\de Ecliabura y Alcaraz. . .^■. -LICENCIA 
DEL ORDINARÍO .: CENSURA DEL R. PADRE PEDRO \\ de Espiítar. ..^ ; 
■FEE DE ERRATAS. ■, LICENCIA.' ; e .SVMA DE LA TASSA'. 
As 246 pags. nums. inserem o seguinte texto : De pag. 1 a 188, a «Historia de vna 
grann senora... ; de 189 a 215: .COíMPENDIO I, DE LA VIDA, V Y MVERTE ! DE 
IIDO.NJA CÂNDIDA, II SACADO II DE VN LIBRITO, |; QVE IMPRJMlo SV HIIO l| 
D. B.\SILIO !,«/«>; e de 216 a 246: «CARTA [] ACERCA DE LA|imuerte dei Padre 



//o4 



ò o' 



AZEVEDO - SAMODÃES 273 



Fernaii- do Verbiest, Flamcnco, de la Compahia de Jesvs, que ■ siicedio a 28. de 
Enero dei |1 ano de 1688.- em Peklm, i Corte de de la Chi- |1 na. |1 ESCRITA POR EL 
P. ANTÓNIO WThomàSf FLamenco de la misma Compania, que en lagar dei P. 
Fernando, es nora \\ Profecto de la Mathe- \\ maticat. 

O volume é enriquecido cora duas gravuras (de formato superior ao mesmo volume ^ 
impressas em separado) priniorofamente abertas a buril em chapas de metal : a pri- 
meira contem o retr. de Dona Cândida Hiú na idade de 73 anos; a segunda : 
■FORMA CRVCIS li ex Argento, .Ere, vel Ligno Factae, cum qua Plurimi Sinenses 
Neephyti Sepelmntur ad perpetuam sus opta' Fidei Christianan; monumentum.. 

Esta estampa faltava decerto no exemplar de Salva, pois que este nro a menciona. 
O mesmo ilustre bibliófilo e bibliógrafo informa que os extmplares acompanhados da 
gravura que descrevemos em primeiro logar, são extremamente raros. 

Obra verdadeiramente interessante e muito apreciada. Belo exemplar ; bem encadernado 
(inteira de carneira fina, de côr verde escuro), com as pastas ornamentadas a oiro. 
-Assim completo, é Raríssimo. 

983— Curado {P. Z)iogo).— Seimoens do 1'. Liogo Curado da Congregarão do /òp^^ O 

Oratório de Listoa. OfTerecidos ao Espirito Santo. 

Tomo primeyro. Wwhtia rom escudo ah gorico). Km flonio. Na offic. 

de Aiilohto fínsnis. MJiCC.XIX. Com Ikniça dox Supeitures. ln-4.° de XII II. 
inunis. e 42{> pags., alem de 73 de Injice. 

Tomo segundo. ..— Ibi, pelo n.esn.o impressor, M.UCC.XIX. In-i." 

t;r. de IV IV. prels. inums , 405 pags. e 66 mais com o InUcr. 

Magnilica edição, em bom papel e adornada de lindas estampas e vinhetas iniciais de 
desenhos de fantasia, grav. a buril, estando algumas assignadas: D. Emamel Goisalues 
riel.-Viííc. Franceschiai Seul. Estimados. Bom exemplar.- RARA. 

984— Curei {T. M.]. — De la nature des sciences moiMles, oii de la raisoii et, de "^ O <3 

la conscience dans leiírs rapporls avec la lei et la précepte. Par.. . A Pa- 
1 1', Che: Dvforl . . 1899. ln-8.o de XVI-351 pags. E. 

985 — Curtius Rufus {Quiulus). — Hisloria Alexandii Magiii. Cum trotis seiectiss. 

Varioruin, Hadeii, Fieinsheinii, Loceiíii Blancardi, &c. Editio accu ralis- <J^ >3 ^ 

sima. Acciírante C.S.M.D. (E^te lilnlo aclia-se no centro de curiosa por- 
tada gravada a buril em ch^pa de cobre. Na base da mesma portada o 
registo): Amsldudami, Er Olficina Etzetiriano. CIj IjC LXlll. (1664). In- 
8 "do lV-7ol-I-í)3 pags., afóia XLIV inuVns. finais, de LNDE.X. E. 
Formosa edição Elzeverlana. Estimada. Bom exemplar. 

986 De la vida, y acciones de .\Iexandro el grande, traducido de lengua . 

latina en la espanola por Don Matlieo Ibanez de Segóvia y Orellana, Mar- ^J J<^ ^ 

quês de Corpa, . Am (marca do impressor, gravada em madeira) 1149, 
Côn Prir.lesio. Ea Madrid: En la Imprenln de AuUmio Perez de Solo... In- 
fol. de XXXIV i-ags. (prèls.) inums. e 336 niims., afora mais X inums. de 
INltlCE DE LAS COSAS NOTABLES, finais. E. 

As .XXXIV pagi. prels. compreendem : titulo (impresso a preto e a vermelho) ; Dedica- 
tória : «A LA SACRA CWTHOLICA, Y REAL MAOESTAD DE NUESTRO REY. Y 
SENOR DO.M CARLOS II. ; outra dedicatória: «AL EXCELE.MTISSIMO SEXOR 
DUQUE DEL INFANTADO, Y DE P.XSTRANA, e.-c.; Aprovações e Licenças; <SU- 
MA DEL PRIVILEGIO.-; SUMA DE LA TASSA.. ; -FEE DE ERRATAS..; TA- 
BLA...; .BREVE NOTICIA DE JUAN FREINSHEMIO, Y QUINTO CURCIO, Y 
JUICIO DE SU OBRA..; e «PROLOQO AL LECTOR.. 

Tradução estimada, única citada por Pelicer e descrita por Salvá (n.o 3441). Boa edição. 
Excelente e.xemplar. 

IS 



274 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



987-Curtius Ruius {QimUvs).-Q. CVRTIO 1| DE' KATTl I»'ALfi;SSANDRO 1| 
MAGNO, RF, ÍW: M ACKDONI, TIUDOTTO PEH M. TOM ASO 1'0[íCAC(;HI, 
II con ai. -une Aiiiidliliniii, ilii-lii.iralioiíi, & rnitiertiiiieiiti, & con !| uma let- 
JL O C^ terá dWi.iíSSANDito :iil Aiiblolt-lc, dei silo deirin- 1| dia, íi. con la Tauola 

copiosissiina ilelie cose notãÍMli. || ALI/ILI.VSTOISS. ET MOLTO REVÊ- II 
RENDO «IGNORE, IL S. EEDERICO (lONZAÍiA. || (Pcq. vinhela lip. de 
ornametilo) || COiY PMMI.F.ÚU). || (r.rande e artística nunca do impressor 
Giolito, a (|ual tem na liase o ifgistú da impressão): IN VINETIA AP- 
PRESSn C.AHfííEI.\\OI()rjTO Dhy FEIifíARI\\M D IJIIÍI. (/;>."..'/). In- 
4.° de LXXll pags.(prels.) iniims. e 249nums., afora \niia iniiin., final. E. 

irerg.). 

As LXXII pags. prels. inserem o seguinte texto : titulo; Dedicatória: ALLMLLVSTRISS, 
ET MOLTO II REVERENDO SIQNORE, IL 1| S. FEDERICO UONZAOA.. ; Prologo. 
«TAMASO l'ORC.\CCHI. A' LETTORl.>; .IMPRESE FATTE IL PRIMO (e SE- 
CONDO) AXNO D'ALESíiA.NDRO.. ; -AROOME.NTO DEL TERZO (ao DVODECI- 
MO) LIP.RO Dl Q. CVRTIO..; -AN.VOTATIO.N PRIMA., (ao LIBRO DVODECI- 
MO): ERRORl PIV IMPORTANTl OCCORSl 1| NELLO STAMPARE..; e .TAVO- 
LA COIMOSISSIMA DElTVTTE LE COSE N.ATABILI, ET || DIGNE Dl MEMO- 
RIA, CHE NE DlECl 11 LlBRl.... (impressa a duas colns. por pag.). 

Xa ultima pag. (a inumerada) vem o Registro dos cadernos, uma outra marca do im- 
pressor e este outro registo do logar e data da impressão: «IN VINEOIA .\PRES- 
SO GABRIEL II OIOLITO DE' FERRARI, '; M D LVIII.. (1558), além de duas vi- 
nhetas tipográficas ornamentaes, uma d.is quais a encimar e a outra a rematar o que 
dei.\amos descrito. 

Tradução muito estimada. Formosissima edição, como o são, geralmente, todas as que 
no século XVI sairam dos prelos venezianos. Impressa em magnilico papel de linho, 
e sendo a impressão adornada com lindas letras iniciais, cabeções e vinhetas decora- 
tivas, tudo primorosamente aberto em madeira. 

Brunet diz que esta edição faz parte da antiga CoUa-ia /arma. -Belo exemplar. RARA. 

Cuyckius (Henrina) — Veja-se: fkisúano (D. Joanne). 

//—-/■-, 988— Curulla {D. José il/arid).— Urgente necessidade de uiua cruzada para a 

libei ta(.-ão du summii pontífice, por... Versão do hespanhol por António 
Mesquita. Livraria... de Mesquita Pimentel... MDCCCLXXXIl. ln-8." de 
XXV-242-III pags. E. 
989 — Curvo Semmedo (/oiio). 7- Atalaya da vida contra as hostilidades da 
morte ; fortificada, e guarnecida com tantos defensores, quantos são os 
O ^ remédios, ([ve no discurso de cincoenta & oyto annos experimenlon João 

Curvo Semmedo, &c. Otíerecida a Christo Jesu Ciucificado. (Vinheta). 
Lisboa Occidental. Na 0//(. Ferreyr encima. M.DCCXX. In-fol. de Xll-69t> 
pags. E. 

Estimada e rara. Boui exemplar. 

990 Observaçoens medicas doutrinaes de cem casos gravíssimos, que em 

serviço da Pátria, ^> das Nações estranhas escreve em lingua Portugueza, 
& Latina Joani Curvo Semedo. &c. Ofterecidas ao 111."° Senhor Rui de 
-^ (pC> Moura Telles, Arcebispo de Braga Primaz das Hespanhas. Impressas 

segunda vez por seu filho o Reverendo Ignacio Curvo Semedo. (Vinheía). 
Lisboa Ocidental na Oj]k. de Antonij Pedrozo Galram. Anno M.DCCXXVIL 
In-fol. de ante-rosto (zrav. e com as armas do Arcebispo de Braga, e XXXV- 
o94 pags. Segue-se : — Memorial de vários simplecis... — Com 3á-II p:igs.: 
além de uma de registo de logar e data da impressno. — Manifesto f(iie o 




AZEVEDO -SAMODÃES 275 



Doiilor Joám Ciiivo Semmedo. . . — De 11 ■paijf.: e, fmahuente. \nna /í. (tur- 
jnda) contendo: Advertências dignns de serem sabidas. Tudo em vm rol. K. 
Além do descrito, apresenta ainda o vol. uma li. que insere em uma das pags. .dentro de 
tarja: ADVERTÊNCIAS DÍONAS DE SEREM LIDAS.: uma gravura de pag. com 
o escudo d'armas do Arcebispo de Braga Rui de lUoura Telles, e uma outra rqiro- 
duzindo o retr. do Autor, assinada: L.co Spoletto pin.-D." Nunes sciil. Ambas as 
gravuras são de desaprimorado lavor. O frontispício é impresso a preto e ver- 
melho. Nas ff. prels. ha versos de vários autores em encómio á obra c a seu autor. 
Tratado muito estimado e B.\STANTE RARO. Belo exemplar. 

901— Cusfine [Marqnis de].— La Russie en 1839, Par.. .Secoiide ódition, Hevne, // C~0 

corrigée et aiigmenlée. Hnwiles. Sue. Be.lge de l.ibrairie. . . 1S44. Iii 8." 
peq., 4 tomos tMii 2 vols. K. 

992— Cuvarruvias Orosco (Dou Seh(,tíuin <íf). — Parle primei a (e ?tgunda) dei /7/'~'j^ 

Tesoro de la lengva caslellana, o esi)aãula. CQmpveslo por el Liceu- / vv^ ^C^ 

ciado... ATiadido por el Padre Benito Ilemigio Noydens . (Marca do 
impressor). Con privilegio. En MadiH, por Melchor Saneliez .. ATiO idíl- 
io. In-1'ol., '2 vols. de XI IT. (prels.) iniims. e "274 niims., aléin de tima 
inum. final , o t." ; e 213 niims. e duas irniiiis., finais, o 2 " K. 
Obra estimada. Boa ediç.ão; e impressão a duas colns. jjor pagina. -RAR.\. 

993— Cyprian {Saincx). — A Donat : A Demelrian: Des spectacks ; et de la va- /C^/-) ^, 

nite' des Idoles. De Ia Version dti R. P. Calisle, Auguslln Descliaiissé. / '^ 

.4 Pai is, Cliez Ânltine de .^unmtardie . . . M. DC. .V.VA.V. Auec PriviUeije dn 
Rúij. ln-12.0 de LXII ( as duas ultimas estão em branco)-24tí-II pags. K. 

As pags. prels. 4 a XX inserem uma Dedicatória : «A Monseignevr Ttiniinentissimo Car- 
denal Dvc de Richeliev.» (subscrita no fim pelo tradiictor Caliste). 

994-Cyprianus (S.) —OPERA \\ D. CAECILH j! CYPRIANI CAIITÍIAGI- || NIEN- S^ ^ CJ 
SIS EPISCOPI, TOTIVS [j Afrio» Primalis uc glorio.sissimi |l Marlyris, 1| 
Iam denno quain accuratissiiiie reoogmia . i, (Marca do impressor, gra- 
vada em madeira) II yl.V7V'£/?ri./í, II \\ Apud Vtdiiam & HcereAen 

loannis Stelsij. || IãOS. || Cum ijraliu A- Pri'ãl.e(jw. Iri-tol. de CXII-617 III 
pags. E. 

Boa edição, desconhecida a Brunet. Magnifico exemplar. MUITO RARA. 



Daça (Fr. /Ihíoiiío).— Ovaria parte de la coronica gtiieral de nveslro Será- 
fico Padre S. Francisco... PUI. — Veja-se: Lisboa (Fr. Marcos de). 
995— Dahimann (ríerre).— Nouvcau dictionaire de poche polonais- trançais et -^ S" ^ 

fraiirais-polonais, par .. Beiiiii : Belir. 1801. ln-8." peq. E. 
99B-Dalla Bella (Dr. .hão .4n/o(uo).— Memorias e observações sobro o modo 

de aperfòicoar a manufactura do azeite de oliveira em Portugal Remot- / 7x ^ 

lidas á Academia Heal das Sciencias de l,istioa pelo seu soaio... Lhboa. 
Na Ofík. da .Academia... Iri-4.° de X1II-137-I pags. e uma gravura a bnril, 
impressa em separado. E. 

Encadernada juntamente, esta outra obra do mesuio autor: •Memoria sobre a cultura 
das oliveiras em Portugal... Coimbra: Na Real OJu. Typ. da Universidade, Amo 

M. DCCLXXXVI In-4.i> de XVligO pags. 

Apreciadas e pouco vulgares. 



276 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



// 



// 



(— O 



C 97— Damásio Roussado Gorjão (./oõo).— Galeria dos deputados das ÍAirles 
Geraes Extraordinárias e Oonstiluintes da nação portugueza, instauradas 
em 26 de Jam iro de 1S21. Uxlion. \a Tiip. RoUandiana, 1822. In-4.0 de 
372 pags. E. 

Época l.a e única publicada. Saiu sem o nome do autor. 

098— Dampmartin [A. //.).— Oiielt|iiBs Irails de la vie privée de Krédéric-Guil- 
O laume II, roi da Prnsse. I'ar.., A Paris, Ches Renard... 1811. (DeVImpr. 

de .1. Gratiot). in-S." de lV-VI-338 pa^s. E. 

I /// /■ — Q 999-Dancourt. — Oeiívres choisits de. .. A Paris, Ches Firii.in IJidoí Frères... 

yr^ ^ 183S. In- 12.", ri tomos em Ires vols. E. 

/V _, lOOC — Dancei (.7. i'\).— De rinlliience des voyages sur Tliomme et siir ses 

t^ nialadies, p.ir... Pmis: Pitillirre (el) Garniev... 1846. In-S.» de IV-488 

pags. E. 

^ (/</f Q c^ 1001 — Daniel (./oôu).— 0"'"l" parle do Ihesoiiro descoberto no Hio MDximo 

'^— Amazonas. Contem um novo methodo para a sua íigrlcullura, ulilissima 

piaxe para a sua povoarfio, navegação, augmento, e commercio, assim 

dos Índios como dos Eiiropí-os. /íío de .Jondro. JVa Impr. Rrgia. M. DCCC. 

XX. ln-4.° de 1.51V pags. E. 

Apreciada. Única parte que se publicou. RARA. 

^<^ C C> 1002— Daniéio (M. J. í'.).— Histoire et tablcau de TUniveis, par. . Parií. Gaume 

Frères... 1H41. (Inipr. de M.">« V^ Uvndeij-Dvfré). In-8.",, 4 tomos de IV- 
484, IV-540, lV-598 e XV-654 pags. E. 
/-ÇM^ ^ — o 10:>3— D'antas (iWi^Me/).— Les faux Don Sébastien. Étude sur rtiistoire de Por- 
^ lugal, par... Pari'.: Cliez Avgvsle Ditrand, Lihroire. .. í86'6' (No verso do 

anle-rofeto: Typ. et Lith. Renou et Blaulde . . .). In-8.° gr. de IY-V-476 1 
pags. E. 
, _ Estudo interessante e apreciado. Já pouco frequente no mercado. 

/ ^ ép ^ ll^Oi— D'antas Pereira {José ^/cria). — Curso de estudos para uso do commercio, 

6 da fazenda. Primeiro compendio, que trata da Arithmelica universal.. . 
Lisboa, Na regia Ofík. Tijpografica. M. DCC. XCVlll. In^.» de VI-lV-390- 
^ 229 pags. E. 

e / ^ ^ ^ ltj05— Dante Alighlerl. -Ueuvres de...— La Divine comédie, Traduclion A. 
Brizoux.- La vio nouvelle. Traduction E.-J. Delécluse. Paris: Charpvn- 
iitr... 1845. De V/mpr. de Crapelet], ln-8.'' peq. de 1V-503-I pags. E. 

/(~^J^ O "^"*'' ^* Comédie de Dante. (Enfer. — Purgatoire. — Paradis) ; traduite 

U-' en veis selon la lettre, et commenlée selon Pesprit; suivie de la clef du 

langage symbolique des fidèles d'Amour, Par E. Aroux. Paris : Henoumd, 
1856. In-8." gr., 2 vols. de XXXI 618-1 e VI, e de 619 a 1341-39 pags. E. 
Traducção estimada. Boa edição. Pouco vulgai. 

/f^ i) o 1007— Darás {Ahlé Ê.).— Les saints et les bienheureux du XVIIF sièole, par... 

./ Paris: Gaume Frères el J. Dupruj. . 1867. {Gorbtil, typ. et stér. de Crêté), 

In-8.°, 2 vo!s. de XXIII-3tí3-I e lV-407-1 pags. E. 
f^ O ^' 1008— Dash (Comíesse).— La marquise de Parabère, par la... Pa) is: Midiel 

Lei-ij Frères... 1859 In-8.° de IV-301-1 pags. E. 
1009— Daudet (iírwesí)- Le Duc d'Aumale, par... Parti; (jnointin, 1883. In- 
8.° de 32 pags. B. 



AZEVEDO - SAMODÃES 277 



<-ò 



com a imagem de S. Bernardo, uberta em madeira) || ^S'EM LISBOA. 
II (^ IMPRESSAS COM I.ICENC.A f*í |1 Da Sacta, & Géral Inquifiçao : 
Por António || Aluarez imprellor do liluftrilsimo, & || Reuerendilsnio Se- 
hor Dom |i Miguel de Caftro Ar- || uehirpo de Lil- || boa. |1 ^-J Anno M. D. 
LXXXXIII. HÍ»> (i 595.). — 1 11-4.» de IV IT. (prels.) inimis., 60 mims. na 
frente e mais XIV iiiums., finais. K. 

Nas IV folhas prels. as seguintes peças: titulo ou froiitispicio (frente da B. I- o versoestá 
em branco; Licenças (duas -a primeira é de Frey Bartolomeu Ferreira) (frente da 
H. II); ..Declara o Capitulo. ... (verso da mesma tt. 11); -^-J PROLOGO ^-^ AOS 
RELIGIOSOS LEITORES.» (II. Ill) ; e uma outra vinheta, com a imagem de S. Ber- 
nardo (frente da 11. IV- o verso está em branco). 

Nas 60 folhas imediatas vêem Insertas as Dijiniçoens, e nas XIV finais: '^J-J PRECES 

QVE SE HAM DE FA- f-^ ',; zer no primeiro dia de Capitulo, tt depois todos !! os 
dias. afsi de capítulos geraes, como de |1 juntas de dertinidores.- ; a enumeração de 



y^S-O 



1010— Daunou [Mr. P. C. F.).— Tentativa de Direito publico constitucional 
acerca das garantias individuaes como as mais convenientes ao nosso 
presente estado social. Livremente vertida do francez da obra de... em 
linguagem porliiguesi. Tradiisiii, publicou : José Manuel Teixeira de Car- 
valho. Porto : Tl/p. Címmercial. 1844. In-8.° de II 232 pags. E. 
Ilustrada com uma boa litografia contendo o relr. de Manoel da Silva Passos. 

1011 — Dausquio Cíau(//í(s.— Ortliographia latini Sermonis vetus et nova. Pus w . 

non solum amplitudine suâ, cpui superai omnia quae hactenus de Oitlio- 5-<^'^ ^ 
graphià edita sunt; verum eliam, corum, quaí in eo ccnlinenlur, uli!itate 
imprimis commendandum. .. (Marca do impressor). Pmidis, Ãpud Frede- 
ricum l.eonard Ttjpographvm Hegis... M. DC. LXXVII. In-fol, 2 volumes 
de XV11I-199-XII e X aál-ll pags., cm um tomo R. 
Estimada c rara. Belo exemplar. 

1012— Debans {Cowillo). — A niina de Inglaterra. 'rraduC(.ão de Pinheiro Cha- 
gas, Lisboa : Comp. Nac. Editora {ISSO). ln-8.° de 239 pags. E. 

1013-Oe Ccmpiègne (.Víijv;? ís),— L'Afrique Équetoriale. Clabonais— Paiiouins y^ $~& 

— Gallois, par le. . . Vmh : PIon et Uc ... 1818. In-8." de VIoõ9 I pags. E. 

Ouvrage enrichi d'une carte spéciale et de gravures sur bois dessinées par L. Breton 
d'aprèa des photographies et des croquis de Tauteur. 

1014— Decretum gratiani emendatvm, et noUitionibvs illvstratvm. Vnà cvm 
glossis, Gregorii. Pont. Max. ivssv editvm. Ad exemplar Romanvm dili- 
genler recognitum. (Grande marca do impressor, aberta em madeira). 
Venetiis, M. DC. IIII. 8itb siguo Afinilse renouantis. In-fol. max., 3 grossos 
vols, E. 

O volume primeiro é enriquecido com um belo e artístico ante-rosto gravado a buril 
(Hector Vicetli figarant.- Fiancisí. Valegius fc), contendo numerosas figuras (bis- 
pos, cardeaes e outros eclesiásticos, etc.) 

O segundo volume tem o titulo : 'DECRETALES D. Gregorii papae IX. Svae integritati 
vna cvm glossis...:; e o terceiro: <UBER SEXTVS Decretalivm D. Bonifaciii papae 
VIU, Clementis papas V. Constitvtiones. Extravagantes Tíim virgiuti D. loanuis pa- 
pae XXII. Tum Communes. Haecomnia cvm svis glossis svae integritati restitvta...». 

Estes títulos são impressos, a linhas alternadas, a preto e a vermelho. 

1015- ^ DEFFINIC.OENS fV> || DA OKDEM DE CISTEL : E || COiNGKEGA- 

C,AM DE II NOSSA SENHORA DE || ALCOBAC,A. |l(Vinheta quadrangular / (~J~^^ 

com a imasem de S. Bernardo. iil)í!rla ein iiiiideir.il II íí^ F.M T. IííRDa _âiS / ' 



/^yí 



'úo 



278 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




57? 



H 



íi 




varias formalidades de profissões, nomeações, etc; diversas Bulas, e a «^%-^ TA- 
VOADA 5^ il DOS CAPITVLOS DESTAS li DIFFINIC,OENS.» 

Tanto as licenças, como a declaração do Capitulo rematam com marcas emblemáticas da 
Companhia de Jesus, as quais no entanto são de desenho diverso. 

As Licenças e a Declaração do Capitulo rematam com marcas emblemáticas da Compa- 
nhia de Jesus, as quais, também de desenho diverso, s3o .ibertas em madeira. 

Livro clássico, apreciado e multo raro. E.\emplar optimamente conservado. 

lOltí -DEFINIÇÕES II E ESTATVTOS , DOS CAVALI EIROS || & Freires da 
t)rdi'm de N. S. |! Itlu Clirllto, com a liiltoria || d;i oiiiçein, & i riiici- |' pio 
delia. II (Loiiar do vinhela Rgni ando a Cniz de a Ordem de Crl.stu) || CAorian 

oporlel i/i CfUif D^miin iioflri íefu Chnfli-\\ \\ Com licença da fíila 

ltiqrif(;ão, Ui-rii- \\ mirio, ^ Pnm. \\ || EM Í.ISBUA: Por Pedro Cran- 

heek, iniprejfor drl \\ l{,i, Amio M. DCXXVIll. In foi. peq. de IV ir. (pieis.) 
innms , 27t pav;s. e mais Vil IT. (ii ums.), finais. E. (l'ery.) 

As IV ff. prels. compreendem: frontispício (ornado de cercadura composta de peqs. 
vinhetas tipográficas de orn.amento, simetricamente dispostas); «LICENCi-^Si e .IN- 
DEX DOS TITVLOS 11 QVE SE COMTEEM II NESTE LIVRO..; as Vil finais: I.V- 
DEX ALPHABETICO, DE " todas as coufas que contem efte liurO'. 

Além do já registado, o volume tem mais 1 folhas que apresentam na frente as diversas 
cruzes da Ordem de Cristo, impressas a vermelho. 

O texto das 274 pags. compreende: Piologo, Gulas, Regra, Estatutos, e Comendas da 
Ordem. 

Livro estimada. Primeira edição. Bom exemplar. Muito rara. 

I0l7— Dejardin (Jusep/i).— Dictionnairc des sporls ou proverbes wallotis, par... 
p ^ Précédé d'une Étude mr les proverbes, par .1. Stecher .. 2"' ódilion 

coordonnés et considérabeh ment angmenté avec la oollaboration de 
Jofepli Defrecheux... (L%c, 1891?). ln-8." gr., 2 vols. de i.XVl 45(j o 
fi34- pags. E. • 

Trabalho muitíssimo interessante e curioso. Exemplar por aparar, mas parece que falto 
dos rostos. - Raro. 

1018— De la Bonadière.— De la sobriélé et de ses avantages, ou I.e vrai 

nioyen de se conserver dans uno sanló. parfaile jusquVt Tàge le plus 

O ^ avance. Tradiiction nouvclle de Lessius de Cornarro, Aveo des Noies ; 

Par Mr. D. L. H. A Paris, Cbez Edme... M. DCC. LXXlí... In-I3 o de 

xij-KiO pags. E. 

Encadernada juntamente, a seguinte obra: Coitseils et moyens faciles pour vivre long- 
tems dans une parfaite santé, avec la maniere de corriger un mauvais tempéra- 
ment... Traduit de 1'Italien de Louis Cornaro... Par Monsieur D"" A Pjns, Chez 
Edme... M. DCC. LXXlh. In-12.o de VIII-163-I pags. 

lOjl) -Delacroix (>/.).— Dictionnaire liislorique d'éduca(ion, ou Ctioi.ic d', xcni- 

ples el de fails puisí^s dans Thisloire ancienne et moderne, propies a 

^ O formei- el a enricliir toule^í les facultes dii coeur et de Tespril; d'a|.rès 

M. i'abbé Filassier. Ouvrage entièrement refondu, el augmcnte d'iine 

^ l.julo de tiaits de TUistoire de Belgique, religieuses, politique et milique 

et militaire,... Par... Bi-uxelles,. .. Marteiif, Montagne mix }f,rl>es l'ola- 

iieres, ôõ ; 1845. In-S.» gr. de 620 pags. E. 

Boui exemplar e bem encadernado. 

-) MW-De Lartigue (Guí^uce). — Dicllonnaire de pensées divefses, exliaites 

Cp des moralisles, législalenr.';, hommes d'etat, magistrais, éorivains et publi- 



AZEVEDO -samodaes 279 



cisles de Tantiqu.té, du moyen oge et des siccles niodernes ; Par... Bru- 
xelles, Uiez //. Tirrlier... 18S:i. (hvyr. de H. Jtewij). In-S." de MI- 1-360 
pags. E. 

Encadernada juntamente: •Études nioralcs et politiques, par M. le Baron d'Haussez. 
Paris: Librairie (i'Amyot, Éditciir... IS-I4.> (De 1'linpr. de Crapelct). In-S.o de IV-350 
paginas. 

lOál-Delarué.— Panegyriques des Saintes, F'ar lo Pei-e Delarur de la Com- Z' x — -. 

pagnie do Jesus. Avec quelqiios aiitres Sermons du inesiiie Autoiír, sur ^^ ^ 

divers Sujets. .4 Paris, Uiez Piírre Giíseij (f<) Mtin- Bordelet... M. DCC. 

XL.. . In-lí.", 3 tomos de Y1I-344-XXVII, VI-310-XXIV e X-293 pags. K. ^ 

1022— Delaunay (Fcrdinnnd). — Philon d'Ale>andrie. Éciits historiques. In- .,^9^ <^ O 

nuence, luttcs et peiseciitions des juifs daiis le monde romain, par... 

Paris: Dicier et C'e , 1861. [7yp. de Ad. Lmié d J. llarard]. In-8.° de XVI- 

389-T pags. K. 

1U23— Delavigne (Casiiiiii).— La populaiilé, coiiiódie eii cinq actes, en vers, 

par.. . Brnxellcs, Soe. Typ. llelge, 1889. In-8.° peq. de IV-259 pags. E. 
1024 (£avres uomplèles de... Seiíle édilion avoíiée par Tauteur. Bríi- 

cetleii, Société Typof/raphiqite Uehje, Adolphe WciltUn et O', 1838. In-8.''gi. 

do 628 pags. E. 

Edição ilustrada com o retr. de Delavigne {Monvoisin rfeÃ-iíorto/i-/ st'.) Bom exemplar. 
105,5— Delaunay (Ferdinm\d). — Moines et sibylies dans Tantiquité judeo-grecque, 

par... Deiixième ódition. Paris.: Didier et Cie... 1874. In-S.» de XlX-403 

pags. E. 

1026 -Delgado da Silva (^»t/oHto).— Collecção da Legislaçiío portugueza desJe 
a ultima compilação das ordenações; redigida pelo desembargador... 
Lishca : Na Typ. Maigreiíse. Aimo 19'20-Si). In-fol., 6 vols. E. 

Supplemento á (lollecgão... Lisboa. Na Tijp. de Luiz Correia da 

Crmha. Anno de ■}84'2-4l. In-fol., 3 vols.— .4o iodo O vols. K. 

Esta estimada compilação abrange a Legislação de 1750 a IS20. Muito apreciada e rara. 
Exemplar completo. 

1027-Delicado (^nícinio).— AOAGIOS || Pt)RTVGVESES |1 HEDVZIDOS A LVGA- 
II RES COiMMVNS. || PELO LECEiNCIADO || António Delicado, Prior da || 
Parrochial Igreja de Noí- U la Senhora da Uiarida || de, termo da Cida- 1| de 
de Euora. II N.4Tí;/?.1L DA VILLA Z)£ || ^/i.íío. jl (Logar de uma vinheta 
em oval, tendo no centro a figura de uniii caravela e, em volta desta, a 
seguinte divisa: «TALAN DE 15IEN EAIHE») EM LISBOA II Com todas as 
licenças neceííarias. || Na Uflicimi de Lomingos Lopes Roja. Anno de 1651. 
ln-4." de XII (inums). 190 pags., tdrni de uma em Kiranco, final. E. 

As XII pags. prels. inums., compreendem: frontispicio (I e \l)\ ^LICENCAS^. (entre 
elas unia datada e subscrita : Lisbo.i em S Fi.incisco da Cidade. 25 de Abril de 651. — /v*. 
António das CImgasj:.) (111 e IV): 1'riilogo ou preambulo AO LEITOR-. (V a VII — 
a VIII está em branco): 'INDEX DOS LUGARES \\Communs a que eftain reduzi- 
II dos eftes Adágios». (IX e X): e tErratas das palavras que mudaõ fentidoy. (XI- 
a .XII está em branco). 

Este clássico e inteiessantc trab:iitio ad-igial de António Delicado, é sem duvida o mais im- 
portante e curioso que, no género, se compôs em Poitugal. Muito apreciado; única 
edição até hoje publicada (Bento de Sousa Farinha cita uma de 1785 que decerto nunca 
existiu, pois dela jamais se encontrou qualquer exemplar).— Muito rara. 






SO õio ú 



280 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



' O 




c^ 



1028— Delillo ^JJ- CEinies de . a\ec les notes de MM. Parseval-Crandmai- 
sos. De félilz, De Choiseiil-Goiiffier, Aimé-Martin, Descurei, etc, Quotriè- 
me Edition. (Vinhelo representando uma lira). A Paris, Chtz Lefècre... 
M DCCC A'A'A'V^. In-S." gr. de lV-VIII-014 pags. E. 

Boa edição das obras onmplelas do apreciado escrifoi francês jacmieí; Delille. Adornada 
com o seu reliato {P. PLée iv.). - Excelente exemplar. 

•1029-Dellon.-liEI,ATION||DE !l L'INQUISI- || TION DE || GOA ||iEsféra ar- 
■—Q milar, aberta em madeira) II A hEYbE,^Chfts DANIEL fíAASBEKK\\ 

Marchand Ubraire. 16S7. 10-12.° de VIII-220 pags. E. 

As VIII pags. pieis, (inunis ) conipteeudeni : fiontispicio (fl. í e Il-ésta e^l.á em branco 
e «TABLEIIDESIICHAPITRES-. (ff. III a VIU). 

Obra ciiriosissima e muitíssimo apieciada. Edição oiigiual, pouco conhecida e extrema- 
mente rara. Bílo exemplai. 

Del Rosso (/'. Francisco Maria). — Vila Joonnis de Castro... — Veja se: 

Fieire de Andrade {Jacinto). 
^ . 1030— De Moustier (V/.).— l.ettres a Emilf, siir la Mylholiigie. Par... .4 Pn- 

'^Á O ^ iis. 1790 In-12.», 6 tomos. E. 

Edição eniiqitecida ci ui lindas gravuras, priuiorosameiíte abeitas em chapa de mel;il. Bom 
exemplar, mas falto de algumas das gravuras. Rara. 

1011— Denis (Ferriínoíirf).— Portugal. Par/s, Firmin Didot Frères. 184(1 In- 
S.ogr. de IV-4391 pags. E. 

Ornado com 32 retratos e estampas. Estimada. Bom exemplar. 

1032 Résamé de rhistoi-e de Buenos-Ayres, dii Paragnay et des pio- 

y^A vinces de la Plata, siiivi dii résumé de rtiisloire du Chili avo; des notes, 

I (i^ r^ par... Paris, Lecointe et Dure)/... 1827. (No verso do anlu-ro^l i : Impr. 

de la Chevardiere Fils). In-lS." peq. de XVl-3-21 pags. E. 
Obra pouco vulgar no mercado. 

103? — Bésumé de rtiistoire liltéraire du Portugal, suivi dii Hi^suinr de 

. j // rtiistoire litléiíiiro du Brésil ; Par... Paris, Lecointe et Dnrei/... 1S26. 

/ f j( ^ ^-^ (No verso do ante-rosto: /wp»-. de Decourchant). ln-12.0 de .XXV-OifJ 

/ / ' ^ pags. E. . 

Livrinho interessante e estimado. Pouco frequente. 

10?4- Depierris (Dr. H.-A.). — Physiologia sopiale. — Le Tali:ic ijui coiitie l 
lo [ilus violent des poisons la Nicotine. Abrège-til l'existcn'e '^ E»t (il 
cause de la dégeriérascence ptiysiqiie et iiiorale des sociólés modiriies? 
Par... Parií: lentu, ÉdiUur... 1H7(!. ln-8.» de IV-51'i pag~. 
' in:iri- DE REBVS ! HISPANICIS || LVSITANICIS || INDICIS & AKTHI |1 t>l'l- 

tiS. II Duntiani à Góes, Liifitani,\\Hiercn\iir.i Paiili, Borcinonensis,]] 
Hieronijmi Blanci, Cíefaraugiiftani, \\ lacohi Teuij, Lufitani, \\ OPERA 

/y^y ^, /") II Quorum seiiim, vide Lee lor, pag. sexta || «Parím e.rma»«/crpf!s hkmc 

/O^ 7^ i))i»/.Mi« eru-\\ta, partim auctora edita. i| (Escudo d'armas reais poi- 

/ lugiir-sas) II COLONiAK Agbippinae, || In OBicina Birckmannica, stiiiiptl- 

Imis II Ar. oldi Mylij. Anno mdcii || Cum giatia & priíiileg. S. ('(esitf 

Mnjesla. In-8 " peq. de XXIV pags. (prels.) iniims. e 4i:j (aliás 444, pois 

quo a n." 441 acha-se repetida). E. 



//^: 



lio O 



Nas XXIV pags prels. as seguintes peças: fronlispicio (I~a II está em br.iiico); Dedicato- 
lia: «claríssimo II VIRO DJiEMANVELl XI- j] MENIO Ij NOBILI LVSITANO S.> 



AZEVEDO -SAMODÃES 281 



(dat.ida e áiibsciila no fim: - Coloiiiae Vbioitim. Idid. Ia ci3. i3 c. ii. Ex H galliiia 
Birckniannica. IIT. D. ]1 Deditissiimis. li Arnoldus Mylius Am. !| F. Birckiiiannus».) (III 
a V); «CATHALOUVS || EORVM :] Qua- lioc voliimine comiiientur. '; HISPÂNICA, || 
ET !| ARAOONICA." (VI); Belo retrato de Damião (joes, primorosamente gravado a 
buril (lo.Hogeií. /%.) (VIU; DAiMIANI A H OOES, I.VSITANI, |1 VITA ; H COLLECTA 
POTISSIMVMIIE SCRIPTIS EIVS.. (VIII a XIV); «CARMINA HAEC AD DA- li 
mianu ã Góes Eqiiitein Lii^itannni, |] qiiia ipsoruni in vita eiiis sit nien- H tio, hic subie- 
cimus. llEpitlialamionii DAMIANI A OOES EQVI- 1| lis Liisilani, &1110ANNAE AB 
HARQEN HA- II gensis, per Alardiuii Amslel- II redamiim-. (pags. XV, XVI e duas li- 
nhas da XVII); Oenethliacum 1 IN CL. V. DAMIA- |1 NI A QOES EQVITIS LVSI- 
TANI FILIVM EIVIA- II NVELEiM. !1 PtTRi Nanxii . (lestante parte da pag. XVII e 
toda a XVIII); e L. ANDK. RESEN- 1| DII AD DAMIANVJW A H OOES EQVITEM 
LVSITA-IINVM DE VITA AV- |1 liia Descrciida». (poesia em latim) (pags. XIX a 
XXIV). 
As 444 pag. nunis. inserem o seguinte te.\to : 

Daniiani à Góes Hispanice clescriptio, cademq à calumnijs Seb. 
Munsteri defensa. 
Olisiponensis rrbis deòcriptio. 

í>e rebtis ^ império Lusitanorum, ad Paulitm louium diseeptá- 
iiuncula. 
Hieronymi Pauli De stutninibus ^ tnontibus Hispanice. mss. 

Barcinonensis vrbis descriptio ^ Episcopomw cathalogus.mss. 
Hieronymi Klanci Regmn Aragonice cathalogiis, ciim snccincta co- 
rmn vita. mss. 

-iiTHIOPlCA ET INDICA 
Dniiiiani à Góes De religione ^ morib. Aethiopií. 

hpistolce aliquot Preciosi loannis, Damiano Paulo lonio interpre- 

tibvs. 
Deploratio Luppianif gentis. 
Lapicp descriptio. 
Kpistola Emanvel regis Porlugallice, ad I.eontm X. Pon. Maaimu. 

de victorijs in Africa Jiahitis. 
Kpibtola loannis III, regis Portvgallice ^r. de rebtis in Oriente 

felicite)' gests. 
I.amiani à Góes Bellum Can.baicum I, sen obsidio vrbis Diensis. 

Bellum Cambaicam 11. 
lacolii Teuij de rebus ad Diutn gestis íommêtarius. 

Volume muitissinio interessante e apreciável, não só pelas notáveis peças que insere, mas 
também peln esplendido retrato de Damião de Ooes, primorosamente aberto a buril em 
chapa de metal e reproduzido na pag. Vil prel. - RARÍSSIMO. 

É o n.o 6 d'A Billographia Ooesiana do sr. Guilherme Henriques). 

103(i-De Savigny (M. F. 6.).— Tiailé de dioil romain, par... Tradiiit de 
ralleinand par M. Ch. Guencux . . Paris, birmin Didol Frères. . . 184051. 
I11-8.», 8 vols. E. 

1037-DESCRlPÇAM |!D0 || ARCO TRIUNFAL il QUE A NAÇAM INGLEZA 
MANDOU II levantar na occafião em que as Magellades dos || Sereniflimos 
Reys de Portugal || D. JOAM O V. ||&||D. MAIUANNA DE AVSTRIA || 
Forau ;i Cathedral de Listioa. |1 (Vinliela figurando uma rosa) 1| LISBOA, \\ 
Na Úfficim de VALENTIM DA COSTA DESLANDES \\ Imprejjor de Sua 



OD 



0CÕ 



282 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



< 



Magejtcde. Anno de 170S: || Com todas as licenças necef farias. In-4." de li) 
pags., além de uma em branco, final. B. 

Na pagina 1 o titulo; a 2 está em branco; nas 3 e 17, o texto da Descripçãm, e nas IS 

e 19, as «LICENÇAS.. 
O texto da pag. 3 é encimado por um cabeção decorativo, aberto em madeira. 
Peça interessante e multo rara. 

Desduits (21Í.).— V(ja-se : I.dins de ijvcíqvts jiiifs purlvgais. . . 
' // O ^ 1038-Desjardins (feV«cs/). — Lc grande Coineille historlen, par... Vmis: 

llirlier et L'c . . 1S0'1 (Inip. Sinwn Hnçon et Cowp ). In-8.° de iV-352 pa^js. E. 

Deslandes ( rfJioncío). — Vejo-se : Lurergne (iéoncío). — En.saio. . . 

Despont (P/i.).— Vejase : Pibiiolheca Velervm Patnm (Magna)... 
A (<-— /-~) 10.39- Desprès (Dr. Ari)iand).—\.es sceiíts hospitaliéres. Lettres et dis-ours 
^ siir la laícisation des hopitaiix, par le .. ."oW.*.- Calmnvn l.évy .. 1SS6. 

In-8." de YII[-288 pngs. B. 

^ yri ^. 1040— Desqueux (J/.).— Trailé de la llieologie inystínue ou Ton décoVivre les 

Jri^ C^ C-^ secrels de la Sagesse de Díeu dans la condiiile des ames appliqiiées au 

saint exercice de rdraison. Par... Cure de Saint Estienne, Doyen de 
Ghrétiennelé de Lille. (Vinheta ornamental). A Lille, Chez Françoi« Fiere'' 
à la Bible Roíjale, sue Ic Pont de Fi». M. DC. LXXXVI. Avec Perthiíslun CT" 
Approhation. In-18." peq. de XXIll-114 I jiags. E. 

Encadernadas juntamente estas outras obras: D£''/='£'A^C£'ll DU || P. FRANÇOIS |1 SUA- 
REZ ' JESUlTEi iniustement attaqué Par Mr. DESQUEUX Cure de S. Estienne 
^ Doyen de Chrêtieneté de Lille, h (Peq. vinheta ornamental) || .4 LILLE, \\Chez 
Fracojs FiBVEi, á la Bible'\ Royak, sur le Pont de Fia.\\ M.DC.LXXXVl. Jn-8.o 
peq. de 42 pags. (Vem no fim subscrita: «MONSIEUR, H Vostre tres-fwmble Servl- 
/««/•llDiKc.o hovEz.r)~DOM Z)/£00 II iOPfZ 11 justement refute " PAR || M. DES- 
QUEUX |l Cure de S. Estienne, Doyen i| de Chrêtieneté de Lille (Peq. vinheta tip. 
Ornamental) 1| A LILLE, \\ Chez François Fiu\ ui, à la Bible \\ Royate, sur le Pont 

de Fin.\\ M.DC.LXXXVl. \\ I| y4i'e<: Permissioií. ln-8.o peq. de 34 pags., além 

de duas em branco, finais. (Datada e subscrita no lim : «A Lille ce IS. 1| Mars 1686. 
11 Vôtre humble ^j' três- H obeissaitt scrviieur, M Fk. Di-sgrEix,. .>). 

.'Vpreciadas. Edições muito raras. Belos exemplares. 

1041— Desquiron (.-1. '/".).— Traité de la minoiité, de la lutelle et de lémancl- 
^ O p;ilion ; suivi du Traité succinct, Théorique et pratique des partages et 

licitalions, suivant les príncipes du Cede Napoléon. Par .. A Puriti, Chez 
D. Colas... 1810. In-S." de VI-383 pags. E. 

No mesmo volume esLio outras obras de assunto idêntico ao da descrita. 

1042— Destrviçam de qvalro cortipanliias de castelhanos iunto á Cidade de 
Era pello exercito de El Uey Chrislianissimo de França, governado pello 
Marichal de Millareia, com a tomada de noue bandeiras, C?" muitos carros 
de bagagens. Impresso em Paris, & agora tiadux.ida de Francez em Por- 
tuguês. Com toduí as licenças nensiariís. Em Lifboa. Por Jorge Rodrigues. 
Anuo C4l. A' cu»ta de Louniiro de (Jiieirim, Inireiro do KstaAo de Bragança. 
In-4.° de 4 IT. inums. B. 

Opúsculo curioso e estimado. O frontispício acha-se adornado de elegante tarja impres- 
sa com peqs. vinhetas tipográficas ornamentaes, simetricamente dispostas. -Raro. 

1(143— De Théis (B.»" .Ue.r.). — Politique des nations, Par le...- Â Paris, Cliez 

í^Q Grimhcrt ls:>S. ln-8.°, 2 tomos de N'LVllI-310 e lF-3.=i2 pags. Em um vol. E. 



/d 




AZEVEDO - SAMODÃES 283 



3044- DE 1, TRIVM REGVM || lAPONIORUM I.EGATIS, QVI NVPER ROMAN H 

PROFKGTI, GREGÓRIO || XIII. PONT. MAX. OBEDIEN- || TIAM PVBLICE ^— 

PR.+:- II STITERVNT. || VARIA |t Quae Lecloiem mirificè delectaie, & X^DD^ /) n 
prioruni oníninni || ânimos ari máximas Deo grallas agendas vehe- 1| menter \y ^^ fCO C 
excitare polYiiiit. [i (Marca-emlileina da Ounpanliia de Jesvs, tendo no cen- 
tro as iniciaes: / // S> || AMVKliPI.E, || Exoulchal Marlwus Asfíiii.f ad 
infigite dun- || rwii Vycomarioii. Anmi de lriV:'>. Jii-S." | eq. de XYI 11. inums. B. 

Na primeira il. o titulo ; nas 11 e III, tuna Dedicatória: -AMPLÍSSIMO || CLARISSI- 
MOQVE VIROilCHRISTOPHORO AB ASSON- ii LEVILE REOl^ CATHOLIC^ 
MA- ;; lESTATlS IN BELOIO, PRIMÁRIO H SENATORI.= (datada e subscrita no 
fim : ^Louanio II. Caleiíd. Mar- \\ tias 1593. \\ .. !' Hcnricus Chuyckius») ; na IV : 
-ACTA CONSI- II STORII PVBLICE H EXHIBITI. || A. S. D. N. GREGÓRIO PA- H 
PA XllI. REGVM lAPONIO-llRVM LEGATIS ROM.í, D1E:|XX1II, MARTII, M. 
D. IILXXXV.»; na V: «LITERARVM l| EXEMPLA REGVM l, lAPONIORVM, AD 
QRE-,|GORlVM XllI. PONT. MAX.- (subscrita: -Franciscus Bungi Re.x.») ; na VI: 
• PROTASII REGIS;: ARIMANORVM.- ; eui parte do verso da VI e frente da Vil: 
íBARTOLOMAEI PRIN- |1 CIPIS OMVRANORV.. ; do verso da mesma fl. Vil á XllI : 
-REClTATlSli LITTERIS, ET SILRN- H TIO INDICTO, IPSORVM || Legato & Re- 
gum nomiua, sequens |1 Oratio est habita a Gaspare Gonsaluo 1| Lusitano, Presbytero 
Societatis /£SK'l 0/?/l r/O HABITA IN LF.QA-\\ torum laponiorum introitíu.>; nx 
XIV: «AD HANC ORATIO- 1: NEM AB ANTÓNIO BVC- H CAPADVLIO, H SVMMl 
II PONTIFICIS NOMINE IN || liK verba reffion- \\ fum eJU; e nas XV e XVI : -EX- 
TRACTVMjlEX LITTERIS ROMAUMISSIS KAL. APRILIS || ANNl 1585.» 

Opúsculo muito interessante e raFisslmo. 

10/KÍ-Deus (Fr. Jacintho dí). - BRAClllOLOGIA || DE 1| PRÍNCIPES, || DE F. o<' >■ 

JACINTO DE DEOSlJ Capuclio de N. S. P. S. Francisco || da Província da '^ oÁ^ O 

Madre de Deos da || índia Oriental, primeiro i'adre || delia, & Meltre em '='^ 
Sagra- II da Theologia. |1 Ao Muito Alto, (sr Muito Poderofo |i Príncipe de 

Portugal II DOM PEDRO N. S. 1| || LISBOA. \\ Com todas as Heeiiças< 

nereffarian. || Por .intcnio Craeabeek de Mtllo || linprej ftr de Sua Alteza, i| 

.^nno de 1611. Iri-8." peq. de XVI pags. itiums. e 299 nums., além de uma ^ 

fm branco. Ires inums. de «INDEX || Do que o contém este Livro», e uma 

(Milra em branco, finais. E. 

As XVI pags. prels. compreendem : titulo ; Dedicatória : <Ao muito Alto, & muito Po- 
derofo || Pbincipk de Portugal li DOM PEDRO N. S.. ; Proemio -A QUEM LER» ; e,- 
Licenças e Censuras.» 

Livro clássico, estimado e raro. Bom exemplar. 

Ii4(í CAMINHO ii DOS || FRADES MENORES || para a Vida Eterna. 

II COMPOSTO PELLO PADRE i| Fli. JACINTO || DE 1| DEOS, |; PRIMEIRO 

PADRE DA PROVÍNCIA |i da Madre de Deos dos Capuchos, & Commissa- i/f O HO O 

rio Ge- II ral dos Frades Menores, Deputado do Sanlo Of- 1| ficio da Inqtii- 
sii;ão de Goa em a Índia Ori- II enlal, íi natural de Macao: || (Unha de 
peqs. vinhelas tipocjrá ficas) \\ EM COIMBRA. \\ Na Oflicina de BENTO 
SECCO FERREYIiA, \\ Iniprciísor do S. O/ficio. Anno de M.D.CCXXI. || 
E a sita custa Impresso: Com todas as licenças necessárias. In-4.'' de IV 
ir. inums. e 387 pags., sendo a ultima de ADVERTÊNCIA. E. 

.\s três primeiras das IV ff. prels., inserem : front. (impresso a preto e vermelho) ; e 
LICENÇAS. A IV é toda branca. -Obra cLíssica e bastante estimada. -POUCO 
CO.MUM. 

DEZ Y SIETE |i ROMANCES...— Veja-se : liUM.-lNCES {Dez y siete. . .) 



J/õ4o, 



284 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

i047- D'Herbelot (/iorí/i.). — Bibliotheque orientale, ou Dictionnaire universel, 
Contenant tout cc qui fait conneitre les peuples de TOrient; leiírs Hisloi- 
res & Traditions, lant fahuleuses que véritables; leurs Religions & leurs 
'-^ J C 'O Sectes ; leurs Gouverneirens, Loix, Politique, Mwurs, (loutumes; & les 
^:.^ '^ Révohuious de leures Empires, Sc. Par M. d'Herhelot. Nouvelle Edilion, 

réduil & augmentée par M. D . . Menibre de plusieurs Académies. A Pa- 
ris, Ches Moutard . . . M. DCC. LXXXIIl. Avec Approbation £■ Privlège 
flw Roi. ln-8.", (i \nls. de XVl-576, IV-591, IV 566, lV-565, lV-560 e IV-f 05- 
III pags. E. 

Obra de grande erudição e muito estimada. Excelente edição e belo exemplar. -Rara. 
1048— DIÁRIO NACIONAL. ||C:OM PEllMISSAÕ DA JUNTA DO SUPREMO GO- 
. / VEBNO II PROVISÓRIO PO REINO. -N.» I. 1820. (No fim dos nums.) : 

f'f^C>C> PORTO: NA TYPOGRAFIA DE VIVVA AU AREZ UIBERO & FI- 

LHOS. In-fol., 8 nuiiis. de 4 pags. coin duas colns. de impressão, cada. 
Em um vol. E. 

Publicação de certo interesse e curiosidade. 

Encadernados juntamente estes outros periódicos: Regeneração de Portugal. , COÍA 
PERMISSÃO DO SUPREMO GOVERNO li PROVISÓRIO DO REINO. (No fim dos 
nums.): PORTO. NA TYPOGRAFIA A' PRAÇA DE S. THEREZA N.' 13. -ln-io\. 
8 nums. e dois Suplementos (Grátis) de duas pags. cada, a duas colns. de impres- 
são. (A meio do titulo um escudo d'armas do reino). - Correio do Porto \\ COM 
PERMISSÃO DO SUPREMO GOVERNO ;, PROVISÓRIO DO REINO. |1 Numero 1. 
Anuo de 1820. (No fim dos nums.) : PORTO. NA TYPOGRAFIA A' PRAÇA DE S. 
THEREZA N." 13. In-fol., 71 nums. de duas pags. com duas colns. de impressão, 
cada. 
De muito interesse para a historia da politica contemporânea.— Colecções completas. 
Raras. 
1049— Dias (Ba/í/ía^a)-)— CONSELHO li PARA BEM CAZAR. |! (Logar de três 
figurinhas, de tosca e.xecufão em madeira e paralelamente dispostas) || 
OBRA NOVAMENTE FEITA, A QUAL || he ciiamada, Conleltio para bem 
(_) cazar, porque em ella fe trataõ as mais das coulas, que convém a lai con- 
II folho : muito proveitola para os homens, & mulheres. || Agora nova- 
mente emendada, & accreícentada por || Baltezar Dias. Vay seguindo o au- 
thor, que hum feu amigo lhe mandou pedir pela maneira íeguinte. E no || 
fim vay accreícentada huma lenhora || que queria aprender a ler. || EM 
LISBOA. !l Com todas as licenças necef farias || Por Domingos Carneyro, 
anno de ltj80.— In-4.'' de 16 pags. B. 

,\ obra, que é em verso (quintilhas) e impressa a duas colns. por pag., principia no alto 
pag. 2 (verso da primeira folha do o])usculo) e termina, por uma estrofe de nove 
versos, na pag. 15; seguindo-se-lhe, em remate, o usual «LAUS DEO.» 
.Na pag. 16, impressa a toda a largura da mesma pagina, a tCarta a huma fenhora, 

que queria aprender a ter.^ 
Peça clássica e assas estimada. Edição multo rara. Belo exemplar. 

A mesma obra: « .. II EM LISBOA. Com todas as licenças necef - 

farias. \\ Por Domingos Carneyro, anno de 1680.— In-i.° de 16 pags. R. 

Reimpressão perfeitamente conforme á edição antecedente ; RARÍSSIMA e desconhecida 
a Inocêncio e a Pinto de Matos, -que registam, além da que tica descrita acima ede 
outras posteriores, esta anteriormente impressa: Lisboa, por .Anto.íio Atufares, 1633. , 
in-4. o, 

^ , 10.^)0 malícia li DAS MULHERES. || (Gravura alegórica, de rude exe- 

y I On.(^^ *'"*^^" "^'^ '""'1'=''''=^) II OBIIA NOVAMENTE FEITA, E CHAMADA MALÍCIA 

^<— ' II das mulheres, porq nella le trataõ muitas lenlença.s, & autori- 1| dades 



^^/õiL6 



VAR IAS OBRAS 

DE DVARTE DIAZ,EM 
lingoa Portugefa,e Caftelhana. 

DIRIGIDAS fiADO NA 
çy^íargarida Corte Real. 




CON PRIVILEGIO. 

En Madrid , por Luis Sanchcz. 

AnoM.D.XCII. 

Fac-simile do frontispício da obra descrita no presente catalogo sob o 
n.» 1.051. 

(Pag. 285) 



AZEVEDO - SAMODÃES 285 



ãcereu da nialioia, q ha Ptn alguas delias: & aflini Iratii, co- 1| luo duas 
njiiUieies enganarão léus maridos gracioíamente. || (Linha de peqs. vi- 
Tihelas ornnnifntaps, simetricamente dispostas) |1 Em Lisboa com licença, 
por Domingos Cartin/ro. Anno lfí59. In-t." de 8 pags. inums. B. 

O texto é disposto a duas coliis. por pagina e começa logo no alto da 2.' pag, (verso 

da folha do rosto). 
Estimada. Edição para. 

itíòl-Dias {Duarte).— \\B\ASOm\S... Kh MathiiJ... Aíw M. D. XCn. ■ ,. 

f Do frontispício damos, em folha ápurte, o fac-uinjile foto-sincográfico) . ^y' / (y ^'-^ CJ 

In-4.0 de IV tT. (prel.s.) intjmeradas e 7*3 (?) nums. na frente. E. (perg.) 

\s IV folhas prels. compreendem: frontispício (frente-o verso está em branco-da pri- 
meira H. ; 'lTASSA.' («fecha en Madrid a onze dias dei mes de Abril de mil y || qui- 
nientos y nouenta y dos anos. ]| /««« Oal/o de \\ Andrade-); '£RRATAS.> (subscritas: 
'íítãfi Vazquez ,, dei Alarmo/.^) (ambas estas peças na frente da H. H) ; -«SVMA DEL 
PRIVILEGIO.; «APROVACIOM.. (subscrita: .Dan Alonso de Ercilla.» (estas duas 
peças vêem no verso da mesma It. II); e quatro Sonetos, a saber: «A EL REV DON 
FELIPE II nosso senhor, h SONETO., (frente da ti. Ill); -AO 1'RIMCIPE DOM 11 Fe- 
lipe nosso senhor .III. deste H nombre |1 SONETO." (verso da mesma ti. Ill); «A DOM 
CRISTÓVÃO li de Moura 11 SONETO EM TRÊS LINOOAS.. (português, espanhol e 
italiano) (frente da ti. IV); e: .AO MESMO. 1 SOA/fTO... (verso da mesma fl. IV.). 

Este precioso livro consta de poesias nos idiomas de Camões, de Cervantes e Dante, a 
saber: Sonetos, Cartas (em verso). Cançonetas Napolitanas, Elegias, Tercetos, Estan- 
cias, Agena, Liras, Motes e Glosas. Rcdondilhas, Scxtinas, Canções, Fabulas, Epitá- 
fios e Enimas (Enigmas). 

A edição é mui cuidada e verdadeiramente primorosa. Os exemplares são de E.XTREMA 
RARIDADE, -pelo menos em Portugal. Inocêncio confessa que nunca poderá desco- 
brir algum dêlcs. Este nosso está em períeitissimo estado de conservação ; mas, in- 
felizmente, falto das três ultimas folhas. Ainda assim é muito precioso e estimável 
por ser, talvez, o único existente no paiz,- nõs pelo menos, confessamos, não sabe- 
mos do logar ceito ou prezumivel onde se encontre algum outro. 

Dias CHenrique)—T{e[aç!io da vingeiíi e naufrágio da nao S. Paulo. .. em 
1561.— Veja-se : Gomes cie Brito (Bernardo). 

\0h'2—O\a% [Miguel Aiúonio). — Historiada franc-maçonaria ou dos pedreiros -^t^ Ci /'^ 

livres. , . Lisboa: 1843. In-8." de 32r)-I pags. e 6 estampas com figuras. K. ^ 

Apreciada e não vulgar. Bom exemplar. 

IC.S3-Dlas [Fr. Mcoíoí(\— Tratado da Palxam De Christo Nosso Senhor, no 
Qual se Tratam Todos os Passos dos quatro Evangelistas, Com muitas 
Considerações Devotas. Feita Por o Padre Frey... Mestre em Santa Theo- /^x"^^ 

logia da Ordé dos Pregadores da Provincia de Poitugal. lõ (Marca em- /t/A ^ ^ 

("ilemalica da Ccmp* de Jesus, tendo no centro as iniclaes: 1 H S) Fo. 
Lisboa: Por António Ribeiro. In-S." peq. de VI ÍT. (prels.) inums. e 214 
nums. na frente, além de II inums., finais, de ^ TABOaDA. E. 

As VI ff, prels. compreendem ; frontispício; (?) ; Visto de Fr. António de Sousa; c^JLícença 

do Conselho supremo & Geral do Sancto Offício. » ; «*l Licença do Oidinaiío.> ; 

■l Licença dos Desembargadores do Paço.» ; c «PRIVILEGIO.. 
O verso da fl. VI (prel.) é ocup.ido por uma vinheta com a imagem d'um santo; e as 1, 

2, e 3 e frente da 4 pelo « l PROLOGO». 
Obra clássica e muito apreciada. Exemplar carecido do frontispício e da fl. imediata ; no 

mais, em perfeito estado. -RARÍSSIMA. 

Dias Cardoso {António).— \e]ase : Regimento de Santo Officio da Inqui- 
sição, ed. de 1613. 



286 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



\Ohfi-D\as {Fr. Nicolau).— (^ \■lD^^\\ ... LISBO,\. \\ . . . .Ainio lò9i. 
(Do fronttspirAo damos a exacta reprodução foto-zincográfica que segue] : 

'oo/Loo ^VÍDA DA. 

SERENÍSSIMA P R í N, 

CESA DONA lOANA, 

FILHA DELREY DOM 

Afonfo o quinto ({cPor- 

lOgtl. 

^Jí" &/Í t{u»1vintofrS- mnrtt muitifÀn J^^ 

tlatntmt nt tJUtfttuo dt I E S TJ 

Àc ty^Hfér» d-t Otâtm dm Prt- 

^àdort/^ (^ nt habito d* 

dr. ^ 

fco Ordenada , & CQncr nada por o Padre srt 

Fícy Nicolao Dias, Mrftie cmSan.âi 

Thcologia ,da dic» Oídem da 

Piouincia de Pot- 

tUgaL 

^KM LISBOA.?* 

Corn íiccn<iado fuprcmo Confí* 

iho da San(5ta hiquincão. 

§5J!" ImprcíTa por Anronio A! umes. ^^^^ 
Aaao 1)94» 

I'1-S." peq. de VIII tV. (prelsi.) iiuimer;id;is e 88 nuinuiadus nu fieiíle. E. 

As VIII folhas prels. coinpieendeni : titulo (frente da fl. 1); ^ Licença, (precedida pela 
aprovação de Frey Bjríolameu Ferreyra) (verso da mesma fl. I); ; ^I< EPISTOLA 
DEDICA- ]i TORIA A SENHORA DO H na Anna de Alencaftro, Coniendadei- 11 ra no 
Morteiro de Sanctos em |; Lixboa, da Ordem de || Saiicliago». (da frente da fl. II .i 
frente da V); 'gí^ TABOADA>. ,^?Jj" (do verso da mesma fi. V até á frente da 
VIII); e uma vinheta tendo no alto um cordeiro pascal segurando uma cruz, e no cen- 
tro as iniciaes emblemáticas da Companhia de Jesus : / H S (verso da mesma fl. VIII). 

A Epistola Dedicatória a Dona .\nna de Alencastro, que no seu primeiro periodo é assas 
interessante para a historia do livro (1), vem no fim datada e subscrita: Defta Tua 



(1) Desse periodo dá Sousa Viterbo uma fiel transcripção ,a pag. Sy do seu intaes- 
sante e valioso estudo :-/v-. Bartholomeu Ferreira, o primeiro censor dos Lusiadas... 
Lisboa, 1894. 



AZEVEDO -SAMODÃES 287 



cafa delliiorra Senhora da Piedade da Oi-l|dê dos Pregadores cm Azei-iitani, a 12. 
de laiieiro, de H 1585. H Ca|iellain, & orador por V. S. li frey Hieronymo Corrêa^). 
A obra de fr. Nicolau Dias, cuja inimcira edição foi impressa em Lisboa, por AiUo:Uo 
Ribeiro, 1535, in-8.o peq., é escrita cm estilo primoroso c vernáculo, e ijorisso muilo 
presada dos eruditos e dos bibliófilos. Os exemplares, excessivanicnle raros, só de 
longe em longe se lobrigam no mercado. Este nosso está optimamente conservado, cir- 
cunstancia que o torna duplaiuetite estimável. 
lOõJ— Dias (P. Perfro).— AliTK || DA LINGVA 1)K |1 ANCIOl.A,.. . Lisboa, WJl . 

(Do fronthpicio damos a i.ractu reprodiiçrio que seyue): f^ /í H 7K <^ ^ 



ARTE 

DA LINGVA DE 

ANGOLA» 

OEFERECIDA 

A VIRGEM SENHORA N DO 

P.OSARIO. 

Mãy , & Senhora dos mefraos 
Pretos , 

PeloP.PEDRO DIAS 

Da Companhia de JESU. 




LISBOA, 

NaOfficina de MIGUEL DESLANDES, 

ImpreíTor de S'ua Magellade. 

C«mtsdA4a!ttctn<^4(ncçejfaTiiu. Anno 1697* 

In-S." peq. de Vil pag.*. (prels.) intims., iiiíia em branco e 48 luims. E. 
Na primeira pag. prel. o titulo reproduzido acima em •fac-simile» ; a U está em bran- 
co, e nas III a VII as «LICENÇAS.» (Da Ordem. -Do Santo Otticio. -Do Ordinário. 
-Do Paço.). 



288 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




O o 



Tratado linguistico muito curioso e interessante para o estudo do idioma angolense, ou 
seja o falado pelos naturaes dessa nossa rica província ultramarina no hemisfério 
austral. 

Seu autor, que era natural de Vizeu, tomou o habito da Companhia de Jesus e esteve 
nas missões do Brazil, onde foi Reitor da sua Ordem em Olinda, capitania de 
Pernambuco. Faleceu na Bahia, em janeiro de 1700. 

.\ obra não consta que haja sido reimpressa, e os exemplares, muito estimados dos co!c- 
cionadores dos tratados relativos aos nossos domínios coloniacs, são muitíssi- 
mos papos no mercado, onde, desde ha bastantes anos a esta parte, nenhum tem 
aparecido. O nosso encontr.i-se perfeitamente conservado, circunstancia que muito o 
valorisa e que o torna duplamente apreciável. 

lOoB— Dias de Landim (Gaspar ).— O Ini^nie D. Pedro. Chronica inédita 
por.,, Escriptorio 147, Run dos fietrozeiros, 747. Lisboa —1892. In-S.», 3 
vols. de 143-lV, 15.5-VI e 121-VI pngs., ein nin tomo K. 

Edição da ' Bíbliotheca de Clássicos Portiigueze'í . 

^; (y 1057— Dias Gomes (f"ro}icisco\— Olins poeticn.s . . Lisboa: Na í'i/p. da Acad. 

R. das Sciencias. Anno de 1799. In-4.° de XXVI-42o-I pags. E. 

iMiiito estimadas, e íá pouco frequentes no mercado. Bom exemplar. 

• 1058 — Diaz Rengifo (./mpm).— Arte poética espaiTola, con una ferlilissinia s\lva 

^ J C^ de Cotisonantes Comtines, Próprios, Esdiuxnlo:,, y Heflexos, y un Divino 

Estimulo dei Amor de Uios. Su autor... Aumentada en esta ultima im- 
pvession, con dos Tratados; uno de Avisos, y Regias; oiro de Assonan- 
tes ; ron quarenta y ocho Capítulos; con un Conpendio de Ioda el Arte 
PoetÍL-a. y casi cinco mil Consonantes. IJeclarada con nuevos exemplos, 
famosas autoridades... iJ^roeí. En la Imprenta de Maria Marti Vinda, 
administrada por Mniiro Marti. s. d. (nas licenças: IT^G). In-4 " de 
XXVIII-483-V pags. E. 

o frontispício é adornado de tarja. Estimada. Edição pouco comum. 



S^/oO;Ío^ 



1059— Diaz Tanco de Frejenal (Fa«co).— Jos Ufíittr Iriíimpluis... ;.S'. / , n. d. 
—primeira metade do sendo XVI). 
[Po frontispício damos, em folha aparte, a exacta rejirodução folo zinco- 

gráfica). 
In-i." decxl Folhas nunier,idas na frente e IV inumeradas, finais. K. 

Na frente d.i primeira folha (inum., pois que a numeração só começa a dívisar-se da fl. II 
em diante) o fiontispicio, ou portada acima re|iroduzida em rfac-simih; no verso da 
mesma, uma poesia «n lOS IfCtOrrS». e uma (Copln ; nss fO, it e ítí, o ílrollf- 

mio. 11 ([ IJroljrmiii n too crtrlrtes || ilhiftriffiiiios ■;• bifliiiffimos 6iiqs 

fjtfpnnO!». (É a explicação dos títulos dos vinte Triunfos a outros tantos Duques; 

subscrita no fim: Bnfro Çtiij ffnnro Sf frrrEiínl |1 rnprllã òt urns tvttU- 
rins prrftn || lifrinins.); "^ fo. iiij., o e freme da uj, um (C-roríiio n los 

IfrtorCS (também subscrito pelo autor); no verso da mesma ÍO. e na frente da Itlj 
três poesi.is em latim, encimadas por esta epigrafe: §UppltrnftCl. || CL iltltCltrO- 

niiim illiirtriffirai li bumtnt. f. ^imrrs .S figiicron romitis 8 fcrin Sii- 
rirtii bc Sninnttírrn/ ntiij fucliiri mnirljtoHis i 6c piirgo ií. Srníiiir- 

rtti. 11. D. 5.5. D.; e jio verso da mesma f 0. uij e frente da Uttt. um Cl 150- 

mmtfc cn : ri qual ri niitor itarrn lu nn)Vi || miriito. Principia assim: CE ff"" 
frEKital be la ficrra mtfri ij a brliirimimbo. . . e remata por uma CE <Cnn- 

rtOtt. e uma d. Ç^Bpln. e pelo trivial JltUS òtO. Na f 0. t£ começa o primeiro 




V <tO9poi^arco0ta5 MJFrqKoal^ 




Frontispício da obra que vem no presente catalogo sob o n.° 1.069. O 

original mede 177x118«"". 

(Pag. 288) 



AZEVEDO -SAMODÃES 289 



dos vinte STiUllipíJlllt, Jos quais o nllinio fiiuia na fn;ntf da f O tíVr ilij, onde 
remata com os seguintes dizeres : f£ Jtrill nlcbirlt pnttis llici illfigirc ClCl IIll 
/^C. e com uma vinlieta, alietta em madciía, figurando uns pedragullios cm cliamas. 
Do verso da mesma ÍO. rrrritij até â frente da trrrir decorre uma ©ptftolit n& 
illbiríô, com a epigiafc : f£ ^b UllhlfiroS IjifpniItlUll? || iUÍIlffS, 1| 11. Ç. ?. 
gnitC rpiftOln llliltit., e no versos desta ultima íí. um líllllintlft bít flUtljOrf. 

Diz assim no começo : lll^fc» iiif llniiin por iiõbrc Ijtjo foij íf uK Inbin- 

bor... Na frente (o verso está em lirancn) da íí. Cti, a STnllIn SI ))rcfriltC 

uo !| liiiiirn. 

Na primeira das quatro follias innms. linais uma CE ('"piôtoln 81 lUltt>r Hl illuf- 

triffimo friior 1 íiíii ^còid íc nflitillnv ij bf Cioriípun toiíiie 6c feriu 

6liq ir Snlunlirrrn friIOr br ilillaUin... (a duas colns. por pag); na frente 

da segunda, uma out.a CE «f-piftoln bcl niiftof fll Uliiflrr ij miiij mfl || giii- 
tica fritor tioiit' jiiiui piirití rnnrro mnriiiirs br uilln iiiirun /i; || frnov 

bí inogurr flit, (também a duas colns. por prg.); uo verso desta mesma segunda fl 
c na frente da tcicei.a: CE f "l""'" laiirmttíis mir |1 mibl |lnfrt bill) 

tnnto frrriirnfio gomioiiir lo Uru rt trmpnrr iiifrn mrinorntis prr rr- 
iiririibiij II fvntnii Çibiuiim ^rrviíin optimis fiolnvibus || boctiqj utris 

rflrrilli lllif|"n ; e fiualmoulc, no verso dcsl.i mesma terceira fl. e na fiente e verso da 
quarta, três poesias em latiu, cada uma das quais encimada por sua vinheta alegórica, 
gravadas em niadeiía. A ultima representa uma pessoa escrevendo, -pessoa que se su- 
põem ser o autor. 

O volume compreende 17 cadernos de oilo tf, cada, rulnicados na parte inferior das quatro 
primeiras ff. de cada um: H ij (a primeira follia deste caderno pertencia a rubrica It, po- 
rem não a apresenta), fl ÍÍÍ, fl iiij a V. j., X. ij., r. iij., r. titj.; um de qua- 
tro, rubricado: S. j., 5. ij.,e, finalmente, um ultimo, taiubem de qnatio It (as finais 
itmmeradas), rubricado: t. í., t. IJ., t. ílj. 

Este ultimo cadeino parece faltar em quasi todos os poucos exemplares que da obra se co- 
nhecem. Oomez de la Cortina, marquez de Moranie, registando este facto uo sétimo 
tomo, pag. 267, do magnifico Ca/«/ffgHS da sua riquíssima biblioteca, escreve o seguinte : 
■ Este exemplar tiene 4 hojas mas (que suelen faltar en otros exemplares), cou la signa- 
tura T. 1. T. S, y por conseguinte es raríssimo. ^ 

Cada um dos vinte Triunfos é precedido de uma folha que contem na frente o titulo ou ar- 
gumento do respectivo Triruifo, ora encimado poi unr brasiio, ora por unia gravura de 
desenho alusivo ao texto, e tudo sempre emoldurado por cercadura de composição tipo- 
gráfica (algumas vezes constituída de pequenas vinheras com imagens de santos). 

Livro curioso, nitidamente impresso com belos car.icleres GÓTICOS e muito estimado. 
Exemplar perfeito. Raríssimo. 

lOLlO — Dlaz Vara CaliJeron (Don Gabriel). ~Gi\m\e-ías, y maravillas de ki iii- j^— // 

clyla, y saneia civtiade de Koinn, caboza, y compendio de el orbe, madre ^ ^ C> 

de lodos los fieles, y roca inexpvgnable de lii saneia tee catholicn.. Con 
Privilegio. En Madrid, Por Inseph Fernandez de Buendia. Af/o de M. 
DCC. LXXIU. In-fol. de XVlIl-11 70,VX.\XVII pa-s. \i. 

O frontispício é tarjado e impresso a prelo e a vermelho. Entre as pags. 4 e 5 uma gra- 
vura a buril, contendo no centro a imagem de N." S.'" det Bveii Svceso, de Madrid; 
e em frente da XVIII uma outra representando o autor sentado a uma mesa e em 
atitude de escrever. ' 

Em frente da primeira pag. numerada vem também uma grande folha (desdobrável), a 
qual contem uma curiosíssima planta de Roma, em que se vêem os numerosos edi- 
licios, muralhas, rio e outras curiosidades da cidade e de seus arredores. E igual- 
mente gravada a buril, em chapa de cobre. 




2Q0 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

lOol-DICCIONARIO DA LINGOA PORTUGUEZA PUBLICADO PRLA ACA- 
DEMIA nEAL DAS SCIENCIAS DE LISBOA. TOMO PUlMEÍliO (<■ único que 

-. .. se publicou). A {Marca ipavada fia Academia) LISBOA NA OFFICINÁ 

y QC' í^^ ^'' í'-^ MESMA ACADEMIA AXXO M.DCC.XCIU. Com licença cia líeal il/e,~« 
tia Commi^são Geral sohre o F.xame. e Oeiísiira fios /.ivros. In-fol. gr. do 
IV IT. iiinins., GO imgs. ; iii;iis II 11. imiiiis., 5i.'! pags. a 2 colunas, alem 
de uma II. TultI, a i|U,il iiisi;i-c, ii.i frente, o Catalogo das obras impr, pela 
Acad. E. 

, Muito api-eciailo, sobretudo por conter, de pag. Llll a CC o CATALOGO DOS AUTO- 
RES E OBRAS, QUE SE LERÃO, E DE QUE SE TOMARÃO AS AUTORIDA- 
DES PARA A COMPOSIÇÃO DO DICCIONARIO. 

lioin exem])Iar. f\Alv("). 

1062-Diccionario de l.-i lenyua caslcjlana, cuiiipnt^slo por la Heal Academia 
Espanola, rcdiicido á iin lumo para su fácil u.?o. Torcera edicion, cn la 

. —^ qual .<e han colocado cn los Itigares correspondienles todas las vocês de 

S í- los suplementos... Madrid. Por la vinda de don .Juafjuim Ibarra,.. 

MDCCLXXXXr. In-f..l. ijf. de VIU 867 pfgs., com Ucs colns. de impres- 
são, cada. E. 

.apreciado. Boa e lar.i cdiçiio. lixcelente exemplar. 

I0(i3- DICCIONARIO lirOliTUCUEZ, |1 E BI;\S1L1,\N0, OBUA NECESSÁRIA 
II AOS MINISTROS DO ALTAR, . Que níHRiiHtNDEnisia a cqnvebsaò nii 

TAMOS ii MILHARES DE AlMAS QUE AIKDA SE ACHAÕ || DISPERSAS PELOS 

/V/>feTOS CEUTÕES DO || BhASIL, SEM O LUME DA Fli' E || Ba PHSMO. || AOS 
^^ <JUK PaROCHKAÕ Miíí-ÕES antigas, pelo embaraço li COM QUE NBLLAS SE 
i'ALi.A A Língua PoaiuouE- !; za, p.uía melhor poder conhecer o || 
ESCAUO INTERIOR DAS SUAS || CONSCIÊNCIAS. || A todos OS cjuc íe eni|,ire- 
gareni no eltudo da llilloiia || natural, e Geografia daquulle paiz ; poib 
coiiler- {sic) v.i conílanlemciite os feus nomes originários, || e piimitivos: 
II Por ««•« II PRLMEIHA PARTE, {única lublicatln) || (Logar de peq. vinhet.» 
lijogiáficaj li /,/í;/iO^|| AVI OEFICiyA PATniMlCAr. \^ || ^LVA-0 

M. JJCC. A'Cr. II Com licença. -lnA.° de IV IV. (prcls.) iniims. e IV-7'J 
pags. E. 

.•\s IV tt. prels. iiiuuis. eomprcc-iulem : antc-rosto ; írojitispicio , e: POR PROLOGO'} 
SE OFFERECE O SEGUINTE: . As IV pags. imediataf, niims. com algarismos ro- 
manos, inserem . ADVERTÊNCIA \\ SOBRE A ORTOORAPHIA, E PRONUNCIA- 
ÇÃOWDESTA OBRA.»-0 texto do Diccionario propriamente dito c disposto a dnas 
colns. de impress:ío por pagina. 

Belo exemplar d'esta interessante obra filológica. -Multo rara. 




/4 



// 






lOtii-- Dickens (C/irti/c») — Le cricri du foyer, par... Lrv.celles. Mcline, Cuiu; 
il Cumijagnic. . . 1S4IJ. In-l?." de lV-237 pags. E. 

lOiià- DIctionarium Tetraglotton, seu vocês latinae omnes, et gr;cca' liis ns- 
pondcntes, cum Gallica & Tculonica (quam passini Elandricum vncant) 
earu inlerpretalione ; nvnc emeiídatius & locupleliiis. . . Franckenr, Aind 
^Eijidivni líadívm, Ordiutm Frisice Typograph. i-/.i, /.). c. ,/(!. Jii-S." pcq. 
E. {penj.) 

O frontispício é embelezado com uma linda gravura a buril cm chapa de metal (D. R. 

B.-P. S.J. 
A impressão é a duas colunas por pagina. -Apreciado e R.^RO. 



AZEVEDO -SAMODÃKS 291 



/y^oa 



JOOO— Dictionnaire (Noiívoiíul iJOiUilif riMiii,;jisdaiU!Ís cl (l;iiiui,s fi;iiii;ais, hii- /^ ^ C J 
;.-(C, <H!o llollzc. iSSiJ. Iii-H." pu). de \-77o pa^ís. E. 

lUfi7 — Dictionnaire (Nouveau) porlatif frunçuis-suédoia tt suédois-fiMiiriíi 
Leipsir ; IloUzr. iss:}. In-S.» peq. de 821-1 pngs. E. 

Ui(i8— Dictionnaire de poche (Nouveau) dcs langues frnnçaise et liollandaitie. /^ ^ C> 
. Ldpsic, Tauchniix. In-S." peq. de IV-TQ? pags. E. 
Diez de Gannes fGiitierre J.—Cromca. . . — Veja se: Croti^rtf. 

■lOíiO-Diniz (r;.)-Cancioneiro,iD'ELREI P. DINIZ, |1 PELA PniMEIItA VEZ 1| 

IMPRESSO SOBHE O MANKSCniPTO DA VATICANA, 1! COM || ALGIVUS /^ OT^^^i 

NOTAS ILUSTRATIVAS, í E UMA PREFAÇÃO HISTORICO-LITTERARI V -^ 

II PEIO D r CAETANO LOPES DE MOURA. || (Logar de escudo d'armnsd(. 

reino) !| varií;. \ eh casa de j. r.-AiLLArD, íl, ijvai Voltaire II ÍS/7.— No 

verso do anle-rosto : — paris \\ na tiiv^raphia de fain e thvnu, ., ria 

RACINE, 2S— In-}." de XXXV-1Í)6 pags. E. 

Muito apreciado. Ediç.lo jri completamente exausta. Excelente exemplar. 

1070— Diniz (/lí/io)— As pupilas do Siir. Rellor. Chronica da aldeia, por... Si;- q t^ O o 
gunda ediefio revista pelo aiillior. Vario: Tijp. do .lonwl do Porto... ixfix. 
In-S." de 27IÍ pags. E. 

Ei1ii;.ío já pouco frequente e a mais aprecia\el, por ter sido ainda revista pelo autor. 

Diola (Ocího)— Vcja-se : Lisboa {Fr. Uorcot de).— Chronit^he. . . 
Iii71 — Dioscorides Anazarbeo. — Pedacio Dioscorides Aimzarbeo, annoladn pnr 
cl Doctor Audres L;igura, ii:edico digtiissiiiio de .lulio III, pui)lifii:e íjij- 
xiiiio, iiuevamtlitií ilustrado, y ufi.idido, deinoiíslramlo las figiiias de plaii ^^ 

las, y aninialts en Estampas finas, y dividida cn dos Tomos. Sii autor cl c><l ^^^ "^ 

Uoclor Don Francisco Suarez de Ribera, Mediíio de Cairiera de su Mages- 
lid Culliolica. . . Ano (Logar de linda vinheta alegoric.i, ou marca do ini- 
[iressor, abeitu primorosamente a buril cm chapa de m«lal — /oíi. Pere^ 
SimI. M.t 17-'Í0) iVi:i. Co» Piii^iiegt". En Mndrid: En la Iitiprenla de Un- 
miiujos I-Vrnandez de Arrcjo... In-fol., 2 vols. de XXVIll '24:j-224 e XVI- 
18S-226-l32 88pags. E. 

O tomo primeiro é enriquecido com uma bela gravura alegórica de antc-robto, um bra- 
são d'arnias de D. Phelipe V, uma outra gravura alegórica contendo ; no alto os 
retrs. de Dioscorides e de Andres Laguna; no centro o de hrancisco Suarez de Ri- 
bera (estas três gravuras estão assinadas : laaiies Perez dei et. scul. Ma.^' 1733); e 
.XXVI estampas reproduzindo imensas espécies de plantas. O tomo segundo: com 
um brasão d'armas de Dona líabel Earnesio, a quem o tomo é dedicado, c 34 es- 
tampai reproduzindo também numerosas espécies de plantas. Todas as estampas são 
aberlas a buril em chapa de metal. 

Obra muito interessante e estimada, n'uuia das melhores edições que dela se tem feito. 
Os frontispicios são impressos a preto e vermelho. Belo exemplar, salvo um ligeira 
defeito no canto superior da lombada nas primeiras li. do tomo segundo. -RARA. 

1072-DISCVRSOS, ll QUE SE |' PRESENTARAM NA i CVRIA ROMANA, PO!!- 
QVE SE II moltra tpie o Illustrinimo, & Reiieren-1in'imo || Senhor Uom M'- 
guel de Portugal Bifpo de || Lamego auia de ler recebido em arpiplla 
Corto, II como Emliaixador do Sereniílimo Rey |'; tle Portugal Dom Ioam o 

II IV. nosso Senlior. || Traduzidos de Italiano em Poituguez. || Ânno de (es- 
cudo d armas reais portut'iiesas) lfí4''l. \\ Com Iodas as li;epças ncce/farids. 

\\ Em I.ietoa, for .Inloitio Aluarez Inipreffor\\dti Reij N. S. \\ Vende/e vm 



^Ô?^ Oc> 



292 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



#í' 



lÁ^ 



^ea 



&^ 



ciífa de Lotirev^o Qucirús, Liureiro \\ do Efinào de Bragança. ]r)-i.'' de froiitis- 
picio e 16 pags. niims., nlóm de uma inum. e uma em branco, finais. B. 

A pag. inum. final insere as «LICENÇAS.^ paia a impressão e novo registo tipográfico : 
<Com todas ns Uceii(as iiecef farias. i| RM IJSBOA. H Por António Miiarez Impreffor 
riel II Rey N. S. Anno ile 1642..- 
O frontispicio é ailornatio de tarja, impressa com peqs. vinhetas tipográíicas de orna- 
mento. 
Opúsculo interessante e apreci.idissimo. MUITO RARO. 

1073— Dizionario coinpendiato di antichitíi per maggioie iiiteligenza delTislo- 
Q ria antiga, sacia e profana, e dei classici greci e latini. Traduzione dal 

franceze, miglioraln o acnrcsciíUa. Firenze. : 1S2I, dai Torchi di Gio. Mare- 
nif/h... ln-8." pe<i., (2 tomos de VI-Xll-lí»i e lill pags. li. (jierg.). 
Dochez (A/.)— Veja-so: Uamnur {M. líe).— llisloite de rEmiiire Ottoman... 
— ; e: Leo eí Batia (Enri). — Histoire d'Ilalie,,. 

Piutriíin S priíi- 'I fipins x fiiiiínmc- l| tní H rlIvi^tn^«>r.— Veja-se: Mello 
(D. .Toih} de). 

1074- DOCUMENTOS [ AcillADAVEIS || PARA TODO O GÉNERO DE PES- 
^ SOAS, II que qni/.ereiíi aproveitar-se, e com pouco || custo diverlir-se. (No 

fim do texto) : LI.^^Bd.i : l! .Y» (J//;.-. de DOMISfíOS nOD(Ur.UE!>. || Anxo de 
■}756. li Com Iodas as lirtiiças «ca-.í.sdcins. ln-4.° de 12 pags. E. 
Opúsculo curioso e MUITO RARO. 
1075— Documentos para a historia das Cortes Geraes da Natâo Portuguesa. 
Coordenação auclorizada pela Gamara dos senhores deputados. Lisboa: 
Jiiip. \acional, lSKt-9l. In-8.° gr., 8 vols. E. 

Trabalho importante e muito valioso para a historia politica e parlamentar desde 1820 

a 1831. 
Belo exemplar e bem encadernado.* 

I07t)-Dolce (Lodovk<i)-LE TIiANSFt)UMA- TRUNI DI M. || LODOVICO DOLGE 
O O II (Peq. vinliela tipográfica de ornamento) || DI NVOYO RISTAM- || pute, e 

da luy ricortetle, |; ^ in diuersi luoglii |' ampliale. 1, (Peq. vinheta orna- 
mental) II Con la Tauola delle Fauole. |1 CON PlilVILEGI. 

Estes dizeres encontram-se no centro de ai'tistica portada gravada em madeira. Na base 
da mesma o registo tipogr.áfico : 

/iV VESETIA AP- 11 PBESSO GABRIEL || GIOLITO DE FERBA- 1! /i/í? 
IB.VLEL. M D Lln. (KV,.;). ^1-4." de XVI tf. (prels.) inmns., 300 niims., 
e mais XII inums., finais. E. 

As XVI pags. prels. compreendem: frontispício tpag. l-a 11 est.i eiii branco); Dedic.ito- 
ria: -ALLO ILLVSTRISS. E REVERENDISS. MONSIGNORE IL S. ANTO- \ NIO 
PERINOTO, V.-ISCOVO Dl ARRAS \\E PRIMO DEL CONSIQLIO Ij £)/ CESARE.» 
(datada e subscrita no fim : «Di Vi/iegca U di primo di Maggio. Al D LIII. 1] . . . :' 
Loduvico Dolce.') (111 a VI); Licença (?) de «IVLIVS PAPA 111». (VIU); «CAESA- 
RIS PR1V1LEG1VM.= (I.X e X); Privilegio do .CHRISTIANISS. REQIS.. Henry de 
França (subscrito: .COIQMET») (XI a XUl) ; Privilegio do -DVCIS FLORENTIAE.. 
hDatum Floreniiae Die XXIX. Martij. M D Ull.^) (XIV) ; outro privilegio da «SI- 
OMORIA Dl FERRARA, etc. (XV); e um -SOMETTO Dl M. PIETRO ARETINOW 
.K Cesare.» (XVI). 

Nas XII pags. inums. finais o seguinte texto: ^ERRORl, CHE SI SON FATTl NELL' 
I.MPRIMERE.'! (1); Marca do impressor Qiolito, tendo na base o registo: IN VI- 
NEOIA APPRESSO GABRIEL, GIOLITO DE FERRARI E\\FRATELLI. M D 
LIII.' (Ill-a II está em branco); «A I NOBILI E SlMCERl 'i LETTORI GABRIEL 



AZEVEDO -SAMODÃES 2Q3 






li QlOLITO.^ (IV e V); e .TAVOLA Dl TVT TF. ; LF. FAVOLE, CHE SI COM- 1| 
TE.NGONO NELL'OPERA.. (ft. VII a XI). 
Tradução das Metamorphoses de Ovídio muito apreciada. Bela edição, primorosa e mui 
nitidamente impressa ; adornada de interessantissimas gravuras, abertas em madei- 
ra e intercaladas no texto. Brunet descrevendo-a diz que é a edição preferida pelos 
Bibliófilos. -Excelente exemplar. - Muito rara. 

Domeniqui {iMãnvu-i'). — Vejasc: Jmio (/'(ikíc). — l>i;iloyo lic las ein- 
piessas . . 

Dorea Cáceres e Paria {Leandio}.- Vejaso: Corrài de Loferda {D. Fer- 
nando). 

1077— Dorring (I.aurviU A/itf/iiic).— Giaiiiiiiiiirtí ilaiioise^t iiurvegienne.. . Par... 
Parti: Maiisenewe & CM, ISWJ. Iii-S." de Vlll-200 pags. E. 

1078— Douro. Ampelographia. ,S'. l., n. d. Iii foi. poq. ilc iV.i pags. E. 
O texto é adornado com diversas vinhetas. 

1079— Dousae (6eorftíws).-i;EOHGIl 1' DOVS/E, ]| DE ITINEHARE SVO II CONS- 

TANTINOPOLITANO, || Epiflola. |I .UcefiermU veleres Infcripliones Pyzanli,' //O !^C> c^ 

CT" ex II relifjita Grcoia nwiu piittmm in Iucídi editw, cum \\ qvilniídam doclorum ■' 

virorum epifíolis. || (Marca do impressor, gravada em madeira) |I Ex Ojfi- 

liiia Planlixiana, || Apvd Chbistophorvm Iíaphelnbnoivm. || Academia" 

Lugdune Ralaua; Typograpliiiiii. Ij cio. I;). h-. [l-yJO). ln-8." peq. de 141 

pags. nums., além de uiiia inuni., final. E. 

Na primeira pag. o titulo transcrito acima ; a 2 est.i em branco ; na pag. 3 uma poesia 
em grego (encimada pela epigrafe: «lOSEPUI SCALIOEKI |1 CES. F. || Epigramma»), 
e outra em latim ; na 4 uma outra poesia em grego (encimada pela epigrafe : «/« 
Nobiliffimi doctiS liiniíjtie /«hí/íis OEORO. DOVS.€ || Itinerrarium Conftantino- 
politanum, II íi Códices Oraicos Manulcriptos H inde allatos.>,-e subscrita : <Bori. Vul- 
canus Brugencis.») ; e da pag. 5 em diante o texto da obra propriamente dito. 

Livro curioso e muito raro. Autor não registado por Brunet. -Bom exemplar. 

1080— Dozy & Engelinann (/?.—, t>r. W. //.).— Glossaire des mols espagnols et õ)^0 <0 

porlugais derives de 1 'árabe, par... et le... Seconde édition, revue et '-^ 

très-considérablemente aiigmentée. Lryde. K. >'. Bril, Imprimeur de l'l',ii- 
versiU, 1869. In-8." de X1I-424-1II pags. E. 
Obra interessante. Pouco comum. Belo exemplar. 

1081— Droz (Joscp/í). — Pensées sur Ic cliristianisme. Preuves de sa verité ; 
suivies des aveux d'un philosophe clirétien, par.,, Nouvelle édilion, aii- 
gmentée d'im recneil de leltres de plusieurs évêgues et archevêques de 
Franca. Paris: lienoiíard el VM ... IHòfJ. In-8.° de V1II-336-I-III pags. E. 
Adornada de um cabeção alegórico e de unia gravura impressa em separado. 

1082— Duarte (/>.).— Leal Conselheiro e livro da ensinança de bem cavalgar > ,c_ -^ 

toda sella, escriptos pelo Senhor Dom Duarte, liei de Portugal e do Al- /^^ J '^ 

garve e Senhor de Ceuta. Fielmente copiados de manuscrito da Bibliothe- / 
ca Real de I'aris. Lhhoa, Na Ttjp. RolhmUana, 1843. In-4.° de VII-336-118-I 
pags. E. 

Tratado verdadeiramente interessante e valioso. Muito apreciado. Edição nitidamente im- 
pressa. Esgotada. 

1083— Durai (F. Frowcisco). —EXPOSSICION (««) |1 DE LA REGLA DE N. P. ,' S. 
AYGVSTIN li PRATICA DE RELIGIOSOS || Prelados y Súbditos. AVTOR || 



/S-o 



^/^cJ 



294 CATÁLOGO DA LIVRARIA 

EL ri.''° P Al. [>. F. FHANCISCO | DVBAL ABRAD DE HETVEIiTA |i Gene- 
ral reformador ilel Onlon .. || ... || AI, S. 0. AI.ONSO nKÍ.OS HinS||y 
Angulo dei Consejo de sii Mag.<i |1 . . . 

Estes dizeres aclmiu-se uo centro de elefante poiíiid.! ixlegorica (Pctnn a Villafranca 
sculptor Regias sculpsit Matrít), contendo no alto nni escudo d'armas, e nos lados 
as imagens de S. Avgvstine e dcS. Norberto. .\ meio da base este registo: 

— ÊJV VALLADuLfn, \\ eii l<i luitpreiUa de Barlolome \\ Pcrlolci^ Im- 

jirrssor de la Vninei-fidad. \\ alio M JiC. I.XIlJ.— ln-M. de, afora a portada, 
.\11 pags. (prels.) iiiums., 498 inims. o mais XLiniims. de TALiLA, finais. K. 
As XII pags. prels. inians. compreendem : Dedicatória: «.XL SENOR DON .^LONSO" 
DE LOS RIOS Y A.NGVLO...»; -Aprobacions> e .Licenci.as«; «Suma dei Priuile- 
legio»; -Tassai; <Erratasi; e Proemio «AL LECTOR.» 
A impressão do texto da Regra propriamente dito, c da T.ibla, é a dnas colns. por pa- 
gina. -Estimada. Bom exemplar. RARA. 

1084— Dubraz (J.) — Recordações dos últimos quarenta annos. Eslioço.s hiinio- 
/ ., ._^ j^ rislicos, descripções, narrativas históricas e memorias contemporâneas. 

/ f^ -^ por... Lisboa: Imp. de Joaijtii)ii Germano de Soiii<a Neves... ]8fjf<. In-S." de 

^. 11-357 pags. E 

Duche.— Veja-se : Lufos/e el Duche — (Eiivres choisies... 
^ ^ 108õ-Ducis (./. K)-ffiuvies de... A Paris, Cliez Nepveu... MDCCCXVUI. 

3w O ^ In-12.°, 6 vols. E. 

«Ornées du portrait de Tautcur, daprès M. Oérard, et de gravares, d'apres MjM. Giro- 
det et Desenne." 

,, ll)8t)— Dufally (J.)— Algèbre, par... Deuxieine ódition. Paris: Delograve. . . 

<j^ S "^' W76\ {Ahhe-(iÀe.— lm\r. Bric, C. Piiillart el fíclatix). In-8.° de lV-210 

pags. E. 

Encadernada juntamente a seguinte obia: <Ètéincnts de géométrief coniprenant la Géométrie 
puré et appliquée. Rediges... Par A. Eudes... Paris : Dalinont, 1856.' ln-8.o de 115 
pags. e três Plancltcs. 

/j, 1087 — Dufresny— CEuvres clioisies de. . . A Paris, Ches Firmin Didot Fréres., . 

f<fH O O ^g.yi_ ln-12.°, 2 tomos de IV-243I e 201-1 pags., pm um vol. E. 

^ , 11)88— Dugat (Gwstoíe)— Grammaire française à Tusage des árabes de TAlgó- 

?^ ■-' rie, de Tunis, du Maroc, de TÈgypte et de la Syiie; par... Paris. Iinpr. 

Imperiale. M DCCC JAV. In-8 <> E.' 

108(t— Dulac (.-Ijiíowio Moximiono) — S\\s.o para se juntar á ol^ra intitul.ida Voza 
yj/ /e) Q^ doa leces porlvçiví^es, escrita até julho de 1820. E daia ao prelo em oiitii- 

/ l)ro do mesmo anno. Lisbca : Na Imp. Regia. Aimo 18'?0'. In-l." de XV 

pags. E. 

Kncadeinada juntamente, esta outra obra: 'Vozes dos porlugiiezes ou fiel echo das su.as 
novas acclaniaçõcs .á ieligi,ão, a eirei, e ás cortes destes reinos.. . Lisboa : Na Imp. 
Regia. .Armo 7S20». ln-4.o de lV-308 pagS. 

1090 Genuina exposição do tremendo maiàsmo politico em que calii<i 

/j9/r) ^ Porluijal, com desenganada indicaç.no dos iinicos remédios apropriailos :'i 

^/í '^ si-a cura radical... por... Ushoa: Xn Imp. .\a<i'mal. Í6'3J. In-4.", '2 vols. 

do Vin-210-IV e ^206 VI pags. B. 

o primeiro vol. é aiiornado com uma curiosa lítogiafia de assunto aiegoiico. 

y. y — ^ 1091 — Du Marsais- Príncipes de Grammaire, ou fragmens siir les causes di' 
ít O ^ la parole. Par .. .4 Paris. Chez f i . Dnfarl... ITfif). Inl^.", 2 tnmns d.- 11- 

291 e 1V-2.'Í0 pags., em um vol. E. 



AZEVEDO -SAMODÃ ES 295 



7^^~0 



/^~o 



IO'.*â— Dumas (.-l/c.cflHdre)— Iniprcssions de voyago. l>o Paris a Cadix, par .. ^«^ í~ O 
Pari<: Ancicnnc Maison Dcllcye. . . Gaihir Frh-cf. !■'(} Uw» . . . J8I7. (Imp. *-^ 
Dotidey-Ltijirr.. .]. ín-8.°, ."1 \til.s. K. 
Primeira ctiii;ã(i. Buiu extuipl.ii . 

H)'J3 Une filie dii Rógent, ii:ir... /'mi<: Mn-hcl l.énj Frrrcf... ISJS. lu- 

8.° do lV-360 |iags. íí. 

1094— Dumesnil (.l/rx/s)— iliriirs |iolitiqiR's aii \l\'' sièclo. Par... Pnris: ^ <' t^ 

Achille /Wsíiujcs. . . li-'::iK lii-S.o, .j tniiios de I V-VI-33G e VIII 310 pags,, .-in 

iiiii vol. K. 
lODo— Dumont (/•-'(.; — Tai-liivi d:is asseiiibloas legislativas ; obra exirahida dos j x_ 

maniiseriptos de í\Ir. Jeremias Renlhani poriMr... Traduzida do Francez W^ ^ CJ 

por í;** E acoiii[)anliada de Imni projecto de rtgulamenlo para os assem- 

bleas legislativas, pelo tradiiclor. Lisboa. Em a Nvva Impr. da Viuva Neves 

e Fitlwí. Aiiiio de Í8?J. In-S." de X\I Ml-l pags. E. 
lOíJi) Tact;que iles assemblóes poliliipies délil érantes. Extraits des ina- ^^ /^ O c5 

nuscrits do Jórímie BenlliatM, jiar... IUkxcUcs, Soe. Behje de Lilrairie. .. 

18-JV. In-12.° de IV-319 pags, R. 
1097— Dupanloup {M.S'-) — \)e. réduealion, par... Paris: Dotmiol... iS6l. )^ S — íO 

{Impr. 11". Uemquel, tíoiipn el C"). ln-8." pc(|., 3 vols. de X\VIII-405, IV- 

607 e IV-(539 pags. E. 

Se.\ta edição; ailoinaila tom u idr. dt Dii|niiloup (JiUicItc de Boiírge - Ach. Maitinet 
sciitp.) 

1098 Le mariage i-liri'lieii, par... Paris: lloiihi il—Julcs Geroois, . . 18S2. 

{/mp. Victor doiijij et JíWrdn»}. In-8." prq. de 400 pags. E. 

Sexta edição. Todas as jiaj^s. embelezadas tom linda e arlistita moldura aberta primorosa- 
mente enr niadciía. x ^ 

1099— Durand (Abbc /!.)— Móis de Mário des Madones de Pio IX, par... Orne 7^ ^ ^ 

de trente-deux gravures réprésenlaiit los Madones que Pie a recommandé 
d'invociiier. Paris: Palme, 1870. In-8.»de IV-352 pags. E. 

Eircadcniada juiilaiiiente, a seguinte obra : Móis de Maríc d'a|)rès les grands prédicalenr? 
eontemporains ; suivi d'une série de testes de FÉcriture et des Peres sur tlr.aque Fèle 
de la saiute Viergc... Paris... 1881. t Iu-8.0 de IV-Ill-314 pags. 

1100-Durdent (./. /(.)— Beautcs de riiibloire dii Poitugal, Ou abrégé de ce 
pays, depuis iaiiliquité jus(ju'á nos jouis... Par... Paris, Eynnrij,,. 
iSÍO. In-8.« pcí]. de .570 pags. E. 

(')u\iage orucc de six belles giavures. / // 

1101— Dussert (yl.)— Méthode llobertson. Cours pratiiiue, analytiqiie, Ihõoii- /ri^'^ 

que et syntliétique de langue grccqiie, par... Paris. Derache... 183.0. Iri- 
8.» de 180-4 pags. E. 

Entadeinada juntairrcnte, a seguinte obia: «Oraminaire élénientaiie du grec niodenie, divisée 
en deux paities... Par Mithel Scliiiias... .4 Paris : Hachettc, 1S29.'>. In-8.0 de IV- 
XV- 102 pags. 

H02-Echard (iaiiic/íct).— Tlic lionian hislory, froiii the Dulding of the City, ^ 

lo llie Perfect Seltlenienl of lhe Empire by Auguslus Caesar, Conlaining f^ O Ô 

the Space of 7á7 Tears... By... London, Prinled for Bonwick . . . MDCC- 
XIIT. In-8.°, 5 vols. E. 

Obra estimada. Os frontispicios são impressos a preto c a vermeltio. Bom exemplai ; tom 
ene. inglesa, contemporânea. 



/S}^J~^ 



296 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



3A 



1103-Egueren (/). ]o»é Morta ííe).-Memoriú descriptiva de los Códices nola- 
Wes conservados en los archivos eclesiaslicos de Espann, escrita por 
c a ■ Ohra premiada por la Bil:)liotoc.i Na.-ional . . Madnd, Impr. y Ester, de M. 

Biiadeneira... i8r,9. In-Í.» gr. de IV XCIX-IOO III pags. E. 

Kstudo interessante e apieci.uio. 

Elpino Duriense-Vejasn: Itihnro do^ Sanlos (.hilouio) e Jhrntius Ftarus 
{Qviíilus). 

Elpino Nonacriense-Veja-se: Crvz f Silva {Anloiiio Diniz da). 
Emmanuel ou Emanuel— Veja-se: Manvcl [D.—, Rei de Portugal), 
1104-Emmerichi (Antm Culharina).—A dolorosa paixi5o do nosso senhor Jesn 
% ^O Christo, segundo as meditações de .. Traduzida... para porluguez Por 

A. .1. da S. de A. Garrett. 2." edição. Por(o : Typ. Commercial, Iti-Hi. In-8 » 
de LXII-265I pigs. E. 

Empoli (^0(10 de).— Viagem ás índias Orientaes. . .— Veja se : CoHp.riio ác 
noticias.., 

lIOõ— Encarnação (D. João rfa).-Grammalica lingua; sanctae a muUis seripto- 

JJ (^ Q r'bi"s excerpla, sed in volumen unimi redacla por D. Joannem ab Incar- 

'^ ^ natione, Canonicum Reg. Cong. Sanctae Cruéis. . . (Escudo d'armas reais 

portuguesas). Conimbncce : Typis Aradewia' M.DCC.LXAXIX. In-4 » de 

VII-IV-549 pags. E. 

Muito estimada. RARA. Belo exemplar. 

Encarnação {Fr. Mamul dn).- Serni;.iu qvo prégov... no Avto da Fee... 

de Goa... 1617.— Vejase: Avtos de Fé {Sermões de). 

llOti— Encarnação (D. Tlwmo- rfa).- Historia Ecclesiaj Lusitana Per singula 

% tí-Â O o ^:fi'^"l« íib Euangelio promulgalo: Auctore D. Thoma ab Incarnatione Ca- 

3* 7 ^ nonice Regulari Laleranensis Congregationis Reformata S. Crucis... To- 

">nus I. (Vinheta primorosamente aberta a buril em chapa de cobre {Janr. 

Ant.o .te.r of.j, tendo no centro as armas pontifícias e as de Portugal). CoUm- 

hrice: MDCCIJXLXlll. Ex Prvele Academiw Poniificiw. Svperiorum permi.s- 

su. In-4.°, 4 vols. de XXIV-35H, XX-SO», XXIV-374 e IV-XXXVII-III475 

pags. E. 

Obra importante e de bastante valor histórico; magnifica e mui nitidamente impressa 
O texto da primeira pag. dos tomos l.o e 2.o é encimado por um cabeção alegórico gr»- 
vado a buni em chapa de cobre pelo mesmo gravador da vinheta que embeleza os 
frontispícios dos dois mesmos tomos.- RARA. Belo exemplar 

1107-Encyclopédie Universello (Lettres, Sciences, Arts). Dictionnaire des 
Diclionnaires, Sous la direction de Paul Liuérin. Paris: Librairies-lmjnime- 
ries Réunies—May et Motkroz, Dire<-teurs (s. d. —1802-94) In-4 o max 7 
vols. E. / • •, 

Obra, no geiíero, importante e verdadeiramente notável; impressa a Ires colns. por pa- 
gina e Ilustrada com numerosas gravuras, muitas das quais coloridas. - Excelente 
exemplar. 

Engolmann [Dr. W. 7/.).— Vejase : DOZY & ENGELMANX. 

Enriquez de Flores (Difí/o). — Crónica dei líey D. Enrique. . .—Veja-se : 
Crciiicas. , , 

1 108-Enriqnez de Zuniga (Juan). -CONSKIOS \\ POLÍTICOS, Y 1| MORALES 11 
r.jC> A DON RODRIGO DIAZ !| de Viuar, y Mendoça, de Ia Vega, y Luna, Mar- 

ques dei Zenete, Duque dei || Infantado, &c. \] COMPVESTO POR DON || 



ê^4o 



o 



ã^^ie 



AZEVEDO - SAMODAES 



297 



liian Enriquez de Zuniga, naluríil fie Ia Ciudade de Guadelaxara :. . . 

'1 II CON PRIVILEGIO. || huprefw em Cuevca. oi aita de Mian de la 

/r/ksia ! Ao de M. DC. XXXIlíf. In i.° do VI 11. (prcls.) innrns. e 107 nums. 
na frenle, alem de uma em branco, final. K. 

As VI ff. prels. compreendem: tilulo; -APROVACION DEL DOCTOR . Doa luaii Pl- 
nero y Ossário. . .^ ; «LICENCIA..; 'P.XRECER DE DON THOMAS Tamayo de 
Vargas...^; 'Suma dcl Priuikgio.-; Erratas. ; TASSA- ; e Dedicatória: AL E.X- 
CELEMTISSliMO ;] Seiior Doa Rodrigo Diaz de Viuar. ..- 

Tr.itado curioso e estimado. Edição primitiv.». ExenipLir perfeito, salvo leve mancha de 
agua na parte inferior das ff. r Muito rara. 

1109-Enriquez Villegas {Don D/íjo). — LEER .SIN LIBlíO. DIHECCIONES 
ACERTADAS PARA EL GOVIERNO Elliico, Económico, y Politico : Dirigido 
Ali Sereníssimo Príncipe don peduo el felice, Regente de Portugal, y 
Algarbes, y De todos sus Doniinios, No Reconocienle Superior en la 
Tierra. Escrevia... En LISBOA. Con lifemia. En la Emprenla de Ajilonio 
Craesbeeck de Mello... .iiino H>72. In-S." peq. de IV IT. (prels.) innrns. e 
228 pags. E. (perg.) 

As IV ff. prels. inserem: titulo; Dedicatória a D. l'cdro; e Licenças. 
Apreciada. Pouco comum. Belo exemplar. 

Illti— Épicos Brasileiros. Nova edirão. JHih. (No verso da folha do rosto: 
Lisboa : jVa Imprensa Nacional). In-S." peq. de 449-1 pags. E. 

Compreende os poemas: O Uraguay. l'or José Basilio da Gama (pags. 2 a 6S) ; O Ca- 
ramurií. Por Fr. José de S. Rita Durão, ipags. 69 a 383). Notas (Noticia de José Ba- 
sílio da Gama. — Noticia de Fr. José de S. Rita Durão, e respectivas .Votas de cada 
Poema) : e ApostilUi acerca desta edição. Vem tudo datado e subscripto : «20 de Ju- 
lho de 1845 : F. A. de Viir/i/tiigeií.- (pags. 383 a 449). .\ derradeira pag. insere: Cor- 
recções essertciaes a fazer. 

1111— Eplcfoto.— Manual de Epictcto filosofo. Traduzido de Grego em lingua- 
gem Portugueza por D. Fr. António de Sousa, bispo de Viseu, e nova- 
mente correcto, e illustrado com Escólios, e Annotações Criticas. . . [lor 
Luiz António de Azevclo... Lisboa: Na Reiji Oljic. Tyy. 1~H.'>,,, In-S." 
jjeq. de X.\-XLV1-184 1 pags. E. 
Epictetus. — Enchridion. ..— Veja-se : Vaínins (Olho). 

Eplcureo Alexandrino.— Veja-se : ALCOURT E PADILLA {Pedro Nor- 
berto de). 

Epistola Emanuel regis Portugallise, ad Leonem .\... de victorijs in 
Africa habitis.— Veja-se: DE HEDVS IIISPANICIS, LVSITANICIS. . . 
Epistola loannis 1 1 1, regis Porlngalliye ^c. de rebus in Oriente feliciter 
gentis.— Veja-se: DE fí EB IS HISPANICIS, LVSlTANICI.'i... 

1112— EPISTOLA II PATRVM LVSITANORVM || SOCIETATIS lESV || AD SÓ- 
CIOS QVI ROM.E ; VERSANTVR. ' DE || Duodecim eiuídem Societatis pio 
Calho- II lica Fide intertectis. Menfe U Sepleiubri lò71. || (Marca-emblema 
da Corap." de .lesus, lendo no centro as iniciaes: / H S; gravada em 
madeira) || Cum licencia Superiorum. || Xeapoli. Apud loíephum Cacchivni. 
II i.'jl2. In-8.° peq. de .\1 IT. iiiums. E. 

o texto da carta, que é encimado pelos dizeres: «AMODUM REUERENDI [, Patris et 
fratres in Chrifto carijsimi. ^^ Grátis ^T" /"'■" Chi/ti, ^c, principia assim : EXl- 
TUM Ignatij Azebe- \, dij, ^ Sociorum nouem ^ triginta iam cognouiftis, vt 
credimus, qui Bra filiam voa \ cum Aloifio Régio. ..t;-e termina: • Ulyfsipone V, 



/o4o. 




/>/ 



õ^ 



J/õo/^^ 



298 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



5oáoo 



<^ 



Idus Dcccinbris '', M D LXXl. I^tdijíti no I' truta omnlitni Chnfto fenil^Fraicifciis 
He iricns Rector Dúiniis" Uly,{sli)!?oic:ifis, (^ Socij.W Imi>rimnt:ir. Petriis Diifi-ia 
K/t". Geri. lo, Frartàfcus Lombardiis.^^ 
Hpistola muito interessante. RARÍSSIMA. 

j, A^^ 1113-EPITOME ! INSTITLTI |' SOCIKTATIS H .lESlI || Teitiú clilíi, auctior, 

ir '^ & emendatior. || (iMan;a-einli!eiiia cln Comp. de .lesus, tendo no centro ns 

inicir.es: í 11 S) || fiOM.K, & FLOKFXTI.F. \\ Apiiã Michacktii XeUciiium. 

NDCCIV. II II SEPEIUOIUM PEIUÍISSU. In-8." de XXIV 73ÍI 

pags. E. 

lUt— Época (A). — .Jornal do iniin.stria, scicncias. littsraluia e liella.s artes. 
Tonu) I e II. Lit-boa: Ka Typ. da Ilerisln l'iiii'crsnl l.if^honen.^e . . , 18 W. In- 
í'ol. perj., 2 tomos em um voliinje. E. 

Todos os nums. trazem no fim: Na Imp. da Época- Travessa do Guarda Mor N." S. 

Revista muito apreciada, colaborada pelos mais importantes e apreciados escritores con- 
temporâneos, entre os quais Rebello da Silva, que aqui publicou originalmente o 
seu romance histórico: Ódio velho não ca^fa, — Colecç.ão rara. 

1115 — Erasmus Roterodami (De^i lerins). — Ijolloqvia Faniiiiaria. Cnm oníniiiin 
/ OJÍ /^ r2> Notis. (Pcq. esfera aiiiiilai). .liiislcrodaini. Apiiã Ouiljel. I. Cirsium. A" cÍj 

°^ " hceiii: In-ie" de VIlI-5t)l pags. E. {pcnj.). 

Linda edií;ão: jKjriada L^ravada a buril. 

•1 HG D. ERASMI ;; líOTEUODAMI IN 1| LAVRENTll VALL.E ELE- || gan- 

tiaruni libros Epitome, inullò II (iiiàin anleà oasligatior. |1 Eiiisdem Copiai 
ãliquot seleclioros forniola', ad |i nsiiiii pneronnii adcommodalae. II íarrago 
item sordilornm iiorlioniin, por Corho || liiini ("rociiin denuó multis in lo- 
cis aucta. || (Marca do iinprcsor, gravada em madeira) |i Co/omVt' Marliiitis 
Gymnk-iis excii- \\ dehul, .limo .V.D.XfJI. In-8.° peq. de 350 pags. E, 
Boa edição, impressa com caracteres itálicos. Muito rara. 

1117 -. — I/'ÊIoge de Ia folie; Iradnclion noiívello dii lalin d'Érasme, Par 

M. Bapretl... A Paris, Ckcx Defcr do Maisioniicuve. , . ITSO. In-í2.o gr. 
de XII-248 pags. E. 

Edição ilustrada com 12 grav.inis a buril. -Estimada c pouco vnlgai'. Belo exemplar. 

^ H18-Ercilla y Zuniga (D. Atonso de).— PniMERA, í SEGVNDA, Y || TERCEIiA 

t.--/ /C / „ FATE II de Ia Araucana de I). Alonso de Erci- || lia y Zuniga, Cauallero de 

-^ W r^ la Orden de || Santiago. ., |1 DIRIGIDAS AL REY || nuestro Senhor. |1 Aw 

(Escudo d'armas reais de Espanlia, tendo no centro o das de Portugal) 
7'//y. |i Kn Madrid, En casa de Ivan de la Ciiesla. \\ A costa de Mijuel Marti- 
nez. In-8.° peq. de XII li. (prels.) innms. e 4"i7 nums. na frente, afiira 
XIII iniinis. e uma em liranco, finais. 

As X ff. prels. compreendem: frontispício; 'LICENCIA^. ; <r/lSS/l.»; '■ELOGIO DEL 
LICEN-\\ ciado Christoual de Mosquera de Figucroa,. . . a dou Alonso de Erci- \\ lia 
y Zuniga.'; .PROLOGO»; e Dedicatória: «AL REY nuestro Senor.» 
Cada uma das três partes tem o seu írontispicio próprio. 

Poema em X.XVIl Cantos c eni oitava rima. Muito apreciado. Edição bastante rara. 
Exemplar falho de uma ou duas das ff. prels. 
1119— Erpenio {Thumas). — liudimenla língua^ arábica-, Aucloie. .. Florilogium 
sententianmi arabicarum et Glavini dialectoium ac pra?sertim arábica 
adjecit Alb. Schnltens. Edilio altera, aucta indicibtis. (Vinheta ou marca 
/n tio impressor, aberta a buril) || Lugduni Balavorum : Apiid S. et ,/. Luchtnumt 

cl .loimnem Le Moir Typpgraphon. ITiO. In-4.'' do VI-U74-GLXXI1 pags. E. 
Impressão executada com caracteres ar.ibicos e romanos. Obra. estimada e RARA. 




AZEVEDO -SAMODÃES 209 



1120— Eschyle. — Tiiéalrc ci'EsLliyIe. 'liaLlucUun iioiivelle pai' Alexis Pienori... 

Cinqiiiènie édition, lievuc, corrigée el aiigiiieiilée d'iin Coramentaire. 

Paris: Charpenlier... ISõS. {Cí.rhnl. hjp. et sler. rie Crêlé). In-8.° de MX- 

356-1 pag?. E. 
1121— Esoobar (/.k/s (U).~\.Ki\ OllATHO || CIKNTAS líESPVKSTAS. . , ES- 

yKItS, s. (/. (enlre 1.-,i:j c YJôO). 

[Do frontispico daiiioi a e.rufta fe]»'odiin'io folo-ziíicogiófica que seijiie): 



LASQVATRO 

cientaíkespveítasaotras 

tara? prcguntas q cl pUuftnffimo fí- 

nordon Facitiquc Ennkjuíj Almiraiií. 

tcdcCaftilla j) onasperfotjas cii diue; 

Í3J vejes embiaroii a preguptar ai aac 

tor/i.juc no quifotcr nombrjJo/ ma^ 

de quanto crjfrapk nienor/con qui- 

nicDtoS ptouerbios da <o nlVics y aui- 

fos, pornianera de Icuaia.Oirigido -<- 

losillurtriíTimos fcnoresdon Lu^s, Eii- 

rriquc} , Alniiiaiue de CafnlUp don« 

/iná deCábrcra.duquefá de Midi 

nafumuger,condas de 

Modica^ic. 




EN ENVERS 

En cafade Marria Nucio, 

Con priuilegio 
I11-I2." de XXXIV IT. {prels ) iiuiiiieiadas e 298 numeradas pela frente. E. 

As XXXIV If. prels. couipreendem ; titulo (frente cia II. I); Dedic.itori;t : «A LOS ILLVS- 
1'RISS1M0S ]] Ãenores (lon Luys enrriquez Almiraii- || te cie Castilla y dofia Ana cie 
("a;ibrera duquesa de Medina... Fran ' cisco de alfaro su muy || humilde seruitor.' 
(verso da mesma II. I e frente da 11); •AROVMENTO ENEL |i presente libro.» (ver- 
so da mesma fl. II e frente da III); >PROTESTACIO.'^. (verso da mesma II. 111); 
c: .SIQVESE LA TABLAUdel presente libro por el A.B.C.> (ff. IV a XXXIV). 

í-íbra interessantissinia e muitíssimo estimada. Edição excelentemente impressa, muito 
rara e apreciada. Parece, porém, que ela não saiu completa, pois que nenhum 
dos exemplares conhecidos, incluindo este nosso, compreende mais que CCXVIll 
das Quatrocientas preguntas e outras tantas respuestas prometidas no titulo! -Salva, 
11. o 20Ó4. 



/A^^~~o 



300 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



jyí" 



B/õi 



OO 



llSa-Escobar (Gerardo rfc).— Doze novelas, I Parte (unicaV Ao llusíliifíimo 
/O Senhor, o Senhor Al\aro loseph Rotelho de Távora, Primogénito dos Se- 

nhores Condes de S. íiiguel. (Logar de peq. vinheta tip. de ornamento). 
—Lisboa: Na O/pcina de Toam da Costa. M.DC.LXXIV. Com todas as licen- 
ças necefíaiias. In^." de VIII i(i7-I pags. E. 
Estimada. Muito rara. 

Escobar {P. ./nsf/í/i (ic).—\eyA>:f. Cnnlia {D. /íi)A/;yo (iii), — Historia Eccle- 
siastica. . . 

Espera ein Deos {Jvão de) — AVjn-se : Ferreira de ^'cuconceHos (./ocjc)— Co- 
media Evfrosina., . 

112:^— Esperança [Fr, Manoel da) — llistoiia Serafioa da Ordem dos [•'rade.'; 
Menores de S. Francisco na Província de Portvgal. Primeira parte, r|vc 
<onteni sev principio & augmento no estado primeiro de Custodia. {Escudo 
d'arn,as de Portugal, sendo a respectiva cor('ia encimacli pelas iniciais: I H S. K' 
ijravnda a bnril por João ISapliila) Por Frei Manoel da Ksperança, natural da 
cidate do Porto, fillio du mesma Província, Leitor jubilado na Santa Theo- 
logia, & Examinador das três Ordens Militares. Em Lisboa. Com todas as 
licenças necessari'jí. Na ofjkina Craeshccckiana. Anuo 10.'i6. In-fol. de VIII li. 
(prels.) íniitns. c (i8'i [lags. 

Segunda parte. [Mesmo escudo que no anterior). (Jve conta os sevs 

progressos no Estado de Ires Citslodius, principio de Província, & Refor- 
ma Obseruante. 71», Na 0\]'ic. de Antohio Craesbeeck de Mello, Impressor de 
S9i Alteza, Anno ItiGti. In-fol. de VIII IV. (prels.) inums. e 752 pags. 

■ Tomo m.— líefere o.-^ progressos em tempo de siiicoenta & dons 

annos, do de 1448 até o de 1500. Conta as missoens que fizeram os Reli- 
giosos delia a varias partes do Mundo, & em particular á Índia Oriental, 
aonde arvorarão o Eslamlarte da Fe, liaptizitrão muylas Coroas, como zelo 
da virlude, aíTecto da Pátria, desjjesa do sangue, it sacrifício das vidas. 
Composta por Fr. Fernando da Soledade, Chronista, & Padre da mes- 
ina Província, e por elle consagrada a Santa Rosa de Viterbo. Vay no fim 
hum Discurso apologético em defensão do Quinto Livro desta Terceyra 
Parte. [Vinheta oriíamenfal) Ibi, Na Ojjk. de Manoel Joseph Lopes Ferreyra. 
M.D.CC.V. In-fol. de XII IT. (prels). inums. e 690-1 pags. 

■ Tomo IV. — Refere os seus progressos em tempo de sessenta & 

oyto annos: do de mil & quinhentos & hum até ó de mil & quinhentos & 
sessenta & oyto... Composta [pelo wcsmo atãor) o por elle consagrada a 
Santo António de Lisboa. [Mnheta ornamental) Ibi, Na Offic. de Manoel, & 
Joseph Lopes Ferreyra. M.VCC.IX. In foi. de VI IT. (prels.) inums. e 826-1 
pags. 

Tomo V. — Uefere os seus progressos em tempo do cento & qua- 
renta & seis annos, do de 156U até o de 1715 aos quaes ajuntou as memo- 
rias dos três seguintes [pelo mesmo autor) que o dedica á sempre Augus- 
ta... Maria Santíssima... [Vinheta ornamental) Ili, Na Offic. de António Pe- 
drozo Galram... Anno M.DCC.XXI. In-fol. de XIII IT. inums. e I2()3 pags. 
— Lote de .0 vol. E. 

Chionica monástica muito estimada e rara, sobretudo o vol. l.o que é bastante 
raro. 



AZEVEDO - SAMODAES 



301 



Hii cfiirjí ftf lífliiiinfos... (C iTniitn&o llniiiním j| ). âciitlln... lõífC. 
(iJo frunlispirío dariius a e.racía reprodutyo foío-sinnotiriifica ifue sefjtie) 




^oc4 



o C> 



CCractado llamad 

efpc/o &c H^elígíoros: nucuameri 

tcímpzeflb ííradu3ido&e 

2lcn0U9catalanam 

nueítrolcnguaie 

iCdílclIano» 



(Taniimko exudo ao do oiiyinal) 

Iii-8 " pequeno de 74 folhas iniinieradas, incluindo o frontispicio. E. 
Na /rente da primeira H. o frontispicio acima reproduzido em «fac-simile» 

umas palavras preambulares: "?lí;0(ir IJ gloriU bc || Irt Iniltifrimn tVilltSnb IJ 

liuiiiniti- li iin6 br mirftio §íniir 3rfu rliririn... ('"aiiiirinn uii liríiic tra- 
tnStf ri iiiinl li (C-fprjo òún niin rrligiitsn fr iiitttiiln : itfiiipu i| rslci por 
lui fimplr ij pniiiriirt fniiilc 6rlii ovíir Iirl gUniofn Initt íjirrijiiijmo : 
lriiíiii?iin) &f Iriioun intnlnnn rii ('"nrtrllniin : (C-url iiunl ' por rfliUi liiun 
rii mnitrro llmm br brjir roíi- ll liciir muij profiiiibns frnlrutins : i. nniii 

pro II UtrijOfn nlOS JílonjCS. Na frente e parte do verso da H. II, oVrolagO-, 

e da restante parte do verso da mesma II. até parte da frente (o verso está em 
branco) da ultima folha do volume o texto do Tractado, o qual, dividido em quatro 
Partes, remata com o seguinte colofán : 



no verfeo 



302 



CATALOGO DA I.IVKAKIA 



^S-^ff^oo 



kalcmdad De Seuílla poz í©onii 

Eííco ociRoberris ^mpicíoi 

3 vcf nte x>t 5'wíc ^niil 

yníatfcfs 

U volume compreende nove cadernos de impressão : os oito primeiros, de oilo ff. r.idA 
iim, acham-se rubricados, respectivamente: rt ij (á primeira folha deste primeiro ca- 
derno pertencia a rubrica H j, porem não a apresenta), rt Hf, n iíij a 'l, 'l iii 
li ii}, Ij iitj; e o ultimo, de dez ff. : i, i ij, t iij, i iití, i », i UJ, í Uij. 
Livrinho interessante, apreciável e RARÍSSIMO. Bela e nitida impressão com caracteres 
GÓTICOS, esmaltada com diversas letrinhas iniciais de desenhos de fantasia e gra- 
vadas em madeira. Bom exemplar. 
(r-)V>'l'lC íif pfvfftfrtm filt liltjillrtUflll poiilliilirs.— Vej.ise: Burros {Fr. Brus 
de). ' ' . 

ll2."i-ESCVDO !| DE ESTADO || Y i; UB IVSTICIA || CONTRA \\ EL (lelitcni" 
manifiefiaiiRMilo dofciiliici- |] lo <ie la Moiiorchiu UniveilMl, || Deli:ixo tlcl 
vario pretexto do las prelensiones de... la lieyiia de Fraiiuia. || (Viiiliida 
ornamenlal, aberta em m.ideiro) || E,\ BRUSSELAS, \\ Por l-it.i.ycisru 
h'oi'l'KNS. Impreffor, ;; Mercoder dc\, lAbrof, u la iiil\,ni\ dcl EíiÁiilu /'viitu. 
II M. IiC. LXVI. In-4 •> de X fT. (prcis.) inums. e 2l(i pogs. nimis. E. 

As X ff. prels. inserem: titulo; Prologo de «EL TRADVCTOR |; AL LECTOR^ ; -EL 

IMPRESSOR..; .ERR.\TA..; novo titulo: índice; e -PREEACIO.. 
Livro interessante e curioso. Belo exemplar. MUITO RARO. 

ll'jii— Espinaly e Garcia (D. Berncrdo).— M\ím{e esparlol, n descii|iuioM griíc- 

ral Lifogr;-.íica, Cronológica, è lli^toiira de Kspana, por Heyiio.s, y 1'roviii- 

r/) ,~/l /O /~\ cias." De sus ciudades, villas, y Lugares mas famosos: de sti I'oblucioii, 

r^y^, "^ llios, Montes, &c. Adornado de estampos fltias, que deniiicslran las Vis- 

t;is perspectivas do todas las Ciudades: Traces próprios de (pie usa cad.i, 
lieyno; y Blasones que les sou peculiarts. Sacado a luz por... Con Li- 
rnitii. Eu Madrii, en la Imprrnla de Palohbii .Aznar {e íJdras). .lini de 
171SS7. In-S.o peq., 13 vols. E.- 

Obra interessante e curiosa. .As numerosas gravuras de que está adornada são gra\'ada3 
a buril cm chapas de metal e iuiprcss.as em separado, em ft. de formato sujjerior ao 
dos vols. (desdobráveis). Rara. Bom exemplar. 

1127- Espinel Adorno (Jacinto dB).-KL PREMIO i| DF, LA CONSTAN- || CIA, ^ 
PASToniiS DL II SIERHA REP.MEIA. || A CON DIEGO DL ANAVA || y Mtn- 
doz;i, hijo dei Icfior B.irlolõnie de Afiaya j| Villaiiueu.T, de Cotif^jo de !ii 
Maiíel- II lad, y fu Secretario enel Heal || de Guerra. || Pdli lAt-INTO DL || 
r\ I \ r\ Ò Krpiíiel Adorno. j| .liiu (Logar de peq. virdielu ornamental) Uni). || í.O.V 

OtA^ viu ni.EGlo I! II E.\ M.AOHW. Por la liuda de \] .ilon/o Murlin. \\ A 

iii/íii de L>oniiii{in Goiírcilcz mercoder \\ de libras. In-8." peip ile VI 11'. (prels.) 
iniiius. e 1.S4 nums. na frenle. L. 

As VI ff. prels. inserem: titulo; ^SVAtA DEL PRIVILF.OIO. : SVMA DE LA 7V1S- 
SA.y; 'ERRATAS.-; .APR0VAC10.\.> (duas); Dedicatória: A DOM DIEOO í>\ 
ANAYA Y II Mendoça.. •> ; Poesias em louvor do autor e da" obra, de Diego Vele/. 
de Gueuara, de Don Diego Varaona Aranda, Regidor perpetuo de la ciudad de 



AZEVEDO -SAMODÃ ES 303 



^/^^o 



Ronda; dei Licenciado Don luani Senano Ijroclicro, c dei Licenciado I'edio Diaz 
Huitado; c Prologo: «AL LECTOR.i. 
Novela muito interessante e estimada, c daqual Salva não possuia nenhum exemplar. - 
Primeira edição. Bastante rara. 

1128 — Espínola {Fr. Fadriqiw). — Escola lJt;ciii'inl de varias liçoens, dedicada á /x,-.^ x=n 

Virgem N. S. do Desterro... Pelo D... LUhoa. Na Uljir. de Manoel Lopca /upl ^ ^ 

Ferreiji-a, ((: à sua cHstn, M.DC.XG. \'I-DCC.XXI. Com todas ax liceii(;as ve- 
ressarias. In-8 " peq., doze parles oii tomos em G vols. ií. 
Apreciada. lielo e.vempiar. RARA. 

1129- Espinosa de los Monteros (P.i6/o).-l'lilMr:ii;A PAliTK, DE LA ;! HIS- 
TORIA, II ANTIGVEDADKS [| V CRANDKZAS/DE LA MVY NOBLE || y miiy 
leal Ciiidad d(í Revilla. II CDJIPVESTA I'()R EL LIOENCdADO 1 don Pablo 
de Efpinosa do los Monleros Prefiiyloro, liijo |I da Ia miíma Ciudad. || Al 
Santo Rey don Fernando, iílorinliilMno oonqnirtador || de el Andaluzia || 
^TíO (Logar de grande escudo d armas de Sevilha, gravado em madeira) 
lOST.W^^Fii Sc?í/irt. En la Ofíicinn de Matias Clatijo || Con Piinlegin. 
In foi. peq. de VIII IV. direis.) inums. i- ICO niims. na frente, repelindose 
no fim do verso desta ultima o colofón da impressão. 

As VIII ff. ]irels. compreendem : titulo (adornado de moldura formada por um filete); Vis- 
tos e Licenças para a impressão; Privilegio de «EL REY.»; <TASS.\.» ; •ERRA- 
TAS DE LA PRIÀIERA PARTE. ..> ; Dedicatória: 'A LA SACRA MAGESTAD 
DEL SANTO WRiy Do.i Frr.mido. ; -PROLOGO.-; c .TABLA DE LOS LIBROS 
CM i-sti historia» contcnidos." 

SEGVNDA PARTE !l DE LA HISTORIA || Y GRANDEZAS DE LA || 

UliAN GIVDAD DE || SEYII LA. || {Ano (Mesmo escudo que vem no fronlis- 
picio da parle primeira) 16S0. \\ AL EXCEL""» SENOR DON GASPAR DE |; 
Ciizinan. Conde; de Olivares... || fW POR EL LICENCIADO DON PARLO 
DE ESPINOSA II de los Monteros, Presbytero. |1 CON miVlLKGlO. | S^ 
KN tíEVILLA KS LA OFFICIXA DE /IM.Y DE\\ Ciibrera, luiito ai Currru 
Maijor. In-fol. ile IV fV. (prels.) iminis. e 138 nums. — Js diin.'! partes em vm. 
rol. K. 

.\3 IV folhas prels. desta segunda parte, inserem : titulo (também dentro de moldura 

formada por um filete) ; Dedicatória, com a epigrafe : «DON GASPAR DE OVZ- 

MAN : mi lenor.5 ; "SV.MA DEL PREVILEQIO.. ; e «TABLA DE .1 LOS LIBROS 

EN [ESTA HISTORIA II CONTENIDOS.. 

A impressão das Tablas e do texto da obra propriamente dito é a duas colns. por 

pagina. 
Livro de grande merecimento liiitiricQ para a historia de Sevilla, e nuiito estimado. 
Edição primitiva. MUITO RARA. Belo exemplar. 
Il:jn Espirito Santo {Fr. Domingon de\-RREVE |! RELá(;.AM || DAS CIIRIS- 11 

TANDADES QYE OS i; RELIGIOSOS DE X. PADUE || SANCTO AGOSTINHO ^ Ar 

TEM II á sua conta nas partes do Oriente, & do truyto que nellc se faz, ti- yÒ ^^m ó C> 

rada pi-inci[);d- i| mento dns cartas que nestes atinos de || lá se os ;revem ; ^—^ 
L\n (]Utí se 11 contem cousas muy |I notaucis. || (Peq. vinheta ornamental) || 
Com toãix as licenças necessárias \\ Em IJ<bo(i. Por Anionio Atuarcz. IfJiH). 
In-8.» peq. de 84 ff. niims. na frente. E. 

Na frente (o verso está em branco^ da primeira folha o titulo ; na II. 2 c frente da 3 uma 
Dedicatória: «AO ILLUSTR. -''O 11 E REVERENDISShMO'1 Senhor Dom Affonso Fvr- 
tado : de Mendonça, .\rcebispo |1 de Lisboa, Oouer- 1| nador do Reyuo. (datada no 
lim: 'Lis- 1 boa em nossa Senhora da graça laneiroUlô. de lb30.a); no verso da 
mesma ti. 3, na 4 e na frente da 5 o «PROLOGO ; do verso da mesma II. 5 ate parte do 
verso da 45 uma .RELAÇAIW || POR ORDEM i; DAS PARTES EM QVE ,; RESIDI- 
MOS. 5 ; da restante parte do verso da mesma II 45 até ao verso da 56, noticia ':D\ 



304 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



^^ 



GLORIOSA II MORTE, QVE A SERE- ' nissima Raynlia Oatiuaiida Dedopoli |; pa- 
deceo em Xiras MetropoM da Pei-l|sia por mandado de Xã Abbãs Rey || delia no 
anno de seis centos, & vinte || & quatro, a vinte, & dousjide Setembro.-; e da H. 57 
em diante ; «COPIA H DA CARTA H do P. Frey Ambrósio || dos Anjos, escrita H do 
Oorgistam em vinte, e noue || de Juulio de seifcentos, e vinte e oito.» 
Na frente da fl. 84, como que em remate do texto, este registo tipográfico e declaração : 
«EM LISBOA 11 Por António Aluarez. .\nno 1630. !, Est,á conforme com o originai, 
pello 11 que pode correr. Em Lisboa em Sam 1] Domingos em 21 de Março de 530. 1| 
Fr. Thomas de S. Domingos Magistcr.« 
Relação muitíssimo interessante e apreciável para as colecções de obras relativas aos 
nossos domínios coloniais. Publicada anónima, mas atribuída ao autor cujo nome 
encima esta descrição. -E.xemplar com o frontispício e diversas ff. reimpressas, cm 
melados do século passado, na tipografia particular do Visconde de Azevedo. -RA- 
RÍSSIMA. 
Espirito Santo (Fr. ./on/f rfo). — Sennrio . . No Auto fia Fé... em Évora... 
I6t54.— Veja-se : .l)i(o.s de Fé [Sermíjfs de). 
. 1 131— ESSAIS siir le genie 1 1 le caractere rles nations, Divises en six Livres. 

A^ O C^ A BnneWtn, CliCz Frederico I.eonard. M. I>CCC. XLlll. Iii-8.° peq., 3 tomos 

de XlX-204-186, ll-ítJõ e I1-17I-XXIII pags., em dois vols. E. 
1132— ESSAIS siir rilisloire do la I\évoliition fran^inise, Par une Sociélé 
d'Auteurs latins. Nouvelle Kililion, Prccédée de quelques réflexions sur 
principes de ia Pliilcsopliie moderne... Roíiur, Prope Cíesarris hortos. .. 
1S03. In-S." de XXlV-lil-I pngs. E. 
1133— Estaco (Bnííasof).— Sonetos, Canções, Eciogas, e ovtras rimas. Compos- 
tas por. . . Canonego da Sè de Viseu, natural da Cidade de Euora. . . Em 
Coimbra. ]S'a Oflicina de Diogo Gomez Loureyrn... Anno do Senhor de M. í>. 
/p rj Cllll. [i604). In-4.° de IV IT. iniims. e 2«I) nums. na frente, além de 

mais VI iniiiiis . finais, de IViboada. E. 

As IV tf. prels. inserem: frontispício; Licenças; Dedicatória: «Ao Illvstrissimo E Re- 

"* uerendíssimo senhor Dõ loão de Bragança Bispo de Viseu.»; Prologo «AoLeytor.»; 

e um Soneto de Fernam Corrêa de Lada, outro de loam Daguiar de Oois, e nm 

■ Epigramma. Estas poesias são em homenagem ao autor. 

No fim do verso da ultima folha numerada, este registo : Em Coimbra a 14. de Agosto 

de 2604. 
Livro muitíssimo apreciado. Edição original e única. Exemplar com o frontispício e al- 
gumas ft. da Taboada manuscritas. -RARÍSSIMO. 

1 Pi -Estaco [Gusyar].- VAHlAS || ANTP.VIDADES j DEU PORTUUAL || AV- 
IOU 11 GASPAR II ESTACO. || || II Com licevça da .V. Imjmfii;^. 

Ordinário, & Poro. || KM LISBOA ]\ Por Pedro Craetbeeck Imprejfor dei Hey 
^ ^ /— /^ II /l«Ho Dni. M. DC. XXV. In-ful. peq. de VI iV. (pieis.) iniims. u 332 

\L^ -^ R O O Pags- nums., afora 24 finais inums. de: «INDEX || DAS COVSAS NOTA- 1| 

"^^ VEIS, QVE SE CONTEM II NESTE LIVRO.» 

.\s VI folhas prels. compreendem : frontispício (ornado de larga tarja tipogr.ilic.i) (ti. 1) ; 
Licenças e Vistos para a impressão (II); e Dedicatória: «A SACRATIS 1| SIMA VIR- 
GEM H MARIA DA ASSVMP-llÇAM TITVLARDAIIIQREIACOLLEGIADA,; REAL 
DA NOTÁVEL IIVILLA DE GVI- H MARAES.. (subscrita: Oafpar Eftaço.«) (II. III); 
e .1'ROLOQO.. (fl. IV). 
Com frontispício próprio, segue-se esta outra obra : 

TRATTADO li DA LINIIACE.M DOS 1| ESTAfjOS, NATVRAES ii DA 




CIDADE DEVORA. : O QVAL CONTEM UVA || DEFENSAM DA NO- 1| breza 
do sangue, e outra || das armas, |1 COM PRINCIPIO DAS ISSIG- || nias das 
faiiilias particulares. !! ilto è, || Quando, e por quem foram iiitroduzirl;is. 
II AVTOR :i G.\SPAR ESTA(;.0.— In.-fol. peq. de .52 pags.— Js dua!< vhras, 
ou parles em um vul. E. 



AZEVEDO -SAMODÃES 305 



N'í primeira pAg. o titulo (também, codio o da primeira parte, ornado de larga tarja); 
a fl. 2 está em branco ; nas tt. 3 e 4 o : «PROLOQO, E .XROVMIiNTO , DESTE TRA- 
TADO, i AO LEITOR..; e nas ff. 5 a 52 o 'TRATTADO DA LINHAGEM l\dos 
Estaços...> 

Tratados muito interessantes e curiosos. Clássico apreciadíssimo. Edição primitiva e 
nnica publicada. MUITO RARA. Belo exemplar. 

1135— Estatuto da Venerável Ordem Teiceiía de S. Francisco da Cidade de -yvi 0(S> 

Guimarães. Reforn)ado no anno de 1866. Purlo: Tijp. de Manoel José Pe- 
reira... 18(}(1. In-S." de 8411 pags. E. 

1136— EsTATVTos i] DA UNivERsiD.\Dn || DE COIMBRA : \^ Coiiifirmados por elUcy 

II DOM PHELIPPE |] primeiro delle nome, || nollb Senhor : || Em o anno H / /—A-^ -n 

de 1591. II (Peq. vinheta ornamental) || EM COIMBHA || (\)m Ikença do Oídi- y/ó OyL<^ £> 
nario ^ fclã liiqvifiçõo \\ Iti.prefso jor AriUuiio de Barreira, \\ impreísor da 
^'l1illerfidade: \\ Atuio M. I). XCIII. [lr,.Vl). In foi. peq. de II fl'. inumí. 
e 152 nums. na fienle. E. 

Na frente da primeira folha inum. o frontispicio ; no verso da mesma II. a iLICENÇA.» 
(duas) ; a frente da segund.i II. est.i em branco, e no verso vem a «TABOADA DO 
PRIMEIRO LIVRO dos elLilutos dl Vniuerlidade de Coimbra.. 

O titulo e registo de impressão transcritos acima acham-se dentro de um curioso alçado, 
ou portada, encimado : nos lados, por duas liguras segurando, cada uma, um pen- 
dão; e no centro, por uma gravura contendo o escudo d'armas reais portuguesas, 
tudo aberto em madeira. 

O texto compreende Quatro Lihros : o primeiro vai de folha 1 á 17 ; o segundo da I') 
(a 18 insere a Taboada deste livro) á 07 ; o terceiro da 69 (a 68 insere a Taboada) á 
133 ; e o quarto da 134 (verso, pois que na frente vem a Taboada) á 152. 

Clássico. Primeira edição. MUITO RARA. Belo exemplar. 

1137— Estatvtos da Vniversidade de Coimbra, ("onfiriiiados por el Hev nosso 
.Snor D. João o 4.° em o anno dr. 1653. Impressos por mandado e ordc de 
Manoel de Saldanha do Conselho de Sua Mageslade Reitor da mesma 
Vniversidade e Bispo eleito de Viseo. (Tudo isto aberlo a buril e dentro 
de portada gravada, ornada com diversas figs. e encimada pelas armas 
do reino e esphera armilar. Na base : — Em Coimbra. Com as Uccnnu iipies- 
êarias. Oflicina de Thoti é Carvalho Imprefior da i'nhersidade. Anno 1654). 
In foi. do 14 pags., 6 IT. inums., a que se segue uma estampa com as in- 
signias da Universidade (grav. por Josepli Aijalhi, OUdos 165^1, H3() pags. 
com os Estatutos e 208 com ojiepertorio dos mesmos ; e Begimcnlo doa 
Médicos e Bt/icatios Ckri.^lãoii ^'elhos, com 10 pags.; e ainda Repertório dos 
mesmos, que occupam 3 IT. inums., finais. E. 

Segunda edição. Os exemplares perfeitos e acompanhados da referida estampa alegórica, 
são raros. 

1138 Sstatntos da Universidade de Coimbra. Compilados de baixo d.i 

innuediata o suprema inspeurão de el Tiei D. José I nosso Senhor pela 
Junta de Providencia Literária, etc. Lisboa. Na Regia Ofíte. Tijp. 1772. In- 
i." gr., 3 vol.s. B. 

Terceira e mui bela edição. Magnilico exemplar ; com óptima encadernação (inteiras de 
carneira fina). Nestas condições, raro. 

1139— Estatvlos da venerável Ordem Terceira de Nossa S nhoia do Monie do 
Carmo da Cidade do Porto. Pelo. , Provincial Kr. Joseph de S. Eufrosi- 
iia... e confirmados pelo .. Padre Cerai Kr. Nicolao de Jesus Maria, Por 
Acordaõ de seu Reverendíssimo Definitoiio lambem Geral, celebrado ern 
Castella no Convento de S. Pedro de Pastana ; aos St de Mayo de 1751. 



/S-/c 



O d) 



^ò 



ÚO 



w 



306 



CATALOGO DA LIVRARIA 



Iinpressos A ciisla chi Oídein, poi- luniidailo tia Mesa. Coimh-a: .\a Ofjii . de 
António íi.t.ues Ffrreiía. . . Aiiio (h- 17'/J. . . In-fol. de 1V-'J5 [ngs. K. 
As IV p.igs. prels. compreendem o frontispício e um «EXÓRDIO».- Pouco vulgares. 

Estatvtos dos Cavalleinis, u Krtiies da Ordem de Nosso Senhor lesv 
Ciirislo . . . — Yeja-se : I>Et'iyiÇÕJ:\\ e líslatvlos. . . 
IMO - ^ Stntiitus 1 roíirtitiiij- || rõfs iiiu;... (.''(iiifiiío II npiUi... (l.')4(l). 
{[lo Ironlispicio ihiuíis a e.raclH rc],rodu<;uu [olu-ziiicu(jrúj'ica que segue): 



^SOioo 




m 



í'r 



cÔeeoos r>írtuoro9 %tc\xc 
^ndos pâdrc9 ConrtRoe 

a3Uf6 00 cfgcaal aiiiaDo 
íciptíloocKDO-zfcofin* 

guiar fecrctarío fam Joã 
*^^^s,^ teulgeUfta.x do 

fundamento oe Tua apo 
ík)Uca t muf louua 

dacongregacáoa 
ckrí5iaTccuiar 

refozmatíua 
em a obfer 

uãciaoe 
íuaDh 

da* 




(O oriíjituú twde •-'40X16^:1) 
Iii-fol. peq. de IV t!'. (pieis) inunieradas e lij ijiimeradas na freide. K. 
Nii frtcc da primeira folha prel. veeui-se o título e moldura reproduzido acima cui <fac- 
simile-' foto-zincográfico ; o verso da mesma tí. 1 está em branco ; na írenf-da II II ^ 



AZEVEDO -SAMODAES 



307 



VroliUIO. ; 110 verso da mesma (1. II. lu 111 e na frente ila IV .i : flUUmbn. || 

C âfniirâf n tniuinôn ins tnpituloíi i! (luc iin piffnítr obrn ff miitt. ; 

c no verso da mesjia N. IV treze gravurinhas abertas em madeira, mostrando a 
do centro, de formato maior, o Papa e a ressuii eiçSo de Cristo, e as restantes oj 
doze Apóstolos. 
O texto dos StittlltOS 'í' riUlflilmjíÕf tt propriamenle dito compreende \cvj Capilii- 
los, um CE ftyinno 60 Iniin bíS pfS nos ilfprllCS., c duas bênçãos: (tófinn 

iliiíibo O!' roíicjiiis un forn òe rnfn ; c Ç flriifníi iiiiãlio os roíicgos un 

tom íir rnsn) ; ocupa as folhas nums. ( a Ij e a frente da lij, e fecha com o 

clássico £niis iro. 

Da frente da fo. j dam is, reduzida, a reprodução futo-ziíicográfica : 

íCapilulopjimeirv ^b. j, 

ciComcçaíTe bo moclooacriaçani 
>a congregaçáoc fam 3o^ge ^ 

5a oa cidade DC ®cne3a« 

l^moaoaltim- 
mo oeoe padre 
l''ino(Tofcno2K» 
Ifuitpoapjouuef 
|fep20du5irner» 
Itemúdcz ocfe 
tarferuoeadi mcrmoaceptoeife 
qiiaics afTi Ó boas obiaecomo oe 
vida apoftolical.iÇnuiou t>ofpú 
fcfócm /Babaelcondalmariopa' 
ItricioDe venera: varão oado ato 
dolloii boós coflumee -7 objas oí' 
-W^^ uínatí lÊo ql conto pella fagrada 
efcríptura mamfcllanicnte foiíbclT*' q 3 víoa eterna cõfiflia cm co 
nljccer bo rerdaoaro Ós: t a que cllc cnuíou qt?e '^eúi rpo: ao ql 
fmiirbc reinar. £qiierédocllcapcgarfe cõ todasfuasfoiçasa 
cftarcnrcnçdiTconbecendoquefadlincntebo nom poderia con 
conrcgiiireílandoeaiharflÇLido coniae bjandejae oomtlooco' 
moba nicfinacrcripruraOTCía.í^ciilpúpodc feniira oousfcnljo 
rcp.r.a 6i^ ia rioiíeja. Ê afi i ckmctc papa em a quarta epia lou' 
uii numo a vioa comuí^roíícndo q tx muv' nccclTario 3 todoe: 1 
pzincipal mente ci3qlIe£iqncDen:jain militar irrcpjebéfiudmentc 
aofctio.'. Ê aírife Ice noeaiif 06 P06 2[X)llo!ou q a multidão oa» 
qucliee q cria cm ícrn rpo tinixl Ipú co:açáo -; Ipila merma võtade 
nem oc quantas foiira?pol1ui3 cLiamanão l?a algiíafua pjopjia 
antcetodaôcráocomtiap. f^oitanto r»cl|.vc5ad3e aepópasoo 
mildo^apartadaetodas aofiiaooelcctaíiõeeitotalmétc oeíra 
doff f odo0 09 bec9 tcrrcacs. Éífie gabiícl cõdalmarío có fcto muy 
crcelentf barão 2intonío lojareo: 1 algile outros Ipomcs gcnero 
fo6<eu6íguaesI?3bít3dc>jiJtaméK.'ptii£irocmíu9cafacrcoll?co 





5o-i7.fefc ef 
vifâffiii vt Cl 
ijnofciit tefoli 
ofiivcrú/ 1)11 
iiiifiiliiriVirp! 
Sictit-.-Amtif 
flía in pjílcôi 

P[>3CC. 

THcmopócniii 
b"' oiiio (craiic 

iFlõpotrlli8 0\ 

fcriurc z iniiii 

monr. 

1 ;.q.i,r>ílrctirt 

miB. cpta.4. 

/l(btilti(ii(1in(<t 
autcrrdfntiiiii 
crat Cl»: vnj c 
3iavnj.(.iii|< 



(O original mede 22Tx.l8o) 



21 



308 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



O verso da f tf. Itj (ultima do volume) insere sómenle, quasi a meio da pagina, o re- 
gisto /do logar, nome do imprepsor e data da impressão, de que damos o seguinte 
■ fac-simile> : 

c^^o;Í impzcffae eftaa côllítuíçóes 

pcrmandadooo inuvro vírruofo t iRcucrcndo pa 

drelpo padre frkifiio oc fanas abaria fendo 

fleaoj geral cc^confentiniento i lugar 

00 capitulo 7 padres que pêra as 

mandar tfijpnmírllpcocrá pn 

mev20. 2ls quaes fo^ain 

ímpJdTasccafaoe 

46ermá/6a<' 

It^ardeim 

dOi. 

+ 

acab3i-áf€ao9.rrv.oíasoome02>3gof' 

+ 

(O orii/i'iiil mede lOUXl.lJ) 

A composição, executada com belos e salientes caracteres GÓTICOS (mais pequeiios 
nas notas ou citações latinas, que o texto contem em abundância) é esmaltada de 
numerosas letras iniciais de lindos desenhos de fantasia e ainda com algumas vi- 
nhetas de assuntos sacros, tudo gravado em madeira. 

Por se nos afigurar bastante interessante e proveitoso para todos aqueles que de fu- 
turo queiram dar mais desenvolvida noticia ou estudo acerca das Constituições e 
mais particularmente desta primitiva e hoje RARÍSSIMA edição, damos em seguida 
a textual transcrição do VnilOilP. Hi-la : 

ílff-ubci oí pnírrs iiiif ]| riii rflns tiiírtítiiífõrs niiíii lívtns roíi || fns 
niitíivu' ^l■ ii jn iiii urniiiinuni : ''>■' «n || tnis rm nili^ns 6r q ufaiuís : 
liiuii If- :i nllu^cl n imiftninii íios tfpns nffi roíi i ve ob trtntitttfs 'i-' 
lfi)S. ('"• por rnitnr ^^■ i' frrnuns (\ fr íns IVmrlIiaiitrs roíifns írgiirm 
riii l|(i rnpitiiln qiif Ir ffj rm n , uoirn (\\U\ ír fniii 3onm Çniorn 6r. 
1,');>7. foii ^n•^nm^^l iiiif fr !l rniirrrtflfrrii! : i lllnlI^nrõ no rcclír niic 
rllt ri lUitro roíirju' nnti || lur X fliir tniflfr rlVrrífinín bns murns 
&rt roíigrriinín \\ uilTriii || tll^^l bnii 1 íj tínifrm o Síibrjo 'í' piifrirriii 
u ^r i)iir iiliuiiiis : 'í foij |i nífi friilo. V- rni o nHUtulo i( ff ff! r n 
rnfn x fnm fnluniinr íir uilrtr i] í«f frniifs ^r. 1.'>.'!!I. foram npvfffii- 
tabns lun; yn&vfs bo nuiCo : ns il rjunes na mnii&nrn In toias /i, 
rmmrlI^l1rn nlfliins roíifns t mn- 1| ^nrli no pnírr f rniifro íf frtn 
íMiuin rfi)tor iirrnl iiur (oiiitf qr ji oiif faflrm rõrrrlnftns ii ns mnii- 
Ènfft rmprimír. (D pfrn mnís pfr |! ffij(n : i fr fnjrr 1)0 tnl mfffrr 
inmn rm mníinSci r m n rnnl'o ii«r fr || ff? f m imffn rnfn ôt fnm Jciliií 
íirnrnlufuns 6t .1.J40. forn mt- 1| trn nt? mnij bí |1 «iftniS ri trnim- 
IIn^ns rm 1)0 mpl'» prr to^íll^J6 pn || irfs ^fllf : -x nrljnrn qiit rf- 
initrt Itrm roínfrtnSns /i mniiíinrn no , pnSrt f rniirifro òc fniitn mn- 
rin rrntor grrnl íj mnnanffr 1(1110 fn- i| jrr tiiiros ptrn toíinlns ritfns 
in roíigrfipiçii ic iimnfiirn init ff || mnnSon no mpl'» pnffnao: ■i 
mnnôn Ijo rnpitiilo foli priin òc obf i íiirnrtn n toíolos rrijtorrs /j, 



AZEVEDO -SAMODÂES 3CQ 



rrtno roíirtíliiiçiirs loiíui U í rllns ;; loiítfiii : i fmnm fluniiinv n to- 
^l>s 06 outros ri, i) iirtiii )'o fíriín nf || ufoni foiíiciitf ífftnô cõftíliii- 
íõfâ cmprimibiií. : x os miorfô qiií || num flinu6iuf t)o folivfíiito 
fírft nsptramfiilc vuftignaos rm l)o || rnpitulo grrnl. 

Desta espécie cie livros (íist.itutos e Constituições de ordens monásticas ou militares) é 
este, indubitavelmente, d;í edições primitivas, um dos uiais estimados e raros. 

Barliosa Machado, na sua monumental Bibl. Liniía/ia, atribue o livro, como informa 
Inocêncio, a dous autores dilerentes: D. João Vicente (anteriormente Mestre João) 
e Pedro de S. Jorge (veja-se, sob estes dois nomes e respectivamente, a obra ci- 
tada, tomo II, pags. 786 a 788, e tomo 111, pags. 586 e 587). 

Estes Estatutos e Constituições dos paiires da Congiegação de S. Jorge d'Alga, ou de S 
João Evangelista reiniprimiiam-se em Lisboa: Nu Officitiu de Simão Theddeo Fer- 
reira, M.DCCC.IV, constituindo uni fui. de IV-128-VI pags., vindo nestas ultimas o 
Índice. 

Os exemplares desta reimpressão tuiísideiam-sc já muito raros ; porem os da edição piimi- 
tiva, a que peilence o exemplar que apresentamos e descievemos, podem dizer-se da 
mais extrema raridade. Inocêncio só teve noticia de Ires exemplares, um dos quais 
existente na Biblioteca Nacional de Lisboa, c outro na Municipal do Porto, acliando-se 
porem este, segundo o tcstciiiuiiho de Pinto de .Matos, em mau estado e falho de algu- 
mas folhas. 

Relativamente á obra e w dois oulios exemplares, coiisulte-se ainda o iiiteiessante e minu- 
cioso «Catalogo lia exposição permanente dos cimelios da Biblioteca Nacional (do Rio 
de Janeiro) Rio de Janeiro: Typ. de O. Louziíger O Filhos... 1885. !n-S.o gr. de 
I059-X1I i>ags. e IV estampas (impressas em seiíarado), pags. 297 e 298; e o «Catalogue 
de la biblioleque de .VI. Fernando Palha-, parte II, pagina 46, (n.o 2444) 

1141— Estatutos provinciaes rl;i seiaficn, e ohscrvmilo Província de Portugíil. 

{Vinheta) Lisboa, Na O/lic. de .\)itoni:i Ihdriynr^ Gnlharrio. M.DCC.LXll/. '3 ^ ^ 

ln-4." de Vl-94-1 pugs. K. 

Este (João Baptista ri').— VtJM-.se : BAmsTA WESTE. 

(fíStt Ije o liuro íin Icgéiin iiiif ftiln íic ttf^olos ffijtos r pnijtõfs 6o6 sfttos... 
■ —Veja-se: Jiuro 6n Iriiéôo (ff-stc Ijn o)... 
H42-Estolla (Fr. Diogo de). — MBUITA- 1| CIONES DEVO- li TISSIMAS DEL 

AMOR II DE DIOS. || HKCIIAS POR KL K. P. V. DIEGO DE 1| Estella, de la cf)/"^ c/^ 

Oíden de Sun Francisco. (Vinheta com imagem, de S. Francisco?) || / C <^ Q/rfOc. 

CON PRIVILEGIO. || || Iwpresscs eu Alcali de Henares, en casa de luã 

fíyacinn. || Afw M.D.XCVIL ln-4." de IV IV. ([ifels.) iniims., na frente e mais 
II innms. e uma em liranco, finais. E. 

As IV ff. prels. compreendem: frontispício; 'ERRATAS.» ; 'TASSA.! ; Privilegio d'«EL 
REV.» ; Licença de F. Uayrar de Vzedtt ; e *Certsara de i'// padre de la cêtnpania 
de lesas... > (datada e subscrita: En nuestio Collegio de Madrid a 17 de Hebrero 
de II 1576. aiios. || Bartliolome Aiidres.'). E as duas ff. inums. finais : «TABLA DE LAS 
II MEDITACIONES DEL ;; LIBRO DE AMOK DE |1 DIOS.» (impressa a duas 
colns. por pagina). 

Obra estimada. Ediç.ão muito rara. Belo exemplar. 

Encadernada juntamente, encontrase esta outra obra: 

<TARVLA1;REM1SSI0- II NVM liERV MOM-i! MVM, (,!VAE CONTI- 
II NENTVR IN LIBUIS, K. P. E. DlDACI || de Steila de Vanitate se- 
culi, & medilationibiis Amoris ' Dei. In pua qiui! Euã^eliorum consi- 
derationibiis (quse per || unnmn in Doininicis, ferijs & fesliuitatibiis 
San- II clorum, decantanlur) ndaptari possunt j] quasi digito demons- 
trantur. || Autliore F. Alfonso de Sançoles . . Nunc denuo in hac ter- 
tia editione per eundeni Authorem || recognita & aucta. || {Vinheta 



310 



CATALOGO DA LIVRARIA 



^0 o A o o 



igual 11 que vtm no fiont. da oiira precedente) || CVM PRIVlLFfilO. 

II \\Comphdi, Ex (ifficma loamãs Gratiani. Apud ]'iduam \\ Ainio 

M.b.XCVll. li:-'t.» de ]ll (iiii)ms.)-*f'^ (nnms. na frcnlt)-ll ))'. 
1143- Estella {ir. lUcgo). - fniliiiin br lii || vidií. . . dei... f:ui lu.-ui... /.is. 
boa, J.i.jJ. 
{Do fronlispieio íhvi.oa a cx\tit re<ridvc ãi f to-zianuiròlict' 'inf segue] : 



m 



m^i 



s^^Irataao dc la 

vida Vooresy excelências dei glowfo a. 
podol ybicnaucnwradoei32íigeUfia fan 
iMq.elmasamadoy querido difoipulo^ 
de CKrífto nuíftrofaluador -.cópuEflo 
por el .P.F.Dtego deEftella.de laot. 
den <t los frailes menores : dirigido 
• la muy altty muy poderofa rey- 
na de Portugal, y por mãda 
do defu alteza agora nue* 
uainéte ímpreíTo. 
•j^Con Real priíilegio y vifto 
por Ia fancta tnquáuaon. 

\ Ji^Nota q d autor mas da e n cfte líbrol 
de lo cjue promete: porque a bueltas de 
ioslooresde Sanluan,vanentrete>udas 
algunas matérias riKiralrs: de mancra q 
no foloa {osdfuotosdcfanluan esapla* 
iible,pcro3unatodos losfieles Chrif» 
tianos vtíl y prcucchofo. 



(O on./iiiní vwde luSxíM""") 
In-i.» de ccviij fl". niiiMS. na frenle (e.\ceplo as primeiras, que não apiesei.- 
tain a respectiva numeração, pois que esta só começa a aparecer da II. v 
em diante) e três inums., finais. E. 



AZEVEDO -SAMODAES 



311 



Na frente da primeira ti. a portada reproduzida acima em fac-simile» ; no verso desta 
mesma primeira H., emoldurada por quatro vinhetas de ornamento, uma gravura, 
aberta em madeira, represcníando o martírio de S. João; na II. ij e parte da frente 
da iij uma Dedicatória: '{^ A lit 111111) Altit f IIIUIJ pH- || derofa reyna de Por- 
tugal dona Catalina, primcra |1 de el'(e nombre, dignilTima fefiora nueftra II F. Diego 
de Kftella. S. - ; na restairte parte da fi-entc c no verso da mesma fl. iij o < Prologo. 
-Al lector.' ; no alto da II. iiij : • ^ ("roíuinifn Cl trntil&ir |1 de la vida, loofes, y 
excelências, dei ;' bienanèturado aportol y cuan- ' gelifta San luan.. Compreende doze 
Capítulos, que por sua vez coulcem diversos tiríiiiilos, e decorre até final da frente 
da H. ccviij, onde remata com o clássico -LAVS DFO. 

.\o centro do veiso da mesma li. ccviij, este coíofó:i : 

ALOORYGLORIADH 
Díos,acabofcel tradado de la vida y cxcdêcíasdcl glo 
ríofo euangelííta fant í uan , cn la muy nobley fícmprc 
lealcíudaddc Lisbona,enlaimprêtade German 
gallardeímprítnidor dei rcynueftro fchor, 
Acabofc a nucuc dei mes de Au» 
gufto, Anodc mily quí» 
nientos y cínqucn 
ta y qua- 
tro, 

e nas três ff. inums. fl.iais a -TABLA DE LOS CAPITVLOS H y artículos dei pre- 
iente tractado.» (vai até á frente da terceira folha), e a inumeração dos : Erros de lu 
imprefsion. (ocupa o centro do verso desta uilíma folha). 

Primeira edição deste estim.ido livro. \ imprcssiío, bastante cuidada mas, devido .ao tipo 
se encontrar já iim lano cansado, n.ão muito nítida, foi executada com caracteres 
redondos (de vários tamanhos) e também com algum gótico, o qual foi empregado 
nas citações marginae?, que o texto contem em abundância. 

O alçado ou portada que o rosto apresenta é o mesmo que mais tarde, em 1572, Luis 
Rodrigues utilizou na primeira ediç.ão d' Os Lusíadas de Camões, -isto é, das duas 
edições impressas no mesmo ano, aquela que tem o pelicano voltado para a es- 
querda. 

Os exemplares, considerados extremamente raroe, são verdadeiramente preciosos e es- 
timáveis. O nosso está belamente conservado, e esta circunstancia torn.a-o ainda de 
muito mais apreço e valor. 

11/i4- Esfella (Dugo rfp).— PRlMF.liA (Segvii úi y Teiceia) í| PARTE DEL LI- || 
RRO DR LA VA\'1I>AD|1 DKL MVNL)l) || HKCIIO 1'0H EL R. P. F. DlliGO 
DE II Eflelln, de la Oíden de San Franoifco || (Gr.iviira com a imagem de íO /^ ■^ /1 

S. Francisco? abeila em mailtira) || CON l'lllVILE(;]0. :! |j Imprejjo ^-^ / O 7iC í 

(■m Alcala de ílenaies, cn cnfa lic íitã (Iraridu. \\ Aíio M.V.XCVII. In-4.°, tre.s 
partes de IV IT. pieis., 137 iiimis. ii.i rreiíle o mais 111 inums., finais de Ta- 
lila, a 1."; 140 niiriiS. frente e II inums., finais, a 2.", e I inum., 142 nums. 
na frente e uma outra inum., final, de Tabla, a 3.a. Em itm vol. E. 

As IV tf. prels. da parte primeira inserem: titulo; «ERRATAS.-; ■:T.\SSA.> ; e Previle- 

gios de . E1-REY.= 
Cada uma das três partes tem o seu frontispício próprio. 
Obra estimada. Edição rara. Bom exemplar, salvo uma mancha d'agua em algumas 

das ff. da primeira parte. 



312 CATALOGO DA LIVRARIA 



IA 



1140— Esteves de Carvalho (rícfjjíí ^híuíuo).— Fiellexões sobre a oiigem e 
primeiros progressos da proprieJiifie. Por... lÁúma: A'n Imi^ressCio liKjia, 
ISIO, In-8.0 de lV-199 pags. E. 



Estrada (Jiwn de). — Veja-se : Climaco [himi) 



H4ti— Estrada {/>. Jua» Àntoiíio (Ze).— Poblacion general de Espiína, Iiisloria 
^. chronologica, sus iropheos, blasones, j' conquislas heroycas, ilescripoio- 

y dl^ D í-^ lies agiadiíliles, grandezas n< tables, excelências gloriosas, y sucessos 

iiicmorables, islãs adjacentes, y presídios de Africa: Escrila porei pa- 
gador... Kn Madrid: F.a la Imprenta dei Mercvrio... Aíio de M.DCCXL I ///. 
ln-4.», H vols. de .XXVlI-500, VIII i?)-502 e Xll-571 pa^s. li. 

Livro interessante e estimado. Exemplar perfeitamente conservado, mas falho das ft. 
prels. e das primeiras 9 nums. do tomo II.- RARA. 

Il47-Estrella {Fr. Paulino da).— FLORES || DEL || DESIERTO. || Gogidas en el 

.lordin do la || claufura Minorilica de 1| Londres |! OOrecidas a la Mageítad 

__ de la II Serenilfiiiia || Reyna de la Gran Blefaria || POR SU HUMILDE CA- 

^çá S ^ PELLAN II Fiay Paulino de la Estrella, Erayle .Menor, hi- || j) de la Sania 

\^ 1'iovincia de la Ariabi- || da dol Heyno de l'ortugaI. || |1 Eii la o//(cí)ia 

l/e Anlomo Croesbeeck || de Alillo Imprej for de S. ALTEZA. \\ Amio dt IWi^i. 
In-12.° de 243 pags. nums., além de uma inum , final. E. 

Na pag. 1 o titulo que deixamos transcrito ; a 2 está em branco ; na 3 a Dedicatória : ^A la 
Reyna niiestra Seíiora H Dedicatoria>. (em veiso); na 4 mna espécie de Prologo: «Al 
PIO LECTOR». (também em verso) ; nas 5 a 16, poesias em louvor do autor e da 
obra, de : Francisco de Saa de Menezes (Soneto), iVligtiel Herrera, iManuel Ciomes de 
Castro, de um devoto, de Fiancisco de Biitto Freyre (duas decimas), do Dr. Brás 
Nimes Manhanas, e do dr. António Raposo, e do liceniado Geronimo Robalo ; e da 17 
em diante a obra de Fr. Estrella, a qual é toda eui verso. (Poesias em castelhano). 

Estimada. Segunda edição (a pimeiía é de Londres, 1667, ín-12."). Exemplar bem conser- 
vado, pinem falto das pags. 151 a 134. -Muito raro. 

114"— Euripidis Fabul». Recognovit, latine verlil, in duodecim fabulas an- 
iiotationein ciititíani scripsit, oinniiim ordinem chronologicuni indagavil 
Jl C~ O 'llieobaldiis Fix. Inês varietas codicnm paiisinonim 2717 et 2887 .icciírate 

excerpta. ParUiis, Editore Ambrósio FirnAin Didot... M DCCC LV. (No 
verso do ante-rosto : Ejccudebont FiDiiii Bidul Fruíres). In-8.* gr. de IV- 
LXXIV-OIG pags., com duas colns. de impressão, cada. E. 

ll49-Eusebius.~f:VS£'fí// CAESAKIEXSIS EPISCOPI CHRO.XICOX 
UJ ,\ ESr TE.MPORVM BREVIARVM INCIPIT FOELICI- \\ TER : 
UVEM niERONYMVS PRAESBITER DIVINO \\ EIVSINCEMO 
LATINVM FACERE CVRAVIT: ET VS WQVE IN Valentem Ccfa- 

/ ^^^ Jl r^ ry ''<? Roíiiaiio Adiecií Eloquio. Que ET^ Proíper deinde Mathe' pal- 
(y ^ r\ meri' Qiii ea que còfecuta íút adiicere || curauere eidê poftpoí'iti 

' lubíequunt. At primu Hierouyuii in bui' \\ codici.^i aliquãdo defcvi- 

iHií adinratio. || VERBA DIVI LITTERARVM PRLWCIPIS HIERO- 
NYMI. 

O volume não apresenta frontispício propriamente dito: os dizeies que ficam transcritos, 
impressos a vermelho, vêem no alto da folha XI (ou XII?), encimaniio o texto de pie- 
liminares. No fim do veiso da derradeira folha do volume, também impresso a vermelho 
(excepto as duas palavras que vão em normando, que são impressas a pieto), este 
legislo : 



AZEVEDO -SAMODÃES 313 



Exhavchifi Ratdoll Aiujuíteníin /'ulciti viv ingenio imixiiiui 
cura pJiirimis vndiqz coivpavatis exempla ri bus Eu/ehij li- 
brou chronicos acretiqiias in hoc vohimine de temporib' 
additiones: no paruo ítudio iinpen/iiqz eniendatiílinie iin- 
pveílit Uenetijs Duce inclyto Joait. Maçenico Romano 
iinperatore Pbrederico. iij. a uno Imperij lai. 44. Anno Sa 
Gloria. /(J/l 148:i. Idihus Septenibris. Deo. 

Ill •1." lie 178 C?) IT. innms , ou sejam vinte e dois cadernos de oito II., 
cada, ú excepi.ão do piimeiro e do ultimo que tcfm dez cada um: o pri- 
meiro Ião apresenta rubiica alguma, e os vinte imediatos estão rubric.-i- 
dos de: a 3 (ás duas primeiras ff. d( ste caderno i erienciam, respectiva- 
mente, as rubricas ti, a 2, porém não as apresentaml, a 4 a u, u 2. u .?., 
u 4, e o ultimo: x, x 2, x 3, x 4, .v .5. K. 

As folhas que formam o primeiro caderno do volimie inserem a T Abula operÍH, 
a qual é disposta a 2 duas colmis. por pagina: as oito do caderno imediato as seguin- 
tes peças: titulo (transei iio acima); « Chronica Euíebii Hieronynú in- 
cipií: I! Pre fatio Euíebii Hieronymi.»; Hieronymi prefatio 
. Explicit II Eufebii interpretada Prefatio Incipit»; e «Euíebii 
interpretada prefatio explicit. [ Exordium libri Incipit. » 

A estas peças preliminares segne-^e u te.\tu da ubra propriamente dito, o qual ocupa todas 
as restantes ff. do volume. 

INCUMABULO interessante e muito apreciado ; explendidaniente impresso a preto e a 
vermeltio, com lindos caracteres MEIO-OÓTICOS. 

Exemplar optimamente conservado, porem, infelizmente, falto das follias que constituem o 
o caderno /l» as quais, no entanto se encontram substituídas por outras com o res- 
pectivo texto em copia feita á pena (caligrafia muito antiga, talvez do século X\'I, ou 
.XVU) ,\inda assim mesmo é exemphu muito apreciável e valioso. -RARÍSSIMO. 

115()-EUSEBIUS. 

•I giftoria írrlrfinrticn. 

Estes dizeres, em uma linha, impressos a vermelho, por sobre uma portada ou alçado for- 
mado de quatro vinhetas abertas em madeira. Dentro desse alçado o titulo : 

(Ftiirfinftirn Ijij- 11 ftoria C^ufíbij Cffariínfis || »iri bí »ita nt litfris «ptir 
II nitvili: qiií íum iniria ti- 1| foxu tum inrurin rnlfíigrn i pijoruni pfiiitus 

oUfulfírr II Imt : fuiiimn fiíif rcrognitn: vriftiiifii iutrgritati rrfti- H luta in 
Imim fôuitn rft m 1! iiibirr priiui}iflliiiiii fcntrii || tianiiii Ijar in rrrfllrn- 1| 

ti linftorin rontcntn- 1| niui ferie nlplinliftirn níininus» || fi^rollttín || i íMirn-l 

iinlo. ||kl-<ll .-. 

Estes dizeies são impressos ora a preto, ora a vermelho. Nos cantos infeiiores, ladeando 
parte destes niesiuos dizeres, em foi ma de triangulo, duas peqs. marcas dos impresso- 
res. No fim da segunda coluna da frente (o veiso está em branco) da ultima fl. do 
volume, este registo : 

CE Crufebij Cfsnrifnfis trrlrfiartint ti- II nit Ijgftorin per magiftru : (!?of- 
freíum |1 bouffnrlium Tarre pagine bortorej eri- !| mium ernrtiffime eorretta /t 
emenbnln li Jmpreffa íugbuni per tienebirtuin j| tiiuunjni ralrograpiju. 5uni- 
plib" uf- II ro l)onerti uiri Jntíbi .q. írnnrtfti br «rinncta a foriorum fiu- 
ventini. Amií" [i bni. IW. cirnrrui. nienfis IHartij. bie. r. 
I11-8." peq. de XX ÍT. (prels.) inums. e .\cvj nums. na frente. E. 



/fí^ 



€><^ 



314 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



As XX ff. prcls. coiíipreciidein : fioiítiípicio (fl, 1); «Vli'limUS» (cum a epigrafe ; CL 0"'nll- 

fri&iis tíiuirfnr6ii6 tliruloflfl II nim miniiiuis : Soniiiií Strpliniio pmulirr 
iiiris imittifirij prtiitrr impnn- 1| toris iiifrrprrti o:rlrlifirhiui oiiiiiiomq 
bomu-iiiii littcnilmii niiiniitirriíini : ntq in niiipliniiiui iinllinnim rninlii 
piffiíiiMiti Siiinilfiiiio. &. y. p. ; i u"iibiilii. 

A iiii]iiessã() da CrtlUllrt e do icxto da uhia é a duas coliis. poi ])agiiia. Os caiacteies 
empregados foram os denominados llOtilOS. O texto é esmaltado com inimerosas 
letrinhas iniciaes de inteiessanles deseiilios e abertas em madeira. 

í^dição não mencionada por Biunet. Muito rara. 

Eusebius.— Voja-se: ^ijrtoiiu íf In l)i\U-íin iiiic llniiin 0"nii-linftiia i| fri- 
pnrtitn... 

Evangelista (Fr. Miimicl).— >^fni\iiin... tiii o .-uilo da Fe... em Coimluii... 
•Itilí). — Vi'ja-se : Aiitos de Fé {SenrOís de). 
IKil — Evangilio en Triunfo, (l';i) O Ilisloiia de iin filiisofo desengafiado. Sexl.-i 

Mi. C^ tdicioií. Kn Moãrid: Ei> la Iniprenia de Don Josej Dotilado. Aíiu M.DCCC. 

(:<,<\ Real rniilryio. lii-4.". 4 vols. riu XX-440, 459, 420 e 401) pag.-^. E. 

Obra estimada, sobretudo devido ás 24 lindas gravuras a buril (Ant." Roíirigiies de/. - 
T. l. Enguidarío se.) de que se actia enriquecida. Belo exemplar, com óptima en- 
cadernação (inteira de carn. fina). 

II. ')2~ Extracto, ou Breve compendio de apparato, e procissão solemne, Com 

(Itie a Irmandade de N. S. da Graga da sempre Nobre, e llliístre (Mdado 

de El\as, com todo o empenlio, grandeza, lustre, e devaçaõ celebrti entro 

/^Jl \ ^ jubiliis d9 alegria a Fe.^la da mesma S. no dia do seu Nascimento em 8. 

vS^' '* de Seplenibro deste presente Anno de 1739. (Marca emUemalica da Ciim- 

panliia de .lesiis). EVOfíA. AVi Officina da IVvenidadc. Anno de íT.W. Cntn 

as licenças necessai i is In 4.° de 36 pags. B. 

Opúsculo curioso e pouco vulgar. 

EXTRAVAGANTES. || RF.GYL.K CANCRLL \ . . . — Veja-so : lIElitl.i: 

<;anoki.la... 



■Hri3— Faber (P. Frederico /Kjí/íojií). — Tudo por Jesus, ou camlnjios faieis do 

// /— n-^ amor divino, pelo líev. Padre... Obra traduzida de int^lez para o france/. 

7^ ^ por M. de Bernhardt, e d'esta lingua vertida para o porlugiicz, por F. 

Preto Pacheco. KdUnr: .José Fruchioto do Fonsecu . . . Purlo, isT.V. In H.'^ ilc 

43I-I pags. E. 

1151— Fabricius (Jd. J/íio/í)-— B'bliolhec-i latina uiediie et infim* ;etalis. Ac- 

cediint Wipponis Presb. Proverbia ad llenricum, L:onradi iinp. filium. (Vi- 

/CÁ Jf ín r~) idieta alegórica, gravada a buril em i'hapa de metal). Hamhunii: Sumlii ]'i- 

/•^'^'^ d-um Felginiirke, Ex Officina PiscaUria. M DCC XX.XIV. In-8.» peq., 2 tomos 

de XVI-127"2 e VI 690 pags. K. 

Tratado bio-bibliognáfico estimado. Os frontispicios são impressos a preto e a vermelho. 

.N'o verso da pasta da frente de cada nm dos volumes vem colado um ex-lihris ornamcn.- 

tal (aberto a buril) de Le Pdent Henautt de 1'Academie Franjais ; e na frente tia 

guarda do 2.o vol. um outro ex-libris, heráldico, de A'. Ic .Van/ui^ de Fortia. I:ste 

tem 110 alto a divisa: TURRIS FORTÍSSIMA VIRTUS. 






ll.^.-.-Fagundos <'P. .í/fliiHe;).— SEIiMAM Ij (JVF, FFZ (I PADllK ['MANOKI. FA- 
{^<ÂÍ?C' tiVXin-.S ;: ,!a Companliia de lESY. !! Nd AVILTO DA FE!': OVE SE celebrou 



AZEVEDO -SAMODÃES 315 



na Pia(;ii de Coimbra, Domingo || i de Mtiyo, de C25. || (Vinlieta leprestn- 
lando uma cruz, alçada) || EM LOIMDHA. || C(m licfii^a de S. Inqurfirão, 
Drrli.iurio, ^ Paço. "\ Por Nicolao Caruallio Iniprt flor do íua Mageflade. 
|] Aniio de Jti25.-ln-4.° de 24 pags. H. 

o texto coiiiet;a logo na seg*ti':da pag. (verso da primeira ti.) e remata com uma vinlieta 

ornamental, a qual tem no centro um escudo d'armaí. 
Apreciado. -O frontispício é adornado de larga cercadura, impressa com peqs. vinhetas 

ornameníaes, simetricamente dispostas. ~ Peq. defeito no alto das duas ultimas ft.- 

Multo rara. 

— Sermão no Aulo da Vi''.., de Évora.. B'2tí.— Veja-se ; Auto:< de /V 



(^rrmOes de). 

Outro exemplar— Veja-se : Atiíus de Fé [Sermões de) . 

Ilfiti— Fagundes Jacome {António). — Uamalhiole de Myrrha e memorial da 

paixão de Cliribto no^so rudemptor. Piimeira parle. En Lisboa. Par Auto- J Yn O ^^ 

iiiu AIhw e.". onno 1630. Iii-S." peq. de XX ff. (prtl.s.) inums., 135 ntinis. iia 
frenle e mais XXV inums., finais. E. 

.*\s XX folhas prels. compreendem : frontispício ; .\provações e Licenças para a impres- 
são, e declaração do Privilegio, por dez anos, concedido ao autor (ff. II a V); Dedica- 
tória: '■\ CHRISTO II Crucificado viuo, Bi ;; agonizando em a Cruz. (VI e frente da 
VII) ; .CARTA AOS |I deuotos Irmãos da ji Terceira Ordem da |1 penitencia do Sera- 
lico Padre Sam 11 Francisco.» (do verso da mesma H. VII até á frente da IX); Pro- 
logo . AO DEVOTO LECTOR. . (do verso da mesma H. IX até ao verso da X); Vi- 
nheta ligurando o ramalhete de Myrrha (frente da II. .XI); ^Protestaçain da Fè. {\er!.o 
da mesma ti. XI); Poesias .Do Doutor Pedro da Fõ- 1| seca de Abreu (dois sonetos); 
'Do Licenciado lorgc Diaz Fidalgo, || .Ao .{■i/iior.t ; «Do Padre Mestre Manoel [j de 
Barros Barbosa.. (Soneto) (ff. XII e XIII); e .Introduç.am.> (ff. XIV a XX). 

.\a frente (o verso está em branco) da primeira das 25 ff. finais inums., por baixo da 
marca do impressor, este registo : *EN LISBO.\. 11 Por António .^lua- 1! res. anno 
1030. > ; nas duas imediatas o <INDEX DOS || Capítulos que se con- || tem neste li- 
uro.» ; e nas restantes, este outro : I.VDEX DAS 1| cousas mais notaueU |1 que se con- 
tem , neste liuro.> 

Livro escrito em dialogo e muito estimado. E.\emplar falho do frontispicio e da fl. 5S ; 
110 mais, em perfeito estado. MUITO RARO. 

HfJ-Farfan (Francisco). -TUKS LI BROS H CONTRA EL PEG- |) cado de la 

Riiiiple foinieacion : ij donde so auerigua, que la lor- || peza enlre sollerus /^ / '^~/^ /^ /^l 

es peecado mortal, || sf gun Ity diuina, natural, y humana ; || y se responde 

a los mgafios de || los que dizen que no es || peecado: || Compuesto por 

el Maesiro Erancisco Farfan, natural de Toledo, y Canonigo i| Ptnitenciii- 

liii eu la Sancta Iglesia |1 de Salamanca. 1| (Peq. vinheta ornamenlal) || 

CO.V PnlVll EGIO. li Eu Svlamaneo, por luí llenderos de ! Mathias Gasl. ATu) 

■l.'iK'i. ln-8.° peq. de XX (a ultima está em liranco) IT. prels. inums., tíHi 

pags. nums. e mais XII If. imiins., finais. E. {perí/.). 

.\s XIX folhas prels. inserem: titulo; escudo d'armas imperiais de Hespanha ; um So- 
neto com a epigrafe : «EL Maestro Frãcjsco || Sanchez Cathedratico II de Rethorica.» ; 
outro com a epigrafe e rubrica; «Habla Vénus.», «Baltasar de Bustamante Cathe- ,, 
dratico en Salamanca.-; Privilegio de «EL REV..>; Dedicatória -AL MUVALTO V'| 
MUV PODEROSO SE- " iior Nuestro, don Philippe II....; e Prologo < Al Lector. . 

.Nas XII folhas finais decorre a «TABLA DE LOS H Capítulos y Paragr.aphos ;, destos 
Libros.i, excepto no verso da ultima, que é ocupado pela interessante marca do im- 
pressor e por este outro registo tipográfico : «En Salamanca, |1 Por los heredetos de 
Miilltim Uast. J Ano /5S5.> 




316 CATÁLOGO DA LIVRARIA 




Sl^ 



£.■> O 




Livro curioso e singular. O autor prometia um quarto livro que, ao que parece, não 
chegou a publicar-se : a não ser que êle seja o Regimento de Castos, impresso em 
1590, e que, segundo Salva (veja-se Catalogo da sua livraria, n." 1807), bem poderá 
servir de continuação á obra aciuia.— Muito raro. 

115S— Faria (P. Basilu rfe).— Vida do Palriarclia Sam Brvno, tvntlador da re- 
ligiara da Cartvxa. Por o P.'" Dom Basilio de Faria, Prior da Cartvxa de 
Scala Ciiili. Da cidade de Évora. (Gravura com o retrato, aberta a buril 
ern chapa de cobre e tendo na base a legenda: S. Brvno... Por baixo); 
~ — AVn Lisboa. Com todas os licenças neressarias. Na OHic. de Don.iiigo.s l.oprs 
Wuíri. Anno de IG-JU. In-'!.'' de, nléiii do liontispicio, II IT. iniiiiis. e 171 
pags. nums. E. 

As II ff. prels. inums. inserem: <Licenças' e Prologo 'Ao Leitor.^ 
De pag. I a 131 decorre a Vida de S. Brvno; e de 132 em diante, esta outra obra: 
*Dis£vrso sobre o vani temor da morte, d- desejo da vida, ./ representaçãt da gloria 
do Ceo. Composto em tingaa castellana pelo Lecenciado Pedro Valles.- 
Livro clássico, apreciado e multo raro. Belo exemplar. 

Faria {Thomaz rfe). — Lv.siadvin. . . — Vej.'t-se : Coviòes {Luis de). 

10o9-Farla e Souza {Manuel rfe).— AFIÍICA |1 POIiTVGYESA. || POH 1 SV AV- 
TOR II MANVEI, DE FAIilA, Y SOVSA H Cavallero do la Orden de Chrislo, 
y de Ia Casa Real. || TOMO ÚNICO |1 DEDICALA ANTÓNIO CRAESBEECK 
DE MELLO 11 AL SERENÍSSIMO PRÍNCIPE II DON PEDRO || REGENTE, 1| Y 

GOBERNADOR DE |i PORTVGAL Ac. 1! II LISliUA. \\ Con las licenciai 

necessária.'', y Pririlegio Heal. || A coita dWntonio Craesbeeck de Mello Impres- 
sor de Su Alteza. || Aiio lOSi \\ Vende-^c en su Casa en la Calle de lus Espin- 
garderos en Valverde. In- foi. pei|. de III IT. (prels.) inniiis., 207 pags. ntirns. 
e mais XI inums. de T.iDI.A, a 2 oolns. de impressão, cada. E. 

As III ff, prels. inums. compreendem: frontispício; '^LICENÇAS^ ; Dedicatória de An- 
tónio Craesbeeck Mello (impressor), a qual começa: «SERENÍSSIMO SENHOR , e 
termina com a respectiva assinatura ; e outra Dedicatória do mesmo famoso impres- 
sor AO excelentíssimo senhor II D. lOAM DA SYLVA MORDOMU- 
MOR DA CASA-REAL...' 
O texto compreende a historia das conquistas portuguezas desde D. João I até o ano de 
1562. Multo rara. 

I\fí0 Asia portvgvesa. De .Manvel de Faria de Sovzi Cauallero de la 

Orden de Christo, y do la Casa Real. Tomo I. Al excelentíssimo Senor 
Dom loan lozé da Costa, y Sousa, Tercero Conde de Sovre, &c. (Yinliela 
ornamental). Lisboa. En la Ofíicimi de Bernardo da Costa Carvallto. A^i de 
O fi O ^ l''03. Con todas las licencias nece.'!snrias. Infol. pcq. de XVII-396-XXI pags. 

(estas ultimas de Tatila). 

Tomo II. AI Príncipe N. S. D. Pedro Regente, y Governador destos Rey- 
nos de Portugal, &i. Ihi., En la Oljlc. de António Craesbeeck de Mello... Ano 
1674. In foi. de porlada, gravada, e VI-9t)tt-l pags. Do pags. 885 em diante 
corro a Tubla, excepto na ultima ijiie insere as errat;is. 
Tomo lll.—Ibt., pelo mesmo impressor. Aíio ItíTõ. In-fol. de portada grav., 
e VIII-564 pags., além de 4 (inums.) de Tabla e 2 de Erratas, finais. Lote de 
.? vols. E. 

O.í três vols. são enriquecidos com retratos de Viso-reis (intercalados no texto) e com 
plantas ou vistas de fortalezas do estado da índia (abertas em madeira e tiradas 
aparte em ff. desdobráveis). -O l.o vol. é da 2.a edição, e os II. o e 111. o, da l.>. 



AZEVEDO -SAMODAES 317 



Obra importaiilc para a historia das nossas conquistas e administração na índia, e al- 
tamente apreciada Muito rara. Belo exemplar. 

IIGI EVROPA PORTVCVESA. |1 SEGViNDA EDICION ii COIiRETA, 

ILVSTRAKA, Y ANAÍJlDA EN 11 lantos lugares, y con tales vantajas que es 

lab-jr nueva. || POR SU AUTOR 1! MANVEL DE FARIA, Y SOVSA !i Caval- 

lero de la Orden de Chiisto, y de la Casa Real. |I TOMO 1. 11 DEDICALA JT^A J(^ -> 

ANTÓNIO CRAESBEECK DE MELLO || AL SERENÍSSIMO PRÍNCIPE II DON ^ i^ <-> 

PEDRO II REGENTE, !! Y GOBERNADOR DE PORTUGAL, &c. |! || EN 

LISBOA. II Con las liceiviís nícessn) ins. ]] A costa i'A7}tvni'i Craesbeeck de Mello 
Impressor de S. Alteza \\ Afio l(i78. In-fol. peq. de IV ÍT. (prels.) inunis., 491 
pags., alóm de uma oiilrn, final, rom ADVEfíTENClA \\ DEL CaPITAN 
PEDRO DE FARIA ij y Souso. 

TOMO II. li DEDICALA... || lOi.: pelo meSmo impi-essor. Ano 1679. 

II Venâe-se en xii Casa en la Ciille de los Eupingarrieros en Valverde. In-fol. 

de IV IV. (prels.) innnis. e tr24 pags. 

TOMO in.., Ibi.: pelo mesmo impfessof. 4r»o ItiSO. . , In-fol. de 

VII (T. (prels.) inunis. e 4iá pags.— Os rtvs volumes. E. 

As ff. prels. do l.o volume compreendem: front. ; Dedicatória ao 'SERENÍSSIMO SE- 
NHOR (D. Pedro) (assinada; António Cracsbeeck de Mello.'-, outra do mesmo im- 
pressor ^AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR',] DOM lOÂO DA SVLVA, 11 MORDO- 
MO-MOR DA CASA RE.AL.,\\ MARQUEZ DEGOVVEA. ..■; LICENÇAS.; Alvará 
(te Privilegio.; e, no alto do verso da ti. IV, um retrato de Faria de Souza. -As pa(;3. 
1 a 23, inserem: ^PROLOGO dei Autltor, SATISFAÇION \\ APOLOGÉTICA A 
LO DE QVE SE TVVO 1! noticia aver'ie notado por algunos cn esta Histo- i! ria 
quando salio la primera vez >. As ff. prels. do 2. o vol. : front. ; Dedicatória ao Prín- 
cipe D. Pedro., e outra ao iVlarquez de Qouvea.; ÍNDICE.; LICENÇAS. ; e /lu- 
rara. - Compreendendo as pags. I.a á 8.a: PROLOGO.; e DISCVRSO A QVE 
DIERON MOTIVO AS h inclinaciones destos Reys, y la dijerencia de los]', tiempos 
cn que vivieron.—.\s ». prels. do 3.o : front.; Dedicatória ao Príncipe.; outra ao • 
Marquez de Oouvea. ; LICENÇAS. ; Alvará. ; e TABLA. 

Obra importante e enriquecida de estampas abertas em chapas de metal, as quais, tira- 
das á parte, conteem retrs., escudos, etc. 

limbora no frontispício do 1." volume traga a indicaç.io de 2.a edição, esta é a l.a com- 
pleta, visto que anteiiormente (em 1607) apenas havia sido publicado esse l." vo- 
lume. Estimada. RARA. 

1162 FVENTE DE AGANIPE ^ O RIMAS VARIAS || de Manuel de Fo- 

7 11 i Sovfii, Cavallero de la v Ordem de Chiiflo, i de la Cofa Real. l\ Divididas 

eii liete Partes. || PARTE SEGVNDA. || Al Ilvfbiffimo Suwr D. Ivan Fran- n\ / J/ 

lifcQ Pa il checo, Dean, i Canorrigii de la S. Içilefia de || /«fn, i Obifpo eleclo „_/ / H- ^ '^ 

delln, SuniilerWde Corlina de ju M.ig. €>i\ [1 CON PRIVILEGIO. |i En Ma- 

drid. por luan Sanclirz, j' M.DC.XLIIII.— In-8.° peq. de VIII IV. (prels.) 

Iriiiiiis. e 213 nums na frente, além dt; III intiin.s., finais. E. 

.\s VIU ft. prels. compreendem: frontispício (H. I); ^LICENCIAS' (frente da II); ^L.iS 
ERRATAS'} que tocam a ejta Parte feganda.- (verso da mesma H. II); retrato de 
Manuel de Faria e Sousa (busto assente em um pedestal, na base do qual se lê esta 
legenda: .AET. i; LIIII. AN. i| M.DC.XLIV. .) (frcnt,; da H. Hl); Elogios em latim ao 
mesmo rftr. (verso da mesma II. Ill); Dedicatória: lAL ILVSTRISSIMO '; Sefior 
D. luan FranciCco Pacheco,,..' (datada c subscrita no tim : Madrid c:i 12. de Agof- 
coide /6/Ail Manuel de Faria i Soufa.^) (ff. IV t V) ; e .PROLOGO ,i DISCVRSO 
SOBRE r Os géneros de Compoficiones de II que conlta efta fegunda Parte de 'lias 
ficte de nueftras Ri- i mas.» 



318 CATÁLOGO DA LIVRARIA 



No verso da II. 213 e nas três íí. imediatas (as inums.) a «FABLAUde las Perforus de 

que fc liaze me- || moria en efta Parte le- ' gunda.» 
A ultiuia destas oito folhas está em manuscrito. 

PARTE TERCERA. || Al llluítrijl imo Si^hor don Franciíco Vini-io 



11 de Mofcofo, i Mendo^a, Arcediano de || Madrid, en la Janta Yglejia !1 de 

Toledo. II CON PHIVILEGIO || || En Madrid, por Carlos Sanchez Riii- 

vo. II M.DG.XLVI.— In-S." peq de XII (T. (prels.) ioiirns. e 33? nums. E. 

"1 (T) nL ^^ O V ^'^ ^" folhas prels. inserem as seguintes pe;as: titulo (frente da primeira ti.); escudo 
Cy d'armas de D. Francisco Osório de Moscoso y Meudoza, -primorosamente aberto a 

buril em chapa de cobre (acha-se dentro de moldura impressa com peqs. vinhetas 
ornamentaes, simetricamente dispostas) (verso da mesma l.a II.); -LICENCIAS." (.La 
dei Ordinário...!; La dei Conlejo Real..»; «La copia de las Aprovaciones... ) 
(frente da II. 11); -ERRATAS-^ (verso da mesma ff. II); retrato de Faria e Sousa 
(o mesmo que vem na parte preccdenlemente descrila) (frente da II. Ill); «fiOG/O.S 
[1 En la Parte immera J'e diz e el liigur em \\ que ni't algiitcos Eloqios : i eii ella 
que- li dali tos co/i que et R. /'. M. t-ray lua i U Félix Giro't, aeom/jano e/fe Retra- 
to ; i por efjo baltarà aqui cl' ultimo dctlos.- (ê em latim e ocupa o verso da mesma 
II. Ill); Dedicatória: -AL ILV.S PRISSIMO S. !i D. Franciíco Oforio de Mofcofo i 
Mendoza, Arcediano de Madrid, || en la S. Iglefia de Toledo.» (datada e subscrita 
no fim: Madrid en 12. de Otubro\\de /6/6. [| Manuel de Faria i Soufa.») (ff. IV a 
V^l) : e ^DISCVRSO. 1, Sobre las di/ere-icias de compoficioies que ay H ei efta Parte 
Tercera.> (tf. VII a .XII), 
Do verso da folha 233 (num. 332) e na frente da imediata (inum.) as ADVERTÊN- 
CIAS II a tas Elegias- ; e do verso da mesma II. em diante, a • TABLA || rfc l:is 
Per fonas de que fe hize /«> H moria et efta íercera Parte.^ 

PARTE QVARTA. || .1 Don Gregono de. f.Uistdobrnnco, Conde de \\ 

Villaniivii. i de la Soríella ; Stiior de lo anti- \\ quiffiiiia i cliirifjiiiin Ciilii 
,^ // '''' Goe.'<, i Guarda || Mayor de fu Mageflod en los Reij- || nos de Pvrliigul, CT"»'. 

_y O F\ ^ Cj II ^•"^' fliiVILE